Home Análise Protestos são oportunidade para ‘Obama brasileiro’, diz analista

Protestos são oportunidade para ‘Obama brasileiro’, diz analista

124
39

brasil-protesto-rio-de-janeiro-20130620-31-size-598

vinheta-clipping-forte1Os protestos de rua que se multiplicaram pelo Brasil nas últimas duas semanas são um alerta aos políticos para a necessidade de não apenas vencer eleições, mas ouvir com mais atenção as demandas populares – em outras palavras, não apenas “ganhar nas urnas”, mas também “ganhar nas ruas”, como colocou um especialista em política internacional americano.

Ele disse ainda que os protestos abrem espaço para o surgimento de políticos que, na linha do presidente americano Barack Obama, priorizem “investimentos em saúde e educação em vez destinar recursos volumosos para a Copa do Mundo”.

No dia em que os dirigentes de uma dúzia de cidades brasileiras retrocederam e revogaram aumentos das tarifas de transporte público, o diretor da Escola de Política Aplicada da Universidade George Washington, Mark Kennedy, avaliou que os protestos são uma oportunidade para os brasileiros “amadurecerem como cidadãos” e “levarem a democracia brasileira um passo adiante”.

“A complexidade dos diversos níveis de governo no Brasil, que de certa forma conseguem insular os políticos da influência direta das pessoas, explica um pouco da frustração. As pessoas sentem que não têm influência nem contato com os políticos para além do momento eleitoral”, disse o especialista à BBC Brasil.

“O que houve esses dias os deixará mais conscientes de que não apenas precisam vencer nas urnas, mas também nas ruas. Precisam responder melhor às necessidades básicas que foram evidenciadas por esses protestos.”

A suspensão dos aumentos das passagens foi comemorada em passeatas e nas redes sociais, onde muitos, inclusive uma líder do Movimento Passe Livre, expressaram a opinião de que a “batalha” das passagens foi vencida, mas a “luta” continua.

A questão agora parece ser definir qual é luta, e em que direção ela continua.

Corrupção e desigualdade

Nos últimos dias, os brasileiros saíram às ruas portando cartazes que pregavam bandeiras tão variadas quanto serviços públicos de qualidade (principalmente saúde e educação), o rechaço aos gastos exorbitantes com a Copa do Mundo e o fim da corrupção.

A corrupção, em particular, tem dominado a agenda desde os anúncios das revisões das tarifas de transporte. Dentro deste tema, a revolta é maior contra a lentidão na aplicação das sentenças do julgamento do mensalão e possível aprovação do projeto de lei PEC 37, que concentraria as investigações judiciais na polícia e não no Ministério Público.

Mas o leque das demandas ainda é tão amplo que pode, alerta Mark Kennedy, condenar os protestos ao mesmo fim do chamado movimento Ocupe, que expressou uma mensagem clara, porém difusa, para a classe política mundial no tema da igualdade econômica.

É justamente este tema – a desigualdade – que a socióloga da Universidade do Texas em Austin, a brasileira Leticia Marteleto, vê despontar como eixo dos protestos.

O que começou como um movimento para a redução das tarifas de transporte em São Paulo, argumenta, foi somente a “ponta do iceberg” de uma reivindicação por maior mobilidade urbana, o direito às populações da periferia de ganhar mais acesso à cidade – em última instância, crê a socióloga, a ter acesso ao Brasil que, no exterior, passa a imagem de um país quase desenvolvido.

Para Marteleto, ao mesmo tempo que os protestos expressam a irritação e o cansaço com o status quo, também deixam transparecer um desejo dos brasileiros de aprofundar as suas conquistas democráticas.

“A gente tem pensado a desigualdade do Brasil em vários aspectos: econômico, racial, de gêneros. Por que não pensar também essa outra forma de desigualdade?”, questiona. “Oitenta e cinco por cento da população brasileira moram em área urbana e quem mora na periferia não tem acesso à cidade”, lembra.

“Uma grande herança desse movimento seria não abandonar aquele primeiro cerne do movimento. Seria pensar as cidades de uma maneira mais inclusiva, e como resolver essas desigualdades que nos restam de uma maneira mais direta, com políticas concretas.”

Candidato ‘Obama’

São possíveis agendas para um movimento que continua funcionando relativamente livre de lideranças e afastado de figuras políticas. O que na opinião dos entrevistados tem sido até agora uma de suas forças. Mas que poderia se converter em uma de suas fraquezas.

“Existe uma oportunidade, creio, para pessoas com perfil mais democrático adotarem uma atitude de pivô, uma espécie de (Barack) Obama que priorize, por exemplo, os investimentos em saúde e educação em vez destinar recursos volumosos para a Copa do Mundo”, diz Mark Kennedy.

“Há também oportunidade para o aparecimento de um candidato limpo, anticorrupção”, acrescenta.

Questionado pela BBC Brasil sobre este candidato ‘azarão’ não poderia acabar se revelando um novo Fernando Collor de Mello, Mark Kennedy respondeu que este “não é um temor instintivo” para quem olha os protestos de fora.

“Há na história brasileira exemplos autoritários ou utópicos demais, e nenhum dos dois leva a bons resultados”, afirmou. “Cabe aos brasileiros amadurecer como cidadão e discernir se estão sendo levados pelo bom ou o mau caminho.”

Letícia Marteleto também acredita que a democracia brasileira está suficientemente consolidada para que a força política dos protestos seja traduzida em transformações positivas.

“É difícil explicar isto para quem está fora, principalmente porque o Brasil está sendo visto como ‘bombando’ no exterior”, afirma.

“Algumas pessoas acham que isso é terrível para a imagem do Brasil; eu acho que não, acho que é um símbolo de democracia e a gente tem é que empurrar para as coisas melhorarem, e reivindicar mesmo.”

FONTE: BBC Brasil

39
Deixe um comentário

avatar
39 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
13 Comment authors
ObservadorVaderjoseboscojrControlRafael M. F. Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Blind Man's Bluff
Visitante
Member
Blind Man's Bluff

Parece que ainda não entenderam.

Existe dois tipos de pessoas honestas no mundo:
-A pessoa que é honesta por honra e moral;
-A pessoa que é honesta pois teme as consequências da desonestidade.

Não queremos apenas mudar os nomes dos candidatos.

Queremos que qualquer um que esteja lá, que seja coibido de corromper e ser corrompido.

Queremos leis e regras insolúveis, claras e eficientes, que tornem a corrupção algo no mínimo muito difícil e arriscado, para qualquer possível infrator.

Queremos leis que fiscalizem e punam com rigor e dureza a atividade política.

E queremos as cabeças de todos os corruptos.

Blind Man's Bluff
Visitante
Member
Blind Man's Bluff

Anotou essa, ABIN?

Marine
Membro
Member

Obama brasileiro?!

Deus me livre!! E a ultima coisa que o Brasil precisa.

akhorus
Visitante
Member
akhorus

off topic ( TOTALMENTE FORA)

Vader ! Cade vc ?? achei um link que talvez vc deva ler, sabe como é, expandir seus horizontes…

http://en.wikipedia.org/wiki/Timeline_of_Russian_inventions_and_technology_records

Abço

🙂

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Já tivemos o Obama brasileiro. Trata-se do Babalorixá, que soube “ouvir” as ruas através dos marqueteiros.
O resultado está ai!

rommelqe
Visitante
rommelqe

Acabei de ouvir a presidenta e concordo com ela: não vamos transigir com uma minoria de vândalos.

Vamos começar prendendo o pessoal do MST e do MAB que, entre outros tantos atos de vandalismo, explicitos e publicos, sob olhar totalmente complacente da “otoridade”, arruinou plantações e queimou alojamentos de trabalhadores honestos em hidrelétricas.

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Se ela quer acabar com a podridão nacional, deveria começar renunciando e se prendendo, a ela e a seu chefe. A hora dele vai chegar. E ela deveria ter vergonha. Não consegue mover uma palha sem pedir benção dele. Ridículo. Governo, comando, requer personalidade, caráter e coragem moral, coisa que nem ela nem ele tinham ou tem. Bem feito quem votou nela, estão vendo agora a bela porcaria que fizeram para a nação. A para não passar in albis, quem criou o MAB e o MST foi o PT. Agora colhe os frutos. Quem diria, a presidente guerrilheira se escondendo… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

São duas semanas de gente quebrando, destruindo, botando fogo, impedindo cidadãos de ir e vir e ninguém abriu a boca, inclusive a imprensa estava achando tudo aquilo lindo: era o povo se manifestando. Mas então, ontem, um pessoal de certo partido resolveu botar a sua turma no meio dos que protestavam. Foram colocados para correr com o rabo entre as pernas e… Tchã, tchã, tchã, tchã … Não é que hoje a governanta, mais grande parte da imprensa, já começaram a achar que esses protestos não estão certos, há muito quebra-quebra, talvez seja até a direita se manifestando contra o… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Essa senhora, também conhecida como Presidenta, perdeu completamente a autoridade moral. Ao invés de ter chamado seus Ministros e especialistas, foi correndo pedir orientação para o ex.

A única coisa que essa senhora sabe fazer é dar esculacho em seus subalternos e humilhar outros que dependem de suas canetadas, porque quando se trata de assumir responsabilidades e tomar decisões sérias, mostrou-se uma nulidade.

Plagiando Capitão Nascimento:

– “Pede para sair”.

ernaniborges
Visitante
ernaniborges

Blind Man’s Bluff disse: 21 de junho de 2013 às 15:09 Parece que ainda não entenderam. Concordo ! Porém, a puta de reivindicações não pára aí. O aumento da passagem foi apenas a “GOTA D’ÁGUA”. Ela é muito extensa e esse grito de mudanças já estava preso na garganta há muitas décadas. Há excesso de políticos e professores de menos; Sobram casos de corrupção e falta atendimento médico de qualidade; Tem muita polícia, e falta justiça; Queridos irmãos: enfadonho seria neste espaço enumerar tudo, mas que democracia é essa, em que eu não tenho o direito de não querer votar!?… Read more »

ernaniborges
Visitante
ernaniborges

PERDOEM os erros de português.
Onde se lê: … Porém, a puta de reivindicações…

Leia-se: … Porém a pauta de reivindicações…

ernaniborges
Visitante
ernaniborges

Onde se lê: … alguém que realmente representa a NAÇÂO…

Leia-se: …alguém que realmente represente a NAÇÂO…

ernaniborges
Visitante
ernaniborges

Foi bonito ver esse mar de gente nas ruas e ao mesmo tempo assustador.

Onde isso começou todos sabem. Não sabemos é onde vai parar.

Perigoso é ver também, que criminosos estão aproveitando o anonimato favorecido pela multidão, para a prática de crimes.

Ao perceberem que no meio do grupo há extremistas ou criminosos, afastem-se deles. Deixem-nos sozinhos para tornarem-se visíveis e reprimidos.

Drcockroach
Visitante
Drcockroach

Pois eh, Obama brasileiro soh pode ser brincadeira. Coincidencia o Marcos tb escrever que a “presidenta” perdeu completamente a autoridade moral. Com a revelacao que dados telefonicos e da internet estavam sendo interceptados nos EUA, o New York Times (eu sei, prometi que nao lia mais), em geral simpatico ao Obama, publicou um editorial em que dizia que o Obama tinha perdido toda a credibilidade em assuntos de seguranca. “President Obama’s Dragnet” http://www.nytimes.com/2013/06/07/opinion/president-obamas-dragnet.html?pagewanted=all&_r=0 Trocar a Dilma pelo Obama!? Puff []s! P.S.: Prezado Ernanaiborges, eh o ok seu pequeno erro de digitacao, na verdade ateh faz sentido; como libertario tb defendo… Read more »

Rafael M. F.
Visitante
Rafael M. F.

Não sei porque, mas a primeira pessoa que me veio à cabeça quando falaram em “Obama Brasileiro” foi o Joaquim Barbosa…

Marcos
Visitante
Member
Marcos

“Como a Abin não percebeu nada disso?”, perguntou a presidente ao general José Elito, chefe do Gabinete de Segurança Institucional.

Respondo

Simples! A Abin não monitora movimentos sociais porque eles são parte do partido que atualmente está no poder. Mais: toda essa manifestação se deu origem dentro do próprio Palácio do Planalto.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Rafael

A questão Obama a que se refere o artigo, não é a racial, mas a capacidade de o atual mandatário americano ter sabido utilizar as chamadas mídias sociais a seu favor. Só!

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Já se conta como certa a volta do Apedeuta.

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Este amaldiçoado chefe do mensalão, que é o responsável por tudo o que esta ai, não volta mais. Felzimente a doença o debilitou e não teria cacife pra aguentar uma campanha. Ademais, ainda tem muita coisa dele pra aparecer.

Esta do “pede pra sair”, ou “pede pra ir embora aluno”, é uma das frases mais ouvidas nas escolas militares. O ponto culminante é quando são 05 instrutores em volta, invadindo a zona de conforto doi cidadão, e gritando isso.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Deram um tiro no pé, ou como disse um outro, deram um tiro na própria cabeça.

Agora, olhem para mim…

Estão vendo se tenho cara de preocupado?

Na-ni-nã-nã, nem um pouquinho.

Observador
Visitante
Member
Observador

Infelizmente, em situações como esta, de descrença nas instituições e na classe política, são a oportunidade, isto sim, para líderes diabólicos.

Na França pós-revolução francesa: Napoleão.

Na República de Weimar: Hitler.

Na Venezuela pré-Chávez: (nem precisa dizer).

Marcos
Visitante
Member
Marcos

O que eu olho e vejo é uma briga interna dentro dos grupos de esquerda, principalmente três: Dilma, Lula e Dirceu. Por fora corre a Marina e alguns grupos ultra radicais, radicais até para a esquerda, os que professam a anarquia.

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Pior que lula, nem mandando fabricar com encomenda.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Ainda em relação ao Joaquim Barbosa, que, ao que parece, lidera uma lista de presidenciáveis: a única coisa que JB fez foi cumprir a lei. Só!

Piada do pessoal de direito:

“O que pode sair de bunda de nenê e de cabeça de juiz, ninguém nunca sabe”.

Assim, prefiro que os juízes ficam onde exatamente estão.

Bosco Jr
Membro
Noble Member
Bosco Jr

Uma coisa eu digo, o Estado não teme manifestação pacífica de estudante da UNB de 17 aninhos com piercing na língua e tatuagem no bumbum, pedindo o fim da impunidade e da corrupção. Ainda bem que existem os que não têm medo de enfrentar a polícia. Sou contra o saque mas estaria mentido se dissesse que sou contra a quebradeira. O Estado e os que fazem do Brasil a casa da Mãe Joana só têm medo do vislumbre de um possível rompimento institucional e da consequente perda de suas regalias (“direitos adquiridos”), e do possibilidade de terem seus bens saqueados… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Não sei se as pessoas se dão conta, mas nos encontramos a beira de uma revolução.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Hoje andaram queimando a bandeira do Brasil.
Essas pessoas não sabem o que estão fazendo e isso, a queima da bandeira, não é coisa boa!

Control
Visitante
Member
Control

Senhores Observando as diversas manifestações pode-se ver diversos grupos podendo-se destacar: 1. Manifestantes que aderiram aos protestos e que acreditam num movimento pacífico; 2. Manifestantes que fazem parte dos ditos movimentos sociais, em geral de esquerda; 3. Manifestantes que pertencem a partidos políticos de esquerda, declaradamente; 4. Manifestantes que aderiram aos protestos mas ao contrário dos primeiros, são partidários de quebra quebras; 5. Pseudo-manifestantes, que na verdade, são agentes provocadores; 6. Pseudo-manifestantes, que na verdade, são ladrões e baderneiros. O primeiro grupo tem se mostrado majoritário nas últimas manifestações, porém o segundo, o terceiro e o quinto é que são… Read more »

Vader
Membro
Trusted Member

Passeatinha pacífica “sou da paz” não resolve nada, como disse o Bosco. Se fosse assim o maior problema do brasileiro, a violência, já tinha acabado faz tempo. Político safado (98%) não tem medo disso e dá é risada quando vê gente fazendo pombinha com as mãos… Político safado só tem medo mesmo é de quebra da ordem constitucional. Só tem medo mesmo é de acabar vendo seu gasnete numa guilhotina ou numa forca. Só tem medo mesmo é de se ver da noite pro dia pobre e em cana. Sem direito a processo, sem direito a recurso, sem direito a… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Não tem cara de que as manifestações vão parar.
A economia vai mal, o dólar passa de 2,25 e vai impactar na inflação, o que vai gerar mais protestos.
O governo ainda não se deu conta do buraco que se meteu.

Marcos
Visitante
Member
Marcos

E a governanta convocou prefeitos, governadores e manifestantes para um pacto. Só se foi um pacto com “aquele” que não ouso citar.

Bosco Jr
Membro
Noble Member
Bosco Jr

Acabei de ouvir a presidente. Interessante o pacto contra a corrupção. Com certeza devido à falha moral que permeia todo político brasileiro e quase todo agente público estatal (O Ministério da Saúde adverte: entrar pro serviço público faz mal para a saúde mental e mais mal ainda para a saúde moral) não haverá nenhum obstáculo à sua execução tendo em vista que nenhum corrupto, nenhum incompetente e nenhum preguiçoso se vê como tal e só nos outros percebe estas “qualidades”. Não é atoa que vemos discursos “sinceros” contra a corrupção, a improbidade administrativa e à falta de ética de alguns… Read more »

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Esta mulher perdeu o senso do ridículo. Veio com mais balelas e conversas fiadas, e inclusive falando em asneriras como uma constituinte limitada, uma heresia jurídica. Se quer combater a corrupção, deveria chamar seus colegas, Dirceu, lula, genoino etc.. e fazer um banquete regado a cicuta. Teve dois anos e meio pra se mexer e não fez nada. Agora vem com generalidades, abstrações, e mais “discussões”. Tudo estratégia de mídia para passar por samaritana. Aprendi no EB o seguinte: Quem quer fazer sempre arruma um jeito, que não quer sempre arruma uma desculpa. A do PT é sempre uma reunião,… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Os cinco pontos propostos por Dilma: 1) responsabilidade fiscal para garantir a estabilidade da economia; (Até onde sei isso ai existe tem mais de dez anos) 2) convocação de um plebiscito sobre reforma política e alteração na legislação para que o crime de corrupção se torne hediondo; (Hmmmmmm…. e a gente faz o que com o Congresso? Bate palminha? Isso ai é a maior prova de que essa turma de quinhentos não passam de inúteis) 3) pacto pela saúde, com a criação de novas vagas para médicos e a contratação de profissionais estrangeiros; (Outro tiro no pé. Os profissionais da… Read more »

Vader
Membro
Trusted Member

Não adianta, não é de recursos que o Brasil precisa. É de reformas. Profundas. Vamos lá, à listinha de sempre: – Reforma do pacto federativo (sem essa não se faz nada), – Reforma política, – Reforma do Estado/administrativa, – Reforma fiscal, – Reforma tributária, – Reforma sindical, – Reforma previdenciária, – Reforma trabalhista, – Reforma penal, – Reforma processual penal, – Reforma da execução penal, – Reforma processual civil. Esqueci alguma? Sabe qual dessas vai sair do papel? Nenhuma. Aí o governo do PT me sai com essa de assembléia constituinte para reforma política… Isso é G O L P… Read more »

Marcos
Visitante
Member
Marcos

Rei Lula e Princesa Dilma?

🙂

Vader
Membro
Trusted Member

Caro Marcos, o Brasil tem a fortuna de possuir uma Família Imperial Brasileira, formada por gente honrada e patriótica, educada, treinada e dedicada desde jovens para o serviço à pátria, e que jamais desistiu de prestar serviços ao povo brasileiro, embora este povo lamentavelmente, depois de um século de lavagem cerebral desse inferno que é a república, tenha lhes voltado as costas.

Mas estou cada vez mais convicto que chegará o dia em que as mentiras da república cairão, e o povo brasileiro clamará pelo Segundo Império do Brasil.

Para imperador felizmente prescindiríamos dos préstimos de gente da laia dos citados…

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Mais um golpe midiático para tentar acalmar o povo com um aglomerado de mentiras e demagogias qu ela aprendeu com o ladrão mor. Quem não fez até gora, depois de dez anos, não fará mais. Vejamos o teor da encenação: 1) Pacto fiscal para assegurar a economia: isso não depende de pacto, depende de comando e responsabilidade. Herdaram o real e economia estabilizada. Ao inves de fazerem as reformas que eram necessárias com coragem moral e determinação para tornar a economia competitiva e consolidar a estabilidade, largaram-se, desde cedo, a pensar e obrar pela reeleição. Mantiveram a economia aquecida artificialmente… Read more »

Observador
Visitante
Member
Observador

Senhores, Eu não digo que a situação é o começo do fim do pesadelo petista-bolivariano, mas como diria Winston Churchill, ” é o fim do começo. Já é de conhecimento de todos que a “Presidenta Incompetenta” recuou da proposta da sua mini-constituinte apenas um dia depois de propô-la. Isto só demonstra que seu governo está em extremamente fragilizado e sem rumo. Pior para o PT – e melhor para o Brasil – que as medidas propostas não vão funcionar e só conseguirão, no máximo, adiar a revolta popular para o ano que vem, quando o circo da FIFA recomeçar, e… Read more »