Home Artilharia 3º GAC Ap: exercício com novo material da Artilharia Brasileira

3º GAC Ap: exercício com novo material da Artilharia Brasileira

4206
3

artilharia-1

Santa Maria (RS) – O 3º Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado (3º GAC Ap) apoiou a Escola de Aperfeiçoamento de Sargentos das Armas (EASA) no exercício de condução de tiro de artilharia, realizado por alunos de todas as armas, no dia 5 de outubro. A atividade contou com a assistência de alunos do Grêmio de Artilharia do Colégio Militar de Santa Maria.

Nessa oportunidade, foi apresentado e empregado o equipamento recém-adquirido, o Atlas Gun Lying System, batizado pelos alunos do Curso de Artilharia da EASA como SP2 (Sistema de Posicionamento e Pontaria). O equipamento, dentre outras capacidades, permite autolocalização, por meio de GPS ou intersecção; localização precisa do norte, usando corpo celeste, bússola eletrônica incorporada, alvo ou ponto já conhecido; busca de alvos precisa, por intermédio de aferição de distância, azimute e elevação; armazenamento e gestão de alvos para direção de tiro e inteligência; realização de trabalhos topográficos; e a pontaria da linha de fogo. O sistema é composto por tripé, goniômetro, telêmetro laser, módulo de localização do norte astronômico e módulo de identificação estelar.

O SP2 foi utilizado pela primeira vez pelo 3º GAC Ap para a condução do tiro de artilharia, possibilitando maior precisão e velocidade nos trabalhos, inserindo a tradicional organização militar no contexto da guerra moderna, em condições de fazer frente a operações de amplo espectro, que exigem cada vez mais das capacidades operativas da Artilharia de Campanha.

artilharia-2

artilharia-3

artilharia-4

FONTE: EB

Subscribe
Notify of
guest
3 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DaGuerra
DaGuerra
3 anos atrás

Apesar da crise, as FFAA estão fazendo um grande esforço para aquisição de novos equipamentos para melhorar ainda mais a operacionalidade. Parabéns pelo novo equipamento que tornará mais letal ainda a arma de Mallet. Falando nisso, como ficou aquela possibilidade da urgente necessidade de aquisição de obuseiros 155 mm M777?

Cristiano.GR
Cristiano.GR
3 anos atrás

Esse equipamento não tem nada de última geração e é a comprovação de que em matéria espacial o Brasil é um fiasco total. Um país que dispõe de bons satélites e em quantidades significativas não precisa deste equipamento que parece coisa de amador ou equipamento de engenheiro cívil. Imaginem a proximidade dos alvos que as peças teriam de estar para fazer uso desse equipamento. E outra, uso de GPS, Global Positioning System, tecnologia americana com uso de satélite americano. Num combate com um país que os americanos tivessem mais vantagens em privilegiar, alguma dúvida de que o uso do GPS… Read more »

Jonemir Kramer
Jonemir Kramer
2 anos atrás

Cristiano.GR 8 de dezembro de 2016 at 11:35
“Esse equipamento não tem nada de última geração e é a comprovação de que em matéria espacial o Brasil é um fiasco total.
Um país que dispõe de bons satélites e em quantidades significativas não precisa deste equipamento”

Este comentário demonstra o total desconhecimento deste cidadão em relação ao sistema artilharia de campanha. Acho que àqueles que não entendem do assunto deveriam abster-se de comentar, pois dessa forma só contribuem para a desinformação.