Home Clipping Separatistas montam barricadas no leste da Ucrânia; Kiev ameaça reagir

Separatistas montam barricadas no leste da Ucrânia; Kiev ameaça reagir

162
8

kiev_riots_gasmask

ClippingSeparatistas pró-Rússia reforçaram barricadas e prepararam bombas caseiras, nesta quarta-feira, em um prédio público de Luhansk, no leste da Ucrânia, enquanto em Kiev o governo ucraniano ameaçou usar a força para restaurar a ordem.

Nos últimos dias, vários edifícios públicos foram ocupados no leste da Ucrânia por ativistas russófonos que reivindicam a realização de referendos regionais como o que ocorreu antes da anexação da península da Crimeia pela Rússia, no mês passado. Uma porta-voz policial disse, contrariando rumores, que não há reféns em Luhansk. Os manifestantes também negaram isso. Em Donetsk, ao sul, os ativistas continuam controlando o principal edifício regional de governo, mas as autoridades encerraram a ocupação na cidade de Kharkiv.

“Uma solução para esta crise será encontrada nas próximas 48 horas”, disse em Kiev o ministro ucraniano do Interior, Arsen Avakov, a jornalistas. “Para quem quer diálogo, propomos conversas e uma solução política. Para a minoria que quer conflito, eles terão a resposta de força das autoridades ucranianas”, afirmou.

Um porta-voz dos manifestantes que ocupam o prédio em Luhansk disse que 50 pessoas deixaram o local durante a noite, mas que outras permaneceram, e que as negociações para o fim do impasse prosseguem. Os ativistas, muitos deles encapuzados, continuaram a reforçar suas barricadas com pneus, pallets de madeira e sacos de areia. Além disso, bombas incendiárias foram preparadas, e vários militantes portavam armas automáticas. O porta-voz do grupo, identificado apenas como Vasily, disse que os militantes que saíram “não estavam preparados para permanecer e lutar”, mas que os recalcitrantes irão resistir até que um referendo separatista seja realizado. “É claro que precisamos pedir à Rússia para nos deixar aderir a ela”, afirmou, acrescentando que espera receber ajuda do presidente russo, Vladimir Putin.

O governo ucraniano diz que as ocupações são parte de um plano russo para desmembrar a Ucrânia, uma acusação que Moscou rejeita. Os EUA também atribuem a crise a Moscou. Em nota na quarta-feira, a chancelaria russa rejeitou as acusações e qualificou de infundadas as preocupações de Kiev e do Ocidente com as movimentações militares da Rússia nos arredores da Ucrânia.

FONTE: Reuters Brasil

8
Deixe um comentário

avatar
8 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
8 Comment authors
Mauricio R.ColombelliWagnerjuarezmartinezlppassos2000 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Rogério
Visitante
Rogério

A Rússia não descansará enquanto não sub-julgar a Ucrânia toda, seja fazendo dela um país satélite lacaio ou simplesmente invadi-la, a Criméia foi só uma provocação para a Ucrânia reagir , a Ucrânia não reagiu agora a Rússia vai fomentar o desmembramento da Ucrânia até ela reagir, aí eles terão a desculpa p/ invadir Kiev de uma vez.

aldoghisolfi
Visitante
Member
aldoghisolfi

Não diria lacaio… eles têm a mesma origem e, pelo que leio e ouço, a Ucrânia está a um passo de pular o muro e ir p’rá Rússia. Até mesmo pela questão já discutida noutras sedes, o interesse econômico ditado pelas geopolíticas de um e de outro país, simbiônticos, eles se completam.

Reinaldo Deprera
Visitante
Member
Reinaldo Deprera

Sinuca de bico para a Ucrânia e para os EUA.
Se os EUA se envolvessem nessa, os antiamericanos de plantão arranham ainda mais a imagem dos EUA. Se a Ucrânia reagir, dá a desculpa que a Rússia quer para anexar o país inteiro.
Penso que chegou a hora da UE liderar uma reação mais dura do ocidente. Só tá faltando testosterona.

lppassos2000
Visitante
lppassos2000

Penso que chegou a hora da UE liderar uma reação mais dura do ocidente. Só tá faltando testosterona.

quanto blá blá blá

Não me faça rir!!!!!

juarezmartinez
Visitante
juarezmartinez

Isto é uma coisa que eurobambilândia não tem, vão continuar de frexcura, de conversa fiad e se cagado do Putin.

Grande abraço

Wagner
Visitante
Wagner

Isso tudo reflete o descaso, o preconceito e a perseguição do governo fascista de Turchinov contra os russos étnicos da Ucrânia. Moscou não quer ter de ivnadir essas regiões, isso sai muito caro e ainda complica mais as relações com o ocidente. Já disse isso aqui várias vezes, os russos não tem interesse que a Ucrania de divida. Essa histeria ocidental ridicula anti-russa, propagada pelos meios de comunicação que servem a Washington, apenas existe para justificar os podres de Kiev, QUE TENTOU PROIBIR RUSSOS ÉTNICOS DE FALAREM RUSSO. Isso é fascismo. A Rússia apoia a federalização dessas regiões. A última… Read more »

Colombelli
Visitante
Active Member
Colombelli

Wagner, o ocidente ja protagonizou episódios semelhantes e de fato tratou a questão com hipocrisia. Porém, o conceito de “cidadãos de origem” não existe no direito internacional. Ucranianos são ucranianos tenham a origem que tiverem, e um Estado não pode intervir em outro a pretexto de proteger cidadão que não são seus. A proibição de falar russo na ucrânia é um problema interno, ninguem tem nada que ver com isso. É preciso isenção para não se cair na hipocrisia contrária, de querer afirmar que não há uma evidente ação russa fomentando os levantes. Assim como o ocidente já fez muitas… Read more »

Mauricio R.
Visitante
Member
Mauricio R.

OFF TOPIC…

…mas nem tanto!!!

Tropas russas treinam p/ a invasão do leste da Ucrânia.

(http://snafu-solomon.blogspot.com.br/2014/04/russian-combined-airborne-amphibious.html)

Na 3ª foto, o soldado carregando as tralhas da ordenança do general, nosso entusiasmado colega Wagner…