sexta-feira, outubro 15, 2021

Saab RBS 70NG

Comboio de 280 caminhões com ajuda humanitária russa parte para Ucrânia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Combio russo com ajuda humanitária para a Ucrânia parte de Moscou

ClippingMOSCOU/KIEV (Reuters) – Um comboio russo de 280 caminhões transportando ajuda humanitária partiu para a Ucrânia na manhã desta terça-feira, informou a agência de notícia Itar Tass.

“Foi tudo acertado com a Ucrânia”, disse o porta-voz do presidente russo Vladimir Putin, Dmitry Peskov, segundo a rádio FM Business. Na segunda-feira, os Estados Unidos alertaram que qualquer intervenção russa na Ucrânia sem o consentimento de Kiev seria “inaceitável” e uma violação às leis internacionais.

O comboio será acompanhado por representantes da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), de acordo com um mediador. O carregamento russo assim como ajuda dos Estados Unidos e da União Europeia serão entregues sob a supervisão da Cruz Vermelha Internacional e escoltados por representantes da OSCE até a cidade de Luhansk, disse à agência de notícias Interfax o ex-presidente ucraniano Leoni Kuchma.

FONTE: Reuters.com

- Advertisement -

11 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
11 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
alexandre
alexandre
7 anos atrás

Uma pergunta aos amigos frequentadores do Forte. Será que esse não vai ser a “falsa bandeira” para o Putin usar como pretexto para invadir o leste da Ucrânia? Utilizar o comboio como chamariz e atacá-lo em território ucraniano (através dos “rebeldes”) e ter assim um motivo “humanitário” para a invasão? Fica o questionamento aos nobres. Abraço.

Corsario137
Corsario137
7 anos atrás

Ajuda humanitária? Aham…sei.

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Alexandre, Sim, é possível e provável. Esta semana havia um comboio de “ajuda humanitária” russa para Luhansk ou Donetsk com nada mais nada menos que tanques T-64 (os mesmos usados pelo exército da Ucrânia) e blindados de transporte de tropas BMP2. Aparentemente este comboio é uma forma de ajudar os civis que estão no meio desta zorra, desarmando o argumento de Moscow que pretendia manda blindados. Outro fator importante é despoletar a justificativa “humanitáira” de uma invasão pelo Exército Vermelho. Segundo a OTAN há entre 20.000 e 25.000 tropas russas no outro lado da fronteira. O chefe da OTAN, Anders… Read more »

Ivan
Ivan
7 anos atrás
Ivan
Ivan
7 anos atrás

Observar que este comboio que é tratado na matéria é de caminhões “civis”, provavelmente com carga negociada entre Kiev e Moscou, inclusive com ajuda humanitária do ocidente.

Sds.,
Ivan.

alexandre
alexandre
7 anos atrás

Obrigado Ivan pela explanação. Também pensei na hipótese levantada por você. Vamos aguardar os próximos capítulos.

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
7 anos atrás

Olha,olha o cavalo de Troia!!

Ivan
Ivan
7 anos atrás

Eduardo, ” Cavalo de Troia !! ” É um risco, sem dúvida, mas Kiev optou por concordar com um comboio de caminhões de transporte possivelmente para evitar uma desculpa (um motivo) para Moscou alegar uma intervenção direta. Este carregamento é “acompanhado por representantes da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE)”, o que pode dar um aviso se parte da carga for desviada ou venha a ser composta de itens pouco humanitários, como munição e explosivos. Russos e ucranianos suspeitam uns dos outros por que se conhecem muito bem, desde antes da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas quando… Read more »

Carlos Alberto Soares
Carlos Alberto Soares
7 anos atrás

Morde e depois assopra, chave combinada.

eduardo.pereira1
eduardo.pereira1
7 anos atrás

Muito bacana Ivanovich, conhecimento é poder!!

Sds. Eduardovskh.

lynx
lynx
7 anos atrás

Nesse caso específico, de um comboio alegadamente transportando ajuda humanitária para civis, o emprego da “maskirovka”, ou qualquer nome que se queira dar para a presença de armamento, munição ou mesmo tropas nos caminhões, é claramente tratado nas Convenções de Genebra, das quais a Rússia é signatária, como PERFÍDIA. Um crime de guerra reconhecido pela jurisprudência internacional.
Para quem já usou dos Homens de Verde na Criméia… O Tzar Putin I não tem limites! Lembrem-se do Cabo da Baviera…

Últimas Notícias

ESPECIAL: Apresentação das capacidades do Exército Francês

Por Jean François Auran* Colaborador especial do Forças Terrestres/Forças de Defesa Parece às autoridades militares francesas que o mundo está se...
- Advertisement -
- Advertisement -