sábado, junho 25, 2022

Saab RBS 70NG

Veículos russos usando pneus soviéticos?

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Os russos estariam empregando pneumáticos da época da União Soviética em seus veículos de combate que estão operando na Ucrânia, segundo informações disponíveis na internet (reprodução abaixo). A URSS foi extinta em 1991, por tanto, mais de 30 anos atrás. Dificilmente um pneu manteria suas qualidades por tanto tempo. Ainda mais no exigente terreno ucraniano do degelo da primavera.

Em uma das fotos aparecem os pneus empregados por um veículo de lançamento de foguetes BM-21 Grad em condições deploráveis (imagem acima). Indicativos de borracha ressecada, trincas e sulcos são evidentes.

O que chamou mais atenção foi o “made in USSR” grafado no pneu. A grafia em alfabeto romano indica possivelmente que se tratava de um componente para exportação (Índia por exemplo) e se encontrava nos estoques.

Existe a possibilidade de que a fábrica tenha produzido o pneumático após a queda do regime soviético e não tenha modificado a logomarca no processo de vulcanização. De qualquer forma os pneus estão em péssimo estado e, ou são muito antigos, ou possuem baixa qualidade (ou ambos).

A qualidade do material rodante da Rússia tem inviabilizado ou prejudicado os avanços do Exército Russo no campo de batalha. O boicote econômico enfrentado pelo país também dificulta a aquisição de material no exterior. O jornais como o londrino Daily Mail e o The Week informaram que a Rússia teria comprado pneus chineses de baixa qualidade por uma fração do preço dos pneus originais. Esses pneus chineses seriam cópias dos originais produzidos pela Michelin.

No mês de março fotos de um sistema de defesa antiaérea Pantsir russo atolado na lama e com pneus murchos circularam o mundo. Os pneus tinham aparência de novos, mas eram de baixa qualidade.

- Advertisement -

79 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
79 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Sempre foram forças armadas numerosas, mas de baixo orçamento, tudo lá é espartano, sem luxos. Certamente utilizam os equipamentos até a medula, repõe só o que não tem mais condições…

PACRF
PACRF
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

A Rússia continua ser um país “emergente”, cujas principais atividades econômicas são a exportação de commodities e o extrativismo. Produtos de alto valor agregado produzidos na Rússia se restringem aos equipamentos bélicos, que são consumidos por poucos países, se compararmos com o consumo no mundo de equipamentos bélicos ocidentais. A Rússia só possui protagonismo no mundo por causa de suas ogivas nucleares. Aliás, esse é o único trunfo que o Putin tem para fazer ameaças, que é o que ele tem feito desde o início da invasão.

Americano
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Disse tudo

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Correto a venda de equipamento militares tem como principal mercado o continente Africano pelos laços militares oriundo da extinta URSS, já o conflito atual tem como pano de fundo a disputa geoeconômica no mercado de gás e petróleo e a conflagração bélica com a Ucrânia é a resposta que o atlanticismo encontrou para enfraquecer a Rússia, Putim sabe disso e Biden também, pois uma Russia economicamente fraca em tese deveria permitir a manutenção da influência imperialista na Europa, o problema é que a economia da Russia esta inserida na cadeia global de comércio em menor participação, diferente da Chinesa, porém… Read more »

PACRF
PACRF
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

A Rússia está e continuará fraca economicamente, porque não desejou se integrar à UE e aos demais países ocidentais, ao contrário da China. Nunca é demais lembrar, que a China enriqueceu vendendo e comprando do ocidente, ou seja, depois de normalizar relações diplomáticas com os EUA e com o os países da UE. Os russos vivem permanentemente preocupados com teorias da conspiração, do tipo: o resto do mundo querem nos destruir. Deveriam pensar em se desenvolver e ganhar dinheiro, como a China fez.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Os fatos mostram o contrário, a Alemanha encabeçou a aproximação com a Rússia, tem homenagem do Putim sendo recebido e ovacionado no parlamento setembro de 2001 e ainda por cima ganhou elogios dos EUA pela apoio que daria a Aliança do Norte contra o Taliban, designou o Rogozin como adido da Russia na NATO para estreitar a cooperação, fez o acordo para nord stream 1, a Russia se mostrou aberta a integrar e se não fosse os americanos com certeza essa integração teria acontecido e ao perceberem que a entrada da Rússia na UE acabaria diminuindo a influência deles na… Read more »

Leonardo
Leonardo
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Não sou fã da Rússia, mas o que você falou são fatos históricos e está sendo negativado mesmo assim. A Rússia tentou se aproximar do ocidente depois da queda da URSS, isso é fato e pode ser encontrado facilmente no Google. Impressionante como existe uma disputa de torcidas de futebol aqui no Forte que dão opiniões sem nenhum embasamento, baseadas no puro chute. Deus queira que a maioria aqui não seja militar, porque do contrário estamos ainda piores como nação do que eu imaginava…

Leonardo
Leonardo
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Ela teve protagonismo na Síria sem apelar para a ameaça nuclear.

Roberto Bordoni
Roberto Bordoni
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Perfeito comentário. E se ele cair, poderá levar a uma guerra civil e até a fragmentação da Rússia em estados menores que o Brasil ou então transformar a Rússia num protetorado da China.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Meu palpite é que vai piorar, principalmente com os embargos. O dinheiro é direcionado para a oligarquia.

Mafix
Mafix
Reply to  Palpiteiro
1 mês atrás

Não viu a noticia do oligarca que desviou 600 milhões do projeto que era para construir estruturas militares no artico desviou e construiu uma ‘mansão’ na crimeia 😕 (esqueci do oligarca que controla o donbass que desvia todo dinheiro que vai para ‘ajudar’ a região ‘separatista’)

Americano
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Verdade

Leonardo
Leonardo
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Imagino que isso aconteça com qualquer país cuja economia seja normal, a exceção é justamente a hiperpotência endividada até o osso na sua própria moeda. Atípico é o caso dos EUA, nenhum outro país pode se dar ao luxo de se endividar daquele jeito para garantir equipamentos de ponta na quantidade que possuem.

Carlos
Carlos
1 mês atrás

Tem alguma indústria de pneu ocidental que ainda permanece na Rússia depois das sansões?
Parece muito amadorismo usar pneus tão velhos e/ou de péssima qualidade em sistemas tão caros, o dinheiro dos russos está acabando ou o acesso a produtos bons?

LUIZ
LUIZ
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Eles tem um programa de substituição de importações implantado desde 2014. Esses problemas da indústria russa devem está sendo resolvidos.

Luis
Luis
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Sim, o protótipo já está pronto:.

roda pedra.jpg
Flanker
Flanker
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Desde 2014 e, em 2022, e em uma guerra, utilizam pneus com mais de 30 anos de idade? E tu ainda acredita que os problemas devem estar sendo resolvidos? Bem, cada um se ilude da maneira que quiser…

Mafix
Mafix
Reply to  Carlos
1 mês atrás

Roubaram na compra de pneu novo , não foi erro foi corrupção …

Leonardo
Leonardo
Reply to  Mafix
1 mês atrás

Interessante. Suas fontes na polícia e no judiciário russos podem nos dar mais informações ou elas só revelam pra você?

Flanker
Flanker
Reply to  Leonardo
1 mês atrás

Se foi roubo ou desvio, eu não sei, mas que os pneus são velhos e uma bela porcaria, nem tu pode negar…

Wellington Jr
Wellington Jr
1 mês atrás

Uso de material em estoque, estão usando o que estava armazenado a décadas para mandar para a linha de frente. É um risco, já que quanto mais antigo mais chances de estragar. Os Russos buscam uma guerra de baixo custo para ter o menor impacto na sua economia e contas. Se não fosse isso já teriam triplicado suas forças em combate. Talvez esse esteja sendo o principal erro deles, não dispor de uma força que suprima os Ucranianos. Os Ucranianos agora vão receber equipamentos irrestritamente dos americanos, isso somado a mudança na doutrina militar será um grande esforço e mudança… Read more »

MFB
MFB
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Guerra de baixo custo? Você acredita mesmo no que escreveu?)

Seria guerra de baixo custo se o plano tivesse funcionado, mas foram expulsos da região de Kiev.

Deixa eu te contar uma coisa: Não é questão de usar material de depósito. A verdade é que o grosso do exército russo é equipado com sucata soviética. Só uma mínima parte possui equipamentos modernos.

Last edited 1 mês atrás by MFB
Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  MFB
1 mês atrás

Olha amigo, querendo ou não ainda é um baixo custo se comparar com a doutrina militar dos EUA por exemplo em invadir um país como a Ucrânia, primeiro que os EUA iriam mobilizar ao menos 1 milhão de soldados. Eles usariam e muito da aviação caça e desejaria bombas Constantemente até obter a supremacia aérea. Só para se ter ideia o Iraque em 2003 recebeu mais bombas em um dia que a Ucrania em todos esses dias somados. Isso porque os EUA para liquidar a fatura rápida apostam supressão por meio de sua qualidade de equipamentos e quantidade. Os russos… Read more »

Max
Max
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Nem perca seu tempo amigo. Comentarista aqui, acha que guerra só acontece com material novo, sem falhas, forças treinadas e experientes, melhor clima, escolhas certas baseadas em dados precisos, ninguém aqui sabe de erros, pois apenas os incompetentes erram. Guerra é igual Disney, só que o Mickey usa capacete e fuzil, e a Minnie é enfermeira.

Last edited 1 mês atrás by Max
rfeng
rfeng
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Suprimento constante wellinton acho que tem muito arsenal ja vazio.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  rfeng
1 mês atrás

a capacidade industrial belica dos fornecedores de armas para a Ucrânia é extremamente grande. O Brasil é um exportador de armas e munições para a OTAN, os EUA compram 66% de nossas exportações. Dizem que Biden planeja ma reunião de urgencia com o Bolsonaro para tratar assuntos de interesse de ambos os países. Creio que Biden busque do Brasil uma aliança, nesse momento americanos estão buscando aliados contra a Russia e China e o Brasil é um grande alvo estrategico de ambos os lado. Esta na hora do Brasil barganhar, se barganhar bem pode sair lucrando e muito com a… Read more »

Agnelo
Agnelo
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Por isso q a guerra de alta intensidade no Iraque acabou em 21 dias.
E se não fossem as cagadas do governo americano na condição da estabilização, está seria mais produtiva e mais rápida também.

Wellington jr
Wellington jr
Reply to  Agnelo
1 mês atrás

Exatamente, os EUA buscam acertar forte no começo para diminuir o efeito colateral. O custo será alto, mas será menor que um guerra longa.

Henrique
Henrique
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Exato Wellington, quero ver o país que iria agredir a Ucrânia usando a nata de seus blindados para serem defenestrados por ATMs. Se os russos tivessem planejado melhor, todos os misseis que lançaram até agora teriam lançado nos primeiros dias e ai sim, talvez a demonstração de “força bruta” tivesse surtido efeito aos ucranianos. O efeito “Georgia” não colou com os ucranianos. Os caras tem milhares de blindados e sim, a grande parte é remanescente da era soviética e são usados como “pé-de-boi” na linha de frente e se “pneus” estiverem íntegros, mesmo tendo duas décadas estocados, vão pra pista… Read more »

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  MFB
1 mês atrás

Eles devem está tática de gastar pouco justamente por não possuir uma economia sólida o suficiente para ter uma guerra nível EUA e agora estão pagando um preço caro pela arrogância.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Nenhum país no mundo tem condições de fazer uma guerra nível EUA. Mas se olhar bem, a economia americana não é tão sólida, nas últimas décadas ela tem se mantido de maneira bastante artificial e só não acontece uma tragédia econômica por ser totalmente integrada ao restante do mundo. Não é do interesse de ninguém um EUA em colapso. Mas essa situação um dia pode mudar.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Eu tenho um carro de baixo custo não pq é o que eu busco, é o que eu posso, a economia Russa é similar a do Brasil, mesmo (des)considerando o refugo soviético eles fazem um grande trabalho com tão pouco, não que isso seja suficiente para capturar em definitivo uma tripa de fronteira da Ucrânia claro.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Carlos Gallani
1 mês atrás

Isso é fato, tanto que externei isso no comentário acima, ele não possuem economia bpara uma guerra de custo alto contra a Ucrânia. Por isso estão levando paulada.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Wellington Jr
1 mês atrás

Guerra de baixo custo é a guerra que acaba rápido.
Simples assim.

Zabumba
Zabumba
1 mês atrás

Pois é …Canal virou impulsionador de notícias da OTAN e seus satélites …esse tipo de notícias vejo em jornais populares. É raro ver notícias do desenrolar das operações no front de batalha no canal .

MFB
MFB
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Quer dizer que escrever o que você não quer ler é virar impulsionador da OTAN? Você é patético, está prontinho para receber propaganda da Sputinik. A diferença é que lá você não pode comentar, foram bloqueados os comentários.

Zabumba
Zabumba
Reply to  MFB
1 mês atrás

Deixa de ser parcial camarada de cada 10 notícias do canal 9 tem notícias com conotação viezada que o conflito está desenrolando em favor da Ucrânia e OTAN, pé no chão nesse conflito tem os dois lado da moeda .

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Então mande a notícia quando a Russia conseguir conquistar Kiev, que fica a 100km da fronteira…..

Pq tá difícil o negócio heim!

Zabumba
Zabumba
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Qual o tamanho da área conquistada em km2 ? Chapéu de alumínio, quanta bobagem deixa de ser precoce a batalha ganha no front !

Andre
Andre
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Podemos ver quem ganhou, no front, as batalhas de Kiev e Sumy.

Pegue seu chapéu de alumínio e chore pensando no fiasco russo

Flanker
Flanker
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Coloca aí para nós, qual o tamanho do território ocupado pelos russos, em km2, do território total de 603.000 km2 da Ucrânia?

RPiletti
RPiletti
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

“Camarada”, posta aí a tua carteirinha do partido…

Boitatá
Boitatá
Reply to  MFB
1 mês atrás

Isso, pra facilitar o processo de lavagem cerebral, é muito importante que você só receba as informações produzidas por um lado.

Thiago
Thiago
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

CNN, Washigton Post, Newsweek, NY Times, BBC e agora Daily Mail e The Week.
Notícias dessas fontes não vão ajudar a Ucrânia.

Flanker
Flanker
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Nem as do sputnik, TASS, RIA- Novosti, etc, vão ajudar a rússia. Xings, tenha hombridade e para de usar um monte de nicks…tu é homem ou um covarde?

José Marinho
José Marinho
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

A OTAN estava moribunda, mais alguns anos e ela desaparecia do mapa. Putin sabia disso, mas, se a OTAN desaparecesse ele não teria como justificar mais os impostos desviados do povo para os olgarcas e companhia. Por isso é que decidiu Atacar a Ucrania, so que pensava que ia la passear, mas não foi o unico toda a Europa ou quase toda assim pensava. Saiu o tiro pela culatra.
Mas, ganhou uma coisa, manter a OTAN viva para ele poder continuar a sacar dinheiro ao povo.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Chora putinete!

pangloss
pangloss
Reply to  Zabumba
1 mês atrás

Acho que é muito simples para o enorme aparato de propaganda russa desmentir esta matéria.
Basta mostrar os pneus de seus equipamentos.
Eles estão em bom estado, não?
Ou isso é segredo de Estado?

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 mês atrás

Os pneus se ficam sem rodar e só girando eles pra não ficarem com aquela barriga plana até aguentam.

O problema é quando vc começa a rodar com eles, começa a se esfarelar.

Ou seja, para exposição não há problema algum. Para usar numa guerra já não serve.

Mas rapaz….

é muito amadorismo do segundo maior exército do mundo heim aeioheoihaeioheaioae

Thiago
Thiago
1 mês atrás

As notícias que estão chegando de Donbass estão mostrando uma situação desesperadora para a Ucrânia.
Cerca de 8 a 10 mil soldados estão sendo cercados em Lisichiansk.
Em Izyum, para a evitar o avanço russo, os ucranianos colocaram fogo na floresta.
Faltam pouquíssimos quilômetros para que o primeiro cerco seja fechado em Severodonetsk/Lisichiansk.
E o segundo, dos russos que descem de Izyum na direção de Kramatorsk, começa a se fechar também.
Se os ucranianos não fugirem, terão terão dezenas de milhares de soldados perdidos.

Vitor
Vitor
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Vai ser a vergonha para OTAN esse cerco hen…com toda a arrogância, imagina os colonizados “intelecto” doutores do canal.

Flanker
Flanker
Reply to  Vitor
1 mês atrás

Eu gosto de ver o malabarismo que vcs fazem….kkkk

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Tem mais de 2 meses, que vocês escrevem isto.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Demoraram dois meses para conseguirem controle de Mariupol e semana passada eles conseguiram bombardear um prédio lotado de soldados chechenos.

Esse cerco vai ser rápido, confia!

O custo ucraniano vai ser enorme, eles estão dispostos a isso, tomaram a casa deles, poucos tem algo para perderem, agora a população russa não tem muito a ganhar não viu !

O sangre das vítimas está nas mãos de quem apoia o imperialismo das grandes potencias, seja ela qual for !

Flanker
Flanker
Reply to  Thiago
1 mês atrás

Xings, sai de trás desse monte de nicks…tenha vergonha na cara….hehehe

Rodes
Rodes
1 mês atrás

Pneu novo para que? Virou iate na Itália.

Andre
Andre
1 mês atrás

Não da para fazer pneu de titânio?

Os fatos estão mostrando que os equipamentos russos sempre foram bons de propaganda, e só.

Perderam todas as batalhas que enfrentaram equipamentos ocidentais depois da Coreia.

Rodes
Rodes
Reply to  Andre
1 mês atrás

Projeção de poder (que nao existe) e propaganda.

Especialistas russas desde sempre.

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Eu trabalho em uma oficina com meu pai, a gente vende pneu o dia todo todo dia. Meu pai trabalha com venda de pneus a 24 anos. inclusive curso na fabrica da Goodyear em São Paulo ele tem. quando vi essa matéria eu fiquei curioso e perguntei para ele a validade de pneus veiculares. Segundo ele a validade (tempo que leva para a borracha do pneu estragar em um estoque, parado e sem uso) de um pneu civil seja para veículos ou caminhão é de 5 anos pneus reforçados para maquina (ele atendeu as vendas de pneus para maquinas pesadas… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Seus bots, não critiquem a mãe Rússia..

Tudo lá é muito melhor que no Ocidente. Larguem a CNN e a Globonews e comecem a se informar por fontes isentas, com o Southfront..

Senão ja n tiver um comentário assim neste tópico, logo haverá

Last edited 1 mês atrás by Rodrigo Martins Ferreira
Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

As mesmas que chamam pr3s1dente de genocida e rachador agora vcs usam ela como referência ? 😂😂😂😂

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
1 mês atrás

Vocês que chamam segundo ela o PR de genocida, mas para a campanha na Ucrânia não acreditam..

É a boa fonte seletiva..

Jefferson
Jefferson
1 mês atrás

Tudo isso é culpa do site FORTE que divulga todo o material manipulado da otan. Na verdade o pneu esta perfeito, um pirelli maravilhoso. O resto é inveja dos britânicos.
Só sigo canais imparciais: terca livre, jovem pan, te atualizei, brasil247 e revistam forum.
🤣🤣🤣🤣🤣
Slava Ukraini

Gustavo
Gustavo
1 mês atrás

Nível do debate muito baixo, mesmo com exército Ucrânia foi massacrado , ocidente enviando dinheiro e armas da para perceber isso, guerra está sendo o terror para povo ucraniano já que exército Ucrânia está usando tática do Hamas se escondendo nas cidades e usando civis como escudo humano.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
1 mês atrás

Hahahahahahahahah

Thanks-Urban-Dictionary.jpg
Felipe
1 mês atrás

Não seria apenas o molde do pneu que ainda possui o símbolo soviético? Para saber se é novo ou não tem que verificar a data impressa no próprio pneu, não se tem ou não símbolo soviético em seu molde. Matéria incompleta e tendenciosa.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Se o PNEU está fissurado então ele é muito velho!

Fernando Laragnoit
Fernando Laragnoit
1 mês atrás

Gente, eles utilizam até hoje o MIG-31 Foxhound para missões de interceptação em alta velocidade (acima de Mach 2), um interceptador da era soviética!!!, porque não utilizariam pneus da mesma era para rodar em seus veículos de transporte?

Antunes 1980
Antunes 1980
1 mês atrás

Além de abandonados a própria sorte, os soldados russos não tem o mínimo de equipamentos para travar essa guerra. Coitados !

Paulo costa
Paulo costa
1 mês atrás

Pode ser falta de controle do estoque , que o pneu esteja vencido,mas a foto em especifico, os paralamas estão perfurados a projetil,provavel que os pneus estejam tambem perfurados,mesmo assim o pneu militar pode rodar bastante .Provavel que a viatura foi atingida em outros lugares e foi abandonada

André Luís
André Luís
1 mês atrás

E dá-lhe narrativa/propaganda! rs!

JOSE DE PADUA
1 mês atrás

kkkk o pneu ta otimo, tem travas de bom tamanho e nem ta com o arame aparente. Aqui na minha cidade esse pneu seria considerado zero

paulotd
paulotd
Reply to  JOSE DE PADUA
1 mês atrás

Pneu velho, e daí? Bondão botou nazi pra correr em Mariupol, importante é a disposição e o Ak-47 que atira até debaixo da água.

Eu conheço num pouco de munições, e a mais vendida é a tullammo, Russa, os modelos mais simples tem estojo de aço e muita fumaça devido a pólvora simplona, sem uns aditivos que as munições mais tops ocidentais usam. Mas funciona e falha muito pouco. E é muito barata.

Last edited 1 mês atrás by paulotd
Flanker
Flanker
Reply to  paulotd
1 mês atrás

O que a AK-47 tem a ver com uma joça de um pneu com mais de 30 anos? Que malabarismo retórico….kkkkkkkkk

sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

Não duvido seja mais um fake da imprensa ocidental. Que borracha dura 30 anos íntegra? O prazo de validade de um pneu é 4 anos, ele fica quebradiço e se desfaz. Nao duvido esses caras vulcanizaram esse URSS aí no pneu.

Last edited 1 mês atrás by sub urbano
sub urbano
sub urbano
1 mês atrás

“made in USSR” em inglês ainda kkk confia

Flanker
Flanker
Reply to  sub urbano
1 mês atrás

Inteligente, se é para exportação queria que fosse escrito em cirílico?

naval762
naval762
1 mês atrás

Quem tem a logística do exército russo ao seu lado não precisa de inimigos.

Flanker
Flanker
1 mês atrás

Esperneia mais um pouco porque está muito engraçado…hehehehe

Últimas Notícias

Svatovo, primeiro alvo do HIMARS?

A mídia ucraniana tem divulgado vídeos e imagens de uma suposta explosão nas proximidades da cidade ucraniana de Svatovo,...
- Advertisement -
- Advertisement -