quinta-feira, outubro 28, 2021

Saab RBS 70NG

Tropas australianas assassinaram civis e prisioneiros afegãos

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Tropas australianas no Afeganistão

Membros das forças especiais da Austrália ‘executaram ilegalmente’ pelo menos 39 pessoas no Afeganistão, entre 2005 e 2016, revelou o chefe das Forças Armadas australianas

Angus Campbell admitiu os fatos ao apresentar os resultados de uma investigação realizada pelo inspector-geral das Forças Armadas, Paul Brereton, sobre má conduta militar no Afeganistão, afirmando que existiam “provas credíveis” de que as forças especiais australianas tinham executado “ilegalmente” pelo menos 39 civis e prisioneiros afegãos em mais de uma década.

Numa conferência de imprensa que teve lugar em 19 de novembro em Canberra, Campbell afirmou que uma cultura de impunidade “destrutiva” entre as tropas de elite conduziu a uma cadeia de assassinatos e encobrimentos, perpetrados por 25 membros das forças especiais australianas em 23 incidentes separados.

De acordo com as conclusões do extenso relatório apresentado – 465 páginas –, nenhum dos assassinatos, na sua maioria de prisioneiros, teve lugar durante combates, pelo que podem constituir um crime de guerra.

Além disso, a investigação descobriu que, em várias ocasiões, alguns soldados, novos na patrulha, foram coagidos a disparar contra um prisioneiro para alcançarem “a sua primeira morte”, uma prática de iniciação conhecida como “sangramento”.

Também foram encontradas provas de que, consumado o assassinato, as tropas especiais australianas por ele responsáveis encenavam um local de combate, colocando armas, rádios, granadas não registradas junto aos cadáveres, para dar a impressão de que representavam uma ameaça militar ou eram um alvo legítimo.

O texto documenta ainda a competição entre algumas patrulhas para terem um registro superior de “soldados inimigos” abatidos em combate.

O relatório, no entanto, exonera a chefia do Exército da responsabilidade pelos assassinatos, uma vez que Brereton não encontrou “provas” de que militares de alta patente tivessem conhecimento dos “homicídios ilegais”, refere a RT.

Campbell afirmou que a morte ilegal de civis e prisioneiros jamais seria aceitável e pediu desculpas ao povo do Afeganistão pela “tragédia”. Também pediu perdão ao povo da Austrália.

Scott Morrison, primeiro-ministro australiano, telefou bo dia 18 de novembro a Ashraf Ghani, presidente afegão, para expressar o seu “mais profundo pesar”, depois de o governo australiano ter passado anos a tentar silenciar vozes de alerta e relatórios sobre má conduta do pessoal militar do país.

O assassinato brutal de civis – alguns deles crianças – no Afeganistão ganhou notoriedade em 2017, quando a ABC publicou os chamados “The Afghan Files”, que trouxeram a público os crimes de guerra cometidos pelas tropas australianas no país asiático.

A Áustralia teve um papel ativo no Afeganistão desde que os EUA e mais alguns aliados invadiram o país, em 2001. Seguiu-se a ocupação e a devastação, e a guerra continua até hoje. Se o regime dos talibãs saiu do poder, a sua atividade militar prosseguiu e, num caos em que nunca se instalou a segurança, o Daesh ganhou terreno.

Desde que tropas norte-americanas entraram no Afeganistão para combater os seus antigos aliados na guerra contra a República Democrática e o bloco socialista, muitos milhares de afegãos perderam a vida. Muitas dezenas de milhares.

FONTE: www.abrilabril.pt

Dossiê afegão: 9 militares australianos se suicidam

Nove militares se suicidaram nas últimas três semanas na Austrália, onde foi publicado um relatório sobre os supostos crimes de guerra cometidos por 25 membros das Forças Especiais australianas no Afeganistão.

Entre estes nove militares, oito homens e uma mulher com idades entre 20 e 50 anos, havia um veterano da guerra do Afeganistão, o soldado Shane Holt, que tirou a própria vida no último dia 16, segundo o jornal australiano Daily Mercury.

Na quinta-feira (19), o chefe do Exército australiano admitiu que havia provas credíveis de que as forças especiais “mataram ilegalmente” pelo menos 39 civis e não combatentes afegãos e pediu desculpa ao povo do Afeganistão.

“Ao povo do Afeganistão, em nome das forças de defesa australiana, peço sinceras e sem reservas desculpas por qualquer ato ilícito dos soldados australianos”, disse o general Angus Campbell, que ainda acrescentou: “Algumas patrulhas desrespeitaram a lei, as regras foram infringidas, as histórias inventadas, as mentiras contadas e os prisioneiros mortos”, afirmou o general, que recomendou a acusação por crimes de guerra contra os 25 militares.

Segundo entidade dos veteranos de guerra, a atenção excessiva da mídia sobre a investigação e o dossiê, podem ter tido influência na ação tomada pelos nove militares.

“Acho que alguns meios de comunicação pintaram todos com o mesmo pincel e as pessoas esqueceram sobre a presunção de inocência até ser provada a culpa, o que adiciona estresse à situação”, comentou Neil Wallance, ex-soldado da infantaria e advogado da saúde mental dos veteranos ao The Advertiser.

O relatório de supostos abusos cometidos pelas tropas australianas no Afeganistão é baseado no exame de mais de 20.000 documentos e 25.000 imagens, bem como em entrevistas realizadas com 423 testemunhas. O documento recomenda que o governo australiano pague indenizações às famílias das vítimas, que não eram ou deixaram de ser combatentes.

Durante o período de 2005 a 2016, mais de 26.000 australianos serviram no Afeganistão, incluindo 3.000 soldados das tropas de operações especiais. Eles foram enviados para lutar ao lado das forças norte-americanas e aliadas, após os ataques terroristas de 11 de setembro de 2001, contra grupos extremistas islâmicos. A invasão se deveu também a grandes interesses econômicos de empresas desses países em solo afegão.

As tropas australianas deixaram o Afeganistão em 2013, mas desde então uma série de denúncias de crimes brutais têm surgido sobre a conduta de unidades das Forças Especiais de elite.

FONTE: Sputnik, via todapalavra.info

- Advertisement -

121 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
121 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
10 meses atrás

“Campbell afirmou que a morte ilegal de civis e prisioneiros jamais seria aceitável e pediu desculpas ao povo do Afeganistão pela “tragédia”. Também pediu perdão ao povo da Austrália”

Nas próximas semanas, assistiremos o aumento do n° de ataques terroristas no Afeganistão e, possivelmente, na Austrália. Terrorista não precisa de muita justificativa pra fazer terrorismo, e o governo australiano acabou de dar pra eles uma “justificativa perfeita” numa bandeja de prata, infelizmente…

gordo
gordo
Reply to  Willber Rodrigues
10 meses atrás

Isso é o que separa Nós deles, simples assim.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Willber Rodrigues
10 meses atrás

Bandeiras Falsas Não Enganam Mais :
https://www.youtube.com/watch?v=ZMOleVFPe7I

Terrorismo Encenado e a Guerra Pela Sua Mente (SOTT) -Dez2010- LEG
https://www.youtube.com/watch?v=aqEnJFEdp0Q

Missionária Cristã conta a verdade sobre a Guerra Civil da Síria :
https://www.youtube.com/watch?v=Zedl0uyKmKc

SOBRE A SÍRIA E A MANIPULAÇÃO DA IMPRENSA :
https://www.youtube.com/watch?v=2Yk-JrlUEJY

Genocídio na Síria: o outro lado da história :
https://www.youtube.com/watch?v=Ao6vY6QmiLo

Soldado dos EUA humilha grupo de crianças no Afeganistão :
https://www.youtube.com/watch?v=-SvhVF0aXdk

Last edited 10 meses atrás by Agressor's
Agressor's
Agressor's
Reply to  Willber Rodrigues
10 meses atrás

É assim como agem…levam morte e terror para as nações que não se dobram aos seus interesses…eles fazem o povo morrer de fome esganando com sanções o país alvo por motivos x e y, para criar pretextos pra seus objetivos escusos…promovem guerras ou sabotam a economia de outras nações para derrubar governos e controlar países…

Rprosa
Rprosa
Reply to  Willber Rodrigues
10 meses atrás

Me explica a diferença entre o terrorista que explode um carro bomba e mata civis e um soldado de elite que mata um civil para obtrer uma confissão? Será que apenas o fato de um ser muçulmano ou árabe e o outros er ocidental de etnia européia justifica?

Bosco
Bosco
Reply to  Rprosa
10 meses atrás

Rprosa,
A diferença é que nas democracias ocidentais matar civis inocentes ou prisioneiros , de forma premeditada, é considerado crime e é cometida por criminosos, mesmo que travestidos de militares. Já em alguns países e organizações, tais atos são considerados legítimos e são incentivados e os que os aplicam são considerados heróis.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Os EUA devem estar sob a influencia maligna do eixo do mal oriental então porque o Barak Obama ganhou até um Nobel da Paz, pela sua campanha “contra o terror” na Síria.

JORGE PETROLA FERREIRA
JORGE PETROLA FERREIRA
Reply to  Willber Rodrigues
10 meses atrás

Isso se chama campanha para deslegitimar… Quem mais sofre com isso são as tropas na linha de frente.
De heróis a bandidos… Triste o que um país faz com seus soldados…

Uma ótima vitória para o terrorismo com certeza…

Espero ao menos que isso não atrapalhe a luta global contra o terrorismo…

Renato B.
Renato B.
Reply to  JORGE PETROLA FERREIRA
10 meses atrás

Quem fez a ação para deslegitimar foram os criminosos escondidos sob a farda do exército australiano. Julgar e punir quem comete esses crimes é um controle de danos.

Completando o que disse o Gordo é justamente a coragem moral (mais difícil que a coragem física) para assumir o que aconteceu que coloca os australianos num patamar civilizatório superior ao nosso.

Last edited 10 meses atrás by Renato B.
DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
10 meses atrás

Eu não quero nem imagina quantas pessoas inocentes morreram por ruindade dos soldados da Otan sem ser em combate, apenas por pura maldade mesmo… Em todo lugar do planeta Terra existem pessoas que mancham suas instituições.

Agressor's
Agressor's
Reply to  DOUGLAS TARGINO
10 meses atrás

Tem lugares que a vida vale mais!.. Tem lugares que a vida vale menos!.. Tem outros locais onde a vida nada vale!.. Somos nós que colocamos os valores das vidas, das pessoas, dos andantes, dos desgraçados na vida, dos bons, dos maus ou dos bens instruídos? Tudo leva crer que sim… Ou estão nos manipulando e querem a todo preço e custo, um valor pré determinar onde um homem, mulher ou criança tem que custar!… Agregar algum valor!.. Se em certa região morre um, é notícia, se espalha, inflama!.. Tem áreas que é preciso ter uma demanda bem mais alta… Read more »

nonato
nonato
Reply to  DOUGLAS TARGINO
10 meses atrás

Falou o defensor do Talibã…
Preferia o Talibã no poder?
Esse tipo de notícia é mais para beneficiar a China, pois a Austrália é um sério oponente militar na região.

Agressor's
Agressor's
Reply to  nonato
10 meses atrás

Estamos cansados de saber como são as coisas na Coreia do Norte, Rússia ou China … mas o povo americano precisa zelar para que sua nação não se desvie para o caminho do despotismo … pois os EUA carregam nas costas uma grande responsabilidade que precisa ser cuidada … caso do contrário, o seu declínio e derrocada como nação mediadora do mundo trará sérias repercussões para o mundo e implicações para a civilização ocidental …

João da Lua
João da Lua
Reply to  Agressor's
10 meses atrás

Se os EUA por ação e interesse se meterem numa bagunça geopolítica sem volta, o povo americano terá que prestar contas ao resto do mundo.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Agressor's
10 meses atrás

Chorei emocionado agora.
US FIRST! by governo

Last edited 10 meses atrás by Pablo Maroka
M65
M65
Reply to  DOUGLAS TARGINO
10 meses atrás

Verdade ! E instituições nacionais do estado e município que escondem os erros de seus agentes públicos, por razões corporativas e políticas.

Doug385
10 meses atrás

Campbell afirmou que a morte ilegal de civis e prisioneiros jamais seria aceitável e pediu desculpas ao povo do Afeganistão pela “tragédia”. 

E porque não pediu desculpas pro entrar no país deles, pomba? Guerra é isso aí. Morre muita gente inocente. Chega a ser uma atitude hipócrita pedir desculpas ao povo afegão pelas pessoas que eles australianos mataram ao invadir o país deles.
Agora vão crucificar os soldados que viram e passaram por coisas que qualquer burocrata nem sonha em passar. Eles erraram, sem dúvidas, mas sabe-se lá sob que condições psicológicas esses caras estavam.

DOUGLAS TARGINO
DOUGLAS TARGINO
Reply to  Doug385
10 meses atrás

Concordo com você em algumas coisas, principalmente o fato deles estarem lá sem ser chamados. Mas não podemos alisar a cabeça de militares que matam por matar (sem ser bandidos).

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Doug385
10 meses atrás

Matar civis inocentes e até crianças não é erro. É crime gravíssimo.
Se não tem condições psicológicos para ser soldado, que procurasse outra ocupação.
Devem ser punidos de maneira exemplar.
alguns tiveram vergonha na car se suicidaram depois.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Digo: vergonha na cara.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Suicidar-se não é ter vergonha não é ter vergonha na cara, é furgir às responsabilidades pelos atos cometidos. Tiveram a capacidade de fazer assassinatos, matar não combatente é assassinato ( concordem ou não ), então depois de feitos esses atos, que tivesse a capacidade de arcar com as consequências … Por essas e outras que o Planeta está do jeito que está … as pessoas fazem coisa errada e depois se negam a arcar com as consequências dos atos cometidos …

Last edited 10 meses atrás by Alexandre Cardoso
João Augusto
João Augusto
Reply to  Alexandre Cardoso
10 meses atrás

Suicídio não é nem vergonha na cara e nem covardia. É o sintoma cabal de adoecimento mental. Quem fala qualquer outra cosia tá falando bosta.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

Suicídio é covardia, sim.

Paulo Sollo
Reply to  Alexandre Cardoso
10 meses atrás

Sobre suicídio entre soldados veteranos, cujas estatísticas são enormes, e geralmente ocorrem como consequência de stress pós traumático derivado uma esmagadora culpa pelos atos perpetrados, principalmente as mortes, sugiro que assistam ao excelente documentário da BBC “Wartorn 1861-2010 Os Horrores da Guerra”, que investiga a questão desde a guerra civil norte americana até a guerra do Iraque.

Last edited 10 meses atrás by Paulo Sollo
nonato
nonato
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

Esses suicídios aí não tem a ver com depressão.
Trata-se de grande pressão aguda.
Fruto de uma imprensa que desconhece estratégia militar e geopolítica
Essa perseguição beneficia a China que não hesita em prender medicos, jornalistas, cidadãos comuns

João Augusto
João Augusto
Reply to  nonato
10 meses atrás

Nonato, não falei que era depressão, mas adoecimento mental, que inclui diversos quadros, crônicos e agudos.
Todavia, concordo que o tratamento da imprensa é concausa importante para o infeliz acontecimento.

nonato
nonato
Reply to  Alexandre Cardoso
10 meses atrás

Um exemplo: Lula, Maduro…

João Augusto
João Augusto
Reply to  nonato
10 meses atrás

Como é? (não entendi, de verdade, a menção aos dois políticos)

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

É que esse pessoal tem fetiches com esses dois.
Só pensam neles.
kkkkkk

Tomcat4,2
Reply to  Alexandre Cardoso
10 meses atrás

Neste caso de assassinatos por mãos de soldados em missão, eu vejo o suicídio mais como um remorso e pra livrar(na cabeça de quem se suicidou) os familiares da vergonha causada à família por seus atos. Só q o tiro sai pela culatra pois o cara fez o q fez e ainda correu do pau na hora de pagar e deixou a família com a dupla vergonha nas mãos.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Frequentemente eu concordo com você mas aqui o merdeiro foi muito grande: ninguém sabe se tem condições psicológicas pra ser soldado e ir pra guerra até ir. Julgar os atos confortavelmente de trás de um computador é suave.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

Aí vc acha normal matar um inocente só para tirar o ‘selinho’.

João Augusto
João Augusto
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Se você acha que reconhecer que guerra é um ambiente hiperestressante altamente propício à anomia automaticamente implica em isentar de responsabilidade os agentes pelos crimes de guerra, então você está fazendo associações equivocadas.
Não acho normal nem certo. Inclusive da minha preferência o normal é cada país ficar quieto no seu território.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

Não há que se julgar ‘confortavelmente de trás de um computador’.
O que eles fizeram carece de mais considerações..
É prova irrefutável de crime.crime hediondo.
Não existe atenuante para massacre de civis, inclusive crianças.
É homicídio doloso com todas as qualificadoras que vc possa imaginar.

Alex Rocha
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Engraçado que você não chama de assassinos os comunas que tanto apoia. Como o gordinho da coreia do norte, ou os chineses que matam mais civis num dia do que todos estes soldados em toda sua vida. Vc é um hipócrita. Apesar de todas as leis existentes em ambientes de guerras em momentos de batalha mesmo com treinamento as coisas são bem diferentes. É fácil julgar de longe e depois que o leite derramou, não estou defendendo os soldados, nem isentando eles de suas culpas. Mas uma coisa é certa em ambientes de guerras sempre vai existir coisas assim. Civis… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Alex Rocha
10 meses atrás

Em que pese um crime nunca justificar outro, ao que me consta, não existem tropas da Coreia do Norte assassinando inocentes em outros países.
Se os australianos querem marar civis, que o façam em seu próprio País.

Alex Rocha
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Kings, pior do que assassinar em outros países é assinar os do próprio pais.

Não disse que os crimes deles são justificáveis, disse que em toda a história em casos de guerra civis morreram de ambas as partes.

Nenhum dos lados são corretos. E o que estou dizendo é que julgar estes soldados não faz você melhor do que eles, pois os regimes que apoia mata os da própria nação.

nonato
nonato
Reply to  João Augusto
10 meses atrás

Ninguém vai para guerra porque quer.
Mais confortável é ficar no quartel quem sage até em blogs defendendo o comunismo.

nonato
nonato
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Os defensores do comunismo russo e chinês, que mataram milhões de cidadãos posam de indignados quando um pais ocidental mata um ou alguns civis inocentes.
Não estão preocupados com a morte de ninguém.
Na verdade queriam que os talibãs tivessem continuado escravizando a população e dando abrigo a terroristas.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  nonato
10 meses atrás

Vc não está preocupado com a morte de ninguém, camarada.
Vai falar essa ladainha pra outro que para mim não cola.

Caio César
Caio César
Reply to  Doug385
10 meses atrás

Não… q coisa absurda… leia a matéria de novo, até o título nesse caso já serve

Mauro Cambuquira
Reply to  Doug385
10 meses atrás

A van passa para pegar você e sua turma para um tour, o motorista ao ver que o veículo atingiu sua capacidade de lotação, olhou pra você que ainda não havia embargado, fecha a porta na sua cara, te deixa na terra de Marlboro.
Ah! Pra você não ficar chateado de não poder ir junto, ele te mata. Assunto resolvido…
Não teve nada diferente disso lá… Tá!

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Doug385
10 meses atrás

Amigo tu simplesmente ignorou que foram apurados os fatos como algo totalmente intencional e desumano….não importa qual condição psicológica eles se encontravam, foram ações cometidas coletivamente o que agrava ainda mais (comando e tropa), não é possível que em nenhum momento alguém deve ter pensado (que merda é essa que estamos fazendo?) ….ao meu ver todos devem ser ouvidos e sentenciados conforme grau de envolvimento……

João Augusto
João Augusto
Reply to  Doug385
10 meses atrás

Certíssimos. O que os militares australianos deviam fazer pra evitar isso é ficar na Austrália.

Antoniokings
Antoniokings
10 meses atrás

Os soldados que ainda não se suicidaram deveriam ser condenados à morte pela barbaridade dos crimes cometidos.
Serviriam de exemplo.

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Condenados à morte? Dente por dente, olho por olho????? O erro de uns não justificam o erro dos outros ( quem condenaria eles à morte ). Prisão perpétua, resolveria o caso.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Alexandre Cardoso
10 meses atrás

Quem tem pena dos culpados trai os inocentes.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Alexandre Cardoso
10 meses atrás

Justifica sim, são civis eles não tem culpa de terem nascido debaixo das botas do governo daquele país.

Peter nine nine
Peter nine nine
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Não sou favorável à pena de morte, nunca fui, nunca serei, pois entendo que abre precedentes incontroláveis, dignos de acabar com a vida a potenciais inocentes tidos como culpados e, também, por questões óbvias morais, nada difíceis de compreender. Este assunto não é novo, é velho, já conhecido ah vários anos. Vale a pena também dizer que, várias são as forças armadas no mundo que viram o seu efectivo a cometer atrocidades em algum ponto da história. Pessoalmente, acho ainda mais inadmissível, no entanto, este caso. Uma Australia tem mais que capacidade para edificar uma força moralmente alinhada e, não… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Peter nine nine
10 meses atrás

Pode abrir precedentes, mas, para evitar isso, que se utilize um tribunal internacional, com poderes aos moldes do instituído em Nuremberg para julgar crimes de guerra.

Gabriel BR
Gabriel BR
10 meses atrás

Os responsáveis merecem nada menos do que a pena de morte.
Militar corrupto é o pior dos deliquentes.

rdx
rdx
10 meses atrás

Sei. Provavelmente os tais “civis” portavam AK-47 e cortavam gargantas em nome de Alá.

Greyjoy
Greyjoy
Reply to  rdx
10 meses atrás

Pelo que podemos ver da notícia, o relatório teria deixado claro que eram civis que foram executados, inclusive com a inserção de provas falsas pra forjar uma cena de crime. Qual o problema em reconhecer que militar faz merda?

Paulo Sollo
Reply to  rdx
10 meses atrás

“O relatório é baseado no exame de mais de 20.000 documentos e 25.000 imagens, bem como em entrevistas realizadas com 423 testemunhas”.
Cara, numa boa, vai fazer uma deslavagem cerebral para se livrar de tamanha incapacidade de aceitar fatos tão contundentes porque vão contra sua militância bovina pró seja lá quem for, porque você raciocina como um robô, ou seja não raciocina, apenas repete uma crença programada. E não vai ganhar a simpatia dos aussies por isto.
Eles estão sendo honrados em reconhecer, se desculpar e punir. Seja honrado também e deixe de ser gado…

rdx
rdx
Reply to  Paulo Sollo
10 meses atrás

Quem é você para me julgar? É muito mimimi por uma matéria que revela supostos excessos cometidos por “meia dúzia” de soldados numa sangrenta guerra. Alguém já foi julgado e condenado?

Paulo Sollo
Reply to  rdx
10 meses atrás

Eu lhe julgo porque é assim que funciona num ambiente democrático de debate. Voce tem a liberdade de falar asneiras e destilar radicalismo e parcialidade e eu tenho a liberdade de criticá-lo suave ou duramente. Quando assassinatos contra civis são cometidos por afegãos, a postura de tipos como você é de revolta. E estes seus argumentos de justificativa são de um nível de raciocínio muito raso e mentiroso. “Meia dúzia numa guerra sangrenta”. Balela. Mais de duas dúzias cometeram os crimes e o sangue correu mesmo pro lado dos afegãos. Quantos aussies morreram? Sugiro novamente que se espelhe nos aussies,… Read more »

rdx
rdx
Reply to  Paulo Sollo
10 meses atrás

Mas que drama. Sugiro você procurar um psiquiatra.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  rdx
10 meses atrás

Perdeu uma enorme chance de não escrever uma gigantesca asneira.
Tenha respeito pelos inocentes mortos.
Principalmente as crianças.

rdx
rdx
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Qual criança? Da matéria fake produzida pela ditadura chinesa. Aquela que matou dezenas de milhões?

Welington S.
Welington S.
Reply to  rdx
10 meses atrás

Para de ser ignorante. Existe DOCUMENTÁRIO sobre esse ato no YouTube. É só deixar de ser preguiçoso e procurar.

rdx
rdx
Reply to  Welington S.
10 meses atrás

O ignorante é você. Aliás, Ignorante e presunçoso. É impressionante a quantidade de histéricos neste blog.

https://extra.globo.com/noticias/page-not-found/australia-se-revolta-apos-autoridade-chinesa-postar-foto-fake-de-crianca-degolada-por-soldado-24773377.html

Jagdverband#44
Jagdverband#44
10 meses atrás
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Calma que está chegando a hora da China dar uma ‘pequena’ lição à Austrália.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Sou mais da BBC do que da Sputnik.
Aliás, que tipo de de lição seria esta, Tonho?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Como a Austrália é um país essencialmente agrícola, bloquear suas exportações para a China.
Coisa que já está sendo feita, por sinal.
A Austrália andava muito ‘assanhadinha’ e teve, em momento de lucidez, de se aliar ao pacto econômico chinês.
Mas, é bom não abusar porque até mesmo os chineses podem perder a paciência.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Tens que estudar um pouco antes de falar coisas sem fundamento. Austrália exporta metade do minério de ferro que a China consome anualmente. Tu acha mesmo que a China pode abrir mão disso? Aliás acaba de haver um incremento nessa exportação.
Tens que estudar um pouco mais.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Nunca durma em berço esplêndido quando vc apenas exporta matérias primas.

https://economia.uol.com.br/noticias/bloomberg/2020/03/05/china-planeja-aprovar-construcao-de-mina-de-minerio-de-simandou.htm

Essa mina na Guiné é a maior do Mundo e tem um minério mais puro que o brasileiro e australiano.
Comenta-se que os chineses devem trocar de fornecedores, principalmente, pela pureza do minério.
É mais eficiente produzir com ele.
Vida que segue.
Talvez Brasil e Austrália consigam outros compradores.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Para vc se aprofundar no assunto, artigo postado hoje (01/12) no Valor.

https://valor.globo.com/brasil/noticia/2020/12/01/os-alertas-que-a-guerra-comercial-entre-china-e-australia-trazem-para-o-brasil.ghtml

Acho melhor a Austrália ‘colocar as barbas de molho’.

Mauro Cambuquira
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Sabe nada inocente. Tem muito lobo disfarçado de cordeiro,
esperando leitores intelectuais em sua confortáveis poltronas aceitar e compartilhar a mais fidedigna das matérias falsas que você pode acreditar. 20 anos nesse meio, já vi muita coisa…

Fabio
Fabio
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Mostrar para a Austrália como se mata civis passando com tanque de guerra sobre eles ?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Fabio
10 meses atrás

Isso é coisa so passado.
Agora, estão colocando os joelhos nos pescoços dos outros e sufocando-os até a morte.

Jagdverband#44
Jagdverband#44
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Coisa do passado tipo os campos de concentração para os muçulmanos…

Agressor's
Agressor's
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Ou seja, ambas grandes potências sanguinárias e genocidas que só ficam acusando um ao outro pra ver quem comete mais crimes contra a humanidade.

Teropode
Reply to  Agressor's
10 meses atrás

Cara vc fala tanta besteira num espaço de tempo tão curto que as vezes acho que vc é um robô jampeado , falam tanta besteira e aí mesmo tempo ignoram que o pessoal da Wagner usou latas de gás para matar civis sírios .

Teropode
Reply to  Jagdverband#44
10 meses atrás

Deixe o cara falar besteira , não avacalhe o circo , algumas verdades podem leva_lo ao suicídio , ele não suporta a realidade .

O Chato
O Chato
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Antônio, gostaria de aproveitar a oportunidade para alertá-lo de que criticar a Austrália e, ao mesmo tempo, defender a China não cai nada bem. Isso é pura hipocrisia. O que falta à China é um conflito recente, pois, se considerarmos seu histórico de guerras desde a Revolução Chinesa e como aquele país trata a própria população (dissidentes políticos, uigures e minorias em geral), a tendência é que, em um futuro conflito, cometam muito mais crimes do que a Otan tem cometido no Afeganistão. Note que não o critico por ser fanboy da China. Aqui, por exemplo, temos fanboys dos EUA… Read more »

Last edited 10 meses atrás by O Chato
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  O Chato
10 meses atrás

Prezado ‘O Chato’.

A menção à China no comentário foi devida à publicação de um link acima que trata dos protestos australianos sobre uma charge chinesa com soldados australianos segurando cabeça de crianças afegãs.
Ou sejam ficaram ofendidos ao retratarem os crimes hediondos que cometeram.
Isso soa a hipocrisia.

Sergio
Sergio
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Cara, você teve coragem de escrever isso? Num momento em que milhares de seus compatriotas agonizam, sufucados em UTIs, por um vírus vindo daquele país?

Sergio
Sergio
Reply to  Sergio
10 meses atrás

E ainda com nove curtidas! Monstruoso! Perdi dois queridos amigos, ontem. Marido e mulher. SU – FO – CA – DOS!!! Numa UTI. Três filhos e dois netos choram nesse momento. É demoníaco ler um troço desses. Aonde está a moderação deste portal???

Tomcat4,2
Reply to  Sergio
10 meses atrás

A moderação agora são os like’s , infelizmente, já faz tempo q sandices são aceitas por aqui mas apenas se for pelo lado esquerdo se é q me entende.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Sergio
10 meses atrás

Quem não está nem um pouco preocupado com isso não sou eu, né?
Afinal eu não acho que a COVID é uma ‘gripezinha’.

Caio
Caio
10 meses atrás

Pelo menos o governo da Austrália se mostra sério em averiguar os erros dos que mancham o uniforme, sem corporativismo sem desculpa furada.

Glasquis 7
10 meses atrás

O maior erro de todos é que vemos a guerra desde o ponto de vista dos militares. De vez em quando, é bom dar uma olhada desde o ponto de vista das vítimas que nem armas pra se defender tem.

As missões básicas de todo soldado são: combater o inimigo, defender aquele que não pode se fender e poupar os inocentes.

Se não consegue cumprir estas 3 premissas, deixa de ser um soldado e torna-se um criminoso qualquer.

Michel
10 meses atrás

Colegas, façamos um exercício de reflexão. Se, e só se, um dia, o Brasil tiver a desfortuna de uma derrota militar e vir a ser momentaneamente ocupado por tropas estrangeiras, o comportamento será o mesmo, e talvez até mesmo pior e em maior escala.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Michel
10 meses atrás

Imagine o que os colonizadores europeus devem ter feito com os povos escravizados durante ´seculos e sem nenhuma punição..
O exemplo do que os belgas fizeram no Congo deve ser uma amostra cruel dessa barbaridade.

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Não entendo por que você veio meter o seu bedelho nessa matéria. Você apoia Maduro e seus militares que segundo denúncia da Anistia Internacional, assassinaram mais de 8 mil opositores políticos em apenas 3 anos.
Isso é mais que a ditadura militar matou em 21 anos no Brasil.
Militares assassinos venezuelanos são até piores que seus colegas assassinos australianos, pois no caso venezuelano, os caras assassinam seus próprios cidadãos para se manterem no poder, tudo seguindo direitinho a carta escrita por Engels, Von Der Autoritat .

https://www.google.com.br/amp/s/oglobo.globo.com/mundo/anistia-internacional-acusa-forcas-venezuelanas-de-8200-execucoes-extrajudiciais-em-tres-anos-23086909%3fversao=amp

Agnelo
Agnelo
Reply to  Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
10 meses atrás

Prezado
O Bilu tetéia é revoltadinho seletivo….
Pra ele, Venezuela, Cuba e China são ótimos países, só não vai morar lá…. lógico….
Sds

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
10 meses atrás

Não é possível ir.
Passagem muito cara.
Culpa dos impostos que o Governo coloca para arrecadar mais e cobrir as mamatas dos militares.
Mas duzem que nem está dando e vem mais imposto por aí.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Paga direitinho, hein!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agnelo
10 meses atrás

Aproveita enquanto pode, xará!

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Imagine o que os colonizadores europeus devem ter feito com os povos escravizados durante

Não fizeram nada que já não tinham feito uns com os outros, como quando os nórdicos invadiam as ilhas britânicas ou quando os povos germânicos invadiram o território do Império Romano. Um povo se sobrepondo sobre o outro sempre existiu e sempre existirá, é a natureza humana.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Allan Lemos
10 meses atrás

Estamos falando até os anos 1900, quando os europeus eram considerados ‘civilizados’.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

É simplesmente a natureza humana.

Michel
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

Concordo com suas palavras, prezado companheiro. São verdadeiras.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Michel
10 meses atrás

Valeu!
SDS

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

A ganância um dos sentimentos inatos dos homens carregados de muitas perversidades próprias de sua natureza pecaminosa e insaciável para querer tudo que os sentidos percebem…Averiguada desde o início da humanidade até os dias de hoje tem causado muitas dores e sofrimentos ao ganancioso e a sociedade…Na atualidade surge com mais intensidade e métodos extremamente nefandos para conseguir os desejos materiais impossíveis…muito dinheiro e poder sem limites…O brilho das moedas recebidas vem ofuscar a razão deixando a entorpecida para qualquer tentativa de chamar a reflexão, a sanidade humana, fundamentada nos valores éticos e morais...

USS Independence
10 meses atrás

Não encontraram indícios de oficiais de alta patente envolvidos? Claro, esses soldados não respondiam diretamente a ninguém. KKKK Como sempre os elos mais fracos serão os primeiros a se quebrar. Vão preservar as imagens dos “Superiores” e os soldados e oficiais de baixa patente é que serão punidos. Outro ponto. Agora depois desse coletiva, entrevista, Live ou seja lá o que tiver feito o tal Angus Campbell, ele transformou a Austrália e os cidadãos australianos em alvos “legítimos” da retaliação de Jihadistas e de outros extremistas islâmicos. Ops… Será que serei acusado de islamofobia? Grande favor esse senhor prestou aos… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  USS Independence
10 meses atrás

Prezado
As OpEsp atuam com extrema liberdade de ação. Extremamente fora dos olhos dos escalões superiores, pela impossibilidade de controlar tão de perto ações tão sigilosas e distantes.
Não por menos, q a seleção e o treinamento são extremamente rigorosos.
Eu me impressionei de tão renomada tropa ter realizado algo do tipo.
Enfim… não acho q deveria ter sido “lançado no ventilador”, mas não estou lá pra ter todos os dados pra decisao. O q tem de ser feito agora é uma apuração rigorosa e a punição exemplar.
Sds

Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
Francisco Lúcio Sátiro Maia Pinheiro
10 meses atrás

Militar bandido é ainda pior que criminosos comuns. Logo os australianos, que querem ser povo dito civilizado.
Ótima oportunidade para os que idolatram assassinos como Maduro e seus militares assassinos também se desculparem, por apoiarem facínoras que em apenas 3 anos fizeram mais de 8 mil execuções clandestinas

Joao Moita Jr
Joao Moita Jr
10 meses atrás

Muito triste isso. Como MP, sem poder divulgar detalhes posso afirmar que já participei em inquéritos de muitos incidentes desta índole.
Mas sem querer desculpar esses atos, posso assegurar que os crimes cometidos pelas forças inimigas irregulares contra a própria população sempre eram piores em muitos níveis de magnitude. Enfim, quando o soldado chega lá se sente transportado a pelo menos 1500 anos atrás, com toda a barbárie decorrente naquele período.

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Joao Moita Jr
10 meses atrás

Joao, eu não ia comentar a noticia, mas vc tocou num ponto que eu vejo como importante. É obvio que o Taleba ou o Daesh são muito mais violentos e cruéis, mas eles não são tropas treinadas, são cães raivosos e como tal devem ser combatidos. É obvio, também, que um soldado deveria ser referencia de segurança para a população, senão ele não passam de mais um opressor, não importa se ele vem dos EUA, da China, Russia, ou Australia. É difícil ficar dando palpite para quem foi/vai/está na linha de frente, mas no treinamento o soldado deveria ser lembrado… Read more »

Agressor's
Agressor's
10 meses atrás

“A linguagem política, destina-se a fazer com que a mentira soe como verdade e o crime se torne respeitável, bem como a imprimir ao vento uma aparência de solidez” George Orwell Para alguns é sempre aquele mesmo argumento de que porque é a guerra, mas quando são os outros que praticam isso, ai sempre é um crime contra a humanidade… O ocidente, em especial os eua e a europa ocidental, são hoje os lugares que se encontram em piores condições espirituais…Acredito que muito em breve, ambos muito em breve sofrerão expiações…Nunca houve uma época como esta, nunca antes foi Deus… Read more »

ADRIANO MADUREIRA
ADRIANO MADUREIRA
10 meses atrás

Tudo é válido em nome da democracia,da paz e da estabilidade…

Fabio Araujo
Fabio Araujo
10 meses atrás
rafa
rafa
10 meses atrás

Diversos fatores devem ter sido analisados por esse relatório. 1 – Psicológico de ir a guerra com certeza é algo que deve ser descartado, pois como a notícia diz, são as forças especiais (SAS Australiana) que foi investigada. São soldados profissionais, que passam por um treinamento rigoroso, inclusive psicológico e estão entre os mais bem capacitados do mundo. A simples justificativa de “ah, vc não sabe o que é uma guerra”, não pode ser aplicado a esse caso, uma vez que esses soldados são altamente treinados, pagos e quiseram ir para a guerra. 2 – Com certeza foram avaliados tb… Read more »

Alem
Alem
10 meses atrás

Oxe? estavam em uma guerra em terras alheias e querem oq? compaixão com o inimigo? politicamente correto até na guerra?

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Alem
10 meses atrás

Então tudo bem se algum dia um país estrangeiro invadir o Brasil e alguns soldados entrarem na sua casa, colocarem uma bala na cabeça de cada um dos seus filhos e depois disso irem “se aliviar” com a sua mulher, não é? Afinal de contas, não pode ter compaixão com o inimigo.

É cada besteira que a gente lê na internet.

Glasquis 7
Reply to  Alem
10 meses atrás

Civis desarmados não são o inimigo.

O senhor precisa rever os seus conceitos.

Militares matando sem controle não são uma tropa, são uma gangue e uma gangue está composta por criminosos, não por militares.

É isso que a tradição dos homens de armas dita.

Juliano
Juliano
10 meses atrás

https://terrabrasilnoticias.com/2020/11/agentes-de-maduro-entram-no-brasil-e-levam-inimigo-do-presidente-venezuelano-preso-mas-ele-escapa-com-ajuda-de-indios/

Os ineptos não conseguem defender uma fronteira com país hostil mas se acham o supra sumo da nação pra instalar junta militar e “administrar” o país.

RENAN
RENAN
10 meses atrás

Crime de guerra, que seja realizado um julgamento justo e uma sentença a altura do resultado deste julgamento

Antunes 1980
Antunes 1980
10 meses atrás

Dos 32 militares do SASR que REGRESSARAM do Afeganistão e são ACUSADOS destes massacres, 11 já se SUICIDARAM !!!

Glasquis 7
Reply to  Antunes 1980
10 meses atrás

Eu queria entender este altíssimo nível de suicídios. Acima do 33%.

Será o sentimento de culpa, pressão ou uma simples queima de arquivos?

ScudB
ScudB
Reply to  Glasquis 7
10 meses atrás

Normalmente – todos os três motivos juntos .Só resta saber uma proporção real: não ficaria surpreso se 90% seriam executados por comparsas para “os arrependidos” ficarem de bico calado para sempre..

Glasquis 7
Reply to  ScudB
10 meses atrás

Então, imagina o quanto querem esconder.

Amaral
Amaral
10 meses atrás

2020 tá tão de cabeça pra baixo que eu tive que concordar com o Antoniokings, esses caras não são soldados, são assassinos

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Amaral
10 meses atrás

Junte-se aos bons!

Glasquis 7
Reply to  Antoniokings
10 meses atrás

KKK tu apela né?

Aridyvan Santos
10 meses atrás

Se teve China envolvida, então eu sempre irei acreditar na versão oposta.

Glasquis 7
Reply to  Aridyvan Santos
10 meses atrás

É a isso que eu chamo de Objetividade de analise.

Por favor.

Felipe Augusto Batista
Reply to  Aridyvan Santos
10 meses atrás

A China esteve no lado vencedor na WW2, tudo q a China faz ou defende é errado por princípio, não precisa analisar, logo o lado perdedor era o correto na história. The Axis did nothing wrong!

Mgtow
Mgtow
10 meses atrás

Assassinatos, Usurpação de territorios, saques de riquezas alheias, escravidão sistemica, destruição de sociedades inteiras. Anglo-saxão sendo anglo saxão. Nada de novo no front.
Essa é a conduta desses gusanos ultimos 500 anos. Bem faz a CHina que no passado ja sofreu com as ações desse pessoal, cresceu, assimilou, tirou lições e hoje bate o porrete em qualquer desses que se aventurar contra a soberania chinesa.

Last edited 10 meses atrás by Mgtow

Últimas Notícias

Saab leva soluções para defesa e segurança civil para SITDEF 2021

A Saab exibirá sua ampla gama de soluções terrestres, aéreas e navais de ponta para defesa militar e segurança...
- Advertisement -
- Advertisement -