Home Opinião Diga-me com quem andas…

Diga-me com quem andas…

129
10

vinheta-opiniao-forteNa crista da mais recente onda diversionista orquestrada pelo governo petista, com a finalidade de desviar a atenção dos cidadãos dos graves problemas que vive a nação, acenando com um inimigo externo que ameaça nossa soberania – no caso, os EUA e sua NSA – a cada dia temos na imprensa “equivocada” mais uma pílula sobre o vazamento de informações e a procura de conhecimentos sobre nossa vida política e econômica por parte dos “gringos”.

O fato de só ter aparecido, até agora, a Petrobrás como alvo econômico da bisbilhotice eletrônica apenas demonstra que poucas empresas brasileiras atingem um nível de importância que cause real atenção mundial por seus assuntos. Ou que há mais matéria guardada, a ser divulgada a conta-gotas, para fazer a crise durar bastante.

Enquanto isso, arrefecem os protestos quanto aos problemas que realmente afetam a vida dos brasileiros, motores das manifestações espontâneas de junho – nada a ver com as arruaças atuais montadas pela extrema esquerda, pelos anarquistas classe média Black Blocks e por marginais comuns – em que se exigiam melhor transporte, saúde, educação, gestão pública e honestidade.

O governo se diz surpreso e indignado pela busca de informes por parte dos americanos que, como potência que são, procuram todo tipo de informação que lhes possa ser útil. Assim, aliás, procede qualquer país, dentro dos limites de seu poder nacional.

O governo brasileiro não sabia disso? De onde vinham as informações a respeito do tráfico de drogas e armas que abasteciam nossa Polícia Federal? E as outras informações trocadas no interior da comunidade de inteligência americana, da qual o Brasil participa e se beneficia? Não, o mundo da inteligência não começou hoje, sempre existiu e sempre existirá. É claro que nossos governantes tinham conhecimento da existência de um grande e poderoso esquema de coleta de dados sobre todos, apoiado por tecnologia de ponta, em favor das grandes potências.

Só o governo brasileiro não sabia que a NSA é o maior centro mundial de SIGINT, isto é, inteligência obtida a partir de sinais, incluindo interceptação e criptoanálise? Também é o principal órgão estadunidense dedicado a proteger informações sujeitas a SIGINT, sendo, dessa forma, o maior núcleo mundial de conhecimento em criptologia. Foi criada no início da Guerra Fria, em 1952, e foi se adaptando às mudanças do mundo.

Sim, meus compatriotas: após a 2ª Guerra Mundial, houve uma Guerra Fria, que opôs democratas e comunistas e que só acabou com o desaparecimento da URSS.

Novamente sim, meus amigos: o comunismo acabou em todo mundo, menos em Cuba, Coreia do Norte e alguns países sul-americanos, dentre os quais desponta o Brasil. Quase cem anos depois da falecida e fracassada Revolução Comunista na Rússia, estamos criando nossos sovietes, mencheviques e bolcheviques, para reinventar o que não deu certo no mundo inteiro e reescrever a história. Parece que estamos fadados a andar sempre em círculos, incapazes de romper tal inércia e mover-nos para frente.

Numa das imagens apresentadas nos jornais e na TV, principalmente na mídia “equivocada”, como alvos da espionagem americana, aparecem o Brasil e mais alguns países vacilantes, sob o título: países amigos, neutros ou inimigos.

Novo arrepio de indignação: como podemos ser considerados inimigos? Nós, que sempre fomos tão democratas?

Observem o rumo de nossa política interna, sob um governo paquidérmico, incapaz e corrupto, cada vez interferindo mais no livre arbítrio e nas demais liberdades individuais do povo, aparelhando os órgãos do estado com companheiros e sindicalistas despreparados, controlando as atividades empresariais por meio de empréstimos generosos aos escolhidos e pela crescente carga tributária e ingerência no mercado de trabalho já engessado, apoiado por ONGs e “movimentos sociais” espúrios e, muitas vezes, criminosos. Isso é ser democrata?

Vejam como a política externa dúbia dos nossos últimos governos causa dúvidas sobre o real alinhamento internacional brasileiro, já admitindo que possa vir a ser inimigo do país que simboliza a democracia e o liberalismo em seu grau máximo.

Por quê?

Ora, basta ver os votos brasileiros nos foros internacionais, sempre contrários à posição defendida pelos EUA e aliados, mesmo em prejuízo de nossos reais interesses, desde que marquem a ideia de antiamericanismo.

Quem têm sido os amigos de fé, irmãos e camaradas do Brasil nos últimos anos? Os irmãos Castro, Cristina Kirchner, Nicolas Maduro – herdeiro bolivariano de Hugo Chávez – Evo Morales, Mahmud Amajinehad, Muammar al-Kadafi, o insano e divino imperador norte-coreano Kim Jong-um, além de uma plêiade de ditadores africanos cujas dívidas para conosco foram perdoadas… Isso é ser democrata?

Se os caros leitores tivessem um amigo assim, também não se precaveriam, colecionando dados de inteligência sobre ele?

Percebem em que barco, em que águas e em que companhia estamos navegando?

Não há, portanto, motivo algum para surpresa.

Dize-me com quem andas e te direi quem és, ensina o velho ditado.

FONTEclubemilitar.com.br

Subscribe
Notify of
guest
10 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Marcos
Marcos
6 anos atrás

Concordo com cada palavra escrita. O Governo Federal recebe informações da própria NSA e até ai NUNCA achou ruim que uzamericanuimperialistamalvaduseruim passassem uma série de informações. De resto, esse governo é incompetente. Diga a parte técnica e competente dentro da estrutura do Estado que tem de aturar a turma do sindicato. E ao que parece, de fato, o Brasil segue rumo a mediocridade e a falência, se esfregando junto a países que ainda sonham com algo falido: o comunismo. O recente editorial de O Globo, afirmando que foi um erro a posição do grupo no passado é a prova cabal… Read more »

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

Quando ao fim fui logar-me para dizer que apoio ipsis litteris tudo quanto dito, verifiquei de onde vinha o texto.

Um discurso coerente, racional e equilibrado como este somente poderia vir de uma classe onde a esmagadora ainda conhece o significado de coisas como sacrifício,compromisso, honra, dever.

Marcos, acresceria que os picaretas “com anel de doutor” na verdade tinham um chefe, e era extamente o que os chamou assim, aliás, um sujeito que ganhou anéis de doutor sem mérito algum. Isso é o que diferencia dos outros 500: os outros pelo menos estudaram um pouco.

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

Quando fui logar me ao fim para dizer que concordo ipsis litteris com tudo verifiquei a origem do texto.

Um texto com esta coerência, sensatez e precisão somente poderia vir de uma categoria onde a esmagadora maioria ainda conhece o significado de coisas como compromisso, sacrifício, honra e dever.

Marcos, so acresceria que os 500 picaretas “com anel de doutor” tinham um chefe e era justamenteo que os chamava assim e que também é um picareta com anel de doutor, com a diferença que seu anel não é merecido, ao contrário dos outros 500.

Colombelli
Colombelli
6 anos atrás

saiu duplicado, peço apagar o segundo

nunes neto
nunes neto
6 anos atrás

Concordo, o Brasil flerta com cada país! É sempre de oposição as decisões dos EUA e países europeus, mesmo quando estas parecem ser as mais certas,parece que faz por pirraça, os EUA, nunca apoio a entrada do Brasil no conselho de segurança, por que sabe que vai ser, sempre um voto de oposição, assim como Russia e China.Abçs

Vader
6 anos atrás

Senhores, o Brasil está nas mãos do Sindicato. Do Sindicato do Crime. Da Omertá. Da Cosa Nostra. Mas sabem do que mais? Já não dou a mínima. A verdade é que o povo deste país merece. Merece cada pedaço de miséria pela qual passa e pela qual passará nas próximas décadas. O governo militar foi um erro. Deveria ter deixado os comunistas tomarem o poder em 1964 ou 1968. Aí provavelmente hoje já nos teríamos livrado dessa corja. Mas não, graças ao adiamento que os militares conseguiram à época, hoje estamos às voltas com essa caterva, quando todo o mundo… Read more »

Marcos
Marcos
6 anos atrás

“Aí provavelmente hoje já nos teríamos livrado dessa corja.”

Caro Vader:

É provável que não. Estariam ai no poder. Seriamos a Coréia do Norte das Américas. E nessas alturas estaríamos usando folhas de bananeira par aquela limpeza.

Oganza
Oganza
6 anos atrás

Minha esperança é a iniciativa privada. É difícil crer que grandes grupos empresariáis sejam abduzidos por essa esquerdopatia em troca de alguma coisa, seja lá o que for, pois no fim, tudo será TOMADO deles.

E mesmo que a caserna esteja sendo abduzida, ao menos em parte, acredito que restarão uma maioria disposta e se opor a essa negritude.

E ambos terão o meu corpo, mente e espírito para ir contra isso.

Vader
6 anos atrás

Oganza disse: 13 de setembro de 2013 às 15:54 “É difícil crer que grandes grupos empresariáis sejam abduzidos por essa esquerdopatia em troca de alguma coisa, seja lá o que for, pois no fim, tudo será TOMADO deles.” JÁ FORAM abduzidos meu caro Oganza. Custou uma grana ENORME, que nós (contribuintes) pagamos, estamos pagando, e pagaremos ainda muito mais. Muito antes de tudo ser tomado pelo PeTralha o capitalista/industrial brasileiro vai passar tudo nos cobres, vender para quem pagar melhor (gringos), e se mandar para Miami, e o povo brasileiro que se f. com os PeTralhas. E aí, na hora… Read more »

Requena
Requena
6 anos atrás

“Os irmãos Castro, Cristina Kirchner, Nicolas Maduro – herdeiro bolivariano de Hugo Chávez – Evo Morales, Mahmud Amajinehad, Muammar al-Kadafi, o insano e divino imperador norte-coreano Kim Jong-um, além de uma plêiade de ditadores africanos”

Essa lista parece o elenco de um filme de terror.
Quase vomitei no teclado.