segunda-feira, novembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

Polícia de Kiev: russos mataram jornalista norte-americano

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Um jornalista americano foi baleado enquanto cobria o conflito Ucrânia-Rússia, de acordo com o chefe da polícia regional de Kiev.

“Um correspondente de mídia de renome mundial de 51 anos foi baleado em Irpen hoje”, escreveu o chefe de polícia Andriy Nebytov no Facebook, referindo-se a uma cidade localizada a oeste de Kiev que foi duramente atingida pela guerra. “Outro jornalista está ferido. Agora eles estão tentando retirar a vítima da zona de guerra.”

O post de mídia social identificou o jornalista que morreu como o premiado documentarista Brent Renaud. O post compartilhou imagens do passaporte de Renaud e um passe de imprensa para o New York Times.

O vice-editor-gerente do The New York Times twittou no domingo que Renaud não estava de plantão para o jornal enquanto estava na Ucrânia.

O Times “está profundamente triste ao saber da morte de um jornalista americano na Ucrânia, Brent Renaud”, disse Cliff Levy. “Brent era um talentoso fotógrafo e cineasta, mas não estava trabalhando para @nytimes na Ucrânia.”

“Ele estava usando um crachá de imprensa do Times que havia sido emitido para um trabalho há muitos anos”, disse um comunicado do Times.

“Claro que a profissão de jornalista é um risco, mas o cidadão americano Brent Renaud pagou com a sua vida por tentar destacar a ingenuidade, crueldade e crueldade do agressor”, disse Nebytov.

“Irpen e as aldeias vizinhas estão passando por um desastre humanitário absoluto. Soldados russos ocuparam Vorzel, Hostomel, Zabucha e Mylhailivka-Rubezhivka e não permitem que os moradores saiam de suas casas”, disse o ex-prefeito da cidade, segundo um grupo de jornalistas ucranianos. O ex-prefeito descreveu as forças russas atirando em casas e bombardeando hospitais.

Renaud ganhou inúmeros elogios por seu trabalho, incluindo um prêmio Peabody e DuPont, de acordo com sua biografia no IMDB. Ele produz filmes há duas décadas. Ele costumava produzir filmes com seu irmão Craig, diz a biografia.

Renaud nasceu em Little Rock, Arkansas, de acordo com uma curta biografia do cineasta do Tribeca Film Festival.

A correspondente da PBS NewsHour, Jane Ferguson, disse no Twitter que testemunhou o corpo de Renaud “debaixo de um cobertor” em Irpen.

“Os médicos ucranianos não puderam fazer nada para ajudá-lo nessa fase”, disse Ferguson. Ela disse que um “oficial ucraniano indignado” lhe disse para “dizer à América, dizer ao mundo, o que eles fizeram com um jornalista”.

FONTE: Business Insider

- Advertisement -

69 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

69 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
MBK
MBK
8 meses atrás

Parece que ele não estava lá como jornalista. A conferir.

Agressor's
Agressor's
Reply to  MBK
8 meses atrás

Os eua costumam fazer isso com os jornalistas da Al Jazira. Acho até que os russos devem terem agidos dessa forma para atingirem eles com os próprios métodos de que se utilizam…

Last edited 8 meses atrás by Agressor's
PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

O que aconteceu foi o seguinte; o repórter Brent e um outro colega de trabalho queriam filmar os refugiados em fuga. Os dois atravessaram a ponte em Irpien, em seguida pegaram uma carona até uma próxima ponte. Ocorre que, ao pegarem a carona passaram por um posto de controle das milícias populares de autodefesa, assim que passaram pelo posto de controle pessoas do próprio posto de controle começaram a atirar, então o motorista fez o retorno mas mesmo assim continuaram atirando. O norte-americano foi baleado no pescoço! Infelizmente estas pessoas sentiram na pele o que a população em fuga passa… Read more »

PRAEFECTUS
PRAEFECTUS
Reply to  PRAEFECTUS
8 meses atrás

Esse link é de um canal de TV polonesa. Portanto, que odeia os russos, vocês poderão ver pelo viés do noticiário deles.

O que ocorre é que o pessoal da milícia de autodefesa devem ter pensado que se tratava de pessoas da própria cidade fugindo dos combates. Se ferraram!!! Não era!!!

Quando os próprios ucranianos viram a merla que fizeram, saíram com essa “estória “.

Mosczynski
Mosczynski
Reply to  PRAEFECTUS
8 meses atrás

Ligando os pontos:
1 – o texto da TVN nao fala nada de quem atirou.
2 – Ja o colega do jornalista foi categorico:
“He’s been shot and left behind”: U.S. journalist Juan Arredondo describes the moment he and Brent Renaud came under attack by Russian forces at a checkpoint in Irpin, Ukraine, on Sunday. Renaud was shot and killed.
https://twitter.com/CBSNews/status/1503029667837665282?ref_src=twsrc%5Etfw

Flanker
Flanker
Reply to  Agressor's
8 meses atrás

Devem terem? Nossa…chega a doer ler isso….

Luis
Luis
Reply to  Flanker
8 meses atrás

Pra você vê o “nive” do indivíduo.

João
João
Reply to  Luis
8 meses atrás

Deve ser mais um dos “kings” que escrevem aqui.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Luis
8 meses atrás

Quem nasce nos eua = Estadunidenses

Quem nasce no continente americano = Americano

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
Reply to  MBK
8 meses atrás

Tava não, um cara acostumado a ir cobrir guerras no mundo todo deve ter ido pra pra catequizar os ucranianos e ensiná-los a jogar nba, a narrativa é essa mesmo pra disseminar um assassinato premeditado a um cidadão por forças russas pra ter mais um motivo pra querer a entrada da otan nessa guerra, o comediante sabe que sem a otan ,aquele país vai virar pó, dó do povo ucraniano.

MBK
MBK
Reply to  Gabriel ferraz
8 meses atrás

Eu não afirmo nada, porque não estou lá. Apenas repassei o que li. Mas ele foi morto a tiros (aparentemente) portanto, imagens podem aparecer, mostrando-o identificado com o colete azul. Ou não.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  MBK
8 meses atrás

Tenho a foto dele morto, aparentemente foi atingido com um tiro direto em seu olho direito. No momento do disparo que o acertou, o mesmo estava trajando vestimentas do exército ucraniano. Oficialmente jornalistas que cobrem o conflito, a roupa e azul com capacete e colete escrito “press” ou imprensa em português.

Last edited 8 meses atrás by Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Foto errada. Não é esse o jornalista, mas sim o soldado que o filmou já morto.

IMG_20220313_152432.jpg
Last edited 8 meses atrás by Vinicius Momesso
Nilo
Nilo
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Alguem do batalhão de azov deu de presente, o traje, que amigo.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Sinceramente, eu não entendo esses “soldados” que ficam gravando pessoas mortas, teoricamente ele deveria estar segurando apenas seu armamento e deveria estar atento, é a guerra do TikTok mesmo…

MBK
MBK
Reply to  Gabriel ferraz
8 meses atrás

Aqui um informe do NYT dizendo que, aparentemente, ele não estava lá como seu funcionário

https://www.foxnews.com/media/readers-journalists-ny-times-statement-former-contributor-killed-ukraine-tone-deaf

Flanker
Flanker
Reply to  MBK
8 meses atrás

Isso podemos saber só de ler a matéria do topico. Tá escito lá.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Flanker
8 meses atrás

Pois é, Flanker. Esse pessoal começa a dar opinião sem ler a reportagem.

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  MBK
8 meses atrás

Ele estava usando um crachá do NY Times vencido
O Jornal negou que ele estivesse a serviço para eles.
Desde modo, muito provavelmente ele entrou como ‘free lancer’ para cobrir a guerra.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Está escrito isso no texto.

Nilo
Nilo
8 meses atrás

É bem isso:  um “oficial ucraniano indignado” lhe disse para “dizer à América, dizer ao mundo, o que eles fizeram com um jornalista”.
Entre tantas mortes de civis ucranianos (usados como barreira de proteção, ou a eles sendo dado armas), quem sabe com uma morte de Um Americano, jornalista profissional a cavalaria não venha. É essa ilusão que o Bufão vendeu ao povo ucraniano, e que irá sacrificar civis para defender a causa dos EUA.

Capa Preta
Capa Preta
Reply to  Nilo
8 meses atrás

O povo de um país se defendendo de uma invasão e e causa dos EUA? Os EUA ficam do outro lado do Atlântico e a Rússia não bombardeou nenhuma cidade por lá

Nilo
Nilo
Reply to  Capa Preta
8 meses atrás

Capa, vou lhe indicar um chapéu, esse é legal, na verdade boné, e é preto, troca pelo chapéu de alumínio, no M Livre está pela bagatela de 59,00 reais.
Segue manual de uso:
https://www.youtube.com/watch?v=ozvZQQNWTSg

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Ele quer um desses.

comment image

kkkkkkk

carcara_br
carcara_br
Reply to  Nilo
8 meses atrás

A estratégia é literalmente abarrotar a cidade de civis e esperar que morram na esperança de um auxilio militar que se vier certamente aumentará o número de mortos por toda Europa exponencialmente, olha o tamanho dessa m* é de aterrorizar, nem nos piores pesadelos.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  carcara_br
8 meses atrás

Vamos rezar para a munição do Putin acabar antes dele pensar em tomar qualquer atitude contra outro país na vizinhança;

carcara_br
carcara_br
Reply to  Ze das Couve
8 meses atrás

Ele nem começou usar a munição “de verdade” e:
Combustíveis mais caros;
Fertilizantes mais caros;
Inflação na casa dos dois dígitos;
Crise sanitária do COVID.
Não sei bem onde querem chegar…

Last edited 8 meses atrás by carcara_br
Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  carcara_br
8 meses atrás

Se está assim para nós, imagina para o russo normal. Nem o Putin sabe mais onde ele quer chegar.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Ze das Couve
8 meses atrás

O russos sabem muito bem, não querem alianças militares próximos a suas fronteiras.
Mas e ai, nós queremos o quê?

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  carcara_br
8 meses atrás

Mas ele invadindo um vizinho faz os vizinhos procurarem exatamente uma aliança militar para se proteger. O que Putin tá fazendo é simplesmente justificando a Existência da OTAN, pois se não fosse a OTAN, Lituânia, Letonia, Estônia e Polônia já tinha sido atacadas a muito tempo. Finlandia e Suécia já perceberam que ficar neutros perto da Rússia é um erro enorme.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Wellington Jr
8 meses atrás

Não dá pra saber, porque na realidade em que vivemos a OTAN se expandiu muito antes dos russos começarem a reagir.
Ou melhor, pra ficar muito claro, a OTAN cresceu devido ao enfraquecimento russo é bem simples essa dinâmica de, expansão/retração territorial não é nenhuma novidade ela existe desde sempre.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  carcara_br
8 meses atrás

Precisa combinar com o povo da Ucrânia. Eles não querem.

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

Jornalista de guerra é uma profissão extremamente perigosa.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Para os jornalistas da Al Jazira, isso é uma coisa certa…

Last edited 8 meses atrás by Agressor's
gordo
gordo
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Tem um jornalista brasileiro que perdeu uma perna quando cobria a guerra do Vietnã, até a uns anos atrás ele ainda fazia reportagens. No mais lamento e que a família seja confortada. Cobrir um conflito já
é extremamente perigoso e dada a desproporção de forças acompanhar a frente Ucraniana é mais perigoso ainda.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Aquele cinegrafista da Band que o diga, mas naquele caso era uma guerra interna, como muitas que ocorrem quase que diariamente no Brasil.

Nilo
Nilo
Reply to  Antoniokings
8 meses atrás

Estão trabalhando rápido, não estão perdendo tempo, essa é uma parte da logistica que não pode falhar. Isso já é a 45 km do centro de Kiev.
https://www.youtube.com/watch?v=HieT0pHD39E

Antoniokings
Antoniokings
Reply to  Nilo
8 meses atrás

Pois é.
Está cabendo aos russos ajudar a população ucraniana.
Enquanto isso, Zelensky, o comediante, distribui fuzis e molotovs para a população civil.
Sem contar a Europa e EUA que só querem mandar armas.
Em tempo.
Putin assinou decreto destinando armaspara DPR e LPR que apreendidas do o inimigo.

Ze das Couve
Ze das Couve
8 meses atrás

A coisa tá ficando feia. Primeiro americano morto na guerra, combates próximo da fronteira com a OTAN. Isso não vai acabar bem.

Se o Putin tiver o mínimo de sabedoria, ele saberá que agora é a hora de sentar e negociar. Em breve ele não terá forças convencionais para enfrentar ninguém mais.

Rayan
Rayan
Reply to  Ze das Couve
8 meses atrás

Eu sou crítico desta guerra e acho que Putin fez uma avaliação estratégica extremamente arriscada e que anulará todo desenvolvimento que o país teve após os anos Yeltsin.

Mas a Rússia tem uma capacidade de reserva convencional extremamente superior para aguentar ainda por anos esse conflito. Queira ou não, possui capacidade industrial -militar ampla, bastante autosuficiente e enorme estoque de armas e munições. As considerações geopoliticas estão acima dos custos econômicos e sociais.

Capa Preta
Capa Preta
8 meses atrás

Sem ler já imagino os comentários dos apaixonados por uma nova união soviética:
“Foi não, mentira, quem matou foi os nazistas do bataião aizovi , deu na mídia estatal russa que só fala verdade, os doido do 247 confimaru, os soldados russo que tão salvando a Ucrânia com bombardeio nas cidades estão sendo recebidos com flores pelo povo, não e istrupu e secsu surpresa o que os mercenários russos tão fazendo”

Satyricon
Satyricon
8 meses atrás

Sempre houve na profissão jornalística aqueles que buscam exercê-la de forma autônoma, como freelancers, principalmente em zona de conflitos. Isso não faz dele um menor ou pior profissional, muito pelo contrário. Mas aí vem os defensores do novo Hitler, defendendo o indefensável, desmerecer o ser humano no exercício de sua profissão, questionando o porque dele estar ali. A guerra da propaganda JÁ foi perdida pelo Putin. A verdade está em todas as mídias, em todos os lugares. Essa é uma agressão injustificada e covarde, de um líder autoritário contra um povo e uma nação soberana. Desistam de distorcer a realidade,… Read more »

Antoniokings
Antoniokings
8 meses atrás

O cara que vai ‘cobrir’ uma guerra sabe dos perigos inerentes a essa atuação.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
8 meses atrás

Corajoso! Interessante ver emissoras americanas com jornalistas no front, outro nível de cobertura.

Do brasil poucos foram para o front enquanto tem aqueles correspondentes da globo news em Nova York ou Londres dando o veredito final sobre a guerra ou Record exibindo cust scene de jogos kkkk.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Pablo Maroka
8 meses atrás

O Cabrini está em Kiev mas não se arrisca ir em lugares afastados.

Pablo Maroka
Pablo Maroka
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Yan Boechat da band tv, está lá no front da Ucrania, esteve na Siria/Iraque no meio do conflito com o ISIS.

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Pablo Maroka
8 meses atrás

Não me lembrava desse, mas ao que parece ele se arriscava mais, cobrindo as incursões contra o ISIS, já o Cabrini, cobre mais o lado humano(civil).

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
8 meses atrás

É uma vida não mais importante do que o povo ucraniano ou diversos jornalistas que já morreram no mundo todo cobrindo guerras ,mas o comediante quer e vai usar de todos os artifícios para otan entrar na guerra, na verdade oque ele diz é bem claro que a Rússia assassinou um americano. Vocês que torcem pra esse palhaço que fiquem cientes que se essa guerra eclodir pra uma mundial ,vai chover bomba até aqui.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
8 meses atrás

Correspondente de guerra é de alto risco… mas sinceramente tá estranha essa estória ai… a conferir…

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Jefferson Ferreira
8 meses atrás

Trabalhava para a Time fazendo uma cobertura sobre refugiados. Está no site da empresa.

Luiz Trindade
Luiz Trindade
8 meses atrás

Infelizmente baixa de guerra. Todo profissional que venha cobrir conflitos tem esse risco eminente. Meus pêsames para família do jornalista!

Talisson
Talisson
8 meses atrás

Se a primeira baixa da guerra é a verdade, esse corajoso profissional pode ter sido morto por qualquer dos lados e pelos mais diversos motivos e de formal intencional ou acidental.
E eu já ironizando lembro que um tal principe nazista aliado dos americanos também curte matar (esquartejar e jogar no ácido) jornalistas.

Last edited 8 meses atrás by Talisson
Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Talisson
8 meses atrás

Vou postar os últimos posts no Twitter(em ingles) desse jornalista, o que pode explicar o nível de perigo em que ele estava. Journalist, Nolan Peterson on Twitter: “From an American volunteer on the front lines outside of Kyiv: — “Sitting close to the frontline, the last safe mode of transportation leaves for greener pastures. A core group of about 30 foreign fighters remains out of around 200 people who were here just minutes ago…”” Journalist, Nolan Peterson on Twitter: — “”The base we came from was struck by rockets in the early morning hours. People we lived with for a… Read more »

Last edited 8 meses atrás by Vinicius Momesso
carcara_br
carcara_br
Reply to  Vinicius Momesso
8 meses atrás

Isso saiu do twitter do cara?

carcara_br
carcara_br
Reply to  carcara_br
8 meses atrás

em especial esta parte:

 “An important note: this American is a special ops veteran who completed combat deployments to Afghanistan.

He came to Ukraine before Russia’s full-scale war on Feb. 24.

He is an experienced, well-trained soldier who gave up his lucrative career in the US in order to help Ukraine”

Gabriel BR
Gabriel BR
8 meses atrás

Vai dar nada!!!!
O Bidê largou os americanos no Afeganistão para o Taliban pegar

Talisson
Talisson
8 meses atrás

É mais ou menos por aí. Mas infelizmente tenho que ler frases quase como essas: “Ah mas no Iraque foi uma guerra do bem contra o mal”, “eram terroristas”.

Carvalho
Carvalho
8 meses atrás

Putin vai fazer 70 anos.
Daqui a 10 anos, a Rússia estará entregue à máfia russa, sem nenhuma instituição forte para evitar a derrocada do país.
Hoje a Rússia é o homem doente da Europa.

Ze das Couve
Ze das Couve
Reply to  Carvalho
8 meses atrás

Uma pena. Um belo país, muita tradução.

Teropode
8 meses atrás

Bobagem ,bobagem , tem um jornalista brasileiro lá no front e ele quase foi para o vinagre durante uma troca de tiros , falar que mataram um jornalista é desonestidade , estão matando quem ficar na frente das “balas” e das bombas , segue a carnificina ….

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
8 meses atrás

A história que chegou até o momento é que ele estava chegando próximo ao posto de controle ucraniano e foram alvejados…

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
8 meses atrás

Ele foi morto em um checkpoint… Não foi bala perdida..

O pq executaram o cara é que vão ter que inventar uma desculpa boa…

Tirando pelo baixo nível de criatividade das desculpas que deram até agora, eu aposto que vão dizer que ele era da CIA.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
8 meses atrás

Pelo que entendi em uma postagem o jornalista que sobreviveu disse que os militares russos atiraram intencionalmente. Mas isso tem de ser averiguado para se ter certeza do que ocorreu.

Wellington Jr
Wellington Jr
8 meses atrás

Mas não é a Rússia que é o demônio, se tirar o Putin e os sequelados da URSS 90% dos problemas acabam. O problema da Rússia é que ainda tem muito apaixonado que não superou o fim da URSS e quer a todo custo reviver aquela lástima de governo.

Ze das Couve
Ze das Couve
8 meses atrás

trabalhava para  a TIME Studios. Está no site deles

https://time.com/6157144/brent-renaud/

Kemi
Kemi
8 meses atrás

Meu Deus, tem comentários de pessoas defendendo a morte do jornalista. Sério que a página não vai excluir esses comentários? Vocês são jornalistas?

Ted
Ted
8 meses atrás

Agora que o capitão desbancou na pesquisa eleitoral. Tem que começar a catalogar os membros dos sindicatos, tornar o mst, grupo terrorista e retirar a concessão da Globo. Pra começar o segundo mandato arrumando o quintal

MAB
MAB
8 meses atrás

Tem alguns malucos aqui que tem aminésia instantânea. Semana passada uma equipe da Sky News foi alvejada a queima roupa , estilo russo. Dois foram atingidos, um quase morreu. https://www.youtube.com/watch?v=dQeZp0wnrEs&ab_channel=%F0%9D%95%BF%F0%9D%96%8D%F0%9D%96%9A%F0%9D%96%8C%F0%9D%95%B8%F0%9D%96%94%F0%9D%96%89%F0%9D%96%8A Se não fosse esse pessoal com mais coragem que os zumbis comentaristas e várias gerações deles juntos, estaríamos apenas com a informação da mídia mais isenta , imparcial e sincera do mundo todo, quiçá do universo. Claro que a russa e a chinesa ! Impressionante, tudo que é notícia de qualquer país não sendo russia e china é mentira, é invenção, é manipulação. Esse pessoal vive em estado de alucinação… Read more »

Ted
Ted
Reply to  MAB
8 meses atrás

Parece que vem de quantanamo especialistas da CIA para interrogar o Adélio, químico na veia e tal. Vai contar até que cor era a calcinha Maria ele.

Últimas Notícias

Imagens de uma guerra: míssil anticarro erra o alvo por pouco

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um ATGM russo passando sobre um carro de combate ucraniano. A...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -