quarta-feira, julho 28, 2021

Saab RBS 70NG

Cuba registra maior êxodo desde 1994

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Segundo Escritório Nacional de Estatística, mais de 46 mil deixaram a ilha em 2012

 

HAVANA

vinheta-clipping-forte1Num país onde a população envelhece, a evasão de cidadãos é preocupante – sobretudo se esse país estiver às voltas com medidas para abrir gradualmente a economia e modernizar o socialismo vigente há meio século. Um relatório do Escritório Nacional de Estatística e Informação de Cuba (Onei, na sigla em espanhol) revelou ontem que a ilha vem assistindo à maior taxa de emigração desde a chamada Crise dos Balseiros, em 1994. Os dados mostram que, somente no ano passado, 46.662 cubanos deixaram permanentemente o país de cerca de 11 milhões de habitantes.

Esse número fora superado somente no tenso agosto de 1994, quando o então presidente cubano Fidel Castro abriu as fronteiras marítimas à livre emigração, em resposta aos constantes esforços americanos para coibir barcos e imigração ilegal rumo a seu território. Com a abertura das fronteiras, 47 mil cubanos aproveitaram para uma fuga em massa e chegaram aos Estados Unidos em embarcações precárias – num episódio que acabou levando Fidel Castro e o ex-presidente Bill Clinton a assinarem secretamente, sob a mediação do escritor colombiano Gabriel García Márquez, um pacto migratório, o único vigente entre ambos países à época.

Segundo o relatório da Onei, nos últimos cinco anos, cerca de 39 mil cubanos fogem anualmente da ilha – uma média também maior que qualquer outra registrada desde os primeiros anos pós-Revolução Cubana de 1959. Embora a pesquisa não detalhe a faixa etária dos emigrantes, o perfil tradicional do emigrante cubano é de jovens qualificados que ambicionam uma vida melhor nos EUA, onde rapidamente conseguem receber um visto de permanência, mesmo que a entrada seja ilegal.

As circunstâncias dessa evasão também são majoritariamente distintas. De um lado, o governo cubano flexibilizou as restrições de viagem, tornando menos caro e complicado o acesso de cidadãos comuns a um passaporte e a viagens internacionais. Medidas de intimidação, como o confisco dos bens de emigrantes, também foram cassadas. Segundo as novas regras, os cubanos podem ficar durante 24 meses no exterior, prorrogáveis por mais 24, sem sofrer qualquer sanção – o que, na teoria, permite que os cubanos não somente viajem, mas também trabalhem fora e retornem à ilha quando quiserem.

OBAMA FACILITA E ESTENDE VISTOS

Do lado americano, o governo de Barack Obama também se mostra mais flexível. Depois de dois anos de suspensão, no mês passado a Casa Branca anunciou o restabelecimento do diálogo com o governo de Raúl Castro sobre migração. E ontem, o Departamento de Estado anunciou a extensão da duração dos vistos de turismo para cubanos dos atuais seis meses para cinco anos. A medida vai permitir aos cidadãos da ilha fazer diversas visitas aos EUA em vez de pagar US$ 160 por cada visto.

– A extensão do visto vai melhorar o contato entre as pessoas, reforçar o apoio à sociedade civil em Cuba e permitir a livre circulação de informação de, para e entre o povo cubano – disse um porta-voz do Departamento de Estado.

A legislação americana atual concede 20 mil vistos permanentes a imigrantes cubanos que chegam legalmente ao país, àqueles que buscam unificação familiar e os que chegam à costa americana ilegais, mas com sucesso. Sob essas regras, os EUA deportam quem for pego em alto mar – no ano passado foram 1.300 os cubanos repatriados.

A fuga de cubanos, porém, é um motivo de preocupação a mais na ilha, onde desde 2008 o governo do presidente Raúl Castro tenta empreender um pacote de mais de 300 reformas para abrir gradualmente a economia e modernizar o socialismo vigente há meio século. Segundo dados do Onei, o crescimento populacional em Cuba no ano passado foi de 1,5% negativo. Se em 2002 a população cubana era de 11.177.743 pessoas, dez anos depois, esse número caiu: foram registrados 11.163.934 cidadãos em 2012.

As previsões são de que em 2025 haja menos 203 mil pessoas na ilha – e a média de idade vai subir de 38 para 44 anos de idade. O tema se mostra bastante presente nos últimos discursos do presidente. Na semana passada, Raúl Castro, ele mesmo de 82 anos, afirmou que a geração octogenária e histórica que governa o país continua cedendo o poder aos jovens. Mas, com uma ressalva: manter a unidade e o socialismo são prioridades de sua gestão.

– Está em andamento o processo de transferência paulatina e ordenada para as novas gerações das principais responsabilidades de direção na nação – disse ele numa cerimônia pelo Dia da Rebeldia Nacional na província de Santiago de Cuba, a cerca de 860 quilômetros de Havana. – A geração histórica vai cedendo seu lugar aos novos, com tranquilidade e confiança serena, com base na preparação e capacidade demonstrada de manter no alto as bandeiras da revolução e o socialismo.

FONTE: O Globo

- Advertisement -

10 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wagner
Wagner
7 anos atrás

Por outro lado, decréscimo populacional as vezes ajuda em algumas demandas de infraestrutura, o que alivia os cofres públicos de um país. Cuba precisa investir mais no pequeno negócio, já está fazendo, mas creio que precisa melhorar. Que inventem a ” igualdade das micro-empresas ” , pronto, tem algo de socialismo, e gera renda e emprego. Acho que eles terão sucesso, o governo Castro, apesar dos crônicos problemas descritos, lentamente está fazendo a sociedade cubana andar mais, sem o Partido em cima de tudo. É uma interessante experiência social e econômica. Espero que consigam voltar a prosperar. Boa sorte ao… Read more »

Vader
7 anos atrás

Quem pode se manda da Ilha-Latrina dos genocidas Castro. Só fica sob as ordens da comunalha quem não tem escolha.

Reformar o socialismo? Quáquáquáquá, conta outra, rsrsrs… A única forma de reformar o socialismo é atirá-lo na lata do LIXO.

Enquanto a podridão comunista permanecer no poder a Ilha-Latrina do Coma Andante vai prosseguir sendo miserável, e com o agravante: uma terra habitada por velhos cada vez mais caquéticos.

Triste destino para um lugar de tantas belezas naturais…

GBento
GBento
7 anos atrás

Vader, veja a minha infelicidade:

Minha sobrinha, 27 anos, petista empedernida, me disse no último fim de semana que sonha em ir à Cuba pra ver se o socialismo é tão bom quanto ela imagina.

Ai, ai, ai…

Mas você sabe, a montanha de cadáveres, a falta de produtos básicos, a miséria crônica, tudo isso é propaganda diversionista da mídia a serviço do capitalismo malvado.

Agora me fala, existe coisa pior pra quem se considera um conservador de direita?

É triste!

Vader
7 anos atrás

GBento disse: 2 de agosto de 2013 às 9:47 Caro GBento, pois eu acho que você deu foi uma sorte danada amigo. Ainda tá em tempo dela se livrar dessa doença: nada como a experiência vivida pela própria pessoa para convencê-la das verdades da vida. Vai por mim porque como ex-comunista te falo por experiência própria. De preferência até ajude a pagar a viagem. Mas fala pra ela ir também pros rincões. Conhecer a realidade na periferia de Havana, não nos pontos turísticos. Dar uma passeada sem os “fiscais” pelo interior (se é que isso é possível). Enfim, visitar os… Read more »

Vader
7 anos atrás

E se isso não funcionar, amigo, é só falar aos pais pra cortar a mesada e mandar viver por conta própria. Nada como uma dose de “capitalismo forçado” pra aprender a dar valor ao trabalho e se livrar do vírus socialista.

GBento
GBento
7 anos atrás

Vader, o problema é esse, pedagoga, emprego fixo, renda própria, carro, leva uma vidinha bem capitalista já, rsrsrs.

Mas até que se fosse possível seguir o roteiro que vc sugeriu eu me animava, mas ir em Cuba e conseguir ver a realidade sem a vigilância dos “fiscais” do regime?

Do jeito que ela é sugestionável, é capaz de acreditar em tudo que disserem e voltar ainda mais doutrinada.

O jeito é rezar. kkkkkk

GBento
GBento
7 anos atrás

Vader, vc ainda mantém seu blog?

Se sim, como faço pra acessar?

Gostaria muito de ler sua análise sobre o M-113.

ivanildotavares
ivanildotavares
7 anos atrás

GBento,

Veja também os comentários do Vader, Colombelli, Ivan, G-LOC e outros na matéria “Nove é o número mágico”, do dia 21 de julho, by G-LOC, aqui mesmo no Forças Terrestres que você vai gostar. O Ivan tem um comentário que trata bastante do M113.

Abs

GBento
GBento
7 anos atrás

Ivanildo, obrigado pela dica, mas acompanhei (não me atrevendo a comentar) os comentários daquela matéria.

Penso até que pelo nível da discussão entabulada ali ela deveria ser mantida no alto da página do blog.

Foi justamente ali que tomei conhecimento do fato de haver um blog do Vader com uma análise sobre o M-113.

Abraço.

Mauricio R.
Mauricio R.
7 anos atrás

Dias atrás em um dos canais pagos de certa emissora de tv carioca, um grupo de 4 “jornalistas-surfistas” em visita a fazenda dos irmãos Castro, teve a brilhante ideia de ir conhecer uns points ao sul da ilha. Aproveitaram, fizeram uma média básica c/ o regime local, passaram por alguns trechos da infame Serra Maestra e seguiram viagem. A estrada simplesmente não existia mais, havia sido reduzida a uma trilha desenha na paisagem. No Brasil, de tão ruim seria o acostamento. Atravessaram uma ponte, que suspeitava-se danificada por furacão, corria o risco de desabar, mas não havia qualquer sinalização ou… Read more »

Últimas Notícias

Taiwan testará mísseis Patriot III nos EUA

TAIPEI (Taiwan News) - Os militares de Taiwan em breve testarão mísseis Patriot III no White Sands Missile Range...
- Advertisement -
- Advertisement -