sexta-feira, março 5, 2021

Saab RBS 70NG

Relatório da ONU confirma uso de gás sarin em ataque químico na Síria

Destaques

FOTOS: Light Armed Helicopter (LAH) da Coreia do Sul

O helicóptero armado leve (LAH) é baseado no Airbus H155B1 (EC155), que é uma versão modernizada do antigo AS365...

China busca uma força nuclear com maior capacidade de sobrevivência

Segundo a Associated Press, a China parece estar se movendo mais rapidamente em direção à capacidade de lançar seus...

Gastos da China em pesquisa e desenvolvimento atingem um recorde de US$ 378 bilhões

O Escritório Nacional de Estatísticas da China disse que os gastos com P&D, que visam desenvolver novos serviços...
Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

K16nb.La.91

vinheta-clipping-forte1Inspetores da ONU disseram nesta segunda-feira, 16, que há “evidência clara e convincente” que armas químicas foram usadas em uma escalda relativamente grande em uma ofensiva no mês passado na Síria.

O grupo disse que amostras ambientais, químicas e médicas forneceram prova clara e convincente de que mísseis terra-terra que e continham o agente sarin foram usados no ataque em Ghouta, subúrbio de Damasco, no dia 21 de agosto. O relatório mencionou as áreas de Ein Tarma, Moadamiyeh e Zamalka.

“A conclusão é que armas químicas foram usadas no conflito em curso entre as partes na República Árabe da Síria… contra civis, incluindo crianças, em uma escala relativamente grande”, disseram os inspetores, na primeira página de seu relatório, ao secretário-geral Ban Ki-moon. Ban apresentou o relatório ao Conselho de Segurança da ONU (leia íntegra, em inglês).

O ataque de 21 de agosto com armas químicas aconteceu quando uma equipe de investigação de armas químicas da ONU estava na Síria para investigar supostos ataques anteriores. Depois de dias de atraso, os inspetores foram autorizados a abordar as vítimas, médicos e outras pessoas nos subúrbios de Damasco.

Os inspetores tinham a missão de investigar se o armamento havia sido usadas e, caso as acusações fossem confirmadas, quais os tipos de armamentos estavam envolvidos. O grupo não tinha a missão de verificar quem foi o responsável.

Rebeldes sírios, aliados ocidentais e árabes culpam o regime do presidente Bashar Assad pelos ataques em Ghouta, reduto dos insurgentes. O regime de Assad insiste que a ofensiva foi conduzida pelos rebeldes./ AP

FONTE: O Estado de S. Paulo

- Advertisement -

3 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Edgar
Admin
7 anos atrás

E agora, Putin???

Vai cumprir sua palavra???

Se bem que palavra de semi-ditador vale tanto quanto conversa de bêbado 😀

Wagner
Wagner
7 anos atrás

( vou ter que abrir exceção ao tema, minhas desculpas ao blog) Camarada O presidente Putin foi eleito democraticamente, e se os russos não o quisessem, o teriam chutado do poder a muito tempo e eleito o Prokhorov ou o Ziuganov ( este hoje já falecido). Pq não elegeram ?? PORQUE OS RUSSOS QUEREM UM CARA COMO O PUTIN NO PODER !! SIMPLES !! Impressionante a hipocrisia e dificuldade do ocidente de entender isso : Se elegem um cara anti-ocidente, ou nacionalista, aaah a eleição foi fraude, o cara é ditador. Mas se elegem aliados dos USA, aah, então é… Read more »

Edgar
Admin
Reply to  Wagner
7 anos atrás

Wagner, por isso disse semi-ditador. Chávez, Maduro, Morales, Kirchner‎(s), Correa, Da Silva, Vana, etc., também foram eleitos democraticamente e, IMHO, ajudam a compor este “seleto” grupo.

Atente-se ao foco de meu comentário anterior, que segue o post, e questiona se o президент irá cumprir sua palavra.

Guerras Modernas

Armênia, Azerbaijão e Rússia fecham um acordo para acabar com o conflito de Nagorno-Karabakh

YEREVAN/BAKU (ARMENIA/AZERBAIJÃO) — Armênia, Azerbaijão e Rússia disseram que assinaram um acordo para encerrar o conflito militar na região...
- Advertisement -
- Advertisement -