Home Exército Brasileiro Presos no Rio militares suspeitos de envolvimento em morte de músico

Presos no Rio militares suspeitos de envolvimento em morte de músico

4543
274
Carro foi atingido por vários tiros na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução/Redes sociais
Carro foi atingido por vários tiros na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução/Redes sociais

O Exército determinou hoje (8), no Rio de Janeiro, a prisão de dez dos 12 militares que estavam na guarnição envolvida em disparos contra um carro ontem na zona oeste do Rio, que terminou com um morto e dois feridos.

Segundo o Comando Militar do Leste (CML), eles foram presos em flagrante por descumprimento das regras de engajamento.

De acordo com o CML, foram constatadas inconsistências entre os fatos inicialmente reportados pelos militares envolvidos e as informações que chegaram posteriormente ao Exército.

As prisões foram determinadas depois de depoimentos dos militares envolvidos no episódio à Delegacia de Polícia Judiciária Militar e ao Ministério Público Militar.

Inicialmente, o CML informou que a guarnição circulava pelo bairro de Guadalupe quando se deparou com um assalto e foi atacada por criminosos. E que, por causa disso, atirou contra os assaltantes. Segundo essa primeira nota divulgada na tarde de ontem pelo Exército, o homem que morreu e o que ficou ferido eram assaltantes.

Uma terceira pessoa, um pedestre, foi atingido durante o tiroteio, segundo ainda a primeira nota do Exército.

A Polícia Civil, no entanto, depois de fazer uma perícia no local, informou que não havia assaltantes no carro e que as duas vítimas eram integrantes de uma família que estava no veículo. O homem que morreu foi identificado como Evaldo dos Santos Rosa e o ferido que estava no carro seria seu sogro. Evaldo tinha 51 anos e era músico.

Além deles, estavam no carro a mulher de Evaldo e uma criança, que não ficaram feridas.

De acordo com a última nota divulgada pelo CML, os militares presos estão à disposição da Justiça Militar, que realizará a audiência de custódia e decidirá se manterá ou não a prisão.

“O Exército Brasileiro reitera seu estrito compromisso com a transparência e com os parâmetros legais impostos pelo Estado de Direito ao uso legítimo da força por seus membros, repudiando veementemente excessos ou abusos que venham a ser cometidos quando do exercício das suas atividades”, finaliza a nota.

FONTE: Jornal do Brasil/Agência Brasil

Subscribe
Notify of
guest
274 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Carlos Campos
Carlos Campos
1 ano atrás

Os militares não atirariam por nada em um carro, o que será aconteceu? vou esperar as investigações para poder emitir opinião

Heitor
Heitor
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Complicado que comentário como o seu não são retidos… não se se vc leu as noticias mas havia crianças no carro, crianças ficaram órfãs de pai. Mais um que morre no Rio por causa da cor da pele.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Heitor, antes de querer polemizar, espera pelas investigações… é como o colega acima disse, precisa esperar para ver quais as informações foram passadas para os soldados… no Hell de Janeiro, tudo é possível…

Sequim
Sequim
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Meu caro, não há investigação que justifique o disparo de tantos tiros contra um carro de passeio. Foram dezenas. O que se sabe é que um carro do mesmo tipo e cor disparou contra os militares em outra hora e local no mesmo dia. Daí eles encontraram outro carro e o que fizeram? Encheram ele de tiros, ora,ora,ora… Não verificaram quem estava dentro! As investigações iram apontar apenas se foram irresponsáveis ou também incompetentes.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Sequim, é como eu disse anteriormente, no Hell de Janeiro tudo é possível… agora o que a família estava fazendo nessas bandas (se perderam?), se o Exército está lá é porque não é uma área das melhores… infelizmente a culpa é do sistema que sempre defendeu bandidos, agora todo mundo vai culpa o EB e defender que é direito dos manos controlar a área…

João Augusto
João Augusto
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Pelo amor de Deus, Alex. Lê o que você escreveu. Os caras andam onde quiserem. Não é uma maldita zona de guerra. Tem gente morando e trabalhando ali e é a maioria. Não é porque é favela ou periferia que o cara tem que explicar porque ele estava em tal localidade. Isso foi o fim da picada e a única pessoa defendendo bandidos aqui é você (podem ser apenas militares absolutamente incompetentes que viraram bandidos por conta dessa inépcia total). De qualquer forma, me parece que é mais um exemplo de porque as Forças Armadas não devem ser utilizadas para… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

João Augusto, primeiramente, em nenhum momento defendi ninguém, e segundo, você disse muito bem, esse não é o papel do Exército brasileiro, se chegou nesse ponto é porque o Rio está falido, e você vem dizer que ali não é zona de guerra?

Se liga, ali a noite só anda mano com fuzil… você deveria ir constatar in-loco.

Acorda cara, no Brasil, contabilizados o número de homicídios passam de 66k por ano… e você ainda acha que não é uma guerra?

Raphael
Raphael
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Meu caro Alex, fui militar do Bescom e ja fiz patrulhas ali na região.. .próximo ao local há moradia de praças e portanto o Exército mantém sempre rondas . A conduta desses militares e totalmente injustificada e destoante das regras de engajamento que são passadas na parada diária. A nao ser qie estivessem sob fogo cerrado de armas pesadas, nada justifica disparar 80 tiros contra um carro suspeito. Infelzimente, colocam normalmente um 3 sargento sem experiência, como eu era, para comandar essas frações nessa cidade doida que é o rio! Não defendo esses bandidos canalhas, mas não podemos achar q… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Raphael
1 ano atrás

Exatamente Raphael, ao contrário do que alguns querem fazer parecerem, em nenhum momento defendi nem um lado nem outro, simplesmente disse em meu primeiro comentário (você mesmo pode verificar na linha do tempo dos posts) que antes de polemizar, como um colega quis fazer dizendo que o motorista foi morto devido “a cor da pele”, deveríamos esperar pelas investigações, pois é um caso complexo demais para simplesmente sair proferindo condenações e querendo fazer acreditar que o Exército é contra minorias, é muito fácil querer por um contra o outro e criar intrigas desnecessárias nessa situação. Fico muito triste pela situação… Read more »

Luciano
Luciano
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

Perfeito!

sergio ribamar ferreira
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

Forças armadas não devem ser empregadas ou utilizadas para segurança pública. Por isso existem as forças auxiliares: polícia civil(polícia judiciária) e Polícia Militar(policiamento ostensivo e agente da autoridade policial(delegado de polícia) concordo com o Sr. João Augusto. Não se justifica a conduta dos militares do EB. Grande abraço.

Roberto Medeiros
Roberto Medeiros
Reply to  sergio ribamar ferreira
1 ano atrás

Sérgio Ribamar Ferreira
Não sou bacharel nas ciências jurídicas, porém adoraria saber onde que está escrito que o PM é agente do delegado de polícia….
Nem vinculação administrativa existe.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Roberto Medeiros
1 ano atrás

Qual é a autoridade policial:delegado de polícia. Agente ou melhor dizendo auxiliar da autoridade policial( PMs). Desculpe Sr. Roberto e grande abraço.

sergio ribamar ferreira
Reply to  sergio ribamar ferreira
1 ano atrás

Esqueci: artigo 4º do CPP . Autoridade policial( delegados da policia civil dos estados e delegados da polícia federal- polícia judiciária) agente estatal que não seja delegado de polícia não pode ter o título de autoridade policial. são agentes ou auxiliares. Grande abraço. Não sou advogado nem tenho conhecimento jurídico. Desculpe o incômodo e erros.

Roberto Medeiros
Roberto Medeiros
Reply to  sergio ribamar ferreira
1 ano atrás

só para esclarecimento 1) Helly Lopes Meirelles, Direito Administrativo: Autoridade é todo funcionário público com capacidade para a decisão. 2) Inexiste qq vinvculo administrativo entre o delegado de Polícia e os PPMM. Essa de chamar os integrantes da PM de “agentes de autoridade” entra em total confronto com o preconizado pelo doutrinador jurídico acima. 3) O que corrobora o que eu disse acima: A previsão legal, de que se o PM não estiver satisfeito com a condução que vai ser dada a sua ocorrência, divertindo o seu entendimento do preconizado pelo Delegado de Polícia, poderá simplesmente, após comunicar e ser… Read more »

francisco
francisco
Reply to  Roberto Medeiros
1 ano atrás

Doutrina só serve para a gente estudar na faculdade de direito. Na prática o que vale é a lei e, somente o delegado de polícia é autoridade policial.
Helly Lopes de Meyreles já faleceu há tempos. Hoje nas faculdades de direito adota-se o pensamento de doutrinadores mais atuais (deixo de citar nomes para não fazer propaganda de livros, pois não é de meu interesse).

Michel
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

Concordo com o sr. pois é inacreditável que encontremos defensores desse ato covarde.
Provavelmente tais defensores, caso estivessem dentro do veículo com a família, iriam gostar, depois de desencarnados, de saber que foram mortos pelo exército.

Frederico Bacic
Frederico Bacic
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

“agora o que a família estava fazendo nessas bandas”

Comentário bastante desnecessário.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Frederico Bacic
1 ano atrás

Frederico, se você sabe que o lugar é perigoso você ainda assim se arrisca a passar por ele?

Saiu da porta de casa para fora, ninguém está a salvo, ainda mais nos morros do Rio.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

E você quer que os caras fiquem dentro de casa? https://www.youtube.com/watch?v=FAQIqu0-f2c Olha a “quebrada” onde foi o homicídio. Olha o horário noturno que foi. Entendeu que você está todo errado? Cara, por mais que funcione do ponto de vista retórico, não é comparável com uma guerra, motivo pelo qual, obviamente não tem zonas de exclusão impostas aos habitantes civis. Em tempo I: eu acho que o exército não deveria fazer isso, mas está na Lei e na CF que pode e, se aceitou o encargo e entrou no merdeiro, então que assuma as responsabilidades e faça direito. Agora me diga… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

João Augusto, infelizmente acho que a verdade é demais para você.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Falou o que acha que o crime aconteceu de noite numa quebrada.
Você não vai sair da sua casinha de preconceito então não há porque continuar. Passar bem.

sergio ribamar ferreira
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

Forças Armadas não são e não devem ser utilizadas para segurança pública. Para isso existem a PM e PC. Todo local ´pode ser perigoso. Trabalho e tenho de passar por locais perigosos para chegar ao meu trabalho e retornar para minha casa. E aí vou deixar de trabalhar? O que não se tem é atuação e patrulhamento da PM em certos locais. E aí? A solução é colocar conscrito ou recruta com seis meses de serviço militar para fazer patrulhamento sem o mínimo de conhecimento de como lidar com a população. Reitero concordar com o Sr. João Augusto. Reafirmo: Forças… Read more »

Emilio
Emilio
Reply to  sergio ribamar ferreira
1 ano atrás

Nossas Forças Armadas estão muitíssimo bem preparadas para lidar com a população em ações policiais, como mostraram na estabilização do Haiti por forças da ONU lideradas pelo Brasil e nas diversas intervenções que já foram realizadas no Brasil. Essa ladainha de que Exército é pra guerra etc… é besteira pois as ações de GLO Garantia da Lei e da Ordem são atribuições constitucionais das Forças Armadas e elas se preparam continuamente para isso. A guerrilha urbana nos moldes da Síria e do Iraque são estudadas há anos pelas FA. As falhas operacionais como a que ocorreu no RJ onde a… Read more »

Michel
Reply to  João Augusto
1 ano atrás

Concordo, João Augusto.

Michel
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Para alguns a verdade é demais, para outros é melhor não vê-la.

Luciano
Luciano
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex, boa noite. Eu dou aula numa escola noturna num bairro violento. O que vc sugere? que eu nao trabalhe? Eu e outros professores, além dos alunos que vão, nos arriscamos por que queremos? Garanto a vc que a maior parte dessas pessoas que moram em bairros violentos gostariam de morar em outro lugar. Eu mesmo adoraria morar num dos bairros ricos daqui de Salvador….nao tem encosta caindo, o transporte público funciona e mais da metade do policiamento se concentra nesses bairros.

sergio ribamar ferreira
Reply to  Luciano
1 ano atrás

De acordo com o Sr. Luciano

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Luciano
1 ano atrás

Luciano, na sua situação, você assumiu o risco e você bem sabe que se o bairro é violento é porque ali existe um ambiente propicio para tal, comércio de drogas? Só existe porque tem quem compre… os consumidores são os próprios alunos, moradores do bairro? Pode ter certeza de que quem vive por ali sabe quem são os indivíduos violentos e se fecham os olhos e fingem que não vê estão sendo coniventes com a situação. Denunciar é complicado? Sim! Demais… mas ai que está o problema, o poder emana do povo e se o povo fecha os olhos e… Read more »

Luciano
Luciano
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Olá, Alex. Então o que sugere é que nós todos abandonemos as áreas de risco? O Brasil é um dos países com mais cidades violentas do mundo. Curitiba, por exe, tem quase 35/100 mil mortes…quem mora lá assumiu os riscos né, é cúmplice disso?? Vc mora numa dessas cidades do interior super tranquilas, que quase não tem violência?

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Luciano
1 ano atrás

Luciano, eu fiz uma sugestão para você especificamente… mas que também pode ser adotada por quem achar que assim será melhor. Viver no interior é uma opção, normalmente se esbarra com a falta de bons empregos com melhores salários, mas é o preço que se paga para ter uma vida mais tranquila. Eu sei que independente do lugar, de um modo geral o Brasil é um país violento, o que eu tentei dizer com meu comentário é que, só a população pode mudar o país, mas infelizmente nem todos tem consciência disso. Eu entendo que não é fácil simplesmente sair… Read more »

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex, eu não tenho os dados, mas e se eram moradores da região? ou estavam se dirigindo ou vinham da casa de um parente na região? O problema é que devíamos nos sentir seguros de ir e vir, independente do local ou hora. Devíamos ter medo só dos bandidos.

Michel
Reply to  Frederico Bacic
1 ano atrás

Verdade. Talvez se fossem moradores da zona sul e da alta classe média essa argumentação nem ao menos existisse.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Para de passar o ” pano” Alex , eu sou militar de carreira , mas infelizmente ” meus colegas do EB” erraram feio no procedimento , não tinham confirmação visual de quem estava dentro do veículo , poderiam pelo menos ter atirado nos pneus do carro , dai ele parava e iam averiguar.

Lucas
Lucas
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Pelas informaçoes que tenho esse pessoal morava perto do local onde foram atingidos.
Foram OITENTA tiros. Será que tinha necessidade pra tamanha demonstração de força?
Aquela velha história, garanto que se fosse com pessoas ricas num bairro rico tua reação iria ser bem diferente.
Pessoas com as ideias como as tuas me fazem sentir vergonha.

Luciano
Luciano
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Olá, Alex. O próprio EB admitiu que eles erram, no mínimo, nas regras de engajamento. Do bandido a gente espera tudo, pior, o inferno, mas de forças de segurança esperamos o cumprimento da lei, profissionalismo e proteção! Ainda mais com FFAA, onde o armamento é de guerra. Não há meio termo. É pra isso que querem “segurança jurídica”? Dar um tapinha nas costas e dizer “foi mal, nos enganamos”? Ou “agimos sob forte emoção”? Engano com .308 é morte!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Heito vc estava lá? vc viu o que aconteceu, tem o registro cerebral dos militares, para saber o que eles pensaram? meu comentário não agride ninguém, nem defende nada, é uma postura de uma pessoa lúcida que não sai acusando os outros de qualquer jeito.

Heitor
Heitor
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Entendo Fernando.. mas quantos carros do mesmo modelo e cor existem lá? Por que logo aquele? Quais os motivos encontraram de atirar naquele carro? Eu falo isso pq não é o primeiro caso, cara… caso Amarildo, o outro caso do rapaz que estava com um guarda-chuva esperando a filha (foi morto pela polícia pq confundiram com um fuzil…), não é polemizar, é o que está acontecendo… não estou falando que todos os policiais ou soldados são racistas, mas sim, existem esteriótipos e é aí, nesses detalhes, onde encontramos o racismo em nossa sociedade.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Heitor
1 ano atrás

E dá para ver a cor da pele através do vidro do carro?

Erraram ao atirar, mas daí a dizerem que atiraram porque eram negros dentro do carro tem uma longa distância..

Como se o exército brasileiro fosse formado por loiros de olhos azuis

Camargoer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Caro Rodrigo. Fiquei intrigado também sobre a transparência do vidro do carro. A foto mostra o parabrisa perfurado por balas mas sem insulfilme. Procurei outras fotos para verificar os vidros laterais mas nenhuma é boa o suficiente para verificar a transparência. Então, pelo menos pelo parabrisa dianteiro seria possível identificar as pessoas dentro do veículo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Você consegue ver que tem gente dentro do carro sem película, mas dai a identificar a cor da pele vai uma distância enorme.

Camargoer
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Caro Rodrigo. As películas mais escuras permitidas para um parabrisa são as de 75% de transparência (vidros traseiros podem usar películas até 28%). Pode ser que ocorra algum problema como reflexão do sol ou um bloqueio pela coluna do carro, mas 75% de transparência deveria permitir que um agente treinado conseguisse identificar com facilidade os integrantes de um carro através do parabrisa. Parece-me que não há como afirmar que o militar teve ou não condições de identificar o interior, mas acho estranho que ele tenha feito um “tiro-cego” sem uma identificação dos passageiros.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

O meu carro não tem película no pára-brisa e não da para ver a etnia de quem está dentro do carro a não ser que você esteja muito perto, o que não foi o caso nesta situação do RJ

Roberto Medeiros
Roberto Medeiros
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Carmagoer Esquece isso que a lei prevê. Tem gente q coloca insulfilm fora das normas. Vc acha q lá para aquela parte da Zona norte ou da Zona Oeste o Detran vai fiscalizar alguma coisa? Desafio vcs a me mostrarem UMA lei seca que seja realizada em.alguns bairros daquela região como Fazenda Botafogo, Acari, Barros filho, Costa Barros, Vigário Geral, Guadalupe, etc…. Aliás vou mais longe. Quero ver quem está criticando os.militares, ter coragem de entrar fardado em uma viatura policial militar (Se eu disser militar, vão sugerir.guarani. aí não vale) e fazer um tour das 2200 às 0600 nestes… Read more »

Camargoer
Reply to  Roberto Medeiros
1 ano atrás

Olá Roberto. O importante seria saber se o carro da vítima tinha uma película no parabrisas (acho que não) e se tinha, quanto isso teria dificultado identificar os passageiros. Hoje pela manhã, prestei atenção nos carros que vinham em sentido contrário enquanto fui ao trabalho. Notei que as vezes era fácil identificar os passageiros e em outras não. Dependia do modelo do carro, ter ou não película, a posição do carro e a posição do sol e por fim, o biotipo do passageiro. Minha conclusão é que não dá para afirmar nada (talvez uma reconstituição)

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Heitor.
Não foi por causa da cor da pele. Foi erro que deve ser investigado e responsabilizado. Eu próprio aqui em São Paulo tive uma arma apontada para minha cabeça por dois ladrões negros. Se estivesse armado os dois teriam sido mortos por serem bandidos, e não por serem negros. A maioria daqueles que morreram em confronto com a ROTA, o foram porque são bandidos e não por serem negros.

Prefiro não dizer
Prefiro não dizer
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Como a maioria das pessoas não conhece armas estão achando que 80 tiros foi muito. Eram 10 militares atirando, portanto cada um deu em média 8 tiros, basicamente uma rajada {um apertar de gatilho} de um FAL, que imagino ter sido a arma. Se os soldados cumpriram uma ordem, não podem sequer serem acusados de culpa, já que seu comandante é o responsável, a não ser que todos tenham atirado por si…o que é possível, mas duvidoso. Sobre terem atirado porque o motorista era negro, fico na dúvida se tiveram visão para saber a cor do motorista, ele foi mais… Read more »

Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

O fato de um bandido como vc ter permissão para comentar aqui, assim como seu cúmplice imoral Fernando abaixo, mostra que esse blog está no fundo do poço. Um comentário como o seu e do outro abaixo, num blog sensato e democrático causaria sua expulsão automática dele por cafajestada moral. Seu comentário nem postado seria.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Está fazendo o quê aqui então. Vaza!

CM

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Por isso exaltei a transparência do EB e disse que “se” vacilaram que paguem, o que vale pra qualquer mortal.

Celso Cruz
Celso Cruz
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Como atirariam “por nada”? Tú conheces a realidade do local? A barra é pesadíssima ali. Eu já fui atender dois clientes em Guadalupe e por um acaso tomei um ônibus na rodoviária próximo aonde se deu este fato. Durante o dia, o local é patrulhado pelo EB pois é área militar e quando estes caem fora, os traficantes tomam conta. Agradeço noite e dia por um 3º SGT (do EB) ter me alertado sobre isso. Tomei o ônibus que já estava de saída. Ali é terra de ninguém. E as pessoas de bem ficam a mercê deles. A patrulha do… Read more »

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Não se atira para matar em carros suspeitos.
Se atira nos peneira ou no máximo no bloco do motor para imobilizar o veículo.
E quando as mulheres, idosos e crianças saíram do veículo deveria ter cessado a agressão.
Deve se investigar sim, e se provado ser presos como qualquer assassino comum.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Foxtrot
Perfeito seu comentario.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Pneus.
Maldito corretor de textos

Roberto Medeiros
Roberto Medeiros
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Foxtrot Menos. Pelo seu comentário já deu para notar q o mais.proximo q vc teve de um.confronto real foi no videogame…. Na hora a sua visão afunila em túnel , vc.fica com a audição abafada e muitas.vezes não ouve nada, o coração parece.que vai sair.pela boca. Vc fica com a adrenalina lá no alto, a boca seca, suando pelas.mãos a ponto delas ficarem escorregadias. Vc não consegue contar os disparos, quiçá observar detalhes. Quem te fala isto é alguém.que passou mais de dez anos trabalhando naquela região e perdeu as.contas de qtas vezes pensou q tinha chegado ao fim da… Read more »

Michel
Reply to  Foxtrot
1 ano atrás

Concordo! Duvido muito que tivessem essa atitude com os drogados que financiam o crime a valer ou bandidos ricaços na zona sul carioca.

nereu
nereu
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

segundo Sergio O Mouro isso foi legitima defesa pois os militares estavam sobre forte pressão

Heinfield
Heinfield
Reply to  nereu
1 ano atrás

segundo maria do rosario todo policial é despreparado

Jesus Baccaro
Jesus Baccaro
Reply to  Heinfield
1 ano atrás

E ela está certa!

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Lamentável. Eu não estava lá, então não opinarei contra os soldados. Sim direi que pude averiguar nas minhas próprias experiências vividas, fazendo security patrol entre civis no Iraque, de vez em quando dava m*rda. Apesar de estarmos em uma área de conflito, e sem mal intenção, tropas entre a população é sempre delicado e difícil. É por isso que aqui temos o chamado Posse Comitatus, que nos proíbe como soldados de fazer trabalhos policiais dentro dos Estados Unidos. Por acaso estive lendo mais cedo que uma patrulha do exército foi atacada a tiros no Rio De Janeiro hoje. Isso parece… Read more »

Leandro
Leandro
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

Houve, mas um caso não teve nada haver com o outro. O lance que resultou na morte do musico, ocorreu com a seguinte dinâmica…. Dois carros brancos passaram em alta velocidade pela guarnição que inciou a perseguição. Os dois primeiros carros ao dobrarem uma esquina ultrapassaram um terceiro carro tbm branco ( o que estava o músico e sua família ) logo em seguida a patrulha tbm dobrou a esquina e viu esse terceiro carro e em seguida veio os disparos contra o veículo. Quando o carro parou um senhor saiu de dentro e foi baleado pelos soldados. Logo em… Read more »

Gilson Nélio
Gilson Nélio
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Um, dois, ou até três, fazerem uma cagada
pode ocorrer por vários motivos .
Mas doze, me causa estranheza .
O ambiente é tenso .
Alguém disparou ,e a tensão “que não explica nem justifica”
fez com que outros também disparassem .
Só quem já enfrentou tiroteios ,sabe o que é isso .

Roberto Medeiros
Roberto Medeiros
Reply to  Gilson Nélio
1 ano atrás

Gilson Nélio
Perfeito.
É muito fácil querer crucificar a guarnição, qdo a experiência mais próxima que se tem de confronto é em um.videogame. Qdo o mais.proximo q se chegou de disparar uma arma foi em um estande de tiro.
Só quem já passou por uma.situação real, é que pode.imaginar o q pode realmente ter acontecido. É que.pode entender o q motivou os militares a agirem.daquele jeito.

Michel
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Atiraram sim, e ainda debocharam enquanto a esposa gritava de angústia. Gostaria de sabe se fosse o sr. e sua família a estarem dentro do veículo o discurso seria o mesmo.

Leandro
Leandro
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Pq não iriam atirar? Não possuem eles dedos para puxar o gatilho?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Por nada não foi, foi um erro de identificação.

Relativizar não dá…

Também não tem cabimento crucificar a força toda por isto.

Tomcat4.0
Tomcat4.0
1 ano atrás

É isso ae EB. Transparência e eficiência . Se vacilaram ,que paguem.

Brunow Basillio
1 ano atrás

E isso que da quando coloca o Exército para fazer trabalho de polícia…

Agnelo
Agnelo
Reply to  Brunow Basillio
1 ano atrás

O exército estava patrulhando área militar. A mesma onde, poucas horas antes, duas viaturas receberam dezenas de disparos de fuzil.

Mig35
Mig35
1 ano atrás

Despreparo total.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Cara, Exército não é polícia… isso que dá 16 anos de governo podre e liberação do crime com o “direitos dos manos” defendendo bandido.

Sequim
Sequim
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Cacete! Até em momento desses vem gente fazer proselitismo político de sua ideologia. Vergonhoso!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

No Brasil, Exército não está preparado para ser Polícia e muito menos militar para ser Presidente.
Os resultados estamos assistindo estarrecidos.

Gabriel
Gabriel
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Mais uma prova da sua ignorância e desconhecimento.

Existem tropas do Exército preparadas para atuarem como “Polícia”.
Inclusive o uso do Exército na Segurança Pública está previsto em Lei.

Para ser Presidente não existe “formação prévia”. Até porquê se existisse, os Presidentes dos últimos 14 anos teriam sido outros.

Para finalizar, “estarrecedor” é você diariamente escrever bobagem em cima de bobagem, passar vergonha, mas continuar sem vergonha de passar vergonha.

JPC3
JPC3
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

Presidente dele leu dois livros na vida.
Na verdade leu um e meio…

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  JPC3
1 ano atrás

Até a página dois…

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

Gabriel, não se sabe se esses militares são ou não de unidades especializadas em GLO. Se forem o EB terá que rever procedimentos se não forem vai ter que diminuir o número de militar nessas ações para evitar esses erros.

Ps.: Não dá ser todos passarem por esse curso pois a doutrina de GLO difere da doutrina para “guerra”. E vice-versa uma tropa preparada pra guerra não pode fazer GLO sem “problemas”. O tempo de reação muda entre as duas ações assim como o protocolo.

PAULO SANT ANNA
PAULO SANT ANNA
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Entre na discussão…Amigo, vc dizer que militar não está preparado para ser presidente, é falar do que não conhece, né? Tivemos 5, eu disse 5,presidentes militares no regime militar, nenhum roubou, morreram pobres, e o ´País experimentou índices enormes de crescimento! Não escute só o que o seu professor de história falou, pesquise mais, estude mais, para formar opinião!

Michel
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Onde assino?

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Nem mesmo aqui nos Estados Unidos estamos preparados para sair fazendo o trabalho do LAPD. Eu sou MP, ou seja, o que seria polícia do exército
no Brasil, mas só temos poderes de polícia dentro da base. É simplesmente o mais sensato. Há algo muito errado com o Brasil.

Mig35
Mig35
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex Nogueira, Fala isso para a família do Sr. Evaldo.
Você, Alex Nogueira, não vale nem a resposta. Você é um … totalmente sem noção para dizer um absurdo como esse. Pelo jeito nem recruta deve ter sido. Eu sinto vergonha alheia pelo comentário escabroso que você fez Alex.
Até peço desculpas aos outros debatedores e aos editores desse site. Que coisa. Deus abençoe essa família que ficou sem pai.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Sequim, Antonio e Mig35 (enfim, acho que são todos a mesma pessoa), vão defender os manos, a opinião de vocês quanto a minha pessoa pouco me importa, no fim do mês quem paga minhas contas e coloca comida na minha mesa sou eu, e pode ter certeza que eu não dependo de assistencialismo nenhum para isso 😀 .

Quanto a família, infelizmente, estavam no lugar errado, eu jamais iria viver no inferno que é o Rio de Janeiro, nem mesmo em áreas consideradas nobres, quiçá nos morros…

*Podem malhar a vontade que aqui a costa é larga.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Prezado Alex.
Sem querer ofender, mas, se é vc nesta foto, com esta pinta de ‘nerd’, as suas opiniões devem ser devidamente relativizadas.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Caro Antonio, não se deixe levar pela foto, lembre se, você não sabe nada sobre mim, não sabe nada sobre meu histórico de vida, nadinha de nada sobre minha história rsrsrs 😉 .

Sequim
Sequim
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Eu sou eu , é não os outros, entendeu? “A família estava no lugar errado na hora errada” . Anrram, sei… Normalmente gente que pensa assim tende a ser muito compreensiva quando coisas ruins acontecem com a família dos outros. Gostaria de saber se fosse alguém da sua família que tivesse sido atingida , se você seria tããão compreensivo assim. Aposto um doce que não.

Michel
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Exato, Sequim. Já imaginou esse rapaz vibrando em forma de fantasma e feliz da vida (da morte) por ter sido “banido” pelo exército?

Mig35
Mig35
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex Nogueira, parafreaseando o Bezerra da Silva:
“Atrás do teclado você é um bicho(a) feroz, feroz, sem ele anda rebolando e até muda de voz”…

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Kkkkkkkkkk, você realmente é de es quer da, segue a cartilha direitinho, chame-os do que você é…

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Só para constar, eu fiquei sem pai com 4 anos de idade.

Botem esse pai de família na conta do Lulu e do Cabral e cia…

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Pode ter certeza que eu falaria sim para essa família, por que vocês ainda continuam se arriscando em sair a noite em lugares que estão sob intervenção.

Infelizmente viver em uma cidade onde o caos e o crime imperam, o custo é a liberdade, não da para sair em qualquer hora e em qualquer lugar.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex Nogueira, aí está o link que você me pediu noutro artigo mais cedo, desculpe a demora:

https://www.mises.org.br/Article.aspx?id=2971

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Obrigado DL!

Só um adendo OFF-TOPIC sobre a conclusão do artigo:

“Como as taxas de 30 anos e 3 meses ainda não se inverteram, não se pode dizer que há um indicador consolidado de recessão nos EUA. Entretanto, a inversão das curvas de 10 anos e 3 meses — que é o segundo melhor prognosticador — chama a atenção. E acende um alerta.”

No mais é um sinal amarelo e deve-se estar extremamente atento, o que também não significa que vá acontecer de fato.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Sim foi o que eu falei no outro artigo, há uma previsão. Abraços!

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Em primeiro lugar, meus sentimentos pela perda de seu pai aos 4 anos de idade.
E tendo sido menino no Rio em tempos muito melhores, fico cheio de magoa em ver no que se transformou essa cidade.
E uma pergunta; está se referindo ao Yield Curve?

Abs

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Joao Moita Jr
1 ano atrás

Off Topic: Obrigado João, sim é sobre as taxas de juros e a tentativa de se prever uma possível recessão econômica através de estudos feitos com base em inversões da taxa de juros de curto e longo prazo em anos anteriores.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Realmente, muito preocupante. Aqui nos círculos econômicos não se fala de outra coisa. A inversão é um predictor muito confiável de uma recessão. Oh well. Daqui a pouco saberemos.

Abs

Rafael Oliveira
Rafael Oliveira
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

O crime foi de dia.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Rafael Oliveira
1 ano atrás

Rafael, se foi durante o dia, pior ainda, só mostra que a situação do Rio é realmente sofrível.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

O Rio está virando Mogadishu

nerudarruda
nerudarruda
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

mas o ataque em questão não aconteceu às 14:10 aproximadamente?

MGNVS
MGNVS
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex O que isso tem a ver com o P T ? O fato ocorreu no governo atual. Seus comentarios ja tiveram mais bom senso e ja foram mais sensatos, mas agora vc esta parecendo nao querer ver a realidade dos fatos ao tecer comentario baseado puramente em proselitismo ideologico. O Foxtrot fez um comentario excelente. Nao se atira para matar em um carro suspeito, vc faz um cerco e atira nos pneus ou no bloco do motor, mesmo pq aparentemente o carro nem mesmo estava em “fuga”, estava andando em velocidade normal compativel com a da via e qndo… Read more »

C. César
C. César
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

Claro, Vcs são pagos para tro llar para o partidão, né!? E segundo vcs em três meses o atual governo ¨estragou¨ 14 anos de ¨maravilhas¨ que o P t deixou, não!?

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

“O que isso tem a ver com o P T ?
O fato ocorreu no governo atual.”

O governo atual tem pouco mais de 3 meses… o inferno do Rio de Janeiro já vem de mais de 30 anos.

MGNVS
MGNVS
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Entao… respondeu com mais do mesmo… ou seja, so proselitismo ideologico que nao agrega nada ao debate.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  MGNVS
1 ano atrás

MGNVS, como não agrega nada ao debate?

Vou mentir e dizer que o problema do Rio começou no início desse ano?

Então para poder agregar algo eu precisaria trazer um estudo antropológico com dados aprofundados e baseados em fatos históricos que datam desde a colonização do Brasil?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Mig35
1 ano atrás

mais uma mente iluminada que viu tudo que aconteceu e tem acesso aos pensamentos dos envolvidos,,,, espera a investigação, imagina se vc é confundido com bandido e é linchado de graça por aí? vai achar gostoso né?

Michel
Reply to  Carlos Campos
1 ano atrás

Pelo que ele escreve (digita) vai sim!

Agnelo
Agnelo
Reply to  Mig35
1 ano atrás

O Exército operou no RJ por meses. Mais de um confronto por dia. Dezenas de bandidos mortos. NENHUM civil.
Vc estava lá pra saber o q aconteceu?
Quantas vezes vc passou na entrada da favela do Muquiço?

Os erros e circunstâncias estão sendo apuradas.

PACRF
PACRF
Reply to  Mig35
1 ano atrás

De acordo. Infelizmente, o EB não consegue nem cumprir uma de suas principais funções constitucionais, que é zelar pela integridade de nossas fronteiras terrestres por onde entram, principalmente, armas de grosso calibre que alimentam o crime organizado.

Charles Dickens
Charles Dickens
Reply to  PACRF
1 ano atrás

Milico só faz m____, não tem jeito.

Claudio Moreno
Claudio Moreno
1 ano atrás

Boa tarde Senhores! Lamentável ocorrência. Tardou mas aconteceu, estava estranhando que ainda este trágico episódio não tivesse acontecido. Vale lembrar que os nosso homens tem sido alvejados todos os dias no RJ. Não sei precisar se foi no mesmo dia desta tragédia, que um Lince foi alcançado por pelo menos 4 disparos de fuzil. O exército é treinado para neutralizar a ameaça, não foi constituído para fazer ronda ostensiva. Caros senhores, vocês acreditam mesmo que era intensão dos militares crivar de balas a tal a Família? Este incidente demonstra o erro que foi, por tropas das FFAA para fazer segurança… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Claudio Moreno
1 ano atrás

Claudio Moreno, perfeita sua colocação.

Agora é suportar a mídia e a turminha do mimimi falando o mês todo sobre isso em tentativa de desgastar o governo de alguma forma…

Dá-lhe paciência.

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Claudio Moreno
1 ano atrás

Claudio Moreno, Só complementando o EB tem tropas treinadas para esse tipo de operação provavelmente acredito que o número seja muito pequeno o que pode ter levado a “escalar” militares de tropas regulares para esse tipo de ação. Ou seja o EB tem meios para intervir, mas não de forma tão abrangente como estão fazendo agora. E o erro que ocorreu também pode, infelizmente, ocorrer com outras forças de segurança inclusive com a polícia.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Claudio Moreno
1 ano atrás

Deve-se registrar que foi justamente a “turminha do mimimi e lula livre” que mais buzinou contra a intervenção militar no RJ que, relembre-se, foi feita pelo PMDB com apoio do atual presidente que, enquanto deputado, votou, junto com outros 340, a favor desse fiasco.

Caravaggio
Caravaggio
1 ano atrás

Esse é o lugar ideal para ler pessoas defendendo o festival de tiros em cima de uma família de negros cariocas pelo Exercito, matando o chefe dela, um perigoso músico.

Não se preocupem Temer providenciou para que eles sejam julgados por eles mesmos. Tá em casa, taoquei?

Tomcat4.0
Tomcat4.0
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Comentário mais inútil e tendencioso que este seu ,impossível!!!

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Comentário com o selo de qualidade UOL

CESAR ANTONIO FERREIRA
CESAR ANTONIO FERREIRA
Reply to  Tomcat4.0
1 ano atrás

Aquilo que não gostas é “inútil e tendencioso”…
Inútil e tendencioso é o comentário que nada expõe além da hostilização do outro…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  CESAR ANTONIO FERREIRA
1 ano atrás

Comentários mais inúteis e tendenciosos que os seus, são difíceis de encontrar.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Você não mora no Rio, pelo visto, né? Enfim, o EB está atuando exatamente como manda o figurino. Se houveram abusos, os militares serão punidos como manda a lei. Nada mais, nada menos. É isso que eu espero do EB quando uma situação dessas ocorre. Que sejam transparentes para com a sociedade e atuem de acordo com as leis. Aparentemente foi uma confusão que resultou na morte de inocentes. Acontece durante conflito, mas não deixa de ser trágico. O que realmente parece pesar contra os militares foram as informações desencontradas durante os depoimentos. Isso é algo que simplesmente não deveria… Read more »

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

ninguém defendeu nada aqui, a única coisa que tô vendo é vc atancando o Temer, o Bolsonaro e o EB. numa atitude infantil.

Samuca cobre
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Acorda cara!@!

Delfim
Delfim
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Lembrando que a imensa maioria dos conscritos é negra.

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Delfim
1 ano atrás

1 – Falta de opção;
2 – Conhece a expressão “Capitão do Mato” e o seu contexto histórico-cultural ?

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Por…a ! Tu está aqui ainda? Vaza!

CM

Ricardo da Silva
Ricardo da Silva
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Infelizmente tenho percebido que cada vez mais em sites militares tem aparecido pessoas de comentários moralmente questionáveis. Do tipo que tem “Malvado Favorito”. Pessoas que, por uma frustração mal resolvida ou outra, se alegram com a desgraça alheia (sempre a desgraça dos ‘menos favorecidos’ e de quem os apoia) e adulam aqueles que repudiariam se tivessem o mínimo de coerência com a exigência fazem com os ‘do outro lado do espectro político/social/econômico’. Apesar de se declarar comunicador de notícias militares, este e muitos outros, tem com frequência sido permissivo com esse tipo de manifestação, talvez porque julgue que bater em… Read more »

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Caravaggio, algum parecido ocorreu na 2° guerra do golfo, dias antes do ocorrido explodiram um carro perto de um AAV-7 matando os ocupantes e ferindo pessoas próximas, quando a tropa americana chegou em Bagdá um carro em alta velocidade furou a proteção dos USMC e foi em direção ao M1 dos mesmo um tentaram pedir para para e tal sem resposta peneiraram o carro depois descobriram que eram uma família tentando fugir de um grupo iraquiano (ligado a Saddam Hussein), a família está desarmada. Teve também na 1°guerra do golfo a morte de uma equipe de jornalista….a lista é grande…… Read more »

Michel
Reply to  Caravaggio
1 ano atrás

Perfeito! Tivesse o fuzilamento acontecido em área nobre da zona sul carioca (infestada de viciados, bandidos e psicóticos ricaços em carrões de altíssimo luxo) alguém acha que o procedimento seria atirar primeiro e debochar depois?

Claudio Moreno
Claudio Moreno
1 ano atrás

Editores…comentário meu retido. O quê houve? Falei demais?

CM

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

O descalabro da segurança pública no Brasil, exército fazendo papel de polícia e lunáticos que defendem que o estado “atire primeiro e pergunte e depois”. O resultado é este aí, pessoas inocentes morrendo no lugar dos verdadeiros bandidos. Imagine quando começarem com os tais dos drones e os atiradores atirando em qualquer iminente ameaça, segundo Witzel, vai ser um banho de sangue… Só defende essas patifarias quem não tem parente morando nas redondezas.

JPC3
JPC3
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

É pra rir desse seu comentário, no tempo da turminha da paz estavam morrendo quase 60 mil por ano, muitos em situações idênticas essa.
Não aconteceu nada que não acontecia antes.

pampapoker
pampapoker
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Eu sou lunático, por mim podia ter cadeira elétrica, castração química, e um presídio no meio da Amazônia, e não me preocuparia se de vez enquanto um bandido sumisse no meio da mata.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  pampapoker
1 ano atrás

Não seja ridículo, ninguém está questionando punição para bandido, quero mais que eles se lasquem, o que se questiona aqui é a atuação desastrosa dos agentes mal preparados do estado, que nesta ocasião quase resultou na morte de uma família inteira, incluindo uma criança. Se acha que está tudo bem coisas assim virarem rotina e não ser questionado, só tome cuidado, amanhã pode acontecer com alguém próximo de você, e aí, vai passar a mão na cabecinha do estado e dizer parabéns?

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 ano atrás

Não sabemos como realmente foi, mas se erraram, tem que pagar na cadeia, seja cível ou militar.

Diego
Diego
1 ano atrás

Parece um bando daqueles recrutas bisonhos do exército que vemos nos vídeos do YouTube. Chamar de Despreparo é pouco. Um começou a atirar e o resto atirou junto e ainda acertaram um pedestre. Perguntas: Receberam a mensagem que tinha um sedan de bandidos na região e combinaram de fuzilar quando o carro passasse la? Sim. Não fizeram a identificação dos elementos dentro do carro antes de abrir fogo? Nao. Leu até aqui e ainda está com vontade de defender os erros deles? Te dou outra conclusão: 80 tiros e mataram só uma das 4 pessoas. Voltem pro quartel pra fazer… Read more »

Diego
Diego
Reply to  Diego
1 ano atrás

Faltou falar que esses militares não passaram a informação verídica para o comando deles. Mentiram tentando acobertar o crime.

Reginaldo
Reginaldo
Reply to  Diego
1 ano atrás

Está corretíssimo, triste é que a família tinha escolhido passar por aquela região justamente por achar que estariam protegidos sabendo que o exercito estava naquela região… Pra complementar, não havia blitz, os soldados simplesmente metralharam o carro em movimento sem nenhum critério lógico, continuaram atirando mesmo depois que as vítimas pediam por ajuda e mentiram para seus superiores, se não fosse os testemunhos dos moradores locais e o vídeo da ação, bem capaz deles terem conseguido enganar a todos, inclusive eu me pergunto o que poderia ter acontecido com os outros passageiros do carro se esses militares tivessem percebido o… Read more »

Fernando
Fernando
Reply to  Reginaldo
1 ano atrás

Duvido muito que eles teriam conseguido enganar todo mundo, já que depois teria a contagem de munição, algum oficial teria ido até o local, etc…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

Aí está o resultado da imbecil guerra estatal contra às drogas: pessoas inocentes morrendo por que alguém não quer educar seu filho sobre o perigo das drogas, quer que o estado proíba e jogue todos os que desejam consumir na marginalidade. O estado colocou o que era uma livre e voluntária transação entre pessoas nas mãos de cartéis poderosos, formados por pessoas de caráter duvidoso, e capazes de matar, subornar e torturar para ter seus lucros garantidos, longe da observação e da punição das leis e regras de mercado. Sem concorrência e sem obedecer às leis e regras de mercado,… Read more »

Sequim
Sequim
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Concordo. Não existe nada mais hipócrita e inútil do que a guerra às drogas.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Pois é, além do aumento da violência imagine o desperdício de progresso científico, principalmente de interesse médico, que a proibição das drogas provocou.

ODST
ODST
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Defensor da impunidade

Desde quando cientistas e médicos são proibidos de fazer investigações com qualquer tipo de droga???

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

também sou contra a guerra as drogas, agora amor humano a esse lixo, eu não tenho, por mim eles podiam usar mais assim morrem logo overdose.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Não sei que guerra, guerra as drogas tem na China e na indonésia onde quem é pego com droga é condenado a morte. No Brasil o usuário nem mesmo é preso e esse é justamente o problema, deixar as pessoas que financiam o crime organizado a continuarem financiando.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

Quem te garante que os que são presos e condenados à morte não são pequenos traficantes, enquanto os grandes estão soltos e operando com aval do estado? Até onde eu sei a China fazia era matar usuários de drogas, você acha justo e moral alguém ser morto por causa de um vício? Além do mais o pessoal aqui vive reclamando da falta de transparência da China sobre diversas áreas, mas nos excelentes resultados de sua guerra às drogas o pessoal acredita…. Vai entender!

Munhoz
Munhoz
1 ano atrás

O militar tem que ter uma noção de amigo e inimigo, se fosse numa guerra haveria baixas por fogo amigo!

Ocorreu sim uma falta de preparo !

Precisa ver quanto tempo de treinamento tiveram esses militares antes de por um fuzil na mão e mandar pra rua ?

elton
elton
Reply to  Munhoz
1 ano atrás

da uma pesquisada sobre casos de fogo amigo durante os conflitos recentes e vai ficar surpreso com a quantidade e frequencia que isso ocorre em situaçoes de contato proximo ao inimigo.

Flávio Henrique
Flávio Henrique
Reply to  Munhoz
1 ano atrás

Munhoz não sabemos se eles tiveram ou não treinamento para GLO. A tropa para GLO é uma tropa especializadas, também serve como unidades anti-terrorista e de resgate de refém, como GLO é uma atividade segundaria e por ter divergência entre uma ação de GLO e de “guerra” não é toda a tropa que tem tal treinamento pois esse não é o foco do EB para isso existe a polícia, a força do EB para isso é quando a M* realmente tá feia e a polícia não dá conta. Só que isso está assim no estado do RJ, de forma aparentemente… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

E ao que parece, afirmaram que reagiram a uma agressão.
Será?

Caique
Caique
1 ano atrás

A unica palavra na minha opinião que resume isso é: incompetência! Incompetência de quem disparou. Incompetência de quem treinou. Incompetência de quem gere tudo isso.(Entenda-se como governo e afins) A sorte é que essa mesma incompetência permitiu que só uma pessoa morresse. Eu tenho respeito e admiração pelo Exercito Brasileiros, mas essas coisas não da para passar a mão pela cabeça, imagine se a criança de 7 anos morre, ou pior, se todos os ocupantes do veiculo morressem. Chega a da vergonha imaginar uma situação dessa. Mas de uma coisas eu sempre disse, o Exercito não da para ser usado… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Caique
1 ano atrás

Caique, a maior incompetência é a do Estado do Rio que chegou nesse ponto de precisar sofrer uma intervenção militar.

A incompetência é dos antigos governadores e prefeitos corruptos que saquearam a cidade e o estado e que deixaram a população se fer$%#.

Que aprendam a votar direito nas próximas eleições.

Caique
Caique
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Infelizmente isso não vai mudar, essa é a unica verdade. Talvez muitos que votaram no atual presidente, votaram acreditando que ia ter uma real mudança, mas isso não vai acontecer(até porque quem faz a real mudança é o povo), o país vai continuar sendo o mesmo, só que governado por pessoas diferente. Um país que comemora a morte de inocentes e dizem para deixar pra lá pois foi só uma baixar é um pais que merece os políticos que tem.(Não só esse caso, mas muitos outros que ficam esquecidos sem nenhuma resolução) Enquanto as questões a antigos governos, é o… Read more »

pampapoker
pampapoker
Reply to  Caique
1 ano atrás

Não podemos esquecer uma coisa, temos congresso, não adianta o presidente e o ministro Moro colocar um projeto, se os caras não votarem nele, muintos brasileiros esquecem desse pequeno detalhe (congresso e senado)que tem projetos esperando por votação a uns bom anos. Lembrei de um comentário de um ex presidente em uma entrevista., por que não abrir cassinos no Brasil. SUA resposta foi ” No Brasil temos 169 fd#++, você acha que cada um deles não vai querer um para si” revista playboy… Eu lia as entrevistas e via as fotos das meninas kkk.pena que não lenbro qual revista e… Read more »

Caique
Caique
Reply to  pampapoker
1 ano atrás

Nem só de presidente vive um país, mas a função dele e convencer esse cidadãos que os projetos dele é o que o país precisa. Por isso que eu disse que ele tem que colocar a cara a tapa, chegar no congressos falando, quase botando ordem, mas ele fez ao contrário, ficou arrumando intriga com o presidente da câmara, nos tivemos um exemplo bem claro do que acontece quando se desafia um presidente da câmara. (Impeachment da Dilma) Felizmente o presidente tem que ter oposição, como eu disse em outro comentário aqui no blog, o que melhora os projetos e… Read more »

elton
elton
1 ano atrás

para começo de conversa o EB nem deveria estar lá,não tem treinamento especifico para esse tipo de operação ,um policial prescisa de pelo menos seis meses de treinamento e alguns anos de experiencia acompanhado por outros policias veteranos para estar apto a esse tipo de operação e querem que um soldado quem muitas vezes foi apenas uma vez em missão da Onu no Haiti esteja apto para esse tipo de missão que nem de exercito e salvo se aqui estivesse em guerra civil igual a Siria onde a policia tem que lutar contra soldados fortemente armados

Gabriel
Gabriel
1 ano atrás

O fato deve ser apurado e se houve erros, processo e sanções dentro da Lei.

Ponto. Assunto encerrado.

Pergunta aos administradores: está faltando assunto na área militar? Ou o Blog vai virar “Jornal de Notícias”?

Sequim
Sequim
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

Ponto nada! Tem que ser discutido e discutido e discutido. Somos cidadãos. Exigimos satisfações. Nada de querer empurrar pra debaixo do tapete.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Sequim
1 ano atrás

16 anos sem se indignar com nada, agora você quer tirar o atraso…

Sequim
Sequim
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Meu caro, com o você diz isso? Sabe quem eu sou? Não! Sabe da minha história de vida? Não! Conhece os meus princípios? Não! Então não fale por mim. Você não tem esse direito, taokey?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Pelo seus posts, não precisa muito para afirmar o que eu afirmei.

Sequim
Sequim
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Isso só prova tua arrogância. Mas ela é problema seu, felizmente

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Gabriel
1 ano atrás

Cara nem uma única linha sobre o Lince alvejado. Tipo uma matéria sobre seu recente emprego pelo EB, impressão da tropa….nada….

Edimur
Edimur
1 ano atrás

Sou contra soldado regular do EB estar nas ruas do Rio, se é para subir o Morro então manda Soldado profissional para evitar este tipo de ação!!! E o preparo do oficial chefe deste pessoal ? 80 tiros ? Um tiro de falar para um motor ou tô falando besteira ?

Hélio
Hélio
Reply to  Edimur
1 ano atrás

Sim, está falando besteira, um famoso canal do YouTube, nesse mês, resolveu atirar com um .50 em um Escort para ver com quantos tiros o motor parava, foram necessários mais de 10 tiros de .50. O fal nem marca o bloco.

Edimur
Edimur
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Eita motor de Escort forte kkkk

Delfim
Delfim
1 ano atrás

Mais uma da série “chama as Forças Armadas (FAs) para resolver o problema”. FAs são feitas pra guerra, e guerra é isso. Atirar primeiro e perguntar depois. A culpa é da política, que não investe em segurança Pública, passa a mão nos bandidos, aí quando a situação fica insustentável… chama as FAs. Aí faz um jogo duplo : se der certo o bônus é do político, se der errado o ônus é das FAs. . Fora que ainda se insiste no modelo de conscrição obrigatória. Se as FAs querem sistemas de armas mais sofisticados, e doutrinas consequentemente mais elaboradas, a… Read more »

Caio
Caio
1 ano atrás

Culpa de uma intervenção meia boca( que quiz livrar cara do MDB) não se livrando dos políticos fluminenses que depredaram este estado e logo sua segurança, e vivem se matando pra manter sua mamata política agora disfarçados de justiceiros.

bjj
bjj
1 ano atrás

Lamentável, mas previsível. Militares, na maioria jovens e inexperientes, cumprindo uma atribuição muito mais complexa que àquela para qual foram preparados. O peso do fuzil nas mãos e a sensação de poder por transitar armado e fardado pelas ruas. Ecoando na cabeça, o discurso cada vez mais comum, e com influência dentro da caserna, de que as autoridades devem ter liberdade para matar bandido, junto das prováveis lembranças de policiais que foram elogiados e condecorados por terem matado em serviço. Uma provável identificação errada, e pronto: uma família cravejada com tiros de fuzil. 80 tiros, quantidade justificável apenas pela certa… Read more »

Caio
Caio
1 ano atrás

E não me surpreenderá se essa história de botar o exército contra o crime ao invés de limpar as polícias locais, não é armação pra desgatar a imagem da força e deixar o caminho livre pros CAPETAS DA POLÍTICA.

Mig35
Mig35
1 ano atrás

Esse fuzilamento não tem fundamento. 80 tiros! Contra um cidadão de bem.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Mig35, agora só faltou você falar, Mariele presente… hahaha, nos poupe!

Lembre-se de sentir muito também por todos os outros 66k de cidadãos que são mortos pelo resto do país.

Heitor
Heitor
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Pelo amor de Deus, Alex… triste ver pessoas pensando como vc. Sinceramente, já trocamos idéias por aqui, raramente concordamos mas sempre no campo do respeito. Mas ver vc pensando desse jeito decepciona.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Heitor, o que me decepciona é ver que tem gente tentando fazer lacração em cima de um fato que mostra o nível de decadência de uma das principais cidades do país.

Diego
Diego
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Alex eu já vejo o nível de decadência do exército, não era 1 militar eram 12 juntos. Vc ter ideologias e simpatizar com instituições, partidos, grupos não te faz imune a criticá-los. Alguma coisa falhou feio e não pode falhar porquê a população do RJ tem de ver a diferença entre o estado legal e o estado ilegal, precisam se apoiar nas forças armadas, agora se as forças agem com essa incompetência logicamente cai a confiança nela e onde cai a confiança na segurança, aumenta o território do crime a descrença na legalidade e muitos vão partir pra ilegalidade.

Mig35
Mig35
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Nobre, Heitor. Esse Alex precisa ser internado num manicômio porque quem defende uma atrocidade dessa tem sérios problemas.

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Mig35
1 ano atrás

Caro Mig35, seu desespero em tentar por as pessoas contra mim é notório, só mostra que o meu pensamento está no caminho correto. Não defendo nem um lado nem outro, até porque ainda está sendo investigado, sinto muito pela família, pois eu sei o que é viver sem ter um pais desde pequeno, mas você se utilizar dessa tragédia para tentar fazer vitimismo em prol de seu partido só demonstra a sua falta de caráter. Não faço questão de agradar a todos, até porque isso seria impossível, mas fico feliz em ver que estou sendo ouvido e que estão prestando… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
1 ano atrás

Excelente comentário Colombelli.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 ano atrás

Quem fomentou o tráfico foi a criminalização do comércio de drogas, muito fácil você na sua casa confortável em alguma zona de classe média acusar a população das favelas de capachos, você não vive na mira de um fuzil para dizer isso. Além do mais o que mais tem no tráfico de drogas é policial corrupto, ou tu acha que os fuzis entram lá como? Abracadabra alakazam? Numa situação dessas você não sabe quem é o criminoso de verdade, se é o estado ou os traficantes e milicianos…

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

DL, parabéns, você acabou de nos explicar o porquê e a necessidade do Rio estar sob intervenção…

Obrigado!

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Como meu comentário anterior acabou ficando mal feito e não posso mais edita-lo, quero deixar claro que em minha opinião o Exército foi chamado para resolver a questão dos bandidos armados com fuzis e que são ajudados pelos policiais e cidadãos corruptos e coniventes com a situação.

Descriminalizar não é o caminho, não se pode tornar algo “Legal” por falta de competência em lidar com a situação, tão pouco deixar de mandar para a prisão bandidos com a desculpa de que o sistema está superlotado.

Que se construam mais presídios e que se abatam mais bandidos, simples assim.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Criminalização do tráfico de drogas?????
A principal renda das ORCRIM é a venda de cigarro contrabandeado…. sabe do cigarro? Droga legal….
A descriminalização do uso só fez piorar a situação.
É impressionante a infantilidade em achar q é a criminalização q causa tudo isso.
Discurso pra liberação e piora das condições de vida da sociedade!!!

Sequim
Sequim
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

É mesmo ? Então o Estado do Colorado, que liberou o consumo de maconha em 2013 errou? O Canadá, que liberou o consumo de maconha errou também? O Uruguai? Realmente esses lugares estão mal. Bem estamos nós que insistimos na guerra às drogas, né não?

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Sequim, maconha é uma coisa, afinal, deve ser menos pior do que o cigarro (tenho aversão a ambos), mas o restante das drogas causam efeitos terríveis em um prazo de tempo muito curto, não podemos deixar o país ficar infestado de zumbis que farão de tudo para conseguir a próxima dose.

Camargoer
Reply to  Alex Nogueira
1 ano atrás

Olá Alex. Sobre o problema das drogas, temos poucas certezas, alguns interesses e muito achismo. A primeira certeza é que a “Guerra ás drogas” iniciada na era Reagan não funcionou. O consumo aumentou, a violência aumentou e o custo do aparato de repressão esta insustentável. A segunda certeza é que a droga que causa mais problemas sociais é o álcool, e que o cigarro causa problemas sérios de saúde. A terceira certeza é que a maconha não é a porta de entrada para drogas pesadas e que ela afeta o desenvolvimento cerebral de crianças e adolescentes, mas não afeta o… Read more »

Camargoer
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Olá Colombelli. Concordo com você que é preciso muito cuidado com as soluções simples para o problema das drogas. Um caso a ser lembrado foi a redução no consumo de cigarros (tabaco) controlando a propaganda e restringindo seu consumo em ambientes públicos. Caso fosse completamente proibido, teria sido criado um braço de tráfico de cigarros. Talvez fosse razoável aplicar a mesma política ao álcool e à maconha. Descriminalização do uso e comércio mas com regras de restrição ao uso. Sobre as drogas pesadas, parece que o combate no consumo é um erro. O foco deveria ser o combate à lavagem… Read more »

Camargoer
Reply to  Camargoer
1 ano atrás

Olá Colombelli. Você tem razão sobre as dificuldades de reprimir o tráfico, talvez por isso imagino que o melhor seria “seguir o dinheiro”. A política de repressão não funcionou e corrompeu uma parte importante da polícia. Por outro lado, a política de controle sobre a venda e propaganda do cigarro teve um grande sucesso. Recentemente, a Fiocruz divulgou um relatório sobre o consumo de drogas que nos ajuda a entender o tamanho do problema, principalmente como é grave a questão do álcool.

Juarez
Juarez
Reply to  Sequim
1 ano atrás

Se você tiver tempo dá uma olhadinha no salto que os índices de violência no Uruguai aumentaram, coincidentemente após a liberação da maconha:
Explico, aquilo que era para acabar com o tráfico fez exatamente o contrário, porque:
Porque os traficantes usam laranjas para comprar maconha nas farmácias, depois misturam com alfafa, esterco de vaca, gramíneas e vendem mais barato que o governo.
Monte isso está atopetada de zumbis e traficantes.
Amsterdã não está diferente.

bjj
bjj
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Agnelo

Pode passar a fonte da sua informação? Pelas minhas pesquisas, embora os dados sobre o contrabando do cigarro sejam bem conflitantes, esta atividade movimenta no máximo 6 bi por ano, enquanto que as drogas ilícitas movimentam quase 16 bi/ano. Destes 16 bi, 6 bilhões seriam movimentados apenas com a venda da maconha.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

Agnelo, contrabando é descaminho para não pagar impostos, é um crime meramente tributário, que não existiria sem os altos impostos existentes no país. Não coloque tráfico junto com contrabando por que não são a mesma coisa. Se formos colocar na régua o tráfico de drogas é muito mais prejudicial do que o contrabando de cigarros, principalmente no quesito violência.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Caro Colombelli, se antidepressivos, ansiolíticos e analgésicos potentes como morfina fossem proibidos, muita gente mataria e roubaria para comprá-los, assim como existiram traficantes desses fármacos se matando, matando usuários devedores e trocando tiros por aí com a polícia. O mesmo aconteceu com o álcool, o mesmo acontece com as drogas, o mesmo aconteceria até com chocolates, refrigerantes, doces e sorvetes se fossem proibidos, você ainda duvida? Os países que liberaram alguns tipos de drogas experimentaram não só queda na violência gerada pelo tráfico, como queda do consumo, do preço e das intoxicações por drogas. É pura matemática, é o efeito… Read more »

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Heroína já foi legal, vendida em farmácias, fabricadas por grandes laboratorios como a Bayer, quantas notícias você já viu desta época de farmacêuticos trocando tiros por aí por causa do comércio de heroína, ou de redutos à céu aberto de usuários de heroína? Até onde eu sei os lugares que liberaram algumas drogas tem tido excelentes progressos, o que as estatísticas mostram é que os lugares onde predominam as leis de proibição é onde mais proliferam drogas pesadas e baratas como oxi, crack e crocodile, já que as mais leves e puras como cocaína e heroína são extremamente caras e… Read more »

Claudio Moreno
Claudio Moreno
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Boa noite Colombelli e demais senhores,

Tua deixa , reforçou meu dito lá em cima, de que se for para manter as FFAA nas ruas que seja para guerra total contra traficantes e milicianos.
Despacha-se o dito de evacuação dos morros, quem for do bem desce e depois volta. Quem ficar é inimigo do Estado e precisa ser neutralizado.
Nota: este será meu último comentário sobre este assunto, estou dando muito ibope pra gente do mimimi .
CM

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Não sou de esquerda e não defendo traficantes, defendo isso aqui, livre comércio e liberdade de escolha, o contrário de tráfico:

https://www.mdig.com.br/index.php?itemid=7107

Não quer ver seus filhos nas drogas, ensine a eles o caminho verdadeiro, se algum deles optar por usar mesmo assim, seja pai e tire seu filho do mal caminho. Pedir para o estado proibir é totalitarismo, grave atentado à mais básica liberdade das pessoas, a de escolha.

Sequim
Sequim
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Colombelli, respeito muito teu conhecimento e tua sensatez em todas as postagens nestes quase cinco anos em que acompanho a Trilogia. O mesmo digo do Agnelo. Então, por favor, não parta para ofensas pessoais. Mantenhamos o debate em alto nível. A questão das drogas é de saúde pública. Se fosse questão de segurança pública, o problema já estava resolvido, porque o que não falta é gente combatendo o tráfico. E qual o resultado prático desse combate? Nenhum, zero. Quanto à legalização da maconha no Colorado e no Canadá, até onde eu sei pelo que foi divulgado, isso é o começo,… Read more »

Agnelo
Agnelo
1 ano atrás

Senhores O incidente ocorreu em um dos locais mais perigosos daquela região. Horas antes, Vtr Lince foram alvejadas. É um local onde comumente há blitz falsas e arrastões. Tenho 2 colegas q foram baleados por bandidos ali. Um Sgt meu perdeu a esposa grávida ali. Um instrutor perdeu a esposa ali e foi baleado. Não é Área Militar, mas é caminho entre áreas militares, onde as patrulhas são obrigadas a passar para completar sua ronda. NÃO estavam fazendo trabalho de policia. A investigação está sendo feita. Infelizmente, para todos q ali passam é o mesmo quadro. Civis já foram baleados… Read more »

Munhoz
Munhoz
Reply to  Agnelo
1 ano atrás

O que ocorre é que para atirar vc precisa ter certeza do alvo, mesmo que vc tenha trocado tiros com um carro branco vc não pode atirar em todo carro branco que passar, vc precisa ver quem está dentro do carro, analisar rápido as silhuetas das pessoas, mesmo que identificou uma arma temos Ainda uma possibilidade de sequestro etc é possível pessoas inocentes etc dentro da zona de tiro !

Por esses motivos o medo geralmente faz com que o militar acabe errando, ou seja a pessoa tem que ter muito sangue frio em tiroteio!

sergio ribamar ferreira
Reply to  Munhoz
1 ano atrás

Sr Colombelli. Concordo em tudo o que o Sr. postou sobre Drogas. Perdi um filho e dois sobrinhos por causa dessas imundícies. Jovens. começaram com maconha depois … Um filho que jamais vi. Os sobrinhos, overdose. e tem gente que acha natural legalizar? Cigarro, quase morri. Bebidas, outra ´praga. Principalmente quando se vicia. sobre o emprego de militares das Forças armadas na segurança pública, sou contra. O Sr. mesmo já explicou. Grande abraço.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  sergio ribamar ferreira
1 ano atrás

E você acha que proibindo o povo de beber, fumar, cheirar e jogar, eles vão obedecer? Fala sério! Proibiram álcool nos EUA, o consumo não caiu, a violência aumentou com as disputas entre cartéis de álcool, as intoxicações por álcool feito em tonel no meio do mato aumentaram, tudo o contrário aconteceu do que a tal lei pretendia eliminar. Se proibissem as crianças de comer chocolates amanhã por causa da diabetes, alguém tem dúvidas que surgiriam traficantes de chocolates de olho nos altos lucros deste mercado reprimido?

sergio ribamar ferreira
Reply to  Defensor da liberdade
1 ano atrás

Informo que não usei a palavra proibir. Se quer beber, fumar, cheirar. Problema de cada um. Mostrei fatos que aconteceram e acontecem. Passar bem. E fume , beba, cheire… a vontade. só não venha pedir SOS e beba, fume, cheire a vontade e não atrapalhe.

GFC_RJ
GFC_RJ
1 ano atrás

O que eu acho cômico se não fosse trágico é o sujeito numa vã justificativa do injustificável dizer que o exército não deveria estar lá.
Só para entendimento geográfico de alguns, Guadalupe é exatamente vizinho à Deodoro, onde fica a Vila Militar. Isso significa que o exército não só estava lá… como o exército É lá!

Podem continuar…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Se errou tem que pagar…

Simples assim

Zezão
Zezão
1 ano atrás

Exército não é policia, nem governo. Exército existe para impor a vontade Nacional aos oponentes externos e internos, escalando o conflito e impondo rendição incondicional à nossa vontade. Agora tem idiotas ultrapassados vivendo ainda com cabeça no inicio do Sec XX, com o positivismo e querendo ser mão amiga, quando um Exército de verdade só pode ser o braço forte. Quando um Exército é empregado, e deve ser no caso do Rio, precisa de cobertura às suas ações, como proposto por Bolsonaro. Isso significa estado de defesa ou estado de sitio. Mas alguns parecem não ter estorvo pra essas medidas,… Read more »

Oswaldo
Oswaldo
1 ano atrás

Vamos esclarecer que o ponto onde o carro foi abordado, e enchido de tiros, fica a cerca de 100 metros da Av Brasil e é o ponto de acesso a mesma para quem está no Valqueire, Deodoro, Vila Militar, Mal. Hermes, Bento Ribeiro e muitos outros. Não há porque não passar por alí, é tão perigoso qto qualquer outro lugar da cidade do RJ. A origem do problema está em se colocar soldados inexperientes, MUITO mal treinados e , pela soma desses fatores , apavorados com o que têm de enfrentar. A quantidade de tiros, que pegaram no carro, mostra… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Oswaldo
1 ano atrás

Comentário totalmente infeliz…
Ali não é perigoso como qualquer lugar… é muito mais e comumente local de blitz falsa e arrastão.
Os Sd não são inexperientes e nem mesmo mal treinados. Prova disso é ação q já descrevi no RJ.
Do ar-condicionado é fácil julgar.
Põe 30 Kg no lombo no calor, vão patrulhar onde seus companheiros acabaram de ser alvejados e depois crítica.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Oswaldo
1 ano atrás

Dentro da tragedia, o principal está sendo feito.
O erro foi imediatamente coibido. Até q se mostre os motivos, os envolvidos estão presos.

α Tau
α Tau
1 ano atrás

“O crime no Brasil não é um desvio de conduta, é uma ideologia.”

koppe

José Luiz
José Luiz
1 ano atrás

Existe uma cultura de guerra envolvendo a segurança pública, uma ideia de que segurança pública é uma questão de homens com treinamento de forças especiais e armas potentes, de gigantescas operações militares com milhares de agentes. Caros amigos a diferença de um policial estadual seja ele civil ou militar para um combatente das nossas valoras forças armadas, é o policial é um indivíduo que conhece o território não de um briefing e sim porque pisa nele, ele sabe como é o sub mundo ele sabe quem manda, quem obedece, conhece como funciona. Polícia vive a rua, transita da rua para… Read more »

Alex Nogueira
Alex Nogueira
Reply to  José Luiz
1 ano atrás

Esqueceu de incluir na lista a volta da disciplina “Educação Moral e Cívica” nas escolas e o maior rigor em ambiente escolar, hoje em dia a criançada já cresce em ambiente de “lacração” desde o ensino infantil.

Hélio
Hélio
1 ano atrás

Culpa disso, culpa daquilo, é a velha Cultura brasileira de apontar o dedo, dar palpite, sem saber o que aconteceu. Efeito colateral existe em todo lugar do mundo, só aqui existe essa cultura de perseguição a quem combate o crime. Houve intenção dos militares em atirar no carro errado? NÃO. Eles agiram com negligência? Tem que se investigar, se sim, devem por homicídio culposo ou por dolo eventual, nunca por qualificado, como os defensores de bandido, que dizem que punir não resolve, mas adora colocar policial na forca, querem. Considerando que o cara era músico, no mínimo ele tentou fugir… Read more »

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Por que não pode qualificado? Você fala que não pode julgar previamente o policial e já está condenando o morador? Esses policiais, e isso vale para militar também, se acham acima da lei, do bem e do mal. Para o bem da sociedade, se o promotor tiver obediência ao mínimo senso de justiça, imputará, no mínimo, um homicídio qualificado pelo recurso que impossibilitou a defesa da vítima, melhor, vítimas. Só lembrando que as penas se somam. Como eu gostaria de dizer que vai apodrecer atrás das grades, mas no Brasil ninguém fica preso, bandido de farda ou não.

Hélio
Hélio
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Você sabe o que é homicídio qualificado? Se não existe intenção, não pode existir qualificadora. Não existe acidente qualificado.
Sobre sua retórica anti-polícia, você fala isso porque também deve ser drogado e teve a maconha tirada da boca no tapa por um PM. Bandido é quem protege traficante e faz campanha em cima de cadáveres, isso sim. Que senso de justiça é esse seu que criminaliza quem combate o crime e protege o criminoso? Você quer falar sobre coisas que nem entende.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Amigo, no mínimo há um dolo eventual aí. Os soldados não têm a desculpa de erro, afinal, ficam o dia todo atirando e gastando o dinheiro do contribuinte para quê? brincando de airsoft? Mesmo que se tratasse de bandidos, mesmo que fossem, 80 disparos num carro não se justificam. Quanto à maconha, não a uso, mas se a comprasse com meu rico dinheiro, não seria da sua conta. Como disse, ninguém está acima da lei, nem mesmo os que combatem o crime. “Aquele que luta com monstros, deve acautelar-se para não tonar-se também um monstro”. O que mais vejo no… Read more »

Hélio
Hélio
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Filho, dá pra ver que você gosta mesmo de defender bandido. Primeiro, quem disse que o soldado não tem “a desculpa do erro”? De onde e com qual base técnica você tirou isso? Tudo pode dar errado, desde um procedimento feito por um ser humano, até um procedimento feito por uma máquina de centenas de milhões de dólares que usa a mais alta tecnologia criada pelo homem. Então você acha que porque “o soldado fica o dia todo atirando” ele se torna um ser perfeito? E quem gasta o dinheiro do contribuinte são os bandidos que você tanto adora, que… Read more »

Quatzy
Quatzy
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Que decepção… 🙁

Heitor
Heitor
Reply to  Hélio
1 ano atrás

Atirar em um carro com crianças não é negligência?

Hélio
Hélio
Reply to  Heitor
1 ano atrás

Você sabe o que significa negligência? E mais, por acaso os soldados sabiam que tinha criança no carro? Se eles não sabiam, não pode existir negligência só pelo fato de ter criança, e mesmo assim isso não se qualifica, em caso de confronto, mesmo que tenha criança, é obrigação legal do policial, atirar.

rdx
rdx
1 ano atrás

Não é área militar. Existe um conjunto no local que é área militar, mas a via onde aconteceu a lambança não é. Antes dessa fatalidade, ocorreu um intenso confronto entre militares do EB e traficantes da região. A guarnição do EB recuou (estava equipada com blindados Lince e Guarani) e pediu auxílio (para não dizer socorro) para o BPM da área. Por ironia do destino, a guarnição do EB que estava operando os novíssimos blindados Lince (comprados pela Intervenção com dinheiro destinado para reequipar as polícias do RJ) foi auxiliada por PMs que ficaram a ver…blindados.

Jorge PREC PQDT
Jorge PREC PQDT
Reply to  rdx
1 ano atrás

Domingo; Né !!??
Na Vila só Têm a Guarda dos Quartéis !!
VERGONHA, Né !!
Acredito que a Unidade Responsável pelo Patrulhamento
deveria Ter uma Equipe de Reforço
ou então Reforço da 9a Brigada ou da 1a DE !!

Fernando Turatti
Fernando Turatti
1 ano atrás

A quantidade de passada de pano pra esse completo absurdo me faz querer que a reforma não passe e que esse Estado se dissolva, honestamente.

Thomaz Alves
Thomaz Alves
1 ano atrás

E segue o pessoal defendendo o indefensável. Impressionante.

fewoz
fewoz
Reply to  Thomaz Alves
1 ano atrás

Thomaz, para você perceber o nível que estamos. De fanatismo da extrema-esquerda, passamos para o fanatismo da extrema-direita. Essa gente faz de tudo para defender os milicos, mesmo em situações impossíveis de defender. É impressionante.

Oiseau de Proie
Oiseau de Proie
Reply to  Thomaz Alves
1 ano atrás

“Se você agir sempre com dignidade, talvez não consiga mudar o mundo, mas será um canalha a menos.”

John F. Kennedy

Silvio RC
1 ano atrás

É impressionante! O “cara” perde uma bola dessas! Por que não tocou pra fulano? Por que não chutou pro gol? Só quem está em campo, na hora, e com a “bola” sabe o porque! O restante, são palpites das arquibancadas! E olha que salvo algumas exceções, o pessoal da arquibancada, gosta muito de futebol, mas nunca entrou em campo pra jogar uma “partida profissional” É muito cômodo, tirar uma conclusão do fato, sentado no sofá! Vamos ter prudência, olhar o fato, e todas as circunstâncias que cercam o fato! Que a verdade apareça, e a justiça seja feita! A postura… Read more »

α Tau
α Tau
1 ano atrás

“Carlos Campos Os militares não atirariam por nada em um carro ~~ Alex Nogueira A opinião de vocês quanto a minha pessoa pouco me importa, no fim do mês quem paga minhas contas e coloca comida na minha mesa sou eu 😀 Quanto a família, infelizmente, estavam no lugar errado. Podem malhar a vontade que aqui a costa é larga. ~~ Alex Nogueira Perfeita sua colocação. Agora é suportar a mídia e a turminha do mimimi falando o mês todo sobre isso… ~~ colombelli Primeiro, o erro pode ter sido justificado ou não… ~~ Camargoer Sobre o problema das drogas,… Read more »

Cavalo-do-Cão
Cavalo-do-Cão