Home Exércitos Operários russos encontram quase 2 mil corpos de soldados alemães mortos na...

Operários russos encontram quase 2 mil corpos de soldados alemães mortos na Batalha de Stalingrado

9556
259

Os corpos de quase dois mil soldados alemães foram encontrados por operários russos durante uma obra para a instalação de um encanamento de água na cidade de Volvogrado, a 900 km da capital russa.

Segundo informações do jornal Daily Mail, arqueólogos apontaram que os corpos são de soldados que participaram da Batalha de Stalingrado, um dos episódios mais violentos da Segunda Guerra Mundial.

Os restos mortais dos militares, de cavalos e objetos utilizados por eles durante a guerra estavam em uma vala de aproximadamente 132 metros de comprimento e 7 metros de largura. Após a notificação dos operários às autoridades locais, a Comissão Alemã de Túmulos de Guerra tornou-se responsável pelas escavações e agora trabalha para identificar as vítimas.

Segundo um porta-voz da comissão, todos os anos são encontradas de três a quatro valas comuns na cidade, antiga Stalingrado, o que faz com que a descoberta de 1837 corpos seja ainda mais significativa. A equipe espera também ajudar parentes de soldados mortos que nunca souberam do paradeiro de seus familiares.

— Geralmente os parentes ficam aliviados em saber o que aconteceu e ficam agradeciso em poder enterrar o corpo de um avô ou tio. É muito importante — disse ao jornal britânico.

A Batalha de Stalingrado completou 75 anos em 2018. A cidade foi palco de um confronto que deu início a derrocada do regime nazista comandado por Adolf Hitler. Cerca de 2 milhões de pessoas foram mortas e feridas na batalha que durou sete meses, considerada um marco do enfrentamento entre alemães e soviéticos.

FONTE: Jornal Extra

259
Deixe um comentário

avatar
64 Comment threads
195 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
77 Comment authors
PncdppeuHenriqueednardo curiscoRecceScudB Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Joao Moita Jr
Visitante

Descansem em paz, bravos soldados.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Esse foi o ponto de inflexão na Guerra.
Verdadeiro inferno na face da Terra.
A campanha militar na então URSS foi, certamente, a mais violenta e mortífera da História.

Vinicius
Visitante
Vinicius

Ainda bem que a URSS não tinha a população da China por quê se não…

Felipe Alberto
Visitante
Felipe Alberto

Se quisessem, os russo poderiam chegar até Lisboa.

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

eles queriam, ah como, mas uma “bombinha” usada na Asia fazia os vermelhinhos se borrarem… e fizeram certo em ficar só na vontade, teria sido o fim da URSS…

Br
Visitante
Br

Que asneira, nem o Japão se rendeu por causa da bomba, eles se renderam por medo do território ser capturado pela URSS. Stalin não continuou porque mais ninguém queria guerra.

Antunes 1980
Visitante
Antunes 1980

Segundo relatos de sobreviventes desta batalha, em determinados momentos os alemães não tinham mais munição, pois eles cansaram de abater soldados russos, visto que a onda vermelha não parava de avançar, igual um formigueiro. Para cada soldado alemão morto, mais de 30 soldados comunistas eram alvejados.
E foi assim que os alemães começaram a derrota no front oriental.

sub-urbano
Visitante
sub-urbano

Esse relato é absurdo pois Stalingrado foi um cerco dos soviéticos a um grupo de exércitos alemães. A situação dos nazistas era desesperadora. Eles estavam impossibilitados de recuar e caso se rendessem o Gulag os esperava. Os nazis tentaram romper o cerco diversas vezes e terminavam pior ainda.

Fabio Araujo
Visitante
Fabio Araujo

Sem falar que os alemães tinham ordem do Hitler de não recuarem e nem se entregarem. Antes do cerco ser fechado eles podiam ter recuado e não o fizeram e quando decidiram fazer descumprindo a ordem de Hitler não conseguiram romper o cerco!

Francisco AMX
Visitante
Francisco AMX

isso foi nos finais da guerra de Stalingrado, com o movimento em pinça do G. Zhukov, que rompeu as linhas germanicas ao norte e ao sul da cidade e isolou os alemães, antes disso foi quase só guerra de atrito e o esforço russo de manter a qualquer custo a cabeça de praia no lado ocidental do rio Volga… nesta situação, desesperadora, os soldados russos foram mandados, sim, para o “abatedouro”… em suma, nenhum dos 2 estaria totalmente errado.

CESAR ANTONIO FERREIRA
Visitante
CESAR ANTONIO FERREIRA

O movimento de pinça houve, mas, não foi comandado por Zhukov.

Rokossovsky (Konstantin Konstantinovich Rokossovsky) e Yeremenko (Andrey Ivanovich Yeryomenko) comandaram as pinças, o primeiro ao norte, o segundo ao sul…

O movimento foi concebido por Vassilevsky (Aleksandr Mikhaylovich Vassilevsky), a partir da percepção do erro estratégico alemão por parte dele e de Zhukov (G. K. Zhukov). Antonov (Aleksei Innokentievich Antonov) participou do detalhamento da ofensiva com o Stavka. Tchuikov (Vassili Ivanovitch Chuikov) segurou as pontas em Stalingrado ocupando a atenção e atraindo o 6º Exército Alemão para dentro da cidade…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Vc citou alguns nomes dos maiores Generais da Segunda Guerra.

Mosczynski
Visitante
Mosczynski

Recomendo a leitura do livro O Soldado Esquecido, onde Guy Sajer conta sua participação da Frente Oriental e todos seus os horrores enfrentados por ele e seus companheiros de armas.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

As atrocidades cometidas pelos alemães contra soldados e, principalmente, civis soviéticos foram indescritíveis.

Paulo
Visitante
Paulo

Pelo visto ¨vcs¨ começam a ¨trabalhar¨ nas redes sociais às 9:30 da madrugada, não!? E foram sim indescritíveis as atrocidades feitas pelos alemães mas igual ou pior foi o fez o seu ídolo Stalin contra os mesmos civis soviéticos para empurrar o regime goela abaixo nos coitados.

Cristiano GR
Visitante
Cristiano GR

Se o povo russo soubesse que cairiam nas mãos de um canalha, psicopata, narcisista como o stalin, jamais teriam apoiado os bolcheviques e o comunismo.

Celso
Visitante
Celso

Com certeza voce so leu um lado da historia…….mas escreva ai sobre o lado sovietico e todas as atrocidades cometidas pelo seu tio Stalin, antes, durante e depois da gde guerra. E nao foi somente pela guerra e seus horrorres. Esse animal ,mandou formar 2 trincheiras…uma para atacar os alemaes e a outra mais atras para matar qualquer hum que recuasse…..sabia disso ??. Por certo que em guerra nao tem santos, mas aqui entre nos, matar e mandar matar seu proprio povo. Segundo informes criveis nos dias de hoje, e quase impossivel saber quantas mortes esse assassino e animal provocou… Read more »

Bruno w Basillio
Visitante

Bom se Hitler perto de Stalin é um santo , por que acusam este santo de matar mais de 6 milhões de Judeus então , sera que estava vingando Jesus Cristo??
Tanto Harry Truman ,Josef Stalin e Adolf Hitler , se colocar numa balança vão pesar o mesmo peso , todos foram carniceiros…

Celso
Visitante
Celso

nao distorca o que escrevi….Se entendeu e nao compreendeu, volte a estudar um pouco da gramatica da lingua portuguesa.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Pelo jeito, Stalin foi até benevolente e as pessoas não aprenderam o perigo real que representa o fascismo.

Paulo
Visitante
Paulo

Caraca, a mortadela acha mesmo que o comunismo é ¨mais bunitu¨ e menos nocivo que o nazi-fascismo. Se esse coitado mentiroso tr ollador cheio de Nicks não for um M a v pago é mesmo um imbecil completo.

Mosczynski
Visitante
Mosczynski

Acho que o nível de idiotia está alto aqui. Primeiramente sou polaco e consequentemente, tenho asco por socialismo e tudo o que isso acarretou à Polônia. Tente reduzir um pouco sua idiotia lendo e saberá o que foi o massacre de Katyń. Leia um pouco além de post de facebbok e vai saber que nem todo sobrenome eslavo é russo! Em segundo lugar o livro é sobre as memórias deste soldado comum que nasceu na França, foi voluntário(a mãe era alemã) e o que ele passou durante a guerra até ser preso pelos americanos e inclusive voltar a França como… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Acredito que o mal infligido pelos alemães foi terrivelmente superior a tudo.
Segundo artigo do Deutsche Welle com o sub-titulo: Esteira rolante de cadáveres.
‘Um fato que a perspectiva alemã às vezes deixa de considerar é que não foram apenas os judeus a ser sacrificados pela fúria destruidora dos alemães. Conforme os objetivos de guerra dos nazistas, a Polônia deveria desaparecer como nação. Por isso, a partir de 1939 foi iniciada uma verdadeira caça aos que manifestassem uma ideologia nacionalista polonesa.’

Gustavo
Visitante
Gustavo

Concordo. A capacidade de separar as coisas, a um mínimo racional, nesse país, é para poucos.
Recomendo o filme alemão Stalingrado, de 1993, que relata, sem as tolices de Hollywood, aquela tragédia.

Paulo costa
Visitante
Paulo costa

As atrocidades cometidas pelos soviéticos contra soldados e principalmente contra civis fossem eles religiosos, idosos, mulheres ou criança quando invadiram a Polônia e depois a Alemanha foram indescritíveis.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Foram só medidas corretivas. Principalmente contra os alemães.
Pelo o que os alemães fizeram, os soviéticos foram bastante razoáveis.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Medidas coercitivas!
Acertou!!!
Guerrilheiros urbanos e rurais mortos nos anos 60 e 70 no Brasil foram medidas coercitivas preventivas então, já q implantariam ditaduras comunistas no Brasil, as piores q já existiram. Prova é q os q sobreviveram estão matando milhares de brasileiros pela falta de saúde e saneamento.

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Você só pode estar de brincadeira. ‘Medidas corretivas?’ Engraçado terem continuado à aplicar medidas corretivas até 1989 em cima desse pessoal. É, provavelmente o post mais ofensivo que eu já li aqui. Nazistas e comunistas foram igualmente sanguinários devido à seus regimes autoritários. Simplesmente não haviam inocentes ali.

Praticamente todas as nações que enviaram tropas cometeram algum tipo de atrocidade ou algumas ações cuja moralidade é duvidosa. A Guerra infelizmente é assim. Agora, fazer isso de forma sistemática ou como forma de dominação e submissão… apenas alemães e soviéticos.

Jagderband#44
Visitante
Jagderband#44

Só “medidas corretivas”.
Não tens a menor ideia do que aconteceu na Polônia?
Em que mundo vives?
Deveria você, se isolar em uma montanha.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E nunca é demais lembrar que dois dos maiores crimes da Guerra foram as explosões das bombas atômicas sobre cidades cheias de civis. Principalmente mulheres e crianças.
Crime de guerra.
Comparável aos que os nazistas fizeram com os judeus.

Rui Chapéu
Visitante
Rui Chapéu

Cada comentário é um pão com mortadela desse rapaz!

Incrível!

_RR_
Visitante
_RR_

“Medidas corretivas”…? Prezado… fizeram muito mais que isso… Só o ato de concordar em rachar a Alemanha no meio já foi muito além de uma mera “medida corretiva”… Some aí as pilhagens e as violações em massa, e se tem um quadro dos mais baixos o possível… Há relatos e mais relatos de violações em massa levadas a efeito por soldados soviéticos. Houveram inclusive casos de oficiais que tiveram de ser executados por esses crimes. Salvo melhor juízo, houve até mesmo uma ordem direta do Marechal Zhukov ordenando “respeito ao povo alemão”. — De fato… Realmente existem todos os elementos… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Os bombardeios incendiários marcavam muito mais…
A URSS não fez, porque não tinha meios.
Aliás, atacar as vilas afegãs com MiG e Hind foi tão quanto ou pior, já q as vilas não representavam efetivo esforço de guerra…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sim. Os bombardeio de Dresden pelos ingleses foi injustificado e é tratado, por alguns historiadores, também como crime de guerra.

_RR_
Visitante
_RR_

Agnelo, Por certo… Mas nem por isso deixavam de fazer das suas… Raras vezes, os russos atacaram cidades alemãs. Nos primeiros ataques, cruzavam o Báltico, passando ao largo da costa prussiana e polonesa, adentrando o território alemão pelo norte/nordeste. Há de se entender também que a guerra aérea no leste se desenrolou de forma completamente diversa. Havia uma necessidade muito maior de uma força tática, que fosse capaz de assistir as tropas em solo, de modo que a própria produção foi quase que inteiramente reorganizada para prover tipos como o Ilyushin Il-2 e o Petlyakov Pe-2, que eram muito mais… Read more »

ALEX ROCHA DA SILVA
Visitante

Antonio é muito fácil falar sem estar ciente dos fatos. É muito interessante sua forma de pensar. É interessando que você faz questão de ressaltar as bombas atômicas, mas esquece que esse sistema que você defende está matando crianças de fome num pais que você adora aqui perto, em que as pessoas são obrigadas a comer carne podre, um sistema onde pessoas ficam literalmente cegas na Coreia do Norte por que não têm uma alimentação digna. Por causa de pessoas como você e de pensamentos como os seus nossos país está atravessando uma crise nunca antes vista na história. Deus… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Menos Alex.
Em tempo. Mostre essa indignação quando for mencionar os muitos milhões de favelados (alguns até seus vizinhos que vc nem liga), aos milhões de miseráveis do agreste ou ainda ao crescente número de moradores nas palafitas do Norte.

ALEX ROCHA DA SILVA
Visitante

Antonino menos digo pra você, pois em tempo não vi nenhum comentário seu que seja decente neste espaço e que possa complementar o conhecimento de outros, ou mesmo que possa acrescentar algo de positivo a nação. Se acha que falando do norte está me ofendendo é muito pelo contrário, pois isso demonstra que seus conhecimentos de causa é ínfimo e que não esta a par de tudo e que não sabe a realidade onde moro ou habito. Posso não ligar para os meus “vizinhos” porém ao contrário de você não fico diminuindo nossa nação e fazendo comentários sem sentido e… Read more »

Leandro Costa
Visitante
Leandro Costa

Primeiro de tudo. O bombardeio de Dresden foi feito pelos ingleses à noite e por americanos de dia. Foi um bombardeio que deu certo demais. E era justificado SIM. Havia sempre intensa movimentação de tropas e indústrias bélicas na área. Foi um horror o que aconteceu com a população, mas haviam alvos legítimos.

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

E você, como todo filhote de genocida que não conhece nada da cultura e da mentalidade japonesa da época, acha que os japoneses civis ou militares iam se entregar assim na boa, e que os malvadões americanos jogaram as bombas s somente para testar.
Patético, como todo esquerdopata.
Cada marmota que aparece.

Lucas Schmitt
Visitante

Por que vocês perdem tempo dialogando com esse antonio?

Edson Parro
Visitante
Edson Parro

Lucas Schmitt,
absolutamente sensato! Concordo contigo.
Nem leio mais – não perco meu tempo.

Agnelo
Visitante
Agnelo

É impressionante como os números da II GM são sempre, no mínimo, na casa dos milhares.
Da mesma forma, é impressionante como a Alemanha, com pouquíssimo apoio, conseguiu dar tanto prejuízo e sobreviver tanto tempo.
Um choque de culturas, doutrinas, estruturas nacionais, meios “modernos” e “antigos”, tudo com resultados impressionantes.

100canela
Visitante
100canela
colombelli
Visitante
colombelli

Tecnicamente os melhores soldados que já existiram desde os espartanos. Criados desde tenra idade na disciplina e com a natural propensão para a precisão e eficiência alemãs.

Independentemente das ideias e ações políticas que eles defendiam ou respaldavam, muitas vezes contra a vontade e impelidos pelo dever de obediência, o fato é que eram combatentes excepcionais, verdadeiro modelo de eficiência militar.

Ninguem que os tenha combatido jamais irá falar uma palavra de menosprezo.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Por vezes na internet surgem perguntas do tipo: quem sairia vencedor numa briga entre um leão e um tigre? e entre um rinoceronte e um hipopótamo? e quem venceria, a seleção argentina de 86 ou a brasileira de 70? Nesses exemplos que citei, cada pessoa terá sua opinião e argumentos para dizer quem foi o melhor e discussões até árduas podem surgir. Mas todos concordam que a melhor forma para decidir a questão, de uma vez por todas é colocando os adversários para se enfrentarem lado a lado. Quem vencer, será o melhor, correto? Portanto, eu discordo de você e… Read more »

Greyjoy
Visitante
Greyjoy

No contexto do contra ataque soviético precisa ser levado em conta o “despejo” inigualável de recursos e tecnologias feitos pelos EUA e Reino Unido. No começo da ofensiva o estado das forças soviéticas era, no mínimo, lamentável. Os alemães avançavam tanto e tão rápido que colunas inteiras ficavam paradas porque o combustível havia acabado. E isso sem falar da estratégia utilizada por ambos os lados. É fato notório que o lado soviético dava pouca ou nenhuma importância a vida dos homens. Jogavam o número de soldados que fosse preciso quantas vezes fosse necessário. Isso foi um traço perceptível até na… Read more »

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

Verdade. Apesar das atrocidades cometidas pela Waffen Shutzstafel em nome dessa ideologia tão espúria quanto a comunista, notadamente nos campos de concentração e em aldeias polonesas e russas, a Wermacht que era o exército regular e muito menos politizado, lutou com relativa honra nos campos de batalha.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

O que os soldados alemães estavam fazendo lá? quem os convidou? se alguém pular a cerca do seu vizinho e entrar em terras alheias com o intuito de praticar o mal – tipo roubar, matar e estuprar – tudo que o vizinho fizer contra ele será justificável. Atualmente, soldados americanos, se quiserem atacar a Rússia, não terão a honra de serem enterrados em solo russo. A Rússia já avisou que a guerra não será seu solo russo, mas em solo dos atacantes. Será que é por isso que muitos americanos se borraram todos quando os TU-160 russos pousaram na Venezuela?… Read more »

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã
JPC3
Visitante
JPC3

Cara pelo amor de Deus.

A visita dos tu-160 foi só uma demonstração de apoio, não foi ameaça nenhuma para os EUA.

Não viaja.

JPC3
Visitante
JPC3

Cara.

“””Atualmente, soldados americanos, se quiserem atacar a Rússia, não terão a honra de serem enterrados em solo russo. A Rússia já avisou que a guerra não será seu solo russo, mas em solo dos atacantes.”””

Como a guerra vai ser no solo dos americanos???????

Os russo vão nadando?

Vocês acreditam em qualquer bobagem por mais sem sentido que seja.

Misericórdia.

Pncdppeu
Visitante
Pncdppeu

Solo dos atacantes não quer dizer que seja os Estados Unidos e mesmo se for a Russia tem a capacidade de destruir instalações militares em qualquer lugar no mundo graças a seus misseis que são de longe os mais avançados.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E não é só isso.
O Ocidente sempre tentou sabotar a Revolução Soviética.
Desde intervenção armada até o apoio ao Exército Branco.
Foram derrotados e o Governo soviético de então tratou de tomar medidas para evitar novas situações parecidas.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E pelo jeito, os soviéticos tinham razão, visto que quando da Segunda Guerra diversos elementos do então Exército Vermelho demonstraram ser traidores e criaram exércitos particulares financiados por alemães. O General Vlasov é o exemplo clássico disso.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Borraram? Eles sabem como fazê-lo, melhor que nós. Comunazinho caviar.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Então porque se preocuparam tanto? porque Mike Pompeo até twitou a respeito? deveriam ignorar. Afinal, são só armas irrelevantes, que não precisa nem de Mirage, nem de Gripen, nem de F-16, nem nada para derrubar. Você e um F-5 dão conta.

Paga-pau de americano.

JPC3
Visitante
JPC3

Você não entendeu a situação.

Nem vou te explicar porque não é o assunto da matéria.

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

Pega-pau de assassino socialista

Rafa_positron
Visitante
Rafa_positron

“tudo que o vizinho fizer contra ele será justificável”

Tbm não é assim né

Proporcionalidade mandou lembrança

Mas é ridiculo o tom ideológico direitopatético querer dar o tom ao debate ….. querer justificar quem foi pior… se Stalin ou Hittler é ridiculo demais

Alias…. Só o povo da Direita é capaz de ver Jesus em cima de uma Goiabeira mesmo

SPQR
Visitante
SPQR

Já você é incapaz de ver um palmo diante do nariz, id io ta.

Roberto Bozzo
Visitante
Roberto Bozzo

Olha, mostre respeito pela pessoa. Era uma criança que foi abusada sexualmente, e por isso ficou incapaz de gerar filhos depois, que num momento de desespero imaginou estar conversando com Jesus e com isso não se suicidou. Fazer chacota com tal aflição é de uma deformação de carater tão grande que o minimo que pode fazer é nos poupar de tamanha imbecialidade. A sua ideologia deturpada matou milhões ao redor do globo, continua matando e tudo o que vc sabe fazer é arranjar desculpas para tal ato. Repito, respeite o que aquela mulher passou, é o minino que se espera… Read more »

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

Depois uma aberração dessas forma coro com um bando de feminazista amargurada de que existe a “cultura do estupro”, mas quando é para zombar do estupro alheio, aí pode. Como dizemos aqui no Ceará tudo isso é falta de um “mói de peia” para aprender a respeitar os outros, um moleque desses.

Tadeu Mendes
Visitante

Ninguem aqui se borrou por causa T-160 na Venezuela. Os EUA não estão nem aí.

Willber Rodrigues
Visitante
Willber Rodrigues

A Europa era um enorme campo de batalha. Parece que você não pode cavar nada por lá, sem.achar algo das guerras napoleônicas, da 1° e da 2° gyerra. Volta e meia eu vejo notícias por lá de operários que vão instalar tubulações, e encontram explosivos da WII, principalmente na Alemanha.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

A segunda guerra mundial é fascinante. Uma tragédia, sem dúvidas, mas não há como não se fascinar com a astúcia e inteligência alemã, com a valentia dos soviéticos e tudo mais.

É uma infantilidade sem fim disputar quem foi o mais sanguinário, omitir a importância dos EUA na guerra, especialmente auxiliando os soviéticos, desprezar tudo que os ingleses fizeram, etc. Foi tão gigante, que não dá pra querer encontrar Santos ou demônios de um lado só dá história.

_RR_
Visitante
_RR_

Perfeito, Felipe…

Foram todos os aliados que venceram…

Ora…! Que seria dos aliados se o Reino Unido, aquela “ilha teimosa”, não tivesse resistido em 1940? Que seria dos aliados sem o peso das armas americanas ( lembrando que os americanos lutaram desde o inicio de sua participação em todas as frentes )? O que ocorreria sem os milhões de soldados soviéticos? Quanto tempo demoraria sem o apoio das resistências e dos demais países amigos…? Enfim… É impossível falar em SGM sem ver o todo; sem analisar cada um desses fatores.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

É isso aí.
Mas nunca é demais salientar a magnitude das operações no lado oriental.
A Operação Barbarossa foi a maior da História, com cerca de 4,5 milhões de alemães envolvidos.
A Batalha de Kursk reuniu milhares de tanques e dezenas de milhares canhões e armas pesadas.
Já para o final da Guerra, na operação Bagration em uma frente relativamente pequena, os soviéticos reuniram cerca de 2,5 milhões de soldados.
É muita coisa.

_RR_
Visitante
_RR_

Sem sombra de dúvidas… Os soviéticos sempre tiveram que lidar com mais de 60% do efetivo da Wermacht, chegando a enfrentar quase 3/4 dessas forças na operação Barbarossa. Só um complemento: a Barbarossa contou com algo como 3 milhões de soldados alemães, com o restante partindo de países satélites. Até aquele momento, a força militar mobilizada dos alemães girava em torno de 4.5 milhões, com os outros 1.5 milhões restantes guarnecendo o fronte francês, italiano e os Balcãs ( lembrando que a luta começava a recrudescer no Mediterrâneo, exigindo maior engajamento alemão ). Da mesma forma, não se pode deixar… Read more »

Agnelo
Visitante
Agnelo

Lembrando do esforço também americano em enviar meios pra Inglaterra e URSS, sem os quais seria mais difícil ainda vencer os alemães.
Foi ainda um exemplo de manobra, quando a ameaça na italia pelos aliados manteve as reservas alemães de Manstein fora da batalha de Kursk.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Correto _RR

E também é importante ressaltar que ao final da Guerra, os soviéticos reuniram um grande exército e derrotaram os japoneses na ‘Operação Tempestade de Agosto’ quando 1 milhão de soldados japoneses foram destroçados em cerca de 10 dias.
Além disso, os soviéticos começaram a invasão do norte do Japão, sendo que o plano original era ocupar a ilha de Hokkaido.

_RR_
Visitante
_RR_

Agnelo,

Nas palavras do próprio Stalin:

“Sem a produção americana, as Nações Unidas nunca poderiam ter vencido a guerra…”

Nikita Khrushchev, após o conflito, confessaria que teve conversas reservadas com Stalin acerca da participação americana no conflito, na qual o próprio líder soviético afirmava que sem o auxílio americano, dificilmente a URSS prevaleceria…

A invasão da Sicília foi de fato um golpe de mestre nesse sentido… Mais que impedir a entrada de reservas em Kursk, fez os alemães deslocarem forças importantes para o fronte italiano, aumentando em muito a pressão sobre a Wermacht.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

E outra _RR
A dispersão de forças alemãs era considerável, mas, se não houvesse, apenas atrasaria um pouco mais o conflito na Europa e a tornaria ainda mais custosa.
Os soviéticos acabaram o conflito com cerca de 11,5 milhões de efetivos e, provavelmente, muitos outros milhões na reserva.
É muita coisa
A Alemanha, ao contrário, exauriu. Não fosse a invasão aliada, certamente os russos chegariam a Paris e Roma, visto que chegaram relativamente perto e com força total.

_RR_
Visitante
_RR_

Antonio, Pois é. A ‘Tempestade de Agosto’ foi decisiva não somente para a apressar o fim da guerra em si, mas também para a ordem estabelecida naquela região no pós-guerra. Pode se dizer que todos esses eventos finais – os ataques a Hiroshima e Nagasaki juntamente ao ataque soviético – botaram os japoneses diante do mais sinistro quadro, que era a virtual aniquilação de sua cultura ( que consideravam algo muito mais danoso que perder milhões de soldados e/ou outros tantos milhões de civis ). Vale dizer que o próprio alto comando aliado admitia perder quase um milhão de soldados… Read more »

Defensor da liberdade
Visitante
Defensor da liberdade

60%? Das mais de 5 milhões de mortes militares alemãs na SGM, 4 milhões foram na frente oriental, foi um moedor de carne.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sim Defensor.
Se não tivesse a frente ocidental, a Guerra demoraria um pouco mais para acabar, mas a vitória soviética seria ainda maior, visto que chegariam até Paris.

_RR_
Visitante
_RR_

Defensor, A força militar mobilizada dos alemães chegou a, salvo melhor juízo, 8 milhões de soldados. A média de soldados alemães envolvidos no fronte oriental era, até onde sei, 65% do efetivo, com a maior proporção vindo a ocorrer na Barbarossa ( pouco mais de 75% da força militar mobilizada até então ). Perceba, portanto, que isso é variável, com o alocamento de forças vindo a ocorrer de acordo com a necessidade. No alge da mobilização mesmo, cerca de 60 divisões estavam no oeste e mais de 130 no leste, o que colocaria aí mais de 2/3 dos efetivos voltados… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Antonio,

Não penso ser possivel dizer que haveria Paris para os soviéticos…

Há outras variáveis aí…

Sem o Ocidente, a URSS iria enfrentar a máquina alemã em sua totalidade, e correria o risco de ver-se isolada rapidamente ao ter um Japão nada amigável do outro lado ( mesmo que os japoneses não atacassem, certamente adorariam uma política colaboracionista com a Alemanha )… E a julgar pelos resultados soviéticos do início do conflito, só fico a imaginar o que seria se os alemães contassem com um milhão a mais de soldados em 1941… Talvez fossem os generais alemães a jantarem em Moscou…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Quando da Operação Barbarossa, o Exército alemão estava diluído em forças de ocupação em alguns países da Europa e o Afrika Korps (cerca de 50 mil soldados em 1942). Basicamente isso. Forças de ocupação, via de regra, são bem pequenas e não são, normalmente, as melhores forças de combate. Essas foram transferidas para a frente oriental. Deste modo, o grosso do exército alemão foi lançado contra a URSS. Tanto é assim, que fizeram um grande estrago antes de serem derrotados. Já com relação aos japoneses, suas pretensões foram logo diluídas quando da campanha de Khalkhin Gol quando foram derrotados por… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Antonio,

As tropas deixadas para guarnecer o fronte francês eram sim bastante respeitáveis ( como ficou patente em Dieppe ), e contavam com números substanciais ( cerca de um milhão de tropas ).

Lembre que foi por um triz… A Wermacht chegou a 30km do Kremilin, e o caldo só não entornou de vez por conta das tropas soberanas estacionadas mais no interior, deslocadas na certeza se que os japoneses não atacariam…

Sobre um envolvimento do Japão nesse cenário imaginário, considere que as forças soviéticas estariam muito debilitadas ao enfrentarem os alemães. Não haveriam reservas para combater os japoneses…

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

RR_ Estive pesquisando um pouco e, segundo publicação de Niklas Zetterling, em sua obra Normandy 1944: German Military Organisation, Combat Power and Organizational Effectiveness, os efetivos alemães na Normandia em junho de 1944 eram de 380.000. Isso com as suspeitas alemães de um desembarque aliado por aquela região, mormente em Calais. Com o desenrolar das operações chegou a 1 milhão de soldados, aí já, provavelmente, com o envio de reforços de outras regiões (essa pesquisa em retirei na Wikipedia). Portanto, quando da invasão da URSS em 1941, não acredito que tivessem muitos alemães parados na França apenas com a finalidade… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Antonio, Perfeito… Cometi um erro. 1 milhão não soma somente as forças na França, mas sim as forças que estavam nos Balcãs e Mediterrâneo, além do extremo norte ( uns 150 mil soldados na Noruega e Dinamarca ) e forças em reserva na Alemanha ( por volta de 1 milhão, do Ersatzheer ). Na França mesmo, por vota do final de 1941, haviam aí cerca de 100 mil soldados da Wehrmacht ( não encontrei dados precisos ). Haviam também forças da SS e outras de polícia militar. Seja como for, mesmo considerando essas forças serem de segundo escalão, é lógico… Read more »

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

RR, eu ainda acho que se a Alemanha vence a Batalha da Grã-Bretanha – o que era pouquíssimo provável, teríamos uma reviravolta total na história do conflito.

Sem bloqueio naval, sem bombardeios, comércio minimamente estruturado, as Resistências totalmente desabastecidas, provavelmente teríamos um meio termo no Oriente, talvez semelhante ao da Primeira Guerra, com os Nazistas forçando sua conquista nos territórios mais ao sul, no Cáucaso. A despovoada Geórgia era um antigo sonho do nacionalismo germânico.

_RR_
Visitante
_RR_

Rafael_PP, Não considero pouco provável uma vitória da Luftwaffe. Se os alemães insistissem nas táticas de caça livre, somados aos ataques a aeródromos de forma setorial ( passaram a se concentrarem no grupo 11 ), que estavam empregando na fase intermediária, poderiam lograr sucesso, visto a exaustão dos esquadrões da RAF como um todo a medida em que a pressão continuava e as rotações não garantiam esquadrões descansados. As perdas da RAF no final de Agosto de 40 também chegaram a um ponto perigoso. Mais algumas semanas e provavelmente ela deixaria de existir como força coesa… São tantas variáveis se… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

_RR Não há como ‘linkar’ a derrota alemã na Batalha da Inglaterra com a mobilização maciça para a Operação Barbarossa. A Alemanha, simplesmente, não chegou a mobilizar meios terrestres contra a Inglaterra. Apenas mobilizou a Luftwaffe. Após a batalha aérea a Inglaterra ficou meio que de quarentena, sem muito o que fazer, apenas com operações no norte da África e operações no Atlântico. Na Europa foi quase nada. E ainda, alguns historiadores acrescentam que a obsessão de Hitler com a União Soviética permitiu que fosse aliviada a pressão sobre os ingleses. E outra. Estamos falando de cerca de dois mil… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Antonio,

Penso que haveria sim considerável influência.

Primeiro, não haveria a participação americana, o que poderia privar a URSS dessa fonte de suprimento.

A seguir, uma paz de italianos e alemães com o Reino Unido favoreceria uma mobilização muito maior da parte do Eixo. Fora as tropas alemãs, estaríamos falando aí de pelo menos mais 2 milhões de italianos na jogada ( talvez uns 800 mil só em 1941 ), o que liberaria tropas alemãs para os pontos mais tensos. Não penso que se pode ignorar isso…

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

Sem falar nas bombas que vez por outra, alguém encontra no subsolo, algumas delas são bem grandes.

Rafa_positron
Visitante
Rafa_positron

Dizem que, em Roma, era comum andar próximo ao Coliseu e tropeçar em ossos de gladiadores

ALEX ROCHA DA SILVA
Visitante

Senhores fico impressionado com os os elogios que fazem a qualquer umas das partes.

Guerra e guerra, ninguém têm razão de nada e graças a Deus que teve um fim

Como um sábio sempre diz, nenhum rei almeja a guerra, mas sempre deve estar preparado pra ela.

Nenhum ser humano em sã consciência almeja isso… E a todos que morreram descansem em paz.

Luis Antonio Marcello Senger
Visitante

5 – Não use o espaço de comentários como palanque para proselitismo político, ideológico, religioso, para praticar ou difundir posturas racistas, xenófobas, propagar ódio ou atacar seus desafetos. O espaço dos comentários é para debate civilizado, não para propaganda ou interesses pessoais; 6 – Mantenha-se o máximo possível no tema da matéria, para o assunto não se desviar para temas totalmente desconectados do foco da discussão; OBS ! Quase não comento , mas sigo a trilogia há muitos anos , porém o nível está caindo muito e temos entre tantos excelentes comentários alguns que costumam fugir das regras acima descritas… Read more »

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Não vejo você ficar relebrando as regras da Trilogia quando fazem proselitismo político e ideológico de direita ou quando esses mesmos proselitistas propagam ódio e ataquem seus desafetos.

Lembrando a maioria dos foristas da Trilogia sejam de direito, isso não representa o pensamento do povo brasileiro que, em geral, é sempre de 50%. Isso é comprovado pelas eleições que, em segundo turno, sempre refletem números próximos ao 50% para cada lado, em segundo turno.

Celso
Visitante
Celso

numeros magicos os seus…….cai na real, manipulacao estatistica e o forte de sua visao canhestra. Uma grande parcela de nossa populacao mal sabe escrever ou ler. Imagine entao os que entendem e pior ainda, quem compreende o que entendeu . Onde voce se enquadra mesmo ??? ‘ Brasil, pais de t………..

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

Não há como debater de forma civilizada com esquerdista. Esquerdista tem que ser desmascarado e desmoralizado. Embora o espaço aqui seja para discutir de forma minimamente coesa e até técnica, certos camaradas que aparecem por aqui são inteiramente indignos desse espaço.

_RR_
Visitante
_RR_

Amigos,

A propósito:

Tem essas galerias que considerei bastante interessantes. Recomento.

Fotos colorizadas artificialmente:
https://123ru.net/blogs/51643507/
https://www.flickr.com/photos/36919288@N08/
https://www.vintag.es/2017/06/stunning-colorized-photos-of-legendary.html
Fotos coloridas:
http://historylink101.com/ww2_color/index.html
https://www.aereo.jor.br/2014/04/22/senta-a-pua-na-revista-japonesa-koku-fun-illustrated-no82-de-1995-96/

PS: essas do ‘aereo’ são sensasionais! As melhores fotos coloridas que já vi da SGM.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

O que o Google Tradutor não faz nessas horas!
kkkkkkk

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Interessante a quantidade de mulheres combatentes da URSS na Guerra.
Muito legal .

_RR_
Visitante
_RR_

Pois é.

Acho interessantíssimas as histórias de unidades como a do Regimento de Bombardeio Noturno 588, composto exclusivamente por mulheres. E mais impressionante ainda é ver como eram jovens na imensa maioria…

Os americanos e britânicos também empregaram mulheres em unidades específicas, destinadas a transladar aeronaves, assim como em unidades auxiliares.

Rafael_PP
Visitante
Rafael_PP

RR, sensacional esse vintag.es. Imagens ainda mais incríveis da Primeira Guerra!

Caio
Visitante
Caio

QUANTA IMBECILIDADE em querer diminuir as atrocidades de alemães e soviéticos na segunda guerra.
Tem hora que a ignorância no Brasil estrapola os limites.

Celso
Visitante
Celso

Infelizmente a sua faz parte dos comentarios. Ninguem aqui ate onde estou lendo, tenta diminuir as atrocidades de ambos os lados. Alias, pode ate acreditar que mesmo no lado dos vencedores aliados muita coisa aconteceu sem que fosse dada a conhecimento do publico ate hoje. Os numeros dessa guerra ai estao, e a cada ano que passa ainda hoje, nao se tem a dimensao exata das fatalidaders. O animal da China, vulgo Mao Tse Tung, exterminou muito mais sua populacao do que todas as fatalidades da 2 guerra, e ate hoje nao mereceu tantos comentarios indignados ou comparacoes. Malucos, idiotas,… Read more »

Lucio Maia Pinheiro
Visitante
Lucio Maia Pinheiro

Excelente comentário

Alcides Morávia
Visitante
Alcides Morávia

Conforme os historiadores britânicos modernos, que se dedicam aos temas militares, não foi a batalha de Stalingrado que marcou o refluxo na segunda Guerra e a derrota da Alemanha, mas sim a de Moscou. A disparidade em recursos e capacidade industrial era tamanha, que os alemães precisavam chegar a uma posição de poder, para impor os termos de negociação o mais breve possível. A ideia era impulsionar uma veloz guerra de movimento, batizada pelos historiadores de Blitzkrieg, para conquistar o centro de poder, principal polo industrial e o núcleo de comunicação da União Soviética. Mesmo que os soviéticos pudessem ter… Read more »

Alessandro
Visitante
Alessandro

Fascismo, Nazismo e Comunismo tudo uma porcaria só, se diferenciam por alguns pequenos detalhes políticos, mas todos são genocidas autoritários, pra mim todos são a escória da humanidade, quem defende qualquer uma dessas ideologias deveria receber o mesmo tratamento que davam para os cidadãos comuns que só queriam viver em paz suas vidas. E infelizmente ainda vemos a última ideologia citada acima com muita força em pleno século 21, silenciosamente tomando redes de comunicações e partições públicas, tentando na base da censura ou usando a tática da espiral do silêncio, calar e boicotar quem não pensa como eles, principalmente pessoas… Read more »

Paulo de Lima
Visitante

Tenho saudade do tempo, acho que 2007, conheci esse site Força Terrestre, quem comentava aqui não tinha lado direita ou esquerda, todo mundo com um nível intelectual muito grande, eu tinha 16 anos, caramba o tempo passou rápido e muita coisa aconteceu, espero que o nível dos novos visitantes e seguidores desse “Forte” melhore com o passar dos anos.Menos ideologia e fanatismo chato, ninguém é santo nessa história, não existe perdedores e vencedores , todo mundo sabe o quanto o regime nazista e comunista matou no mundo, a diferença está apenas nos números.

elton
Visitante
elton

tanto sovieticos como nazistas,britanicos,franceses, belgas cometeram atrocidades antes mesmo da guerra começar seja em seus paises ou suas colonias ultramarinas.a europa estava ensopada de imperialismo,nacionalismo,revanchismo,extremismo , antisemitismo estava apenas esperando alguem ascender a fogueira para tudo começar a queimar.as feridas e efeitos colaterais da Primeira Guerra Mundial estavam necrosadas e todo mundo fingiu que tinham sarado

Hawke
Visitante
Hawke

Rui Chapéu 15 de dezembro de 2018 at 10:46 por isso os saudosos Vader e o Bosco, abandonaram o barco. É inútil jogar xadrez com os pombos.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sei.
Eram aqueles bons comentaristas que postavam coisas do tipo:
– A Airbus vendeu 5 aviões para o Quênia com motores X, aviônicos Y, mas aqui no Brasil, por causa de 13 anos de ‘A’, mais a condenação ‘B” não é possível comprar.
Isso é mais velho que andar para frente ou jantar xadrez com pombos.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

digo: Jogar xadrez.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Kkkkkkkkkkkkkk Antônio, me desculpe, mas se seus comentários aqui acrescentassem 1% do que os comentários do Bosco acrescentavam, você não seria ridicularizado da forma que é.

Os únicos aqui que comungam com seus delírios, pelo visto, é a equipe de moderação dos sites.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Está bom.
Conhecemos os tipos.
Muito comuns em blogs de assuntos militares, automóveis. economia e etc.

colombelli
Visitante
colombelli

So pra lembrar, grande parte das baixas no leste não ocorriam em combate mas por doença e intempérie. Outro aspecto, as forças a oeste eram em sua maioria tropas em descanso ou divisões de guarda ou reserva, formadas muitas vezes por russos ou alemães mais idosos.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

1- Na Segunda Guerra, a URSS destruiu 80% da máquina de guerra alemã e o Ocidente como um todo destruiu 20%. Isso é fato histórico, não adianta virem me xingar. 2- Desses 20%, muitos nem foram combate de verdade, porque os nazistas rendiam-se ao Ocidente, pedindo proteção e com medo das tropas soviéticas que avançavam. 3- Os alemães começaram primeiro com as atrocidades, portanto é impossível que depois que os soviéticos revertessem os ares da guerra, não retaliassem. Era um exército de homens, não de santos. Os soldados alemães geralmente lutavam até a morte e não se rendiam. Não faziam… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Verdade 100nick.
A Invasão Normandia colocou em terra cerca de 150.000 homens.
Isso para a frente oriental seria uma cifra irrisória.
A título de comparação, a Operação Bagration, ocorrida no mesmo mês de junho de 1944, reuniu cerca de 2,5 milhões de soviéticos e poloneses.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Em tempo. Concordo em parte com o item ‘7’, mas continuo achando que Stalingrado selou a sorte nazista. Apesar da derrota em Moscou com o recuo da frente alemã, eles tentaram de novo, atacaram, avançaram e foram derrotados em Stalingrado. A partir dali os alemães só retrocederam. Em Stalingrado os alemães tiveram muitas perdas e, juntamente com a captura de von Paulus , foi mostrado ao Mundo que os alemães não eram invencíveis. Já em Kursk, podemos considerar como a Batalha do Bulge Oriental em proporções épicas. Foi a última tentativa de Hitler de mudar a situação. Perdeu e pouquíssimo… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Corrigindo.
Tivemos apenas algumas operações alemães bem-sucedidas na região de Kharkov em 1943. De resto, só derrotas e recuos.

_RR_
Visitante
_RR_

1 e 2 – O Exército Vermelho foi responsável por 75-80% das mortes ocorridas, mas não pela destruição de 80% do efetivo. Os alemães chegaram a mobilizar diretamente para o conflito pouco mais de 14 milhões de pessoas ao todo, tendo perdido 5 milhões ( e mais 3 milhões de civis ). Os russos foram responsáveis, salvo melhor juízo, por cerca de 4 milhões de perdas… As táticas utilizadas pelos alemães divergiam de acordo com o teatro. No caso da Itália, era praticamente um recuo com luta. Na URSS, a ordem era não ceder terreno sob qualquer circunstância. Isso contribuiu… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

_RR O que estou querendo demonstrar é que a guerra na frente oriental foi um moedor de carne nazista tão grande que questões de algumas divisões para cá ou para lá, apenas serviriam para retardar um pouco a vitória soviética. A Alemanha teve cerca de 5 milhões de militares mortos na frente oriental em 4 anos de guerra. Para um País que à época tinha cerca de 60.000.000 de habitantes é desestruturador. Acredito que os alemães tinham em 1943, 206 Divisões na Frente Oriental (segundo Wilmott). Mesmo que tivesse mais 50 Divisões na França e Itália e mais 24 nos… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Corrigindo: Mais de 5 milhões foram as mortes do Eixo na Frente Oriental, dos quais cerca de 4 milhões de alemães.
Mas, acabou com a Alemanha do mesmo jeito.

Greyjoy
Visitante
Greyjoy

Exatamente o que você considera por “destruir a máquina de guerra alemã”?

Carlos Campos
Visitante

lembrando que o grande vencedor foi o General Inverno sem ele a URSS ia sofrer mais. quantos aos alemães, apesar de tudo até hj os vejo como os melhores da da 1° e 2° Guerra Mundial.

Sidy
Visitante
Sidy

Tem comentários aqui que eu leio, rio e nem penso em discutir. É a história recontada segundo a ideologia do sujeito. Não dá para ficar batendo palmas para maluco dançar.

colombelli
Visitante
colombelli

o melhor que se faz é não dar atenção. Reparem como tenho diminuído as intervenções e alguns não respondo mais. É o melhor a fazer. Defesa movel: esvazia o ataque. Alguns até ja cansaram e abandonaram o espaço.

Alessandro
Visitante
Alessandro

O fãs da URSS esquecem que se não fosse a ajuda de suprimentos, armas e equipamentos dos americanos para resistir ao ataque alemão, era muito provável que a parte ocidental da Rússia hoje estaria falando alemão, mas de qualquer forma a URSS teve papel FUNDAMENTAL na vitória contra os nazistas, isso ninguém pode negar.

Sidy
Visitante
Sidy

A URSS suportou grande parte do combate com a Alemanha e seu papel foi decisivo no resultado do conflito. Isso é inegável.
Quanto às atrocidades cometidas, infelizmente não foram restritas a este ou aquele país. Todos, em algum momento,, tiveram sua parcela de culpa.
Lembro, no entanto, que a Alemanha foi o único país a construir instalações e implantar uma forma sistemática de eliminação de seres humanos, sob a alegação de “limpeza racial”. Isto não é guerra, é genocídio, e não dá para justificar, minimizar ou esquecer.

colombelli
Visitante
colombelli

Sidy, está incorreto isso. Stalin o fez com ciganos, minorias etnicas, homossexuais, e opositores politicos, dentre outros grupos, de forma que o componente “racial” as vezes estava sim presente. Os ucranianos sabem bem. Aliás, morte por morte ele matou mais do que Hitler. Isso não é realçado porque ele era “aliado” assim como por motivos políticos as atrocidades japonesas na China são convenientemente esquecidas.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Colombelli, isso sem contar a China e os países comunistas do leste europeu, que após a segunda guerra mundial, seguiam ordens expressas de Moscou, o nazismo foi coisa de “adolescente” perto do que essa gente fez.

Quando vejo um homossexual com uma camisa com aquela estrela vermelha, ou do chegue-vara, me pergunto: “será que esse infeliz sabe realmente oq foi o comunismo ?”

Sidy
Visitante
Sidy

Colombelli, mas a perseguição a povos, generos e etc. não era política do estado soviético – vinha de Stalin (um grade fdp). No caso da Alemanha, era. Uma coisa é perseguir ciganos, homossexuais, judeus ou o que for. Isso foi (e é) feito ao longo da história da humanidade, lamentavelmente. No caso da Alemanha, havia leis, grupos especializados na captura e extermínio e foram construídas instalações para eliminação em massa, a nível industrial, como parte da política do estado alemão. Basta ver o que foi a Conferência de Wannsee. Uma reunião entre militares, políticos e industriais alemães para definir a… Read more »

colombelli
Visitante
colombelli

Sidy, isso faz alguma diferença prática? Nenhuma, sobretudo para os que morreram. Em ambos os casos houve ação do estado (segundo voce, no caso dos alemães com apoio da sociedade, ou parte dela, o que não haveria no caso soviético), ,e em ambos os casos, foram construídos campos de prisioneiros tutelados pelo Estado, onde se explorava o trabalho escravo, e os indesejados eram eliminados, sob o tacão de agentes estatais, cedo ou tarde. Stalin tinha campos na siberia onde a passagem era só de ida. Gulag= uma vala comum. So que ele era ainda pior, matava de fome, frio e… Read more »

Sidy
Visitante
Sidy

Bem, os países tinham campos de prisioneiros, mas a Alemanha tinha campos de extermínio – construídos para este único fim, Por pior que sejam as condições do campo de prisioneiros, definitivamente não é a mesma coisa. Campos como Auschwitz-Birkenau chegaram a “tratar” 6.000 prisioneiros por dia. É uma máquina, com fim específico. E era a política do estado, baseada em leis feitas por advogados, não saídas da cabeça de um líder insano. Então, não dá para dizer que é a mesma coisa ou que dá na mesma, A URSS venceu e estamos por aqui. Se a Alemanha tivesse vencido, seriamos… Read more »

colombelli
Visitante
colombelli

Sidy os campos de Stalin eram campo para extermínio. O modus operandi era diferente, a finalidade a mesma. Eram a mesma coisa. Voce ia preferir morrer rápido e de forma indolor com gás ou morrer de fome e, definhando lenta e dolorosamente? E voce está especulando sobre o que a Alemanha teria feito em relação a nós. So pra te lembrar, tinham excelentes relações com o governo Argentino e muitos foram para lá e pro Chile. Até o governo Getúlio nutria inicial simpatia pelo regime alemão. E a vitória alemã não teria quebrado a hegemonia dos EUA. Não se pode… Read more »

Sidy
Visitante
Sidy

Colombelli, milhares morreram nos campos de concentração soviéticos, mas houveram os que saíram vivos. Só para citar um famoso, Erich Hartmann, o maior ás alemão, foi um deles. Quantos saíram vivos dos campos de extermínio alemães, quando estes ainda eram senhores da situação? Respeito sua posição, mas não concordo que sejam a mesma coisa. Se eu fosse parar em um Gulag, com muita (mas muita) sorte poderia sair vivo um dia. Se fosse para um campo de extermínio, já era. Sobre a AL, acredito que a presença das familias de imigrantes alemães nestes paises pesou nesta opção, na hora da… Read more »

colombelli
Visitante
colombelli

Sidy ainda hoje há sobreviventes dos campos alemães. Aqui no Brasil tem alguns. Não creio que fosse muito diferente a situação em um campo de extermínio stalinista e um campo de extermínio nazista. So o modus operandi era mais cruel no primeiro. Inclusive não confunda os campos de prisioneiros militares com campos de morte com trabalho. O ás por ti mencionado esteve em campo de prisioneiros militar. Os capturados em Stalingrado de 100.000 voltaram 4000, inclusive o marechal Paulus, vivos à Alemanha. Mas quem ia pro Gulag sabia do destino. Mas ter mais ou menos sobreviventes não livra a barra… Read more »

amadeu
Visitante
amadeu

Sidy quero lembrar que a Alemanha não fio a primeira nação a construir campos de conçentração e utilizar métodos de extreminio.
A primeira nação a fazer isso fio a Grã-Bretanha no final do século xix na guerra contra os boers na Africa do Sul

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

E isso porque a política de Hitler, para esses territórios ocupados foi muito agressiva.Se os alemães não tivessem sido tão agressivos, desde o início os russos se renderiam.Mas quando viram, que estavam saindo da panela de pressão para a churrasqueira,lutaram por Stalin.Os alemães chegaram há poucos Km’s de Moscou, imagina se tivessem sido vistos como libertadores.

Sidy
Visitante
Sidy

E mesmo assim, algumas repúblicas soviéticas engrossaram de forma significativa as fileiras alemãs – mais de 300.000 soviéticos lutaram por Hiltler.
Acho que se soubessem que eram considerados pelos mandatários olemães como raça inferior – “untermensch”, não teriam mudado de lado com tanto entusiasmo.

colombelli
Visitante
colombelli

Sabiam. Mas qualquer coisa era melhor que Stalin pra eles. É melhor um conceito negativo que um campo na sibéria.

Sidy
Visitante
Sidy

Com todo respeito, tenho sinceras dúvidas de que soubessem. Mas, enfim, é uma coisa que enm eu, nem você, podemos ter certeza.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Sidy
E digo mais. Existem estudos relatando que cerca de 300.000 soldados da Wermacht eram de origem judia. E por incrível que pareça, eles não achavam errado lutar .
Interessante também é que o Exército os aceitava.
Vai entender.

Sidy
Visitante
Sidy

Acho que o exército alemão os aceitava mas, lá na frente, se a Alemanha tivesse vencido, seriam “tratados” também. Já do lado dos judeus que se alistaram, acho que era a alternativa a “ir para a fila”, não?
É como os Kapos… ajudavam os alemães mesmo sendo judeus, mas em geral, ao esvaziar o gueto, ia no final da fila.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Na verdade Sidy,todo o mundo era inferior para os alemães.Principalmente para a seleta casta, do partido nazista.Mas por exemplo, se precisassem da ajuda de um grupo de Letões e se eles fossem bastante bom na luta, e se dispusessem a ajudar no esforço de guerra alemão, eles “esqueciam” desses detalhes.Principalmente no final da guerra.

Sidy
Visitante
Sidy

Olha Renato, acho que não dá para misturar as coisas. Apesar de considerar os soviéticos como raça inferior, no início os alemães assinaram um pacto de não agressão. Então, muitas vezes o que manda é a questão das conveniências estratégicas do momento. Outra coisa era esta ideologia baseada na pureza da raça, um dos conceitos básicos da política nazista. Haviam as raças puras e as sub raças, de acordo com os “estudos nazistas”. Mas esta é outra seara, onde não vou me estender, até porque nunca li muito sobre o assunto. Ironicamente, os americanos mandaram os negros para a guerra… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

De fato, Renato…

O talento dos alemães estava no uniforme, e não nas relações públicas…

A França de Vicky, por exemplo, desenvolveu consideráveis simpatias pró-eixo, notadamente após o ataque a frota francesa em Mers-el-Kébir.

E só pra registro, os alemães foram inicialmente recebidos como libertadores nos países satélites…

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Meu caro RR, o front oriental jamais deveria de ser aberto pelos alemães.Ou pelo menos até ser resolvido outras coisas no ocidente, e a posse de uma arma atômica.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Apenas alguns povos bálticos e poucos ucranianos apoiaram os nazistas. A ordem era retirar e não deixar nada para os alemães. Tal como fizeram com Napoleão.
E, novamente, deu certo.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Antônio. Você sabe que os nazi,estavam nas cercanias de Moscou,e deu certo por causa das atividades aliadas.Não vi o Exercito Vermelho lutando no Pacífico de ilha em ilha,na Grécia ou no front africano e nem na Europa ocidental.Se não fossem essas atividades por parte dos aliados nesses T.O,a URSS tinha sucumbido pois ela já estava de joelhos.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Pouco importa. Os franceses ocuparam Moscou e foram derrotados.
O fato é que o Exército Soviético era muito maior que o alemão. O resultado da guerra nós sabemos.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Você é o tipo de covarde que, no dia que sua família estiver sendo atacada por bandidos, manda suprimentos: carne enlatada, açúcar e caminhão de transporte.

Um homem de verdade, pega armas em punho e vai lutar para defender sua família.

A Rússia deveria ter mandado os Estados Unidos enfiar os mantimentos naquele lugar. Ela precisava de soldados que fossem lá, lutar junto com ela.

A Rússia venceria a Alemanha nazista com ou sem esse lixo americano.

Felipe Morais
Visitante
Felipe Morais

Errado, não venceria.

Como exposto pelo colega acima, o próprio Stalin assumiu.

Mas aí vem um Zé ninguém, como você, e acha que tem alguma legitimidade pra atestar algo assim. Zé ninguém mesmo, sem estudo e sem contato com nenhuma experiência militar.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

_RR_ 15 de dezembro de 2018 at 18:30 1 e 2 – A matemática é igual tanto no aqui quanto no Oriente. A Rússia destruiu 80% da máquina de guerra alemã e isso é reconhecido até pelos livros ocidentais. Se discorda, mostre suas fontes. . 3.1 – Repito as palavras do próprio Stalin: “Sem a produção americana, as Nações Unidas nunca teriam vencido a guerra…” Stalin era político. Claro que ele iria, em discurso direcionado aos Estados Unidos, falar essas coisas para conquistar simpatia dos americanos. Todo político faz isso. Mas a verdade é que os mantimentos que os EUA… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Ao final da Guerra, o Exército Vermelho era maior que todos os exércitos aliados juntos.
Para cada soldado americano, britânico e francês havia mais de dois soviéticos.
Para cada tanque ocidental, havia mais de quatro soviéticos.
Possuíam cerca de 500 Divisões de infantaria.
Achar que se os alemãespoderiam redistribuir suas forças do Ocidente para lá e vencer a Guerra é de uma inocência ímpar.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Em apertado resumo, os soviéticos possuíam:
500 Divisões de Infantaria com cerca 11,3 milhões de soldados.
50 Divisões blindadas com cerca de 60.000 carros de combate.
Sem contar dezenas de milhares de canhões e aviões, principalmente de caça.
Não foi à toa que recebeu o nome de Rolo Compressor Soviético.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

É isso aí Nick! Vamos fazer um resumão matemático. A Frente Oriental tinha cerca de 206 Divisões alemães. No restante da Europa tinha mais cerca de 70 Divisões. Se os soviéticos destroçaram as 206 Divisões alemães em 4 anos e acabaram a Guerra com provavelmente o dobro dessas Divisões, o que ocorreria se os alemães lançassem as 70 restantes contra eles? A guerra talvez durasse mais alguns meses e só. Querer conectar a derrota na África onde os alemães tinham apenas 4 Divisões ou à Batalha da Inglaterra onde os alemães perderam cerca de 2 mil aviões e 4 mil… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Segue o vídeo com interessante descrição das forças soviéticas na Guerra.

https://www.youtube.com/watch?v=KRyyx6t_38c

Maurício.
Visitante
Maurício.

Quem foi pior Stálin ou Hitler? Isso não existe, esses dois seres um dia vão ter o que merecem, junto com o imperador japoneses e todos os ditadores do mundo. Hoje em dia, depois da guerra tem um pessoal que defende os alemães só porque não gostam dos russos, e tem um pessoal que defendem os russos só porque não gostam dos alemães. E esse negócio de soldado “superior” não existe, pode ter treinado desde pequeno, mas onde o projétil pega já era, vai para a vala da mesma maneira que qualquer soldado, as táticas podem ser superiores mas o… Read more »

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Mauricio.Era primordial que aqueles soldados alemães,morressem ali do jeito que morreram.Cada dia que se passava eles é que seguravam o inimigo.A campanha alemã na URSS, era para ter sido decidida antes do inverno.Você sabe porque não foi?

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Basicamente pela resistência do Exército Soviético e as grandes distâncias que atrapalhavam o conceito de blitzkrieg.
Ao final da campanha o Exército alemão já estava bastante fragilizado e foram empurrados de volta cerca de 200 km.
É importante ressaltar que o ímpeto inicial alemão foi em grande devido à excelente preparação de seu exército e mesmo a magnitude do ataque com cerca de 160 Divisões e 3,8 milhões de homens
A maior força concentrada jamais reunida na História.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Evidentemente, refiro-me à Barbarossa. Já em Stalingrado, foi o impulso secundário, mas que fracassou basicamente pelos mesmos motivos: resistência soviética, extensão das linhas de abastecimento, exaustão das tropas, falta de reforços e superioridade numérica do inimigo.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Nada disso foi a campanha dos Bálcãs, que atrasou o começo da invasão da URSS.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

A campanha dos Bálcãs foi muito rápida e desviou relativamente poucos recursos alemãs.

Maurício.
Visitante
Maurício.

“era para ter sido…”
Renato, essa parte do seu texto não existe em uma guerra, até porque pode ser usado como uma desculpa para justificar erros de ambos os lados, numa guerra o que vale é o resultado final e o que foi feito de fato, o que poderia ter acontecido e o que era para ter acontecido fica apenas no passado, é algo que fica apenas como histórias e lamentos.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Queria ver se não tivesse os americanos, segurando os japoneses no Pacífico.Com certeza soldados alemães e japoneses apertariam suas,mãos em Moscou.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Os soviéticos destroçaram o exército japonês na China e invadiram o norte do Japão. Só não deu tempo de conquistar todo o Japão porque ele se rendeu após a bomba atômica. Não fosse isso, estaríamos todos andando de Toytovski, Hondovski e assistindo TVs Panasonikovski e Sonykovski

_RR_
Visitante
_RR_

100nick-Elã ( 15 de dezembro de 2018 at 19:56 ); Primeiro de tudo: Falamos desses números titânicos, mas devemos entender que apenas uma parcela disso é combatente de primeira linha. Uma boa parte é componente secundário… Também devemos entender que os números expostos se referem a forças mobilizadas durante todo o conflito, de modo que nunca houve tudo isso servindo ao mesmo tempo. A Alemanha, por exemplo, tinha aí uns 6.5 milhões de cidadãos servindo em 1944 ( alge de sua mobilização ); enquanto que os soviéticos, no mesmo período, tinham aí uns dez milhões de seus cidadãos mobilizados. —… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

_RR As forças germânicas na África eram muito pequenas. Segue a lista: Os efetivos germânicos [Afrikakorps] até fins de agosto de 1942 eram o seguinte: Divisões Panzer [15ª e 21ª divisões] 25.000 homens 371 tanques 246 antitanque 72 peças de artilharia 5.600 veículos diversos Artilharia de Campanha 3.300 homens 56 peças de artilharia 1.000 veículos 90ª Ddivisão Ligeira 12.500 homens 220 antitanque 24 peças de artilharia 2.400 veículos 164 Divisão de Infantaria 11.500 45 antitanque 36 peças de artilharia Isso, na frente oriental, seria consumido em pouquíssimo tempo. O restante eram italianos, muito mal armados e pior treinados. Foram presas… Read more »

Renato de MelloMachado
Visitante
Renato de MelloMachado

O “X” da questão Antônio,é que a Alemanha estava lutando em duas guerras.Se A Alemanha lutasse só com a URSS ela tinha ganho,não tem nem como discutir isso.Pena os aliados não terem saído, e deixado a URSS lutar sozinha.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Já, eu acho que Stalin vacilou. Ele deveria acelerar seus exércitos chegando até a França, Itália e Grécia. Logo depois, poderia atacar e conquistar a Espanha e Portugal, visto que eram governados por Franco e Salazar que eram fascistas.
Os russos perderam muito tempo esperando em frente à Varsóvia.
Deste modo, só restaria a Inglaterra.
Churchill tinha esse medo. Dos soviéticos conquistaram toda a Europa.
Esta passagem está no vídeo que postei acima.

Paulo
Visitante
Paulo

Pois é. Esse desocupado (ou bem pago para tro llar!) do Kings encheu o espaço todo de ponta a ponta deste post com besteiras. Os moderadores vão deixar isso acontecer até quando?

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Antonio,meu caro. Stalin vacilou desde que ele e seus comandados, assinaram o pacto de não agressão com os nazi.Os aliados até foram benevolentes,pois uma das bombas endereçadas ao Japão, deveria de ser jogada em Moscou se a URSS tentasse fazer uma graça.A traição por medo começou nesse pacto,depois ficaram pedindo arrego aos aliados.Se tudo que os nazi tinham, fosse endereçado a URSS,seria um domingo no parque.

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Se, se, se ……..
Tarde demais.
Fatos históricos passam e não voltam mais.
Imagine se os russos invadissem os EUA pelo Alasca, quando eles eram uma potência e os americanos apenas plantadores de algodão?
Não fizeram, perderam o tempo histórico.
O fato é que russos são implacáveis com traidores e a História mostra isso. Agora, estão de novo mostrando quem eles são e do que são capazes.

Sidy
Visitante
Sidy

Between 1941 and 1943 there were a total of 260,000 German troops in North Africa. Of this number 18,594 were killed and 3,400 posted as missing. The rest who did not make it out of Africa in 1943 mostly ended up as PoWs taken either by the British and Commonwealth troops or the Americans

http://deutsches-afrikakorps.blogspot.com/2017/01/the-end-of-afrika-korps.html?m=1

A este número somam-se, salvo engano, cerca de 200.000 italianos.

carcara_br
Visitante
carcara_br

Guerrinha ideológica e revisionismo histórico comendo solto.
75 anos depois, finalmente vão ganhar uma identidade, nos faz pensar sobre os motivos que os levaram a guerra. E principalmente, nos lembra do que uma gerra realmente é.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

Quem venceu a guerra na URSS foi o Gal Inverno.

Quando vão achar as valas dos 50 milhões de Soviéticos exterminados por Stalin ?

Lembro das centenas de navios da GB e USA que forneceram armamentos para URSS.

Basta pesquisar, há até filmagens reais a respeito.

Netflix.

colombelli
Visitante
colombelli

Prezados so um lembrete: as divisões soviéticas equivalem a uma e meia brigadas/regimentos alemãs. O efetivo é bem menor.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Pois é Colombelli,na cabeça de uns é fácil manter esses números de divisões e blindados ditos ao léu na ativa e municiados,azeitados,abastecidos de lubrificantes e combustíveis.Assim como a saúde e alimentação dessa tropa toda.A maioria aqui já deve de ter lido as experiências de um tanquista russo a bordo de um Sherman,no qual ele relatava a qualidade de limpeza interna do blindado americano,as armas portáteis para os tripulantes,os estojos de munição protegidos por uma embalagem.Fora a manutenção americana,pois eles tiveram problemas no caminho e veio um representante fazer a manutenção.Tudo comparando com os blindados russos.

_RR_
Visitante
_RR_

Antoniokings ( 15 de dezembro de 2018 at 22:42 ); Antonio, Salvo melhor juízo, essa era exclusivamente a formação alemã no início da participação. A partir de 1942, vieram consideráveis reforços, que formaram o Panzer Armee Afrika junto com formações italianas. Segue a composição, em Novembro de 1942: – Luftwaffen-Jägerbrigade Ramcke (Generalmajor Hermann-Bernhard Ramcke) 90ª leichte Afrika-Division 164ª leichte Afrika-Division 131ª italienische Panzerdivision “Centauro” 19ª Flak-Division – Deutsches Afrikakorps (Generalleutnant Wilhelm Ritter von Thoma) 21ª Panzer-Division 15ª Panzer-Division 16ª italienische Infanteriedivision “Pistoia” 136ª italienische Division “Giovani Fascisti” (Jungfaschisten) – XX. italienisches Armeekorps (mot.) (Generalleutnant Giuseppe de Stephanis) 132ª italienische Panzerdivision… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Vcs devem se desapegar desses compêndios ocidentais que desmerecem a atuação da URSS e vangloriam os Aliados. A então URSS, literalmente, matou no peito o Exército alemão e ganhou a guerra. Em novembro de 1942, a sorte da Alemanha na Frente Oriental já estava selada. Não adiantaria mandar esses 300 mil alemães e italianos para lá. Italianos foram praticamente inúteis na Frente Oriental. Morreram aos montes. Os russos preferiam atacar os romenos, húngaros e italianos. No cerco que os fizeram em Stalingrado eles atacaram justamente esses soldados, visto que praticamente nem tinham armas anti-tanques. Por essa época, fim de 1942,… Read more »

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Não é bem por aí Antônio.Os russos lutaram praticamente, uma guerra em seu país.Enquanto isso em qualquer parte do mundo,em que os alemães estavam tinham aliados, para dar o combate.Se lembra de quem atrapalhou os planos dos nazi, de terem seu artefato atômico? Pois é,se os nazi conseguissem uma delas seria para Moscou,ou outra cidade.Ao final da guerra os EUA,poderiam ter feito um ataque nuclear preventivo a URSS.Principalmente no bloqueio de Berlin.A URSS deu é sorte.

_RR_
Visitante
_RR_

Não se trata de ofuscar a URSS, e sim de dar o devido reconhecimento a todos os que lutaram. E sim, não se pode negar que o Ocidente aliviou a pressão sobre a Rússia, chegando a manter quase 1/3 da Wehrmatch ocupada no alge das operações, tirando inclusive forças do fronte oriental a partir da invasão da Sicília. Mais uma vez: sem o auxílio material do Ocidente, uma vitória da URSS seria improvável. Foram os próprios maiorais soviéticos, como o marechal Zhukov, que disseram isso…!!! E repito: se o Ocidente fosse derrotado pelo Eixo no começo da guerra, então estaríamos… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Falando sobre a blitz russa especificamente… Hitler havia cometido consideráveis erros na preparação da invasão. Talvez o mais crasso partiu do fato de que não preparou a capacidade logística da Wehrmatch adequadamente. A Alemanha, até então, não havia feito nenhum esforço substancial para aumentar a força de transporte para as tropas, legando a maior parte dos reforços a veículos capturados, que eram muito menos robustos que os tipos alemães. Para se entender os problemas disso… Pela falta de veículos, as forças de infantaria transportavam a maior parte de seus suprimentos em cavalos. E isso foi terrível para manter o ritmo… Read more »

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

A história é sempre contada pelos vencedores e a propaganda faz a cabeça dos ingênuos…veja o uso da mídia e dos meios de comunicação dos eua…o uso do cinema e da imprensa pelos estadunidenses sempre apresentando os alemães e os japoneses como bandidos e eles como mocinhos…hoje os bandidos são os Russos, Chineses e Muçulmanos…amanhã pode ser nós Brasileiros se nos opusermos aos interesses deles… a história estadunidense é toda feita de guerras desde o começo…primeiro contra os Índios que sempre foram retratados como vilões, depois contra os mexicanos que sempre eram apresentados como bandidos e dos quais tomaram quase… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

Amigos,

Sobre o tópico em si, recomendo a leitura de “II Guerra – Momentos Críticos”, de Joel Silveira. É interessante a obra por conter uma série de relatos ( trechos de cartas ) de soldados alemães que estavam em Stalingrado. Há todo um capítulo, inclusive, dedicado a esse evento.

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

Abordar a Segunda Guerra requer cuidados e conhecimentos….a exposição do fato histórico deva ser percorrida com cuidado para não incorrer o risco de impor nossa percepção dos fatos….jamais devemos romper a tênue linha que separa a verdade da ideologia…..

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

“_RR_ 15 de dezembro de 2018 at 16:32 Sobre um envolvimento do Japão nesse cenário imaginário, considere que as forças soviéticas estariam muito debilitadas ao enfrentarem os alemães. Não haveriam reservas para combater os japoneses” O Japão não se rendeu por causa das bombas atômicas…se rendeu por causa da declaração de guerra da URSS contra o Japão..a primeira bomba foi lançada no mesmo dia da chamada operação Tempestade de Agosto(invasão soviética na Manchúria) e era uma maneira de ofuscar a entrada dos soviéticos na guerra contra o Japão e fazer parecer que a rendição foi motivada pelos estadunidenses…ao contrário da… Read more »

_RR_
Visitante
_RR_

O ataque a Hiroshima deu-se a 6 de agosto, ao passo que a operação ‘Tempestade de Agosto’ foi iniciada a 8 de Agosto… Logo, é possível dizer que quem tinha pressa de começar era Stalin… A rendição japonesa aos aliados ocidentais foi anunciada pelo próprio Imperador Hiroíto a 14 de agosto… O 2 de setembro foi mera formalidade, visto a ocupação pelos americanos ter começado em 28 de agosto… Dizer que as armas nucleares não tiveram seu efeito é um equívoco, pra dizer o mínimo. — Falando sobre a operação soviética… Se ela foi essencial ou não para o esforço… Read more »

Heitor
Visitante
Heitor

Nenhuma guerra é fascinante… Quem fala assim é quem nunca teve que se esconder em banker para fugir de bombas. Na verdade a Segunda Guerra Mundial começou nos tópicos do Tratado de Versalhes, com a ideologia da vingança. Um senador americano disse ao então presidente Wilson: “Sr. Presidente, esse tratado não traz a paz, mas a guerra. Guerras mais sangrentas virão com esse tratado.”

Rene Dos Reis
Visitante

A batalha que mais estudei , devem existir muitas valas iguais a esta por serem descobertas ainda , infelizmente.

Sequim
Visitante
Sequim

A possibilidade de uma atrocidade dessas acontecer de novo é mínima em razão de um fator pós -guerra : armas nucleares. Quem diria que será o desenvolvimento tecnológico e não a melhoria moral do ser humano que irá promover a paz.

Rene Dos Reis
Visitante

Sequim , me falta esse otimismo mas torço por isso também.

rdx
Visitante
rdx

Os alemães perderam a guerra porque o alto comando alemão foi infiltrado pela inteligência soviética… e porque a criptografia da máquina Enigma foi parcialmente quebrada. Em razão disto, a guerra submarina foi perdida e as divisões blindadas do front oriental foram conduzidas para um matadouro. Além disso, durante a batalha de Stalingrado, os generais alemães desprezaram os alertas da inteligência romena sobre a intenção do exército soviético em cercar as forças alemãs explorando a desprezível capacidade anticarro das forças romenas. Também pesou a recusa de Hitler em montar um exército com centenas de milhares de desertores e prisioneiros russos a… Read more »

Plínio Júnior
Visitante

Os alemães perderam a guerra quando os EUA entraram nela, jamais conseguiriam alguma coisa lutando contra as 03 potências juntas (Inglaterra, EUA e URSS), tanto em termos humanos quanto industriais. A entrada dos EUA selaram a guerra.

Delfim
Visitante
Delfim

O que me chama a atenção em Stalingrado, como policial, é que a batalha foi a “mãe” dos confrontos urbanos.
Alemães e soviéticos disputavam prédios apartamento a apartamento, cômodo a cômodo. As submetralhadoras, granadas e até pistolas valiam mais que grandes e lentos fuzis de ferrolho. Snipers tocaiavam alvos de valor : um oficial que ostentasse divisas, gesticulasse muito ou recebesse uma continência podia ser morto na hora.
As técnicas de enfrentamento urbano ali adotadas, tanto em armas quanto em táticas, foram absorvidas e aperfeiçoadas ao longo do tempo.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Renato de Mello Machado 16 de dezembro de 2018 at 11:57 Os EUA não poderiam, de forma alguma, ter feito ataque nuclear preventivo. logo após o fim da gerra em 1945. Lembre-se de que nessa época, não havia mísseis balísticos e, portanto, o ataque teria que ser feito de avião e teria que partir de algum aeroporto europeu. Os russos certamente, tomariam o pais de onde partiu o ataque e haveria retaliação. Lembre-se que nessa época, o alcance dos aviões era curto. Portanto, oss Estados Unidos precisavam de um tempo para se preparar e não tardou a criar esse plano.… Read more »

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Boa! Essa de construíram, foi a melhor.Mas não vejo nada, que impedisse esse ataque a URSS.Mesmo sendo similar, ao ataque atômico americano ao japão.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Claro que não consegue enxergar, não tenho dúvidas sobre isso.

E a bomba não foi construída? os russos tiraram da cartola? quando eu digo construída, me refiro desde a fase de prancheta e compasso (não havia autocad nessa época), até a usinagem.

Renato de Mello Machado
Visitante
Renato de Mello Machado

Não duvido que foi assim meu caro,só que tem mais coisa aí não?Muito em função dos recursos e conhecimentos obtidos sobre artefatos atômicos da Alemanha e através de técnicos envolvidos nos projetos dos Estados Unidos e da Inglaterra que se tornaram espiões fornecendo informações valiosas, a União Soviética conduziu seu primeiro teste de arma atômica usando um dispositivo de implosão, o RDS-1 similar a bomba que foi jogada contra nagasaki, codinome Primeiro Relâmpago em 29 de Agosto de 1949, no O Polígono, no Cazaquistão. Com o sucesso desse teste, a União Soviética se tornou o segundo país a detonar um… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Renato. Como disse acima, cada época histórica tem seus fatos. Imagine se a Rússia em vez de vender o Alasca, invadisse e anexasse o resto dos EUA a partir de lá? O poderoso exército czarista teria de combater apenas alguns plantadores de chá e algodão. Não o fez, perdeu o tempo. Agora é tarde para lamentar. Além do mais, seria impossível aos americanos efetuar um ataque desses com milhões e milhões de soldados russos às portas da França, Itália e etc. Seria um massacre de proporções épicas. A História não vive de se. E hoje vemos a ascensão novamente do… Read more »

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Segundo uma teoria criada por um ex-coronel da ABIN, que não me lembro o nome, o hemisfério sul seria um refúgio para o mundo após uma guerra nuclear porque, segundo ele, os ventos do hemisfério norte não se misturam com os ventos do hemisfério sul.

Dessa forma, diz ele, o Brasil seria um refúgio natural para os EUA, a África para a Rússia e a Austrália para a China.

Se essa teoria estiver correta, seria o sonho dourado dos direitinhas. Já pensaram, um americano morando aqui com vocês? os seus ídolos assim tão pertinho, que tudo?

Alessandro
Visitante
Alessandro

então já vai preparando a sua mala pra ir para a África ou Austrália, e aproveita e leve seus amiguinhos canhotos juntos, e não volte nunca mais por essas bandas.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

Vou para onde eu quiser. Você fica, para servir aos seus ídolos, só cuidado porque eles podem querer exterminar os brasileiros, igualzinho fizeram com os índios nativos norte-americanos.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Já imaginava que vc não iria rsrs… então já que é assim, Boas festas pra vc, que o capitalismo “opressor” dê tudo de bom pra vc e sua família, e que a partir de 2019 seja um grande ano para todos nós brasileiros.

Rinaldo Nery
Visitante
Rinaldo Nery

Segundo ele, não. Segundo a meteorologia.

100nick-Elã
Visitante
100nick-Elã

OBS: quando eu lembrar o nome desse coronel da ABIN aposentado, eu posto aqui. Ele tem vários vídeos no Youtube. Dentre algumas loucuras que ele fala, tem muita coisa que faz sentido. À propósito, ele não seria o tipo de pessoa que vocês qualificam como comuna não. Por falar nisso, eu sou comuna? bem, ser comunista é defender um Brasil livre e soberano, defender justiça social e desenvolvimento para o nosso país, um governo técnico – como diria Enéas Carneiro – o melhor presidente que o Brasil não teve – e ser contra os crimes hediondos que o Ocidente comete?… Read more »

paddy mayne
Visitante
paddy mayne

Que saudade dos bons tempos, quando os comentários engrandeciam as matérias. Agora virou espaço para abobrinha e trombonagem. Muita briguinha fútil. E o pior, a invasão de comentaristas profissionais, que gastam muitas horas aqui tentando criar polêmica e bafafá. Impressiona-me particularmente a quantidade de posts que certo indivíduo baba-ovos da mãe Rússia e ocidentófobo intransigente insere neste espaço. Posta mais em um dia do que eu em um ano. Decerto não deve trabalhar (ou então recebe para fazer isso) nem dar muita atenção à sua esposa… Raramente faz comentários técnicos, e quando o faz escreve bobagens e asneiras dignas de… Read more »

Alessandro
Visitante
Alessandro

isso se chama GUERRA CULTURAL, seja bem vindo ! vai se acostumando pq a tendência é piorar, não pense vc que isso só acontece aqui nesse blog, está acontecendo nesse momento na escola do “seu filho” (se vc tiver) na redação da TV do seu jornal favorito, na revista que vc leia, nos filmes e seriados que vc assiste, nas redes sociais ti influenciando, e muitas vezes vc nem se dá conta. qual o resultado final ? CONTROLE ! controlar o seu pensamento fazendo vc aceitar a deles, mas antes disso moldando o comportamento das pessoas, e uma das ferramentas… Read more »

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

“Alessandro 16 de dezembro de 2018 at 14:11 isso se chama GUERRA CULTURAL, seja bem vindo ! vai se acostumando pq a tendência é piorar, não pense vc que isso só acontece aqui nesse blog, está acontecendo nesse momento na escola do “seu filho” (se vc tiver) na redação da TV do seu jornal favorito, na revista que vc leia, nos filmes e seriados que vc assiste, nas redes sociais ti influenciando, e muitas vezes vc nem se dá conta.” É verdade…vc esta absolutamente correto e coberto de razão…se prestar atenção percebera como eles sempre buscam atuar em áreas profissionais… Read more »

carcara_br
Visitante
carcara_br

Isso se chama fim de ano, período de férias e feriados, dá nisso….
E digo mais, até pouco tempo estava tranquilo porque não se dava tanta atenção, bastou um grupo fazer a invocação dos membros do grupo oposto que começou as intermináveis discussões ideológicas…

Alessandro
Visitante
Alessandro

ideias se combate com ideias, por isso se chama guerra cultural meu caro.

se a nossa juventude aprendesse isso nas férias escolares, quem nos dera, esse país seria totalmente diferente, muito mais intelectualizado.

e um bom final de ano, que o capitalismo opressor dê tudo de bom pra vc e sua família.

carcara_br
Visitante
carcara_br

não me sinto oprimido pelo capitalismo rlx…

Cavalo-do-Cão
Visitante
Cavalo-do-Cão

“Alessandro 16 de dezembro de 2018 at 15:41 ideias se combate com ideias, por isso se chama guerra cultural meu caro. se a nossa juventude aprendesse isso nas férias escolares, quem nos dera, esse país seria totalmente diferente, muito mais intelectualizado.” Enquanto para a esquerda deste pais for mais importante ensinar nas escolas coisas como “ideologia de gênero” do que ensinar sobre ciência, tecnologia e geopolítica jamais terão vez neste pais…enquanto para esta gente for mais importante pregar contra a religião e a família do que doutrinar sobre coisas como patriotismo ou nacionalismo jamais terão apoio… precisam abandonar de vez… Read more »

Antoniokings
Visitante
Antoniokings

Achei que fossem ‘FAKE NEWS’. E tem gente boa nisso.

Alessandro
Visitante
Alessandro

Antonio, tenho certeza que vc tem uma grau elevado de conhecimento nisso, é sua especialidade rsrs…

“fake news” são NOTICIAS falsas, tem uma grande diferença entre debate de IDEIAS, até nisso vc distorce.

Maurício.
Visitante
Maurício.

Muitos “se”, “poderia”, “era”, “talvez”…isso não existe em guerras, o povo usa isso para tentar justificar um erro ou algo que não ocorreu, ambos os lados estavam em guerra, quem não fez simplesmente cometeu um erro. Se os alemães estavam em menor número o problema é deles, se pereceram no inverno, o problema é deles também, eles se achavam uma raça superior, saíram de seu território para invadir territórios alheios, vamos ser sinceros, eles tiveram o que mereceram, é impressionante como tem pessoas que tentam defender nas entrelinhas os alemães, eles foram para a guerra, numa guerra você não pode… Read more »