quarta-feira, outubro 27, 2021

Saab RBS 70NG

Em breve, teremos três internets, uma americana, outra chinesa e uma europeia

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

A internet global, descentralizada, não governamental, aberta e gratuita que existiu no início da rede, tem desaparecido. Não é nem global, nem aberta. Mais de 40% da população mundial vive em países onde o acesso à internet é controlado pelas autoridades. O governo chinês, por exemplo, impede que, de seu território, seja possível acessar Google, YouTube, Facebook, Instagram, Twitter, WhatsApp, CNN, Wikipédia, TikTok, Netflix ou New York Times, entre outros. Há, com certeza, versões chinesas desses produtos digitais. Na Índia, no Irã, na Rússia, na Arábia Saudita e em muitos outros países, o governo bloqueia sites da rede e censura seus conteúdos.

A internet também não é descentralizada. É verdade que a rede empoderou indivíduos e grupos que agora têm mais possibilidade de ser ouvidos e influenciar os demais – e seus governos. Mas também é verdade que tanto os governos como as grandes empresas de tecnologia, como Google, Microsoft, Amazon ou Facebook, concentram um imenso poder sobre a internet. Uma tecnologia de libertação política se converteu em uma tecnologia para a repressão.

A rede não é gratuita. As buscas no Google, os encontros no Facebook, as mensagens de Twitter ou as tertúlias via WhatsApp não são grátis, ainda que pareçam. Pagamos por isso permitindo que aqueles que nos “dão de presente” esses serviços saibam quase tudo sobre nós. Essa informação lhes permite dominar o negócio global da publicidade. Mas talvez a tendência mais importante que está transformando a internet seja sua divisão em três blocos. O mundo está a caminho de ter uma internet chinesa, outra americana e outra europeia.

A internet chinesa é fechada, censurada, protecionista e tem grandes barreiras para a entrada de empresas dos países que estão fora de suas fronteiras digitais. Essas ciberfronteiras transcendem as fronteiras geográficas do país e incluem aliados com Coreia do Norte. Sua principal vantagem competitiva são 1 bilhão de usuários que há na China. Seu protagonista mais influente é o governo central e seus serviços de segurança nacional, inteligência e controle de cidadãos. Sua grande vulnerabilidade é resolver usar barreiras do passado (protecionismo e censura) para impedir a entrada de inovações que chegam em grande velocidade.

A internet americana, por outro lado, é anárquica, inovadora, comercial e com altas tendências monopolistas. Os protagonistas centrais são as grandes empresas de tecnologia. Seu acesso a enormes volumes de capital, talento tecnológico e capacidade de inovar lhe conferem um dinamismo para o qual não há rivais.

A vulnerabilidade da internet americana está no fato de o modelo de negócios com base na oferta de serviços digitais gratuitos em troca de dados pessoais dos usuários não ser sustentável. Também não é sustentável o grau de monopolização que as empresas de tecnologia desenvolvem. Nem sua indiferença diante do uso que atores malignos fazem de suas plataformas digitais para acentuar divisões sociais e influenciar eleições. Isso já está começando a mudar.

O epicentro do ataque contra os defeitos da internet americana e os abusos da China está na Europa. A internet europeia é mais regulada, se preocupa em proteger os usuários, enfrenta os monopólios e defende valores democráticos. A Comissão Europeia impôs multas bilionárias a Google, Apple, Microsoft e a outras empresas de tecnologia. Em 2018, a UE adotou o Acordo Geral de Proteção de Dados (AGPD), que define os parâmetros para coleta, armazenamento e gestão de dados pessoais. Esse acordo é a manifestação concreta de um enfoque jurídico que considera a proteção dos dados pessoais um direito humano fundamental.

Enquanto a China baseia sua influência em seu tamanho e em seu regime autocrático, e os EUA em seu dinamismo empresarial e inovação tecnológica, a Europa tratará de exercer influência exportando regras baseadas de valores democráticos e humanísticos. Esses três blocos já estão batalhando ferozmente para manter o controle de sua área de soberania digital, e os atritos entre eles são evidentes.

Além de aplicar suas leis de combate à formação de monopólios às empresas americanas, a ameaça dos europeus é restringir acesso ao seu mercado às empresas de tecnologia que não adotarem suas regras. De sua parte, os EUA impõem sanções e bloqueiam empresas como Huawei, e, naturalmente, a China contra-ataca.

Teremos três internets, mas a batalha definitiva é entre EUA e China. E os confrontos entre essas superpotências digitais não se restringirão ao ciberespaço e à proteção e ampliação de sua soberania digital. Já os vemos nos esforços de Washington e Pequim para garantir que suas empresas dominem as tecnologias de 5G, a nova geração de telefonia móvel que revolucionará as comunicações e transformará a internet. Isso, entretanto, são somente escaramuças, já que o grande combate envolve quem será líder no campo da inteligência artificial, a tecnologia que transformará o mundo. Essa revolução está no começo. / TRADUÇÃO DE AUGUSTO CALIL

*É ESCRITOR VENEZUELANO E MEMBRO DO CARNEGIE ENDOWMENT

FONTE: Estadão

- Advertisement -

76 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
76 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
10 meses atrás

E seria ótimo ter um Internet russa tambem para tumultuar mais o meio de campo e assim seria cada um por si

YAN KLOWS NUNES MACHADO
YAN KLOWS NUNES MACHADO
Reply to  Entusiasta Militar
10 meses atrás

Eles estão fazendo a sua também.

Entusiasta Militar
Entusiasta Militar
Reply to  YAN KLOWS NUNES MACHADO
10 meses atrás

É quase Obvio dizer duas coisas:

1º A Internet Russa seria a mais eficiente de todas

2º a internet chinesa seria tipo uma copia barata e misturada das outras 03 e haveria tanto hackeamentos estatal que torraria milhões de notebook mundo a fora kkkk

Paulo Siqueira
Paulo Siqueira
Reply to  Entusiasta Militar
10 meses atrás

Como seria a mais eficiente sendo uma das mais censuradas?Por favor me explique isso!

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Entusiasta Militar
10 meses atrás

Putin já havia proposto uma internet só russa0. Não é novidade lá

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Entusiasta Militar
10 meses atrás

Ontem a Rússia anunciou que vai começar a aumentar a instalação de pontos 5G.
Eu não li a reportagem toda e não saberia dizer qual material utilizará, mas sei que fizeram acordo com a Huawei.

Foxtrot
Foxtrot
Reply to  Entusiasta Militar
10 meses atrás

Putz!

PACRF
PACRF
10 meses atrás

Viva a concorrência. No entanto, a Internet sempre será utilizada pelas grandes empresas de tecnologia e por governos, de qualquer espectro ideológico, para obter o bem mais valioso que existe: informação.

Agressor's
Agressor's
Reply to  PACRF
10 meses atrás

A internet, as mídias e a indústria do cinema dos eua se tornaram num eficientíssimo instrumento de guerra de informação e de modelagem comportamental…Esta modelagem é obtida proporcionando-se reforçadores após respostas que gradativamente se aproximam da resposta que se deseja obter…Ao comportamento de um publico alvo pode-se fazer uma intervenção de muita eficácia alterando pequenos estímulos, e inserindo reforçadores nesse ambiente…O comportamento é alterado conforme estímulos que encontramos em nosso ambiente… Estímulo é tudo aquilo que está presente no ambiente e que pode alterar um comportamento, e o que se é feito diante desse estímulo é denominado resposta…A análise do… Read more »

OSEIAS
OSEIAS
10 meses atrás

Achei que se tratava de uma revolução tecnológica, quem não seria baseada nas camadas OSI em sua arquitetura. Algo novo para corrigir as vulnerabilidades da rede. Afinal ela foi concebida para a informação correr livre por ela, agora temos a necessidade de se proteger os dados, impedir que isso aconteça. É por isso que temos tantos ataques, pois sua essência é de livre acesso e por mais que criamos regras e soluções ainda sim não será nunca o suficiente, pois ela nasceu para compartilhar a informação e não para protege-la. Mas é apenas uma reportagem falando de regulação e leis.

Mensageiro
Mensageiro
10 meses atrás

Dessas a que vai sobressair será a internet tupiniquim terá a boa cordialidade brasileira e segurança dentro dela. Depois também virá a I.A-BR++. Nunca vista antes no mundo, continua sumida até hoje.

SPQR
SPQR
Reply to  Mensageiro
10 meses atrás

Tudo isso administrado por uma Internetobrás com 15 mil cabides de emprego, dos quais 13 mil serão petistas e psolistas.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Mensageiro
10 meses atrás

As Sumidades pouco demoraram a aparecer , julgam a maioria dos brasileiros por eles próprios !

Hélio
Hélio
10 meses atrás

E por incrível que pareça, só a chinesa será livre, em todas as outras você será censurado por “discurso de ódio”. Basta ver a diferença entre a liberdade de expressão nas redes russas e chinesas, como o tik tok e o VK e as redes ocidentais, como o Facebook e o Twitter.

Natan
Natan
Reply to  Hélio
10 meses atrás

Ainda assim me parece melhor do que censura política e até ideológica como acontece em países com governo opressor.

Hélio
Hélio
Reply to  Natan
10 meses atrás

Não parece não, camarada, opressores são os governos “ocidentais”, é só ver a perseguição politica na europa e eua.

Karl Bonfim
Karl Bonfim
10 meses atrás

No futuro eu acho que a internet vai ser igual a TV de hoje, cada país vai ter a sua!

Rui Chapéu
Rui Chapéu
10 meses atrás

Normal de países opressores.

Cercar liberdade de conhecimento e informação.

Depois vão proibir a internet americana por ser “livre” demais.

Fabio
Fabio
Reply to  Rui Chapéu
10 meses atrás

E no mínimo curioso . Caíram de pau no Trump quando ele disse que ia bloquear o tiktok pelo fato de ter ligações com a China . Mais segundo a própria reportagem , o tiktok e bloqueado …. Na China ! E não vi ninguém dar um pio sobre isso !

O Chato
O Chato
Reply to  Fabio
10 meses atrás

Na verdade, na China, há uma versão interna do TikTok (de nome diferente). Isso ocorreu exatamente para 1) permitir que o TikTok se expandisse fora da China e evitasse o tipo de acusações que Trump faz (coleta de dados, espionagem, manipulação de opinião pública e etc); e 2) evitar a influência estrangeira dentro da China. Sobre “caírem de pau” em cima do Trump, isso também se dá por duas razões, sendo elas a irrelevância das acusações (para o cidadão comum) e a hipocrisia do ato de Trump, visto que ele acusa o TikTok de fazer o mesmo que as redes… Read more »

Last edited 10 meses atrás by O Chato
Renato B.
Renato B.
Reply to  Rui Chapéu
10 meses atrás

Se a americana for monopolista vai chegar num ponto que vai ficar muito parecida com as outras. As leis antitruste tem que ser atualizadas para conter os Robber Barons do século XXI.

Matheus S
Matheus S
10 meses atrás

Só pode ser piada. O autor não apontou nenhum defeito na internet baseado no modelo europeu, visualizou os defeitos do modelo dos americanos e chineses e com boas críticas razoavelmente exemplificadas, mas não foi capaz de dar exemplos dos possíveis defeitos nesse modelo europeu. Um dos defeitos do modelo americano citado é o fato dessa inércia da internet descentralizada não ter sido capaz acabar com os monopólios, certamente um grande problema atual do mundo digital, ainda mais dos americanos. O autor sugere que devemos combater isso com regulações e leis capazes de eliminar essa ameaça do mundo digital descentralizado, mas… Read more »

Wilson França
Wilson França
Reply to  Matheus S
10 meses atrás

Errado. A livre concorrência sem qualquer tipo de regulação leva a abusos e deformações no mercado.
O melhor ambiente é o equilibrado, em que a livre concorrência é desenvolvida em consonância com valores sociais, econômicos e humanísticos. Regulação moderada é fundamental.

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

‘Regulação moderada’…

E quem produz essas regulamentações??
A classe política!!

E o que eles buscam?? O bem estar do povo?
Não. Buscam PODER!

Em qualquer parte do globo, os políticos SEMPRE buscam poder e controle.

É inocência demais achar que tem alguém “trabalhando pelo bem-estar coletivo” sem pedir nada (ou quase nada) em troca. Já passei da adolescência, fase mais propícia a acreditar nisso tudo.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Tamandaré
10 meses atrás

Se não forem os políticos, ou qualquer outro grupo, a regulamentar, o poder ficará totalmente concentrado nas mãos dos empresários, que poderão fazer o que quiserem em busca do lucro desenfreado. Por isso que o equilíbrio é essencial. Nem poder absoluto a políticos, nem desregulamentação total permitindo abusos como exploração publicitária de vulneráveis (crianças e adolescentes), propaganda enganosa contra os consumidores, negligência com a segurança de trabalhadores e consumidores etc. Sinceramente, vc acha ruim, por exemplo, o código de defesa do consumidor? Ou a proibição de publicidade de cunho sexual para menores de idade? Ou as análises do Cade para… Read more »

Matheus S
Matheus S
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Por definição, não há como ter livre concorrência com regulação “moderada”.

Aliás, o que seria para você uma regulação “moderada”?

Renato B.
Renato B.
Reply to  Matheus S
10 meses atrás

Temos países com mercados sem regulação nenhuma, como a Líbia, Síria ou Somália. Tem gente querendo entrar, mas tem muito mais gente querendo sair.

Matheus S
Matheus S
Reply to  Renato B.
10 meses atrás

Isso é falácia de espantalho.

Você está argumentando no âmbito econômico, mas isso está longe do que eu comentei anteriormente.

Releia o comentário, por favor.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Matheus S
10 meses atrás

Lamento, mas o fato de você não gostar não torna o argumento uma falácia. Liberdade não funciona na base de dogma, não existe em termos absolutos. Por isso mesmo a regulação também não é anátema.

Last edited 10 meses atrás by Renato B.
Matheus S
Matheus S
Reply to  Renato B.
10 meses atrás

Liberdade não é um dogma, mas é absoluto. Não existe normatização para a liberdade.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Matheus S
10 meses atrás

Respondido para o Tamandaré. Serve pra vc também.

Matheus S
Matheus S
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Respondido para o Renato B. Serve para você também.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Concordo, sem regulamentação nenhuma o mercado se torna uma colcha de cartéis, trustes e monopólios. É voltar ao capitalismo de século XIX.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Renato B.
10 meses atrás

Pior do que isso, práticas desonestas podem proliferar. Publicidade enganosa; adulteração de produtos….
Sem regulamentação, eu posso misturar formol no leite pra ganhar em quantidade, botar um pouco de água na gasolina….
A nossa sorte é que esse mundo livre de qualquer regulamentação nunca vai existir, por ser inviável. A discussão aqui é só teórica, pois nunca haverá anarquia.

Matheus S
Matheus S
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Práticas desonestas acontecem em ambientes desregulados e regulados. Tudo o que você disse acontece hoje e temos um emaranhado de regulamentações, portanto, a regulamentação nunca foi capaz de prover aquilo que propôs. Prova disso é que mesmo com regulamentações, a indústria ainda coloca formol no leite, qualquer pesquisa rápida verá que isso ocorre rotineiramente. Ninguém aqui defende uma anarquia, pois estamos discutindo a livre circulação de informação, vocês querem regular a informação da internet, e eu assim como outros defendem a descentralização e desregulamentação por achar que é considerado arriscado deixar nas mãos de políticos uma ferramenta de controle da… Read more »

Wilson França
Wilson França
Reply to  Matheus S
10 meses atrás

Já acontece um monte de problema hoje com regras, e vc acha q vai ser mais civilizado sem elas?!
É uma pena que nunca poderemos ver esse seu mundo da fantasia, pois jamais haverá uma sociedade sem regramentos.

Renato B.
Renato B.
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Wilson, eu espero que esteja certo. Mas que tem uns ancaps fundamentalistas que sonham com essa estranha glória de morrer envenenado ou de diarréia.

E olha que eu sou a favor de livre mercado, só não acredito nele como absoluto.

Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Renato B.
10 meses atrás

Rento, vocês confundem REGRAS com REGULAMENTAÇÕES. Ninguém aqui está falando em abolir regras, até porque a sociedade tem sua vida baseada nelas, que nasceram do entendimento coletivo. Não matar, não roubar, não estuprar… REGULAMENTAÇÕES são outra história! Você acha, por exemplo, que a ANATEL está preocupada com o bem-estar dos clientes de serviços de telefonia e internet? Essa “agência reguladora” basicamente é só um instrumento de Brasília para CARTELIZAR o setor. Alguém aqui já se deu ao trabalho de ler o compilado de normas e regulamentações da ANATEL? É uma maçaroca interminável de páginas, que impõe exigências infindáveis ás empresas.… Read more »

Paulo Siqueira
Paulo Siqueira
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Práticas desonestas conferem com países que censuram a informação! É o grande perigo exemplificado na tentativa de abafamento do caso do vírus chinês!A moderação é de cunho e exclusivamente individualÉ direito do indivíduo escolher aonde se direcionar a sua fonte de informação e também divulgá-las e discuti-las!

DanielJr
DanielJr
Reply to  Matheus S
10 meses atrás

Concordo com você. É melhor o usuário se proteger um pouco digitalmente em uma internet menos regulada do que ter mais regulações e burocratas escolhendo o que você pode ou não ver/fazer na rede. O maior problema que eu vejo nesse caso é que a maioria dos usuários querem simplesmente usar, dane-se o resto, e usar “de graça”, acham que é melhor o governo ou as grandes empresas do setor cuidarem dos conteúdos e de que maneira a rede pode ser usada etc. Lembrem-se de que cada coisa que você delega pra terceiro administrar, você tem pouca chance de saber… Read more »

DanielJr
DanielJr
Reply to  DanielJr
10 meses atrás

eu acredito que daqui uns 10 anos no máximo, o uso de VPN, emails criptografados e outras ferramentas serão quase que obrigatórias no mundo online, visto que o aumento de vazamento de dados, atuação de hackers, problemas com redes sociais, bots, captura de dados para usos comerciais entre outros chegarão a um ponto insuportável para a pessoa que use a internet de forma “normal”.

Matheus S
Matheus S
Reply to  DanielJr
10 meses atrás

Exatamente. O que esse pessoal não entende é que a liberdade tem um custo, e o custo é justamente esse, o custo de se você mesmo se proteger, e não legar esse direito a autoridades – corretamente denominado burocratas. O fato é que o brasileiro não sabe o que é liberdade, e não irá compreender o significado disso.

Caio
Caio
10 meses atrás

Essa polarização digital é só pra cachorro grande, nós iremos a reboque com certeza pro lado americano, caso a pressão por ” segurança” fique mais forte nos próximos anos.

Antunes 1980
Antunes 1980
10 meses atrás

Se ficar o bicho pega se correr o bicho come.

JS666
JS666
10 meses atrás

Viva a União Europeia!

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  JS666
10 meses atrás

estas completamente desinformado sobre esta coisa UE , entrou emj Decadência Irreversível !

Capa Preta
Capa Preta
10 meses atrás

América Latina e África eternas colônias. Com populações locais incapazes de absorver educação técnica para desenvolver que seja um clips, só sabem replicar.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Capa Preta
10 meses atrás

A África do Sul tem seus nichos de excelência : Medicina , indústria de defesa ,universidades com prêmios nobel e mundialmente reconhecidas, algumas engenharias de ponta. Já nós somos o mais medíocre dos BRICS em todas as áreas da educação e engenharias .

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Gabriel BR
10 meses atrás

Já nós somos o mais medíocre dos BRICS em todas as áreas da educação e engenharias .

Não somos não, também temos centros de excelência muito capacitados e profissionais muitíssimo qualificados em todas as áreas. O problema é que o governo não investe no desenvolvimento de tecnologias nacionais e como resultado, nossos profissionais são subutilizados e empresas promissoras acabam fechando as portas. Ai fica difícil.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Allan Lemos
10 meses atrás

Conversa mole de quem não sabe nada sobre educação no Brasil e mercado.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Gabriel BR
10 meses atrás

Nossa, você realmente conseguiu refutar todo o meu comentário com uma argumentação bem elaborada,precisa e baseada em comprovações empíricas.

Será que eu posso andar com você no recreio? Não gosto de pedir, mas não é todo dia que surge a oportunidade de aprender com alguém tão inteligente.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Allan Lemos
10 meses atrás

Cara os rankings e as avalições já estão prontas, tudo feito pelos mais renomados especialistas do mundo. São numeros ! Não tem o que debater!

O Chato
O Chato
Reply to  Allan Lemos
10 meses atrás

Concordo que temos centros de excelência e muitos profissionais altamente qualificados em diversas áreas, mas a realidade é que os primeiros só tem servido para formar os segundos para trabalharem no exterior, visto que aqui tudo o que importa é que “o agro é pop”.

Last edited 10 meses atrás by O Chato
Leonardo Costa da Fonte
Leonardo Costa da Fonte
Reply to  O Chato
10 meses atrás

É o agronegócio que gera o superávit em dólares que permite que você compre e use seu computador! Não se cospe no prato que que se come!

jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  O Chato
10 meses atrás

Somente poderias ter apelidos assim , pop pensas ser o teu pensamento! O AGRO SEMPRE E CADA VEZ MAIS SERÁ POP !

Caio
Caio
Reply to  Capa Preta
10 meses atrás

Mas não é só culpa dos povos locais, mas muito maior dos seu governos, porque a Nigéria ( como o Brasil) sofre da FUGA DE CÉREBROS, pessoal qualificado que saem do seu país, para a Europa ou EUA por falta de oportunidades nas suas terras.
Ps:aqui no Brasil tinhamos ( até onde lembro) esse fenômeno da fuga de cérebros entre mão de obra, qualificada das forças armadas.

Alessandro
Alessandro
10 meses atrás

Não importa qual modelo o Brasil vai resolver adotar, as três serão controladas pelo Establishment globalista, e eles sempre tentarão REGULAR, CONTROLAR e MANIPULAR o pensamento e ideias das pessoas através do politicamento correto, essa será a tendência daqui pra frente como já vem sendo discutido e colocado em PRÁTICA pelas cortes judiciais e assembleias legislativas dessas federações, é só ver o monte de leis e diretrizes na internet que estão impondo conforme os países. Hoje mesmo já saiu uma matéria no Estadão que querem criminalizar quem “atacar profissionais da imprensa” através de hostilidade, mas não especificam QUEM seria esses… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Alessandro
jose luiz esposito
jose luiz esposito
Reply to  Alessandro
10 meses atrás

Projeto de Lei daquela Senhora Senador do Espirito Santo , conhecido por ser Comunobicha , este tipo de gente , tem sempre ideias brilhantes para controlar a alguém, ou algo !

Emmanuel
Emmanuel
10 meses atrás

Eita…chamaram a China de ditadura.
Agora kings tem um troço.
Não é não kingzinho…. é uma democracia… é uma democracia.

Gabriel BR
Gabriel BR
10 meses atrás

É só um puxa saco da União Europeia que não fala nada de relevante.

Wilson França
Wilson França
Reply to  Gabriel BR
10 meses atrás

Revelante esse seu comentário.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Wilson França
10 meses atrás

Tanto que você respondeu.

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
10 meses atrás

Muito bom, concorrência é tudo, gera produtos baratos, acessíveis e aumenta a riqueza do povo. Espero que abram concorrência aqui para as empresas de aviação de fora também, acabar com o cartel da ANAC.

Bosco
Bosco
10 meses atrás

“A internet europeia é mais regulada, se preocupa em proteger os usuários, enfrenta os monopólios e defende valores democráticos.”
Isso dito por um esquerdista quer dizer que a internet europeia é a favor da censura e do controle absoluto do cidadão, para benefício de uns poucos privilegiados do politburgo e para que esses jamais percam o controle e sejam alijados do Poder, porque só eles são “iluminados” e sabem o que é bom para o povo e quanto de farelo e aveia deve ser distribuído a ele.

Last edited 10 meses atrás by Bosco
Tamandaré
Tamandaré
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Perfeito, Bosco!

Me assusto com o DESCONHECIMENTO das pessoas a respeito da União Europeia.

Desde que comecei a ler e entender como a UE funciona, só me assusto cada vez mais!
(Lembrando que o modo de funcionamento da UE mudou radicalmente nos anos 80/90, tornando-se esse negócio bizarro de hoje).

Diogo de Araujo
10 meses atrás

Vamos escolher a melhor internet e pagar com bananas

Maurício Veiga
Maurício Veiga
10 meses atrás

Qual é o sistema anticolisão usado no espaço, alguém saberia informar e como isso funciona?!?! Grato.

Bosco
Bosco
Reply to  Maurício Veiga
10 meses atrás

Não há. Os objetos em órbita são todos rastreados e os lançamentos obedecem a janelas específicas para que os riscos de colisão sejam reduzidos. O perigo maior é representado por pequenos objetos não rastreados, como porcas e parafusos.

Maurício Veiga
Maurício Veiga
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Qual o sistema que faz esse rastreio? A quantidade de artefatos em orbita é gigante isso será um pesadelo em breve, grato pelo retorno, abraço!

Bosco
Bosco
Reply to  Maurício Veiga
10 meses atrás

Mauricio, É por meio de radares e telescópios em terra a serviço das várias agências espaciais. Não há uma cooperação unificada entre as nações com o objetivo de detectar e catalogar o lixo espacial, mas o objetivo é esses. Muito ainda se baseia na “probabilidade”. Apesar de haver mais de 20 mil objetos “grandes” (maiores de 10 cm) catalogados em órbita, o espaço é muito grande e é mais fácil um jato bater num pardal que ocorrer uma colisão de grandes proporções no espaço. Em termos de micro colisões ou de colisão com pequenos objetos, as naves tripuladas por exemplo,… Read more »

Last edited 10 meses atrás by Bosco
Maurício Veiga
Maurício Veiga
Reply to  Bosco
10 meses atrás

Assisti uma matéria sobre isso no Discovery, no momento um risco calculado no futuro com as expedições a Marte isso precisará de atenção e colaboração entre as Agências Espaciais!!! Grato, abraço.

Marcos 10
Marcos 10
10 meses atrás

E nenhuma brasileira!

Luciano Prado
10 meses atrás

Aqui na terra das bananas nada muda, apenas escolhemos por quem seremos espionados, nada mais.

J4S0N7
J4S0N7
10 meses atrás

O Brasil como sempre vai ficando a reboque, enquanto a Rússia já tem sua própria rede, e a China tá caminhando pra isso nós ficamos à mercê dos “democratas” do google, facebook…

Mattos
Mattos
10 meses atrás

Um dia a humanidade vai se virar contra tudo isso.

jose luiz esposito
jose luiz esposito
10 meses atrás

O Brasil , Argentina e America Latina devem entrar no mesmo caminho, já estamos sentindo a Censura no facebook , you tube etc , aqui esta começando a Bom Perfil, Rede Social que em breve estará concorrendo forte com o facebook da titia Zuckerberg, então um Google brasileiro ou latino americano , you tube também etc .Aproveitando convido a todos ao Bom Perfil .!

Últimas Notícias

Turquia e Coreia do Sul assinam declaração para fornecimento de motores para o MBT Altay

Foi assinada uma declaração de intenções entre a Coreia do Sul e a Turquia para o fornecimento de motores...
- Advertisement -
- Advertisement -