quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Laser de alta energia de classe 50kW derrotou vários tiros de morteiro de 60mm e drones durante os testes

Destaques

Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Em uma recente avaliação operacional do Exército dos EUA em White Sands Missile Range, a arma a laser de alta energia da classe 50kW demonstrou capacidade repetível de contra-morteiro

LAS CRUCES, N.M., /PRNewswire/ — Em quatro semanas de exercícios contínuos de tiro real, uma equipe do setor liderada pela Raytheon Intelligence & Space, uma empresa da Raytheon Technologies (NYSE: RTX) e pela Kord, uma empresa subsidiária da KBR, derrotou vários tiros de morteiro de 60 mm com um laser de alta energia de classe 50kW integrado em um veículo de combate Stryker.

O sistema de armas de energia dirigida – parte da Directed Energy Maneuver-Short Range Air Defense do Exército dos EUA, ou DE M-SHORAD – adquiriu, rastreou, mirou e derrotou vários morteiros e realizou com sucesso vários testes simulando cenários do mundo real.

Continuando a testar o sistema DE M-SHORAD, a recente avaliação operacional no White Sands Missile Range também incluiu a derrota de vários drones pequenos, médios e grandes.

“Os soldados em campo enfrentam ameaças cada vez mais complexas, e nossos sensores, software e lasers comprovados em combate estão prontos para dar a eles um novo nível de proteção”, disse Annabel Flores, presidente de Sistemas de Guerra Eletrônica da Raytheon Intelligence & Space. “O Exército nos deu nosso desafio mais difícil até agora – combater foguetes, artilharia e morteiros – e demos um passo essencial no caminho para fornecer a defesa aérea manobrável e de curto alcance que os soldados precisam”.

O esforço DE M-SHORAD visa proteger os soldados contra várias ameaças aéreas, incluindo sistemas de aeronaves não tripuladas, aeronaves de asa rotativa, foguetes, artilharia e morteiros. A Kord serve como o principal integrador do sistema no veículo de combate Stryker, enquanto Raytheon Intelligence & Space fornece o módulo de arma laser de alta energia da classe 50kW, um sistema de aquisição de radar especializado, um sistema de controle de feixe e sensor de mira.

“Esta equipe mostrou mais uma vez que o sistema HEL está totalmente integrado e pronto para fornecer proteção contra ameaças complexas”, disse Byron Bright, presidente da KBR Government Solutions. “Com um carregador efetivamente infinito e custo por tiro quase zero, o HEL agora é a resposta comprovada para ameaças assimétricas como drones e morteiros.”

A equipe conjunta da indústria, que inclui a Rocky Research para gerenciamento de energia e térmica, General Dynamics Land Systems para a plataforma Stryker e Applied Technology Associates para sensores adicionais, está se preparando para entregar quatro unidades DE M-SHORAD às equipes de combate da Brigada do Exército em 2022.

Os sistemas de armas a laser de alta energia da RI&S, construídos em McKinney, Texas, funcionam em terra, no ar e no mar, fornecendo cobertura de 360 ​​graus que pode proteger bases, aeroportos, estádios e outros ativos militares ou civis de alto valor. Arquitetura aberta, potência escalável e design robusto se adaptam às demandas da missão. As armas HEL podem ser usadas como sistemas autônomos ou instaladas rapidamente em uma variedade de plataformas. Os principais fornecedores do sistema estão sediados em Huntsville, Alabama; Albuquerque, Novo México; Portland, Oregon; East Granby, Connecticut; e Los Angeles, Califórnia.

DIVULGAÇÃO: Raytheon

- Advertisement -

45 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
45 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco
Bosco
1 mês atrás

Basicamente a capacidade anti drone (C-UAS) se baseia nos seguintes sistema/conceitos:

  1. destruição cinética/captura
  • canhão
  • metralhadora
  • míssil
  • drone antidrone
  • rede

2.interferência eletrônica
3.interferência cibernética
4.destruição por arma de energia dirigida

  • Laser
  • PEM
Mafix
Mafix
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Eu ainda tenho uma duvida no uso desse tipo de armamento na questão energetica e arquecimento do armamento , sera que ja existe algo viavel ou estamos vendo armas primitivas ainda nessa area ?

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Mafix
1 mês atrás

pesquisas com armas a laser existe desde os anos 70, não é novidade, acredito que a evolução do hardware foi suficiente para não arquivarem os projetos….dica pesquise um pouco sobre o assunto eletrônica de potencia e vc terá sua resposta.

Bosco
Bosco
Reply to  Mafix
1 mês atrás

Mafix,
Eu creio que os problemas básicos já foram resolvidos e agora há uma corrida para aumentar a “potência”. Em menos de 5 anos haverá sistemas móveis na faixa de 500 kW que irão revolucionar o campo de batalha.

Zezão
Zezão
Reply to  Bosco
1 mês atrás

A dificuldade não é somente atingir a faixa de 500 Kw, o problema é que a medida que aumenta a potência, o laser tem o efeito de causar a quebra do plasma na atmosfera a medida que a densidades de energia chegar a um mega joule por centímetro cúbico. Esse efeito é chamado de “florescimento” e faz com que o laser desfoque e disperse a energia no ar circundante. A floração pode ser mais severa se houver neblina, fumaça, chuva, neve, poeira ou espuma no ar. O exército chinês tem investido no desenvolvimento de revestimentos especializados que podem desviar feixes disparados por lasers militares… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Zezão
1 mês atrás

Valeu Zezão! Interessante!

rodrigo
rodrigo
Reply to  Mafix
1 mês atrás

Na teoria precisa de bastante energia para um laser, deste por ser sistema elétrico tem menos dissipação termica.
Mas tenho pouco conhecimento…

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Bosco

A defesa antiaérea com canhão é muito restrito em ambientes urbanos, por exemplo aqueles CIWS terrestres geram muita bala perdida caindo sobre a tropa/população da cidade, o iron dome por exemplo já diminui um pouco esse risco, mas ainda sim em ambos é um pesadelo logístico com um gasto enorme de munição, é preciso combater com inteligência, laser parece ser muito mais adequado.
A diferença de quem não investe em ciência e tecnologia é tanta que podemos equiparar a confrontos entre soldados portando espada contra oponentes usando bacamartes….rs

Bosco
Bosco
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Rafa,
Vale salientar que o Centurion que utiliza o CIWS Phalanx tem uma munição especial, autodestrutiva, com espoleta de tempo. Se não atingir nada ela explode no ar reduzindo os danos em terra caso fosse utilizada a munição integral de tungstênio.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Na minha opinião a melhor arma para combater os drones são outros drones.
O drone antidrone citado por você.

Creio que muito em breve veremos aquela coisa meio ficção científica.
Nuvens de drones sendo combatidas por nuvens de drones antidrones.

Bem vindo a guerra de inteligência artificial.

Last edited 1 mês atrás by Oráculo
Hcosta
Hcosta
Reply to  Bosco
1 mês atrás

O maior desafio será a sua deteção.
E a melhor defesa contra um drone é não ser detetado pelos seus sensores. Dá para os dois lados…
A camuflagem ganhou novos propósitos…

Carlos Lins
Carlos Lins
1 mês atrás

Manda pra Ucrânia que ela está precisando.
E muito.
Quarta-feira foi o dia de maior intensidade de bombardeios russos.
Donbass está queimando.
Literalmente.

MASTRIT
MASTRIT
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Quero ver a hora que a Rússia começar a queimar

Slow
Slow
Reply to  MASTRIT
1 mês atrás

Já era pra estar queimando né ? Eles não estão perdendo ?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
1 mês atrás

Só da Rússia n ter fechado a fatura até agora já mostra que vencendo eles não estão..

É a mesma coisa do Brasil invadir a Bolívia e ficar preso mais de 90 dias tentando resolver uma questão que se supunha ser resolvida em menos de uma semana

Andre
Andre
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Manda para Kiev para ajudar a combater a coluna quilométrica russa. A não, pera…..essa já foi…

Hank Voight
Reply to  Carlos Lins
1 mês atrás

Nick novo Xings!?

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
1 mês atrás

No post passado zuaram a Rússia fazendo chacota e desdém de um equipamento a laser do mesmo ,agora a mesma turminha vai bater palmas e enaltecer esse como melhor do mundo ,longe de ter lado mas fazer chacota de algo tão complexo que requer décadas de estudo e dedicação puramente por lado ideológico só mostrar quem realmente é o povo brasileiro ,um povo atrasado quem mal sabe fazer uma conta de trigonometria fazendo zoação de algo tão incrível. Esse blog é magnífico mais quem comenta nele na sua grande maioria não dá nem pra citar um adjetivo negativo pra essa… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Gabriel ferraz
1 mês atrás

Você está se doendo à toa. A gente zoa o laser da Rússia enquanto os pró-mafioso Putin zoa com a vida dos ucranianos que estão sendo massacrados pelo ditador, mas isso não parece te incomodar. Realmente não dá pra adjetivar alguns participantes.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Vai pra o site da ONU rapaz…. Guerra é guerra…. Não desça pra @brincar” se não guenta! Esse papinho de “civis” não existe e nunca existiu… é só um argumento na guerra de narrativas para ganhar simpatizantes…. Vai ver o que os AngloSaxoes fizeram com Dresder Alemanha … Sumiu dos anais históricos a vaporização de milhares de alemães … Hiroshima , Nagasaki , Vietnã Coreia agente laranja … O discurso de “civis” é tão somente para ganhar simpatia … Ambos os lados matam sem dó.. Não aguenta guerra!?!? Não provoque e sempre esteja muito preparado para elas… principalmente se tiver… Read more »

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Nunca exsitiu por que não é a tua vida que foi destruída.

Slow
Slow
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
1 mês atrás

Vindo de um defensor do único país a lançar uma bomba nuclear contra população ..

Sem falar dos iraquianos, afegão e etc ..

Você não estava preocupada com a vida desses inocentes também ?

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
Reply to  Slow
1 mês atrás

Claro que sim…

O Japão foi atacado sem justificativa ?
O Afeganistão foi invadido pq ?

Condenável sob qualquer ponto de vista foi a invasão do Iraque e mesmo assim o mundo sem Saddam Hussein e família é certamente um lugar melhor.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

Esse papinho de “civis” não existe e nunca existiu”

sinceramente… é bom que você só fale isso na internet…

retardado desgra%&$*/

Francisco AMX
Francisco AMX
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

O que a Ucrania fez para a Rússia? fatos.
O que os Japoneses fizeram aos americanos na WWII?
O que ao Alemães fizeram ao mundo?
Não me admiro tu não perceber a diferença.

Guilherme S.
Guilherme S.
Reply to  Marcelo
1 mês atrás

https://funker530.com/video/nsfw-russian-bmp-2-lights-up-civilian-vehicle-kills-old-couple/ (NSFW / +18) https://www.nytimes.com/2022/05/19/world/europe/russia-bucha-ukraine-executions.html?smtyp=cur&smid=tw-nytimes https://www.cbsnews.com/news/ukraine-news-russia-war-children-sexual-violence-un-displaced-refugees/ “The European Parliament has accused Russia of using rape as weapon of war in Ukraine. MEPs described the use of sexual violence as “systemic” and “horrific”. They call for a special international tribunal to investigate and prosecute those responsible.” “A neighbour, Natasha, 44, was also raped in the same house at the same time by a second soldier who first shot dead her husband.” Marcelo, se mesmo depois de ver isso você continuar acreditando no argumento “Guerra é guerra…. Não desça pra @brincar” se não guenta!”, eu recomendo você procurar um psicólogo com certa… Read more »

Dude
Dude
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Sinceramente não acredito que tenha uma galera que seja Pró Putin, mas se tiver, são a minoria. Ninguém quer que nenhum país invada o outro, no entanto acho que os Pró Putin, na realidade, são contra os neonazistas e não querem a volta dessa ideologia maligna. Negar q não existe neonazismo é tolice. E outra, falando sem paixões, a Ucrânia desafiou uma grande potência militar e todo mundo sabe que na geopolítica, o direito dos países pequenos acaba quando entra nos interesses dos grandes. Foi assim com EUA (México, Cuba, Iraque), será assim com China-Taiwan e sempre será assim com… Read more »

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
Reply to  Bosco
1 mês atrás

Oque é que tem a haver uma coisa com a outra ,o assunto aqui é a relevância do equipamento no campo de batalha e não quem esta sendo massacrado ou não. Seguindo sua tese esse aí ocidental vai massacrar quem então? Os Ets em uma invasão ao planeta terra. Não estou falando do lado humano da coisa,estou falando do lado técnico, dos estudos que envolvem até se desenvolver uma arma dessa magnitude. Se for falar pelo lado humano, nem armas deveria ter pra começo de história.

Slow
Slow
Reply to  Bosco
1 mês atrás

E os que foram massacrados pelos democratas vc liga ?

fabio_bsb
fabio_bsb
Reply to  Bosco
1 mês atrás

O sujeito é presidente desde 2018 como fechou represa em 2014?

Mafix
Mafix
Reply to  fabio_bsb
1 mês atrás

Ele era o cimento que fechou a represa kkkkk

Hcosta
Hcosta
Reply to  fabio_bsb
1 mês atrás

E onde cortou o fornecimento de gás…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

De certeza que é boa ideia colocar esse link? Não acha que está a contrariar o que disse?

“Quando a Rússia invadiu a Crimeia…”

Tank
Tank
Reply to  Bosco
1 mês atrás

O Gabriel se manifestou sobre os comentários das duas tecnologias; daí vem um especialista em tecnologias militares e responde grosseira e ideologicamente, lamentável, não agregou absolutamente nada.

Luis
Luis
Reply to  Gabriel ferraz
1 mês atrás

Mas não tem nem comparação.

laser russo.jpg
Hcosta
Hcosta
Reply to  Luis
1 mês atrás

É ironia, certo?
Parece que estamos a comparar os computadores dos anos 70 com os IPhone…

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
Reply to  Luis
1 mês atrás

Isso aí é um TOS -1 ,é um lançador de foguetes ,tem nada ver com arma a laser russa meu amigo.

Mafix
Mafix
Reply to  Gabriel ferraz
1 mês atrás

É o foguete a laser nova invenção russa feito de geladeiras e maquinas de lavar …

Luis
Luis
Reply to  Gabriel ferraz
1 mês atrás

É mesmo?
Que tal pesquisar um pouco antes de falar besteira!

https://medium.com/war-is-boring/the-kremlin-hints-at-reviving-cold-war-laser-tanks-2fd04754e7c7

laser russo.jpeg
Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Luis
1 mês atrás

que trambolho

carvalho2008
carvalho2008
1 mês atrás

A vida nunca é facil….uma pergunta capciosa….o que seria um ataque de baixo nivel de drones….?

quanto menor, mais baixo voa….e numa cidade….como fazer a visada? alguns poderiam viar a 5 m de altitude…..

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

Vai ajudar em muito a infantaria mas não impedir de ser destruído.

A C
A C
1 mês atrás

Podemos observar que estamos vivendo em uma era de grande (r)evolucao nos sistemas de armas. Solucoes jah existentes que estao sendo ampliadas e implantadas em larga escala como a drones (aereos, terrestres, aquaticos e sub-aquaticos) e lasers. Tambem hah aplicacao de inteligencia artificial em larga escala e nao demorarah muito para vermos mais robotica no campo de batalha com reducao dos recursos humanos. As batalhas no espectro cibernetico estao aquecidas mas muitas vezes veladas da grande midia por razoes obvias.

EduardoSP
EduardoSP
1 mês atrás

Cada vez que vejo essas tecnologias sendo desenvolvidas e encontrando aplicações práticas entre os militares, olho para as forças armadas brasileiras e tenho a mesma sensação que tinha quando mexia nos armários da edícula nos fundos da casa da minha avó e encontrava coisas velhas, sem utilidade e cheirando a naftalina.

Ramiro Lopes Andrade
1 mês atrás

Li alguns anos, que durante a guerra das Falklands, os britânicos utilizaram lasers fornecidos pelos americanos ( na altura uma arma secreta do USA ), para cegar os pilotos de caças Argentinos, derrubando vários deles nos ataques aos navios ingleses. Considero esta evolução um caminho muito perigoso, pois muito mais breve do que se espera, as guerras serão um vale tudo sem limites, com inclusive combatentes robóticos, e armas de lasers para abater pilotos de caças a centenas de quilómetros ( a luz viaja próximo de 300 mil km / seg. ). Veremos como na Iº guerra mundial, soldados cegos,… Read more »

Últimas Notícias

Apresentação sobre Estudos Estratégicos – Prof. Dr. Vitelio Brustolin

O Prof. Dr. Vitelio Brustolin, Professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da...
- Advertisement -
- Advertisement -