sexta-feira, agosto 19, 2022

Saab RBS 70NG

Medvedev: ‘invasão da Crimeia seria uma declaração de guerra’

Destaques

Guilherme Poggio
Guilherme Poggiohttp://www.forte.jor.br
Editor da Revista Forças de Defesa

Um alto funcionário russo alertou na terça-feira a Ucrânia que qualquer tentativa de retomar o controle sobre a península da Crimeia, ilegalmente anexada, será vista como uma “declaração de guerra” por Moscou.

Apesar da condenação internacional e do maior conflito na Europa desde a Segunda Guerra Mundial, o presidente russo, Vladimir Putin, manteve sua invasão como uma ” operação militar especial “, não uma declaração oficial de guerra.

“Para nós, a Crimeia é parte da Rússia. E será para sempre. Qualquer tentativa de invadir a Crimeia é uma declaração de guerra ao nosso país”, disse o vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, à mídia russa na terça-feira.

Medvedev mais uma vez reiterou a objeção da Rússia à adesão da Ucrânia à Otan e sugeriu que se o fizesse em meio ao conflito em curso, o resultado seria “catastrófico”.

A autoridade russa disse que a pressão para a Suécia e a Finlândia se juntarem à Otan “não ameaça a Rússia com nada particularmente novo”.

Mas acrescentou que se a Ucrânia tentasse entrar na aliança militar , seria “muito mais perigoso devido à existência de disputas territoriais não resolvidas”.

Medvedev disse que se um membro da Otan invadisse a Crimeia, isso significaria “conflito com toda a Aliança do Atlântico Norte. Terceira Guerra Mundial. Uma catástrofe total”.

Enquanto a Suécia e a Finlândia continuam as negociações com a Turquia sobre a admissão da OTAN, nenhum movimento desse tipo foi feito com a Ucrânia.

No período que antecedeu a invasão da Rússia em fevereiro, o presidente ucraniano Volodymyr Zelenskyy disse que trabalharia para recuperar a Península da Crimeia depois que Moscou a anexou ilegalmente em 2014.

Putin, que realizou um referendo sobre a anexação – que a ONU e a comunidade internacional consideraram ilegítima – disse que votações semelhantes serão realizadas em outras partes da Ucrânia.

Zelenskyy prometeu continuar lutando contra a Rússia até que suas forças sejam expulsas da Ucrânia, mas reconheceu no mês passado que a remoção militar das tropas russas da Crimeia provavelmente não será uma opção.

“Não acredito que possamos restaurar todo o nosso território por meios militares. Se decidirmos seguir por esse caminho, perderemos centenas de milhares de pessoas”, disse ele.

Embora Zelenskyy estivesse convencido de que “a Ucrânia receberá tudo de volta. Tudo”.

FONTE: FoxNews

- Advertisement -

44 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

44 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ODST
ODST
1 mês atrás

Avisem ao desavisado que ambos os países já estão em guerra.

Donald
1 mês atrás

Agora os russos estão preocupados? Não era eles que disseram que a Ucrânia não ia entrar na OTAN? Os russos devem estar sabendo de uma coisa.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Donald
1 mês atrás

Jogada ao vento essa declaração não foi!

Donald
1 mês atrás

Ucranianos devia entregar o donbass para russos não servem mais para nada mesmo( tão sobre escobros). E tentar tomar a crimeia e arrendar aos americanos para criarem a maior base naval no Mar negro.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Donald
1 mês atrás

Cada comentário sem noção, não conseguem nem cruzar o Dnieper numa canoa

César
1 mês atrás

Quando tu vai parar de inventar perfil, xings?

Zezão
Zezão
1 mês atrás

Os ucranianos ainda nem expulsaram os russos de Donbass e Medvedev já está preocupado com a perda da Crimeia?

Ou seja, Dmitry Medvedev, sem querer, está admitindo que a região de Donbass pode ser negociada com a Ucrânia, exceto a Crimeia.

Nemo
Nemo
Reply to  Zezão
1 mês atrás

Ele deve estar respondendo uma declaração do Boris Jonhson (ou da Truss) que disse que a Rússia deveria sair completamente da Ucrânia, inclusive da Crimeia.

Hcosta
Hcosta
Reply to  Zezão
1 mês atrás

Já está a preparar o terreno para suceder ao Putin…

Mas não deve ser o mesmo esquema de alguns anos quando foi presidente e Putin PM.

Mensageiro
Mensageiro
1 mês atrás

É hora dos ucranianos reconquistarem o máximo de território que puderem e depois entrarem na OTAN para a guerra acabar. Uma força de paz ou zona de exclusão aérea da NATO até pode ser enviada, visto que isso já foi feito antes noutros lugares.

Augusto
Augusto
Reply to  Mensageiro
1 mês atrás

Mensageiro, não sei se você não sabe, mas a Otan já excluiu a possibilidade de criar uma zona de exclusão aérea na Ucrânia. Vocês torcedores de torcida precisam entender que não haverá confronto direto entre Otan e Rússia, isso seria catastrófico para ambos os lados (até para nós). Por mais que existam deficiências nas forças militares russas não será um passeio como vocês acham que será. E se eles sentirem que a existência do estado russo estiver em risco eles ainda podem usar suas nukes. Acham que todo seu arsenal está enferrujado? Duvido que qualquer membro sensato da Otan vai… Read more »

Paulo Brics
1 mês atrás

A otan vai dar uma resposta dura a isto!

images (8).jpeg
Pedro
Pedro
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Pq a Russia não declara guerra, ou “operação especial” contra os países da OTAN que estão fornecendo armas pra Ucrania? Responde essa Kings

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

A NAZOTAN jah se conformou ou melhor jah entendeu o recado.

Paulo Brics
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Verdade. A cnn divulgou que a cúpula dos eua disse que a Ucrânia não vai recuperar os territórios perdidos.
A questão agora é sobre com quanto os russos vão se contentar, 50% do território ou mais.

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Meu palpite é que depois de reconquistar a Criméia, vão pra cima da Bielorrússia.

Wellington Jr
Wellington Jr
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

Tu só abre a caixa de digitação pra falar asneiras. Ah 4 meses atrás ninguém diria que a Ucrania aguentaria 1 semana de invasão contra a Rússia, vários especialistas Ocidentais deram entrevistas dizendo que era questão de dias para Kiev capitular. Se passaram 120 dias praticamente e nada de Kiev capitular e novas armas e equipamentos Ocidentais estão sendo adestrados para serem operados para os Ucranianos, uma clara demonstração que nada é certo ainda. Uma coisa pode ter certeza a conta desse guerra burra provocada por PUTIN nós vamos pagar. Sei que você ama o Putin e tem um consolo… Read more »

Cidadão das Sombras
Cidadão das Sombras
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Pq o Kings é tão odiado?

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Cidadão das Sombras
1 mês atrás

Porque ele provoca

MAB
MAB
Reply to  Cidadão das Sombras
1 mês atrás

Pelo visto, tem mais “gente” querendo se candidatar ao posto.

MAB
MAB
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Será que o faZZistas também?

Luis
Luis
Reply to  Paulo Brics
1 mês atrás

.

russian-bear-trap.png
Rodrigo
Rodrigo
1 mês atrás

Perai os Russos invadem, tudo ok agora alguém invade o que os Russos roubaram e aí é declaração de guerra.

Realista
Realista
Reply to  Rodrigo
1 mês atrás

Os Ucrâs podem declarar guerra também

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Realista
1 mês atrás

Você não caiu na real ainda né?

Teropode
1 mês atrás

A Criméia foi cedida a Ucrânia na década de 60 , portanto a Rússia pegou de volta o que era dela ( ?) , já o Donbass é outra história , por isto não creio que a Ucrânia vá se aventurar numa tentativa de conquista , qualquer negociação que ocorrer a Criméia não vai entrar na questão .

Daniel
Reply to  Teropode
1 mês atrás

seguindo seu raciocínio temos que devolver o Acre ao Peru e a Bolívia

Teropode
Reply to  Daniel
1 mês atrás

E se forem burros ao ponto de tentarem pegar a Criméia ,correrão o risco de perderem “toda Ucrânia” , fica a dica , depois não falem que não avisei !

Marcelo Baptista
Marcelo Baptista
Reply to  Daniel
1 mês atrás

Não porque no nosso caso, foi negociado e assinado.
No caso da Crimeia, foi uma ação politica, acho que do Krushov na época, “doado” para a Ucrânia, um pedaço da Rússia, pois ambas faziam parte da “Grande” União das Republicas Socialistas Soviéticas!
Um ato politico e as reais razoes para esta “doação” sem sentido, pelo menos para mim, devem estar guardadas em algum arquivo no fundão do Kremlin.

Infelizmente, decisões mal avaliadas no passado afetam o futuro, sempre.

Donald
Reply to  Teropode
1 mês atrás

1 a Crimeia foi cedida de forma pacífica para Ucrânia e tomada de forma violenta. Por isso enquanto a titular não passar oficialmente o controle não adianta o lad… implorar reconhecimento. Crimeia é ucraniana.

Scudafax
Scudafax
Reply to  Teropode
1 mês atrás

A Crimea é território russo desde o século 18, sendo a Frota do Mar Negro sediada em Sevastopol (fundada para isso) desde então. Só foi transferida administrativamente por Nikita em 1954 para a Ucrânia Soviética, dentro da União Soviética. Com o colapso de 1991, a situação ficou insustentável, uma vez que a Crimeia é historicamente russa, desde 1783.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Scudafax
1 mês atrás

E o Brasil era índio até 1500, essa linha de raciocínio jogaria o mundo em um caos absoluto, imagina o tanto de contestações que existem por aí!
Não sei se vc sabe mas o Uruguai contesta a fronteira com o Brasil, e aí, bala?

Augusto
Augusto
Reply to  Carlos Gallani
1 mês atrás

Bem fundamentada essa sua comparação uma foi a 500 anos e não existe ninguém vivo a varias gerações para poder contesta-la, a outra foi a apenas 68 e ditada por um ucraniano.

Mas os ucranianos podem tentar reaver o território, mas como o Teropode escreveu logo acima, talvez não seja uma boa ideia.

Carlos Gallani
Carlos Gallani
Reply to  Augusto
1 mês atrás

Quem decide o limite de tempo para ser justo, vc?
A Europa tem milhares de anos de história, rinhas que vem da era feudal, vai lá falar pra eles que faz muito tempo!

Hcosta
Hcosta
Reply to  Scudafax
1 mês atrás

Como é que ficou insustentável desde 1991?
Os Russos, pessoal militar, e os Ucranianos tinham algum problema?

Palpiteiro
Palpiteiro
Reply to  Scudafax
1 mês atrás

Afunda o resto da frota do mar negro e resolve essa questão

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Scudafax
1 mês atrás

Ahaha estorinhas

Augusto
Augusto
Reply to  Scudafax
1 mês atrás

Somente para lembrar, Kruschev era ucraniano, bem tendenciosa essa transferência não e mesmo?

Marcelo Soaes
Marcelo Soaes
1 mês atrás

Guerra desde 2014….

Satyricon
Satyricon
1 mês atrás

Isso é um sinal claro (dos russos) que Kherson vai cair

Gerson Farias
Gerson Farias
1 mês atrás

Oh, vixe, tomem tendência e vamo deixar a conversa do Jamanta.
A CNN já explicou que a NATO não vai recuperar terreno nenhum e que tão pensando em aconselhar Zelensky a ceder território (Autoridades dos EUA avaliam que Ucrânia não conseguirá recuperar todo o seu território | CNN Brasil).
A Rússia tá ganhando a guerra e pelo número de pacotes, alarmismo e histeria da NATO + G7, o Ocidente não tá vendo forma de sair sem perder a face.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
1 mês atrás

Arregaram para a Finlândia e Suécia.

Isso é o que acontece quando o país se prepara contra o inimigo, nem se quer é atacado!

Quem sabe se a Ucrânia tivesse gasto 40% do seu PIB, não teria todos esses territórios ainda, agora gastou de outra forma.

Neural
Neural
Reply to  Guilherme Leite
1 mês atrás

Quero ver conseguir passar a barragem de artilharia. D-30 122mm ia fazer a festa

Augusto
Augusto
Reply to  Guilherme Leite
1 mês atrás

Isso e verdade arregaram mesmo. Antes da invasão o Putin tinha falado que nenhum dos dois países poderiam entrar na aliança.

Últimas Notícias

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -