Home Noticiário Internacional Vladimir Putin: exército forte e bem armado é garantia da soberania da...

Vladimir Putin: exército forte e bem armado é garantia da soberania da Rússia

469
12

Armata - 4 Vladimir Putin

O presidente russo, Vladimir Putin, declarou que a Rússia enxerga diversos riscos, inclusive próximo às suas fronteiras, e que, portanto, um exército forte com armamentos modernos é a chave para a soberania e a integridade territorial do país.

A declaração se deu nesta quinta-feira (25.06), durante uma recepção solene de formandos de altas instituições militares da Rússia.

O presidente destacou que por conta dos riscos à vista, um exército forte e bem armado representa a “garantia de uma vida calma e pacífica para milhões de cidadãos russos”.
Putin garantiu que as autoridades darão continuidade ao desenvolvimento das forças armadas do país, completando as reformas estruturais iniciados nos últimos anos, que aumentarão a eficácia dos sistemas militares de gestão e a eficiência na tomada de decisões.

O presidente russo frisou o fortalecimento ativo das forças nucleares estratégicas e de unidades militares de defesa espacial, além do aumento do potencial de combate de praticamente todos os tipos de tropas do país.
Ele destacou ainda que, seguindo o programa nacional de rearmamento, os arsenais militares russos estão sendo reforçados com os mais recentes modelos de armamentos, incluindo aviões, submarinos, navios, armas de precisão, robôs de guerra e veículos não tripulados, muitos dos quais foram apresentados da feira internacional de armamentos Army 2015.

FONTE: sputniknews.com

Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Matheus Augusto
Matheus Augusto
4 anos atrás

Putin tem planos muito ambiciosos para o seu exército mas do jeito que a economia deles está falindo, o exército que ele quer só vai ficar nos sonhos msm.

Pangloss
Pangloss
4 anos atrás

Alguém precisa avisar ao Putin que o verdadeiro inimigo da Rússia não está no Ocidente: é a China, que já usa sua arma demográfica, em silêncio, para ocupar os espaços vazios do território russo.

Para fazer frente a essa ameaça, Putin só tem uma alternativa: para de fingir que lidera um bloco, e aliar-se ao Ocidente (aí incluídos o Japão e a Coréia do Sul).

Mas, pelo jeito, ele prefere pensar com os testículos, e o resultado disso não tem sido muito auspicioso.

Pangloss
Pangloss
4 anos atrás

Errata: parar de fingir que lidera um bloco.

Wagner
Wagner
4 anos atrás

Não existe qualquer problema como excesso de mabição ou dificuldades de encontrar o verdadeiro inimigo, para o Kremlin. Quem está colocando armas e bases e regimes clone, no leste europeu, incluindo a palhaçada do escudo anti-misseis ( farsa obviamente anti-russa), é o Ocidente, e não a China. Quem quer mudar o regime em Moscou é o Ocidente, e não a China. A China aliás depende ainda da tecnologia russa , exemplo, motores de caças avançados. Tanto que quer comprar Su 35 e S 400. Aliás, a China está investindo bilhoes na Rússia, não existe motivo para ela invadir a Sibéria.… Read more »

Bosco Jr
Bosco Jr
4 anos atrás

Mas Wagner, as ex-repúblicas da URSS e os ex-membros do PV não pensam como você. Parece que eles não veem as intenções russas de maneira tão despretensiosa como você.
Será que daqui somos capazes de julgar?
Será que todo mundo está dominado pela CIA?

Bosco Jr
Bosco Jr
4 anos atrás

O Escudo antimíssil, quando estiver plenamente operacional, é ineficaz contra um ataque maciço de ICBMs e SLBMs russos. O Putin mais do que ninguém sabe disso. Mesmo que um SM-3IIA possa interceptar ICBMs russos lançados contra a costa leste americana, a quantidade instalada é irrisória e não faria diferença. Sem falar que há os SLBMs e os ICBMs contra alvos em 70% do território americano ficam fora do Escudo (se esse for realmente capaz de deter ICBMs russos na fase de impulsão). Na verdade, tirando o fato de ser um tapa na cara da Rússia, o fato de haver mísseis… Read more »

Requena
Requena
4 anos atrás

O Putin é um tremendo fanfarrão.
Assim como todo líder nacionalista.

Mas confesso que sinto falta de um cara como esses por aqui. Alguém que dê um murro na mesa, pare de brincar de “braZiU Putenfia”, ponha toda essa corja que está no poder na cadeia e coloque esse país nos eixos.

Melky Cavalcante
Melky Cavalcante
4 anos atrás

Exército forte e bem armado é garantia da soberania da Rússia. Da Rússia e de qualquer nação que queira manter a integridade das suas fronteiras a segurança da sua população e a defesa dos seus interesses.
Ou só algumas ADMs 🙂

Colombelli
Colombelli
4 anos atrás

Putin é igual o oligrofrênico que esteve na presidência aqui antes da sua manipulada. Um fanfarrão que não sabe o que fala. Aliás, ambos vivem em um mundo de 50 anos que não existe mais e se pautam pelo ego. A diferença é que as asneiras de Putin botam o mundo em risco. Ao inves de estar se aproximando do Ocidente que o quer receber de braços abertos, pois a Russia é oportunidade infinita de negócios ( especialmente recursos naturais), e se calçar contra a China ( verdadeiro inimigo de todos, inclusive nosso), fica querendo reviver nostalgicamente algo que não… Read more »

Vader
4 anos atrás

É isso aí Wagner: os chineses investem maciçamente na Rússia e exportam milhões de trabalhadores chineses para a Rússia siberiana. Estes “trabalhadores”, que também vivem na Malásia, na Indonésia, nas Filipinas, na África Ocidental, nos EUA, etc., mesmo após duas ou três gerações se reconhecem como chineses, e não russos. Aliás, se não me engano a própria lei russa não reconhece o filho de chinês nascido em solo russo como russo (jus sanguinis). Só tem um probleminha: os EUA estão na América, a meio mundo de distância da China Popular. Já a Rússia está ali “do ladinho”… 🙂 Chineses não… Read more »

joao.filho
joao.filho
4 anos atrás

Wagner, cometestes o pecado capital aquj no blog. Falar a verdade no que se refere à Rússia não é bem recebido. Agora aguenta os cacetetes…

rsbacchi
rsbacchi
4 anos atrás

Verdade???