Home Conflitos em andamento 41 palestinos mortos e cerca de 500 feridos no dia da abertura...

41 palestinos mortos e cerca de 500 feridos no dia da abertura da embaixada americana em Jerusalém

3834
209
Dezenas de palestinos morreram vítimas de tiros israelenses nos protestos registrados na fronteira entre Gaza e Israel desde o dia 30 de março Foto: REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa
Dezenas de palestinos morreram vítimas de tiros israelenses nos protestos registrados na fronteira entre Gaza e Israel desde o dia 30 de março Foto: REUTERS/Ibraheem Abu Mustafa

GAZA – Pelo menos 41 palestinos morreram e cerca de 500 ficaram feridos em confrontos com soldados israelenses na Faixa de Gaza, segundo autoridades palestinas, onde milhares de pessoas protestam contra a transferência da embaixada americana de Tel-Aviv para Jerusalém, que foi inaugurada nesta segunda-feira, 14.

Um dos mortos era um adolescente de 14 anos, informaram as mesmas fontes. Milhares de pessoas protestam desde o início da manhã na fronteira entre a Faixa de Gaza e Israel. Os soldados israelenses abriram fogo quando os manifestantes se aproximaram da cerca que divide o território.

Desde domingo, o Exército israelense lançou panfletos em Gaza para advertir os palestinos que participam das manifestações que, ao fazê-lo, se expõem ao perigo. Ele também afirmou que não permitirá que os manifestantes se aproximem da cerca de segurança ou ataquem os soldados.

As Forças Armadas israelenses acusaram o movimento Hamas, que controla Gaza, de instigar os palestinos a tentar violar a fronteira de Israel. Como resposta, a aviação de Israel bombardeou posições do Hamas perto da região de Jabalia. Nenhum soldado ficou ferido, segundo um comunicado do Exército.

A nota diz ainda que os israelenses “frustraram um ataque terrorista” ao disparar contra três palestinos que “tentaram colocar um artefato explosivo junto a uma cerca de segurança na área de Rafa”, e confirmou a morte dos supostos agressores.

Mais de 90 palestinos morreram vítimas de tiros israelenses nos protestos registrados na fronteira entre Gaza e Israel desde o dia 30 de março. Esta é a fase mais mortífera do conflito desde a guerra de 2014 no enclave.

FONTE: Estadão/ Agências Internacionais

Subscribe
Notify of
guest
209 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antônio Marcelo
Antônio Marcelo
2 anos atrás

Sei que alguns não acreditam em profecias e é um direito de cada um, mas quem conhece bem sobre elas, sabe o que está acontecendo e ainda vai acontecer com Israel.

Davi de Sousa
Davi de Sousa
Reply to  Antônio Marcelo
2 anos atrás

Eu acredito, mas não tenho muito conhecimento sobre elas. O que vai acontecer com Israel?

Rafa_positron
Rafa_positron
Reply to  Antônio Marcelo
2 anos atrás

Eu não evidencio muito essas coisas… mas tbm procuro não polemizar e nem duvidar, pq questões religiosas são muito pessoais…

Eu acredito procuro primeiramente atribuir às coisas a relação de “causa-consequencia”

Gonçalo Jr
Gonçalo Jr
Reply to  Antônio Marcelo
2 anos atrás

Eu não acredito. Até pq várias delas através dos tempos sempre são usadas para validar acontecimentos históricos e, como sabemos, a história se repete de tempos em tempos. Respeito quem pensa o contrário e muito bom vc também respeitar o contraditório e sendo educado em relação a isso. Já vi vídeos de religiosos atestando as vitórias de Israel nos conflitos de 1967 (Guerra dos Seis Dias) e de 1973 – (Guerra do Yom Kippur ), como milagres de Deus porque o povo de Israel é o povo de Deus. Me perdoem mas não acredito. Israel venceu ambas as guerras pela… Read more »

Rui Chapéu
Rui Chapéu
2 anos atrás

Mais uma promessa cumprida pelo Mr. President.

Go Trump!

Nas palavras de Bibi Netanyahu:

“Thank you President Trump, for having the courage to keep your promises!”

Obrigado Presidente Trump, por ter a coragem de manter suas promessas!

Rui Chapéu
Rui Chapéu
2 anos atrás

FONTE: Estadão/ Agências Internacionais

Engraçado que essas fontes não colocam na capa:

IDF interrompe ataque terrorista, mortos chegam a 41.

Sempre os nomes das matérias tem aquele viés esquerdopata, como se o poste mija-se no cachorro.

E por esse motivo muitos não acreditam mais em mídias normais.

Mk48
Mk48
Reply to  Rui Chapéu
2 anos atrás

Você , Rui Chapéu , só não escreve mais besteira aqui por falta de espaço. Vai lá nos EUA e tira uma foto agarrado no saco do Trump.

E se você defende tanto eles, se muda de vez e para de ficar aqui enxendo o saco com suas falácias .

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Nossa… que nervosismo…

dormiu de calça jeans? eaiuhgeaoeoaheioaio

To defendendo ninguém não. Apenas dando o crédito a pessoa que realmente merece.

Afinal, George Bush, Bill Clinton e Obama, TODOS prometeram levar a embaixada dos EUA pra Jerusalém.

Nenhum cumpriu.

Ai chega o Trump e em menos de 2 anos de mandato fala e faz.

#PAS

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Mk48
2 anos atrás

besteira por que?
Porque não condiz com a sua opinião?

Além de mal educado é intolerante.

José
José
Reply to  Felipe Morais
2 anos atrás

Essa de querer uniformizar as opiniões e que todos pensam coletivamente é coisa de esquerdista!Quem diz o que deve pensar é o partidão.
Livre pensar,nem pensar!

Mk48
Mk48
2 anos atrás

Qualquer pessoa que tenha estudado a história sabe que aquelas terras pertencem aos judeus. O termo “Palestina” foi cunhado quando o Império Romano invadiu e conquistou aquelas terras. Ocorre que muitos anos antes dos romanos chegarem ali, tudo aquilo pertencia aos judeus. Houve então a Diáspora e os árabes começaram a povoar as terras que originalmente eram dos judeus. Anos se passaram, houveram outras invasões e mais recentemente os Otomanos (atuais Turcos) se estabeleceram naquela região. Veio então a primeira grande guerra e os ingleses, aliados com os árabes , expulsaram os turcos e a Inglaterra passou a governar aquele… Read more »

Valter M
Valter M
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Otimo comentario, só discordo que os palestinos sao de etnia arabes, na verdade não sao.

abs

Mk48
Mk48
Reply to  Valter M
2 anos atrás

Valter, na sua opinião, de qual etnia seriam os paçestinos então ?

Mk48
Mk48
Reply to  Mk48
2 anos atrás

*palestinos

Mk48
Mk48
Reply to  Valter M
2 anos atrás

Valter , os “palestinos” são na sua maioria Jordanianos (que por sua vez são árabes) que ficaram deslocados após a Guerra dos Seis Dias.

Delfim
Delfim
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Assim como os israelis em sua maioria não nasceram lá também.

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Delfim, já te disse antes e repito : Vá estudar este assunto antes de ficar escrevendo lorota e passando vergonha. Vai por mim. Estuda.

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Delfim…..

A pessoa só pode ser israelense se tiver nascido em Israel.

Acho que você se referiu aos judeus, que podem ser israelenses ou não (em sua maioria).

Gil
Gil
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Te equivocas MK48, uma pessoa pode ser israelense sem ter nascido nesse pais, por isso existem as duplas e triplas cidadanias.

Eu mesmo sou cidadão de outro pais, tendo nascido no Brasil.

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Gil 15 de Maio de 2018 at 7:56

Gil, Discordo de você.

Por exemplo :

Você é brasileiro e vamos supor que você tenha a cidadania alemã.

Isto não torna você um alemão.

Você tem a cidadania de um outro país, mas continua sendo brasileiro.

Não concorda ?

Julio
Julio
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Tanto o Líbano quanto a Jordania são descendentes de um povo chamados fenícios. O mesmo povo que deu origem a Cartago. Muita gente acredita que os Fenincios era apenas navegadores. Eles eram comerciantes, especializado em comercio marítimo, mas não apenas neste. Eles fundaram varias cidades estados na costa do O.M, norte da africa, Africa e Arábia. Algumas destas cidades criaram rotas comerciais terretres e aos poucos foram em rumo ao interior dos territórios onde estavam localizados.

Assírios e Hititas perambularam por aquelas bandas também. Tanto a Síria, Líbano e Jordânia são descendentes de vários povos. Mas não são árabes.

Segatto
Segatto
Reply to  Julio
2 anos atrás

A etnia árabe é do tipo etno-linguística, fala árabe e se identifica como um? logo é árabe, não tem relação genética, por isso você tem desde os árabes negros do Sudão aos mais claros do Levante e berberes. Estudos genéticos apontam exatamente o que tu falou, eles são descendentes diretos desses povos antigos, os líbios por exemplo tem 97% da sua genética de origem berber (falando das regiões do DNA que são não reparáveis pelo sistema de reparo e portanto usamos para traçar a similaridade entre as populações, não que seja 97% de todo o DNA). Mas os árabes em… Read more »

Jorene
Jorene
Reply to  Julio
2 anos atrás

O Libano foi a terra natal dos fenícios. Já a Jordânia é arabe sim, do reino Haxemita, e os palestinos são árabes originários de inúmeras regiões por vários deslocamentos e assentamentos promovidos pelo Império Romano, pelos exércitos árabes da baixa Idade Média e pelos Otomanos. Os judeus, antigamente hebreus, venceram os cananeus e povoaram Israel e Judá. Foram expulsos(não todos) pelos romanos. Os judeus conseguiram retomar a terra que já era deles desde dois mil anos antes de Cristo. Os palestinos são massa de manobra de países extremistas. Nem Egito, nem Jordânia, nem Arábia Saudita brigam mais por eles. ….muita… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  Julio
2 anos atrás

Jorene,

Ótimo comentário, porque só embasa mais ainda o que tenho escrito aqui nesta matéria, apesar de todas as opiniões contrárias que venho recebendo nos meus posts.

A propósito, atítulo de informação : O nome oficial da Jordânia é Reino Haxemita da Jordânia.

Abs.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Mk48
2 anos atrás

ótimo comentário. Não entendi para quê foi ofender o rapaz acima. A opinião até converge com a dele.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Excelente comentário amigo Mk-48! Um torpedo literalmente…..

E digo mais: a culpa pelas mortes (já são 52) é do Hamas e não de Israel.

Blindmans Bluff
Blindmans Bluff
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Nao existe inocente nesta guerra.

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Representante de Israel na ONU: – “Antes de começar o meu discurso, quero contar-lhes algo inédito sobre Moisés. … (todos ficaram muito curiosos) …Quando Moisés golpeou a rocha com seu cajado e dela saiu água, pensou imediatamente”: “Que boa oportunidade para tomar um banho!”. Tirou a roupa, deixou-a junto da pedra e entrou n´água. Quando acabou de banhar-se e quis vestir-se, sua roupa tinha sumido! Os palestinos haviam-na roubado!!!” Um representante da Palestina de pronto levantou-se furioso e bradou: – “Que mentira boba e descabida! …Nem havia palestinos naquela época!!!” O representante de Israel então sorriu e afirmou: – “Muito… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  Adriano Luchiari
2 anos atrás

Muito boa essa ! Hahahaha.

Camargoer
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Caro Mk48. A presença humana da região é muito mais antiga. Tem um artigo intutilado “A SURVEY OF PREHISTORIC SITES IN THE AZRAQ BASIN, EASTERN JORDAN” que menciona sítios arqueológicos humanos pré-históricos tão antigos quanto 24.400 anos na região. Portanto, não dá para dizer que a região tenha sido ocupada primeiro por um ou outro grupo. A região foi um corredor de imigração de seres humanos por sucessivas levas de grupos humanos que saíram da Áfriica. Não dá para discutir a questão sobre quem chegou primeiro.

Gil
Gil
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

O que sim podemos afirmar é que a biblia cita infinidades de vezes a Jerusalem como terra de Judeos e o Coram ate onde eu sei não cita a Jerusalem como uma cidade palestina.

Não sabemos quem chegou primeiro nessa região, mais sabemos que os judeus estavam ai antes dos palestinos.

Jorene
Jorene
Reply to  Gil
2 anos atrás

O primeiro povo (historicamente falando) que habitou a região foram os cananeus. Foram derrotados ou assimilados pelas tribos de Israel. Depois vieram os filisteus (povos do mar), que foram totalmente aniquilados pelos hebreus. Depois assírios e babilônios massacraram grande parte do povo hebreu. Depois os persas os libertaram (Ciro). Depois os macedônios dominaram. Depois os romanos, que os expulsaram. Depois houve o alocamento de vário povos árabes pelos romanos. Mais árabes vieram com os exércitos árabes da conquista mulçumana. Depois houve o dominio otomano. Depois os ingleses. Nesta época(dos anos 20 até os anos 40 do século XX), os judeus… Read more »

José
José
Reply to  Jorene
2 anos atrás

Na dita faixa de gaza mora atualmente os descendentes dos filisteus povo que veio de Caftor,atualmente chamada de Chipre.
Certamente ao longo dos séculos houve miscigenação dos filisteus com outros povos.
Se Israel fosse obediente a sua área física iria do grande mar(mar mediterrâneo)até o rio Eufrates.

Mk48
Mk48
Reply to  Camargoer
2 anos atrás

Prezado Camargoer, para lhe responder tenho primeiro que dizer que concordo com o comentário do Gil 15 de Maio de 2018 at 8:34 no teu post. No meu comentário inicial, onde faço um brevíssimo resumo da dinâmica dos povos naquela região, não foi minha intenção fazer um resumo histórico completo. No entanto, em se tratando de judeus e palestinos, não há dúvidas que os judeus já habitavam aquelas terras muito antes sequer da invenção da palavra “Palestina”. Isto está provado através de sucessivos achados arqueológicos, através de moedas antigas e outros artefatos com símbolos judeus, bem como também na Bíblia.… Read more »

Rodrigo Ferreira
Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

É o verdadeiro caso do aceita que dói menos.

Luis
Luis
Reply to  Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

O problema é que não aceitam. Vão morrer tentando e não vão conseguir.

Fábio jeffer
Fábio jeffer
2 anos atrás

Mk48
Ótimo, então vamos embora e deixar tudo aqui para os índios

Mk48
Mk48
Reply to  Fábio jeffer
2 anos atrás

Pelo visto você deve ser discípulo do Rui Chapéu. Haja saco para ver tanta besteira escrita por vocês.

Gil
Gil
Reply to  Fábio jeffer
2 anos atrás

Se eles (os indios) tiverem o mesmo hardpower de Israel, não restaria outra kkkk.

Por sorte aqui todos somos brasileiros, indios, brancos e negros.
Resumindo: sem crise e sem ideologia barata para justificar a causa palestina

Jorene
Jorene
Reply to  Fábio jeffer
2 anos atrás

Mas qual nação deles, Fábio ? Porque são mais de trezentas hoje e na idade pré-hispânica deviam ser mais de mil tribos, uma enfrentando e comendo(literalmente) a outra. E qual é a língua falada por eles ? São centenas e centenas de três troncos principais. É mais ou menos dizer que os indianos(da Índia) são o mesmo povo que os italianos, pois todos são indo-arianos e tem o sânscrito como língua mãe. rsrsrs.

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Sempre defenderei que se Theodor Hertzl estudasse Geopolítica não pediria a Judéia de volta, pediria um pedaço da Europa. Afinal o antissemitismo é um fenômeno tipicamente europeu. Inquisição, Holocausto e pogroms aconteceram onde ?
E árabes não podem ser antissemitas pois também são semitas, e em estado mais puro, pois não tiveram diáspora.
.
De resto só messingélico pra achar que 40 mortos em protestos não-violentos são os próprios culpados.
Nem judeus acreditam nisso.

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Protestos não -violentos ? Onde você viu ou ouviu isso ?

Leva sua familia para viver na divisa de Israel com a faixa de Gaza e depois me diz como eles protestam.

Delfim
Delfim
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Eu não levaria minha família pra lá pois sou batizado cristão. Simples assim.
Não temos nada a ver com o que acontece lá e deveríamos agradecer por isso.

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Se você é cristão, ótimo, porque se você não sabe , Jesus era Judeu. Portanto você e todos os cristãos tem tudo a ver com o que acontece naquela região.

Delfim
Delfim
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Se cristãos tivessem algo a ver não entregariam “Terra Santa” em 1948 para estabelecimento de Eretz.
Quanto a ser judeu… Karl Marx também era. Alguém acredita em Marx puramente por ser filho de mãe judia ?

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Sinto muito pela sua ignorância no assunto, mas isso é um problema seu. Procure estudar e entender os acontecimentos à época da criação do Estado Judeu.

Delfim
Delfim
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Ah sim, a Questão Dreyfuss… foi um árabe que expulsou Dreyfuss do Exército francês ?

Marcos Paulo
Marcos Paulo
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Faz o seguinte Mk48, pega uma das viagens de 20 a os qvc faz pra lá e fica…assim suas falácias ficam por lá mesmo.

Mk48
Mk48
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Marcos Paulo, não há falácias nos meus textos. Se você encontrou alguma, por gentileza me diga qual é e escreva o que você acha que é a verdade então.

Cristiano GR
Cristiano GR
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Pelo que se vê nas emissoras de tv (dos próprios judeus) os palestinos atacam com terríveis pedras teleguiadas. Sou neutro no conflito, mas que há enorme diferença militar é inegável. É como o Brasil de hoje contra os holandeses de Maurício de Nassau.

Julio
Julio
Reply to  Cristiano GR
2 anos atrás

Veja bem, apesar da pedra ter sido a primeira arma conhecida pelo homem e muita coisa ter mudado desde então. Você deve concordar que, hoje em dia, assim como nos primórdios, não é nada saudável levar uma pedrada na cabeça.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Cristiano GR
2 anos atrás

Cristiano, os israelenses avisaram que quem chegasse perto da cerca seria recebido a tiros.

Vader
Reply to  Cristiano GR
2 anos atrás

Ninguém falou que a guerra é justa… A única coisa que presta na guerra é a vitória.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Delfim
2 anos atrás

É Delfim…dizer que atacar pedras não é violência é dose hein?

Delfim
Delfim
Reply to  Felipe Morais
2 anos atrás

É violência sim mas fuzis são pior ainda.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Ah entendi. Então, para você, os soldados israelenses deveriam colocar seus fuzis de lado e devolver as pedradas dos palestinos?

Ou simplesmente deveriam abandonar seus postos para assegurar o direito de manifestação dos palestinos, dê no que der?

Por favor né cara, seja razoável.

José
José
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Quando não quer dois não brigam,mas os ditos palestinos querem!Que vc sugere que a IDF mande flores?
Tenho certeza se fosse o contrario,a situação inversa,vc concordaria!

Bruno w
2 anos atrás

Deus determinou que não só aquelas terras , mas boa parte do que hoje é a Síria, Jordânia , Iraque e Irã , deveriam pertencer aos judeus.

Me desculpem mas não achei na bíblia aonde Deus disse que “boa parte do Iraque e Irã ,deveriam pertencer aos Judeus”..
Olha que já estudo as escrituras por 24 anos…

Mk48
Mk48
Reply to  Bruno w
2 anos atrás

Bruno, eu só quis abreviar, mas o correto é o que você escreveu. Se você levar em conta as 12 tribos de Israel, verá a dimensão do que é de Israel por direito. Repetindo -> Só quis ser breve.

José
José
Reply to  Bruno w
2 anos atrás

Se não for censurada a resposta,a sua pergunta está aqui:vide em Dt. 11:23-25.
Há outras passagens!

Hélio
Hélio
2 anos atrás

Que argumento mais idiota. Primeiro, quem condenou Jesus foram os judeus, os judeus negam Jesus, a nova aliança termina com a antiga. Os judeus esperavam o messias, ele veio, o judaísmo acabou com a vinda de Jesus. Não atoa o novo judaísmo é tratado como sinagoga de satanás na bíblia. Se você quer usar a teologia para defender que cristãos apoiem incondicionalmente Israel você ao menos tem que ler a bíblia e estudar a historia do cristianismo. Se os cristãos tem alguma coisa a ver com aquela terra é porque o sepulcro vazio está lá, e por isso aquela terra… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Quer falar de Bíblia, ok. Qual delas você leu ? A Católica, a protestante , a católica-ortodoxa ? Pelo que você escreve deve ter lido a Bíblia católica, que obviamente apresenta os conceitos da Igreja Romana. Amplie sua leitura e ai você vai mudar o seu entendimento e descobrir que muitas das suas afirmações estão erradas. Outra coisa : De onde você tirou essa falácia que Israel persegue Cristãos ? Você já foi a Israel ? Conhece Jerusalém ? Se já foi, sabe que a cidade velha de Jerusalém é dividida em quatro partes, e uma destas partes é Cristã.… Read more »

Hélio
Hélio
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Filhão, quem tem que estudar é você. A bíblia é uma só, a única diferença está as fontes das traduções, que na igreja romana é judaica, na igreja ortodoxa é grega, já a ~bíblia protestante~ é a mesma bíblia católica com a extirpação de livros. Então eu te pergunto, de onde você tirou tal besteira? Mostre suas fontes. A questão aqui é que você não tem a menor noção do que está dizendo e deve ser desses protestantes que se acham judeus mas que não tem base alguma para sustentar suas doutrinas. Você paga o trizimo também? Paga 1000 reais… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Você bebe antes de escrever essas coisas ?

Porque parece que sim.

A minha religião não lhe interessa, como também não lhe interessa ver a verdade do que se passa em Israel.

Você faz uma faz uma afirmação , pergunta e responde.

Não há como discutir com uma pessoa assim, que comenta desde jogo de bola de gude até um detalhe técnico de uma arma específica. Só pode dar no que dá.

Hélio
Hélio
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Você não discute porque não tem argumentos, tentou dar uma de sabichão pra cima dos outros e mostrou que não sabe do qur está falando. Oras, a sua religião não interessa mas a minha sim? E a verdade não interessa a você, vamos lá, onde estão suas fontes? De onde você tira essa lorota toda? Quem na o quer ver a verdade é você que foi adestrado para se curvar aos judeus quando esses simplesmente não querem a sua simpatia. Se você diz que estou errado e que sou mentiroso, prove com fatos, não com discurso vazio de ~aí, Jesus… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Pelo visto já está na segunda garrafa.

Não aposto em nenhuma ignorância alheia. Meu comentário foi corroborado por outros foristas. Todos nós estamos errados ?

Minha fonte é a Bíblia e a História, que são coisas que você provou desconhecer totalmente pelo que fala.

Você é tipo do cara que quer impor a sua opinião e o pior, sem nada para dar suporte além dos seus pensamentos.

Continua tomando tua pinga ai.

Hélio
Hélio
Reply to  Mk48
2 anos atrás

É claro que estão errados, esses comentaristas do g1 que de uma hora para a outra descobriram esse blog são autoridade de que? Oras, outros ~foristas~ se oporam ao que você disse, por causa disso você deixou de falar besteira? Se a sua fonte é a bíblia, porque vem aqui dizer que a bíblia não é fonte para o assunto? Você mesmo disse que eu devo ~expandir meus horizontes~ e disse o absurdo de que existem diversas bíblias. E se é baseado na história, por que não mostra que história é essa? O que a história mostra é que os… Read more »

Alessandro
Alessandro
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Hélio 14 de Maio de 2018 at 17:31
“O que a história mostra é que os maiores perseguidores dos cristãos foram os judeus.”

caramba! De onde vc tirou essa informação ? Eu sou cristão, católico e não foi isso que estudei, essa é nova pra mim… judeus os maiores perseguidores de cristãos ? Geralmente esse tipo de informação vem de fontes de filosofia voltada ao marxismo, Cuidado!

Gil
Gil
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Si somente tem um 2% de cristãos em Israel.
Vejo muito cacarejo por nada.

Jorene
Jorene
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Judeu não gosta de cristão, o despreza. É fato. E evangélico adora judeu, sem saber o que eles pensam dos evangélicos. Mas um dia, católicos, ortodoxos, evangélicos, protestantes e judeus serão uma só religião. Mas vai demorar um pouquinho.

Mk48
Mk48
Reply to  Jorene
2 anos atrás

Jorene,

Vou fazer aqui uma discordância no seu comentário.

O Judeu não despreza o cristão. Por que ? Porque é simplesmente uma diferença de crença . O Judeu, especialmente os ortodoxos, não reconhecem a Jesus Cristo como seu salvador. Para eles, Jesus foi apenas mais um Profeta, como Isaias, Jeremias e tantos outros Profetas do Velho Testamento. Não há desprezo. O que há é que Judeus e Cristãos possuem pontos de vista e crença distintos.

Ademais, existem os judeus messiânicos, que são aqueles judeus que já entenderam e que aceitam Jesus como seu salvador, assim como os cristãos.

Abs.

Delfim
Delfim
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Bibi tentou cobrar impostos do Santo Sepulcro. Sei mais que vc imagina.

Hélio
Hélio
2 anos atrás

Não condenando Israel mas, como eles protestam? Em que situação é aceitável ter 41 mortos? Em algum outro lugar do mundo se mata 41 pessoas em um protesto? Eles são diferentes daqueles protestos de extrema esquerda na Europa, EUA e daqui? Pelistinos são problemáticos? Claro que são. Israel é santo? Claro que não é. Existem terroristas comandando esses protestos? Sim. Israel persegue os cristãos? Claro que sim, isso é fato notório. Mas esse fato não seria justificável em nenhum outro lugar do mundo, não interessa as circunstâncias. É só se lembrar do exemplo mais ao norte. Os mesmos que defendem… Read more »

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Tem vaga na IDF e no Hamas para gentios/infiéis cristãos interessados…

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

E tem vaga no hospício para malucos que não tem argumento nem conhecimento para falar do assunto.

Delfim
Delfim
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Olha o “ad hominem” aí…

Mk48
Mk48
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Se voce quiser voltar ao tópico e discutir o assunto, ok. Agora, por não saber o que escreve , por não argumentar e por isso ficar de gracinha, esquece. Não vou perder mais o meu tempo com você.

Abs

Delfim
Delfim
2 anos atrás

E não custa lembrar, barril de petróleo bateu em US$ 78,00 e a gasolina em R$ 5,00 aqui no RJ.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Delfim
2 anos atrás

E o preço no RJ é culpa dos Judeus também?

Vá ver o preço na Flórida ou em 90 % do restante do mundo…

Delfim
Delfim
Reply to  Felipe Morais
2 anos atrás

Dos judeus não pq Israel não produz petróleo.

Hélio
Hélio
Reply to  Felipe Morais
2 anos atrás

O preço do petróleo é mundial, ele aumenta no mundo todo.

Felipe Morais
Felipe Morais
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Calma Hélio, muita calma.
Eu respondi o Delfim especificamente quanto ao valor da gasolina no RJ.
O valor do barril de petróleo pode varia de forma igual no mundo inteiro, mas não necessariamente se reflete no valor das bombas. E isso por uma enormidade de razões.

De qualquer forma, o absurdo cobrado no RJ e no restante do Brasil, deve-se a inúmeras razões além do preço do barril de petróleo e independente de paz ou guerra no Oriente médio, duvido que melhorasse algo.

Rodrigo Ferreira
Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

Se tem vaga na IDF para defender Israel, tem mais vaga ainda do outro lado para ser bucha de canhão e garanto que o RH do outro lado aceita bem mais fácil qualquer candidatura.

Delfim
Delfim
Reply to  Rodrigo Ferreira
2 anos atrás

Com certeza.

Bravox
Bravox
2 anos atrás

Só lembrando que Israel é o unico pais que mulheres tem direitos.
(fora o fato que é a unica democracia naquela area do globo)

Hélio
Hélio
Reply to  Bravox
2 anos atrás

Nossa, como você é feminista. A noção de direito é cultural. O aborto é direito da mulher? A noção é um tanto relativa, não acha? A sharia já conferia muitos direitos às mulheres antes deles serem adotados no ocidente, como é o caso do direito a herança. Se a mulher não gosta de viver como manda a cultura islâmica, ela pode muito bem sair de lá e viver o hedonismo ocidental pós moderno. Se elas achassem ruim não escolheriam imigrar para o ocidente e continuar usando burka.

Delfim
Delfim
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Todo poder a Mia Khalifa !

737-800RJ
737-800RJ
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Claro, Hélio, é muito fácil escapar de seus algozes e, se pega, ser severamente punida por desertar das maravilhas instituídas por uma “noção de direito cultural”. Por qual motivos as mulheres que querem escapar das garras da sharia simplesmente não o fazem, já que é tão simples? Não consigo imaginar o motivo…

Walfrido Strobel
Reply to  Bravox
2 anos atrás

E???

Cunha
Cunha
2 anos atrás

Complicada a situação palestina. Imaginemos que os apaches ou tamoios fossem recolocados em suas terras originais com base em um suposto “direito de quem ocupava originalmente”? A história consagra 3 principais maneiras de se ter um terra: Por herança Imperial, real, ducal, etc, ducal ou entre Estados monárquicos, por compra (Acre, Flórida, etc) ou por conquista (após a óbvia derrota militar do perdedor), como o foi na aquisição do Acre, da Flórida. Mas fiquemos apenas, pois pertinente ao caso em tela, a questão dos Palestina/Israel, a posse da terra pela conguista militar (que é legítima, como é caso da aquisição… Read more »

João Adaime
João Adaime
Reply to  Cunha
2 anos atrás

Cunha, bom teu resumo.
Apenas uma observação: Israel só aceitaria uma terra na Palestina. Poderiam dar meia Europa pra eles que não serviria. É a tal da terra prometida.
Abraços

Delfim
Delfim
Reply to  João Adaime
2 anos atrás

Então que tenham as consequências, boas e ruins, de sua escolha.

Mk48
Mk48
Reply to  Cunha
2 anos atrás

Cunha, Você escreveu “Após ver que a URSS estava a cada vez mais crescer seu arsenal nuclear e assim ser mais incisiva por seus aliados, Israel violou o tratado de não proliferação nuclear e desenvolveu seu arsenal nuclear” . Me desculpe mas isso não é possível de ter acontecido, porque Israel não é nem nunca foi signatário do tratado de não proliferação de armas nucleares. Mais adiante você escreveu “Israel atacou em 1956 e 1967 sem sequer prévia declaração de guerra” Tanto em 1956, 1967 (que você não citou) havia uma clara concentração de forças árabes próximas a fronteira com… Read more »

Mk48
Mk48
Reply to  Cunha
2 anos atrás

Cunha, Você escreveu “Não seria injusto, que a ONU determinasse, como punição a Alemanha por tanta atrocidade contra civis indefesos, que cedesse uma parte de seu território para a formação de uma Estado judeu independente. Ou mais ainda. Que os países que se aliaram a Alemanha nazista, como Itália, etc, cedessem uma parte de seu território para formar um Estado judeu. Ou ainda, considerando que a Alemanha fica na Europa, que todos ou parte dos países europeus, tendo em vista que o holocausto ocorreu na Europa, cedessem terras para a formação de um Estado judeu.” De onde você tirou esse… Read more »

José
José
Reply to  Cunha
2 anos atrás

Só agora li,não todo o enorme e tendencioso texto. Não creio que seja ingenuidade de sua parte e sim partidarismo pelo Irã,ao afirmar que esse país nunca atacou ninguém.Não é preciso remontar à época do império persa,para constatar a falsidade da afirmação.Tal pais faz uso de proxy em suas ações e investidas em todo o oriente médio,eles tem gasto bilhões em armar e treinar várias milicias que atuam na região.Os terroristas do hizbollah e hamas e outros são utilizados em suas prossecuções estratégicas naquela região. Israel por ser um pequeno país e dispor de limitada população,área e recursos não pode… Read more »

Delfim
Delfim
2 anos atrás

E ainda acho que os palestinos na verdade descendem de judeus islamizados. O DNA bate.

tomcat3.7
tomcat3.7
2 anos atrás

“A riqueza dos sábios é a sua coroa, mas a insensatez dos tolos produz apenas insensatez.”
Provérbios 14:24
Mk48 14 de Maio de 2018 at 12:00
Irretocável, concordo com suas palavras.

Antônio Marcelo 14 de Maio de 2018 at 11:44
Está tudo seguindo o curso conforme as escrituras e como mencionastes, o porvir será terrível.

Mikhail Bakunin
Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Ao término da 2ª GM o alemães étnicos formam expulsos dos Balcãs, da Bohemia, da Prússia, sem indenização e sofrendo perseguição e linchamento pelo caminho. Não se vê essas pessoas exigindo retorno, compensação ou outra coisa parecida, pois reconstruiram suas vidas e tocaram em frente.

Os “palestinos” da Cisjordânia são jordanianos, e os de Gaza são egípcios. São as mesmas pessoas que lambem as botas dos russos aqui nos comentários que acham correto devolver as terras de Israel para os Árabes, mas não sugerem que Kaliningrado volte a ser Königsberg.

Hélio
Hélio
Reply to  Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Essa sua mesma lógica também se aplica ao ~direito~ dos judeus por aquela terra?

Mikhail Bakunin
Mikhail Bakunin
Reply to  Hélio
2 anos atrás

Eu pessoalmente acredito que foi um erro a criação do Estado de Israel naquele lugar.

Mas agora está feito e como não existe máquina do tempo não tem como mudar, já existem 3 gerações de israelenses nascidas lá.

Foi criado junto um estado árabe/palestino, mas que foi perdido na aposta que fizeram ao atacar os judeus. Perderam a aposta, conformem se.

MateusPeruibe
MateusPeruibe
Reply to  Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Perfeito Mikhail Bakunin! Penso exatamente como você, mas eles nunca vão se conformar…
https://www.youtube.com/watch?v=2XrP1wPTEPA

João Adaime
João Adaime
2 anos atrás

Cavalheiros
Apenas uma questão bélica. Não estou tendendo pra lado nenhum.
A notícia fala que o Hamas instigou os palestinos a protestarem.
Minha dúvida é: se é pra quebrar o pau, por que não participaram Hamas, Isis, Boko Haram? Estes sim possuem soldados e armamentos para poderem enfrentar as tropas israelenses. Estes sim são corajosos, destemidos, determinados……
Ou será que eles só têm coragem para fazer atentados junto a mulheres, crianças (que são usados como escudos humanos) e velhos?
Somente uma dúvida. Mas que fica me intrigando.

marcelovinci
marcelovinci
Reply to  João Adaime
2 anos atrás

nao so nao existe presença do ISIS na faixa de gaza, como eles jamais ajudariam o Hamas, que apesar de ser um grupo islamico, nao eh salafista/whabbaista.
quando ao borok haram, nao ajudariam pelo mesmo motivo acima, alem disso eles operam na nigeria, como fariam para ir ate a faixa de gaza?

João Adaime
João Adaime
Reply to  marcelovinci
2 anos atrás

Prezado marcelovinci
Eu estava sendo irônico.
O que eu quero dizer é que estes que matam os infiéis por Alá, não movem um dedo pelos palestinos.
Abraços

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Saibam que na cultura judaica religião, cultura, nação, etc. são tudo faces de uma mesma identidade, como povo. Está tudo dentro de mesma “caixa”. Embora nesse caso, eu sou sincero : só se é 100% judeu em Eretz. Faz parte da “caixa” judaica. Na nossa vidinha Ocidental cristã laicista, minha crença, origem, cultura, ocupam “caixinhas” independentes e são problema individual meu e não interessam ao Estado. Isto é fruto de séculos de guerras, extermínios e explorações que marcaram nossa História. Inclusive contra judeus. E este atual Ocidente multicultural, multiétnico e multireligioso é tão “ruim”, que 60% dos judeus do mundo… Read more »

Mikhail Bakunin
Mikhail Bakunin
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Eu tenderia a concordar 100% com você, mas o problema é que como a esquerda é antissemita eu sinto compulsão de apoiar incondicionalmente Israel rsrs

Delfim
Delfim
Reply to  Mikhail Bakunin
2 anos atrás

Aí vc está se deixando levar pelo maniqueísmo ideológico.

ODST
ODST
2 anos atrás

Tem vários terroristas infiltrados nessas manifestações, mas a maioria ali representa um perigo minimo. Será que não existe munição de borracha em Israel? Claro que tem, mas o que eles querem mesmo é dizimar os Palestinos com o passar do tempo, para eles, quanto menos melhor!! É o mesmo desejo que os nazistas tinham contra os judeus. Basta ver os vídeos de soldados israelenses abatendo pessoas que apenas caminham PRÓXIMO das zonas limite, sem oferecer o menor risco. A maior parte dessas mortes poderia ser evitada pelos israelenses, só que eles querem ver é sangue! Porém, existe o outro lado… Read more »

Defensor da Liberdade
Defensor da Liberdade
2 anos atrás

Cuidado Delfim e Hélio, vocês podem ser taxados de antissemitas. Sorte que não estamos na Alemanha, senão vocês estariam presos agora por apologia ao antissemitismo.

Tomoko Fujinami
Tomoko Fujinami
2 anos atrás

“Minhas condolências aos mortos em protestos em Gaza”, andou dizendo o Erdogan. O mesmo sujeito que de vez em quando faz limpeza étnica contra os curdos, aplaina suas cidades com artilharia e queima suas florestas com napalm. De todo modo, quem estava anunciando os números eram as autoridades de saúde do Hamas. Não pode ser descartado a hipótese que os números sejam inflados para serem usados como arma politica contra o país e o Trump. E Israel esteve jogando panfletos para contra-atacar a propaganda do Hamas que os instigava a protestar e danificar a cerca de segurança para entrar em… Read more »

Larri Gonçalves
Larri Gonçalves
2 anos atrás

Infelizmente essa situação tende a se agravar, com medidas radicais de Turmp e Nethaniahu, do outro lado tem Palestinos, Iranianos, Sírios, ainda bem que o Egito não tomou nenhuma atitude, diplomática ou militar, senão o barril de pólvora estaria para explodir, vamos ver até quando.
Uma solução na minha modesta opinião seria Jerusalém ser a sede da ONU e não em Nova Iorque como é hoje em dia, assim uma Jerusalém internacional sob os auspícios da ONU, distencionaria parte do problema. Os Radicais de ambas as partes terão que ceder senão teremos um conflito eterno.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Larri Gonçalves
2 anos atrás

Discordo em parte.
Zurich ou Berna é que deveriam ser a sede da ONU e de outras organizacoes internacionais de mesmo nivel ja q a Suíça sempre foi um país neutro.
Jerusalem poderia dividida por um triuvirato formado por uma jurisdicao israelense-palestino-vaticana onde cada um deles zelasse pela convivencia harmonica entre os tres paises e as tres religioes.

MAS… isso é sonho!
Sem chance de acontecer na vida real.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Pois é…

Se quer virar bucha de canhão, que vire….

Marcos10
Marcos10
2 anos atrás

Se todos aqui fossem palestinos, estariam fazendo a mesma coisa. E se fossem israelenses, estariam fazendo o que os israelenses estão fazendo.
Mas aí chegou o gênio e resolveu por gasolina na fogueira para ver no que ia dar.
Queria ver Trump instalando uma Embaixada em Lhasa é reconhecido o Tibete com um Estado independente.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Marcos10
2 anos atrás

Marcos… falou tudo e mais um pouco.
Esse sim foi um comentario nuclear.
Sem mais para o momento.
Tbm queria ver se o Trump teria peito de ir inaugurar uma embaixada la no Tibet.

marcelovinci
marcelovinci
Reply to  Marcos10
2 anos atrás

lhasa nao eh capital de pais independente.

Tadros
Tadros
2 anos atrás

O fato é um só, onde prevalece a imposição cega não triunfa nenhuma verdade. Árabes, judeus e cristãos são todos de um único tronco ancestral. Não estou falando de pátria e sim de etnia pura e simples. O ancestral comum foi abraão. Depois tudo se misturou pela própria condição humana. São todos irmãos. Onde há imposição não há justiça, onde argumentos objetivos são analisados sem o conteúdo subjetivo, não há análise de conteúdo, apenas de continente. O ódio só nos traz infortúnios e não soluções. RESUMO: CAOS. CONCLUSÃO: NINGUÉM TEM RAZÃO E TODOS TEM RAZÕES.

Control
2 anos atrás

Srs Para contribuir ao entendimento histórico: Os judeus de hoje, nominalmente são descendentes do povo do reino de Judá que foi formado por duas das tribos dos hebreus. Isto depois da divisão do reino hebreu onde 2 tribos seguiram com o herdeiro de Salomão formando o Reino de Judá e as outras 10 formaram o Reino de Israel. Israel caiu sobre poder dos assírios e sua população foi morta ou espalhada pelo império assirio desaparecendo da história. Judá caiu sob poder da Babilônia que escravizou seu povo, mas este foi libertado por Ciro e voltou e reconstruiu Judá. Nos próximos… Read more »

Adriano Luchiari
Adriano Luchiari
Reply to  Control
2 anos atrás

Corretíssimo Control, inclusive católicos romanos!

willhorv
willhorv
2 anos atrás

Olha…pra mim, o mundo seria bem melhor sem o oriente médio!
Me desculpem! Mas cheguei a esta conclusão já faz alguns anos.

Marcos10
Marcos10
2 anos atrás

Trump acaba de anunciar que irá impor sanções aos países europeus que negociarem com o Irã.

Ivan BC
Ivan BC
2 anos atrás

Protestos? Tipo os 3 mil foguetes que são lançados contra Israel todos os anos? Ou algo tipo ataque com facas contra civis israelenses? Ou talvez os tunéis para matar israelenses?

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
2 anos atrás

qual a diferença doq aconteceu hoje do que acontece na venezuela quando forças do estado atiram em manifestantes desarmados ???

Agnelo Moreira
Agnelo Moreira
2 anos atrás

Mk48, boa noite.
Se me permite, 2 coisas.
1) Os judeus já iam para aquela região, em maior número, desde o fim dos anos 1800.
Suas vilas foram MUITO atacadas. Além disso, depois houve a luta pela independência do Império Britânico. Eles foram o embrião das Forças de Defesa de Israel.
2) Os palestinos não brigaram por um estado seu, antes da criação de Israel. Isso só ocorreu depois… dando a impressão de um movimento político e não de uma nação, q é o q Israel é, quer queiram ou não…
Sds

Mk48
Mk48
Reply to  Agnelo Moreira
2 anos atrás

Agnelo, Boa noite.

Certíssimo o seu comentário.

Lá em cima eu tentei fazer um resumo, mas o assunto é complexo e extenso.

Obrigado.

DaGuerra
DaGuerra
2 anos atrás

O Hamas provocou as mortes.

XFF
XFF
2 anos atrás

O que aconteceu hoje é um crime grave contra humanidade. O tal poderoso exército de Israel se especializou em fuzilar civis desarmados que estão apenas protestando.
O engraçado é que os Israelenses adoram criticar outros governos de cometer genocídios, na verdade eles são especialistas em executar civis desarmados. Só falta dizer agora que fizeram essas matanças toda seguindo ordem de Deus. Dizem que são os escolhidos por Deus, mas praticam crimes graves que Deus condenas.

Quando são criticados, usam antissemitismo como chantagem emocional…
.

Ivan BC
Ivan BC
Reply to  XFF
2 anos atrás

Onde você viu esses fatos? Nada que aconteceu vai na direção das suas palavras. Israel vai atirar em “civis” em pleno aniversário de independência… Nossa que atitude genial. Óbvio que não deve ter ocorrido tal fato…especialmente diante de uma mídia que “vitimiza” Gaza que é um celeiro de terroristas que usam crianças como escudo (fotos na internet provam).
Gaza é bucha de canhão de grupos que desejam matar judeus (ponto final). O teu “” genocídio “” ficou apenas nas suas palavras sem fatos.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  XFF
2 anos atrás

Quanta bobagem……

Meu caro, o Hamas incentivou a turba a protestar na cerca que divide Gaza de Israel sendo que o exercito israelense havia avisado previamente que quem tentasse invadir o território do Estado Judeu seria recebido a tiros. E você ainda coloca a culpa nos israelenses?

Mk48
Mk48
Reply to  XFF
2 anos atrás

XFF, eu ia até te responder mas as respostas do Ivan e do Tireless liquidam o assunto.

mito
mito
Reply to  XFF
2 anos atrás

XFF Desculpe , mais foi difícil não responder essa. “exército de Israel se especializou em fuzilar civis desarmados que estão apenas protestando.” DE onde você copiou essa da all jazira?? Você realmente acha que tem algum jovem de 18-21 anos que vive la que faz tiro ao alvo? Eu seria mais ” milhares tentando me acertar com pedras molotov e bombas , o que faço ?” Se põe na situação dos soldados escalados para defender a fronteira e me fale o que voce faria? Não esquece que o “manifestantes” gritam a 50 m de onde você esta “morte aos judeus!!”… Read more »

Alessandro
Alessandro
2 anos atrás

41 retardad0s são mortos (com todo o respeito aos deficientes mentais que são mais inteligentes) , e 500 idi0tas são feridos, e por qual motivo ? Pq os EUA mudou sua embaixada para Jerusalém, ae os palestinos mais oprimidos que serviram de bucha de canhão, descontentes, não aceitaram o reconhecimento do tal feito, pq não reconhecem Israel como Estado! Tem tanta coisa “útil” por qual esses garotos poderiam morrer, como por exemplo: por liberdade, por defender um filho, os pais, um irmão, para defender sua própria vida, mas não, sabendo que Israel tem uma forma dura há muito tempo de… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
2 anos atrás

Gozado…

O Hamaz, incentiva a invasão…

As IDF tentam de início bloquear com gás lacrimogêneo…

A turba insiste..

E os culpados são os israelenses

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Bala de borracha existe pra isso mesmo.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Delfim
2 anos atrás

Era exatamente no que eu estava pensando. Acho plenamente possível ser a favor da existência de Israel e achar que eles exageraram na dose.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Renato B.
2 anos atrás

A história toda me lembrou um texto do Amos Oz de anos atrás. Ele é um israelense que lutou por seu país e pacifista pragmático (quer evitar a guerra mas reconhece que ela pode ser inevitável). Ele advertia que o ocupação israelense seria muito ruim para o para seu povo justamente por colocá-los no papel de opressores e que o melhor seria a solução dois dois estados.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  Renato B.
2 anos atrás

Eu compreendo você Renato e também defendo a solução de dois estados. O problema é que do lado palestino não pensam assim, querem pura e simplesmente a destruição de Israel. O próprio Mahmoud Abbas é um duas caras que na presença dos líderes mundiais se compromete com a solução de dois Estado mas quando discursa para a turba prega o fim de Israel.

Renato B.
Renato B.
Reply to  HMS TIRELESS
2 anos atrás

Netanyahu soterrou a opção de dois estados já faz tempo. Os assentamentos tornaram impossível a existência de outro território.

Concordo com o Amos Oz que o papel de força de ocupação e/ou carcereiro está fazendo muito mal ao povo israelense, do ponto de vista moral. Talvez eu esteja sendo injusto, mas acho honesto ter um padrão mais exigente com a única democracia e o povo mais civilizado da região. Pelo menos uma resposta mais proporcional.

Luiz Campos
Luiz Campos
2 anos atrás

Israel deu um recado aos palestinos e ao mundo. Jerusalém é a capital de Israel e isso é inegociável e irreversível. Podem protestar, atirar pedras, foguetes e tudo mais, Israel não vai recuar. Infelizmente.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
2 anos atrás

Não vou entrar no mérito da questão, se Israel está correto ou não na atitude que tomou e nas 41 mortes de palestinos realizadas pelo estado Judeu! É questão que somente diz respeito aos contendores. Mas, e se isto ocorresse no Brasil, digamos com internos de um presídio ou manifestação contra o governo em que alguns supostamente iriam colocar bombas ou estivessem armados, ou que partissem para cima das autoridades de forma ameaçadora, com foices, facões,ganchinhos e machado (tanto faz se são de esquerda ou de direita) Como seria a crítica dos noticiários e dos movimentos de defesa dos direitos… Read more »

tomcat3.7
tomcat3.7
2 anos atrás

Interessante ver a reportagem na Band, o repórter enviado deles lá no meio do tumulto e os disparos comendo solto enquanto ele falava colocando sempre os soldados israelitas como os vilões covardes. O cara sai daqui pra ir lá no OM falar do que desconhece e desinformar é brincadeira viu.

Mk48
Mk48
Reply to  tomcat3.7
2 anos atrás

Tomcat,

Infelizmente a mídia brasileira é mestre em fazer isso.

A situação no OM é extremamente complexa e a mídia fazendo este desserviço só contribui para que pessoas sem discernimento formem erroneamente as suas opiniões.

Abs.

tomcat3.7
tomcat3.7
Reply to  Mk48
2 anos atrás

Falou tudo meu jovem. Triste realidade.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
2 anos atrás

Meu comentário não saiu, então vou tentar deixar apenas uma perguntinha, e não irei tecer comentários contra ou a favor, isto é questão de estado de Israel e dos palestinos, mas, se um protesto deste porte tivesse ocorrido aqui no Brasil, como reagiria a imprensa, as ongs de direitos humanos e o órgão da ONU de defesa dos direitos humanos? Pode ser protesto político (seja de esquerda ou direita) ou protesto e levante dentro de um presídio! st4

Vader
2 anos atrás

“Manifestante pacífico” não joga pedra em soldados parados na fronteira. Israel tem o direito e o dever de se defender. É uma FRONTEIRA! Qualquer soldado, em qualquer país do mundo, faria exatamente o mesmo, ou pior.
.
O resto é mimimi esquerdopata. O povo palestino um dia irá entender que JAMAIS vencerá Israel pela força. Neste dia seus líderes bandidos e os canalhas árabes que os subvencionam e insuflam estarão com os dias contados…
.
Aceita que dói menos (2)…

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Não sou de esquerda, sou neto de convertido, assisti palestra do falecido sobrevivente de Auschwitz Alexander Larks, tenho livro autografado dele, e acho tal conduta de um povo perseguido (por europeus, lembremos) com gente desarmada o fim da picada. Larks nunca se achou “povo escolhido”, ele sabia o fardo que isto significava. Algo que todos deveriam saber, principalmente os messingélicos. Lá na frente Israel se verá frente ao julgamento da História. Um Estado que nasceu como uma promessa e se tornará um pesadelo. . Realmente pedras são mais perigosas que fuzis… Se os palestinos fizessem como os poloneses, que derrubaram… Read more »

Jorene
Jorene
2 anos atrás

Meu pensamento sobre a relação de judeus com cristãos: independente do que se faça, de perseguição ou não, de lado a lado, nós cristãos e eu católico devemos respeitá-los mesmo entendendo que eles erraram no julgamento de Jesus. São eles o povo escolhido. E nós somos a Nova Aliança. O legado deles não pode ser menosprezado e o nosso foi espalhar a boa nova no mundo inteiro. Por isso creio que mais cedo ou mais tarde nos entenderemos plenamente.

Mk48
Mk48
Reply to  Jorene
2 anos atrás

Exato.

Delfim
Delfim
Reply to  Jorene
2 anos atrás

Bíblia e política não dá certo.

carcara_br
carcara_br
2 anos atrás

Guerras civis começaram por menos em muitos países do oriente médio, estranho é defender uma reação destas e julgar moralmente ditadores como Bashar al-Assad, Muamar Kadafi e Sadan.
Inaceitável….

carcara_br
carcara_br
Reply to  carcara_br
2 anos atrás

Por isso que digo é necessário haver um contrapeso ao poderio militar de israel a na região, é inconcebível que uma “democracia” ache normal matar 51 pessoas por causa de protestos…
O engraçado que este mesmo pessoal vem com um discurso moralista pra condenar o bolivarianismo venezuelano, fora o governo “fascista” russo e sua influência na ucrânia.
Repito: Inacreditável…

Felipe SW
Felipe SW
Reply to  carcara_br
2 anos atrás

Exatamente
Ora, as IDF que são conhecidas por serem uma das mais bem treinadas forças do mundo, não conseguem controlar/lidar com manifestantes (mesmo violentos) sem sair atirando indiscriminadamente em civis?
Inaceitável!
Israel tem todo o direito de se defender, mas uma ação desproporcional e violenta dessa se espera de um Assad vida e não de um país como Israel

Defensor da Liberdade
Defensor da Liberdade
Reply to  carcara_br
2 anos atrás

Carcará, esse pessoal que defende essas atitudes de israel nunca foram o bastião da moral e ética. Esses são os mesmos que defendem tortura de bandido aqui no Brasil, mas condenam os árabes por fazerem o mesmo, e ainda usando a máxima de que os árabes “não respeitam os direitos humanos”, o que eles mesmos consideram “coisa de comunista”.

Delfim
Delfim
2 anos atrás

Não faça a outrem o que não deseja que lhe façam – Rabi Hillel.
Para quem se acha entendido.

Defensor da Liberdade
Defensor da Liberdade
2 anos atrás

De fato, os manifestantes estavam errados em atirar pedras ou ameaçar com facões ou outra arma branca qualquer, mas em pleno 2018 uma força de segurança atirar com munição letal contra uma manifestação não é nada justificável. Existem trocentas armas anti-distúrbios como gases de pimenta, projéteis de borracha, jatos de água e armas sônicas para dispersar os manifestantes. Creio que houve abuso por ambos os lados, mas o abuso de autoridade do estado de Israel não pode ser justificável.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
2 anos atrás

Tem gente que pensa que tratava de um simples protesto.

O objetivo dêles era invadir Israel.

Já see tem quem conhecimento de os manifestantes receberam dinheiro para fazer agitação.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

Claaaro, arremessariam tantas pedras que iriam soterrar Jerusalém e Telavive.

XFF
XFF
2 anos atrás

arcara_br 15 de Maio de 2018 at 12:47 >>>
Exatamente arcara_br. Esse pessoal defensores de crimes contra humanidade que Israel pratica adoram falar mal da Venezuela, Rússia, Síria e China. Quando Israel faz o pior ficam tentando arrumar desculpa esfarrapadas para defender genocídio de 59 pessoas mortas a sangue frio por Israel.
Repito, não tenho nada contra Judeu ou Israelense, mas sou contra crimes que seus governos e militares cometem. O Deus todo poderoso acertará a conta com esses criminosos um dia.

HMS TIRELESS
HMS TIRELESS
Reply to  XFF
2 anos atrás

Sua comparação é absolutamente descabida e, principalmente, desonesta! Venezuela, Rússia, Síria e China são ditaduras que negam direitos e garantias fundamentais mínimas aos seus cidadãos e também os oprimem, sequestram e matam contra os desmandos perpetrados pelos dirigentes desses países. Bem diferente do que se observa agora visto que os soldados israelenses estão apenas defendendo as fronteiras do seu país ante aos atos hostis promovidos pelo Hamas, organização terrorista que deseja o fim de Israel.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  XFF
2 anos atrás

Os palestinos so crminosos. Mandam mulheres e crianças para que sejam abatidos e culpam Israel.

É a pior espécie de ser humano sobre a terra.

Se Israel fosse como a Russia ou China, os palestinos já teriam sido exterminator há muito tempo atrás.

Israel tem muita paciência com essa turma.

Delfim
Delfim
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

Eita algum palestino lhe fez mal pessoalmente ?

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Delfim
2 anos atrás

A min não. Mas a judeus e libaneses, os quais eu conheci.

Quantas familias palestinas mandaram seus filhos e filhas, vestidos com coletes bomba, a se imolarem, a troca de dinheiro?

Eles no querem viver lado a lado com os judeus. Enter que se fodam.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Tadeu Mendes
2 anos atrás

sei que é falacia fazer isso, mas se você substituir palestinos por judeus escorreria uma lágrima do rosto de hitler, ele ficaria orgulhoso o nazismo acabou como forma de governo, mas o ódio humana é um poço sem fundo…