Home Exército Brasileiro O Estado criminoso

O Estado criminoso

4177
149
Forças Armadas fazem patrulhamento nas ruas de Natal (RN). O Ministério da Defesa anunciou ontem o envio de 2 mil homens para reforçar a segurança no Rio Grande do Norte. (Vitorino Junior/Photopress/Estadão Conteúdo)

O Estado brasileiro, um dos mais caros e ineficazes do mundo, está pelo avesso e precisa ser urgentemente reinventado

Por Ruy Fabiano

A greve no setor de segurança pública do Rio Grande do Norte é, como se diz, mais do mesmo. Repete, no formato, na motivação e nas consequências, as ocorridas anteriormente em outros estados: salários baixíssimos e, como se não bastasse, em atraso.

Profundo atraso. Somente agora, depois da baderna instalada, o governador Robson Faria veio a público garantir que, enfim, pagará o salário de outubro. Isso mesmo: outubro. E o faz em tom triunfal, de quem presta um favor aos mal-agradecidos funcionários.

Não há verba, diz o governador, cujo salário, no entanto, assim como o dos integrantes do Legislativo e do Judiciário locais, está em dia. O atraso é apenas para o baixo clero do funcionalismo.

No Rio de Janeiro, aguarda-se o pagamento do 13º de 2016 e os salários em atraso foram parcelados. Como algumas parcelas também atrasam, há o sub-parcelamento do parcelamento.

Não há verba, repetem todos. Mas, no riquíssimo estado de Roraima, por exemplo, a Assembleia Legislativa acaba de se autoconceder mais um aditivo salarial: um auxílio-paletó, de R$ 25 mil, benefício vigente em suas congêneres de diversos estados.

Um soldado da Polícia Militar do Rio Grande do Norte ganha (quando ganha, claro) R$ 2,7 mil mensais. O do Rio de Janeiro, um pouco mais: R$ 3,2 mil. Mas um deputado estadual potiguar ganha, sem atraso, R$ 25 mil mensais, além de verba indenizatória, ajuda de custo, verba para contratação de assessores (nove por gabinete), num total anual per capta de R$ 1.157.556,60. Sem atraso.

A greve da Polícia Militar do Espírito Santo, ano passado, deixou um rastro de mais de cem mortos, vítimas da ação livre dos bandidos. Foi preciso, antes como agora, a intervenção das Forças Armadas, que, aos poucos, se transformam em força policial de reserva. A Constituição proíbe greve de militar – e a PM aí se insere.

Ocorre que a mesma Constituição (artigo 7º) obriga que os salários sejam pagos pontualmente pelo empregador, “constituindo crime sua retenção dolosa” (inciso X). Quem responde por isso?

Não é casual que o Brasil seja campeão mundial em criminalidade, com índice de homicídios de guerra civil (cerca de 70 mil por ano). Prioridade à segurança é apenas discurso de campanha. Na prática, não existe. E os baixos salários são apenas parte do problema, a que se somam o péssimo equipamento de trabalho.

A responsabilidade, no entanto, está longe de ser apenas de governadores perdulários – quando não, ladrões mesmo.

Há uma bagunça salarial no Estado brasileiro, que permite que um soldado da PM, que arrisca diariamente a vida, ganhe em média um quarto de um capinha do Supremo Tribunal Federal.

Capinha é o apelido que têm os assistentes de plenário – salários de R$ 12 mil – de cada um dos onze ministros do STF. Estes, nas sessões, trajam solenes capas pretas, que se estendem até os pés, enquanto a capa de seus auxiliares vai apenas até a cintura; daí o apelido, digamos, carinhoso.

Têm por missão (os capinhas) servir água e cafezinho ao respectivo ministro, puxar-lhe a cadeira para sentar e atendê-lo em pequenas solicitações quando em plenário. Segurança máxima, dois meses de férias anuais e salários pontualíssimos, equivalentes aos de um general-de-Exército, posto máximo das Forças Armadas.

O STF tem mais de dois mil funcionários (só de recepcionistas há 230) para atender onze ministros.

Não é uma anomalia isolada. Garçons e ascensoristas da Câmara e do Senado, por exemplo, chegam a receber salários de até R$ 15 mil. E o mesmo se dá em diversas câmaras municipais e assembleias legislativas país afora. A Câmara Municipal de São Paulo, outro espantoso exemplo, paga R$ 9,7 mil a engraxates e R$ 6,7 mil a barbeiros. Se numa cidade como São Paulo, com alta cobertura da mídia, isso ocorre, imagine-se nos rincões do país.

Não se trata apenas do valor anômalo do salário, mas do despropósito de tais funções, alheias à atividade-fim dessas instituições, o que só se explica pela profunda anarquia administrativa do Estado, sem transparência e fora do controle.

Dinheiro, há – o Brasil, afinal, é uma das dez maiores economias do mundo -, mas está distribuído de maneira criminosa, sem qualquer senso de proporção e prioridade, ao sabor de quem tem maior poder de pressão. Saúde e segurança, setores que afetam diretamente o grosso da população, são, em regra, negligenciados.

E o resultado é o que ocorre no Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Amazonas e em toda parte. Agora, por exemplo, em Aparecida de Goiânia, novo motim penitenciário – rotina no país – deixou nove mortos, 14 feridos graves e permitiu a fuga de mais de uma centena de presos.

O Estado brasileiro, um dos mais caros e ineficazes do mundo, está pelo avesso e precisa ser urgentemente reinventado. Caso contrário, teremos sempre mais do mesmo.

A greve no setor de segurança pública do Rio Grande do Norte é, como se diz, mais do mesmo. Repete, no formato, na motivação e nas consequências, as ocorridas anteriormente em outros estados: salários baixíssimos e, como se não bastasse, em atraso.

Profundo atraso. Somente agora, depois da baderna instalada, o governador Robson Faria veio a público garantir que, enfim, pagará o salário de outubro. Isso mesmo: outubro. E o faz em tom triunfal, de quem presta um favor aos mal-agradecidos funcionários.

FONTE: Veja

149
Deixe um comentário

avatar
149 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
53 Comment authors
João BoscoZorannJuarezAgnelo MoreiraGallina Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Temer, Aécio, FHC, Lula, Dilma são bandidos da pior espécie…jamais devemos contar com esses elementos. Esse assunto é sério e não pode ser tratado como bancada eleitoral ou politicagem. A questão não é estritamente de um partido ou outro, é uma questão muito mais ampla e estrutural. É preciso uma revolução na área de segurança pública: criação de leis mais rígidas, construção de presídios, remodelação do ensino com ênfase no cumprimento, cidadania e respeito as leis, criar um ambiente de respeito e valorização de bons valores, instituir pena de morte etc… É inadmissível que nossas casas estejam como presídios, cheio… Read more »

Bravox
Visitante
Bravox

Uma pena o governo militar nao ter dado fim nessa gente…..

Herquiles Santos
Visitante
Herquiles Santos

Olá a todos. Eu como potiguar, funcionário publico, sinto na pele os desmandos não só do governador do estado mas também com o descaso com os funcionários municiais de nossa capital. A situação de baderna instalado no RN chega a ser surreal, mesmo com reforço e os esforços da força nacional e do exercito existe um vazio de fiscalização enorme. A forma que o exército atua é totalmente diferente do patrulhamento feito pelas policias militares estaduais. Moro em uma cidade da região metropolitana de Natal e trabalho na capital. Vou sair daqui a pouco para o trabalho (trabalho na Madrugada)… Read more »

Ozzy
Visitante
Ozzy

Belo texto, denuncia bem aquilo que o Estado brasileiro se tornou: uma imensa máquina de gerar privilégios, um Robin Hood ao contrário, cujo principal trabalho é recolher pesados impostos da população para distribuir aos felizardos que ganham 50, 100, 150 mil por mês para posarem de justiceiros sociais.

Bosco
Visitante
Bosco

Mas grande parte de quem poderia resolver o problema acha que o problema são os “uzamericano” e não quer se meter com o lobby mais poderoso do Brasil que é o dos trabalhadores… do Estado.
A outra parte sabe que o problema do Brasil é o próprio brasileiro e mais especificamente aqueles que estão no Poder e simplesmente não tem interesse de organizar o país porque o considera a casa da Mãe Joana.
Ambos os lados igualmente mamam das tetas do Estado e temem perder seus privilégios. Não há luz no fim do túnel.

Plinio Carvalho
Visitante
Plinio Carvalho

Ainda ha quem defenda essa republica das bananas, tragico!

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Herquiles Santos 6 de Janeiro de 2018 at 21:42
Belas palavras! Infelizmente é assim no país todo, RN ainda tem o problema da greve…

Dodo
Visitante
Dodo

Ivan,a respeito da pena de morte,esta é uma clausula petria da carta magna de 88,nao pode ser alterada. A alternativa seria convoccar uma nova constituinte para alterar as clausulas petrias e reintroduzir a pena capital(lembrando que exite pena de morte sim no Brasil,mas somente aplicados em casos muito extremos como espionagem,traicao nacional,desercao,incentivo a rebelicao-independentismo). Entretanto é sabido por todos que o Brasil é signatario de tratados internacionais que o proibem de reinstituir pena de morte para os chamados crimes comuns,sob pena do isolamento economico e boicote do pais em cenario internacional(similar ao que ocorre com as filipinas e alguns paises… Read more »

Herquiles Santos
Visitante
Herquiles Santos

Caro Dodo sou servidor civil porem se minhas informações lhe forem uteis. O desembargador Claudio Santos, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, determinou aos responsáveis pelas Polícias Militar, Civil e Corpo de Bombeiros Militar que efetuem a prisão em flagrante de todos os integrantes ativos e inativos da segurança pública, que, a partir da publicação da decisão, “promovam, incentivem, estimulem, concitem ou colaborarem, por qualquer meio de comunicação, para a continuação da greve no sistema de segurança pública do RN, pelo cometimento de crimes de insubordinação, motim (PM) ou desobediência”.
Fonte: Tribuna do Norte.

romario
Visitante
romario

Segundo o jornalista mineiro Marco Aurélio Carone, há um senador que é usuário e traficante de cocaína. Também tem um senador que teve seu helicóptero apreendido pela PF transportando 450 Kg de cocaína. Há presidente da república que recebe malas com R$ 500.000,00 semanalmente, por vinte anos. Comandantes militares que apoiam e acreditam que deve manter tudo isso aí. O que esperar?

Gabriel Oliveira
Visitante
Gabriel Oliveira

Excelente artigo tocando bem na ferida,o estado brasileiro está falido reformas precisam ser feitas o tamanho do estado chegou a um ponto insustentável,os últimos governos incharam o estado brasileiro e criaram um classe corporativista que se sente além do bem e do mal.

Leonardo
Visitante
Leonardo

Uma pena que parece não existir mais “cojones” para se instalar um novo governo militar…

Delfim Sobreira
Visitante
Delfim Sobreira

Lembrando que Caxias não partiu para a ofensiva contra o Paraguay sem tropas bem equipadas, treinadas e, principalmente, pagas em dia.
Policiais não são escravos ou mercenários, e sim profissionais de Segurança Pública.

Rodolfo
Visitante
Rodolfo

Então mestre Bosco, é exatamente esse o “câncer” que está matando a América Latina quase por completo: na metástase brasileira, você vê um parasita pseudo-intelectual como o Celso Amorim ou artistas tupiniquins defendendo o Regime de Maduro, um Regime assassino e perverso. Fazem tudo em nome de um certo orgulho anti-Americano que hipnotiza o público até numeroso dos ParTidários. Ninguém explica, no entanto, o apego que a cúpula da esquerda latino americana tem pelo Capital, principalmente em contas numeradas, a predileção por possuir imóveis nos EUA e Europa, onde fazem morar e estudar os filhos. Ninguém para pra pensar o… Read more »

Dodo
Visitante
Dodo

A sim,estava procurando por um dado oficial sobre isso, obrigado henrique !

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Pra quem clama por intervenção militar, digo o seguinte: quem pariu Francisco que o embale. Quem votou nessa corja? Acreditam na lisura da urna eletrônica e no software da Smartmatic, venezuelana? Quando nada funciona, chamem os militares. Mas não esqueçam de colocá-los na vala comum da Previdência. Em 63 e 64 a situação era bem semelhante. A história se repete. E, depois do término do regime, os perdedores assumiram o governo, e chegamos na Comissão da Calúnia, bandidos comunistas terroristas indenizados, revanchismo, e por aí vai. Não, amigos. Não vamos entrar nessa canoa furada de novo. Aprendam a votar. E… Read more »

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Só existe um par na história do mundo (!) comparável ao atual Estado Brasileiro: a Dinastia Qing da China. – Essa foi a dinastia que levou o maior período de decadência da história da China. Era absurdamente corrupta e mantinha um Estado obeso cheio de burocratas que sugavam tudo que a nação produzia. – Ironicamente a dinastia Qing mantinha um sistema de CONCURSOS PÚBLICOS para ingresso no governo. Os jovens viviam para decorar 5 livros importantes que eram base para as perguntas dos examinadores. – As duas guerras do ópio, a revolta dos boxers, a derrota para o japão (na… Read more »

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Essa onda de crimes no Brasil precisa ser melhor estudada por ter características únicas: – 1. Os criminosos estão assumindo um controle geográfico dentro das cidades. Os traficantes já dominam as favelas e ninguém sobe a não ser que eles queiram. É um domínio territorialmesmo. – 2. Os criminosos assumem o papel do Estado nesses locais, punindo outros bandidos que incomodam a população local, estupradores e traficantes por exemplo. – 3. Eles já tem organizações praticamente sindicais, o PCC é um exemplo disso, o preso contribui para a organização que protege a ele e sua família na cadeia. – 4.… Read more »

Antônio
Visitante
Antônio

Sub-urburbano o que você fala é gravíssimo, é a realidade e precisa ser enfrentado e, talvez, em parte, decorrente de corrupção policial. Isto é, as causas podem ser diversas e a própria polícia, com frequência é vítima desse crime organizado. Ao mesmo tempo, é frequente os casos que vêm a tona de corrupção. Por volta de 2009, 2010, Cabral tentou fazer um trabalho interessante. Desentocar bandidos. Não é admissível que grupos armados dominem favelas. E isso parece estar se alastrando pelo Brasil e todo mundo assiste passivamente. Todos os dias a TV faz críticas a políticos mas não tenta acabar… Read more »

Antônio
Visitante
Antônio

Essa matéria, de certo modo, é sem pé nem cabeça. Fala muito obviedades e não diz nada. Por acaso quer dar a entender que todo policial deveria ganhar 10 mil reais? De onde sairia o dinheiro? Sou totalmente contra a greve da polícia, que por sinal, é ilegal. Polícia não pode fazer greve. Daqui a pouco é o exército, marinha… Greve não é brincadeira. Outra informação equivocada: os salários de novembro já foram pagos e não apenas os de outubro. Os grevistas costumam exagerar para tentar dar legitimidade ao que é ilegal, causar espanto. Quem concorda com a greve que… Read more »

Juliano Bitencourt
Visitante
Juliano Bitencourt

sub-urbano, e a esquerda revolucionária, qual o papel dela? Os terroristas como Marighella e outros, não ensinaram nada de como organizar o crime? Como surgiu o Comando Vermelho? Ouvi no canal do Youtube Terça Livre audio de esquerdista dizendo que se Lula for preso, tem que soltar os criminosos presos em massa. O que acha disso? Quem proporcionou ligação do PCC com as organizações terroristas comunistas FARC e Hezbollah? Só para começar.

Leonardo
Visitante
Leonardo

Rinaldo Nery, com todo o respeito, é uma vergonha ouvir um oficial das forças armadas dizer o que o senhor disse. O povo que se dane, por não saber votar? Logo o povo brasileiro, que é mantido na ignorância de propósito, se tornou o culpado? Não tenha dúvidas, um dia o povo vai se lembrar da omissão daqueles que juraram defender a pátria.

Mike FT
Visitante
Mike FT

Antônio Policial não deve ganhar 10 mil, deve ganhar um salário condizente com o risco que enfrenta, assim como as Forças Armadas também!!! Não conheço nenhuma outra profissão que no seu juramento exista o “sacrifício da própria vida”. Parte da sociedade não merece esse sacrifício, o de trabalhar de graça e o de dar a minha vida também. Sou Policial Militar, não concordo com a grave, mas também não da para ficar trabalhando sem salário, não somos otários. Como vou alimentar minha Família, pagar minhas contas e levar uma vida honesta, sem me corromper??? Me sacrifico para levar uma vida… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Na boa Rinaldo, Bolsonaro é um representante fiel do político cheio de privilégios, que gasta dinheiro público sem pestanejar com viagens, publicidade própria, empregou parentes, namoradas e ex-mulheres em seus gabinetes e nos de seis filhos e etc. Se pudesse, ele teria meia dúzia de capinhasbe seria um grande usuário do GTE.
Compare a postura do Bolsonaro com o de qualquer vereador do Novo ou com o senador Reguffe e verá a enorme diferença.
Mas é claro que entre ele e Lula, Ciro, Marina e similares eu votaria nele, por ser o menos pior.

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Quis dizer “seus filhos”. A falência desses estados se deve aos gastos desenfreados e falta de planejamento. RN é um dos estados que gasta mais com inativos do que com ativos. Mas falar em Reforma da Previdência para o funcionalismo público é pior que bater na mãe deles. Nossas Forças Armadas também tem essa particularidade de gastar mais com inativos do que com ativos – aliás, numa proporção ainda maior – então é óbvio que uma intervenção militar seria ainda pior para as contas públicas. Deixem os militares na caserna onde o estrago é limitado. Por fim, concordo, brasileiro tem… Read more »

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

Leonardo, eu concordo com o Cel. Nery. Com relação aos eleitores, há uma legião que, e justamente por causa da ignorância que você mencionou, trocam seus votos por bolsas ou favores. As causas que os mantêm nessa condição são conhecidas, porém não se pode esperar que a solução dos problemas brasileiros dependa exclusivamente de governos ou ideologia. Quanto às urnas eletrônicas, quem garante que são invioláveis? Por que não há, pelo menos, uma simples impressorinha térmica que emita um cupom registrando os votos imputados pelo eleitor, para que esse confirme que os números impressos no cupom são os mesmos que… Read more »

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Adriano, o problema é que a contagem manual é problemática. Parece estranho, mas o normal é errarem a contagem manual. Vide eleição do Bush filho. Certa vez, a Corregedoria determinou que contassemos os processos existentes na Vara (cerca de 5 mil). Sugeri que dividissimos os funcionários em dois grupos e fizéssemos duas contagens. Deu uma diferença de uns vinte processos. Fizemos uma terceira contagem e deu um terceiro resultado. Falamos com a Vara do lado e a diretora disse que tinha certeza que estava certo o número obtido. Ela fez só uma contagem. A ignorância é uma bênção. PS: usamos… Read more »

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

Rafael, eu creio que não me fiz entender. A apuração dos votos permaneceria exatamente como é, a diferença é que haveria uma urna “física” ao lado da eletrônica aonde seriam depositados os comprovantes impressos após conferidos pelos eleitores. Encerrada a votação e uma vez iniciada a contagem pelo STE, ocorreria uma auditoria, que seria por amostragem, em seções escolhidas aleatoriamente, simplesmente para confirmar que os votos depositados nas urnas físicas correspondem aos totalizados pela urna eletrônica daquela seção. Ficaria comprovado que não houve “manipulação” de dados. Da forma como você colocou, não precisaria de urna eletrônica…

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

P.S. Rafael, a ignorância é uma benção, ainda mais quando é alheia!

Dodo
Visitante
Dodo

Sub-urbano,analuse interessante,na verdade me lembrou um pouco da mafia na Italia, com silvio berlusconi e companhia

Rafael Oliveira
Visitante
Rafael Oliveira

Adriano, Entendi o que você expôs e a minha frase sobre ignorância era sobre a diretora e não sobre você. E se um eleitor votar e não inserir sua cédula na urna (enfiar na boca e comer, por exemplo)? Como anulo o voto dele? O sistema vai manter a informação de quem ele votou para eu apagar a informação? Mas se ele mantém a informação, fica mais fácil comprar votos e verificar se a pessoa cumpriu sua parte no pacto. E se quem for contar os votos físicos contar errado ou agir de má-fé e subtrair votos? Qual contagem será… Read more »

Control
Visitante

Srs A respeito das urnas eletrônicas. Quem trabalha com dados sabe que não existe segurança quanto a sua validade se não houver uma forma da verificação e consistência deles. A verificação pelo eleitor via impressão de seu voto e a colocação de voto impresso numa urna para recontagem posterior, se esta for necessária, é o mínimo que se poderia ter como mecanismo de validação. Os fatos ocorridos na Venezuela só vem confirmar a suspeita da fragilidade do sistema atual, que não tem forma transparente de verificação, e a extrema relutância das “autoridades” só aumenta a suspeita sobre a segurança e… Read more »

Adriano Luchiari
Visitante
Adriano Luchiari

Rafael, me desculpe sobre o direcionamento da ignorância. Claro que sempre é possível fraudar qualquer sistema, mas, em eleições em que se faz contagem manual de cédulas, essa é sempre fiscalizada por representantes dos candidatos, de partidos (se eleições para cargos públicos) e da autoridade eleitoral local. Eu não posso afirmar que houve fraude em alguma eleição desde que as urnas eletrônicas foram introduzidas, mas posso afirmar que raramente as havia quando a votação era feita em cédula. Naquela época, eu e outros éramos convocados pelo juiz eleitoral da nossa comarca para sermos escrutinadores, a cada eleição. Aqui no nosso… Read more »

Silva
Visitante
Silva

O Brasil ainda tem saída. Basta se dirigir ao aeroporto internacional mais próximo e escolher seu destino. O Chile está bem perto daqui e é o único país latino americano, descente e organizado de verdade para se viver. Salve General Augusto Pinochet, que exterminou no Chile, milhares de parasitas que estavam levando o país ao completo caos e desordem absoluta, exatamente a mesma situação que o Brasil vive hoje. Pinochet, foi um Militar de atitude, com coragem e mão de ferro que o Brasil jamais teve. Se tivéssemos tido um Pinochet durante o Regime Militar, o Brasil não estaria vivendo… Read more »

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Só uma correção aqui: os traficantes matam estupradores e ladrões dentro das favelas.

Sobre o PCC, ele é um Sindicato. O preso paga uma grana todo mês pra ter proteção dentro da cadeia e a sua família ter assistência fora dela.

Tem um site chamado: THE YNC com videos de mortes…. o site é americano, o terceiro colocado em número de mortes é a Síria, o segundo é o Iraque… advinha quem é o primeiro? rs

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Inclusive existe uma campanha entre os escrotérrimos comentaristas do site para que seja jogada uma bomba atomica no Brasil e assim exterminar toda a população.

Daniel Ferreira
Visitante
Daniel Ferreira

Bosco, seus comentários são sempre pertinentes, mas dessa vez você não acertou muito bem no alvo ao generalizar que o lobby dos trabalhadores do Estado é o mais poderoso. Se fosse assim, os trabalhadores do Estado do Rio Grande do Norte não estariam com salários atrasados, como também no Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e outros Estados. O que há são determinados grupos de trabalhadores do Estado, que representam uma pequena fração do todo, que têm privilégios acima da medida. Esses grupos estão majoritariamente no Judiciário e no Legislativo. O grosso dos servidores que compõem os poderes Executivos… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Se me permitem, alguns estão enganados quanto aos marginais nas comunidades carentes. O estuprador pode ser punido, mas e o marginal da facção q domina a comunidade e “seduz” as garotas começaram a menstruar agora é fazem filhos nelas e depois as dispensam? Antigamente, os marginais proibiam as crianças chegarem perto deles Respeitavam as senhoras a quem chamavam de tias. Hj, os marginais nem mesmo são da mesma comunidade onde estão, dado a guerra do tráfico é constante mudança de facção. Hj, bandido assalta gente na fila do desemprego. Auxiliar de enfermagem no ponto as 530 da manhã… Corrupção, injustiça,… Read more »

Antônio
Visitante
Antônio

O povo gosta de falar mal do Brasil.
Como se na maioria dos países da América latrina a situação fosse muito melhor.
50% dos aposentados no Chile ganha 1/3 do salário mínimo, cerca de 400 reais.
O salário mínimo em vários países é baixíssimo.
Vá fazer greve nesses países..
O problema no Brasil é a insubordinação.

seal
Visitante
seal

É gente, parece que as coisas no Brasil estão indo de mal à pior. O que está acontecendo? Por que o Temer insiste em deixar no comando um General que está apresentando debilidade. Não é bom para a moral da tropa, ser comandado por um General que está passando por problemas, que está tendo certas dificuldades. Nào vejo com bons olhos! http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/2018/01/1948606-com-doenca-degenerativa-general-diz-ter-forcas-para-comandar-o-exercito.shtml

TukhAV
Visitante
TukhAV

Seal, meus dois cents: A reportagem da Folha foi leviana ao divulgar um “diagnóstico” apenas em especulações de um leigo (não houve sequer menção a assessoria médica, até porque seria infração ética do profissional). A lista de doenças que podem levar a um quadro de debilidade motora em um idoso ou adulto de meia idade são várias – algumas degenerativas, outras não. Nem sequer os reais sinais e sintomas temos acesso; andar de cadeiras de rodas não é sinal semiológico. Toda propedêutica médica está envolta no direito do paciente à confidencialidade de seus dados (sigilo médico). Entretanto, o estado de… Read more »

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Leonardo, 01:53h. Não há nenhuma vergonha no que disse, e repito mil vezes se necessário. Os AltCom das três Forças já se manifestaram contra qualquer intervenção (apesar da declaração isolada do Gen Mourão). Inclusive, há vários artigos circulando as redes sociais, escritas por militares da reserva (a maioria que viveu os anos de chumbo) que vão ao encontro da minha opinião. A sociedade civil precisa se mobilizar pra resolver os seus problemas. Gostam de dizer que militar é cheio de “privilégios”, mas quando a m…. fede vêm correndo. Vamos ver os comentários na próxima matéria sobre reforma da previdência.

OSEIAS
Visitante
OSEIAS

Amigos, sempre leio as matérias e os comentários de todos, assim posso ter mais clareza sobre o tema. O que me chama a atenção apesar de todos os comentários, todos aqui tem um ponto em comum. TODOS QUEREM UM PAÍS MELHOR, JUSTO, SÉRIO, FORTE E CUIDADOR DE SEU POVO. Todos você tem alguma noção militar, alguns apaixonados pela área e outros de profissão mesmo. Todos sabemos que para conquistar uma nação, é preciso “dividir para conquistar”. Antes de vocês serem comunistas, capitalistas, direita, centro ou esquerda. Somos brasileiros, descendentes dos valentes bandeirantes que desbravaram essas terras e as conquistaram, dos… Read more »

Larri Gonçalves
Visitante
Larri Gonçalves

A Situação no geral em termos de segurança Pública é o caos, são agências bancárias sendo explodidas, a periferia das grandes e médias cidades sob o controle do narcotráfico, a área rural ninguém tem mais segurança, são invasões, roubo e morte nas propriedades rurais. O uso de armas de emprego restrito pelas forças armadas, é comum nas mãos de traficantes e assaltantes de banco, e a população desarmada e sem policiamento ostensivo adequado, em suma o quadro descreve, quase um estado de guerra civil, e nós cidadãos, contribuintes, entregues a própria sorte. Os estados da federação ao que parece quebraram,… Read more »

Alfredo C. S.
Visitante
Alfredo C. S.

A base dessa desgraça toda e a causa do genocidio brasileiro chama-se Plano REAL, uma moeda feita para esconder a INFLAÇAO GERADA PELA INEFICIENCIA DO ESTADO. O plano Real esconde a moeda podre produzida pelas estatais, autarquiais e funcionalismo ineficientes pagando a maior taxa de juros do MUNDO. Essa taxa de juros varre para debaixo do tapete (bancos nacionais e internacionais) toda a má fé desses individuos que estao destruindo nossa naçåo e esmagando a classe media produtiva nao vinculada ao Estado. O PLANO REAL nada mais é do que instrumento imposto pela ONU comunista para implodir os Estados corruptos… Read more »

Antonio Palhares
Visitante
Antonio Palhares

Este caos total que vivemos hoje é um produto nefasto da malfadada CONSTITUIÇÃO CIDADÂ de 1988. Que simplesmente tornou este país ingovernável. Não existe luz no final do túnel.

Ivan BC
Visitante
Ivan BC

Alfredo C. S. 7 de Janeiro de 2018 at 13:51
Plano real???

Agnelo
Visitante
Agnelo

Cuma?
Hein?
Ahã?

Agnelo
Visitante
Agnelo

Foi mal, Galante.

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

É questão de tempo a formação e a consolidação de um narco-estado na América do Sul, provavelmente em região fronteiriça ao Brasil. Quando esta situação ocorrer, veremos um esfalecimento ainda maior do Estado brasileiro.
.
A força econômica, a capacidade organizacional/administrativa, a consolidação ideológica e, principalmente, a disseminação no tecido social das várias Organizações Criminosas, as farão virtualmente invencíveis. Nossas instituições não evoluíram a tempo, esta é a verdade.