quinta-feira, junho 30, 2022

Saab RBS 70NG

Kremlin: Convenção de Genebra não se aplica aos americanos capturados

Destaques

Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

O secretário de imprensa do Kremlin diz que as Convenções de Genebra não se aplicariam a dois americanos capturados na Ucrânia

O secretário de imprensa do Kremlin, Dmitry Peskov, disse na segunda-feira que as Convenções de Genebra – uma série de acordos sobre, entre outras coisas, padrões internacionais para o tratamento de pessoas capturadas durante a guerra – não se aplicariam aos dois americanos que se acredita terem sido capturados por russos ou pró-russos na Ucrânia nas últimas semanas. Os comentários de Peskov ocorrem dias depois que a mídia russa divulgou um vídeo que mostrava os dois homens, Alexander Drueke, de 39 anos, e Andy Huynh, de 27 anos.

Peskov disse a Keir Simmons, da NBC News, que considera os dois homens “soldados da fortuna” que não foram alistados no exército ucraniano – o que significa, disse ele, que a Rússia não acredita que eles estejam protegidos pelas Convenções de Genebra. Quando pressionado sobre se a Rússia tem certeza de que os dois homens não eram membros das forças armadas ucranianas, Peskov disse que o assunto será “investigado no devido tempo”.

Ele também alegou que os dois homens, como resultado de seu suposto status de mercenários, estavam envolvidos em “atividades ilegais”, incluindo atirar e bombardear membros das forças armadas russas.

“Eles devem ser responsabilizados pelos crimes que cometeram”, disse ele.

A preocupação começou a crescer sobre o paradeiro de Huynh, que serviu nos fuzileiros navais, e Drueke, um veterano da Guerra do Iraque, na semana passada. Soldados companheiros disseram ao jornal britânico The Telegraph que os dois estavam se voluntariando com uma unidade de combatentes estrangeiros no exército ucraniano quando desapareceram.

Os veteranos dos EUA Andy Tai Ngoc Huynh e Alexander Drueke deixaram suas casas no Alabama para servir com o exército da Ucrânia no campo de batalha. Eles teriam sido capturados pelas forças russas durante os combates no leste da Ucrânia em junho de 2022.

No início de junho, um marroquino e dois combatentes britânicos que haviam sido capturados foram condenados à morte por pelotão de fuzilamento por lutar ao lado de forças ucranianas. Os três homens foram julgados e condenados em um tribunal separatista apoiado pela Rússia em Donetsk, uma das duas principais regiões de Donbas, na Ucrânia.

Quando perguntado se poderia prometer que Huynh e Drueke não enfrentariam a mesma sentença, Peskov disse que “não pode garantir nada”. “Depende da investigação”, disse.

O Departamento de Estado dos EUA disse na semana passada que também está analisando relatos de um terceiro americano desaparecido na Ucrânia. Um amigo da família identificou a pessoa como o capitão dos Fuzileiros Navais (reserva) Grady Kurpasi, um veterano de 20 anos das forças armadas dos EUA.

Peskov em sua entrevista com Simmons também falou sobre Brittney Griner, a estrela americana da WNBA que foi presa na Rússia em fevereiro por supostamente carregar cartuchos de vape com óleo derivado de cannabis. O período de detenção pré-julgamento de Griner foi estendido várias vezes .

Quando Simmons disse que o governo dos EUA está agora se aproximando da detenção de Griner como uma situação de refém, Peskov disse que “discorria fortemente” dessa caracterização.

“Não podemos chamá-la de refém”, disse ele. “Por que devemos chamá-la de refém? Ela violou a lei russa e agora está sendo processada. Não se trata de ser refém.”

FONTE: CBS News

- Advertisement -

33 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco
Bosco
8 dias atrás

A convenção de Genebra não se aplica a nenhum russo capturado. Essa operação especial constitui crime e os combatentes russos não passam de mafiosos, não havendo nenhum respaldo internacional para a invasão.

Fabricio Lustosa
Reply to  Bosco
8 dias atrás

Isso! E pela lei do retorno/reciprocidade o q acontecer com os 600 russos capturados aconteça tb aos quase 6000 (seis mil) ucranianos capturados.

Gabriel ferraz
Gabriel ferraz
Reply to  Bosco
8 dias atrás

Procure se informar antes de achar que sua opinião pessoal irá se aplicar em alguma coisa meu amigo kkkkk nesse casos eram mercenários e estão a Deus dará na Rússia sem respaldo de defesa nenhuma. Guilhotina neles

Camargoer.
Reply to  Gabriel ferraz
8 dias atrás

Olá Gabriel. O fato de serem mercenários significa que devem ser julgados. Sobre a pena, imagino que seja preciso avaliar qual a legislação que se aplica. No caso de combatentes regulares, eles são libertados imediatamente após encerrado o conflito. No caso dos mercenários, eles cumprirão a pena que tiverem recebido em um julgamento.

Omg
Omg
Reply to  Camargoer.
7 dias atrás

Quem vai aplicar a pena contra eles? O território é ucraniano, eles só podem ser julgados pela Ucrânia.
A pretensão russa já morre legalmente aí.

Camargoer.
Reply to  Omg
7 dias atrás

Olá Omg. Não sei. Os mercenários estavam combatendo contra a Russia e em favor da Ucrânia. Acho que seria estranho a Ucrânia julga-los. Além disso, foram os russos que os capturaram. É um assunto bem interessante que demanda um conhecimento jurídico que não tenho.

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  Camargoer.
7 dias atrás

Convenção de Genebra – Adotada em pela Conferência Diplomática para a criação das Convenções Internacionais para a Proteção das Vítimas de Guerra, realizada em Genebra, Suíça, em 12 de agosto de 1949.

ARTIGO 47 – MERCENÁRIOS  1. Os mercenários não terão direito ao estatuto de combatente ou de prisioneiro de guerra.

Oliveira
Oliveira
Reply to  Bosco
8 dias atrás

Exatamente Bosco! E vou além, eles devem ser punidos com o mesmo rigor daqueles que praticaram crimes na “Operation Iraqi Freedom”.

O mundo não pode aceitar agressões a países com base em argumentos sabidamente mentirosos e com intenções criminosas.

Bosco
Bosco
Reply to  Oliveira
7 dias atrás

Não tiro uma vírgula.

Pinheiro
Pinheiro
Reply to  Bosco
7 dias atrás

A Rússia tem que botar quente na Otan!
A Otan se acha dona do mundo, inclusive da Amazônia!
A quatro meses só mentiras, a Ucrânia já perdeu mais de 200.000 soldados, e a Otan mentindo!
O gagá do Biden não consegue nem andar!
Uma vergonha a saída covarde dos EUA no Afeganistão!

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  Bosco
7 dias atrás

A Russa usa seu exercito regular, invadiu a Ucraína, são dois países em guerra como tantas outras que já ocorreram. Fazer comentário ideológico não acrescenta nada. Convenção de Genebra – Adotada em pela Conferência Diplomática para a criação das Convenções Internacionais para a Proteção das Vítimas de Guerra, realizada em Genebra, Suíça, em 12 de agosto de 1949. ARTIGO 47 – MERCENÁRIOS   1. Os mercenários não terão direito ao estatuto de combatente ou de prisioneiro de guerra. 2. Entende-se por mercenário toda pessoa: a) que tenha sido especialmente recrutada, no local ou no estrangeiro, a fim de combater em um… Read more »

Varg
Varg
8 dias atrás

Que me recorde, a Convenção de Genebra concede proteção a qualquer pessoa, militar, mercenário ou civil em tempos e áreas de conflito e não admite interpretações taxativas ou restritivas.

Nemo
Nemo
Reply to  Varg
8 dias atrás

Mercenários não estão protegidos pela Convenção de Genevra, apenas soldados regulares. Existe uma definição de mercenários na convenção.

Fabricio Lustosa
Reply to  Nemo
8 dias atrás

Grato pelo esclarecimento.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Nemo
8 dias atrás

Sim.
Tem q ver bem a situação deles, qual tropa constituíam, se estavam uniformizados etc, mas se não estão amparados pelo DICA, estão pelo Direito Humanitário.
Sds

Camargoer.
Reply to  Agnelo
8 dias atrás

Olá Agnelo. Você tem razão. Os combatentes tem a proteção da convenção de Genebra, ao mesmo tempo que todas as pessoas têm a proteção das declaração dos direitos humanos da ONU.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Camargoer.
7 dias atrás

Camargoer Em todos os cursos do EB, essa Sit de DICA e DIH é muito explorada. Saliento, q, no contexto da guerra assimétrica e híbrida, aliado ao “combate em três blocos”, operações Of/Def, pacificação e outros tipos de Op podem ocorrer simultaneamente em uma mesma região. Isso tudo pode ocorrer na ZC ou ZA do TO ou na ZI ou em suas ZD. Cada canto desse tem um amparo jurídico pras condutas em combate e para cada tipo de envolvido também. Onde estará ocorrendo o Estado de Defesa? Onde estará em Sítio? Onde estará a normalidade? cada canto com seu… Read more »

Varg
Varg
Reply to  Nemo
7 dias atrás

Grato pela correção Nemo, de toda forma o Direito Internacional geral veda que mercenários sejam tratados de forma a ignorar os Direitos Humanos.

Mas cumprir tratados internacionais não é bem a cara da grandes potências.

Camargoer.
Reply to  Varg
8 dias atrás

Olá Varg. Segundo a norma 108 “ mercenários, como definido no Protocolo Adicional I, não têm direito ao estatuto de combatente ou de prisioneiro de guerra. Não podem ser condenados ou sentenciados sem um julgamento prévio.” Segue também a definição de mercenário:  a) tenha sido especialmente recrutada, no local ou no estrangeiro, a fim de combater em um conflito armado; b) que, de fato, tome parte direta nas hostilidades; c) que tome parte nas hostilidades motivados essencialmente pelo desejo de obter um ganho pessoal, e de fato lhe tenha sido efetivamente feita a promessa, por uma Parte em conflito ou… Read more »

Nemo
Nemo
Reply to  Camargoer.
8 dias atrás

Quem está negativando o texto está negativando o Camargoer ou a Convenção de Genebra? Eu realmente não entendo certas pessoas.

Camargoer.
Reply to  Nemo
8 dias atrás

Olá Nemo. Obviamente estão negativando a Convenção de Genebra, uma iniciativa globalista de caráter esquerdista. Afinal, leis nada valem em um conflito, não seria isso?

Varg
Varg
Reply to  Camargoer.
7 dias atrás

Grato Camargoer

Rodrigo
Rodrigo
8 dias atrás

Só essa semana foram anunciadas as mortes de dois americanos
Um de Nova York e outro da Flórida.

Heinz
Heinz
8 dias atrás

Olha a Hipocrisia dos russos. O governo de Donetsk que afirmou que estrangeiros lutando pela Ucrânia são “assassinos que devem ser condenados à morte”, assinou ontem um decreto permitindo que estrangeiros possam lutar pela Rússia na sua invasão a Ucrânia como “soldados contratados de DOnetsk”
Como a Rússia está fuzilando os voluntários ucranianos, provavelmente se os ucranianos pegarem algum “soldado contratado” de donetsk” o fim, provavelmente será o mesmo.

Omg
Omg
8 dias atrás

A Russia nunca declarou guerra formalmente, dizem estar fazendo uma “operação militar especial”.
Logo, usando a mesma régua dos russos, nenhum prisioneiro russo pode ser considerado prisioneiro de guerra, pois não estão lutando numa guerra.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Omg
8 dias atrás

Só em Azovstal foram 1700 preso de uma vez … se for seguir sua lógica a Ucrânia vai sair no prejuízo e muito .. até porquê a Ucrânia também não declarou guerra .

Last edited 8 dias atrás by Slow 🇧🇷
Afonso Bebiano
Afonso Bebiano
Reply to  Slow 🇧🇷
7 dias atrás

Declarar guerra para defender o próprio território?
Desenvolve essa tese. Isso está ficando engraçado…

Nilton L Junior
Nilton L Junior
8 dias atrás

Baita troféu para os Russos, se não tem carta patente é mercenário e zefini.

Agnelo
Agnelo
Reply to  Nilton L Junior
7 dias atrás

Carta patente é o documento que oficializa o posto de oficial em um círculo hierárquico.
Sgt, Cb e Sd são mercenários?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Agnelo
7 dias atrás

Mercenário é mercenário até recruta.

paulof
paulof
8 dias atrás

Relativamente tem o anexo que é claro sobre o Tribunal justo, russos reclamando agora de Kalimgrado e esquecem todos os acordos firmados, reciprocidade pode ocorrer, como já vem, para esperneio do Kremlin.

Paulo Brics
7 dias atrás

Corretíssimo. Que o julgamento seja breve e a pena aplicada sem demora contra estes fora da lei. O detalhe é que ao contrário de mercenários comuns entregues a péssimas condições, os mercenários estadunidenses, principalmente ex combatentes, são apoiados veladamente por seu governo pois estão lá para efetuar também missões de inteligência e treinamento. E vamos lembrar que o tribunal de haia só condena gente de países mais fracos como fizeram com a Servia. Os crimes de guerra cometidos pelos eua no Vietnã, até hoje nasce gente deformada pelo agente laranja, o massacre de My Lai, torturas no Iraque e Guantánamo,… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Paulo Brics
7 dias atrás

Acompanho o voto do relator, hipocrisia de ocasião é argumento para desonestidade intelectual.

Últimas Notícias

Apresentação sobre Estudos Estratégicos – Prof. Dr. Vitelio Brustolin

O Prof. Dr. Vitelio Brustolin, Professor de Direito Internacional, Organizações Internacionais e Estudos Estratégicos do INEST/UFF e pesquisador da...
- Advertisement -
- Advertisement -