Home Ajuda Humanitária Comboio de 280 caminhões com ajuda humanitária russa parte para Ucrânia

Comboio de 280 caminhões com ajuda humanitária russa parte para Ucrânia

191
11

Combio russo com ajuda humanitária para a Ucrânia parte de Moscou

ClippingMOSCOU/KIEV (Reuters) – Um comboio russo de 280 caminhões transportando ajuda humanitária partiu para a Ucrânia na manhã desta terça-feira, informou a agência de notícia Itar Tass.

“Foi tudo acertado com a Ucrânia”, disse o porta-voz do presidente russo Vladimir Putin, Dmitry Peskov, segundo a rádio FM Business. Na segunda-feira, os Estados Unidos alertaram que qualquer intervenção russa na Ucrânia sem o consentimento de Kiev seria “inaceitável” e uma violação às leis internacionais.

O comboio será acompanhado por representantes da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE), de acordo com um mediador. O carregamento russo assim como ajuda dos Estados Unidos e da União Europeia serão entregues sob a supervisão da Cruz Vermelha Internacional e escoltados por representantes da OSCE até a cidade de Luhansk, disse à agência de notícias Interfax o ex-presidente ucraniano Leoni Kuchma.

FONTE: Reuters.com

11
Deixe um comentário

avatar
11 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
6 Comment authors
lynxCarlos Alberto Soareseduardo.pereira1IvanCorsario137 Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
alexandre
Visitante
alexandre

Uma pergunta aos amigos frequentadores do Forte. Será que esse não vai ser a “falsa bandeira” para o Putin usar como pretexto para invadir o leste da Ucrânia? Utilizar o comboio como chamariz e atacá-lo em território ucraniano (através dos “rebeldes”) e ter assim um motivo “humanitário” para a invasão? Fica o questionamento aos nobres. Abraço.

Corsario137
Visitante
Corsario137

Ajuda humanitária? Aham…sei.

Ivan
Membro
Member
Ivan

Alexandre, Sim, é possível e provável. Esta semana havia um comboio de “ajuda humanitária” russa para Luhansk ou Donetsk com nada mais nada menos que tanques T-64 (os mesmos usados pelo exército da Ucrânia) e blindados de transporte de tropas BMP2. Aparentemente este comboio é uma forma de ajudar os civis que estão no meio desta zorra, desarmando o argumento de Moscow que pretendia manda blindados. Outro fator importante é despoletar a justificativa “humanitáira” de uma invasão pelo Exército Vermelho. Segundo a OTAN há entre 20.000 e 25.000 tropas russas no outro lado da fronteira. O chefe da OTAN, Anders… Read more »

Ivan
Membro
Member
Ivan
Ivan
Membro
Member
Ivan

Observar que este comboio que é tratado na matéria é de caminhões “civis”, provavelmente com carga negociada entre Kiev e Moscou, inclusive com ajuda humanitária do ocidente.

Sds.,
Ivan.

alexandre
Visitante
alexandre

Obrigado Ivan pela explanação. Também pensei na hipótese levantada por você. Vamos aguardar os próximos capítulos.

eduardo.pereira1
Visitante
Member
eduardo.pereira1

Olha,olha o cavalo de Troia!!

Ivan
Membro
Member
Ivan

Eduardo, ” Cavalo de Troia !! ” É um risco, sem dúvida, mas Kiev optou por concordar com um comboio de caminhões de transporte possivelmente para evitar uma desculpa (um motivo) para Moscou alegar uma intervenção direta. Este carregamento é “acompanhado por representantes da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE)”, o que pode dar um aviso se parte da carga for desviada ou venha a ser composta de itens pouco humanitários, como munição e explosivos. Russos e ucranianos suspeitam uns dos outros por que se conhecem muito bem, desde antes da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas quando… Read more »

Carlos Alberto Soares
Visitante
Member
Carlos Alberto Soares

Morde e depois assopra, chave combinada.

eduardo.pereira1
Visitante
Member
eduardo.pereira1

Muito bacana Ivanovich, conhecimento é poder!!

Sds. Eduardovskh.

lynx
Visitante
lynx

Nesse caso específico, de um comboio alegadamente transportando ajuda humanitária para civis, o emprego da “maskirovka”, ou qualquer nome que se queira dar para a presença de armamento, munição ou mesmo tropas nos caminhões, é claramente tratado nas Convenções de Genebra, das quais a Rússia é signatária, como PERFÍDIA. Um crime de guerra reconhecido pela jurisprudência internacional.
Para quem já usou dos Homens de Verde na Criméia… O Tzar Putin I não tem limites! Lembrem-se do Cabo da Baviera…