Home Armas de Fogo China testa novo fuzil de assalto

China testa novo fuzil de assalto

5603
114


Vinte e cinco anos após a adoção de um fuzil do tipo “bullpup”, o Exército de Libertação Popular da China (PLA) está voltando à configuração convencional AR.

A arma vista no desfile do 70º aniversário da República Popular da China, foi identificada por alguns observadores como QBZ-191. Ela emprega o calibre 5.8×42 mm.

Pela configuração, o fuzil parece mais adequado ao combate aproximado ou urbano.

O magazine é semelhante ao do fuzil QBZ-95 anterior.

QBZ-95G

114
Deixe um comentário

avatar
24 Comment threads
90 Thread replies
2 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
51 Comment authors
jeronimo torresakivrxpaulofJean JardinoLBacelar Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

A primeira é LINDA!

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Bom, ele é mais bonito que o antigo…

Carlos
Visitante
Carlos

Enquanto isso o NOSSO iA-2 IMBEL 👁️👁️. https://youtu.be/2vk8fJKxELc

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Se você acha que ele ta com folga você ta enganado… ele tirou foi ferias acumulada de 60 dias.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Defeito todas armas podem apresentar, agora vamos ver se esses policiais cuidam direito das armas. Pois quando comparo as mesmas armas do exercito e polícia, as dos exércitos são bem mais novas!

Marcos
Visitante
Marcos

O IA2 é tão ruim que restringem o máximo o acesso dele por atiradores e creio que nunca irão exportar para os EUA para o mercado civil, o feedback é tão negativo no meio restrito que ele foi testado imagina se mandar para o público “em geral”.

Victor Filipe
Visitante
Victor Filipe

Idade não é justificativa não, os Fuzileiros estão com os seus M16A2 firme forte ai e não se separam deles.

DOUGLAS TARGINO
Visitante
DOUGLAS TARGINO

Falei em relação a cuidado!

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Os Colt Commando da PMRJ tem quase 20 anos, recebem o mesmo tratamento (ou falta dele) e não apresentam esse tipo de problema.

rdx
Visitante
rdx

Verdade. Os IA-2 da PMERJ com menos de 01 ano de uso já apresentam peças frouxas e desgaste prematuro.

Carlos
Visitante
Carlos

Então Fico pensando , e quando for o IA- 2 no Calibre 7, 62. ?
Vai desmanchar essa M 💩💩💩 💩 ??

Dodo
Visitante
Dodo

Adoro esses civis e jogadores de airsoft que acham que entendem alguma coisa de armamento acreditando em vídeo duvidoso da internet… Acho que devem entender mais do que os próprios militares/policiais… francamente, o que aconteceu com os estudiosos e especialistas que postagem interessantes comentários por aqui ? Foram raptados e substituidos por “tiozões” de whatsapp e comentaristas de G1…

Nicholas
Visitante
Nicholas

haha perfeito!!!

LBacelar
Visitante
LBacelar

Cuidado jovem, tem muito civil / jogador de airsoft que queima mais munição por ano do que um infante militar do EB / FAB / MB em anos de carreira.

Acho que toda opnião é válida, desde que observados os fatos argumentos, e não somente achismos.

Carlos
Visitante
Carlos

TARGINO KKKKK TÁ DE SACANAGEM
https://youtu.be/KPEQKzG-REk KKKKKK

rdx
Visitante
rdx

As armas da PMERJ são usadas 24 horas por dia, em condições reais de combate e sem manutenção adequada. Um bom fuzil precisa ser simples, confiável e resistente. Não é à toa que as plataformas AK e M4 fazem tanto sucesso.

Atirador 33
Visitante
Atirador 33

Falou tudo irmão, é necessário analisar a periodicidade dá manutenção, uma vez que as forças policiais, usam mais os rifles, no EB as armas são menos utilizadas, mas muito melhor cuidadas pelos usuários.

Leitor Sincero
Visitante
Leitor Sincero

Certamente.
Soldados tem tempo para a manutençao… a maioria fica enfiada nos quartéis apenas fazendo número….

Roberto Medeiros
Visitante
Roberto Medeiros

Pesquise um pouco e vai saber q devido a pouca quantidade de armas na PM, elas só param de trabalhar qdo são apreendidas pela Justiça

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Pois é, outro dia eu disse, aqui mesmo, que não confio no IA2, e quase fui apedrejado. Com a palavra quem queria me tacar pedra…

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Que parafuso Colombelli? As placas do guarda-mão são fixadas por um pino:

https://www.youtube.com/watch?v=ZWkvOniBrqg

Note que quando o sujeito do vídeo mexe as placas do guarda-mão a tampa da caixa da culatra também oscila.

Alfa BR
Visitante
Alfa BR

Veja que os únicos parafusos localizados no conjunto do guarda-mão são os que fixam os trilhos piccatiny.

Isso é ilustrado na visão explodida do IA2 no manual da própria IMBEL (pág. 6):

http://www.imbel.gov.br/phocadownload/produtos/manuais/fz-ca/manual-fuzil-imbel-556-IA2.pdf

Kommander
Visitante

Antigamente eu defendia esse fuzil com unhas e dentes, mas já se passou anos do seu desenvolvimento e parece que o bicho só piora em vez de melhorar.

JOSE CLAUDIO DA SILVA
Visitante
JOSE CLAUDIO DA SILVA

CARLOS, desde o lançamento do IA-2 que falei isso. É um fuzil desajeitado, um verdadeiro trombolho, com bastante folga nas peças, coronha dobrável ruim (deveria ter usado a telescópica), quando o fuzil tá com a coronha dobrada fica muito volumoso. Pra nós da polícia civil, que as vezes temos que andar com o fuzil na mochila, porta raquete de tenis, etc., é muito ruim. Sem falar que o zarelho do cano é ambidestro e o da coronha apenas destro. Enfim, é um projeto ruim, não quiseram romper de vez com o padrão FAL, e as peças têm folgas enormes. Parece… Read more »

Mazzeo
Visitante
Mazzeo

Caro Colombelli, Já conversamos a respeito do IA-2 algumas vezes, a arma nem foi inscrita para a nova licitação da PMESP, a ergonomia dela ainda é pobre e não vejo nenhum feedback da IMBEL com relação a mudanças para melhorar a arma. O problema do uso de qualquer arma no policiamento é que ela acaba exposta por muito tempo (mais de 12h por dia) a vibrações dentro da viatura, principalmente de baixa frequência, e isso solta tudo, desde parafusos do coldre até pinos das armas, acredite, já vi algumas coisas inacreditáveis com relação a isso. Temos usado em alguns casos… Read more »

Mayuan
Visitante
Mayuan

Chato demais isso. Parece papo de boteco. Começa numa coisa e rápido descamba pra outra que não é o assunto.

rafael
Visitante
rafael
Léo Neves
Visitante
Léo Neves

Não tem como ver um fuzil chinês sem que venha a cabeça aquela imagem de um soldado chinês mostrando a um soldado russo o qbz-95 e a luneta cai do fuzil kkkkkk famoso soltar pecinha bem típico dos equipamentos da China .

Elcimar
Visitante
Elcimar

Parece cópia de um certo fuzil..pelo menos algumas partes….mas é a China né!

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Não criam nada, copiam tudo.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Todas ou quase todas armas são baseadas em plataformas existentes, a Taurus também tem uma gama toda ela idêntica às AR

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

O AR-15 pode ser fabricado por qualquer empresa, desde que atenda às especificações básicas. E a Taurus comprou a Diamondback, nos EUA, ue já fabricava o modelo…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

António e em que parte isso contraria o meu comentário?

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Quem te disse que era pra contrariar?

Dodo
Visitante
Dodo

Copiando ou não, o fato é que eles desenvolvem armamento. Nao adianta ficar chorando que foi “copiado”, é assim que a indústria funciona, queira você ou não

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

A indústria RUIM, né?

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

De qual

Samuel
Visitante
Samuel

Os caldeus chineses

RONALDO DA CRUZ COUTO
Visitante
RONALDO DA CRUZ COUTO

São os escribas chineses.

Bardini
Visitante
Bardini

Pelo menos eles são originais no calibre.
.
Ficou parecido com o Galil ACE…

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

…que, por sua vez, é uma cópia do AK-47…

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Não, não é, a galil não é uma cópia do AK47

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

O AK-74 é o AK-47, só que em calibre menor…

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

É sim.

rdx
Visitante
rdx

O Galil é essencialmente um AK com pitadas de AR e FAL.

rdx
Visitante
rdx

…Com as miras do Valmet M62 (versão finlandesa do AK)

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Faça fogo nas três e depois falamos.

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

A galil é de facto baseada em plataformas existentes, o que é natural, afirmar que é uma cópia da linhagem AK é no entanto uma imprecisão, baseia se em conceitos existentes? Claro, alguém que me diga uma plataforma que não seja baseada de alguma forma em algo já existente. Foi buscar origens a uma arma de origem finlandesa que por sua vez é uma variante “requintada” e ligeiramente adptada da AK47 polonesa…. A GALIL é para todos os efeitos uma linhagem diferente e própria, com prestações próprias e diferenciadas das outras, e merece essa distinção, tal como a AK47, AR,… Read more »

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

O mais estranho para mim, é ser negativado por 15 pessoas pese embora apenas tenha dito que não é uma cópia, o que de facto não é. A menos que tenham sido 15 cegos, não consigo encontrar plausabilidade. Quando sem ler muito se confere que galil é uma descendente de uma plataforma que por sua vez descende de outra plataforma (deixando de lado as origens), dizer que é uma Cópia é para mim algo incompreensível. Quando, numa rápida leitura de pouco esforço percebemos que a mais recente galil se diferencia da original galil e ainda mais da AK 47, sendo… Read more »

Augusto L
Visitante
Augusto L

Calma Peter, aqui não é rede social.
Se ficar se preocupando com likes e deslikes você não comenta.

peter nine-nine
Visitante
peter nine-nine

Eu não me preocupo com likes nem deslikes, nem aqui nem em rede social. A sua percepção que a razão de ter dito o que disse é devido a negativações não tem sequer fundamento. Repare que o que me importa, é tentar contribuir para o meu aprofundamento de conhecimento e do dos outros, é nesse contexto que, quase sempre, comento. Porque referi as negativações? Simples, o que disse não está sequer apetrechado de linguagem técnica, sendo portanto simples de compreender, por outro lado o que digo também é óbvio, negativar o óbvio para além de não ter sentido, fomenta a… Read more »

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

MAIS blábláblá…

rdx
Visitante
rdx

Pode-se afirmar que o Galil é uma variante do Valmet M62… que por sua vez é uma variante do AK-47.

https://nationalinterest.org/blog/buzz/introducing-israels-very-own-ak-47-galil-assault-rifle-38192

Peter nine nine
Visitante
Peter nine nine

Sim, são sem dúvida primas, no mínimo

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Mais blábláblá…

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Blábláblá…O HK 416/417 É uma versão (munto melhor) do Colt M-4, e O Galil (é ‘o’, masculino) E´uma CÓPIA descarada do AK-47.

Claudio
Visitante
Claudio

Parece mais com a ks47 e com sig556

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Coisa linda, aparenta ser no conceito ACR .
Putz vendo coisas assim é que tenho certeza que nem fuzis sabemos fazer.
Pois esse MOD FAL denominado IA2 além de feio, desengonçado aparenta ser muito ante ergonômico.
Pena que não adotaram o ART 5.56 mm da Taurus, esse sim aparentava ser o conceito ACR e mais ergonômico.

Naamã
Visitante
Naamã

O conceito pode até ser bom,mas a execução…

A Taurus é piada no mercado de armas americano e tem diversos casos de defeito,como esse : https://youtu.be/_ads04N7QC4

Kommander
Visitante

KKKKKKKKKKKKKKKK
Rachei de rir com essa PT da Taurus.
Seria trágico, se não fosse cômico!

MMerlin
Visitante
MMerlin

Engraçado o comentário “é uma otima marca cara vc compra uma semi auto e recebe uma full auto… sem cobrança adicional”..

Mayuan
Visitante
Mayuan

Queria ser dono de uma piada igual a Taurus. Maior fabricante mundial de revólveres e quarta maior no mercado americano de armas em geral…

Dodo
Visitante
Dodo

Acho muito engraçado que só os brasileiros criticam sua própria indústria, porque lá fora, há grandes elogios aos nosso produtos, basta dizer que grandes indústrias estão dispostas a se associar a nossas empresas para atuação em conjunto de projetos… mas o legal é criticar o Brasil por tudo né…. bacana é isso

Sagaz
Visitante
Sagaz

É patológico..

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Da um exemplo de armas curtas e portáteis feitas no Brasil que recebem grandes elogios vindas de fora..

Aproveita e da tb um outro exemplo de empresa estrangeira que quis se associar a Taurus ou IMBEL para produzir algo.

Carlos Gallani
Visitante
Carlos Gallani

Os revólveres da taurus tem boa fama nos EUA mas acho que para por aí, a exceção da sua regra e só.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Tem não…

Tinham..

Taurus nos EUA sempre foi sinônimo de arma muito barara, que vale o que custa..

Não se compara um produto Taurus com um de marca boa.

Túlio762
Visitante
Túlio762

Uma evolução do QBZ03, tá na cara, mas por que adotar um “bicho” desse em 5.8x42mm, um calibre que só a China usa, e não em 5.56mm? o HuaQing HR31 que é uma cópia do HK416 em 5.56x45mm, a plataforma AR15/M16 já é testada e provada, pra mim, afegão médio, é bobagem adotar um novo fuzil num calibre “exclusivo” só pra dizer que é independente. Podia voltar pro Type81 em 7.62x39mm que ficava melhor. Uma coisa interessante, nesses últimos tempos alguns exércitos estão mudando de bullp-up pra um design convencional, França e agora China, por que será?

Delfim
Visitante
Delfim

O próprio EUA substituirá o 5,56 pelo novo calibre 6,8. Quem adotar o 5,56 agora estrará na contramão (como o EB fez).

rdx
Visitante
rdx

Salvo engano, os EUA desistiram de adotar o 6,8 mm por razões econômicas.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Está entre o 6.8 e o calibre criado pela SIG para os substitutos do AR e da SAW

Señor batata
Visitante
Señor batata

Boa tarde Delfim. Vc tem certeza sobre a troca? Afinal o M27 usa o 556 e ele acabou de ser adotado nos marines. O 6.5 creedmoor q eu saiba é usado em funções de marksman e sniper e ainda está restrito a algumas unidades das SFs. Acho difícil q o grosso das tropas mude de calibre em curto e médio prazo, hoje os calibres Otan estão muito bem sedimentados numa sólida base.
Tchau e abs.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Mais um produto de qualidade das Organizações Tabajara…

Foxtrot
Visitante
Foxtrot

Se refere ao IA2 caro Antônio ?
Tenho que concordar com você kkkkkkk!

Delfim
Visitante
Delfim

Só vejo a “revolucionária e futurística” concepção bullpup indo para o museu.
O FAMAS foi pro saco, o Tavor e o FN2000 não decolam, agora isso.
Vamos ver quanto tempo o SA80 e o Steyr AUG se aguentam.

rdx
Visitante
rdx

O FN2000 foi o fuzil mais impressionante que manuseei

Mayuan
Visitante
Mayuan

Os israelenses discordam de você.

Wanderson
Visitante
Wanderson

Pior foi a bullpup APA que os brazucas nem sabem que existiu.

Mayuan
Visitante
Mayuan

APA não, Lapa! E foi considerado muito bom por quem o testou para a revista Magnum. Alguém, aliás, que provavelmente entende muito mais de armas que você.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Como assim, ‘o FAMAS foi pro saco’? Ainda é o fuzil padrão das FFAA francesas…

Jean Jardino
Visitante
Jean Jardino

Nao mais, esta sendo trocado pelo novo HK416F.

Luiz Trindade
Visitante
Luiz Trindade

Imitando o fuzil do Royal Army British (Exército real britânico) com a posição do carregador depois do gatilho. Pelo jeito funciona.

Agnelo
Visitante
Agnelo

Prezado
O Exercito Britanico, diferente da marinha e Força Aerea, nao é Real. É do povo.
Sds

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Não existe ‘Royal Army’, mas sim o British Army. Royal são a Navy e a Air Force…

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Off Topic:
Segundo alguns blogs o mard 1a3 provavelmente virao pro eb e tbm os Centauro b1

Fred
Visitante

Onde viu essa notícia, Rodrigo?

Fred
Visitante

Está no Tecnodefesa!

Gelson
Visitante
Gelson

Rodrigo, se for verdade será uma boa notícia. O EB já teve a oportunidade de pegar os Marder 1 quase de graça, num momento em que a Alemanha estava se desfazendo deles – cerca de uns 15 ou 20 anos atrás. Mas, como não cabia a família inteira dentro dele (mulher, filhos, sogra e cachorro) não foi aceito pela avançada doutrina do EB vigente na época (de um exército que tem vasta experiência em combate no uso de panzergrenadieren…). Ambas as plataformas já devem estar só na “capa da gaita” mas, para o EB – 20 anos depois, pode ainda… Read more »

Gelson
Visitante
Gelson

Na verdade, a Alemanha criou o conceito e a doutrina do uso da Infantaria Blindada mas, aqui não serve…

Dodo
Visitante
Dodo

É mesmo gelson? Engraçado, até onde eu sei, o EB tem uma doutrina de forças blindadas bastante admirada e reconhecida pelos altos comandos e escolas de instrução militares de todo o mundo, inclusive realizando intercâmbios

Gelson
Visitante
Gelson

Oi, Dodo!
Eu fico aqui imaginando como é que o EB conseguiu implantar esta doutrina única no mundo. Só se foi com o auxílio de jogos de vídeo pois sem equipamentos fica muito difícil, não é mesmo?
Os mentores do uso da Infantaria Blindada conseguem manter a sua doutrina com constante treinamento, uso, adaptação e inovação de equipamentos. Veja alguns vídeos e leia a respeito dos Panzergrenadieren treinando em Munster e vc saberá do que estou falando.
Desculpe mas, sem equipamento e sem treinamento não há doutrina – apenas teoria.
E nem vamos falar sobre experiências reais em combate.
Abraços.

Ramon
Visitante
Ramon

Um tempo atrás tinha uma notícia aqui falando que o EB iria comprar uma série de equipamentos que os EUA mandaram para a reserva e que no pacote tinham até canhões mas até hj não tivemos mais nenhuma notícia, e agora aparece que o EB vai adquirir esses blindados, realmente eu fico com um pé atrás quando saem essas notícias pois ou EB não divulga muito esse tipo de coisa ou simplesmente desistem da compra e não falam praticamente nada.

Gabriel BR
Visitante
Gabriel BR

Existem vídeos mostrando a evolução da qualidade das armas fabricadas na China, hoje existem armas de fabrico chinês são tão boas quanto as ocidentais e custando bem menos.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Tá bom…rsrsrsrsrs

Dodo
Visitante
Dodo

Antonio, acho que você ficou preso nos anos 90… estamos em 2019, quase 2020, #fikaadica

Augusto L
Visitante
Augusto L

Não são tão boas, geralmente as equivalentes tem preços bem próximos.
As que tem preço inferior geralmente tem qualidades ou funcionalidades menores.

Antonio Renato Arantes Cançado
Visitante
Antonio Renato Arantes Cançado

Por quê você diz isso?

Gelson
Visitante
Gelson

Parabéns aos chineses pelas novidades. Em apenas 25 anos de uso do modelo “bull-pup” já estão mudando e voltando para o velho e seguro conceito de fuzil de assalto iniciado com os Stg alemães da II GM.

Mayuan
Visitante
Mayuan

O que bullpups tem de inseguros?

Gelson
Visitante
Gelson

Oi, Mayuan!
“…velho e seguro CONCEITO de fuzil de assalto…” – me referi ao design da arma e não da sua confiabilidade, ou segurança de operação e manejo.
Abraços.

Mayuan
Visitante
Mayuan

Ok. Entendi. Sempre tive a impressão é que ambos os conceitos tem vantagens e desvantagens mas que o mais tradicional talvez seja de aprendizado mais fácil por soldados menos adestrados e por isso a resistência com bullpups. Mero achismo mas vou pesquisar.

J-20
Visitante
J-20

Prefiro o Bullpup pelo centro de gravidade dele ser melhor para virar.

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Os chinas foram espertos nesta…

Para o fuzil ser bem vendido no mercado externo ele precisa ser bem customizável e só de ver esta foto já vejo vários componentes compatíveis com o AR.

Mayuan
Visitante
Mayuan

Quais?

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

De cara…

O pisto grip e o quebra-chamas

Mayuan
Visitante
Mayuan

Pois é então talvez não sejam tantos assim até porque não tem como saber se a rosca do quebra chamas é compatível por ter o mesmo passo e direção…

Rodrigo Martins Ferreira
Visitante
Rodrigo Martins Ferreira

Mas certamente ele será compatível com os supressores no estilo do quebra chamas da KAC.

Americano n compra arma que ele n possa mudar facilmente.

Carlos Alberto Soares
Visitante
Carlos Alberto Soares

R$ 1.99

rafael
Visitante
rafael

Arma e ferramenta não tem que ser bonita, tem que funcionar.

paulof
Visitante
paulof

off mas sobre a China, a PDVSA e a CNPC estatal da China pararam toda a mistura de petróleo em sua operação de joint venture, Petrosinovensa, segundo a Reuter.

akivrx
Visitante
akivrx

comment image

jeronimo torres
Visitante
jeronimo torres

Bom, os rifles da china tem diversos pequenos problemas de ergonomia e afins, resultado da adoção apressada, para que pudessem ser mostrados na parada militar que fizeram quando receberam Hong Kong de volta dos ingleses .

Agora quem sabe fazem direito, sem atalhos.

paulof
Visitante
paulof

– Estados Unidos está indo para 6,8mm que é é aproximadamente calibre .277, deve sair o resultado de quem ganhará em 2022.
– Sobre o bullup, as dificuldades em recarregar, principalmente quando estão deitadas ou em posições difíceis; me parece razão das resistências.