terça-feira, abril 20, 2021

Saab RBS 70NG

Objetivos para a Defesa Total Sueca: 2021–2025

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Projeto de lei do governo ‘Totalförsvaret 2021–2025’

O projeto de lei do governo sueco contém propostas sobre um objetivo geral para a defesa total, novos objetivos para a defesa militar e civil, a direção da estrutura de força das Forças Armadas Suecas, mudanças na organização das Forças Armadas Suecas em tempos de paz, bem como emendas legislativas como resultado da mudança de nome da Agência de Recrutamento de Defesa Sueca.

Além disso, o projeto de lei do governo contém a avaliação do governo sobre o desenvolvimento da política de segurança e a direção de longo prazo da política de defesa e segurança, incluindo as parcerias internacionais de defesa da Suécia.

Pontos de partida para defesa total

Se a Suécia for atacada, as Forças Armadas suecas, com o apoio do resto da defesa total, defenderão a Suécia para ganhar tempo, criar espaço de manobra e, em última instância, salvaguardar a independência do país. A resistência será firme e sustentada.

A defesa total da Suécia deve ser projetada e dimensionada para ser capaz de responder a um ataque armado contra a Suécia, incluindo atos de guerra em território sueco. A defesa total da Suécia é um impedimento à guerra em virtude de sua força, composição, comando, preparação e resiliência. Ela impede tentativas de atacar, controlar ou explorar o território sueco.

Uma transição está em curso há alguns anos, direcionando a defesa para as tarefas nacionais. A transição iniciada, portanto, precisa continuar e a capacidade total de defesa para responder a um ataque armado deve ser fortalecida.

Uma estrutura de força aprimorada

A defesa militar da Suécia está sendo projetada e dimensionada para ser capaz de responder a um ataque armado contra a Suécia. A resiliência da estrutura da força precisa ser aumentada e melhor equilíbrio entre as unidades de apoio e de combate. Uma capacidade de defesa básica precisa ser garantida ao longo do tempo. Os gastos anuais com defesa militar aumentarão em aproximadamente 2,7 bilhões de euros, totalizando 8,9 bilhões de euros até 2025. Este é um aumento de cerca de 45% em comparação com 2020 e 95% em comparação com 2015.

Mais brigadas

O Governo considera essencial, durante o período de 2021–2025, reter as duas brigadas existentes e começar a organizar uma terceira brigada mecanizada e uma brigada motorizada reduzida na área de Estocolmo (Life Guards Brigade).

Maior presença militar em Gotland

Também é importante melhorar as unidades em Gotland, onde o núcleo compreende um batalhão mecanizado com recursos de reforço.

Comando de nível de divisão

O trabalho na organização de um nível divisionário, incluindo pessoal, quartel-general e unidades de artilharia também começará. A criação de unidades de combate funcionais em uma ampla frente que tenham participado de exercícios combinados é uma prioridade.

Novos submarinos e navios de combate de superfície

Durante o período de 2021-2025, é proposto que a divisão de submarinos seja mantida e desenvolvida por meio de um aumento no número de submarinos dos quatro atuais para cinco. Dois novos submarinos da classe Blekinge serão comissionados. Os preparativos para a aquisição de novas embarcações de combate de superfície começarão com o objetivo de duas novas embarcações serem entregues durante o período de 2026–2030.

Novo batalhão anfíbio

Um batalhão anfíbio adicional será organizado e baseado em Gotemburgo.

Anúncio de recrutamento em um ponto de ônibus na Suécia

JAS 39 E Gripen

O novo sistema de aeronaves de combate JAS 39 E será comissionado durante o período de 2021–2025 e, juntamente com o JAS 39 C/D existente, será organizado em seis esquadrões de caça. Mísseis adicionais e capacidades de guerra eletrônica serão adquiridos.

Novo equipamento para a Home Guard

O Governo considera que, para o desempenho das suas funções, as unidades da Guarda Doméstica devem receber equipamento adicional. Assim, durante o período de 2021–2025, terá início o fornecimento de novos equipamentos adquiridos, como veículos, sensores e equipamentos de combate noturno.

Aumento de pessoal

Uma ampliação da estrutura de força em linha com as propostas do projeto de lei do governo prevê aumento de pessoal. Haverá um total de aproximadamente 90.000 cargos na organização de guerra quando estiver totalmente preenchida e equipada, em comparação com aproximadamente 60.000 em 2020.

Defesa cibernética reforçada

A capacidade de defesa cibernética da Suécia deve ser aprimorada. Isso inclui a capacidade de conduzir operações defensivas e ofensivas no domínio cibernético. O trabalho sistemático sobre a informação e a cibersegurança por parte dos atores do campo da defesa total deve ser ainda mais fortalecido.

Organização expandida para tempos de paz

O governo considera que uma estrutura de força expandida também requer uma expansão da organização em tempo de paz das Forças Armadas suecas. Novas unidades de organização em tempos de paz também podem ser necessárias por motivos geográficos, de preparação e de treinamento. A presença militar em todo o país também contribui para o apoio popular às forças armadas. Nesta linha, o Governo propõe o restabelecimento de vários regimentos.

  • Norrland Dragoon Regiment (K 4) em Arvidsjaur
  • Regimento Anfíbio de Älvsborg (Amf 4) em Gotemburgo
  • Uppland Air Wing (F 16) em Uppsala
  • Regimento Dalarna (I 13) em Falun
  • Regimento de Västernorrland (I 21) em Sollefteå, com um destacamento de treinamento em Östersund
  • Regimento de Artilharia de Bergslagen (A 9) em Kristinehamn.

Defesa Civil

A defesa civil abrange toda a sociedade e muitos atores devem colaborar e trabalhar para alcançar seu objetivo. A criação de uma defesa civil forte é, portanto, um processo que deverá continuar por muitos anos. As atividades são realizadas por muitos atores diferentes: agências governamentais, municípios, regiões, o setor empresarial e organizações voluntárias.

A fim de fortalecer e intensificar ainda mais a reconstrução da defesa civil, o foco do Governo é um fortalecimento gradual que inclui EUR 0,1 bilhão em 2021, EUR 0,15 bilhão em 2022, EUR 0,25 bilhão em 2023, EUR 0,3 bilhão em 2024 e EUR 0,38 bilhão em 2025. Juntamente com os fundos alocados na Lei do Orçamento para 2018, os fundos totais da defesa civil ascenderão a 0,42 bilhão de EUR em 2025.

Quando se trata de defesa civil, o projeto de lei apresenta várias propostas que proporcionariam à sociedade uma capacidade e resiliência aumentadas para administrar um ataque armado ou guerra em território sueco. As propostas também fortalecerão os esforços de preparação para crises em tempos de paz.

Os investimentos e esforços que a Suécia está fazendo agora na defesa civil visam fortalecer a resiliência em várias funções sociais importantes:

  • Cuidados de saúde
  • Abastecimento de comida e água potável
  • Transporte
  • Aplicação da lei e segurança
  • Preparação Financeira
  • Abastecimento de energia
  • Comunicações eletrônicas e correio
  • Segurança protetora
  • Cíber segurança
  • Proteção da população civil
  • Defesa psicológica

Outra parte do trabalho de salvaguarda das funções sociais mais importantes é fortalecer a segurança da informação e cibernética e reduzir as vulnerabilidades. Uma parte importante disso é estabelecer um centro de segurança cibernética. O governo considera que um centro de segurança cibernética terá um impacto concreto na capacidade da Suécia de prevenir e lidar com ameaças antagônicas.

A defesa civil e a defesa militar da Suécia devem ser desenvolvidas de forma coordenada e deve haver um planejamento coerente para a defesa total. Os recursos totais de defesa serão projetados para que também possam fortalecer a capacidade da sociedade de prevenir e lidar com emergências graves que afetam a sociedade. A preparação para crises e a defesa civil devem, portanto, ser vistas como um reforço mútuo.

FONTE: Governo da Suécia

- Advertisement -

38 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
38 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Vovozao
Vovozao
3 meses atrás

27/12/2020 – domingo, bdia, um conceito de nação que entende da neutralidade, porém, mantendo uma força que mostre que segurança é uma coisa muito importante, e, que todo dinheiro investido, trará um bem estar a população (segurança); oxalá aqui se pensasse assim, teriamos uma força de defesa que causaria temor ao inimigo caso tentasse uma invasão.

José Carlos David
José Carlos David
Reply to  Vovozao
3 meses atrás

Um país exemplar em todos os sentidos! Que inveja!

PACRF
PACRF
Reply to  José Carlos David
3 meses atrás

Lembrar que a carga tributária na Suécia é altíssima, quase 60%. A diferença é a qualidade dos serviços públicos, ou seja, o que o governo devolve para os cidadãos. Nesse quesito, estão entre os melhores do mundo, incluindo as forças armadas, é claro.

MMerlin
MMerlin
Reply to  PACRF
3 meses atrás

Como boa parte dos outros países da Europa.
Vale lembrar que dois dos países classificados com melhor qualidade de vida e com as populações mais satisfeitas, são a Finlândia e Dinamarca, que possuem as duas maiores carga tributária do mundo.

Nossa taxa também é alta. Mas com a quantidade de problemas que o país possui somada a falta de liderança na tentativa de resolvê-los bem como a força de vontade do congresso em se comprometer, continuaremos a pagar impostos apenas para manter a máquina pública e nada mais.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Vovozao
3 meses atrás

O que é mais provável? O Brasil ser invadido ou o Brasil invadir outro país?
Tenham noção da grandeza e orgulho do vosso País.
Deixem de serem governados pelo medo e assumam a vossa posição no panorama Mundial.
Enquanto for assim, as forças armadas serão sempre em grande número e de baixa qualidade nos equipamentos.

Pedro Bó
Pedro Bó
3 meses atrás

A Suécia (e a Europa em geral) deveria perceber que a maior ameaça a seus interesses não é a Rússia, mas sim a erosão de seus valores socioculturais.

Last edited 3 meses atrás by Pedro Bó
Alessandro
Alessandro
Reply to  Pedro Bó
3 meses atrás

A Rússia nem precisa invadir irão assistir de CAMAROTE a ruína da Europa. Sou obrigado a reconhecer que o Putin é um LÍDER e um grande patriota, pois ele faz bem quando coloca pra correr todas essas ONGs, jornalistas e bilionários “progressistas” que tenta perverter a sociedade russa, apesar de tudo esse cara tem o meu respeito.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Alessandro
3 meses atrás

Pois, todas as qualidades de um ditador.
Patriota é quem faz de tudo pelo seu país e não quem faz de tudo para se manter no poder.
E certamente que o maior problema do regime de Putin, e em outros países, é o excesso de expressão porque a liberdade é um valor que não tem importância e sem qualquer relevância para o desenvolvimento de um país.
Ainda bem que existem ditaduras senão não haviam países desenvolvidos…

Last edited 3 meses atrás by Hcosta
Alessandro
Alessandro
Reply to  Hcosta
3 meses atrás

Mas eu não disse que o Putín não é uma espécie de ditador, só afirmei que ele é um líder e grande patriota ao defender a Rússia dos INTERESSES estrangeiros desses ditos “progressistas” que tbm não passam de DITADORES tentando impor suas ideologias separatistas disfarçadas de boas ações.

O problema não é as ditaduras e sim os DITADORES, principalmente esses que fingem se preocupar demais com a humanidade, pois para se começar uma é preciso deles, é bom a Europa tomar cuidado pois há vários deles!

Wilson França
Wilson França
Reply to  Alessandro
3 meses atrás

Preferiria viver na Rússia ou na Suécia?

Defensor da liberdade
Defensor da liberdade
Reply to  Wilson França
3 meses atrás

É óbvio que ele vai preferir Suécia, hipocrisia também reina do lado azul da forca, ops, força.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Defensor da liberdade
3 meses atrás

É lógico que vc não sabe nada de nada, só vê aquilo que seus olhos querem ver, mas não enxerga o que está debaixo do seu nariz.

Last edited 3 meses atrás by Alessandro
MMerlin
MMerlin
Reply to  Wilson França
3 meses atrás

A mesma lógica se aplica ao pessoal de “esquerda” que defende regimes como o venezuelano e o cubano, a exemplo do Caetano, Chico Buarque, Gilberto Gil, e outros mais, mas na época do exílio preferiram a Europa e EUA em vez de Cuba (e quem não?) e antes da pandemia, nenhum foi para Venezuela fazer um show para ajudar o país ou defender os refugiados.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Wilson França
3 meses atrás

Prefiro o Brasil com todos os defeitos, mas se tivesse que escolher entre esses dois é claro que prefiro a Suécia pela segurança e um estilo de vida melhor, mas irão sucumbir primeiro sócio culturamente que a Rússia, pois o europeu “afegão médio” está se tornando FRACO emocionalmente, e isso vem contribuindo com o aumento de estupros e todo o tipo de violência causados por islâmicos nesses países onde essa abertura aconteceu de forma mais intensa, França que o diga.

Last edited 3 meses atrás by Alessandro
Pedro
Pedro
Reply to  Alessandro
3 meses atrás

Isso. O bom mesmo é continuar caçando os diferentes, né? Segregação social e racial, correto?

Obs: Claro que o radicalismo deva ser combatido em tudo, mas jogar tudo numa lata apenas é por demais até preconceituoso.

Abraço.

Alessandro
Alessandro
Reply to  Pedro
3 meses atrás

Eu nunca vi dar certo em nenhum país do mundo em toda a história da humanidade na qual eu tenho conhecimento, combater segregação social e racial COM, segregação social e racial e fazendo apologia a violência pra piorar ainda mais a situação. Mas boa sorte para todos nós, vamos ver até onde as pessoas CIVILIZADAS e de bem vai aguentar isso, sendo ofendidas e culpadas pela incompetência, oportunismo e vigarice de vários políticos e bilionários, que estão ficando a cada dia mais ricos alimentando esse discurso NÃO FAZENDO NADA na prática pra reverter essa situação. Sinto cheiro de GUERRA para… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Alessandro
Hcosta
Hcosta
Reply to  Pedro Bó
3 meses atrás

E de que forma os seus valores estão a ser erodidos?
Vamos cair no discurso populista que só tem efeito naqueles que se deixam enganar?
Ou a Europa devia seguir o exemplo do regime de Putin, essa grande democracia? Se defendem regimes corruptos façam o favor de assumir.
E se tiver que enumerar os valores europeus certamente nenhum se adequa ao regime de Putin.
E quem apoia quase todas as ditaduras, quer sejam de esquerda ou de direita, na Europa e no resto do Mundo?

Pablo Maroka
Pablo Maroka
3 meses atrás

Sempre bom estar preparado para uma invasão da Rússia.

Last edited 3 meses atrás by Alexandre Galante
Caravaggio
Caravaggio
Reply to  Pablo Maroka
3 meses atrás

Ela vai invadir primeiro a Noruega ou a Finlandia? Pq Suecia e Russia não fazem fronteira?

Last edited 3 meses atrás by Caravaggio
EParro
EParro
Reply to  Caravaggio
3 meses atrás

Pois é Caravaggio;
titio Adolf, embora houvesse uma extensa fronteira com a França, chegou antes e rapidamente, através da Bélgica.

Gabriel BR
Gabriel BR
3 meses atrás

Eu sou fã!

Wilton Cavalheiro
Wilton Cavalheiro
3 meses atrás

Pode a Suécia desenvolver um artefato nuclear com essa postura mais alerta?

Latência nuclear para obter o brinquedo eles tem

Henrique
Henrique
Reply to  Wilton Cavalheiro
3 meses atrás

Como o pessoal tem um fetiche por armas de destruição em massa…

Mestre D'Avis
Mestre D'Avis
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Curioso que todos criticam a única vez que foram utilizados mas todos acham que os problemas se resolvem se tiverem uma bomba nuclear.
Preferem viver no medo da destruição por terem o objeto da vingança do que no convívio da liberdade de não o ter

MMerlin
MMerlin
Reply to  Mestre D'Avis
3 meses atrás

Mas claro que serão resolvidos! Assim que desenvolvermos um artefato nuclear, todos os nosso problemas com fome, miséria, saúde, educação, segurança, corrupção, política e outros mais, desaparecerão de forma instantânea como disse um outro canal especializado militar.

Se o Brasil recomeçar este processo, vamos potencializar negativamente todos os nossos problemas devido a pressão econômica externa. Literalmente, um tiro no pé.

Antunes 1980
Antunes 1980
3 meses atrás

A Rússia mantém seus objetivos de reconquistar os espaços assim como o seu protagonismo de potência global.
E a Suécia vê os movimentos russos em relação a Crimeia, Ucrânia, presença na Síria e na Líbia e bases conjuntas com a China. Por isso qualquer preocupação em relação a Rússia faz total sentido.
Mas tem brasileiros que não sabem nada da história das guerras suecas, dando pitaco no plano dos caras.
O projeto de defesa sueco é extremamente eficaz e é capaz de deixar qualquer possível invasor, extremamente preocupado.

Last edited 3 meses atrás by Antunes 1980
AFNBarbosa
AFNBarbosa
3 meses atrás

Isso me lembra que em 2018 a Suécia distribuiu uma cartilha em 13 idiomas instruindo os cidadãos a como agir em caso de grave crise ou guerra.

EParro
EParro
3 meses atrás

Meus, na terceira imagem, aquela dos fuzis de assalto, onde estão (ou deveriam estar) os carregadores?

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  EParro
3 meses atrás

O Carregador deveria estar entre as duas mãos da mulher e dos outros soldados. acontece que não estão com ele no fuzil.

EParro
EParro
Reply to  Victor Filipe
3 meses atrás

Realmente! Mas pesquisando um pouco mais, parece-me um AK-74 sem o carregador.

Zeca
Zeca
3 meses atrás

Como já foi dito, hoje o grande inimigo sueco está dentro de suas fronteiras, crescendo e corroendo sua sociedade, se espalhando como um câncer.

Henrique
Henrique
3 meses atrás

Isso é o básico que qualquer país sério e organizado faz. Não se prepara um país para enfrentar uma agressão do dia pra noite, isso não apenas leva anos mas décadas. Vide nosso imbróglio com França, se a coisa esquentasse nós estaríamos com uma mão na frente e outra atrás e a basofia da ”pólvora” que ninguém levou a sério dada a nossa miséria (não apenas nisso) de forças armadas.

Michel
3 meses atrás

Esse é um exemplo de nação que aprende com o passado, se equipa e se adestra no presente, e antevê o futuro.

Zorann
Zorann
3 meses atrás

Pretendem manter 6 esquadrões de caça; vão adquirir 60 Gripens E.

E nós aqui, somente com 36 Gripens. Um país continental dependendo de somente 36 caças. Gastando os tubos com todo o resto, que sem controle do espaço aéreo, são somente alvos.

Fico me perguntando, se algum dia vamos nos dar conta da importancia da supremacia aérea em detrimento do resto.

Ramon
Ramon
Reply to  Zorann
3 meses atrás

Cara pra falar a verdade, Brasil nunca vai ter equipamento de ponta em grande quantidade para a defesa, os políticos e as próprias forças armadas estão cagando pra isso, em Brasília é cada um defendendo seus interesses próprios e querendo tirar um dinheiro por fora, o comando das forças armadas tá gastando milhões em camarão e champanhe como já foi mostrado em várias reportagens entre outras gastos para fazer cerimônias luxuosas, eu pessoalmente não levo mais esse país a sério, depois que eu vi gente aqui que tinha 20 anos lá na década de 70-80 quando foi anunciado programas como… Read more »

willhorv
willhorv
3 meses atrás

Que sensação de impotência eu tenho! Fruto de uma incompetência generalizada de uma máquina estatal que é ineficiente, egocêntrica, corrupta e imoral. Aí vc junta um povinho de Meu Deus que só quer levar vantagem em tudo e não tem bagagem cultural pra mudar nada, e está formado o cenário que vivemos. E não estou falando de partido este ou aquele…estou falando de uma nação que anda cambaleando, não sabe de onde veio e nem pra onde vai. E no meio disso tudo, nossas FAAs inchadas de nada (só pessoal), sucateadas por tempo, por quantidade irrisória de materiais ou mesmo… Read more »

Henrique
Henrique
Reply to  willhorv
3 meses atrás

Pra resolver essas coisas só recriando as forças armadas. Os vícios da carreira são transmitidos já para os cadetes e os praças são tratados igual copeiros, então nada muda.

Atitador 33
Atitador 33
3 meses atrás

É impressão minha, ou a Suécia de fato utiliza o rifle AK 47?

Reportagens Especiais

MBT Engesa EE-T1 Osório – Modelo em 3D

Histórico O EE-T1 Osório é um carro de combate pesado desenvolvido nos anos 80 pela empresa brasileira Engesa. Foi projetado...
- Advertisement -
- Advertisement -