Home Defesa Antiaérea Vídeo: tiro de recebimento do Gepard

Vídeo: tiro de recebimento do Gepard

141
43

43
Deixe um comentário

avatar
41 Comment threads
2 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
15 Comment authors
MSGVaderGBentoAugustojoseboscojr Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
wwolf22
Visitante
Member
wwolf22

Galante, vc se assustou com o primeiro tiro ?!?! he he he

Guilherme Poggio
Editor
Member

Reparem que os primeiros tiros são um a um. Este modo é comumente empregado para alvos terrestres.

No final tem uma rajada. Ela é mais comum para alvos aéreos e a quantidade de disparos por rajada é calculada pelo computador. Normalmente não passa de 10 ou 12 tiros por rajada.

Soldat
Visitante
Member
Soldat

Estava fazendo uma pesquisa sobre o sistema e segundo o Exercito a principal missão e contra Helicópteros de ataque, Drones e aviões Contra-insurgentes(tipo Tucano) e de patrulhas a baixo(bem abaixo) atitude.

No aguardo de sistemas anti-aéreo que derrubem (abatem) caças como F-15,16,18 e até mesmo os bam bam F-22, F-35.

Vader
Membro
Trusted Member

Muito legal. Parabéns pela cobertura mestre.

Vader
Membro
Trusted Member

Soldat disse:
27 de junho de 2013 às 11:07

“No aguardo de sistemas anti-aéreo que derrubem (abatem) caças como F-15,16,18 e até mesmo os bam bam F-22, F-35.”

No que toca aos dois últimos, você e o resto do mundo… 🙂

Augusto
Visitante
Member
Augusto

Vader disse:
27 de junho de 2013 às 11:30

“No que toca aos dois últimos, você e o resto do mundo…”

É o que diziam quando o “avião invisível” F-117 foi abatido em 1999 por mísseis terra-ar russos perto de Belgrado.

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Augusto, O termo “avião invisível” foi cunhado pela imprensa leiga e não pela USAF. Falando na USAF e no F-117, ela nunca foi ingênua em achar e muito menos alardear que seu avião fosse invulnerável. A razão de terem desenvolvido um avião de ataque de baixa observabilidade foi reduzir a possibilidade de ser abatido quando usado contra uma IADS avançada e consistente nos primeiros dias de uma guerra de alta intensidade e nunca alguém com o mínimo de tutano no cérebro imaginou que ele jamais seria abatido. O mesmo ocorre em relação aos F-22, B-2, F-35, etc. Ninguém em sã… Read more »

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Não fosse o desenvolvimento lógico e gradual da capacidade defensiva dos novos aviões de combate e seriam prezas fáceis para os atuais sistemas de defesa antiaérea.
A tecnologia stealth não é nenhuma revolução e sim uma evolução natural das aeronaves de combate no sentido de contrabalançar o avanço tecnológico dos sistemas antiaéreos.

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Musica para meus ouvidos. Foi feito video da área de impacto durante dos disparos?

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

joseboscojr escreveu em 27 de junho de 2013 às 20:34
“… Augusto, o termo “avião invisível” foi cunhado pela imprensa leiga e não pela USAF. …”.

Aliás, Bosco, em adição ao que você disse: a imprensa leiga BRASILEIRA!

Na imprensa anglo saxonica eu jamais li outra expressão que não fosse “stealth”, ou seja: furtivo.

Sempre li referencias aos aviões “stealth”.

Bacchi

Vader
Membro
Trusted Member

Augusto disse:
27 de junho de 2013 às 19:00

Complementando o que os amigos acima disseram: avião invisível só o da mulher-maravilha… 😉

E o abate do F-117 foi mera sorte dos sérvios, aliada a muita burrice e incompetência da USAF.

Por outro lado, um F-22 não é um F-117. É uma aeronave supersônica de projeto 20 anos mais novo e mais avançado.

Muito menos ainda o F-35 que em termos de stealth é ainda mais avançado que o F-22, além de ser menor, o que contribui ainda mais para diminuir sua seção cruzada de radar.

Requena
Visitante
Member
Requena

No aguardo da revista… 😀

GBento
Visitante
Member
GBento

Vader, no caso desse F-117 a única informação que conheço é que ele foi abatido.
Qual foi a burrice da USAF no caso? Nunca encontrei uma fonte de informações a respeito.

GBento
Visitante
Member
GBento

A propósito, sei que é uma pergunta Off-Topic.
Mas uma simples indicação de onde encontrar informações a respeito já ajudaria, pra não desvirtuar o tópico.
Obrigado.

HansSchommer
Visitante

Para entender o blindado GEPARD é uma regra simples: Nenhum avião sobrevive a uma aproximação de 5500m (+) para o sistema de armas. Para isso, o GEPARD foi construído.
Hans Schommer

Augusto
Visitante
Member
Augusto

joseboscojr disse: 27 de junho de 2013 às 20:34 Sim, a imprensa leiga o denominou “avião invisível”, não a USAF. O mesmo se dá quanto ao F-35 e o F-22. A imprensa leiga os denomina “aviões invisíveis”, até o dia em que, ao ser empregados em cenário de combate real, serão abatidos. Para lembrar: Como não se podia admitir que o “avião mais avançado de todos os tempos” pudesse ter sido abatido, sobretudo por sua mais propalada vantagem – ser “invisível” ao radar inimigo – a USAF divulgou comunicado afirmando que o avião teria caído em uma floresta na Sérvia,… Read more »

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Augusto, Avião, qualquer um, seja de guerra ou de uso civil, tem o hábito irritante de despencar lá de cima, e isso ocorre independente de ter gente aqui em baixo mandando tiro nele. É aquela velha estória que diz que “o problema do avião é que o defeito dá lá em cima mas a oficina está aqui embaixo”. Posto isto, ocorre que uma guerra se vence (ou se perde) também com o apoio da opinião pública e o efeito psicológico das palavras é essencial para o esforço de guerra. Absurdo seria se a USAF, sem saber ao certo o que… Read more »

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

E depois de umas 2000 missões sem sofrer um arranhão o mínimo que se podia fazer era dar o benefício da dúvida para o F-117.

akhorus
Visitante
akhorus

Mas já saiu tudo desse F117, não foi um míssil, era um canhão, não era ?? O cara mudou a frequência do radar e pegou no canhão. Não foi isso ??

Lembrando que o desenho do F22 tem quase 20 anos já… os radares e outros sistemas estão avançando.

Incrível como o tempo voa…

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Akhorus, O F-117 foi o avião provado em combate de maior sucesso até hoje. Avião que nunca foi derrubado é avião que nunca entrou em combate. No caso do F-117, apesar de avião cair até sem a “ajuda” de alguém, foi comprovadamente derrubado por um míssil SA-3, guiado por telecomando de rádio. Sem dúvida a derrubada do F-117 se deu devido à excessiva confiança na tecnologia stealth e na subestimação do potencial dos iugoslavos. O F-117 não usava nenhuma outra defesa salvo a sua furtividade, totalmente passiva. Tudo isso mudou com o F-22, B-2A e F-35, onde a furtividade é… Read more »

Augusto
Visitante
Member
Augusto

joseboscojr disse:
30 de junho de 2013 às 12:52

“(…) esquecem que a causa defendida pelos americanos na Iugoslávia era justa”.

Bosco, com o grande respeito que mantenho por suas intervenções, importa deixar consignado que sua opinião é diferente da de Noam Chomsky, linguista, filósofo e um dos maiores estudiosos e críticos da política intervencionista estadunidense ao redor do globo. É diferente também da minha.

Vader
Membro
Trusted Member

Noam Chomsky é provavelmente, ao lado daquele diretor de cinema gordinho, o maior esquerdista dos Estados Unidos da América. Ou como ele mesmo se classifica, um “socialista libertário”.

Imaginar que ele teria uma opinião diferente da diplomacia e relações exteriores dos EUA é uma bobagem.

Vader
Membro
Trusted Member

GBento disse: 28 de junho de 2013 às 23:35 Caro GBento, durante a campanha de bombardeio das forças armadas da Sérvia a USAF usou um mesmo corredor de entrada no espaço aéreo inimigo inúmeras vezes seguidas. Os sérvios simplesmente posicionaram seus mísseis no tal corredor e quando viram em suas telas de radar um objeto com o RCS de um pardal vindo a 700 km/h travaram seus mísseis nele e mandaram bala. Uma lição que vem desde Sun Tzu que a USAF “esqueceu” no episódio: nunca repita o mesmo plano de combate. O F-117 foi uma aeronave que jamais deveria… Read more »

GBento
Visitante
Member
GBento

Vader, muito obrigado!

Sabia da falta de manobrabilidade do F-117, mas desconhecia os outros aspectos.

Utilizar repetidamente o mesmo corredor aéreo é um erro digno do Gen. Marco Licínio Crasso.

E quanto aos detratores dos “americanu feiu bobo e malvadu”; entre a opinião do Noam Chomsky e a do Zé do boteco aqui da esquina, fico com a opinião do Zé de olhos fechados!

GBento
Visitante
Member
GBento

Vader, muito obrigado!

Sabia da falta de manobrabilidade do F-117, mas desconhecia os outros aspectos.

Utilizar repetidamente o mesmo corredor aéreo é um erro digno do Gen. Marco Licínio Crasso.

E quanto aos detratores dos “americanu feiu bobo e malvadu”; entre a opinião do Noam Chomsky e a do Zé do boteco aqui da esquina, fico com a opinião do Zé de olhos fechados!

GBento
Visitante
Member
GBento

Comentário repetido.

Esse bendito botão do mouse com defeito.

Peço aos adm. que excluam se for possível.

Saudações.

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Vader, como sempre: nota 10!

Bacchi

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Hoje é o meu dia de dar parabens!!!

Galante – excelente contribuição.

Bacchi

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Vader! Nada acrescentar, foi perfeito nas suas colocações.

Grande abraço

rsbacchi
Membro
Member
rsbacchi

Afim de deixar o pessoal da esquerda contente, e passar a adorar os aviões “stealth”, eis um trecho de um artigo sobre a introdução do sistema: “… During the 1970s the U.S. Department of Defence launched project Have Blue, with the aim of developing a stealth fighter. There was fierce bidding between Lockheed and Northrop to secure the multi-billion dollar contract. Lockheed incorporated into its bid a text written by the Soviet/Russian physicist Pyotr Ufimtsev from 1962, titled Method of Edge Waves in the Physical Theory of Diffraction, Soviet Radio, Moscow, 1962. In 1971 this book was translated into English… Read more »

Vader
Membro
Trusted Member

Alexandre Galante disse:
1 de julho de 2013 às 12:42

Valeu Mestre, tinha me esquecido do problema com o Prowler.

Augusto
Visitante
Member
Augusto

Vader disse: 1 de julho de 2013 às 14:53 Amigo, Noam Chomsky é professor do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachussetts), o maior centro de ensino de tecnologia do mundo, de onde saíram mais de 70 prêmios Nobel e de onde saem engenheiros, físicos, linguistas e especialistas em inteligência artificial para NASA, Boeing, Lockheed Martin, inclusive para projetar e construir F-22 e F-35. Daí, para desacreditar o conteúdo de seus discursos, vem você e tenta equipará-lo a Michael Moore e chama-o de “ao lado daquele diretor de cinema gordinho, o maior esquerdista dos Estados Unidos da América”. Vou ali dar… Read more »

Augusto
Visitante
Member
Augusto

Besteira pouca é bobagem.

Bosco Jr
Membro
Trusted Member
Bosco Jr

Augusto,
Eu não me referi à atuação da política externa americana de modo geral mas apenas e tão somente à intervenção militar no caso da chamada Guerra do Kosovo.
Sei das críticas do Chomsky, que não vê nenhum mérito em nada que o governo americano faça sobre qualquer aspecto da vida, mas desconheço sua opinião específica sobre a atuação americana no Kosovo.
Eu, particularmente, vi como bem vinda a atuação da OTAN nesse conflito específico tendo em vista os acontecimentos que estavam saíndo do controle e o contexto da época, do ponto de vista humanitário.
Um abraço.

GBento
Visitante
Member
GBento

Augusto.

Chomsky é professor do mítico MIT, mas isso nunca o impediu de falar enormes asneiras.

Niemeyer era um gênio na arquitetura, mas um rematado idiota quando se tratava de política.

Nunca tive medo de diploma.

Também tenho o meu, e ele só me serve para o exercício da profissão.

Não influi na minha concepção de mundo e não me impede de falar minhas besteiras também.

Saudações.

Augusto
Visitante
Member
Augusto

GBento disse: 1 de julho de 2013 às 16:56 Não fale de Niemeyer para não seguir no erro de seu amigo aí de cima que quer comparar Michael Moore com Noam Chomsky. Sobre seu diploma eu nada posso dizer, mas rasgue o diploma de Chomsky e ele seguirá sendo professor do MIT e uma das pessoas mais influentes de nossa era, com contribuições enormes em fisolofia, política, psicologia, linguística e ciências da computação, tendo inclusive criado modelo usado por um ganhador do prêmio Nobel para explicar o sistema imunológico humano. Mas é isso aí: vocês estão corretos e esse Chomsky… Read more »

Augusto
Visitante
Member
Augusto

O ‘fisolofia” foi pela pressa para sair queimando tudo aqui.

GBento
Visitante
Member
GBento

Augusto;

Com diploma rasgado ou não, tenho certeza que ele seguiria falando asneiras.

E justamente por ser uma pessoa tão influente, as asneiras que ele fala fazem mais estragos que as minhas não?

Afinal eu não influencio ninguém mesmo.

E sinceramente, no caso dele acho é fisolofia mesmo.

Saudações.

Vader
Membro
Trusted Member

Augusto disse: 1 de julho de 2013 às 15:28 Parceiro, pois para mim o caboclo em questão poderia ser professor até do Liceu de Platão ou da Academia de Aristóteles: a partir do momento em que ele próprio se define como “socialista libertário” a opinião dele se torna automaticamente enviesada e viciada, goste vossa senhoria ou não. E para mim particularmente, que não dou a mínima pro mimimi esquerdopata, a opinião dele sobre política externa dos EUA vale tanto quanto a do tal diretor gorducho, ou qualquer outro esquerdopata americano, vale dizer: NADA! Aliás, o amigo GBento lembrou bem: tá… Read more »

MSG
Visitante
MSG

“…a partir do momento em que ele próprio se define como “socialista libertário” a opinião dele se torna automaticamente enviesada e viciada, goste vossa senhoria ou não.”

Prezado Vader, toda a opinião, a minha, a sua e de qualquer um, é necessariamente enviesada e viciada.

Sds

Vader
Membro
Trusted Member

MSG disse:
4 de julho de 2013 às 17:24

“Prezado Vader, toda a opinião, a minha, a sua e de qualquer um, é necessariamente enviesada e viciada.”

Talvez. Mas você não vê ninguém por aí tentando fazer a minha opinião enviesada e viciada passar por isenta.

E foi isso justamente o que o Augusto tentou fazer com a opinião do tal Noam Chomsky: usar a opinião dele como argumento de autoridade.

Bem, quem pensa com a própria cabeça não precisa de uma suposta autoridade lhe dizendo como pensar.

Sds.