Home Noticiário Internacional ‘Como conquistar as mulheres’

‘Como conquistar as mulheres’

462
4

siria

Vários líderes religiosos muçulmanos sunitas emitiram regras religiosas (fatwas) que permite que as mulheres muçulmanas irem para a Síria para ter relações sexuais com soldados rebeldes para melhorar o moral dos guerreiros sagrados. Os sortudos devem ser muçulmanos e lutar a serviço da religião, não como um mercenário ou apenas por aventura. Algumas fatwas permitem que o marido ofereça suas esposas para os soldados rebeldes. O objetivo é encorajar mais homens a lutar contra o governo sírio pró-iraniano.

As regras estão relacionadas com hostilidades entre o Islã Sunita, formada por 80% dos mulçumanos e liderado pela Arábia Saudita, e o Islã xiita, formado por 10% dos mulçumanos e liderados pelo Irã. Alguns lideres religiosos têm emitido fatwas permitindo que os rebeldes sírios estuprem mulheres mulçumanas xiitas que encontram, mas com restrições. O estuprador não pode ter feito sexo nos dois anos anteriores e o estupro não pode durar mais do que algumas horas, para permitir que outros rebeldes também participem do estupro.

Estas leis religiosas não são novas, sendo uma tradição antiga. Em tempo de guerra, muitas mulheres se voluntariam para oferecer sexo para melhorar o moral dos soldados. Durante a Segunda Guerra Mundial, nos EUA, havia as “V-Girls” ou “Victory Girls”, interessadas em agradar os soldados.

FONTE: Strategypage

4 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Flávio Vilaça
Flávio Vilaça
6 anos atrás

Só uma palavra para resumir este povo com leis tão imbecis.

ANIMAIS.

Augusto
Augusto
6 anos atrás

Eita atraso de vida!

Esses barbudinhos gostam de jogar bombas contra todo mundo que não é muçulmano.

Quando cansam, começam a jogar bombas uns nos outros. É sunita contra xiita, alauita contra ismaili. Agora essa… até suas mulheres eles entregam a outro homem em nome do que eles julgam ser uma religião.

Drcockroach
Drcockroach
6 anos atrás

Certamente obscurantismo. Esta pratica acontece na Arabia Saudita, mesmo que nao em guerra, afinal mulher eh sub-produto (e algumas concordam): mas eh verdade tb que a maioria dos mulcumanos nao concordam com isto, este pessoal ai eh a rafuagem mais obscurantista; eles querem eternizar praticas de mais de mil anos atras. A proposito, na Siria de Assad as mulheres podiam se vestir como quisessem, independente de religiao, mesma as mulcumanas podiam usar biquines na praia, por exemplo. O odio dos jihadistas contra o Assad tem varias facetas, o secularismo dele eh uma (a proposito, nao estou isentando ele de forma… Read more »

klesson
klesson
6 anos atrás

Hummm!

Prática animalesca, que em nome de uma “religião” ou bandidagem, se autodenominam mensageiros de Deus instituindo prática absurdas e imbecís para se fazerem de poderosos.
Que nojo.
Analisando a foto, bem que a singela flôr, poderia ser para o rapazinho que vem subindo a ladeira.