quarta-feira, outubro 20, 2021

Saab RBS 70NG

Coronavírus deve infectar até 70% do planeta, diz pesquisador

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Atualmente Brasil tem 2 casos confirmados do novo coronavírus. Para epidemiologista, vírus deve se espalhar ainda mais

Ele analisa que a Covid-19 (doença respiratória causada pelo novo coronavírus) tem uma taxa de mortalidade na faixa de 2% e se espalha rapidamente por ter sintomas leves ou mesmo ser assintomática. Com base nisso, ele acredita que ela pode se tornar uma doença sazonal.

Marc Lipsitch falou em entrevista à revista norte-americana The Atlantic. O pesquisador diz que o coronavírus, assim como a gripe – que geralmente ameaça a vida de pessoas com problemas de saúde crônicos e com idade avançada –, na maioria dos casos infecta pessoas de forma despercebida. No geral, 14% das pessoas com gripe não apresentam sintomas. Ainda não se sabe esse percentual na Covid-19, mas deve ser no mesmo patamar, segundo o epidemiologista.

Os coronavírus são conhecidos desde meados da década de 1960 e geralmente circulam apenas entre animais. São semelhantes aos vírus influenza, pois ambos contêm código genéticos parecidos.

Cientistas afirmam que os coronavírus evoluíram dos seres humanos para maximizar sua própria disseminação. Dois surtos anteriores do vírus – o Sars (Síndrome Respiratória Aguda Grave) e o Mers (Síndrome Respiratória do Oriente Médio) – foram altamente fatais para os seres humanos, com taxa de mortalidade de 10% e 34%, respectivamente.

Apesar da menor taxa de mortalidade, a Covid-19 até agora resultou em mais mortes (2.942) do que Sars e Mers combinadas (1.632). Isso ocorre porque, diferentemente das versões de coronavírus que provocaram surtos anteriores, a Covid-19 muitas vezes não é percebida por não apresentar sintomas, o que faz com que muitos dos infectados não busquem tratamento a tempo.

Os vírus da gripe, mais “leves“, matam menos de 0,1% das pessoas infectadas, mas são responsáveis ​​por centenas de milhares de mortes todos os anos.

Passados 2 meses do surto do novo coronavírus, ao menos 85.995 pessoas foram infectadas em 61 países. A maioria dos registros de infectados e mortos foram na China, epicentro do patógeno. No Brasil, 2 casos foram confirmados.

“Com sua potente mistura de características, esse vírus é diferente da maioria que captura a atenção popular: é mortal, mas não muito mortal. Isso deixa as pessoas doentes, mas não de maneira previsível e identificável de forma única. Na semana passada, 14 norte-americanos confirmaram a contaminação em 1 navio no Japão, apesar de sentirem-se bem. O novo vírus pode ser mais perigoso porque, ao que parece, às vezes pode não causar nenhum sintoma”, afirmou o pesquisador à revista.

Itália, Irã e Coreia do Sul estão entre os países que relatam 1 número crescente de pacientes diagnosticados com Covid-19. Muitos deles reagiram com tentativas de contenção, apesar da eficácia duvidosa.

Para Lipsitch, certas medidas de contenção são apropriadas, mas proibir amplamente as viagens, fechar cidades e guardar mantimentos não são soluções eficazes para 1 surto que pode durar anos.

“Mesmo com contenção, a disseminação do vírus pode ser inevitável. Testar pessoas que já estão extremamente doentes é uma estratégia imperfeita se as pessoas puderem espalhar o vírus sem se sentirem mal o suficiente para ficar em casa, longe do trabalho”, diz Lipsitch.

Segundo o epidemiologista, uma das melhores estratégias seria investir na produção de vacinas e prevenção para salvar vidas nos próximos anos.

Sobre a produção de vacinas, o artigo destaca os seguintes pontos:

  • esforços globais – “O novo vírus foi identificado rapidamente. Seu genoma foi sequenciado por cientistas chineses e compartilhado em todo o mundo em semanas.”
  • investimento norte-americano – “a Casa Branca está se preparando para pedir ao Congresso US$ 1 bilhão em financiamento de emergência para uma resposta ao coronavírus.”
  • laboratórios não têm interesse – A fabricação de vacinas é custosa. “As empresas farmacêuticas geralmente consideram mais rentável investir nos medicamentos de uso diário para condições crônicas”, diz Lipsitch.
  • produção de vacinas – “No mês passado, os preços das ações de uma pequena empresa farmacêutica chamada Inovio mais que dobraram. Em meados de janeiro, eles informaram a produção de uma vacina para o novo coronavírus. Essa afirmação foi repetida em muitas reportagens, embora seja tecnicamente imprecisa. Como outras drogas, as vacinas exigem 1 longo processo de teste para verificar se realmente protegem as pessoas das doenças.”
  • fechamento de fronteiras – “Quanto mais o mundo entra no modo de bloqueio e autopreservação, mais difícil pode se avaliar o risco e distribuir efetivamente ferramentas, desde vacinas e máscaras de respirador a alimentos e sabonetes para as mãos.”

CLIQUE NO MAPA ABAIXO PARA ACOMPANHAR O AVANÇO DOS CASOS DE CORONAVÍRUS

FONTE:  Poder 360

- Advertisement -

67 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
67 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
gordo
gordo
1 ano atrás

O homem e outros mamíferos (suínos e bovinos) e aves que existem apenas para fornecer proteína para o homem habitam esse planeta em numero suficiente para despertar o interesse de qualquer vírus ou assemelhado, é garantia de perpetuação da especie. O que está acontecendo é algo totalmente normal dentro da matriz ecológica, e ao sairmos dessa com certeza viveremos uma próxima epidemia.

Renato B.
Renato B.
Reply to  gordo
1 ano atrás

Interessante, seguindo essa idéia temos um problema sistemico, não? Somos primatas de savana que de repente passaram a insistir em viver como formigas se apertando dentro de cidades. O que torna as pandemias mais prováveis.

gordo
gordo
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Bem por ai, qualquer população grande e com densidade alta está mais sujeita a pragas que populações dispersas, basta ver o cuidado que temos com granjas (a China mesmo sofre com uma peste suína). Podemos somar a densidade demográfica a facilidade que temos hoje no transporte, o que facilita muito a transmissão e propagação.

Renato B.
Renato B.
Reply to  gordo
1 ano atrás

Verdade, tanto que vários dos vírus que temos vem de outros animais sociais, como morcegos, os porcos que você citou, aves e macacos.

Antoniokings
Antoniokings
1 ano atrás

Sendo isso, presume-se que vamos entrar em contato com o vírus e poderemos criar imunidade ao vírus.
Menos mal.

Teropode
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Assim como criamos imunidade contra o h1n1 , rubeola , aids e ebola , agora conta outra !

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Teropode
1 ano atrás

Se não mudar a cepa do vírus, criamos imunidade, sim.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Kings,

Se o vírus fôr do nível 4 (HIV, Ebola, Marburg, Hanta, Lassa) não se cria imunidade.

Nível 4 = BSL-4 Biological Safety Level 4 > altamente contagiôso e letal.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Níveis de Biossegurança se referem ao trabalho, equipamentos e instalações. Eles são para gerenciamento de risco de laboratórios e instalações de saúde em geral.

Esse níveis não são para medir as doenças em si, misturar conceitos cria uma salada que torna a situação ainda mais confusa.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Renato,

Você não tem a menor ideia do que eu estou falando.

Pelo menos aqui nos EUA é assim que funciona.

Temos um centro de investigação aqui perto, no qual de estuda micro-organismos com níveis de periculosidade 3 e 4.

Está localizado aproximadamente às uns 8 kilometros da minha casa.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Eu falei da esquisitice de classificar um vírus por BSL, o que você escreveu. Se o seu conhecimento do assunto se baseia em morar no mesmo bairro de um laboratório dá para entender. Não estou discutindo quem é você mas na informação e a forma estranha como a empregou. Voltando ao ponto, que eu saiba coronavírus são manuseados em locais em nível 2, imagino que no máximo 3 dependendo da quantidade de material. Isso faz diferença porque quanto maior o nível maior o custo e o tempo, se a pesquisa puder correr segura num nível mais baixo o processo todo… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Para mostrar um efeito da confusão.
Coronavirus – manuseado em locais com BSL 2 ou 3
Ebola – BSL 4

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Renato, Meu conhecimento não se basêa na distância da minha casa ao Centro de Investigações. Lá no princípio dos anos noventa eu fazia um estágio no laboratório de Biologia no MIT. Nessa época eu estudava Biotecnologia. Talvêz sêja uma confusão semântica, devido a maneira como me expressei, ou de como interpretei seu comentário anterior, o qual me pareceu ambíguo. . O que eu quis dizer é que em um laboratório BSL-4 se estudam microorganismos altamente legais. Até o presente momento, COVID-19 não é classificado nessa categoria máxima de letalidade. Mas isso ainda pode mudar. Eu comecei a me interessar por… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Então pensemos… veja a mortalidade do COVID-19 e compare com a do Ebola. O Ebola é muito pior. Lembra do MERS (outro coronavirus)? O infeliz chegava a uns 70% de letalidade em idosos e podia ser manuseado em BSL 3. Sabe por que? Porque é preciso ter agilidade para mapear o genoma do vírus rapidamente e entender como ele se espalha. Por fim, o único lugar que já vi falar sobre níveis de Biossegurança do jeito que você colocou foi num saudoso Rainbow 6 dos anos 90. Jogou? Eu me diverti com ele. No mais, as informações que coloquei aqui… Read more »

Helder Lopes
Helder Lopes
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Não me parece Antonio. Há casos noticiados de Chineses que já tinham sido curados do virus e que o voltaram a contrair.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  Helder Lopes
1 ano atrás

Eles não tinham sido curados. Melhoraram e receberam alta, porem a infecção piorou.

gustavo
gustavo
Reply to  francisco Farias
1 ano atrás

Informação errada, a infecção não voltou, tem 1 caso de teste positivo, depois testou negativo e voltou a testar positivo um tempo depois. Uma chinesa que “pegou” o vírus 2 vezes!

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

2% de mortalidade é o mínimo do mínimo, na verdade é maior do que isso, a China já até aumentou. Mesmo considerando taxa de mortalidade de 2% e que 5,4 bilhões de pessoas sejam infectadas, isso dá 108 milhões de mortos

gordo
gordo
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

Com certeza a taxa de 2% é até baixa. Essa taxa baixa se dá graças a cuidados médicos adequados e é ai que fica a questão já que a China fez 1000 leitos em uma semana e tem bala na agulha (economia) para bancar tratamento e evitar (até o momento) um colapso socioeconômico. Fico imaginando uma epidemia dessas em Países da América Latina ou algum Pais pobre e densamente povoado da Asia que mau dão conta de coisas corriqueiras. Se esse vírus se espalhar aqui a possibilidade de saturação de nossos hospitais é bem grande levando ainda mais pressão e… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  gordo
1 ano atrás

A informação de hoje é que um dos hospitais chineses construídos naquela emergência toda está sendo desmontado.
Parece que o pior passou por lá.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Antoniokings
1 ano atrás

Kings,

Está apenas começando.

gustavo
gustavo
Reply to  gordo
1 ano atrás

na verdade segunda especialista o ideal não seria levar toda a população com suspeita a hospitais e sim que fiquem em casa e em casos mais graves(idosos, entre outros) aí sim devem ir aos hospitais, isso diminiu a propagação do virus!

Renato B.
Renato B.
Reply to  gordo
1 ano atrás

Lembrando que a mortalidade varia com a faixa etária, 2% é a média. Entre pessoas com mais de 80 ela chega a 14%, por outro lado em crianças está próxima da gripe comum.

Señor batata
Señor batata
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

Vale observar que o Irã tem uma taxa de letalidade acima desses 2%.

francisco Farias
francisco Farias
Reply to  SmokingSnake 🐍
1 ano atrás

Considerando que o número de morte divulgado permaneça o mesmo, quanto maior o número de infectados menor será a taxa de mortalidade. Isto porque esta taxa de 2% foi calculada para 40 mil infectado, mas se na verdade houver, digamos 200 mil infectados, a taxa cai porque o numero de morte permanecerá. As mortes são geralmente de pessoas idosas e fracas. A gripe também mata esse tipo de pessoas.
A industria farmacêutica agradece.

Cidadão
Cidadão
1 ano atrás

150 milhões de vítimas.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 ano atrás

Quem estão na Europa estes dias são o Lullarapio e a Bandillma

Além de estarem lá falando mal do Brasil, foram para lá desnecessariamente arriscando trazer esta m…. para cá..

E a imprensa pouco fala…

FERNANDO
FERNANDO
1 ano atrás

Sim 2% a maioria idosos, agora me digam, qual o número de idosos no mundo e no Brasil, eles são potenciais defuntos.

Nicolas_RS
Nicolas_RS
1 ano atrás

Mais perigoso que o vírus será a vacina com toda certeza. As chances de doenças e problemas no futuro por causa da Vacina será quase que garantido. Para quem não entende esse lance, muitas vacinas oferecem um risco maior de problemas que realmente solucionar. Exemplo é o Sarampo, Coqueluche dentre outros inúmeras doenças foram controlados muito tempo antes das vacinas, porem o efeito é gigante… Para quem acha que isso é baboseira e teoria de conspiração, procure GRÁFICOS de índices antes de pois das vacinas. Vacina só em ultimo caso. Aqui um site com alguns gráficos: https://vaccinationdilemma.com/historical-death-rates-diseases-vaccination-html/ Reparem que muito… Read more »

carcara_br
carcara_br
Reply to  Nicolas_RS
1 ano atrás

Falou pouco, mas falou bosta

Nicolas_RS
Nicolas_RS
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Filhão, tenho experiencia própria na família. Uma tia que começou com 1 problema e morreu com 10 por causa dos remédios e meu outro tio que vivia com dor na coluna, tomava remédio receitado pelos médicos e mesmo assim deitado sentia muita dor, ai viu esses ‘canais de teorias de conspiração’ e começou a tomar magnésio que custa pouco mais de 50 reais reais o pote, quando vejo ele nem acredito, parou de sentir dor na coluna, engraçado é ver a filha dele que é medica com dor de cotovelo falando que é efeito placebo, kkkkkkkkkkkkkk. Tenho certeza que tu… Read more »

Señor batata
Señor batata
Reply to  Nicolas_RS
1 ano atrás

Olá Nicolas. Gostaria de observar q efeito placebo realmente funciona (é algo fartamente documentado). E sobre os outros casos apresentados pelo senhor seria mais interessante termos mais informações (dores e doenças não identidados não servem como parâmetro). E por favor cuidado ao replicar informações médicas erradas. Crianças e idosos tem morrido por doenças controladas pela recusa das pessoas em se imunizar.
Tchau e saudações.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Nicolas_RS
1 ano atrás

Então toma lá um chá de erva cidreira e de quebra-chifre e sossega.

gustavo
gustavo
Reply to  Nicolas_RS
1 ano atrás

Magnésio é cientificamente comprovado para dores…

gustavo
gustavo
Reply to  Nicolas_RS
1 ano atrás

muiitos remédios naturais são realmente bons, eu sofria de azia cronica, nada melhorava, comecei a usar curcuma(açafrão da terra) NUNCA mais tive azia. E custa super barato.

Renato B.
Renato B.
Reply to  gustavo
1 ano atrás

Gustavo, a química vale para fitoterápicos (baseados em plantas) ou remédios industriais. Os principios ativos usados na indústria farmacêutica vem da natureza. Por exemplo, a aspirina é “inspirada” nas folhas do salgueiro. Porém os fitoterápicos também podem render reações adversas, assim como os remédios.

Emerson Gabriel
Emerson Gabriel
Reply to  Nicolas_RS
1 ano atrás

Nicolas, eu vi os gráficos e afirmo: não é só teoria da conspiração e uma baboseira; também uma grande irresponsabilidade.

Nicolas_RS
Nicolas_RS
Reply to  Emerson Gabriel
1 ano atrás

Confesso que esse não é o melhor, mais tarde vou procurar um que detalha melhor e posto aqui.

MIB
MIB
1 ano atrás

Conhecendo o Brasil como eu conheço, é bem possível que ja tenhamos uma epidemia se alastrando, mas nossas “autoridadi” ainda não descobriram…

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  MIB
1 ano atrás

MIB,

Vai sêr caótico. Lamentávelmente.

Welington S.
Welington S.
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Tadeu, o vírus, possivelmente, já chegou na Argentina. Caótico será mesmo se o vírus se espalhar por toda América Latina, ou pior, chegar na Venezuela e os venezuelanos simplesmente invadirem outros países para ”escapar” do vírus. Se o vírus, possivelmente, chegou na Argentina, pode apostar que chegará na Venezuela também.

Pedro
Pedro
1 ano atrás

Com base nesta matéria, é para estocar comida sim, e comprar máscara sim?

carcara_br
carcara_br
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Rapaz o vírus já sofreu mutação, melhor relaxar em breve o sus vai estar preparado para dar o diagnóstico de virose pra todo mundo. Seleção natural vai resolver o caso.
Quer um exemplo? Um dos suspeitos do coronavirus era “apenas” o H1N1, tão perigoso ou mais, mas ninguém fez alarde….

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  carcara_br
1 ano atrás

Ninguém fez alarde porque H1N1 já tem vacina, azar da pessoa que não tomou a vacina, deve ser que nem o cara aí em cima

Señor batata
Señor batata
Reply to  Pedro
1 ano atrás

Pedro, meu xará, o uso de máscara sempre é uma boa ideia em ambientes com multidão de pessoas, existem diversas doenças respiratórias circulando. Com relação à algum quarentena q possa acontecer no Brasil vejo como difícil, o mais provável é que o governo feche ou limite temporariamente situações de aglomeração (escolas, shows e etc cetera). Linhas logísticas dificilmente seriam paralisadas pela doença. Mas vale notar q desde o ano passado tem sido noticiado que existem chances de uma greve dos caminhoneiros, essa sim com risco de trazer problemas graves de desabastecimento para a população.
Tchau e saudações.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Paranóicos de plantão uni-vos.
https://www.pewpewtactical.com/best-gas-masks-respirators-filters/
Nota: eu sou um amante do livre mercado a frase foi apenas uma piada.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Exato, o uso de máscara é recomendado por quem está infectado, para não passar o vírus para outra pessoa. No mais é simples bom senso, um gripado com o vírus comum deveria usar uma máscara para entrar no metro. Noção e educação.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Prazer reencontrar o senhor. Td tranquilo Renato? Voltando ao tema máscaras. Até onde se sabe barreiras físicas diminuem a propagação de doenças transmitidas por vias aéreas e isso vale como recomendação inclusive para quem não está doente, mas que querem se prevenir. Mas de fato vale notar que o senhor está certo em apontar q doentes deveriam usar máscara, dado que enquanto doente ele deveria adotar práticas para minimizar a chance de transmissão. Agora saindo do tema máscaras, o senhor tem bastante interesse na área de biologicas, sempre o vejo comentando quando surge algo na linha, o senhor trabalha em… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Buenas tardes, é sempre um prazer rever o Senõr. Sobre o temas máscaras, sim elas são úteis, afinal o vírus se espalha por gotículas espirradas. Mas o lance do alcool gel também, afinal nem percebemos a frequência com que passamos a mão no rosto ou nos olhos. O filme contágio descreveu isso muito bem. Falando em sugestões, estou vendo um desenho japonês chamado “Cells at Work” e recomendo. É divertido mas ao mesmo tempo tem excelentes informações técnicas, até mesmo sobre o vírus da gripe. Sobre a minha relação com saúde pública. Digamos que eu era jovem e precisava do… Read more »

Señor batata
Señor batata
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Bem lembrado do álcool em gel, eu me esqueci. E em relação ao desenho vou dar uma olhada, mas creio q vá demorar até q eu assista, no momento estou encarando a lista de leitura q eu deixei acumular e realmente não sei nem se conseguirei completar esse ano.
De resto fica o parabéns pela maneira sóbria e ponderada com a qual o senhor usa em seus comentários.
Tchau e saudações.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Os parabéns são mútuos.

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Renato,

Essas máscaras que estão usando por aí não servem para nada.

Somente ás máscaras com filtros especiais para a proteção contra particulars virais (virions), podem impedir a aspiração de patogênicos.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Tadeu Mendes
1 ano atrás

Tadeu,
vamos lá, volte umas 2 casas e leia a parte onde se fala que as máscaras são para impedir que pessoas infectadas espalhem o vírus e NÃO para proteger quem está saudável.

De qualquer modo, uma roupa de astronauta também protegeria do vírus mas, assim como as máscaras com filtros especiais, não vamos ver o cidadão comum usando (além de caro qualquer aglomeração se tornaria muito bizarra). Portanto, não vão fazer muita diferença. Contenção de epidemia é uma ação coletiva a melhor solução individual é virar eremita.

Augusto L
Augusto L
1 ano atrás

O Brasil deveria mandar o exército montar hospitais de campanha em todos o aeroportos internacionais e portos quem quiser entrar no Brasil tem q fazer testes, se quiser evitar transtornos que faça o exame no exterior onde está e traga para junto quando vier, pronto se contem o virus, simples assim.

Custo ? Que se lasque isso, tire de outros aéreas momentaneamente. É assim que se administra fazendo o que tem que ser feito, o resto é mimimi de mimizento.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Augusto o Brasil (e nenhum país do mundo) tem estrutura para o que foi proposto pelo senhor. Olha o trânsito de pessoas e mercadorias (legais e ilegais) apenas na fronteiras q o senhor poderá observar a impossibilidade da ação. Uma ação razoável (pouco custosa) seria aumentar campanhas de conscientização para hábitos simples mas que diminuíram q exposição à doenças que são transmitidas pelas vias aéreas. Hábitos como lavar as mãos, uso de máscaras, manter distância quando possível de outras pessoas e por aí vai. Td isso já teria um resultado bem interessante dado que tais hábitos não são amplamente adotar… Read more »

Renato B.
Renato B.
Reply to  Señor batata
1 ano atrás

Existem protocolos de vigilância sanitária e epidemiológica para controlar e monitorar a expansão de doenças. Não são perfeitos justamente pelas limitações que o Señor colocou, mas garanto que sem eles a situação seria muito pior.

Lembrando que ainda temos Febre Amarela, Dengue, Zika e cia. É preciso tomar decisões com cuidado ou uma solução para algo hoje cria um problema ainda maior amanhã. Como dizem: a resposta simples para problemas complexos geralmente está errada.

Augusto L
Augusto L
Reply to  Renato B.
1 ano atrás

Que se lasque isso de circulação de mercadorias.

O problema do mundo moderno é colocar a economia na frente de tudo, a 40, 50, 60 anos atrás problemas eram resolvidos na hora mesmo que no curto prazo significa-se uma perda econômica, hoje em dia so tem fracos nas administrações.

Señor batata
Señor batata
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

E aí augusto. Td susa? O comércio não tem apenas o fator financeiro envolvido, temos tb aspectos mais práticos, por exemplo: de pão (Brasil importa trigo) até química fina (medicamentos, eletrônica, indústria). E isso vale para todos os países (ninguém é auto-suficiente em td).
E sejamos francos metade do cigarro do país é contrabandeado, não temos e não teremos controle da fronteiras. O coronavirus vai entrar e circular no Brasil, isso já é um fato. A questão é quais serão as respostas que o poder público e a sociedade vai conseguir oferecer.
Tchau e saudações.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Augusto L
1 ano atrás

Isso não é só questão de mercadorias. Desviar dinheiro para uma ação dessas significa retirar essa grana de outro lugar e deixar outra coisas, como prevenção da Dengue ou Zika à descoberto. Dinheiro é a parte fácil, equipamento e pessoal capacitado para fazer esse tipo de coisa funcionar é muito mais complicado.

roberto farias
roberto farias
1 ano atrás

vejo pessoas tratando esse vírus como um h1n1 da vida mal elas sabem o potencial que o vírus tem de dizimar grande parte da população mundial, eu já vejo tal vírus com muita preocupação ainda mais com o descaso da saúde publica no brasil que é extremamente precária.

Hawk
Hawk
1 ano atrás

Enquanto isso no Brasil, pessoas internadas pela gripe comum, estão sendo classificadas como “suspeitos de Coronavírus”!

Renato B.
Renato B.
Reply to  Hawk
1 ano atrás

princípio da cautela.

Major tom
Major tom
1 ano atrás

Enquanto isto no Brasil. Fronteiras e controles abertos, entra quem quer. Israel não deixou que passageiros de uma aeronave da Korean air desembarcar em tel Aviv. Medidas de proteção? Sim ou claro ?

Renato B.
Renato B.
Reply to  Major tom
1 ano atrás

Controlar fronteiras é tudo menos fácil, especialmente para doenças. Se você está abismado com a gente devia ver Washington. Essa mesma, a capital do país mais poderoso do mundo. Uma explicação para descrever a profundidade do buraco em que estamos. Pelo que li de um virologista e divulgador científico (o genial Atila Iamarino), enquanto nós estamos preocupados com o número de casos os pesquisadores estão analisando as sequências de genomas dos vírus coletados de diversos pacientes. Existe um banco comum e os chineses logo disponibilizaram os dados. Comparando amostra e observando as diferenças é possível fazer maravilhas: como saber de… Read more »

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
1 ano atrás

A Organização Mundial de Saúde, acaba de anunciar que a taxa de mortalidade do COVID-19 é 3.4%. a nível global.

A estimativa anterior, baseada no dados oriundos da China não estavam corretos, como já suspeitávamos.

A letalidade do vírus é bastante preocupante.

Se o vírus da gripe, o qual é -1% de fatalidades, já causa uma quantidade significativa de mortes, imaginem o desastre que o coronavírus vai causar na civilização.

paulo
paulo
1 ano atrás

passando por qui pra registrar que o pateta-mor saiu às ruas, desrespeitando as orientações do próprio ministério da saúde. o mundo inteiro tomando medidas sérias e quem devia apoiar dá de costas à população.

se tivéssemos um ministro da saúde incompetente, como temos no turismo e educação, sabe-se deus a catástrofe que já teria nos abatido.

Bosco
Bosco
Reply to  paulo
1 ano atrás

Na próxima eleição vota na Dilma.

Últimas Notícias

Colin Powell, líder militar e primeiro secretário de Estado negro dos EUA, morre após complicações da Covid-19

(CNN) – Colin Powell, o primeiro secretário de estado negro dos EUA cuja liderança em várias administrações republicanas ajudou...
- Advertisement -
- Advertisement -