Home Aviação de Transporte Avião cargueiro Y-20 chinês pode levar dois tanques Type 15

Avião cargueiro Y-20 chinês pode levar dois tanques Type 15

3695
59
Cargueiro militar Y-20

Um único avião de carga Y-20 de fabricação chinesa pode transportar dois carros de combate Type 15 recém-comissionados para operações de transporte de longo alcance, e essa nova combinação aumentará a capacidade de transporte estratégico das forças armadas chinesas, disseram especialistas no dia 8 de abril.

Ao usar essa combinação, a China pode enviar rapidamente reforços blindados poderosos para ambientes difíceis em grandes elevações, entre montanhas ou em locais ricos em água, disseram eles.

Graças ao peso leve de cerca de 30 toneladas do tanque Type 15, um Y-20 pode transportar dois deles ao mesmo tempo e realizar um desdobramento de longo alcance de 7.800 quilômetros, informou a emissora estatal China Central Television (CCTV), revelando essa combinação para a primeira vez.

A aeronave Y-20 de transporte transcontinental é capaz de transportar mais de 60 toneladas, e o tamanho de seu grande compartimento de carga pode acomodar dois tanques Type 15, disse Fu Qianshao, especialista chinês em defesa aérea, ao Global Times.

O Y-20 também pode transportar um tanque de batalha principal Type 99A, que pesa cerca de 50 a 60 toneladas, mas essa nova combinação pode aprimorar a capacidade de transporte estratégico das forças armadas chinesas, oferecendo diferentes opções táticas, disse Fu.

O leve Type 15 foi projetado para operar com eficiência em terrenos difíceis em altas altitudes, em regiões montanhosas e áreas densas de água, onde um tanque pesado como o Type 99A pode não funcionar com todo o potencial, disse Fu, observando que dois tanques leves também podem ter um desempenho superior a um tanque pesado em alguns cenários de combate.

Múltiplos Y-20 também podem transportar uma mistura de Type 15s, Type 99As e outros tipos de veículos blindados, levando a uma melhoria significativa na rápida implantação de longo alcance na China, disse Fu.

A China tem um vasto território e, com uma boa capacidade de transporte aéreo, otimizará a distribuição de força e estrutura das forças armadas, disse o especialista militar Ge Lide na CCTV.

O Type 15 estreou publicamente no desfile militar do Dia Nacional em 1º de outubro de 2019 em Pequim, e alguns Type 15 foram desdobrados em exercícios nos platôs da Região Autônoma do Tibete, no sudoeste da China, em janeiro de 2020.

O tanque Type 15 é o único tanque leve moderno do mundo em serviço, informou a revista militar chinesa Weapon em 2019, observando que está equipado com um canhão de 105 milímetros e sensores avançados que podem “devastar veículos blindados leves inimigos em regiões não adequadas para desdobramento de tanques pesados”.

Imagem em computação gráfica mostra dois Type 15 dentro do Y-20
Sequência de imagens mostra detalhes do Type 15

FONTE: Global Times

Subscribe
Notify of
guest
59 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Floriano Alves
Luiz Floriano Alves
3 meses atrás

Não é só a Cchina que possui esse tipo de tanque na faixa de 30 ton. e com armamento pesado. A Russia possui modelos aero transportados,k faz bastante tempo. Os Russos tem liderado a tecnologia e inovação de blindados,k eis que acumulam grande expertize no assunto e tem infra estrutura industrial para isso.

PACRF
PACRF
Reply to  Luiz Floriano Alves
3 meses atrás

A infantaria Russa sempre foi um diferencial a seu favor, desde Napoleão até Hitler. Sempre com grandes perdas, porém com enormes determinação e resistência.

Evgeniy (RF).
Evgeniy (RF).
Reply to  PACRF
3 meses atrás

PACRF
A infantaria Russa sempre foi um diferencial a seu favor, desde Napoleão até Hitler. Sempre com grandes perdas, porém com enormes determinação e resistência.
___

A menção nesse sentido de Napoleão e Hitler, para dizer o mínimo, não corresponde à realidade.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Luiz Floriano Alves
3 meses atrás

O tanque sempre vai sem o principal de instrumento de combate do exercito Russo , a geografia do terreno deles é bem favorável para uma invasão por terra , pois boa parte e plana , a história sempre mostrou isso .

Tomcat4,2
3 meses atrás

Belo MBT leve, 30 t é muito leve pra um MBT. Canhão de 105mm com optrônicos atuais ainda dá aquele caldo e eles ainda tem os MBT’s pesados para outros terrenos e pro caldo mais grosso. Mas entre os mais leves e mortais sou T-90 MS( 48 toneladas de tecnologia pura) desde neném !!! 😉 Ficha do bichão (T-90 MS //fonte PB ); Ficha Técnica Comprimento / m 10,0 Largura / m 3,5 Altura / m 2,3 Massa / ton 48 Propulsão Motor V-92S2F Turbo Diesel Potência 1130hp Relação potência hp/ton 23,54 Transmissão Câmbio Automática Uralvagonzavod Suspensão Barra de Torção… Read more »

Alexandre
Alexandre
3 meses atrás

A China só copia tudo mesmo, que país mais lixo.

PACRF
PACRF
Reply to  Alexandre
3 meses atrás

Após a II Guerra o Japão foi um copiador, depois vieram a Coréia do Sul e os “tigres” asiáticos. A China é um copiador, produtor e exportador de manufaturas para o mundo. A Apple, por exemplo, possui fábricas na China. O Brasil continua o mesmo desde colônia, produzindo e exportando commodities. Até insumos para a produção delas, como fertilizantes, é preciso importar. Embraer: uma das poucas excessões.

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Em 1989, Brasil e China tinham o mesmo PIB.
Deu no que deu…

Matheus
Matheus
Reply to  Alexandre
3 meses atrás

Enquanto uns copiam e avançam, outros só fazem ToTs que não levam em nada e ficam pegando sobra de país rico.

Alfredo Araujo
Alfredo Araujo
Reply to  Matheus
3 meses atrás

Cite, por favor, algumas ToTs que não levaram a nada.
Vamos debater isso. Vc fala com tanta certeza… que me deixou curioso.

Tomcat4,2
Reply to  Alexandre
3 meses atrás

Moço, fala uma bobagem cósmica dessa não, eles até copiaram(copiam) e muito mas aprenderam e evoluíram tecnologicamente de maneira assombrosa dominando tecnologias que pouquíssimos países dominam. Não sou fã do modus operandi do governo chinês mas que são em essência muito focados no que é de seus interesses eles são e diferente do Brasil que ficou parado no tempo por causa da herança maldita dos portugueses cravada no DNA e que aflora em muitos ,principalmente nos que alcançam o poder, a ganancia por dinheiro e poder, em saquear e explorar ao máximo em detrimento de todo o resto, deu um… Read more »

Alexandre
Alexandre
Reply to  Tomcat4,2
3 meses atrás

A rainha louca eleita acredita que nosso lugar é America First!!!!!!!!!!!

Alexandre
Alexandre
Reply to  Alexandre
3 meses atrás

Xará , tirando a questão que a democracia não existe na China pois o partido comunista está no poder a 300 anos , e os direitos de liberdade e expressão , eu , o Brasil poderia “copiar” a capacidade de produção , e investimentos na infra estrutura , e com isso melhorando a qualidade de vida da população , até os anos 1970 lá era “tudo mato” meu caro , e olha como os caras estão avançados agora .

guilherme santos
guilherme santos
Reply to  Alexandre
3 meses atrás

Oh, como que eu queria que o Brasil copiasse igual a china. Imagina a gnt produzindo todos nossos equipamentos militares ? Exportando pra outros países. E ainda sendo um país livre. Oh, sonho.

Eduardo
Eduardo
Reply to  guilherme santos
3 meses atrás

Livre?

Tomcat4,2
3 meses atrás
Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Quando vi esse tanque leve me veio a cabeça a imagem de um CV-90120-T sueco, penso que um tanque leve seria uma possibilidade interessante para o Brasil.

Marujo
Marujo
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Com a palavra, os profissionais. Agnelo, sinta-se convidado.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Sempre opinei aqui que o CV90 poderia ser incorporado pelo EB e pelo CFN, tanto as versões 30, Armadillo e 120. Ainda mandava os suecos pôr um ATGM na versão 30. É um blindado muito versátil para preencher a lacuna entre os Guaranis e os Leopards, e jogar fora os 113.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

Também tenho apreço pelo CV90, mas com um custo de 4 milhões de euros a unidades, sem incluir toda a logística e treinamento, infelizmente não vejo possibilidade do EB adotá-lo. Mas seu peso, versatilidade e origem, são um diferencial.

Maus
Maus
Reply to  MMerlin
3 meses atrás

Ele vai adotar o que então? Puma custa 8 milhões, qualquer outro mbt moderno custa 10 milhões.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Maus
3 meses atrás

Amigo. Releia e veja que não critiquei o custo do veículo. Apenas especifiquei que com 20 milhões de reais a unidade, sem incluir a logística e treinamento, o EB (Exército Brasileiro) não tem verba para a compra e demais custos.
Referente ao “Ele vai adotar o que então?”, várias pessoas que tem grande conhecimento técnico aqui já apontaram opções, mas acredito que a opinião mais realista apontada foi: Nada. Vai dar manutenção no que tem e tentar comprar outros leos usados, quando estiverem disponíveis.

Maus
Maus
Reply to  MMerlin
3 meses atrás

O contrato de peças de reposição logo vai acabar, em breve os únicos fornecedores de munição 105mm serão Israel e China. Ou o Brasil compra veículos novos ou vai acabar sem veículo nenhum.

Bardini
Bardini
Reply to  Maus
3 meses atrás

A última coisa que vai faltar para os Leopard é munição. Isso não é um problema perto do demais fatores.
.
O EB vai tentar modernizar Leopard (e nacionalizar o que der) para usar mais uma década no mínimo, enquanto em paralelo tenta viabilizar o desenvolvimento um projeto de MBT para ser fabricado aqui daqui um bom tempo.
.
Isso é o que está acontecendo. O Leopard 1A5 se tornou um erro. Um barato que sairá muito caro, tornando-se um novo M-41…

Naamã
Naamã
Reply to  Maus
3 meses atrás

M1 reformado sai por 2 milhões no FMS.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  MMerlin
3 meses atrás

Mas 4 milhões para um veículo novo de prateleira está é bom, dá para usar até ficar no osso. O problema é a mentalidade da década de 30 das FAs.

fapninguem@gmail.com
fapninguem@gmail.com
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Fabio Alves
Vamos comprar!

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Gabriel BR
3 meses atrás

Gabriel, acabei de consultar as fichas técnicas do KC-390 e do blindado referido acima e, aparentemente, caberiam 2 deles (em fila) no compartimento de cargas do KC-390.

Ao que puder verificar, são 5 versões disponíveis desse blindado e 3 delas cabem – e com folga. Apenas 2 não poderiam ser alocadas; 1 delas por excesso de ALTURA e a outra por excesso de LARGURA.

É um blindado interessante e seria bastante vantajoso que também tivéssemos uma combinação desse tipo.

Forte abraço! 🙂

Jota Ká
Jota Ká
Reply to  Tamandaré
3 meses atrás

No kc390, no máximo 1 (versões mais leves), nenhum se for os mais pesados. Não adianta caber se excede o peso máximo.

Foxtrot
Foxtrot
3 meses atrás

Seria senhor muito eu sei, ainda mais devido ao “complexo de vira latas” disfarçado de Teatro de operações local de nossas FAAs.
Mas quem sabe uma evolução do projeto KC-390 para uma capacidade e raio de ação semelhante ao Y15 Chinês?

Maus
Maus
Reply to  Foxtrot
3 meses atrás

Um Quadmotor, com um motor maior.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Maus
3 meses atrás

Caro Mais, acho que teria que aumentar um pouco a fuselagem para acomodar mais combustível, mas em suma seria basicamente isso.
O grande problema é equalizar a relação peso X potência.

Victor Filipe
Victor Filipe
3 meses atrás

é basicamente a mesma capacidade de carga de um C-17 que pode levar um M1 Abrams que dependendo do modelo + modificações passa de 60 tons.

Maus
Maus
3 meses atrás

Menos que um c17

Victor Filipe
Victor Filipe
3 meses atrás

Existe um porem no emprego desses tanks mais leves. ser 18 tons mais leve que um T-90 é muita coisa e isso com certeza vem com sacrifício de blindagem. isso torna ele bem mais vulnerável a armas anti-tank

Não sei como enxergar ele… os EUA conseguiram por o mesmo poder de fogo (canhão de 105mm) em um veiculo mais leve (M1128 da familia Stryker) e nisso eles poem um veiculo de 19 tons no mesmo TO… ai fica a questão. qual se sairia melhor? não acho que os dois cumprem a mesma função, mas ai fiquei curioso

Teru
Teru
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Bae Systems M8 e GDLS Griffin II; até o US Army já pensou em tanks leves para as forças aerotransportadas. Os russos usam o Sprut-SD.
Os indonésios usam o Harimau para terrenos onde tanks convencionais não atravessam.
Os chineses pensam em algo semelhante com o type 15.

Caio
Caio
3 meses atrás

Para só combates assimétricos de hoje, em especial contra fanáticos, acho uma boa opção.

Bardini
Bardini
Reply to  Caio
3 meses atrás

Pra combater fanático operando de forma assimétrica, um 4×4 blindado serve…

Caio
Caio
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Mas nenhum 4×4 tem o nível de proteção dele ou do jaguar francês.
Creio muito.nos 4×4 militares mas como patrulha, por que partir para a caça não dá, mesmo por que hoje parece que produzir explosivos anticarro é mais fácil do que fazer pão.

Bardini
Bardini
Reply to  Caio
3 meses atrás

7,62×51 AP disparado com elevação de 0º a 30º a 30 m . Esse é o nível de proteção que é necessário. Esse é o nível de proteção que um 4×4 blindado entrega. . O Jaguar é um blindado de apoio de fogo, que fará uso de um canhão de 40 mm. Primeiro tu precisa entender o conceito “Scorpion”, daí tu vai entender qual a missão desse blindado dentro do seu contexto. . Apoio de fogo é importante e extremamente útil, mas não é o principal meio para esse tipo de operação. No nosso caso, poderíamos utilizar alguns Guarani 6×6… Read more »

Bardini
Bardini
3 meses atrás

Bom pra eles…

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
3 meses atrás

O KC-390 pode levar um MBT Leopard em seu interior?

Bardini
Bardini
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
3 meses atrás

Não

Adriano Madureira
Adriano Madureira
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Acho que o Brasil poderia adquirir 2-3 aeronaves airbus A-400M,apesar de estarmos adquirindo o KC390, acho que adquirir aeronaves pesadas seria útil, e antes de mais nada: Sim, sei que o Brasil não tem tanta bala na agulha, mas acho que dar as costas a uma aeronave de grande porte é com grandes qualidades não pode ser descartada.

Juarez
Juarez
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

Já não temos problemas de sobra e tu quer arrumar mais está trozoba inoperavel e impagavel .

Bardini
Bardini
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

A400M acrescenta muito pouco. Esse negócio de transportar blindado é uma total ilusão para o Brasil.
.
KC-767 é o realmente que necessitamos. E o A330 MRTT seria um sonho de uma noite de verão…

Jagderband#44
Jagderband#44
Reply to  Adriano Madureira
3 meses atrás

A400 é que nem Citroen: bonito mas ordinário.

RENAN
RENAN
Reply to  ADRIANO MADUREIRA
3 meses atrás

Não devido ao peso

Maurízio Souza e Souza
Maurízio Souza e Souza
3 meses atrás

Se, e somente se, fôssemos um país sério, poderíamos, com a ajuda dos alemães da KMW, criar uma família de MBT´s com essas características. Um leve, na faixa das 30t com um canhão de 105mm, um MBT com 20t a mais, um IFV com canhões de 20 a 30mm, todos baseados na mesma plataforma.

Pablo
Pablo
Reply to  Maurízio Souza e Souza
3 meses atrás

Se não me engano a KMW já falou em projetar e construir um MBT aqui no Brasil com os requisitos do EB, pois tem uma fabrica deles aqui no RS, em Santa Maria.

paulop
paulop
3 meses atrás

Caros: não sei o que vocês pensam, mas creio que esse tipo de Carro de Combate, leve e na faixa de 30t cairia bem aos nossos RCB. Eu sei que este tipo de unidade tem função muito mais de choque, em proveito da Brig Cav Mec, do que reconhecimento, em que pese a nomenclatura, Cavalaria Blindada. Penso que esse tipo de tropa poderia realizar a mesma função da Cavalaria Mecanizada, porém embarcada em veículos sobre esteiras. Talvez adotar uma estrutura relativamente padronizada para os dois tipos de cavalarias e equipar a Cav. Blind com um tanque leve e um Blind.… Read more »

Bardini
Bardini
Reply to  paulop
3 meses atrás

Eu acho que os RCB deveriam ser extintos. Não tem como continuar sustentando essa estrutura com economia burra que fazem, baseada em papel e faz de conta. . O negócio é focar acima de tudo em construir unidades Sobre Roda, modernas e muito bem equipadas com variantes da família Guarani. . Sobre Lagarta, por mim, seria mais do que suficiente tem uma “Brigada Pesada” beeem completa no Sul, com uma Engenharia de Combate parrudona e realocar outra “Brigada Pesada” para a região do Centro-Oeste, nos mesmos moldes dessa do Sul, pra ficar como reserva ou ser deslocada para outras regiões… Read more »

Juarez
Juarez
Reply to  Bardini
3 meses atrás

Já existem, uma no RS e outra no Paraná. O problema no Paraná e que não conseguem treinar tiro real com Leopard pela falta de campo de tiro.
Quanto aos RCBs, concordo

sub urbano
sub urbano
3 meses atrás

O Exército de Libertação Popular está criando capacidade Expedicionária. Com o aumento do fanatismo político no Brasil, bem como da estratégia de “dividir para conquistar” utilizada pelos Milicianos em seu projeto de poder, o Brasil poderá se ver em um conflito fatricida num futuro próximo. Como nosso país é, junto com a África, a maior fonte de matérias primas da industria Chinesa, é possível que vejamos o Y-20 descarregando grande quantidade de suprimentos para as tropas chinesas de ocupação.

Agnelo
Agnelo
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Quem mais dividiu o Brasil foi a esquerda…
E quem mais entregou o q é nosso também foi a esquerda…. bem… entregou não…. foi clandestinamente indenizada…

Marujo
Marujo
Reply to  Agnelo
3 meses atrás

Respeito muito você, mas discordo. A esquerda incluiu e resguarda o que e nosso, ao contrário da direita que exclui e entrega o patrimônio nacional.

Fernando OP
Fernando OP
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Kkkkkkk! Ótima piada!

Tomcat4,2
Reply to  sub urbano
3 meses atrás

Esqueceu do braço forte que receberia na bala seus amiguinhos né se não tivessem sido derrubados de longe pelos Gripen’s e seus navios afundados por nossos submarinos 😉 !!!

Luiz Floriano Alves
Luiz Floriano Alves
Reply to  Tomcat4,2
3 meses atrás

ardini
Os campos alagados indicam o uso de lagarta. Quem já traklhou na terra sabe bem disso. A roda é excelente para estradas,k mas tem ocasião que é necessário encarar o terreno bruto. Até o capim conspira contra a tração. Já vi trator de rodas afundar na arei molhada até a altura do banco do condutor. Ainda acho que lagarta sempre será necessária. Abço.