quinta-feira, agosto 5, 2021

Saab RBS 70NG

Reorganização do US Army

Destaques

stryker_01_800px

O US Army anunciou que planeja reduzir suas 45 Brigadas de combate para 32, mas mantendo a capacidade de combate da força de 45 Brigadas. Isso será feito transferindo tropas e equipamentos das brigadas desativadas para as Brigadas mantidas. As Brigadas passarão a ter 4.500 soldados, com três batalhões de infantaria ou batalhões blindados (ao invés de dois), com 18 canhões de 155mm (antes eram 16), e mais tropas de engenharia (um Batalhão). As novas BCT (Brigade Combat Teams) terão 14 Brigadas de Infantaria (dois batalhões de infantaria e um de blindados), 12 de blindados (dois batalhões de blindados e um de infantaria) e sete Brigadas Stryker. Até 2017 a força diminuirá de 547 mil para 490 mil soldados.

As mudanças estão relacionadas com os cortes no orçamento e os altos custos das novas armas e suprimentos. Com armas e sensores mais poderosos é possível fazer mais com menos tropas, tudo já testado no Iraque e no Afeganistão. As reformas na última década também transformaram a Brigada, e não as Divisões, as unidades primárias de combate. As novas Brigadas tem mais unidades de apoio e podem ser enviadas ao exterior mais facilmente. O treinamento também é feito com as unidades de apoio sem ter que serem adicionadas. As Divisões ainda existem, mas funcionando como os Corpos de Exército.

- Advertisement -
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Últimas Notícias

Assessor de segurança nacional dos EUA viaja ao Brasil

Esta semana, o conselheiro de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Jake Sullivan, viajará para o Brasil e Argentina, acompanhado...
- Advertisement -
- Advertisement -