terça-feira, agosto 16, 2022

Saab RBS 70NG

Não há previsão para desfecho e guerra na Ucrânia pode durar anos, diz professor

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

À CNN Rádio, Bernardo Wahl afirmou que fim do conflito depende ou de acordo entre Rússia e o Ocidente ou de colapso do regime de Putin

“Não há previsão de um desfecho para o conflito entre Rússia e Ucrânia”, segundo o professor de relações internacionais da FESPSP, Bernardo Wahl.

Em entrevista à CNN Rádio, ele avaliou que nem Rússia, nem Ucrânia pretendem ceder neste ponto da guerra.

“Para o Kremlin, a Ucrânia é um interesse estratégico, enquanto para a Ucrânia é uma guerra existencial, ela quer garantir a sua sobrevivência”, disse.

Um ponto chave, de acordo com o professor, é a “disposição de países ocidentais continuarem apoiando a Ucrânia, enviando armamentos” e já há “evidências que mostram divisões.”

“É uma guerra que pode durar anos”, completou.

Do ponto de vista do conflito em si, Bernardo Wahl defende que, a partir da visão russa, o Kremlin “precisa manter a presença militar e atacar a infraestrutura ucraniana, não há a necessidade de tomar a capital Kiev.”

“Mas as raízes da guerra são oriundas dos Estados Unidos, que desconsideraram Moscou nos últimos 30 anos. A Rússia está num conflito armado contra a Ucrânia, mas geopoliticamente é uma guerra contra o Ocidente.”

Um acordo, dessa forma, “só é possível com um acordo entre Rússia e Ocidente ou um colapso do regime de Vladimir Putin.”

Embora a Ucrânia busque a entrada na União Europeia, Wahl destaca que a adesão “não é universalmente bem-vinda” dentro do bloco.

Há apoio de Alemanha, França e Itália, mas “a Europa está dividida sobre a rápida entrada do país”.

FONTE: CNN Brasil

- Advertisement -

122 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

122 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Luciano
Luciano
1 mês atrás

O pior é que neste ano o saldo da balança comercial russa irá dobrar. Enquanto a economia da Europa entra em recessão. Quem cederá primeiro?

https://jornalggn.com.br/economia/russia-deve-dobrar-saldo-comercial-neste-ano-diz-the-economist/amp/

Last edited 1 mês atrás by Luciano
Rogério
Rogério
Reply to  Luciano
1 mês atrás

kkkkkkkkkkkk

Zorann
Zorann
Reply to  Rogério
1 mês atrás

O que o Luciano postou é verdade.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Zorann
1 mês atrás

E pior que é verdade msm, a Rússia ta ganhando algo entorno de 1 bilhão de dólares por dia desde que começou essa guerra.

Rogério
Rogério
Reply to  Joanderson
1 mês atrás

Q nem os fertilizantes do Brasil, que fizeram estoques p evitarem a falta e por isso mesmo não vao comprar tao cedo

Caerthal
Caerthal
Reply to  Rogério
1 mês atrás

O Brasil tem diversas safras, em várias épocas. Ninguém tem grandes estoques de fertilizantes, custaria muito caro.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Luciano
1 mês atrás

A balança comercial dobra porque os russos não podem importar muitos dos itens que importavam antes. O problema é que, sem importação, a capacidade produtiva também desaba – e só observar o que vai acontecer – e já está acontecendo – com a indústria automotiva russa. Muitos componentes automotivos, como airbags, por exemplo, têm 3 ou 4 fornecedores no mundo. E eles não podem vender para os russo, o que significa que os carros russos agora não vêm com airbag, o que torna os carros russos impossíveis de serem exportados.

Material arquivo
Material arquivo
Reply to  Jacinto
1 mês atrás

Exatamente. O pessoal olha 1 indicador de forma isolada para tentar satisfazer o seu desejo de guerra e apoio a Rússia. Não existe a menor chance da economia russa melhorar diante do cenário existente, uma coisa é melhorar as contas públicas decorrente do aumento dos preços das commodities, fato que existe aqui no Brasil desde o início da pandemia, Estados tendo recorde de arrecadação. Na outra ponta a população empobrece rapidamente por causa da inflação generalizada O brasileiro classe média é a prova disso, empobrecemos muito em 2 anos, uma passagem de avião dobrou em 12 meses, Kwid sendo vendido… Read more »

Nilson
Nilson
1 mês atrás

Com essa taxa de perdas ucranianas?
Só se tivermos um Exército de Fantasmas de Kiev, Kharkov, Odessa e etc.
Papo furado só Ocidente.
Mais um.

Rogerio
Rogerio
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Americanos e os fantoches inglês usam mercenários

Rogério
Rogério
Reply to  Rogerio
1 mês atrás

enquanto os russos mandam conscritos.

Realista
Realista
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Os conscritos tomaram Severodonetsk ontem

Rogério
Rogério
Reply to  Realista
1 mês atrás

diferença de 10 p 1 lembra? Ainda assim o prazo eram de 2 semanas em Kiev, estão atrasados

Gustavo
Gustavo
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Não se esqueça que são (eram) 600 mil ucranianos contra 150 mil russos.

Rogério
Rogério
Reply to  Gustavo
1 mês atrás

Lembre o Putin disso, ele que tomou a iniciativa

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Quem disse que o prazo era 2 semanas?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Realista
1 mês atrás

Uma cidade a menos de 100 km da Rússia. Fazem 25 km/mês no Donbass?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Rogerio
1 mês atrás

E os Russos não usam mercenários?

Rogério
Rogério
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Russos não tem perdas nenhuma né? Por isso aumentaram a idade de alistamento p/ 49 anos. rsss

Mafix
Mafix
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Esqueceu do fantasma de Moscow o submarino que era um navio .

Nilson
Nilson
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Prezado Xará, conforme pedi em outro tópico, se for possível favor agregar algum sobrenome ao seu nick, para nos diferenciar. Obrigado.

Reis36
Reis36
1 mês atrás

Cnn tem bola de cristal agora so me faltava essa, so quem tem a iniciativa e poder de escalar ainda mais decidira quando vai terminar.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
1 mês atrás

Professor formado pra falar uma bela b88ta dessas:

“Mas as raízes da guerra são oriundas dos Estados Unidos, que desconsideraram Moscou nos últimos 30 anos.

Vai no Procon e pede o dinheiro da faculdade de volta, pq não aprendeu porcaria nenhuma.

Chevalier
Chevalier
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Os EUA foram até bonzinhos demais com Moscou. Reagan deveria ter terminado o serviço e invadido aquela m*, prendido e dado um julgamento a la Nuremberg a todo o Kremlim e à elite soviética. Mas foram enganados pelo papinho da Glasnot, de que os soviéticos agora viraram do bem e estavam interessados de verdade em “liberalizar”, se integrar… Deixaram esses comunas bandidos soltos e agora estão aí, levando fome e destruição mais uma vez.

Last edited 1 mês atrás by Chevalier
Marlos
Marlos
Reply to  Chevalier
1 mês atrás

Poderia até querer fazer isso, mas com a russia ainda com umas seis mil ogivas nucleares até Reagan teria seu julgamento “com pena de morte”.

Realista
Realista
Reply to  Chevalier
1 mês atrás

Vai lá invadir a maior potencia nuclear

Paulo Renato
Reply to  Realista
1 mês atrás

Pare de zurrar sobre o armamento nuclear dos hunos selvagens das estepes: 3/4 dos calhambeques nucleares dos animais estão vencidos e/ou inoperantes por falta de manutenção. Do restante, metade não vai funcionar (como tudo que é produzido na rússia) e, a outra metade, vai explodir no chão; se algum por um acaso voar, será interceptado e, se não for interceptado, vai errar o alvo.

Canarinho
Canarinho
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

Aham. Então me explica porque até agora a otan não se envolveu mais decisivamente para o lado ucraniano? Vai ver vc e mais inteligente que todo o alto comando da otan e sabe de coisas que ninguém mais sabe. Agora me responde de onde vc tirou todos esses dados apresentados

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Canarinho
1 mês atrás

Colega, não adianta tentar debater com gente assim, está na claro que ele não é um analista sério, assim como muitos aqui.

Caerthal
Caerthal
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

Ignorar a realidade só é legal em série de TV. Aqui fora você vai dançar bonito.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

Está fazendo o quê aqui ainda, cidadão? Vá correndo repassar essas informações ao Pentágono. Avise-lhe que não tem nada com o que se preocupar.

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

Essa falta de respeito, essa ignorância abjeta e tosca, nem os próprios americanos tem com os russos. E a propósito, lendo um comentário desse é compreensível o desprezo que os americanos tem por latinos desse naipe. Volte para o buraco indivíduo.

Augusto
Augusto
Reply to  Fabricio Lustosa
1 mês atrás

Pior que esse tipo de comentário só polui a trilogia.

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

Da onde você tirou isso ?

Augusto
Augusto
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

hahahahahahahahahahaha.

Tomara que o velho senil não veja o seu comentário.

Paulo Renato
Reply to  Realista
1 mês atrás

3/4 dos calhambeques nucleares russos estão vencidos e/ou inoperantes por falta de manutenção. Do restante, metade não vai funcionar (como tudo que é produzido na Rússia) e, a outra metade, vai explodir no chão; se por um acaso, algum deles voar, será interceptado e, se não for interceptado, vai errar o alvo.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

Como vc tem essas informações todas do arsenal nuclear russo?

Augusto
Augusto
Reply to  Paulo Renato
1 mês atrás

hahahahahahahahahaha.

Cara você deve trabalhar pra CIA, kkkkkkkkk

LUIZ
LUIZ
Reply to  Chevalier
1 mês atrás

“Os EUA foram até bonzinhos demais com Moscou. Reagan deveria ter terminado o serviço e invadido aquela m*, prendido e dado um julgamento a la Nuremberg a todo o Kremlim e à elite soviética. ”

Que analise rasa!! Típica arrogância estadunidense. Rambo só em filmes cidadão.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Chevalier
1 mês atrás

Os EUA perderam a oportunidade.
Agora é a vez da Rússia dar o troco.

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  Chevalier
1 mês atrás

Kkkkkkkk Reagan iria tomar uma Nuke na bunda se fizesse isso.

Augusto
Augusto
Reply to  Chevalier
1 mês atrás

Cara e cada comentário que a gente tem ver aqui. Invadir a URSS e prender a elite sovietica? cara vocês precisam parar de jogar vídeo game e acordar pro mundo real.

Ainda bem o Reagan não era maluco igual alguns por aqui.

pangloss
pangloss
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Professor formado por professores que professam a mesma crença nessas bobagens.
Eu ia dizer que o entrevistado havia aprendido essas bobagens no DCE ou nos botequins circunvizinhos à faculdade, mas é pior: essa doutrinação vem de longa data.

Last edited 1 mês atrás by pangloss
Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Rui Chapéu
1 mês atrás

Com um argumento tão bem fundamentado, você realmente conseguiu refutar a tese do professor de que essa não é uma mera disputa entre Rússia e Ucrânia. Parabéns.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Eles acham que a Ucrânia sobreviveria muito tempo ao avanço russo sem suporte da OTAN. Os caras acha que análise da Rússia tá enfrentando além da Ucrânia a OTAN ta errada?

naval762
naval762
1 mês atrás

Claro a Rússia está vencendo, não tá vendo não? Daqui a pouco ela vira a maior potência econômica ganhando até da China! Vai torcendo tovarisch!

Alexandre Cardoso
Alexandre Cardoso
Reply to  naval762
1 mês atrás

Mas a Rússia já é uma PutenCia, com o PUTON no comando, só fazendo Putices.

Last edited 1 mês atrás by Alexandre Cardoso
LUIZ
LUIZ
Reply to  Alexandre Cardoso
1 mês atrás

Essa guerra já era pra os soldados ucranianos. Vi um vídeo agora do avanço russo em Lisichansk . Foi um massacre. O moedor de carne russo a todo vapor.

Alessandro
Alessandro
1 mês atrás

“Para o Kremlin, a Ucrânia é um interesse estratégico, enquanto para a Ucrânia é uma guerra existencial, ela quer garantir a sua sobrevivência

Pois é né chega ser muito óbvio isso, só as putinetes na ânsia de defender seu ditador de estimação insistem com esse tese maluca que os ucranianos devessem entregar “a chave da casa” para o INVASOR, e aceitar um acordo de “paz” pra dar mais tempo para a Rússia tomar o resto do país.

Last edited 1 mês atrás by Alessandro
pangloss
pangloss
Reply to  Alessandro
1 mês atrás

Quem diria que o Marechal Pétain teria tantos seguidores…

Inimigo do Estado
Inimigo do Estado
Reply to  pangloss
1 mês atrás

Verdade, se revolte contra um inimigo mais poderoso que você, os judeus do gueto de Varsóvia também achavam o mesmo. Terminaram massacrados…

pangloss
pangloss
Reply to  Inimigo do Estado
1 mês atrás

No Gueto de Varsóvia, havia duas alternativas: morrer sem luta ou morrer lutando.
Pode-se discutir se a reação deveria ter ocorrido antes, mas dificilmente o resultado seria diferente.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Alessandro
1 mês atrás

Comentário de um morador de Melitopol. A cidade é controlada pelos russos. Misha MIHALKOV há 3 dias “Trens de passageiros de Melitopol para a Crimeia serão lançados a partir de 1º de julho Entre Melitopol e a Crimeia, a partir de 1º de julho, será lançado um modo de teste pela comunicação ferroviária, disse o diretor geral da Melitopol Railways, Alexei Efremov. “Os passageiros terão tudo o que precisam. Este é um evento marcante que conectará duas regiões pela primeira vez em oito anos”, disse ele. É especificado que o trem de teste será composto por três carros com capacidade… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Prioridades: propaganda.

Nilson
Nilson
1 mês atrás

Correta a abordagem.
A situação está obrigando a Rússia a se reposicionar.
Se a retórica agressiva contra a Rússia continuar, ela será obrigada a garantir seus direitos tomando toda a Ucrânia e depois a Moldávia e os Países Bálticos.
As cartas estão dadas e Putin não irá parar.

Pedro
Pedro
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Desde quando é direito dela (ou de qualquer pais) invadir outros países soberanos? Bela inversão dos fatos. Ela foi “obrigada” a invadir a Ucrania..coitada da Rússia.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Vai. Invade os países bálticos. Dá nada não. O art. 5° da Otan é pra enfeite. Confia.

Paulo Brics
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Enfeite de fato:

images (8).jpeg
Luis
Luis
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

.

urso russia.jpg
Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Luis
1 mês atrás

Cuidado, pois mesmo sem os dentes, um urso pardo seria capaz de te decapitar facilmente.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Artigo 5….

Inciso I – O caput não se aplica em caso de guerra com a Rússia. Temos medo.

Paulo Brics
Reply to  Gustavo
1 mês atrás

Verdade!

images (7).jpeg
Monarquista
Monarquista
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Estamos vendo o poderiso urso pardo na Ucrânia. Tomando kiev em horas, e podendo chegar a Berlim em 96 horas e Lisboa em 2 semanas. A Otan está tremendo de medo mesmo kkkkkk

Paulo Brics
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Sem dúvidas tremendo de medo, Mona. Inclusive acabaram de arregar em relação a Kaliningrado depois que os russos disseram que iam tratorar a Lituânia. E vamos continuar vendo a conquista da Ucrânia passo a passo, de forma eficiente e imparável, sem pressa, que é para vocês terem chiliques por mais tempo enquanto cada cidade vai caindo. E sobre Berlim, já está sendo duramente golpeada, em estado de emergência energética, e por sua própria burrice. Os russos não precisaram disparar um tiro. E sobre Lisboa, em breve bichas(filas no português de Portugal) repletas de gajos e gajas fugindo para o Brasil.… Read more »

Monarquista
Monarquista
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Antes os russos tomariam tudo em dias, agora já estão tomando devagarinho em meses. Logo começarão a tomar tudo em anos. E a Otan com uma economia 20 x maior e uma população 7x maior que a russa nao tem como resistir… Confia.

Paulo Brics
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

“Ain, a uclania foi delotada mesmo com apoio da otan mas num valeu polque os lussos demolalam, ummmm”

Faz beicinho Mona, faz…

Monarquista
Monarquista
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Apelou kkkkkkkk só por que o “poderoso urso pardo” se mpstrou decrépito e banguela, você veio me ofender? Pode ofender, isso não vai mudar o fato de que a antiga segunda potência militar do planeta tá se cagando tudo pra avançar 100 km dentro do território de um vizinho menor e mais fraco kkkkk e depois de 4 meses ainda kkkkk

Caerthal
Caerthal
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Os EUA demoraram quase 4 anos para derrotar o Japão. Nem por isso alguém hoje discute se a vitória foi convincente.

Monarquista
Monarquista
Reply to  Caerthal
1 mês atrás

Comparar Japão Imperial com a Ucrânia?
Meu Deus…

Slow 🇧🇷
Slow 🇧🇷
Reply to  Monarquista
1 mês atrás

Tem o Afeganistão pra comparar… aé melhor não

Rogério
Rogério
Reply to  Nilson
1 mês atrás

E depois de tomar toda Ucrania será adotarão a solução final? Encherão os trens de ucranianos e mandarão p Siberia?

Adunlucas
Adunlucas
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Tenho a impressão (ou seja, acho) que os russos vão tentar terminar de pegar somente Donbass e o litoral da Ucrânia e deixar o resto do território se virar na UE. Já é uma zona buffer para frear uma “imaginada invasão da OTAN”, já garante a ponte terrestre até a Crimeia e ainda ligaria a Transinistria à Rússia. Se não der de tomar Odessa (acho sinceramente que eles não conseguem), eles ficam somente com Donbass e a região ao redor da Crimeia. Assim os ucranianos já estariam deslocados para o que sobrou do país e para a Europa, principalmente a… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Adunlucas
1 mês atrás

É um buffer bem fraquito…

Jacinto
Jacinto
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Um pais de 145 milhões controlar um de 40 milhões? Isso não existe.

Nilson
Nilson
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Prezado Xará, conforme pedi em outro tópico, se for possível favor agregar algum sobrenome ao seu nick, para nos diferenciar. Obrigado.

Nilson
Nilson
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Ei, colega, participo aqui há muitos anos com esse nome Nilson, prazer tê-lo aqui, xará, mas se puder poderia agregar algum sobrenome ao seu nick para nos diferenciar.

Allan Lemos
Allan Lemos
1 mês atrás

O professor está correto quanto às raízes da guerra estarem nos EUA. Quem acha que essa é uma mera questão de um governante malvado tentando tomar a terra de outra nação tem uma visão extremamente simplória sobre geopolítica, que é muito mais complexa do que os especialistas de plantão aqui do site acham. E ainda acrescento que o Brasil vai se ferrar justamente porque seus líderes também não têm nenhuma noção sobre o tema.

Rogério
Rogério
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Pelo historico que a Russia tem, ela tem mais é que ser tratada como inimigo mesmo, todos seus antigos “aliados” do Pacto de Vársovia preferiram a Otan.

Munhoz
Munhoz
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Aqui nos comentarios tem muita torcida organizada !

A geopolitica é bem mais complexa, eles acham que este ou aquele esta certo, porém a disputa é entre as potencias, a Ucrânia é só um fantoche, o lider ucraniano errou feio e ferrou o seu páis, ele pensou que a Russia ia ficar limitada as aréas separatistas que já havia perdido e que o ocidente iria aumentar as sanções, e que a Ucrânia iria entrar para UE etc

Rogério
Rogério
Reply to  Munhoz
1 mês atrás

Isso td é papo furado, os russos não conseguem um aliado se não for pela força, olha só o Casaquistão, não reconhece o Donbass e não vai driblar as sanções, nunca trataram nenhum aliado com respeito só com ameaças, por isso todo leste europeu preferiu a Otan.

Geopolitica? É tudo o que a Russia não sabe fazer.

Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Os americanos abandonam povos a própria sorte, espionam seus “aliados”, e criam mentiras para invadir países soberanos ao arrepio das leis internacionais.

Mestres da geopolítica.

Rogério
Rogério
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

todo mundo espiona todo mundo, cheio de caso de australiano preso tentando pegar codigo fonte de F-18, Alemão e Japones vendendo peças de F-4 p/ o Irã. Israel então …..

George
George
Reply to  Munhoz
1 mês atrás

Já começou errado no raciocínio. A Rússia não queria só o Donbas. Ela queria tudo! Tanto é que começou atacando a capital Kiev.

Mafix
Mafix
Reply to  Allan Lemos
1 mês atrás

Ué nem o Putin falando abertamente que quer tomar o territorio e é culpa dos EUA ?

Carvalho
Carvalho
1 mês atrás

A vontade da Ucrânia em existir vai perdurar mesmo com a morte de Zelensky e a ocupação da Ucrânia.
A vontade de Putin pode prevalecer após a breve morte dele?
Está expansão da Rússia é apenas o movimento eterno de vai e vem de um país sem direção.
Satlin tentou matar a Ucrânia de fome na década de 20, não conseguiu. Não será Putin quem vai conseguir.

Nilo
Nilo
1 mês atrás

Estudo do Instituto Ec. Alemão relata: assistência financeira comprometidatambém aumentou significativamente desde meados de maio, especialmente de instituições da UE. No total, foram prometidos à Ucrânia mais de 30 bilhões de euros em apoio ao orçamento pelos doadores mais importantes, mas apenas cerca de 6 bilhões de euros foram desembolsados ​​desde fevereiro. O resultado é uma crescente lacuna de financiamento…. …Além das armas, a ajuda financeira está se tornando cada vez mais urgente… ..A guerra está causando o colapso das receitas fiscais e o aumento dos custos fiscais, por exemplo, para pagar soldados e reparar infraestruturas essenciais. Orçamento sob pressão O Fundo… Read more »

grafico ec..png
Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
1 mês atrás

O volume de recursos em bilhões não devem se sustentar ao longo do tempo a uma economia em que a industria, o agronegocio e infraestrutura ucraniana está em muito comprometida, quando as proprios economias de quem ajuda estar a enfretar dificuldades domésticas de carestia. A inflação está freando o crescimento global.

grafico ec. 1 - Copia.png
Last edited 1 mês atrás by Nilo
Realista
Realista
1 mês atrás

Alguém ai acha que a Ucrânia teria sido invadida se não tivesse entregado suas armas nucleares ? haha

Paulo Brics
1 mês atrás

“só é possível com um acordo entre Rússia e Ocidente ou um colapso do regime de Vladimir Putin.” Vamos pôr isto de uma forma realista, sem negacionismos: “como a economia doa eua e europa estão colapsando, apenas um acordo entre Rússia e ocidente, o que significa aceitar incondicionalmente todas as exigências de Putin, poderá por fim de guerra.” Porém digo-vos que, como a mídia estadunidense já está anunciando, a Rússia está vencendo a guerra, e está lucrando mais do que antes, e em breve vem o General Inverno para pôr a UE definitivamente de joelhos, a guerra só vai acabar… Read more »

Rogério
Rogério
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

PIB EUA = 20 Trilhões;
PIB UE 16 Trilhões;
PIB Rússia 1,4 Trilhoes.

Os EUA gastam metade do PIB russo em defesa e assim mesmo é só 3% de seu PIB. Mas a economia do ocidente vai colapsar primeiro?

Rogério
Rogério
Reply to  Rogério
1 mês atrás

PIB em trilhões

EUA 20
UE 16
Japão 5,1
Coreia do Sul: 1,8
Canada: 1,8
Australia:1,6
Brasil: 1,6
Rússia 1,6

Os EUA gastam metade do PIB russo em defesa e assim mesmo é só 3% de seu PIB. Mas a economia do ocidente vai colapsar primeiro que a da Rússia? Muito realista seu comentário. kkkkkkkkkk

Nilson
Nilson
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Componha-se.

Nilson
Nilson
Reply to  Nilson
1 mês atrás

Prezado Xará, conforme pedi em outro tópico, se for possível favor agregar algum sobrenome ao seu nick, para nos diferenciar. Obrigado.

Joanderson
Joanderson
Reply to  Rogério
1 mês atrás

O pib da Arábia Saudita não chega ser nem o vigésimo no mundo mas deixa os sauditas pararem de bombear petróleo para ver oq acontece com as economias ão redor do mundo.
O pib da Rússia pode não ser tão relevante mas oq ela exporta é essencial para manter fucionando as economias relevantes,principalmente as da Europa.

Paulo Brics
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Acorda rapaz!
Dívida interna dos eua: 30.5 us$ trilhões e subindo como um foguete:

https://www.usdebtclock.org/

Paulo Brics
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

A definição disto é Colapso Inevitável.

Sugiro que a partir de agora contenha seus tolos impulsos irracionais de disneyboy e observe o que está ocorrendo.
Já deixei o link acima para todos acompanharem em tempo real a galopante e insolúvel tragédia econômica que está em andamento nos eua, e que determinará ao lado da já estabelecida hegemonia econômica da China no campo externo, o colapso dos eua.

Rogério
Rogério
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

A China tem uma produção enorme para abastecer o mercado europeu e americano, se os EUA derreterem p/ onde a China vai vender mesmo? Pra Russia?

A simples noticia de recessão ja basta p/ derrubar os preços do petróleo e tds as commodities. O G20 derrete e leva o mundo todo com ele.

Estima se que a China possua 3 trilhoes em titulos da divida americana, pq eles não trocam se o barco vai afundar? Sera pq eles afundarão juntos?

E e olha a diferença de tamanho, eles colapsados, palavra da moda, são maiores do que a Rússia muitas vezes.

Last edited 1 mês atrás by Rogério
Allan Lemos
Allan Lemos
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Cara, não sou economista, mas acho que essa sua conta ai é meio simplória. Uma dívida não é igual a outra.

Por exemplo, o Brasil deve 91% do PIB, os EUA 134%, mas a nossa situação financeira é pior do que a deles.

Situação financeira não é igual a situação econômica. Os EUA ainda têm o selo de bom pagador das agências de avaliação de risco, nós não temos. Então é improvável que uma parte significativa desses credores(o Brasil está entre os maiores) resolva retirar os seus investimentos a ponto de haver um colapso.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Qual era o défice da União Soviética em 1988?
E as suas razões?

O que é preciso acontecer?
A queda do muro, o colapso da União Soviética, pobreza, estagnação, corrupção, biliões a entrarem no país e com um PIB PC baixo, regime autoritário, militarista e criminoso, etc… não é suficiente?

Gustavo
Gustavo
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

EUA = URSS 2.0

George
George
Reply to  Gustavo
1 mês atrás

.

47F7E834-32E2-4848-83FC-8041D0C3B10A.jpeg
Gustavo
Gustavo
Reply to  Rogério
1 mês atrás

Explica pra gente como que a Rússia com esse Pibinho consegue ter Forças Armadas maiores que as dos EUA e não ter dívidas, enquanto os EUA, com esse Pibão estão falindo?

Rogério
Rogério
Reply to  Gustavo
1 mês atrás

“Forças Armadas maiores que as dos EUA” kkkkkkkkkkkk

George
George
Reply to  Gustavo
1 mês atrás

Vamos dar uma nova chance para você pesquisar e depois retornar aqui e refazer seu comentário.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Logo as forças russas vão da um ultimato pras forças ucranianas se retirarem das cidades que resta do Dombass.

Hcosta
Hcosta
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Ainda falta um bom bocado do Donbass.
Quanto tempo demoraram a destruírem esta cidade? 4 ou 5 semanas?
Lá para o final do ano devem chegar lá, ao resto do Donbass…

George
George
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Putin. O rato que ruge. Comanda um país que tem um PIB do tamanho do PIB do Brasil e quer competir com a economia americana.

Joanderson
Joanderson
Reply to  George
1 mês atrás

Mesmo Com uma economia pequena em comparação com a dos EUA conseguiram manter seus aliados no poder na Síria e na Venezuela, invadiram a Ucrânia e até agora nem um pais da otan teve coragem de invadir como fizeram com o iraque na guerra do golfo.

Vinicius 023
Vinicius 023
Reply to  Joanderson
1 mês atrás

Por causa das armas nucleares. Essa guerra mostrou que o poder russo são as armas atomicas, pq o exercito convencional é uma bosta: mal treinado, mal equipado e ainda por cima com fome, kkkj. Perderam mais de 20 mil homens na Ucrania.

Teropode
1 mês atrás

Prognósticos furados , o palpite do cara abrange váriaveis eternas , segue o jogo porque eu não coloco fé nestes palpiteiros , o único que sabe quando esta guerra acaba é o enxadrista , ele pode acabar ela amanhã ou daqui a 5 horas !

Ravengar
Ravengar
1 mês atrás

” colapso do Regime de Putin” que grande piada,um ” professor” que desconhece a história Russa,é mais capaz que o verdadeiro ” Regime ” Globohomo Europeu caia antes..

Hcosta
Hcosta
Reply to  Ravengar
1 mês atrás

A Rússia já colapsou duas vezes no século XX

Nilo
Nilo
1 mês atrás

Surge um novo caldeirão: Lysichansk. Mapa dia 22,06,22Zelensky continua a enviar novas unidades para o caldeirão de Lysichansk, no leste. É aonde os russos os querem. Seu trabalho é “desmilitarizar” a Ucrânia. Isso torna mais fácil o serviço.

Lysichansk.jpg
Nilo
Nilo
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Mapa dia 24.06.22 – Distância das extremidades do caldeirão não ultrapassa 15 kms.

Lysichansk1.jpg
George
George
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Xings! Você de novo!

Scudafax
Scudafax
1 mês atrás

A Rússia não irá perder pois Putin se colocou em uma posição sem saída. Então, vai escalar o conflito o necessário para atingir o objetivo declarado de recuperar a região do Donbass. Para a solução do conflito apenas a mesa de negociação é possível ser bem sucedida, a Ucrânia tem menos margem para escalar o conflito que a Rússia. Nas palavras de Zelensky: Já existem 700 mil soldados ucranianos na guerra.

RDX
RDX
1 mês atrás

Nada mudou. Essa guerra começou em 2014 com a invasão da Crimeia. Posteriormente, os russos fizeram guerra por procuração nas chamadas regiões separatistas. A segunda campanha dessa guerra foi a ofensiva contra Kiev…aquela que pode ser considerada a maior derrota militar da História recente. O prêmio de consolação é conquistar a região do Dombass…conquistar porque manter é outra história. Aliás, a História pode se repetir. Nas décadas de 70 e 80, a URSS estava nadando em petrodólares, recursos estes que foram usados para financiar a indústria militar soviética (quase todos os armamentos russos atuais foram desenvolvidos nesse período), a guerra… Read more »

Larri Gonçalves
Larri Gonçalves
1 mês atrás

O que chama a atenção nesta guerra é o que não está escrito, caso realmente a Rússia quisesse teria jogado todo o seu poder militar sobre a Ucrânia e decidido abreviar este conflito o mais rapidamente possível; o que digo, não é como alguns pensavam que duraria apenas semanas ou meses, e sim muitos anos, afinal os Ucranianos não vão entregar de mão beijada seu território?

Arthur
Arthur
1 mês atrás

Também tem a possibilidade da própria União Européia colapsar. Sabe como é que é: inflação, alta dos combustíveis, recessão, falta de gás para o final do ano… Neste caso, e em nome da paz entre os povos, é capaz da OTAN (sempre ela) promover negociações para o término do conflito. Afinal, no fundo, todo europeu é pacifista.

George
George
Reply to  Arthur
1 mês atrás

Verdade. E na Rússia só céu azul.

Gerson Farias
Gerson Farias
Reply to  George
1 mês atrás

Nada a ver e não adianta estabelecer equivalências ou comparações equidistantes.
A Rússia tá em guerra a lutando, botando para quebrar na Ucrânia. A Europa diz não estar em guerra a pior, os europeus não querem meter os pés nesse conflito.
Diferença é enorme, devido ao poder de mobilização da sociedade e exercício dos meios de controle da opinião pública.

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
1 mês atrás

Vai terminar amanhã, Moscou já está cercada

Últimas Notícias

Primeiro dia de atividades operacionais do Exercício Core 22

Louisiana (EUA) – Na madrugada de 12 para 13 de agosto, a Companhia CORE realizou os preparativos para o...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -