sábado, junho 25, 2022

Saab RBS 70NG

‘Historiadores dirão que momento atual foi o início da 3ª Guerra Mundial’, diz pesquisador

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Mariana Sanches – @mariana_sanches
Da BBC News Brasil em Washington

Quando olharem para o dia 24 de fevereiro de 2022, os historiadores do futuro deverão dizer que ali teve início não só a invasão do território ucraniano por tropas da Rússia, mas a Terceira Guerra Mundial. A provocativa interpretação sobre o conflito armado que eclodiu na Europa nas últimas semanas é feita pelo cientista político da Universidade de Chicago Paul Poast, estudioso de como o poderio financeiro é central em esforços de guerra.

Poast argumenta que a participação ativa na guerra vai bem além do envio de tropas a um campo de batalha. Para ele, armar ou financiar um dos lados de um conflito é também participar ativamente dele. E por isso, tanto os Estados Unidos quanto a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) – que nas últimas semanas não só enviaram bilhões de dólares em ajuda aos ucranianos como aplicaram as maiores sanções econômicas da história à Rússia de Vladimir Putin – já poderiam ser considerados partícipes da guerra atual.

Assim, na prática, as maiores potências econômicas mundiais e bélicas (Rússia, Estados Unidos e Europa Ocidental), já estariam em confronto direto, e já viveríamos o princípio da Terceira Guerra Mundial.

Há precedentes históricos para apoiar a interpretação de Poast. O principal deles, segundo o cientista político, seria o próprio ataque dos japoneses a Pearl Harbor, ato que arrastou os americanos para os campos de batalha da Segunda Guerra Mundial.

De acordo com o pesquisador, o ataque do Japão ao território americano, em dezembro de 1941, aconteceu porque os japoneses se viram incapazes de vencer a guerra que lutavam na China e atribuíam seu insucesso na Ásia às sanções impostas pelos americanos ao petróleo japonês e ao auxílio financeiro e armamentício que o governo dos EUA vinha oferecendo à China.

Por esse mesmo raciocínio, Poast acredita que é apenas uma questão de tempo – e de capacidade de organização e força militar – para que a Rússia ataque a Polônia, por onde hoje escoam a maior parte dos comboios de ajuda da Otan e dos EUA para a Ucrânia. Isso, no entanto, acarretaria em uma importante escalada da guerra, já que a Polônia é membro da Otan, o que implicaria que os demais países da aliança viriam a seu socorro nos campos de batalha.

Para ler a entrevista no site da BBC News Brasil, clique aqui.

- Advertisement -

124 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
124 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Abel
Abel
3 meses atrás

Até o fim do ano Polônia e Moldávia na guerra?

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Abel
3 meses atrás

Quem esta perdendo a guerra eu não sei. Mas o Qatar esta ganhando.

Jefferson Ferreira
Jefferson Ferreira
Reply to  Abel
3 meses atrás

A chance da Polônia entrar é real.. e caso haja esse tipo de escalada é difícil prever aonde vai parar!

Nemo
Nemo
Reply to  Jefferson Ferreira
3 meses atrás

É fácil prever, a Rússia já avisou que utilizará armas nucleares caso o Estado esteja ameaçado. Então a próxima reunião da ONU será frequentada apenas pelas baratas que podem sobreviver à radiação.

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Nemo
3 meses atrás

Blefe, quem tem c* tem medo, se ele usar armas nucleares, os EUA, França, Reino Unido também usaram, ai é salve-se quem puder.

Radagst, o Castanho
Radagst, o Castanho
Reply to  Nemo
3 meses atrás

“Então a próxima reunião da ONU será frequentada apenas pelas baratas que podem sobreviver à radiação.”

Eu ri muito, embora as baratas não gostem muito da piada.

Guilherme Ferreira
Guilherme Ferreira
Reply to  Nemo
3 meses atrás

O problema que o outro lado também tem milhares de ogivas…

Henrique
Henrique
Reply to  Jefferson Ferreira
3 meses atrás

Se a Polônia entrar no conflito por conta própria ficará sozinha pois a Otan não irá arriscar um “cataclisma” nuclear se um de seus membros avançar o sinal sem ser atacado.
Esse tabuleiro de xadrez no leste europeu está ficando preocupante pois, como já comentei aqui antes, se o Putin não ver uma vitória ou saída dessa situação que se meteu não terá mais nada a perder…. dai todos perdemos!

Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Infelizmente eu tenho de discordar de você Henrique. Atacou um membro da OTAN, atacou a OTAN. E ae a Terceira Guerra Mundial será com armas termonucleares sem vencedores e vencidos. Sem sobreviventes. O fim da humanidade!

Henrique
Henrique
Reply to  Luiz Trindade
3 meses atrás

Caro Luiz, me referi no meu texto à Polônia entrar no conflito por conta própria e não ser atacada antes…

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Caro Henrique, ela ficará sozinha só no uso de pessoal, porque equipamento os americanos enviariam as milhares, e o exército polonês é bem capaz de derrotar por exemplo os bielo-russos, claro, sem a ajuda de Moscou.

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  Luiz Trindade
3 meses atrás

Ah muita guerra convencional a ser praticada antes do uso de armas nucleares.
O seu uso prematuro só se justifica se usado pela Rússia mediante a confirmacão do aparente facto que as suas forçs não nucleares não valem um chavo. Nessa possoblidade pergunto me se as pérolas que por estas bandas navegam ainda vão estar a vitimizar putin e a apoiar a sua narrativa.

Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Eu duvido disso. Os EUA acabaram de mover tropas para a fronteira da Polônia com a Belarus. https://t.me/istorijaoruzija/47221 E não é novidade do acúmulo militar na fronteira da Belarus com a Ucrânia em Brest. Todos indicam que haverá uma invasão da Belarus na Ucrânia a partir de Brest. Além disso, o comandante Forças Armadas da Ucrânia, Valery Zaluzhny, durante uma conferência telefônica anunciou que no final do próximo mês a Polônia enviará suas tropas para quatro regiões ocidentais de Ucrânia com o pretexto de proteger seu território da invasão russa e dar assistência ao povo ucraniano – de acordo com… Read more »

André Bueno
André Bueno
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

Sua tese tem amparo na própria ação russa. Putin avançou sobre a Ucrânia para proteger solo russo. Os poloneses ocupariam regiões da Ucrânia para proteger solo polonês.

Peter Nine Nine
Peter Nine Nine
Reply to  André Bueno
3 meses atrás

Para proteger solo russo? Carælho,na sabia que a Ucrânia tinha colodado tropas às portas de Moscovo. Aqueles ucranianos ª- ª.

André Bueno
André Bueno
Reply to  Peter Nine Nine
3 meses atrás

Caro P99, esse é o argumento russo, não é? Ah, claro! Se preferir use interesses russos. Ou, ainda, proteger a população russa que vive no leste da Ucrânia. À vontade!

Augusto
Augusto
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

Se isso acontecer será o inicio da 3° guerra mundial

Tomcat4,3
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Triste realidade, por conta da ação de poucos todos podem ser afetados.

Vitor
Vitor
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Mas basta um missil transviado cair na Polonia para logo eles terem razao para entrar na mesma e como foi dito na rubrica,o Japao atacou os americsnos pq estava a perder a guerra,e como a viria a perder,arranjou a “verdadeira desculpa” ,presumivelmente a Russia,melhor,o Putin podera fazer o mesmo,nao “perde” contra a Ucrania mas sim contra a NATO

francisco
francisco
Reply to  Jefferson Ferreira
3 meses atrás

A Polônia está praticando uma política suicida. Está sendo usada pelos USA.
A tática é provoca a Russia até que ela ataque a Polônia e somente assim os USA podem obrigar a Europa a entrar no conflito, alegando o artigo 5 da OTAN.
O resultado esperado pelos norte-americanos é o mesmo que aconteceu em 1945, ou seja o mundo todo sai enfraquecido e eles pensam que ficaram ilesos e novamente a única potência.
Acontece que hoje as armas tem maior alcance e eles também sofreram ataques de misseis nucleares.

Marlos
Marlos
Reply to  Abel
3 meses atrás

Tenho medo de isso acontecer, acho que essa guerra já superou a crise dos misseis de 62 talvez estejamos no ponto mais próximo de uma terceira guerra.

sergio
sergio
Reply to  Abel
3 meses atrás

Sempre achei que a ajuda dada pela polônia a ucrânia, permitindo que o ocidente passe a ajuda letal pelo seu território, e muito perigosa, e a um precedente histórico, na guerra do Vietnam uma das táticas dos vietcongues era passar armas e munição pelo Camboja ja que os EUA não poderiam atacar alem da fronteira, isso durou ate, que os americanos ( não lembro agora o nome da operação ) , atacaram alvos militares dentro do território cambojano. As pessoas podem argumentar que durante a guerra fria tb acontecia isso, nas guerras por procuração, mais eram movimentações secretas, nos sabemos… Read more »

Reis
Reis
3 meses atrás

No entanto na era nuclear já passamos por isso também no Vietinan , Afeganistão soviético e quem perdeu saiu com o rabo entre as pernas e depois ficou de boa.

carcara_br
carcara_br
Reply to  Reis
3 meses atrás

e pra onde a Rússia vai sair se a guerra é na sua fronteira?

Luis
Luis
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

Irá voltar pra dentro do território dela.

Flanker
Flanker
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

Vai sair de volta para o território dela! A rússia volta para casa e tudo fica no seu devido lugar.

Reis
Reis
Reply to  carcara_br
3 meses atrás

Derrota política , rendição total muito difícil né , Urss e usa
foram os casos citados acima.

Henrique
Henrique
Reply to  Reis
3 meses atrás

Mas naquele tempo haviam políticos e “chefes de estado” de fato preparados e não os adolescentes, senis e bostéricos que vemos governando as principais nações ocidentais.
Se o presidente da Ucrania fosse mais preparado essa guerra poderia ter sido evitada e os russos melhor administrados.
Esse é o medo de hoje, estão apostando as fichas num tabuleiro onde o principal oponente não hesitará em apertar o botão se for necessário…

Reis
Reis
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Concordo plenamente , tempos difíceis

Kornet
Kornet
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Mas o comediante ficou encantado com o canto da sereia e tá querendo arrastar o mundo para a 3 GM.
Quanto mais essa guerra se prolonga ,mais perigosa fica para o resto do mundo.

George
George
Reply to  Kornet
3 meses atrás

Como é difícil para esse pessoal entender que a Ucrânia foi atacada pela terceira vez. Antes teve a tomada da Crimeia e a incitação ao movimento separatista do Donbas.

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  George
3 meses atrás

Pois é, lunáticos e perturbados são essas pessoas, tudo por conta de um tesão reprimido em relação a um país que um dia foi uma super potência.

Kornet
Kornet
Reply to  Leonardo Cardeal
3 meses atrás

Lunáticos,não sei;mas oscque têm um amor irracional por americanos e europeus e acham que eles são os defensores da humanidade e da democracia a ponto de não enxergarem o óbvio e seguirem uma imprensa militante que transformou um presidente que era comediante num falso herói.

Augusto
Augusto
Reply to  Kornet
3 meses atrás

falso herói que inclusive incita a população civil a pegar em armas e ainda permite movimentos de partidos neonazistas em seu território.

Kornet
Kornet
Reply to  George
3 meses atrás

Eu não tenho procuração para defender a Rússia,mas não vou ser enganado pela imprensa mainstream.
Essa guerra poderia e seria evitada se a Ucrânia tivesse um lider de verdade um político maduri experiente e não um ator comediante fabricado por um oligarca ucraniano,seria bom sectodos pesquissam o começo de tudo.
Quanto a Crimeia foi um presente de um ucraniano para fazer média com o território alheio.
Só sinto pena do povo ucraniano que foi infeliz na sua escolha de lider que fica agora fazendo discursos para querer que outros países entrem nessa guerra.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Henrique
3 meses atrás

Se a Rússia não ficasse ameaçando seus vizinhos, esses não sentiriam necessidade de procurar alguém que os defendessem.
Situação totalmente mal conduzida pela Rússia nos últimos 20 anos. Isso poderia ter sido evitado, mas aí entra um problema de origem, que é a natureza do regime russo, uma autocracia e a natureza dos regimes dos países antes ocupados pela União Soviética, que desejam algum tipo de democracia.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Reis
3 meses atrás

O seu Vietinan tinha bomba Atômica??

Santos
Santos
3 meses atrás

Nada disso! Putin quer governar, manipular etc; atacar a Polônia seria o fim de todos.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Santos
3 meses atrás

Ao dominar uma cidade ou país, o invasor é o responsável por alimenta-los? Para quem esta começando a ter dificuldade de alimentar a própria população vai ter problema em alimentar terceiros.

Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
3 meses atrás

Por falar em Polônia, uma imagem interessante foi publicada:

Fumaça no prédio da embaixada russa na Polônia.

FOeZcvaXMAA3ecw.jpg
Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

E o mês de março de 2022 anda bastante agitado:

FObB-OoaMAIEp13.jpg
SSS
SSS
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

São coisas rotineiras. A Coreia do Norte tá o tempo todo testando mísseis. A China está o tempo todo fazendo exercícios militares, inclusive perto de Taiwan. Os países árabes têm conflitos desde sempre. O único de novo aí foi o míssel da Índia, mas foi declaradamente um erro.

Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
Reply to  SSS
3 meses atrás

Com certeza.

Tudo coisa rotineira e nada preocupante.

Pode colocar na lista mais uma coisa rotineira, a ofensiva iemenita contra a Arábia Saudita. Bom, não sei por qual motivo acrescentei isso, mais um ou menos um não importa, no final das contas, confiando no seu otimismo, são coisas rotineiras.

Abel
Abel
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

,🇧🇷 Crise na Avibras!

images (1).jpeg
Last edited 3 meses atrás by Abel
Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
Reply to  Abel
3 meses atrás

Isso sim é uma coisa rotineira, em terra brasilis.

Abel
Abel
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

Deixar malas prontas, uma hora o povo entra pela porta

Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
Reply to  Abel
3 meses atrás

Estou começando achar que os adeptos do sobrevivencialismo não são tão paranoicos quanto eu achava. Estou me inclinando a virar um.

Vou aprender a fazer de tudo. E o principal, construir um bunker antinuclear com alimentos não-perecíveis suficientes para durar anos.

Carlos
Carlos
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

pessoal começando a queimar papel importante

Abel
Abel
3 meses atrás

https://www.forbes.com/sites/walvanlierop/2022/03/18/putins-gamble-in-ukraine-is-xis-pot-to-win/?sh=7f52118d128c

“”

Em 6 de outubro de 1973, uma coalizão de estados árabes armados com armamento soviético lançou uma invasão surpresa de Israel durante o Yom Kippur, um dia sagrado judaico. Os EUA e a Holanda, entre outros países, forneceram assistência militar a Israel, que venceu a guerra. Em resposta, os membros árabes da OPEP, a Organização dos Países Exportadores de Petróleo, proibiram a venda de petróleo aos apoiantes de Israel. Na Holanda, isso resultou em “domingos sem carro”, o que permitiu que meus amigos e eu andássemos de bicicleta nas estradas.

Maurício.
Maurício.
3 meses atrás

“já estariam em confronto direto, e já viveríamos o princípio da Terceira Guerra Mundial.”

Discordo, na minha opinião confronto direto, só depois que tropas e equipamentos estiverem no TO, até isso acontecer é “apenas” uma guerra Proxy, como tantas outras que EUA e Rússia se meteram.
Eu diria que Putin não tem culhões para atacar a Polônia, acho que ele não pagaria para ver, mas ele é um ditador, então não duvido de mais nada e OTAN/EUA também não tem culhões para atacarem a Rússia.
Terceira Guerra Mundial? Não, não depois que inventaram as armas nucleares.

India-Mike
India-Mike
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Exato, se for assim essa já é pelo menos a 5ª ou 6ª guerra mundial, pois Coreia e Vietnã já tiveram participação maciça de apoio de China e Rússia, tanto economicamente quanto em termos de equipamentos militares. O Afeganistão soviético, em menor escala, talvez pudesse contar tb…

Também não acho q Putin ataque a Polônia, pois sabe que a Otan vai ter que entrar na guerra nesse caso. Se quiser prosseguir com sua campanha vai ter q ser ou na direção da Moldávia ou de Finlândia e Suécia.

Maurício.
Maurício.
Reply to  India-Mike
3 meses atrás

Tem um pessoal que vê terceira guerra em tudo, viram na Síria, na Líbia, viram quando a Turquia abateu o Su-24 russo, viram na Venezuela, seguido o pessoal vê em Israel, viram no início da pandemia e viram até antes dessa guerra começar, tudo é motivo para a terceira guerra mundial.

Nilo
Nilo
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Acredito em Deus, então, peço e rogo que Deus te ouça, “não há possibilidade de guerra nuclear”.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Nilo, você tem medo de uma suposta guerra nuclear? Você acha que a humanidade vai acabar? Se for esse o seu medo, fica tranquilo que a humanidade não vai acabar com uma guerra nuclear.

Nilo
Nilo
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Suposição sua. “Nilo, você tem medo de uma suposta guerra nuclear? Você acha que a humanidade vai acabar? Se for esse o seu medo”.
Se vier uma guerra nuclear total o que menos quero é estar vivo. Deixo vc com as baratas.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Calma, só fiz uma pergunta.

Nilo
Nilo
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Quatro previsões de um físico ingles.
Stephen Hawking acredita que os esforços para criar máquinas que pensem sozinhas são uma ameaça à nossa existência.
“Uma grande guerra mundial significaria o fim da civilização e talvez o fim da raça humana”, disse Hawking.
Por um acidente ou algo planejado, criemos um vírus que possa nos destruir”, disse o cientista.
“Secas e devastação de florestas, derretimento das calotas polares vai reduzir a quantidade de energia solar refletida de volta para o espaço, ano a ano se degradando, chuva ácida…… “A raça humana não pode sobreviver nestas condições”.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Nilo, acho que você tem que se decidir, antes você disse que acreditava em Deus e agora me vem com teorias de Stephen Hawking? Bem, eu não gosto de falar de Deus ou religião, mas não, o mundo não vai acabar com uma guerra nuclear.

Nilo
Nilo
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

O fato de acreditar em Deus não me faz um fundamentalista que nega a ciência de Darwin.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Não acaba..mas volta as casas do tabuleiro em 800 anos…

André Bueno
André Bueno
Reply to  Carvalho2008
3 meses atrás

Como não sabemos mais jogar o jogo de 800 anos atrás, a chance de sobrevivência é ínfima.

Nilo
Nilo
Reply to  India-Mike
3 meses atrás

Não da para eliminar a opção de uma terceira guerra comparando-se e tendo como baliza os conflitos anteriores como Coreia do Sul ou outros, tudo depende de fatores novos como, qual o nível de entendimento e capacidade de negociação entre os lideres atuais das duas potencias nucleares envolvidas, quando vc tem uma das partes que de forma contumaz trata o outro de ditador assassino públicamente, além de ações que formente a pespecitva da dissolução do outro enquanto Nação, a possibilidade de uma guerra nuclear é bem real.

India-Mike
India-Mike
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Evidente que este conflito pode escalar pra uma guerra mundial, mas eu acredito que ainda estamos distantes disso. Existe muita retórica nas falas de Biden e Putin, mas sabe-se que por debaixo dos panos existe uma comunicação e ‘respeito’ entre as partes justamente com o objetivo de evitar esse confronto direto. E finalmente, mesmo que exista uma guerra Otan-Russia, não acho que esse seria um conflito nuclear, pelo menos não no primeiro momento. Um possível ataque russo a bases na Polônia que fornecem armamentos à Ucrânia certamente não seria nuclear, assim como tb não seria nuclear a resposta da OTAN.… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  India-Mike
3 meses atrás

“…….Evidente que este conflito pode escalar pra uma guerra mundial….”😎

Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Foi dito por vc  India-Mike

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Reagan chamava a URSS de Império do Mal e os Afegãos de Freedom Fighters na década de 80. O que Biden está fazendo não é diferente disso.

Nilo
Nilo
Reply to  Bruno Vinícius
3 meses atrás

Joe Biden esta bem abaixo no nível do Reagan, tanto moral como capacidade de compreensão dos russos.
Direto do Bunker Vietcong:: comediante Zelensky já fala em terceira guerra mundial.
https://www.youtube.com/watch?v=AE9EwuplMQI

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Não consigo levar esse senhor a sério. Se as análises dele estivessem corretas, Kiev já teria sido tomada e a Ucrânia se rendido há pelo menos 10 dias.

Last edited 3 meses atrás by Bruno Vinícius
Nilo
Nilo
Reply to  Bruno Vinícius
3 meses atrás

Cuidado com o que diz, ” Não consigo levar esse senhor a sério”. Não precisa me responde, mais vai a pergunta, o não levar a séria é por deficiência dele ou sua?.

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Nilo
3 meses atrás

Quando alguém que supostamente é bem versado no assunto concorda com a afirmação de que uma cidade do tamanho de Kiev vai “cair nas próximas 72 horas” eu começo a questionar se de fato essa pessoa está fazendo análises racionais ou se está se deixando cegar por ideologia e torcida.

Last edited 3 meses atrás by Bruno Vinícius
Luiz Trindade
Luiz Trindade
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

Mauricio, a Terceira Guerra Mundial é com armas nucleares de diversas nações e não somente dos EUA e Rússia! Dae o nome de Terceira Guerra Mundial. Rezemos que não chegue à isso!

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
Reply to  Maurício.
3 meses atrás

“Mas ele é um ditador”. Você estava até indo bem mas quando falou essa bobagem…..!

Fanta
Fanta
3 meses atrás

Interessante, acho que não chega a tanto. A questão maior é vai ou não anexar o território da Ucrânia? Se sim (e creio nisso), a Rússia passará a ter fronteira com 6 países da OTAN (hoje são 3). Nessa posição, a Rússia irá pressionar mais retirada das armas atômicas americanas (entre outras) de perto de sua fronteira? Existem precedentes históricos…

Boitatá
Boitatá
Reply to  Fanta
3 meses atrás

Hoje já possui fronteira seca com 5 países (Noruega, Letônia, Estônia, Lituânia e Polônia). Se for contar marítima, pode acrescentar Turquia, EUA, Romênia e Bulgária.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  Boitatá
3 meses atrás

eu jurava que o Canadá era nessa lista. Mas não.

Last edited 3 meses atrás by Thiago A.
Fanta
Fanta
Reply to  Boitatá
3 meses atrás

Você tem razão, me expressei mal, considerando somente fronteira seca com países da Europa e tirando Kaliningrado (que tem sua importância) teremos a Noruega, membro antigo da OTAN, com uma fronteira pequena que não incomoda a Rússia, acredito que seja assim por conta do terreno e desde que a Finlândia e Suécia continuem fora da OTAN. Temos a Polônia, que faz fronteira com Belarus, aliado ativo da Rússia, sendo fácil de entender porquê a Polônia faz de tudo para se alinhar com o Ocidente/OTAN. Preocupante é a situação das 3 repúblicas bálticas (embora a Lituânia não faça fronteira com a… Read more »

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
Reply to  Fanta
3 meses atrás

O custo para a Rússia de uma ocupação prolongada da Ucrânia é inimaginável, mesmo que queiram fazer isso, não têm a capacidade militar, política e econômica necessárias.

Last edited 3 meses atrás by Bruno Vinícius
Marcos10
Marcos10
Reply to  Bruno Vinícius
3 meses atrás

Tem analista falando que, e é difícil mensurar isso, se a guerra durar até junho, a Rússia quebra.
Os custos da guerra em si, mais os embargos, tem sido altíssimos.

pedro
pedro
3 meses atrás

Se for pensar assim, essa “guerra” iniciou em 2014 com a golpe de estado, patrocinado pelo ocidente, do governo Ucraniano eleito democraticamente por outro. Ali que iniciou-se a transferencia de bilhões para esse governo ilegítimo, bem como as ações militares contra uma parte significativa de seu país e povo. Agora, o que realmente 24/02/2022 vai significar é como o fim da “Pax Americana” isso sim! Ao ver a Russia agir contra os interesses dos EUA e Europa diretamente, sem esses serem capazes de fazer mais do que latir, sansões e enviar armas e $ a Ucrania, mostrou ao mundo o… Read more »

Ocidental Frustrado
Ocidental Frustrado
Reply to  pedro
3 meses atrás

“pouco caso ou fiasco total da ida do PM Britânico ao Oriente Medio visando apoio e aumento da produção de petroleo” O Blinken queria estar junto ao PM britânico, mas levou um sonoro “Não” na sua tentativa de ir ao encontro dos líderes árabes com o britânico. O mesmo Blinken ficou possesso quando Assad visitou EAU, ainda mais quando o sheik príncipe de Abu Dhabi declarou que todas as forças estrangeiras teriam que se retirar da Síria, leia-se EUA/UK em Al Tanf e outros locais, incluindo Turquia que tem dezenas de bases no norte do país. O mesmo sheik de… Read more »

Nilo
Nilo
Reply to  Ocidental Frustrado
3 meses atrás

….correto: fomentar

Nilo
Nilo
Reply to  pedro
3 meses atrás

Correto, Paulo, o conflito se inicia em 2014, revolta de Maidan, com os ultra direitas ou neonazista financiados pelos EUA, o conflito se mostrando factual do seu inicio quando Zelensky coloca a entrada na OTAN como uma possivilidade estabelecida, sem retroagir a decisão por meio de negocciação com a Russia, sem considerar a violência praticada pelos grupos nazista, que tem apoio financeiro da Ucrânia, aos ucranianos de ascendencia russa ou simpaticos a causa russa, assim como perseguições a nível cultura como proibição do ensino da língua russa e censura a expressões culturais de origem russa. Afora que nos últimos anos… Read more »

Marcos10
Marcos10
Reply to  pedro
3 meses atrás

Chora!!!

Slow
Slow
3 meses atrás

Só hoje em uma mídia ocidental eu já vi falando que a Rússia está sem estoque de munição , comida e mísseis de precisão kkkkkkkkkkk

Logo logo Zelensky assume a Rússia …

Hcosta
Hcosta
Reply to  Slow
3 meses atrás

Ter e ter onde é preciso são duas coisas diferente. A isso chama-se logística.

Nick
Nick
3 meses atrás

Entendo esse conflito dessa forma também. Mas tudo passa por Putin. Ele aceitaria uma vitória parcial? Ou vai querer depor Zelensk? A princípio o objetivo do Putin era depor Zelenski e colocar um governo fantoche. Mas isso está sendo mais difícil do que ele pensava. E em parte se deve ao apoio logístico/militar da OTAN. E por outro lado as sanções econômicas podem colocar a Russia em situação tão ruim em termos econômicos e sociais (desemprego, inflação descontrolada), que Putin pode pensar que a única saída para ele seria escalar o conflito para desviar a atenção do povo russo. Normalmente… Read more »

Nemo
Nemo
Reply to  Nick
3 meses atrás

Das propostas russas três parecem ser as críticas: 1) reconhecimento da posse da Crimeia, 2) reconhecimento das repúblicas da região de Dombass e 3) desistência de filiação à OTAN. Quanto a entrada na UE fica a dúvida.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Nick
3 meses atrás

Como a invasão não está correndo conforme o planejado, “parece” que Putin está mudando seus objetivos, de domínio total da Ucrânia para conquista do leste Ucraniano (Donbass, etc). Ou assim espera-se. A entrada da Bielorrussia no conflito certamente seria uma escalada temerária, principalmente pela proximidade com a Polônia. Essa não deve ser menosprezada, pois, além de ser da OTAN, está muito melhor armada e treinada que a Ucrânia. E veja o estrago que um pouco de treinamento ocidental (8anos) e alguns javelin/stingers fazem. Não acredito que Putin tenha essa audácia, pois já tem problemas demais com a Ucrânia limpando o… Read more »

Last edited 3 meses atrás by Satyricon
Nelson Junior
Nelson Junior
3 meses atrás

Durante todas as batalhas de Israel contra os Árabes, os soviéticos mandavam material militar aos montes para os Árabes, assim como no Vietnam e na guerra da Coréia, e não houve a terceira guerra… Então, não vejo porque seria diferente agora…
A não ser que haja um erro de cálculo muito errático e que não vejo que o Putin cometerá, pois apesar de sair muito mais caro, acho que Putin já está a conseguir o principal objetivo, anexar a Criméia, Donetski e Luhanski

Henrique
Henrique
Reply to  Nelson Junior
3 meses atrás

Nos casos que citou foram guerras por procuração e não nas portas da própria Rússia ou EUA.
E uma coisa é interessante, os russo sempre forneceram armamentos para os inimigos de Israel mas estes nunca conseguiram sobrepujar aquele país… porque será?
Porque as armas ocidentais são melhores ou porque fazer um jogo duplo com Israel sempre foi um padrão dos russos?
Vide na Síria quando Israel ataca bases avançadas do Iran os sistemas antiaéreos são desligados….
O xadrez geopolítico é mais complexo e profundo do que imaginamos….

Heinz Guderian
Heinz Guderian
Reply to  Nelson Junior
3 meses atrás

Mas isso ele já tinha conseguido. Creio que a questão passa pela Ucrânia reconhecer isso.

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Heinz Guderian
3 meses atrás

Exato… Quis dizer isso, a Ucrânia e o mundo reconhecer isso eu diria

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Nelson Junior
3 meses atrás

Entre os objetivos está “desnazificar” (o que é qualquer coisa que você queira fazer) e desmilitarizar a Ucrânia.

India-Mike
India-Mike
Reply to  EduardoSP
3 meses atrás

Exato, mas esses são suficientemente ambíguos para que Putin possa clamar vitória com qq coisa. A queda de Mariopol (se um dia cair) ele pode chamar de desnazificação. E a destruição dos ‘laboratórios biológicos’ + a não entrada da Ucrânia na otan ele pode chamar de desmilitarização por exemplo…

Nilo
Nilo
Reply to  India-Mike
3 meses atrás

(se um dia cair)? NYT já está dando com vitória a entrada dos russo em Mariupol. Se não Já, comece a contar as horas.
Dois últimos jornalista da Agencia AP foram tirados corrento pelos soldado do batallhão de Azov da cidade, já não conseguem dar proteção.

Last edited 3 meses atrás by Nilo
Adriano Madureira
Adriano Madureira
3 meses atrás

EUA envia tropas para a fronteira da polônia com Belarus… Corpo diplomático russo começa a queimar documentos secretos na embaixada russa( imagem ilustrativa) em Varsóvia,semelhante ao que ocorreu em Kiev. Rússia ameaça atacar cidades polonesas caso Varsóvia continue a ser o fornecedor/facilitador de armamentos para Kiev. Porta-voz do Kremlin (sede do governo da Rússia), Dmitry Peskov afirmou que a Rússia usaria armas nucleares somente se identificar que há “ameaça existencial” ao país. “Pretextos para uso de armas nucleares são públicos. Se houver ameaça existencial a nosso país, elas podem ser usadas”, disse, durante entrevista à CNN nesta terça-feira. Em entrevista à rede… Read more »

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
3 meses atrás

100 segundos para a meia-noite.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
3 meses atrás

Vai dar tempo de publicar alguma coisa?

Renato de Mello Machado
Renato de Mello Machado
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

Tomara Nilton.Tomara!

Nemo
Nemo
Reply to  Nilton L Junior
3 meses atrás

Para nós aqui na periferia dará muito tempo, uma vez que não deveremos ser atingidos pelo impacto direto e as ondas subsequentes. Nós seremos vítimas do inverno nuclear, das consequências da propagação da radiação, das guerras entre grupos pelo controle de alimento e abrigo etc.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Nemo
3 meses atrás

Bah velho depois desse seu comentário não sei se fico otimista ou pessimista …

Thom
Thom
3 meses atrás

Putin e todo país que tem armas nucleares sabem, que se lançarem uma ogiva sobre o inimigo. O inimigo lançara contra ele, ou seja, ele está matando seu próprio povo. Acho e espero que a OTAN não se envolva. Rússia vai ser um “ursinho” depois dessa guerra, seja ela sua vitória ou perda. Terá que remar para conseguir acordos. Sempre com o olhar atento da Europa. Mas me lembro que a França já está abaixando as “orelhas”. Resumindo: Que a Europa se vire. Só espero que armas de destruição em massa, não seja utilizada. Forte deveria fazer umas matérias sobre… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Thom
3 meses atrás

Isso depende de até ande os EUA/NATO querer testa os limites dos Russos.

Saldanha da Gama
Saldanha da Gama
3 meses atrás

Se houver 3a guerra, será que haverá historiadores? Acho que serão historiadores baratas ou escorpião, depois da evolução

Last edited 3 meses atrás by Saldanha da Gama
Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

A proxima civilizacao seguindo a linha evolucionaria: O Planeta dos Macacos.

Last edited 3 meses atrás by Tadeu Mendes
Hcosta
Hcosta
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Tivemos o caso da 2gm que não foram usadas armas químicas, exceto pelos Japoneses e parece que numa escala reduzida e os Alemães sobre os Judeus e outros.
Talvez seja uma 3GM mas apenas convencional.
E para ser um GM é preciso outros países entrarem. A China, Índia, Irão, as Coreias, Japão, etc… vão querer expandir o conflito?

Boitatá
Boitatá
Reply to  Saldanha da Gama
3 meses atrás

Haverá sim. Não será exatamente o fim do mundo. Será mais um retorno ao século XVIII ou XIX. Uma drástica redução populacional e principalmente ruína econômica e destruição/perda de tecnologia/conhecimento. Não vejo porque alguém gastaria uma de suas bombas nucleares no interior do Peru ou do Piauí. O mundo será extremamente impactado, mas continuará. Inclusive, se ninguém avisar, a Ilha de Páscoa nem fica sabendo…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Boitatá
3 meses atrás

O inverno nuclear…

Nelson Junior
Nelson Junior
Reply to  Boitatá
3 meses atrás

O ser humano é especialista em sobreviver

Tadeu Mendes
Tadeu Mendes
3 meses atrás

Eu havia comentado aqui as umas duas semanas atras de que a Terceira Guerra havia comecado. Muito provavelmente um incidente vai causar um escalada belica com a entrada da OTAN no conflito.

Esta ficando impossivel para a Russia sair dessa armadilha, que o Putin criou. Ja foi anunciado hoje (aqui nos EUA), de que mais tropas serao enviadas para a Europa.

Charle
Reply to  Tadeu Mendes
3 meses atrás

“Está ficando impossível para a Rússia sair dessa armadilha que o Putin criou”

Criou não, criaram para ele cair. E ele caiu.

Agnelo
Agnelo
3 meses atrás

Será? Será q chegará em uma grande guerra? Deus queira q não…. Dependendo de como uma guerra é analisada, se como um fenômeno político-econômico-social, por exemplo, a própria guerra contra o terror pode ser a 3ª guerra. Basta ver a quantidade de países, q por meio de seus cidadãos, se envolveram nessa guerra. OTAN e seus aliados, mundo árabe praticamente todo, paises da tríplice fronteira sul do Brasil, da América do Sul, a própria Rússia, Índia e por aí vai. Fato é q o terrorismo afetou a relação entre as nações, entre os povos e consumiu muito muito muito recursos… Read more »

Caio
Caio
3 meses atrás

E sobre estes fatos do momento atual; eu me recordo do meu velho livro de geografia do antigo segundo grau, em uma escola pública, (coisas tão criticadas pelo cabeças OCAS de hoje) que no ano de 1996, dizia assim:
” com o colapso da URSS, para a Rússia só restaram as armas nucleares e por isso, ele ficou muito mais perigosa”.

Guilherme Lins
Guilherme Lins
3 meses atrás

é claro que não dá para descartar 100% a chance da terceira guerra, mas vamos la: será que a nata do exército russo e dos políticos russos (um dos países mais complexos do mundo) apoiaria o “aperto do botão” por causa de uma invasão a Polônia, ou qualquer outro país? e a nata do exército americano e dos políticos americanos tambem apoiaria um presidente nesta decisão? o que vale a pena o suficiente para que se inicie uma guerra nuclear? que propósito pode valer a destruição do seu país? na minha visão, a única justificativa seria um revide, mas para… Read more »

Alex Barreto Cypriano
Alex Barreto Cypriano
3 meses atrás

A quantidade de comparações da situação presente com a do passado a meia distância é notável, todo mundo tem a sua, até Mike Pence que imaginou suprir a Ucrânia por ar como se fez durante o bloqueio de Stalin a Berlin – uma idéia bastante fora de lugar, convenhamos. Uma coisa é certa, todo mundo está esperando o pior, nem que seja apenas como expressão da ideologia suicidária mundial atual, aquele manjado pristino espírito porcino. Um grande erro russo foi não ter isolado a fronteira terrestre com a Polônia (e talvez igualmente com a Eslováquia, Hungria, Romênia e Moldávia) enquanto… Read more »

seuzénétiuôrqui
seuzénétiuôrqui
3 meses atrás

Vestido de Popandopulo”: militantes fogem de Mariupol com roupas femininas (VÍDEO) 23/03/2022 – 08:08 “Vestidos de Popandopulo”: militantes fogem de Mariupol com roupas femininas (VÍDEO) | primavera russa Um militar do Exército DPR contou como militantes ucranianos estão tentando escapar de Mariupol, misturando-se com civis e se passando por mulheres. “Em primeiro lugar, eles estão se escondendo atrás de civis e, em segundo lugar, sob o disfarce de civis, estão tentando vir para o nosso lado para se dissolver e sair. Mas nossos combatentes os pegam, os interrogam e os enviam às autoridades certas ”, diz um militar do Exército… Read more »

svadba_v_malinovke.jpg
Agnelo
Agnelo
Reply to  seuzénétiuôrqui
3 meses atrás

Ixxxx pegaram o macete com Brizola…..

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
3 meses atrás

Infelizmente eu tb tenho esta mesma visão.

André Bueno
André Bueno
3 meses atrás

Sobre uma guerra nuclear entre EUA/Europa e Rússia: há alguma lógica em supor que esses países ou algum deles direcione mísseis para outros países; que não os já citados; sob a lógica de não serem os únicos destruídos?

Renato B.
3 meses atrás

Admito que uma terceira guerra mundial se tornou um pouco mais provavel, mas também não acredito que seja mais que isso.

O problema não é nem o conflito em si, mas a quebra das cadeias comerciais que interligam os países. Sanções fortes são necessárias para demover a Rússia da invasão. Porém são essas grandes cadeias comerciais que evitam guerras, um conflito mundial ruim é para os negócios.

Quanto mais cedo o comércio global voltar ao normal mais improvável volta a ser uma guerra mundial. O famoso “é a economia, estúpido”.

Last edited 3 meses atrás by Renato B.
Taso
Taso
3 meses atrás

Mal tá aguentando atacar a Ucrânia, agora vão falar que a Rússia vai atacar a Polônia, acho exagero. Pode até ser, nunca se pode desprezar a possibilidade, mas não há probabilidade, ao meu ver. Mas achei que essa “operação especial”/invasão pararia nas regiões separatistas, mas no outro dia já estavam às portas de Kiev e tomando territórios.

Fernando
Fernando
3 meses atrás

Dirão se ainda existirem.

Adriano madureira
Adriano madureira
3 meses atrás

Sobrariam historiadores vivos para registrar o fato nós anais da história mundial 🤔❓

Haylton
Haylton
3 meses atrás

Guerra, guerra ,guerra já não basta cada ser humano ter sua própria guerra interior a Deus tende piedade de nós pobres e pecadores seres humanos..

Últimas Notícias

Svatovo, primeiro alvo do HIMARS?

A mídia ucraniana tem divulgado vídeos e imagens de uma suposta explosão nas proximidades da cidade ucraniana de Svatovo,...
- Advertisement -
- Advertisement -