quarta-feira, julho 28, 2021

Saab RBS 70NG

Alto diplomata dos EUA alerta que China ameaça a segurança da OTAN e pede abordagem conjunta para conter Pequim

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O secretário de Estado, Antony Blinken, disse que não há dúvida de que a China ameaça a segurança coletiva dos aliados da OTAN, especialmente quando se trata de tecnologia

WASHINGTON – O Secretário de Estado, Antony Blinken, emitiu uma forte repreensão na quarta-feira (24/3) ao uso generalizado de medidas coercitivas da China e exortou os aliados da OTAN a trabalharem com os EUA para fazer uma resistência contra Pequim.

Blinken, em um discurso na sede da OTAN em Bruxelas, disse que os EUA não forçariam seus aliados europeus a uma escolha “nós ou eles”. No entanto, ele deixou claro que Washington vê a China como uma ameaça econômica e de segurança, especialmente no domínio da tecnologia, para os aliados da OTAN na Europa.

“Não há dúvida de que o comportamento coercitivo de Pequim ameaça nossa segurança e prosperidade coletivas e que está trabalhando ativamente para minar as regras do sistema internacional e os valores que nós e nossos aliados compartilhamos”, disse Blinken após dois dias de consultas com aliados da OTAN. A Organização do Tratado do Atlântico Norte, ou OTAN, é uma aliança formada por 30 nações membros.

O secretário disse que ainda há espaço para cooperar com a China em desafios comuns, como mudança climática e segurança sanitária, mas pediu que a Otan fique unida quando Pequim coagir um dos membros da aliança.

“Sabemos que nossos aliados têm relações complexas com a China que nem sempre se alinham perfeitamente com as nossas. Mas precisamos enfrentar esses desafios juntos. Isso significa trabalhar com nossos aliados para fechar as lacunas em áreas como tecnologia e infraestrutura, onde Pequim está explorando para exercer pressão coercitiva”, disse Blinken.

“Quando um de nós é coagido, devemos reagir como aliados e trabalhar juntos para reduzir nossa vulnerabilidade, garantindo que nossas economias sejam mais integradas entre si”, disse o principal diplomata dos Estados Unidos.

Blinken chamou a atenção para a militarização do Mar da China Meridional pela China, uso de economia predatória, roubo de propriedade intelectual e abusos dos direitos humanos.

Na segunda-feira, o governo Biden impôs novas sanções a duas autoridades chinesas, citando seus papéis em graves abusos aos direitos humanos contra minorias étnicas em Xinjiang.

O Departamento do Tesouro acusou a China de usar táticas repressivas nos últimos cinco anos contra os uigures e outros membros de minorias étnicas na região, incluindo detenções em massa e vigilância.

“Os alvos dessa vigilância são frequentemente detidos e supostamente submetidos a vários métodos de tortura e “reeducação política”, escreveu o Tesouro em um comunicado.

Pequim já havia rejeitado as acusações dos EUA de que cometeu genocídio contra os uigures, uma população muçulmana nativa da região autônoma uigur de Xinjiang, no noroeste da China.

FONTE: CNBC

- Advertisement -

104 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
104 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Wellington R. Soares
Wellington R. Soares
4 meses atrás

Resumindo, lutemos contra a China para evitar que eles tomem a nossa posição de gerentes do mundo. Nessa briga geopolítica não existem países bonzinhos.
O próprio EUA destruíram e mataram milhares de vítimas inocentes no Iraque, com o pretexto de que eles possuíam armas químicas e até mesmo nucleares, fato nunca comprovado até hoje.
Espero que o nosso combalido Brasil não entre nesse joguinho de ir contra a China, até porque nunca tivemos aliados de verdade, onde sempre tivemos na posição de cachorrinho do Ocidente, principalmente dos EUA.

MMerlin
MMerlin
Reply to  Wellington R. Soares
4 meses atrás

O pessoal confunde demais… Não é questão de ser contra ou a favor de um pais. Essa polaridade tão destrutiva que vemos no Brasil, não existe quando falamos e contratos e negócios entre países, salvo raras exceções. A China já tem grande influência industrial e comercial a nível mundial. A questão tratada é o modus operandi utilizado pelo país para expansão de sua influência e o uso que faz dela. Um exemplo bem simples é o que ocorre com países africanos que não conseguiram pagar sua dívida com empresas e bancos do dragão asiático. Mas o que concordamos é que… Read more »

Last edited 4 meses atrás by MMerlin
Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

O que a China faz na África é água com açúcar se comparado ao malfadado FMI e agências correlatas ocidentais.

https://www.voaportugues.com/a/pequim-perdoa-juros-de-d%C3%ADvidas-de-pa%C3%ADses-africanos-e-anuncia-apoio-ao-combate-%C3%A0-pandemia/5467405.html

MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Ah mas não foi mesmo…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
4 meses atrás
Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Há quanto tempo existe essa dívida da Argentina? E bem feito pra Argentina…..todo mundo sabe que o FMI é igual a agiota…..

MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Análise de riscos Kings… Análise de risco… Mas vamos por partes. Para começar, a China também é acionista do FMI, como vários outros países. Referente a Argentina está a tempos em uma recessão crescente (mesmo que em alguns anos os números “oficiais” mostram que não), o país, com suas políticas populistas, não demonstra nenhuma intenção de um controle eficiente dos gastos públicos. Como postei a tempos em um outro artigo, de duas uma: Ou conseguem empréstimo com juros altíssimos, ou conseguem empréstimos com juros baixos com concessões específicas. Não existe boa intenção no mundo financeiro. Nem o BDC, nem o… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

O que vc falou está correto.
Mas, qualquer banco, por mais sovina que seja, faz negociação com os devedores em condições vantajosas para quem deve.
É uma tentativa de reaver alguma em vista de dívidas impagáveis.

Agressor's
Agressor's
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

Os eua são o maior financiador de conflitos armados no mundo!..todo aquele povo africano sofre até hoje porque os eua financiam a guerrilha que comete atrocidades com aquele povo…fora que são os maiores consumidores de vida selvagem que existe…hoje a mais felinos selvagens nos eua que em ambiente selvagem e todos eles são fruto de contrabando!…e o que eles matam praticando caça em safáris pra empalhar…É ABSURDO!..fora a mineração estadunidense…são uns devoradores de florestas…chafurdam o solo como porcos e invadem regiões amazônicas em países como braziu, Venezuela, Peru, Equador e ainda passam essas palhaçadas em programas na TV paga que… Read more »

MMerlin
MMerlin
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

O analfabetismo funcional realmente é um dos grandes males que assolam nosso país ainda, infelizmente. Estamos falando de economia e financiamentos e não de mineração, porcos, floresta amazônica, tv e ecologia. Esta visão polarizada do bem contra o mal não existe no mundo dos negócios. Referente a questão de que o povo brasileiro é “…criativo, simpático, receptivo e sim TRABALHADOR E COMPETENTE…”, parece que ouvimos isto e já ficamos orgulhosos e com peito estufado (também conhecido como peito pombo). Simpático e receptivo é relativo. Viaje como turista para outros lugares do mundo e verá que vão te tratar tão bem,… Read more »

jagdervband44
jagdervband44
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

Voto em você para presidento do Grêmio Estudantil!!!

Agressor's
Agressor's
Reply to  jagdervband44
3 meses atrás

Não fale assim que eu me empolgo e me candidato igual ao kim Kataguiri. E ai quem será o novo Ulisses Guimarães vai ser eu . 😀

Last edited 3 meses atrás by Agressor's
Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Os chinas fazem isso porque são bonzinhos…hãhãm….E todos os negócios que eles estão fazendo na África??? Ora, não seja cínico e leviano…….

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Nos EUA existe uma lei que permite que depois de algumas décadas documentos secretos fiquem livres para acesso a consulta pública. E lá vc encontrará inúmeros documentos sobre operações escusas deste país de golpes de estado, assassinatos políticos, ações de limpeza étnica e da promoção de todo tipo de ditaduras e grupos terroristas como o Daesh e o Boko Haram. E até mesmo sobre operações secretas de false flag promovidas por meio de atentados contra sua própria população.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

Um dos exemplos mais claros disso que ocorreu na África foi a deposição e assassinato de Patrice Lumumba no antigo Congo Belga a mando dos americanos e com a participação de oficiais belga.
Acabaram colocando no poder um ditador cruel, Mobutu Sese Seko que deixou o país ser esfolado por estas nações estrangeiras o que acarreta reflexos até hoje no pobre país.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Países como os EUA estão se lixando se um governo de um país é democrático ou ditador, déspota, tirano, etc… O que importa é se o governo do país ajuda ou não eles a explorarem e pilharem o país em questão. Os EUA recrutam, subornam e até matam pessoas importantes, para quê não sirvam aos seus próprios países. Hoje eu não sei quem são os terroristas, mas descobri que são de 2 formas: os que agem formalmente, como os EUA, e os que agem informalmente como os terroristas da esquerda. Mas um dia a casa dos EUA cai, basta lembráramos… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Agressor's
Flanker
Flanker
Reply to  Agressor's
4 meses atrás

Concordo plenamente quanto às ações espúrias dos EUA contra outros países. E estou sendo sincero. Mas, quando teremos acesso aos arquivos da china? Será que algum dia ela irá abrir seus arquivos? E a Rússia? Hummm…..sei não….

jrsalvador
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Se a China é boa assim, porque eles não ajudam a Coreia do Norte a deixar de ser um pais miserável ?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  jrsalvador
4 meses atrás
MMerlin
MMerlin
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Armar belicamente a Coreia do Norte não vai tirá-la da pobreza. Muito pelo contrário. Recursos que poderiam ser voltados para educação, saúde e economia estarão sendo redirecionados para a área de defesa.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

O intercâmbio entre China e Coreia do Norte é muito grande e vem aumentando mais.
Inclusive na área econômica.

jagdervband44
jagdervband44
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Errado Antônio.
A Coréia do Norte será eternamente POBRE, caso contrário a ditadura KIM perde o poder.

Nilo
Nilo
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

É como um disco de vinil, a bolacha é feito da mesma matéria prima “PODER”, tanto do Lado A como B, só mudando a música “a ideologia” fincado, cada um, em valorizar e sobrepor, sobre outros, o seu modo de vida e cultura para alavancar seu comércio.

Last edited 4 meses atrás by Nilo
Agressor's
Agressor's
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

Aparentemente qualquer estado que ameace a hegemonia econômica ou política dos EUA viram seu inimigo número 1, portadores do mal e demônios a serem destruídos. ..

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

Por que eu deveria me importar com o que acontece na Africa? eu te garanto que os Africanos não estão pensando o que se passa no Brasil ou em qualquer outro lugar do mundo.

Agressor's
Agressor's
Reply to  MMerlin
4 meses atrás

O que os Russos e Chineses querem é o que os eua “SÃO” hoje…

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Wellington R. Soares
4 meses atrás

Na entrevista que Putin deu após ser chamado de ‘assassino’ por Biden, ele comentou que os EUA são assim mesmo.
Sua formação é baseada no extermínio de povos nativos inteiros e, depois, com a utilização da execrável escravidão.
Considera com que o establishment (e não o povo todo) americano.
Só que agora os americanos terão de aturar a Rússia (palavras de Putin).
E os chineses também estão chegando com a corda torda.
Serão tempos muito difíceis para os EUA.

sergio
sergio
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

La no fundo kings, esse e meu temor, e uma vez acuado. o povo americano comesse a acreditar em ideias temerárias.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  sergio
4 meses atrás

Portanto, todo cuidado é pouco.

Mondelo
Mondelo
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Antonio, ao invés dos americanos focarem nos chineses, ficam provocando os russos sem necessidade. As vezes fica difícil entender a politica externa americana, principalmente quando os democratas estão na casa branca. A China será seu grande rival nas próximas décadas, esse deveria ser o foco das relações internacionais americanas. A Europa já deu amostras de não estar interessada em ajuda-los contra os chineses, então seria pragmático eles deixarem eles lidarem com os russos. Na verdade em minha opinião foi um erro de ter antagonizado os Russos (assim como foi um erro de ter focado demais no Oriente Médio e ter… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Mondelo
4 meses atrás

Concordo.
Mas, essa ‘implicância’ com os russos pode ter origens históricas ou ser uma questão de orgulho dos americanos.
De qualquer maneira, percebe-se um equívoco claro da política externa americana.
Talvez considerassem, também, que a China seria um eterno ‘chão de fábrica’ e que nunca alcançaria o Ocidente.

Mondelo
Mondelo
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Mas esse e o problema, não tem motivos históricos para os americanos serem rivais dos russos. A guerra fria acabou e o regime comunista caiu na Rússia. Hoje a Rússia e tão capitalista quanto eles são.

Rogério Loureiro Dhierio
Rogério Loureiro Dhierio
Reply to  Mondelo
4 meses atrás

Falou tudo.
Se tivessem feito isso, hoje teriam a Rússia como parceiro para frear os ímpetos chineses. Más agora terão de correr atrás da Índia para tentar fazer esse papel e a todo custo ficarem ainda mais colados na Europa e parceiros da OTAN.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Sua formação é baseada no extermínio de povos nativos inteiros e, depois, com a utilização da execrável escravidão.”
Há quanto tempo foi isso? E o que a Rússia fazia com as outras repúblicas nos tempos da URSS?
Biden e Putin não podem falar nada um do outro.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Os EUA foram fundados sobre o genocídio de 10 milhões de nativos. Só entre 1940 e 1980, 40% de todas as mulheres em reservas índias foram esterilizadas contra sua vontade pelo governo estadunidense. Esqueçam a história do Dia de Ação de Graças com índios e colonos partilhando placidamente o mesmo peru em torno da mesma mesa. A História dos eua começa no programa de erradicação dos índios. Tendo em conta as restrições atuais a imigração ilegal, ninguém diria que os fundadores deste país foram eles mesmos imigrantes ilegais, que vieram sem o consentimento dos que já viviam na América. Durante… Read more »

Antonio Cançado
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Acho que vc não conhece a história da Rússia.
Procura um ucraniano, por exemplo, pergunta pra ele, que ele te conta.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Antonio Cançado
4 meses atrás

Pede também para procurar um Polonês, um descendente nativo dos povos da região ártica da Sibéria, alguém dos países Bálticos, Finlandês, Tcheco, Eslovaco, etc.

Fernando C. Vidoto
Fernando C. Vidoto
Reply to  Wellington R. Soares
4 meses atrás

O Brasil nunca foi cachorrinho dos EUA.

A definição de pais de terceiro mundo é não alinhado com EUA ou USSR.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Fernando C. Vidoto
4 meses atrás

Que farsa rapaz, esse posicionamento do Brasil era e é uma piada, todos sabem . Quando foi a última vez que o Brasil comprou ou estreitou parcerias significativas com a URSS /Russia? Nossa posição era tão justa que até “parcerias” com os alemães resultaram em fiscalização e esporro dos estadunidenses, nos apenas obediciamos( com raras exceções). Até a Itália, país da OTAN, teve colaborações proficuas e frutíferas com a União Soviética, as vezes era só uma jogada para barganhar algo em troca dos EUA . Os cucarachas latinos, inclusive nosso oficialato, estava em Panamá, nas Escolas das Américas, em troca… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Thiago A.
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Thiago A.
4 meses atrás

Já foi no porto do Rio? Ali no pier Mauá mesmo? Ali tem uns guindastes antigos comprados lá por 1965 ou talvez um pouco depois disso. Foram fabricados na DDR.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Fernando C. Vidoto
4 meses atrás

A) País realmente não alinhado : Índia.
B) País pavido, que tinha pudor de se mostrar submisso mesmo não precisando e portanto se declarava não alinhado, mas nos fatos sempre foi : Brasil.

Fernando C. Vidoto
Fernando C. Vidoto
Reply to  Thiago A.
4 meses atrás

Todos os artigos apontam que os países da América latina eram do terceiro mundo.

Os Estados Unidos instaurou diversos regimes militares de direita a diversos países para evitar a influência do comunismo se alastrasse.

Países como Coréia e Vietnã tiveram ações militares dos EUA para evitar o alastramento do comunismo.

A Argentina, Brasil e Chile são exemplo de países que tiveram ditaduras militares impostas pelos Estados Unidos.

Last edited 4 meses atrás by Fernando C. Vidoto
Fernando C. Vidoto
Fernando C. Vidoto
Reply to  Fernando C. Vidoto
4 meses atrás

Só complementando:

Manda quem pode, obedece quem tem juízo. Hehe

Att.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Fernando C. Vidoto
4 meses atrás

Nunca foi ?? acho que você precisa estudar mais um pouco de história meu caro …

Fernando C. Vidoto
Fernando C. Vidoto
Reply to  Alexandre
4 meses atrás

Me refresca a memória amigo.

No contexto do post inicial:

“até porque nunca tivemos aliados de verdade, onde sempre tivemos na posição de cachorrinho do Ocidente, principalmente dos EUA.”

Quando o Brasil foi cachorrinho do Ocidente e dos EUA?

Antonio Cançado
Reply to  Wellington R. Soares
4 meses atrás

O que ocorreu no Iraque foi sob outro governo, com outro enfoque, e outros objetivos. Não confunda as coisas, pois elas são totalmente diferentes.
E não tente simplificar o que não tem nada de simples.

Pedro Bó
Pedro Bó
4 meses atrás

Resumindo: “A China é uma potencial inimiga dos EUA, e se nós formos coagidos no nosso ‘American Way of Life’ a OTAN tem que entrar de gaiato no navio conosco”.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Pedro Bó
4 meses atrás

Até que enfim concordamos em algo.
Mas, como já postei anteriormente, considero que a Europa vai saltar fora dessa por causa da enorme dependência que tem da China.
Essa dependência vem aumentando mais nessa época de pandemia que insiste em atormentar os europeus e vai se consolidar com RCEP.

Nascimento
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Vale ressaltar que os europeus em grande maioria JÁ NÃO dão conta nem de fazer o mínimo estipulado para a própria defesa pela OTAN contra a Rússia, uma adversário regional que em tese representaria uma ameaça. Quem dirá se disponibilizarão para ajudar os EUA contra a China, lá no outro lado do mundo e a qual (mesmo com seu expansionismo) não afeta os negócios europeus.
comment image

Mondelo
Mondelo
Reply to  Nascimento
4 meses atrás

Nascimento, era isso que os americanos deveriam fazer. Já que eles não estão querendo cooperar com eles contra os chineses, deixa que eles lidem sozinhos contra os russos.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nascimento
4 meses atrás

Exatamente.
Se não me engano a China já é a maior parceira comercial da U.E.

Rene Dos Reis
Reply to  Nascimento
4 meses atrás

Os Russos devem ficar P da vida vendo esse mapa

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Nascimento
4 meses atrás

vocês acompanham os blogs de defesa pra que ?
Já foi noticiado várias vezes a movimentação de navios europeus ( UK e França in primis mas em breve se unirá a Itália nesse movimento) rumo ao mar do Sul da China . Vocês acham porque isso ? Simples passeio ? Ou para reforçar e remarcar a proximidade com os EUA nesse quesito?

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Nascimento
4 meses atrás

Peço perdão Nascimento, se da maneira que escrevi anteriormente soava desrespeitosa e agressiva, já corrigi. Abs

João Adaime
João Adaime
4 meses atrás

Se o secretário de estado fala isso publicamente, é porque as conversas de bastidores não tiveram resultado. Agora que deixaram a cobrar se criar, vai ficar difícil eliminá-la. Se o Brasil tivesse uma diplomacia atuante e neutra, como era décadas atrás, hoje poderia se apresentar como uma terceira via, acolher investimentos e abocanhar parte das empresas ocidentais que foram para a China. Acredito que a Índia esteja pleiteando isso. Enfim, hoje somos apenas o peão no jogo de xadrez. Quem joga xadrez sabe que o peão pode virar rainha, mas invariavelmente serve para proteger as peças mais importantes e ir… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João Adaime
4 meses atrás

O que foi publicado é que a China cobrou dos EUA atitudes mais humanas com relação às minorias raciais, principalmente com os negros.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, é sério isso? E os Iugures? Tibetanos?
China, Hipócrita!

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Heinz Guderian
4 meses atrás

Xinjiang tem cerca de 45% de uigures e 55% de hans e outros povos orientais.
Cresceu cerca de 50% nos últimos 8 anos e é a principal rota de comércio terrestre entre a China e a Ásia Central e Europa.
Os EUA ‘NUNCA’ (destaque meu) vão conseguir desestabilizar a região alegando isso ou aquilo ou dando apoio a movimentos islâmicos radicais como já fizeram antes em outros países.
Lembre-se que estão lidando com a China.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

E lembre-se que o ISIS e outros grupos radicais islâmicos recrutaram militantes uigures para lutar no Afeganistão, Síria e outros lugares, bem como patrocinaram diversos episódios sangrentos em Xinjiang.

https://time.com/4416585/isis-islamic-state-china-xinjiang-uighur-xi-jinping/

João Adaime
João Adaime
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Caro Antonio
No contexto geopolítico mundial, a única coisa que me interessa é como o Brasil pode levar vantagem nisso tudo. Se tivéssemos um estadista no governo e um Diplomata com D maiúsculo no Itamaraty, isto seria possível. Com os atuais jogadores (e não é só de hoje, vem há anos) vamos continuar sendo rebaixados de divisão a cada ano.
Abraço

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  João Adaime
4 meses atrás

Perfeito.

O Brasil sempre se pautou pela não alinhamento/ independência em política externa.
Até mesmo os Governos militares, após a década de 1970, expandiram suas relações com países como China, os do Oriente Médio e etc.
Somente o Governo atual tentou introduzir esse aspecto ideológico que, como estamos vendo, não colou.

Antonio Cançado
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Ah, A CHINA COBROU isso foi? Que legal!! E quando é que a China pretende sentar pra conversar sobre o Tibet?

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antonio Cançado
4 meses atrás

Nunca.
O Tibet independente é uma ‘abstração jurídica’ que existe apenas na mente de algumas pessoas no Ocidente.
Sempre pertenceu aos antigos reinos chineses, nunca tendo vida independente,.

SmokingSnake 🐍
SmokingSnake 🐍
Reply to  João Adaime
4 meses atrás

Nada a ver, as empresas investem onde é mais vantajoso produzir e não por causa de política. Não viriam para o Brasil de jeito nenhum porque sabem que teriam prejuízo.

João Adaime
João Adaime
Reply to  SmokingSnake 🐍
4 meses atrás

Caro Snake
E por que teriam prejuízo?

Natan
Natan
Reply to  SmokingSnake 🐍
4 meses atrás

Se dá prejuízo, por que há tantas multinacionais atuando no Brasil?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Natan
4 meses atrás

Aquelas cujas atividades ou são únicas ou tem concorrentes fracos, fazendo com que tenham lucro suficiente para que fique mais caro sair do país do que continuar nele.

Antoniokings
Antoniokings
4 meses atrás

Choro de perdedor.

Andreo Tomaz
Andreo Tomaz
4 meses atrás

Os EUA é separado da Europa e da Ásia por dois grandes mares, coisa que não ocorre com a China, o que acaba sendo financeiramente mais vantajoso a cada dia que passa para China, sem contar outros fatores de igual importância. Ao meu ver os EUA não está querendo perder o posto de maior economia do mundo, algo que inevitável, e está em articulação com outros países para jogarem seu jogo. Mas esse movimento está fadado ao fracasso. E algum tipo de ingerência militar está fora do radar, tendo em vista que a China não é o Iraque e que… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andreo Tomaz
4 meses atrás

E adivinhe qual é a principal rota terrestre para o comércio China x Europa?
Acertou se disse Xinjiang.
A China está construindo uma extensa de rede de rodovias, ferrovias e oleodutos na região, unindo países da Ásia Central e facilitando o crescente transporte ferroviário para a Europa.

Andreo Tomaz
Andreo Tomaz
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Perfeito, @Antoniokings! Cumpre destacar que o Paquistão, vizinho da China, cuja população é majoritariamente muçulmana e os demais países islâmicos do Oriente Médio não endossam esse discurso dos EUA e de alguns poucos países da Europa.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Andreo Tomaz
4 meses atrás

Donde se conclui que há algo estranho nessa questão americana.
Atá a Turquia, com os quais os uigures mantém laços étnicos (turcomenos/turcos), assinou um tratado de extradição com a China para deportar terroristas uirgures para território chinês.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Agora todos ou uigures são terroristas? Eu fico impressionado com seu contorcionismo verborrágico para justificar os crimes que o PC chino comete contra seus próprios cidadãos…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Fácil de resolver essa questão.
Manda os ‘reeducandos’ uigures para Abu-Graib, Guantánamo ou qualquer outro campo de reeducação americano pelo Mundo.
Deixa de graça!

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Então vc concorda que os campos de concentração chinos são tão vis quanto os campos dos EUA? Sim ou não?? Eu NUNCA disse que os campos de prisioneiros dos EUA são corretos. Diferente de ti, que faz todo e qualquer contorcionismo para justificar todas as ações da china…..vc é doente, só que ainda não percebeu…..

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
4 meses atrás

‘Te conheço, rapá!’.
Putin, na sua brilhante entrevista respondendo a Biden, citou uma frase muito interessante: “Costumamos chamar os outros do que realmente somos’.
Esquece a China.
Ela está seguindo seu caminho e os americanos não vão te ajudar ou recompensar em nada por vc tentar denegrir a imagem dela.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Sério isso???Hehehehehehe….que baita argumento! E quanto a china te paga??? Ou tu é doente dessa maneira de graça??? Cada dia tu fica mais cego pela ideologia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Flanker
4 meses atrás

Por que tanto ódio em seu coração?
Se vc teve alguma experiência desagradável com chineses, procure resolver com um profissional de psicologia ou psiquiatria.
Só não pode ser o analista de Bagé.

Flanker
Flanker
Reply to  Antoniokings
3 meses atrás

Eu? Não…..eu tô tranquilo…..e acho que se tem alguém com fixação aqui, não sou eu….vc baba de ódio dos EUA….
Quanto à essa conversa de analista de Bagé, vc tem quantos anos? 80? Lembro que quando eu era criança falavam nessa bost@ aí…..e olha, já passei dos 50…..aí vc tb já está mostrando fixação….já te disse tb que não gosto do Veríssimo filho, só do Veríssimo pai…..
Te renovo tb o convite…gostaria de te conhecer pessoalmente….”trocar umas ideias”….fazer vc conversar com um 3 listras e com um trançado de oito……bicho lazarento!

Rene Dos Reis
4 meses atrás

Fiquemos de olho no aumento da classe media chinesa , pois e isso que governa o mundo , dinheiro.

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Rene Dos Reis
4 meses atrás

a classe media e a elite, principalmente a elite milionária bilionária, estão tendo problemas, o Jack Ma viu que mesmo com todo seu dinheiro e influência ainda não consegue mandar no país, mas pode ser que isso mude.

Dr. Mundico
Dr. Mundico
Reply to  Rene Dos Reis
4 meses atrás

Acho que o aumento da classe média chinesa será o prenúncio da queda do “partidão-patrão” chinês.

Fernando C. Vidoto
Fernando C. Vidoto
4 meses atrás

Na minha visão já estão aumentando a pressão nos bastidores contra a China. E isso vai acontecer cada vez mais.

Isso se deve pelo motivo da China se tornar uma ameaça a hegemonia da América no mundo.

Guerra fria 2.0

Antonio Cançado
Reply to  Fernando C. Vidoto
4 meses atrás

Já faz um bom tempo…

Carlos Campos
Carlos Campos
4 meses atrás

Lembrando que nas informações vazadas pelo Snowden ele disse que a NSA fazia espionagem industrial, claro que não chega ao nível da China, mas é o sujo falando do mal lavado.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Carlos Campos
4 meses atrás

A Enercon GmbH é uma empresa alemã de construção de aerogeradores. Nos anos 1994 e 1995 essa empresa foi objeto de espionagem industrial por parte da Agência de Segurança Nacional dos EUA e do sistema militar Echelon. A informação obtida por ambas organizações foi repassada à uma empresa estadunidense concorrente… Dita empresa aproveitou os dados obtidos de know-how obtidos mediante espionagem industrial à Enercon GmbH e patenteou ditas “descobertas”. O sistema Echelon tem sido utilizado em prol dos interesses comerciais estadunidenses. Em 2013, documentos publicados em jornais mundialmente e revelados por Edward Snowden, confirmam o uso da rede para espionagem… Read more »

Tomcat4,2
4 meses atrás

Não sou fã do modus operandi do dragão(o qual na sua saga de soltar,conforme o Rural Business, virus e enfraquecer a economia pra comprar comodites, desta vez errou a mão e ferrou o mundo com o Covid modificado em laboratório) mas ver o xerife do mundo(xerife quando lhe convém e se lixando pelas mortes dos habitantes dos países que destruíram ) com medinho não tem preço!!!

João da Lua
João da Lua
4 meses atrás

Infelizmente não há legendas, mas ótimo vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=X8ZiYtS10CM

JAORI DITTRICH
JAORI DITTRICH
4 meses atrás

Senhores

Tudo que a china quer é uma guerra, tanto que bastou os democratas assumirem que o seu fantoche voltou a testar misseis, e por que democratas é simples na historia moderna americana(século XX) oficialmente os EUA se envolveram em 7 guerras em apenas 2 os presidentes eram republicanos Bush pai e Filho. Sendo que foram 19 mandatos Republicanos contra 16 Democratas ou seja quem gosta de guerra são os Democratas, então podem se prepara para a próxima.

Matheus S
Matheus S
Reply to  JAORI DITTRICH
4 meses atrás

O senador Rand Paul já disse para o mundo esperar nos próximos anos algumas “mudanças de regime”.

Dr. Mundico
Dr. Mundico
4 meses atrás

A História sempre pode ser usada para criar narrativas de conquista e fracasso, afinal cada qual conta a sua história como quer. O passado sempre pode ser usado conforme interesses e conveniências econômicas. Mas já é patente que a União Européia começa a querer diminuir sua dependência da China nos campos industrial e tecnológico. Parece que começaram a ver que o aprendiz virou mestre, Ao mesmo tempo, um certo país da América Latina continua sendo condenado a ser mero fornecedor de matéria-prima, commodities e “verdureiro” dos patrões europeus e chineses. Para tanto, temos um chanceler formado no curso supletivo do… Read more »

Last edited 4 meses atrás by Dr. Mundico
Natan
Natan
Reply to  Dr. Mundico
4 meses atrás

O Brasil é o celeiro do mundo. E só.
Enquanto não tivermos um Executivo e legislativo desenvolvimentistas e industriais, continuaremos vendendo carne, soja e minério de ferro para o mundo, enquanto os países industrializados vendem iphone, computadores, carros e tecnologia química e farmacêutica.

Tomcat4,2
Reply to  Natan
4 meses atrás

Mas nosso poder de barganha está justamente em sermos este “celeiro”. Temos que desenvolver nossa indústria de defesa o máximo para suprir nossas forças armadas e tal, fora isso já temos uma indústria pujante paralela a nossa agricultura e agropecuária, mineração etc. Só precisamos explorar melhor nossas capacidades agrícolas e extrativistas vendendo com preço vantajoso e retirando royalties destes e aplicando em áreas sensíveis .

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Tomcat4,2
4 meses atrás

A China importa cerca de 140 milhões de toneladas de grãos, sendo que 80% disso são usados para ração animal.
Este mês, analistas chineses comentaram a necessidade de substituir esses grãos por alternativas produzidas em casa.

https://www.yicaiglobal.com/news/exclusive-china-needs-to-find-alternatives-for-animal-feed-as-grain-imports-prices-soar-expert-says

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Tomcat4,2
4 meses atrás

Temos uma indústria pujante? Sério? Porque sinceramente não dá para perceber isso não, aliás, muito pelo contrário.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Dr. Mundico
4 meses atrás

‘Mas já é patente que a União Européia começa a querer diminuir sua dependência da China nos campos industrial e tecnológico. ‘

Putz!!!!
E o RCEP foi o quê?
Não comente o que vc não tem ideia.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Antoniokings
4 meses atrás

Em tempo.
Ontem foi anunciado que a Philips holandesa vendeu suas operações de eletrodomésticos para os chineses.
Dentro em breve, a China dominará totalmente esse mercado.
Mais um.

Antonio Cançado
4 meses atrás

Sai Donald Trump, entra Joe Biden…

Mensageiro
Mensageiro
4 meses atrás

A dominância da África e América Latina era pra ser nossa. Imaginando o dia que teremos na presidência um líder capaz de alavancar a economia desamarrando as amarras dos empresários, fazendo política externa de dominar mercados fora do país, e sem corrupção. Precisamos de um Arthur do Val na presidência, e um Kim kataguiri(novo Ulisses Guimarães) na presidência da câmara ou de primeiro ministro.

Last edited 4 meses atrás by Mensageiro
Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Mensageiro
4 meses atrás

Não suporto o garoto Kataguiri, e o Arthur do Val parece ter excelentes intenções, mas ainda precisa aprender um pouco mais, ganhar mais experiência, maturidade e quem sabe um dia possa ser alguém que contribua mais daqui a umas décadas. Mas não vejo ele como líder de Estado, mas apenas alguém que pode contribuir lá no vespeiro (Brasília).

MFB
MFB
4 meses atrás

A única forma de impedir a China de assumir o topo é através da guerra, essa é a verdade. E o tempo está acabando…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
4 meses atrás

Então o governo Biden vem procurando se contrapor a China nas relações internacionais, não retirou as sanções ecômicas porem não impos outras, para isso tenta recompor a liderança dos EUA novamente como protagonista na disputa da hegêmonia econômica, no entando nesse primeiro momento os Chineses tem se saido melhor e ainda tomou uma garrafada de vódka do Putim. O imperio americano sabe que o império chinês vem dimiminuindo o gap tecnologico entre eles, e por isso cria uma narrativa de china representa um perigo para a democracia ocidental como pano de fundo da sua crise de produção, e se o… Read more »

Mgtow
Mgtow
4 meses atrás

Yankees Canalhas! Perderam a corrida contra a China e agora querem forçar as outras nações a criarem um sentimento anti-china para salvar a pele deles.

Flanker
Flanker
Reply to  Mgtow
3 meses atrás

Uiii…nossa….que nervosinho…..e a mulherada? Continua com alergia delas? Heheheheh

Últimas Notícias

Taiwan testará mísseis Patriot III nos EUA

TAIPEI (Taiwan News) - Os militares de Taiwan em breve testarão mísseis Patriot III no White Sands Missile Range...
- Advertisement -
- Advertisement -