Home Comunicações Embaixada chinesa reage a pedido dos EUA por 5G brasileiro sem Huawei

Embaixada chinesa reage a pedido dos EUA por 5G brasileiro sem Huawei

3248
110

A embaixada da China no Brasil reagiu nesta sexta-feira, 21 de agosto, a um artigo publicado por representante do Departamento de Estado dos EUA na imprensa brasileira e que defendia a exclusão da Huawei do 5G nacional.

Em nota à imprensa, a embaixada chamou a manifestação de interferência grosseira à cooperação sino-brasileira. Na última quarta-feira, 19, o subsecretário de crescimento econômico, energia e meio ambiente do Departamento de Estado dos EUA, Keith Krach, publicou artigo no jornal O Globo defendendo o projeto de “redes limpas” do governo norte-americano.

Na ocasião, Krach reiterou as acusações de espionagem e obediência ao governo chinês feitas pela gestão de Donald Trump contra a Huawei. A embaixada da China, por sua vez, classificou os comentários como uma tentativa de intimidação e de difamação.

“A Huawei, uma empresa privada de renome mundial, não tem nenhum incidente de segurança cibernética, nem caso de espionagem e vigilância na rede de informações. Também não há nenhuma prova de que os produtos da empresa tenham dispositivos para essa finalidade, os chamados backdoor”, afirmou a embaixada – que ainda acusou os EUA de contarem com um histórico “escandaloso” em segurança cibernética.

“O 5G é uma importante ferramenta para alavancar uma nova etapa da revolução industrial. Politizar ou ideologizar essa tecnologia e as cooperações nesse campo só irá retardar o processo da economia digital do mundo”, completou a embaixada. A nota completa pode ser lida aqui.

Custos

No artigo publicado na quarta-feira, o Departamento de Estado norte-americano também questionou o entendimento que a exclusão da Huawei representaria uma alta nos custos do 5G, em afirmação que vai na contramão do afirmado pelas operadoras.

Além disso, voltou a citar a Telefónica da Espanha como uma das empresas que já estaria retirando a chinesa de suas redes – vale ressaltar que, segundo apuração do jornal O Estado de S. Paulo, isso teria sido desmentido.

Recentemente, o Reino Unido seguiu os EUA e a Austrália e decidiu pelo banimento da Huawei do 5G do país, em decisão que também pode ser seguida pela Índia.

O governo norte-americano ainda promoveu uma turnê pelo leste europeu para promover acordos de uso de fornecedores confiáveis para o 5G, embora nem todos os países tenham declarado decisão final. No Brasil, o tema está na pauta do governo, mas deve ser decidido em 2021.

FONTE: Teletime

Subscribe
Notify of
guest
110 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
1 mês atrás

Bom, estamos falando de duas potências brigando para mandar mais e vender mais (essa guerra é normal). O que me deixa com medo é: um ser totalmente comunista, escravista…

Cristiano. de Aquino Campos
Cristiano. de Aquino Campos
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 mês atrás

Eu já tenho a opinião que a escolha deve ser livre e pautada pelo melhor custo do serviço, como em qualquer democrácia capitalista. E tanto faz se for Chinês, Americano, Europeu ou Russo, vamos continuar a ser espionados por todos eles mesmos.
Mesmo que todos os eletrónicos sejam americanos, se os Chineses ou Russos quiserem espionar uma autoridade civil, militar ou um empresário, eles vão conseguir espionar.

gordo
gordo
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
1 mês atrás

 vamos continuar a ser espionados por todos eles mesmos“.
A Angela Merkel que o diga.

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  Cristiano. de Aquino Campos
1 mês atrás

Deveria ser assim em um mundo perfeito que só existe em filme.

Daí te pergunto.

Tem grana no meio?
Tem mercados potenciais no meio?
Tem influência política ideológica no meio?
Tem interesses em projeção de poder regional no meio?
Tem empregabilidade no seu país de origem no meio?
Tem trabalhador do seu país que vai conseguir colocar prato de comida e gerar poder econômico interno para fortalecer a economia no meio?

Se tem tido isso e muito mais, esquece a livre escolha.

Vai ter treta pelo mercado brasileiro, pelo britânico, pelo Australiano, indiano e marciano.

Normal.

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  DOUGLAS TARGINO
1 mês atrás

Ambos são escravistas ao meu ver. A diferença é que um defende a pseudo bandeira do liberalismo justificando a liberdade de ir e vir, quando na verdade te espiona a torto e a direito. Mas vc nem percebe ou finge não saber. Já o outro é espião na cara dura mesmo e defende a bandeira do comunismo sob a alegação de que apenas quer fazer negócio, ou seja, vai na base do cinismo. Daí vc fica mais alerta. Quer ser independente? Não quer ficar no meio da merda? Faça o seu e colha frutos por isso. O principal deles seria… Read more »

nonato
nonato
Reply to  Rogério Loureiro Dhierio
1 mês atrás

Ficar em cima do muro é apoiar o comunismo.
O cara vive numa democracia liderada pelos Estados Unidos (se não fossem eles seríamos dominados por Hitler ou pela União Soviética), aí acha que ambos são a mesma coisa.
Isso é omissão, não enxergar o perigo, alimentar o dragão que constrói 30 navios de guerra por ano para dominar o mundo.
A China agradece essa visão bem em cima do muro…
Depois pode ser tarde demais…

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  nonato
1 mês atrás

Não é em cima do muro, eu me interesso pelo meu dinheiro, simples assim, agora devo ficar com medo do comunismo internacional representado pela China Capitalista? Ainda não fui convencido, mas eles estão usando os mesmos métodos dos países centrais, inclusive com a influencia cultural. O mundo livre vai acabar? Eu acho que não, mas o meu dinheiro vai.

Farroupilha
Farroupilha
Reply to  nonato
1 mês atrás

Ótimo comentário nonato.

Jonny BR
Jonny BR
Reply to  nonato
1 mês atrás

Se nao fosse por eles estariamos dominados por Hitler?!
Quem perdeu 30 milhões de homens?
Quem chegou primeiro a Berlim?!
Quem venceu a batalha de Stalingrado?!

Desonestidade pouca é bobagem!

Caique
Caique
1 mês atrás

Eu adoro o sinismo dos EUA, eles se superam a cada vez, como se eles não espionassem ninguém, como se o caso da Dilma e outros “aliados” espionados por eles não tivessem acontecido. Eles tem vergonha de admitir que estão atrás tecnologicamente, e usam de desculpa de espionagem para impedir o avanço das empresas chinesas.
Como se o Google, Facebook e outras empresas estadunidense não usassem meios sórdidos em favor do governo americano. Kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Caique
1 mês atrás

Quem usa o SO Android nos celulares sabe que em suas primeiras versões, quase tudo relacionado a privacidade podia ser desativado, dificultando mesmo que minimamente, atos de espionagem. Agora, isso se tornou impossivel.

Caique
Caique
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Sim, antigamente o pensamento era outro as empresas queriam oferecer um sistema seguro de se utilizar, hoje em dia as coisa são diferentes, os grandes sistema vendem seus dados de maneira tão simples, um grande exemplo disso são os anúncios que aparecem no Facebook ou Google sobre coisa que você falou durante a conversa com alguém. Com o avanço da tecnologia a privacidade vai ser tornar cada vez mais difícil de se ter e essas é a pura verdade.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Caique
1 mês atrás

Te obrigam a ter Facebook e usar Google ?

Peter nine-nine
Peter nine-nine
Reply to  Caique
1 mês atrás

As duas empresas por si referidas, por exemplo, são americanas e deviam-nos dizer algo sobre este tema em particular.

Sagaz
Sagaz
Reply to  Caique
1 mês atrás

Se formos pela linha de raciocínio de que todos espionam todos como o senhor diz, o que preocupa mais ao cidadão comum, o governo americano ou o governo chinês bisbilhotando? Lembrando que há o cenário onde qualquer um pode se expressar como bem entender contra o próprio governo e outro onde não pode. O que deverá ocorrer com maior frequência no futuro além do nível corporativo de espionagem industrial? Eu te digo, o acesso a dados sigilosos para destruir reputações de pessoas não alinhadas às políticas de autoritários de plantão… Tudo é online, tudo é interligado, tudo é acessível, e… Read more »

Nilson
Nilson
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

Acho que prefiro ser espionado pelo chinês. A China não tem nenhum histórico de interferência na vida privada e política do Brasil, ao contrário dos Estados Unidos, que sempre interferiram, pois somos seu quintal.

Pablo
Pablo
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Os chineses sao tao sérios e verdadeiros no que dizem quanto as ilhas artificiais para “pesquisa” no mar de outros países.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pablo
1 mês atrás

A Rússia acabou de anunciar que a Huawei vai instalar a rede 5G na região de Moscou.
Portanto, a rede é segura e reafirma a cooperação Rússia-China em diversas áreas.

Pablo
Pablo
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Tu acredita na fada do dente?

Agnelo
Agnelo
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Prezado.
É melhor estudar sobre os grupos de esquerda no Brasil, q ainda na década de 50 recebiam treinamento também da China.
Sds

Nilson
Nilson
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Esse é um bom argumento, Agnelo. Mas pensemos nos últimos 50 anos, 1980 para cá, em que a China interferiu na vida política do Brasil? E os Estados Unidos?

marcus
marcus
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Publique o material para nós.

nonato
nonato
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Meu amigo, quanta ignorância. O cara vive numa democracia ocidental. Pode fazer o que quiser. Se não fossem os Estados Unidos você falaria alemão ou russo. Basta ver o que aconteceu com Japão e Alemanha, derrotados e ocupados pelos Estados Unidos, e com a Coreia do Norte e o leste europeu que sequer era inimigo da União Soviética. Cinismo é cair no marketing de esquerda que fala mal dos Estados Unidos dia e noite, para defender Rússia e China, países ditatoriais comunistas. Vá defender isso na China. Na China quem fala mal do governo é preso ou morto. Muita gente,… Read more »

Nilson
Nilson
Reply to  nonato
1 mês atrás

Prezado, estamos falando de interesses comerciais e possibilidade de espionagem. O seu argumento é a famosa falácia “ad hominem”, só que o caso “ad country”. Lógico que não queremos o regime chinês aqui no Brasil, somos democráticos. Mas esse argumento, de ser a China anti-democrática, não tem relação com o que estamos falamos. Volto a dizer, prefiro ser espionado pelo meu cliente (que compra minhas mercadorias) do que pelo meu concorrente (no caso os Estados Unidos, que vende as mesmas mercadorias do que eu).

Caique
Caique
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

Cuidado com as ilusões, os EUA podem ser tão sórdidos quantos os chineses, a única diferença é que eles usam a indústria midiática ao seu favor, fora disso o resto é conversar. Eu queria que uma empresa brasileiro fizesse isso, mas o ambiente hostil do Brasil aos próprios brasileiros matam qualquer chance do país na vanguarda de qualquer tecnologia, já que isso não é possível, usamos a guerra comercial a nosso favor, buscando menores juros e valores a nossos moldes. Se vamos fazer negócios com a China, EUA ou Marte não importa, se seguirem nossas exigências e apresentarem um ótimo… Read more »

Alex Rocha
Alex Rocha
Reply to  Caique
1 mês atrás

Caique concordo com o livre mercado. Mas a questão que outros colegas estão aqui apresentando é a que custo? Hoje a China esta aumentando muito sua cultura e sua influência no mundo e vemos cada dia mais uma China mais severa e abusada em querer expandir seu território e desbancar os EUA. Hoje temos a influência ocidental e se continuarmos a alimentar um sistema ditatorial, ele vai continuar crescendo ao ponto que ficaremos a merce deles. É o mesmo principio de continuar comprando DVD pirata, cada dia vamos estar alimentando um sistema que não queremos pra nós. Hoje não temos… Read more »

PACRF
PACRF
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

Governo americano preocupado com “cidadão comum”? Parece piada. Espionaram, espionam e espionarão os seus e os do resto do mundo. Lembra do Edward Snowden? Os EUA são os maiores espiões do mundo.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Caique
1 mês atrás

“Google, Facebook e outras empresas estadunidenses..”

Você usa se quiser…

Na China você não tem outra opção.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
1 mês atrás

As bravatas contra a China ditas em campanha por Bolsonaro, ficaram pelo caminho quando o mesmo assumiu a presidência da republica e viu tamanho poder de dominância que os chineses tinham sobre o Brasil. Retirar a Huawei da concorrência do 5G no país, seria um erro estratégico grave e com consequências a curto/médio e longo prazo, até graves.

Bolsonaro não fara isso e digo até mais: a Huawei já levou essa!

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Vinicius Momesso
1 mês atrás

Bolsonaro nunca disse que ia parar de fazer negócios com a China, ele não é doido, o que existe é uma preocupação do capital chinês criar uma porta de entrada de influência chinesa de forma exagerada no Brasil, preocupação que outrros países tem também.

jadson Cabral
jadson Cabral
Reply to  Carlos Campos
1 mês atrás

“ele não é doido”. Olha… eu não teria coragem de afirmar isso com tanta veemência

Pedro
Pedro
1 mês atrás

Primeiramente que foi a TIM que chutou a chinesa de seu programa de 5G e nao a telefonica! Usam uma mentira para dar a reportagem um ar de que a China bandida esta sendo atacada por mentiras, mas ela que usa. Sobre o 5G é bem simples: ja imaginaram como ficariam as multinacionais aqui, desde a Volks, Volvo caminhoes, passando pela Danone, Heinz, Siemens e etc sabendo que informaçoes priviligiadas estariam sendo espionadas? Nao iriam embora do Brasil mas qualquer projeto de desenvolvimento de vulto seria retirado imediatamente daqui tornando-nos ainda mais irrelevantes na capacidade de desenvolvimento. No fundo é… Read more »

Caio
Caio
Reply to  Pedro
1 mês atrás

“A China quer escravizar e os EUA querem que você cresça e some com eles”??? Aí PAPAI NOEL DISSE AMÉM!! Uma pessoa ADULTA sabe que esse episódio é guerra comercial puramente, e que o Brasil se for esperto, tem que barganhar com quem lhe der maior vantagens. Se os EUA não querem o 5g chinês por aqui é só mostrar o que podem nos dar, pois a China pode retaliar e China tem que dar o máximo de segurança para o Brasil usar essa ferramenta, e além do mais eu creio que o melhor seria ter empresas de vários países… Read more »

Pedro
Pedro
Reply to  Caio
1 mês atrás

Faz o seguinte…….que naçao que a China ajudou a crescer e hoje é um player forte no mundo? Deixa eu pegar uma lupa aqui e procurar…..vamos ver……olha, ela ajudou a Coreia do Norte e hj é o país mais pobre do mundo. Ajudou a Venezuela e hj é o mais pobre, junto com Cuba, do continente americano. Ajudou o Paquistao e esse é a naçao islamica mais pobre do mundo. Do outro lado temos a Coreia do Sul, Malasia, Cingapura, Israel, Tailandia e o proprio oriente medio, que sem o apoio dos EUA nao seria nada hoje. Apoio nenhum é… Read more »

Diego Lima
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Véi, na boa, e todos os outros países capitalistas que foram “ajudados” pelos EUA e europeus cê esqueceu? Olha na África ou outras nações latinas. Aqui mesmo temos exemplos, durante a 2ª guerra nos aliamos a eles e ganhamos o que? Durante a crise/guerra da lagosta ganhamos o que? E mais recente agora com a pandemia, o que Trump fez mesmo? Primeiro eles cara. Isso só que me lembro agora sem pesquisar nada e na correria do trampo, se procurar acha mais “grandes países ajudados pelo tio Sam” acorda bicho, EUA e China vão brigar por cada palmo de influencia… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
Reply to  Diego Lima
1 mês atrás

Apenas para esclarecimento, na segunda guerra ganhamos o que pedimos, o parque de siderurgia no RJ, se temos aço hoje, ali foi o começo de tudo. Sem mencionar que não tínhamos força aérea e ali iniciamos. abraço.

Caio
Caio
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Nem EUA, China, Rússia, Europa ou Brasil ajudam ninguém ELES FAZEM INVESTIMENTOS, isso dependendo dos governos.
O extremo oriente recebeu grandes investimentos, porque seus governantes e os EUA e a Europa não queriam expansão do socialismo, por estas terras; os países citados são governados por quem quer se manter eternamente, tipo Mianmar, Gabão, a América latina dos anos 70, e 80 todos pró americano, então a culpa não! Por maior influência dele e de qualquer outro pais, a decisão do destino de uma nação é de quem a governa, entendeu.

Matheus
Matheus
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Caraca, eu nunca julgo a idade, mas você com certeza não tem mais que 18 anos. Que infantil e inocente.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Eu também temo o comunismo.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Vc sabe que todas estas empresas que vc citou já tem fabricas na China, e a bastante tempo? Elas sabem do risco, a pergunta é ele vale a pena financeiramente?

Antoniokings
Antoniokings
1 mês atrás

Os EUA não têm o que oferecer nesta área. Estão atrasados e não possuem empresas que atuem no setor. E pior, se algum país excluir ia Huawei vai pagar mais por outros equipamentos e ainda ficar para trás A Huawei tem os melhores equipamentos e são bem mais baratos que a concorrência. E, ainda. os chineses já estão desenvolvendo a rede 6G. Para o Brasil, seria péssimo qualquer estranhamento com a China que é o nosso maior parceiro comercial. Só a título de curiosidade, Shenzen na China, tornou-se a primeira cidade do Mundo totalmente interligada em 5G com cerca de… Read more »

Sagaz
Sagaz
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Se as operadoras exporem que tecnologia usam o cidadão poderá optar em relação ao que quer usar. Eu não uso telefone chinês, carro, avião, meus filhos não usam produto daquele país, etc.. fique feliz usando o seu xingtrecophone, ou é mais um socialista de iPhone?

Cadu
Cadu
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

SAGAZ, preciso te informar que voce usa sim. A grande parte dos componentes do celular que voce usa, das placas dos notebooks e computadoes que voce usa.. adivinha de onde vem!!!! Pois é, isso só pra começar…

Luciano
Reply to  Sagaz
1 mês atrás

Todas as operadoras de telecomunicações no Brasil usam em alguma parte de sua rede tecnologia chinesa. É assim atualmente, seja na rede fixa de internet ou na telefonia móvel e continuará sendo já que mudar isso custaria centena de milhões de dólares.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

No quesito preço, realmente os usuários sairão perdendo justamente por que os valores dos equimentos made-in-China, são menores mesmo com a incidência de impostos. Só por constatação dos fatos, quase que na totalidade dos equipamentos para internet(roteadores, hubs, etc..) são de origem chinesa

WVJ
WVJ
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Minha perspectiva de futuro (caso a questão não venha a se resolver com uma guerra disruptiva):

  • Bloco ocidental aceita se unir em torno dos EUA e passa a boicotar a China durante as próximas décadas.
  • Precisando de mercados, a China investe na Ásia e África e desenvolve os países ali como parceiros.
  • Todas as tecnologias e bens a preço módico que não teríamos acesso pelo boicote acabariam levando o Ocidente a um atraso em termos gerais e qualidade de vida.

A China já tem o suficiente pra se manter na vanguarda tecnológica.
Acho que será impossível deter seu desenvolvimento.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Ela roubou tecnologia suficiente para competir no mercado mas tecnologias essenciais como processadores está muito perdida. No mundo de hoje todo se resume a TI, computação e eletrônica mas sem memória e processadores de ponta não tem competitividade restando a eles os mercados de 2 e 3 linha. Eles estão na ponta em áreas isoladas mas que são tão fundamentais que possa lhe dar algum poder de influência no mundo como os Estados Unidos podem fazer.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Interessante. Não sabia desta tecnologia. Como tudo que é chinês vamos ter de ver se é tudo isso que ele falam. Se for verdade será um tecnologia que pode mudar o equilíbrio de poder de que falei, mas se não, será só mais um fiasco chinês. Está é uma das poucas áreas em que eles se destacam. Para as necessidades mais urgentes deles ainda dependem dos EUA.

silvom
silvom
Reply to  WVJ
1 mês atrás

dá uma olhada na data deste artigo e nos comentários de leitores, primeiro de abril, dia da mentira

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  WVJ
1 mês atrás

E no que isso ajuda a China agora? A própria matéria diz que a sua comercialização depende de muita pesquisa ainda. Outros países também têm essas pesquisas mirabolantes que custam a ver o mundo real. Até o Brasil também tem. Mas para as tecnologias práticas que se aplicam no dia a dia ainda está atrás dos demais países. A China que fique com a comunicação quântica em potencial enquanto paga royalties e depende da tecnologia dos outros para fazer negócios.

WVJ
WVJ
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Eles fazem pesquisa de ponta autônoma.
De processador a sola de sapato.

Last edited 1 mês atrás by WVJ
sagaz
sagaz
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Como o “bloco asiático” vai se sustentar em termos de commodities, será com a África (sério?)? Você acha que a China vai fazer “justiça social” com os pobres do mundo em troca de commodities, assim como faz com a Venezuela?

Agnelo
Agnelo
Reply to  sagaz
1 mês atrás

Prezado
Para ilustrar, lembremos dos preços altos praticados pela China para a vendo de tudo relacionado à COVID.
E quanto ao Brasil, lembremos da denuncia falaciosa sobre nosso frango com COVID, para forçar queda de preço.
Quem espera da China algum “bom mocismo” e relação aos EUA e Europa… vão se surpreender quando verificarem q são piores q os russos quanto a vida e valores.
Sds

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

O preço alto é questão de demanda alta e pouca oferta para o período citado, você é militar ou era, deveria saber disso. Aliás isso é básico do básico de economia que deveria ser ensinado na escola, já na alfabetização…

WVJ
WVJ
Reply to  sagaz
1 mês atrás

Sagaz, o que importa são os negócios.
Imagino que eles possam se preocupar em desenvolver novos produtores de grãos caso o Ocidente feche os silos.
Ficaríamos gordos e defasados em termos de bens de consumo de baixo preço.

Pedro
Pedro
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Prefiro comer bem e usar intenet 4G do que usar internet 5G e comer escorpiao!

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Também prefiro não ter de comer insetos e artrópodes.

Pedro
Pedro
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Amigao, se alguem tiver bolas la em BRasilia e cortar o fornecimento de minerio de ferro e soja, a China fica de 4! Outra coisa, a China copia tecnologia mas nao desenvolve. Por 5 anos ela tera algum beneficio disso, mas a partir do momento que ela precisar desenvolver tecnologia, ela morre! A China é um parasita que precisa roubar do ocidente o que ela precisa, e ao ver os EUA cortando essa teta ela agora esta no desespero. O Trump ganhando essa eleiçao e depois do fiasco do plano COVID dela (japao, coreia, eua e outros países ja estao… Read more »

WVJ
WVJ
Reply to  Pedro
1 mês atrás

E se Brasília fizesse isso sabe quem apareceria pra vender o que negássemos? EUA, Argentina, Peru, e mais uma troça de países.
Precisaria ser um cerco muito bem fechado pra outros não venderem por trás da cena.
Pelo que tenho visto, a china deve estar procurando parceiros fornecedores de Commodities longe do quintal americano nesse exato momento.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Na verdade ela tem investido em pesquisa sim, e tem tido alguns resultados bons, mas são em geral em pesquisa científica aplicada em áreas restritas, com resultados que pouco uso tem para a comercialização de imediato. A pesquisa em 5G é uma surpresa inesperada mas totalmente dependente de tecnologia existente do ocidente, razão pelo qual com as limitações impostas pelos EUA poderão afetar a sua utilização seriamente. A China ainda precisa da muleta tecnológica do ocidente para o desenvolvimento contínuo de sua indústria e os EUA sabem disso e chegou a hora de fazer os chineses entenderem isso. Veja por… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Vc provavelmente é um ‘Diplomata’ da ‘Escola Araújica’ para falar esse tanto de tontice.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Apoio, mas aí as toneladas de grãos sem comprador devem ser jogadas na frente das casas de quem apoia esse absurdo, assim como os salários dos que perderem os empregos devem ser pagos pelos apoiadores da idéia, e aí topa Pedrito?

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

É isso Defensor, parece que o ódio sem sentido cega, e faz com que se esqueçam dos outros brasileiros que vivem de exportação. Rapaz, eles são a negação do capitalismo! Para nos defender dos inimigos, devemos voltar ao estagio tribal. Só me relaciono com os meu pares! Querem escolher o meio mais fácil, isolamento, como se isto resolvesse algo, nossa indústria de informática que o diga. O mais difícil é negociar, exigir alterações para que se adecuem aos nossos padrões de segurança, sentar em uma mesa de negociações e brigar firme para defender nossos interesses, são eles que querem vender,… Read more »

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Pedro
1 mês atrás

Infelizmente não fica não! Eles já tem a África e a Asia, pode ate ter um aumento nos preços internos, mas de 4 acho que vc exagerou.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Correto seu raciocínio.
Agora, o problema de um bloco ocidental é que ele está estagnado há vários anos e com perspectivas, inclusive demográficas de declínio.
Todos os comentaristas econômicos consideram que o Oriente já é o motor de crescimento do Mundo.

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

A disputa não é por tecnologia mais avançada ou menos avançada.

É por influência de território.

Permitir que a china avance na Inglaterra, na Austrália, no Brasil seria como aceitar os golpes no estômago e não poder fazer nada. Daqui um pouco, os chinas estão no México e Canadá, cercando os EUA praticamente em seu próprio quintal.

A reação americana ainda que mais cínica que possa ser ou parecer, é natural.

Afinal estamos assistindo uma briga de gente gigantes.

Ricardo Bigliazzi
Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

Temos que ser inteligentes e lucrar com tudo isso.

Segue o jogo no comercio mundial.

Antonio palhares
Antonio palhares
Reply to  Ricardo Bigliazzi
1 mês atrás

O Brasil não tem sido um país aproveitador das boas oportunidades históricas que aparecem.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Americano é muito cara de pau

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

É só pensar como as empresas aqui no Brasil agem em disputas trabalhistas:

“–Mesmo estando errada, se a lei me permite recorrer até a última instância, assim o farei.”

OSEIAS
OSEIAS
1 mês atrás

Toda moeda possuem dois lados, então vamos aos mais simples. Chineses, tecnologia mais barata, eficiente e mais adianta, mas não existe forma alguma de fiscalização controle e um mídia livre para divulgar possíveis desvios de condutas e os chineses sempre oferecem vantagem econômicas para quem adquirir seus produtos. EUA sabemos que espionam tudo e todos pois possuem uma impressa livre para divulgar caso Dilma, mídia chinesa jamais faria isso. Estão mais atrasados no desenvolvimento do 5G, mas possuem regulação e fiscalização, não oferece nenhuma vantagem econômica e ainda ameaçam que saída de suas empresas do país. Chego a conclusão de… Read more »

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  OSEIAS
1 mês atrás

Oséias, como somos os compradores e sabemos que eles tem interesses além dos comerciais, todos eles, nós deveríamos olhar para além do preço apenas, mas também das salvaguardas necessárias para nossa privacidade.

Farroupilha
Farroupilha
1 mês atrás

China pisou na jaca com o coronga. Milhares de vítimas absurdas resultantes de sua leviandade. Não apoio governo comunista.
Não há a mínima pressa para essa controvertida 5g. Quanto a 6g ainda tem muito para ser desenvolvido para que possa ser viável.
Ainda, não há nada cientificamente provado que altíssimas frequencias sejam isentas de prejuízos à saúde.
Vamos com muita calma nessa questão que é relacionada a nossa saúde e que os chineses posam de santos mais uma vez.

Andromeda1016
Andromeda1016
1 mês atrás

A Hwawei está condenada. Não tem acesso mais a qualquer tecnologia ou equipamento que tenha qualquer pedaço de tecnologia norte americana seja de software e hardware, com isso matéria prima, peças, equipamentos, software, etc estão fora do alcance dela. Ela não poderá mais utilizar os equipamentos dos estados unidos para fabricar seus produtos, nem o software que precisam para operar estas máquinas, ou seja, ou começa tudo do zero e cria sua própria tecnologia ou desiste. Se o Brasil insistir em comprar da Hwawei comprará equipamento defasado e sem capacidade de receber manutenção. A escolha é óbvia não?

WVJ
WVJ
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Os chineses espionaram o suficiente para o salto tecnológico.
Em 2019 foram campeões em registro de patentes em 2019, o que significa que já fazem pesquisa autônoma, não precisando mais ter acesso a tecnologia dos EUA.
Creio que hoje querem aprender mais sobre Design, como tornar um produto objeto de desejo, essas coisas que nem sei se dá pra espionar pois há muita subjetividade envolvida.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  WVJ
1 mês atrás

Patentes sem muita relevância. Nada que possa desequilibrar a balança de poder no mundo como os EUA, Japão, Europa podem com suas patentes. A Hwawei tem estoque de componentes para mais 1 ano apenas, depois disso vai ter de fabricar rádios de pilha, lavadoras de roupas, aspirador de pó, etc pois os equipamentos e componentes de ponta de que precisa para fabricar produtos de ponta e de alto valor agravado não serão vendidos a eles. É fato. A China ainda precisam desesperadamente de acesso à tecnologia dos Estados Unidos para se manter relevante no comércio internacional.

WVJ
WVJ
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Veremos.

Antonio palhares
Antonio palhares
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Tu achas mesmo ?

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Antonio palhares
1 mês atrás

A China acabou de despachar Yang Jiechi, membro do politburgo chinês para a Coreia do Sul para preparar visita de estado de XI à CS assim que a situação do covid-19 melhorar. A China está desesperadamente buscando saída aos embargos tecnológicos propostos pelos EUA e a CS é a melhor opção até o momento, afinal a CS tem diversas tecnologias que os chineses não possuem e os EUA bloquearam. Eles querem atiçar a CS a ajudar eles e formar uma aliança comercial, mas isso será impossível pois assim como a china a CS também depende de tecnologia gringa para desenvolver… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

A única tecnologia que interessa à China é a litogravura ultra-violeta para confecção de chips.
E eles estão procurando desenvolvê-la para a produção dos chips de 5nm.
Aos de 7nmm estão chegando já para 2021.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Essa tecnologia depende de equipamentos da empresa holandesa ASML mas ela não vai vender seus equipamentos aos chineses. As únicas empresas do mundo que tem a tecnologia de 5 nanômetros são a Samsung e a TCMC e dependem dos equipamentos da ASML para isso. Sem os equipamentos da ASML ninguém consegue chegar a esse nível é por isso que empresas como a Samsung fazem parceria com a ASML para continuar a avançar no processo de miniaturização. A China vive fazendo anúncios atrás de anúncios sobre conquistas na área tecnológica, mas na prática essas conquistas não se observam no mercado.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Estava prevista a chegada de uma m´quina destas para a China, mas a empresa holandesa decidiu cancelar a entrega por receio de represálias americanas.
Mas não se iluda.
Os chineses logo chegarão lá e com o lançamento do Sistema Operacional da Huawei, estarão completamente livres de influência americana.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sistema operacional da Hwawei? Putz … Pára com isso … se nem a Microsoft conseguiu emplacar seu sistema operacional por falta de aplicativos como você acha que a Hwauei vai conseguir fazer isso? A empresa chinesa pode até criar muitos aplicativos e convencer terceiros a migrar para seu sistema mas aí basta aos gringos declararem embargo ao sistema chinês que todos abandonam ela. Ninguém consegue competir com o Android e Apple por causa dos aplicativos. Esse sistema chinês só vai dar certo na China e alguns míseros países

2Hard4U
2Hard4U
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Vai sonhando XINGS.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Eu me lembro, a muuuuuuiiiiitoo tempo atrás (quando eu era criança pequena em Barbacena) que os produtos vindos do Japão eram de segunda classe, radinho de pilha, brinquedos de pilha, tranqueiras. Transportando as lições para o agora, a pergunta real é, os chineses perderam a oportunidade de serem autônomos? Eu acho que não. E isso não é um elogio, é apenas a constatação de que eles estão fazendo a lição de casa, aprenderam olhando para o Japão, a mesma coisa aconteceu com os outros países asiáticos. A América Latina, como um todo é que perdeu o bonde.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Trump sabe que só pode adiar o avanço da Huawei por um ou no máximo dois anos.
O problema dos chineses é o processo de litografia de chips.
Eles esperaram demais e confiaram na produção externa.
Agora, ainda estão fabricando chips de 14nm.
Espera-se para 2021 que a chinesa SMIC lance seu primeiro chip de 7nm.
As empresas mais avançadas da Coreia e Taiwan estão lançando de 5nm.
A Huawei, semana passada, aninciou que netrará na produção de chips próprios.
A China, portanto, já está chegando perto e logo alcançará a ponta

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Antoniokings
1 mês atrás

Sei que a China importou centenas de engenheiros da TCMC assim como da Coreia do Sul mas sem os equipamentos da ASML será que conseguem? Desconfio de tudo que os chineses anunciam. Só acredito vendo. Você tem que entender uma coisa: para atuar nesse ramo você precisa projetar e saber fabricar os chips. Mesmo que os chineses consigam os 5 nanometros a qualidade de fabricação deles é sofrível. Eu acho que você anda otimista demais. Nem as empresas gringas conseguem alcançar Samsung e TCMC, imagina a chinesa então ….

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Andromeda1016
1 mês atrás

Está condenada por causa de picaretagem de governos que a acusam de espionagem, quando fazem o mesmo, por que os consumidores estão cag@ndo. Tu acha mesmo que um Zé lá de Feira de Santana está preocupado com espionagem da Huawei? Ele quer saber que está usando um 5G pela metade do preço que pagaria se fosse de outro fornecedor.

Andromeda1016
Andromeda1016
Reply to  Defensor da liberdade
1 mês atrás

Não tem santo nesta história. Cada um cuida dos seus interesses com as armas que tem, mas acredito na frase “dos males, o menos pior” e o menos pior são os EUA. A filosofia de negócios deles diverge da dos chineses na defesa da democracia e da propriedade privada, o que nos comunista inexiste. A história prova que o capitalismo lida melhor com o desgaste e a erosão do sistema produtivo do que o comunismo justamente por que permite que a liberdade que defende propricie a renovação do sistema produtivo em vez de apenas esgotá-la e condenar todos à pobreza… Read more »

João Bosco
João Bosco
1 mês atrás

Sobre mais uma pendenga entre americanos e chineses: SE o Brasil for inteligente e muito esperto, vai analisar os dois lados, ver o que será mais interesasante para o país e tirar vantagens disso. Mas Se não for inteligente e esperto, vai sair perdendo, e muito feio….
Espionagem por espionagem , todos os países do mundo fazem espionagem com todos os países do mundo . Será que o Brasil nunca espionou a Venezuela, a Argentina, o Chile, os EUA, dentre outros países e esses nunca nos espionaram? Isso é um jogo político que existe desde antes de Cristo.

Carlos Campos
Carlos Campos
1 mês atrás

que ainda acusou os EUA de contarem com um histórico “escandaloso” em segurança cibernética.””” ele não acusou, ele LEMBROU.

Astolfo
Astolfo
1 mês atrás

“Cooperação sino-brasileira”: Trata-se de cooperação “caracu”, onde a China entra com a cara e o Brasil com o…

DaGuerra
DaGuerra
1 mês atrás

Vermelhos patifes! Dominação agora se chama “cooperação””? Empresa fantoche do PCC. Se o Presidente honrar os votos que recebeu excluirà essa farsante do certame pois a china não tem respeito algum ao trabalhador, ao meio ambiente, à propriedade material ou intelectual, aos direitos humanos, à democracia e à liberdade individual.

Last edited 1 mês atrás by DaGuerra
Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  DaGuerra
1 mês atrás

Se seu presidente honrasse os votos liberaria o 5G chinês, afinal ele disse que lutaria pelo livre mercado, e livre mercado é a soberania e a liberdade de escolha do consumidor.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  DaGuerra
1 mês atrás

Se o Presidente honrasse os votos, estaríamos discutindo a reforma tributaria.

paulof
paulof
1 mês atrás

Que seja a tecnologia mais avançada, se for chinesa ok, o que vale é empregos futuros.

Pedro Bó
Pedro Bó
1 mês atrás

O Brasil e suas companhias são soberanos para negociar com quem quiser.

Alexandre
Alexandre
1 mês atrás

O Brasil deve seguir os passos do Reino Unido e dos Estados Unidos.

Alessandro
Alessandro
1 mês atrás

Confesso que eu tinha um certo preconceito com essa Huawei e outras tecnologias da China, mas depois que vi uma live do Felipe Salles que é um jornalista muito sério e isento falando a respeito da tecnologias 5G, mudei de opinião sobre a Huawei, acho que seria a MELHOR escolha para o Brasil. Espionar TODAS vão fazer contra o Brasil, americano faz isso na cara dura com todo mundo e depois vem com aquela hipocrisia de sempre, basta ao governo brasileiro tomar medidas pra tentar amenizar o máximo possível a espionagem desses países.(coisa que nenhum faz) A Huawei é a… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Alessandro
ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
1 mês atrás

A solução para o problema é simples: Nem adquirir o 5G do bondoso e abnegado irmão do norte e nem dos malvados chineses comedores de criancinhas,vamos com a união Eurobâmbica…

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
1 mês atrás

O Brasil não pode aceitar a ingerência americana sobre nossas questões comerciais. Bolsonaro foi eleito sob a promessa do livre mercado, que cumpra com a sua palavra fazendo valer a liberdade do consumidor de escolher o produto que quer, seja 5G dos EUA, da China, do Irã ou de Nárnia.

Fosse eu na presidência queria ver os EUA cantar de galo por aqui. Se acha que podem nos boicotar a gente vira a casaca, há muito a balança do desenvolvimento científico está pendendo para o lado oriental da força, EUA que fique com suas porcarias caras e de péssima qualidade.

Cadu
Cadu
1 mês atrás

O brasileiro gosta de meter o loco na china por N razões, mas não vai estar disposto a pagar o preço de produtos mais caros se boicotar a China (sim, os preços irao subir para nos consumidores, pois os insumos mais baratos vem da china). Me digam, como um empresário brasileiro vai se comportar com os custos mais caros de insumos fabricados aqui no Ocidente? Querem um exemplo, lampadas led….querem outro? Peças para manutenção de máquinas (vedações, conexões e mangueiras)…….mais um? CKD’s e SKD’s da industria eletrônica…. Se todos aqui tem televisor de LCD ou led em casa, isso se… Read more »

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Cadu
1 mês atrás

É isso Cadu, depois vão ficar reclamando dos preços. Mas não olham para o próprio Brasil, onde tem um monte de coisas a serem feitas para nos tornamos competitivos.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Cadu
1 mês atrás

Pois é, a quantidade de insumos que usamos aqui na fazenda que vem da China é gigante, de aspersores a rolamentos de trator, caso não tenhamos mais acesso a tais insumos vou repassar o preço sem dó, não estou nem aí. Quer brincar de guerra comercial tem que ter as costas quentes e money no bolso para aguentar o tranco.

Cadu
Cadu
1 mês atrás

E vou deixar mais um detalhe que o brasileiro simplesmente ignora. Boicotar a China significa recessão global por escassez de insumos e componentes para a produção de qualquer coisa. Os EUA e a Europa não possuem parque fabril hoje para atender uma demanda global. Nos EUA por exemplo, a grande maioria das indústrias ainda operam máquinas dos anos 70 ou 80, Como exemplo, cito integradores de placas eletrônicas nos EUA, que tem suas linhas de inserção PTH 100% manuais, enquanto que na china essas São automatizadas. O indice de automatização na CHina é muito superior as indústrias ocidentais, por isso… Read more »

LeoL
LeoL
1 mês atrás

O melhor para o Brasil seria não escolher tecnologia de nenhum dos dois pra ficar fora dessa briga, vamos com os Europeus ou Japoneses como a nossa Tv digital. Não existe essa urgência para decidir sobre o 5G agora, isso é uma urgência artificial criada pela China para beneficiar a Huawei. Muitas cidades do país mal pegam o 4G direito.

Control
1 mês atrás

Srs A tecnologia digital aplicada a comunicação mais que uma benção, é uma maldição, pelos recursos que põe a disposição das empresas de comunicação, dos governos e mais perigoso, dos fornecedores da tecnologia dos sistemas e dispositivos de comunicação. Hoje é possível inserir, pelos fabricantes, nos chips dos dispositivos de comunicação facilidades para copiar, bloquear, redirecionar e replicar para diversos destinos qualquer mensagem/dados que passem pelos meios de comunicação. Com isto, quem tiver o controle sobre tais dispositivos poderá não apenas espionar toda a comunicação que por ele passar como também, por exemplo, em caso de conflito, bloquear/adulterar e derrubar… Read more »

Caio Henrique apel
1 mês atrás

São anos que vários países que dominam na tecnologia, eles espionam a anos. Não existe essa ideia que não irá espionar, toda rede não é segura e confiável por mais que te mostrem toda as provas na mesa. O que mais querem é fornecer a tecnologia nova, para não deixar o concorrente ganhar a licitação. Lembrem do tanque Osório ? Um carro de combate que foi escolhido no Oriente Médio e de repente fizeram desistir da escolha brasileira, uma lavagem cerebral para que fizessem escolher do outro concorrente!!