Home Divulgação Cellebrite mostra nova tecnologia forense móvel no Congresso de Criminalística, em Brasília

Cellebrite mostra nova tecnologia forense móvel no Congresso de Criminalística, em Brasília

281
0

Empresa está ajudando a revolucionar a investigação a partir da análise de conteúdos de celulares, smartphones, tablets e aparelhos GPS

 

A Cellebrite, líder mundial em tecnologia de análise forense em dispositivos móveis, estará presente no XXII Congresso Nacional de Criminalística, que acontece em Brasília entre os dias 14 e 19 de setembro. Na ocasião, a empresa leva para seu estande as mais recentes tecnologias para a análise investigativa e produção de provas forenses a partir de informações extraídas de telefones celulares, smartphones, tablets e GPS.

Mundialmente, a Cellebrite vem promovendo uma verdadeira revolução em investigações e perícias a partir de conteúdos deste tipo de dispositivo móvel.

Suas ferramentas de análise forense móvel possibilitam extrair desses aparelhos até mesmo informações de texto, voz, navegação, geolocalização e uso de aplicativos que já foram apagados pelo usuário; ou ainda, que sejam protegidos por senhas, criptografia ou bloqueios.

O destaque no Congresso de Criminalística vai para o conjunto de soluções da linha UFED, que extrai e analisa informações a partir de celulares convencionais ou smartphones com sistemas Android ou iOS, além de aparelhos GPS e da linha Nokia, originais ou fabricados em outros países.

A linha UFED já foi destaque na resolução de diversos casos de crimes ocorridos nos Estados Unidos e países da América Latina.

De acordo com Shai Segal, diretor sênior de produtos da Cellebrite, os órgãos de aplicação da lei de todo o mundo precisam lidar com uma enxurrada de provas criminais importantes contidas em dispositivos móveis. “A dificuldade, muitas vezes, nessa tarefa é que os criminosos estão cada vez mais antenados com as tecnologias e fazem uso de diversos recursos na tentativa de se livrar ou dificultar conteúdos que podem incriminá-los”, avalia Segal.

“A Cellebrite traz ao mercado uma solução que independe da ação do usuário para que as autoridades consigam avançar com as investigações. A solução UFED é capaz de extrair arquivos mesmo que estes tenham sido excluídos ou estejam protegidos por senha. Com certeza essa é uma tecnologia que pode auxiliar autoridades nacionais e internacionais no combate ao crime”, informa o executivo.

O congresso contará ainda com a presença de especialistas e autoridades de diversas partes do mundo, para discutir e divulgar assuntos estratégicos, como novas tecnologias e a política nacional pela valorização da atividade pericial.

Ao longo de seis dias serão oferecidas palestras e cursos que tratarão de questões relacionadas a estratégias para detecção de crimes ambientais, crimes de informática, análises de áudio e vídeo, balística, documentoscopia, química forense, DNA, identificação veicular, acidentes de trânsito, crimes contra a vida e patrimônio, papiloscopia e laboratórios forenses, entre outros.

O XXII CNC acontece paralelamente ao V Congresso Internacional de Perícia Criminal e à XXII Exposição de Tecnologias Aplicadas à Criminalística.  As inscrições podem ser feitas pela internet, no site do XXII CNC (http://www.criminalistica2013.com.br/index.php/pt/inscricao), ou durante o evento.

SERVIÇO:
XXII Congresso Nacional de Criminalística
Quando: de 14 a 19 de setembro de 2013
Onde: Centro de Convenções Ulysses Guimarães, Ala Sul, 1º andar.
Brasília-DF.
Inscrições e outras informações: http://www.criminalistica2013.com.br

Sobre a Cellebrite:
Fundada em 1999, a Cellebrite é uma empresa global, conhecida por suas descobertas tecnológicas no setor de telefonia celular. Líder mundial de mercado e autoridade em tecnologia da dados móveis, a Cellebrite estabeleceu sua divisão de tecnologia forense móvel em 2007, com o Universal Forensic Extraction Device (UFED — dispositivo universal de extração forense). As soluções da série UFED da Cellebrite possibilitam a extração gradual e análise em profundidade de dados de milhares de dispositivos móveis, como telefones, smartphones, dispositivos GPS portáteis, tablets e telefones manufaturados com chipsets chineses.
A série UFED da Cellebrite é a melhor escolha para especialistas forenses da polícia, militares, serviços de inteligência, segurança corporativa e agências de e-discovery, em mais de 60 países.
A Cellebrite é uma empresa totalmente controlada pela Sun Corporation, uma empresa japonesa registrada (6736/JQ).

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments