sexta-feira, agosto 19, 2022

Saab RBS 70NG

Ucrânia diz que precisa de pelo menos 100 HIMARS e foguetes de longo alcance

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

Mais sistemas de foguetes de artilharia móvel, drones e foguetes de longo alcance seriam uma ‘mudança de jogo’, disse o principal oficial de defesa ucraniano

A recente adição de novas capacidades de fogo de longo alcance ao arsenal da Ucrânia desempenhou um papel fundamental na defesa contra as forças russas estacionadas. Mas baterias de foguetes móveis adicionais e foguetes de longo alcance permitiriam à Ucrânia montar contra-ataques mais eficazes e recuperar território roubado pela Rússia, disse Oleksii Reznikov, ministro da Defesa da Ucrânia, na terça-feira.

Atualmente, a Ucrânia possui oito Sistemas de Foguetes de Artilharia de Alta Mobilidade, ou HIMARS, capazes de atingir alcances de 85 quilômetros ou 52 milhas, bem como canhões Howitzer com alcance de 18 milhas. Outros quatro HIMARS estão a caminho desde a semana passada, de acordo com o Departamento de Defesa, e a Casa Branca espera anunciar outro carregamento ainda esta semana. Falando em um evento do Conselho Atlântico na terça-feira, Reznikov disse que o HIMARS já ajudou a Ucrânia a destruir aproximadamente 30 estações de comando russas, bem como áreas de armazenamento de munição.

Os lançadores múltiplos de foguetes móveis “diminuíram significativamente o avanço russo”, disse ele.

Mas, para proteger efetivamente a enorme fronteira da Ucrânia e contra-atacar os russos que ocupam o território ucraniano, eles precisariam de ordens de magnitude maior. “Nós precisaríamos de pelo menos 100 [HMARS], eu acho. Isso se tornaria um divisor de águas no campo de batalha”, disse ele, acrescentando que a Ucrânia também precisa de sistemas de recuperação e preparação de munição para seus 100 canhões Howitzer, bem como mais UAVs para indicar para onde enviar ataques de longo alcance.

“Estamos usando sistemas HIMARS precisamente, como… cirurgia, porque não usaremos a estratégia russa de, como chamamos, moedor de carne”, disse ele, referindo-se ao bombardeio russo impreciso que levou a centenas de vítimas civis.

John Herbst, ex-embaixador dos EUA na Ucrânia, disse que o alcance de 85 quilômetros do HIMAR é “na verdade um pouco artificial” e que pode ser estendido para pelo menos 150 quilômetros, o que Reznikov disse que seria útil para atingir mais profundamente as posições russas, para atacar as linhas de reabastecimento. Mas Reznikov também disse que não usaria os sistemas para atacar diretamente o território russo. A chave para obter mais lançadores e foguetes, disse ele, foi demonstrar o uso eficaz, responsável e “econômico”.

Herbst disse que o governo Biden tem sido muito tímido e avesso ao risco em sua disposição de enviar armas de longo alcance à Ucrânia.

“Em vez de fornecer todos os HIMARS de que você precisa e os alcances mais longos, eles o dividiram em dosagens muito pequenas”, disse ele.

Reznikov está otimista de que o Pentágono possa expandir o alcance das armas que está disposto a enviar, como já fez várias vezes desde o início da invasão.

“Em novembro de 2021, me disseram que nunca receberíamos Stingers [de ombro FIM-92] porque isso simplesmente não era possível. Era proibido… Essa história se repetiu várias vezes”, disse ele. “Acredito que receberemos armas de longo alcance de nossos parceiros mais cedo ou mais tarde.”

FONTE: Defense One

- Advertisement -

74 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

74 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
28 dias atrás

Quem pariu Mateus que o crie.

Problema de vocês, não meu. Vejam se conseguem dar ai, o que o tal sujeito ai tá pedindo, tô nem ai. De mim só receberia fumo.

Bruno
Bruno
Reply to  Z Renato Vilhena Z
28 dias atrás

falou O Russo ! Cômico !

Jad Bal Ja
Reply to  Z Renato Vilhena Z
28 dias atrás

E alguém te pediu algo?

Bosco
Bosco
Reply to  Z Renato Vilhena Z
28 dias atrás

Quem pariu mateus foi a mãe rússia.

Paulo Brics
Reply to  Bosco
28 dias atrás

Bosco. Já garantiu seu javelin de estimação na dark web? Se não sugiro que corra porque apesar da grande quantidade sendo ofertada, o preço de cerca de 7% a 10% do valor original tem feito a alegria de diversos grupos terroristas. Não os bancados pelos eua, como al qaeda e estado islâmico, que obviamente recebem de graça. Mas imagine um lider da otan ser alvo de um javelin. Até o the beast do presidente dos eua com sua grossa blindagem para o javelin seria como cortar manteiga com faca quente. E seria o ápice tragicômico toda esta lambança que o… Read more »

Atirador 33
Atirador 33
Reply to  Paulo Brics
28 dias atrás

Quero parabeniza-lo pela sua estabilidade, apesar de vários perfis nesse espaço, vc vem mantendo esse perfil Antônio. O Casemiro e o Antônio Kings vinha se referido muito a venda de armas portáteis americanas enviadas para a Ucrânia no mercado negro.

Luiz Brandão
Luiz Brandão
Reply to  Atirador 33
27 dias atrás

Única fonte dessa informação a respeito de mercado negro de armas……Mídia oficial da Rússia……essa Rússia, a mãe da imprensa fakenews,….são uns farsantes

André de Souza
André de Souza
Reply to  Bosco
28 dias atrás

Mais conhecido como “O grande filho da put#”

Gabriel BR
Gabriel BR
28 dias atrás

Sim . e os americanos tem o dever moral de prover tudo isso

LUIZ
LUIZ
Reply to  Gabriel BR
28 dias atrás

Duvido muito que vão fornecer essa quantidade toda de HIMARS pra Ucrânia.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  LUIZ
28 dias atrás

Eu penso que devem prover ainda que para isso vão a bancarrota

LUIZ
LUIZ
Reply to  Gabriel BR
28 dias atrás

Só quê na Ucrânia existem muitos pro-russos dentro do governo ucraniano que passa informações de onde estão essas armas. De todo jeito a Rússia destrói ou compra exemplares dos oficiais da Ucrânia responsável pelas armas.

Nilo
Nilo
Reply to  Gabriel BR
28 dias atrás

A questão é quem deve prover ” já demonstrou não está disposto a ir a bancarrota” pela Ucrânia. Lembrada revelação do Secretário da OTAN, dos reclamao Alemão, com certeza ou outro é Gaulês, mas a Polônia está animada em ajudar, sabemos o motivo rsrsr

Luiz Brandão
Luiz Brandão
Reply to  Gabriel BR
27 dias atrás

Governos americano ir a bancarrota na compra de armas ??? kkkkkkk a indústria bélica americana está deitando e rolando
Governo americano ir a bancarrota na compra de armas ??? kkkkkkk a indústria bélica americana está deitando e rolando

Last edited 27 dias atrás by Luiz Brandão
leonidas
leonidas
Reply to  Gabriel BR
28 dias atrás

As coisas no oriente médio não caminham muito bem. E muito possível que Israel possa entrar em confronto com o Irã. Se isto ocorrer os EUA terão que intervir com muito poder de fogo para conter os Iranianos junto com seus aliados. O Irã sabe que em tese os países do Golfo (exceto Catar) seriam seus inimigos geoestratégico. Porém ele sabe que os respectivos povos destas nações são aliados da causa islâmica contra o inimigo dito sionista e haveria milhares de voluntários destas nações dispostos a marchar contra Israel, o Irã esta acostumado a usar carne humana como artilharia desde… Read more »

Last edited 28 dias atrás by leonidas
Grifon
Grifon
Reply to  Gabriel BR
27 dias atrás

Que o Zelensky espere sentado kkk

Patrício
Patrício
28 dias atrás

A artilharia russa é muito superior em quantidade e qualidade a tudo que a OTAN tem.
Pode juntar tudo que a Rússia tem muito mais.
Tradição que vem desde a época da União Soviética.

Henrique
Henrique
Reply to  Patrício
28 dias atrás

A artilharia russa é muito superior em quantidade e qualidade a tudo que a OTAN
.
KKKKKKKKKK… só se eles usarem o gps americano

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Patrício
28 dias atrás

Em quantidade, sim. em Qualidade? ai não… mas não MESMO.

Victor Filipe
Victor Filipe
Reply to  Patrício
28 dias atrás

Já foi amplamente demostrado nesse conflito que os sistemas de Artilharia da OTAN são em geral mais precisos e com um alcance maior do que o dos Russos se comparados com os seus “equivalentes”

A Russia entretanto ganha massivamente em quantidade.

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Victor Filipe
27 dias atrás

Na verdade a única artilharia com mais alcance do que a Russa da OTAN são os lançadores de foguetes mas não sei se são superiores aos SMASH. Os obuses e mísseis tem o mesmo alcance e precisão embora os Russos tenham mísseis hipersónicos, coisa que o ocidente ainda não tem.

Neural
Neural
Reply to  Patrício
28 dias atrás

Chechenios vão capturar esses Himars facinho.. Vai ter muita coisa boa a venda por aí, baratinho

Plinio Jr
Plinio Jr
Reply to  Neural
28 dias atrás

Os guerreiros do Tik Tok ?? kkkkkkkk

Maurício.
Maurício.
28 dias atrás

Isso é o que dá quando os políticos não investem como devem nas forças armadas, quando a guerra começa aí tem que ficar implorando por armamento doado ou para pagar em 1000 prestações, que isso sirva de lição para o nosso Brasil.

Last edited 28 dias atrás by Maurício.
Pedro Fullback
Pedro Fullback
Reply to  Maurício.
28 dias atrás

Prezado, o orçamento do Ministério da Defesa é top 5 aqui no Brasil e isso não é de hoje. Orçamento para Defesa nós temos, agora, a prioridade dos militares é gastar esse dinheiro com benefícios e com grande pessoal. A previdência militar é deficitária, previdência dos militares tem rombo crescente e maior déficit per capita. Você não vê um militar querendo mudar esse cenário. Temos também, o excesso de pessoal nas nossas três forças. Por exemplo, com o fim da Guerra Fria, todos os exércitos diminuíram o seu pessoal, mas aqui no Brasil aumentamos o nosso pessoal. Por qual motivo?… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Pedro Fullback
28 dias atrás

Eu concordo que nossos militares também tem culpa no cartório, mas também querer poupar os políticos aí já é muita ingenuidade.

Pedro Fullback
Pedro Fullback
Reply to  Maurício.
28 dias atrás

Não é ingenuidade. Dinheiro tem. Então, o problema está em quem?

ANTONIO SANTOS
ANTONIO SANTOS
Reply to  Pedro Fullback
28 dias atrás

Falta uma CPI das forças armadas no Brasil.
Mas infelizmente nós sabemos a preocupação do pior congresso da história desse país: Orçamento secreto e fundão eleitoral, o resto que se foda.
Além disso tem os milico das antiga que se acham uma casta superior ao resto do povo que jamais iria aceitar uma CPI sob esses gastos absurdos com o dinheiro do contribuinte.

Victor Filipe
Victor Filipe
28 dias atrás

100 é um numero possível, mas difícil.

Foram fabricados +- 540 M142 HIMARS segundo a Wiki

pra completar um numero de 100 MRLS pra Ucrânia eles provavelmente vão enviar um misto de HIMARS e M270 que é outra plataforma semelhante porem que leva mais munição (mas um pouco inferior em mobilidade.)

se forem “foguetes de longo alcance” estão falando da munição “normal” desses sistemas. isso não é coisa de outro mundo já que os EUA já estão entregando.

Agora se estavam se referindo a ATACMS ai é outros 500…

Hcosta
Hcosta
Reply to  Victor Filipe
28 dias atrás

E tem países países Europeus com alguns M270. A Alemanha tem mais de 100 armazenados. E já enviou alguns para a Ucrânia.

Talvez o maior problema seja o treino e a logística, onde incluo as munições.
E também seriam necessários mais sistemas de recolha de informação (drones, radares contra bateria, meios EW, etc…) entre muitos outros.

Paulo Brics
Reply to  Victor Filipe
28 dias atrás

Sonho meeeuuu, sonho meeeuuu, quero 100 himars no fronteeee, sonho meeeuu…

Munhoz
Munhoz
28 dias atrás

Não é o Himars que faz o estrago mas sim os foguetes da seria M 30/31 com GPS

M30 / M31 GMLRS. Foguetes guiados por GPS. Os M30, de ogiva cluster, foram retirados de serviço; os M31 de ogiva unitária foram substituídos em produção pelos M31A1, mas ainda estão em estoque. Os M30A1 e M31A1 seguem em produção em larga escala, e são o principal tipo em serviço. Uma versão de longo alcance está em desenvolvimento.

Rodrigo Martins Ferreira
Rodrigo Martins Ferreira
28 dias atrás

Off Topic… Outro dia eu expliquei para o Niltinho, pq o Rublo ou a moeda da China que eu nunca lembro o nome, nunca serão moedas de reservas internacionais, o problemas principais são a confiança e a segurança jurídica destes países.. Um belo exemplo desta semana… Situação atual na China.. https://hojenomundomilitar.com.br/china-coloca-tanques-de-guerra-nas-ruas-para-proteger-bancos-a-agencia-henan-declarou-que-as-economias-das-pessoas-em-sua-agencia-agora-sao-produtos-de-investimento-e-nao-podem-ser-sacadas/ Vocês deixaram o seu dinheiro em bancos chineses, arriscando a acontecer o mesmo ? Mesmo no Brasil onde a segurança jurídica é uma b…, alguns tipos de investimentos senão me engano de até R$250.000,00 são garantidos pelo tesouro nacional. Na China, você ganha uma bela p…. no c… Esta… Read more »

WSilva
WSilva
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
28 dias atrás

Hoje no mundo militar? rs

O ”googleman” parece que tá ficando famoso, tá virando até ”fonte” agora. rs

Outra coisa, nenhuma moeda internacional monopolizada é segura pois estará sempre sujeita ao humor de seu hegemon, logo quem defende uma moeda gerenciada por um único país, seja ele qual for, só pode ser debiloide ou alienado.

Noutro tópico eu já disse que a melhor solução seria uma moeda gerenciada pelas maiores economias do mundo assim como o sistema de pagamento bancário internacional.

Thiago A.
Thiago A.
Reply to  WSilva
28 dias atrás

Eu espero que vocês entendam o valor e importância da soberanía monetária antes de própor essas teorias esquisitas. Abrir mão disso equivale a abrir mão de um pedaço de solo nacional, aceitar bases estrangeiras ou colocar tropas nacionais a disposição e sob o comando de outra potencia. Provavelmente no futuro a Rússia poderia até aceitar, já que caminha a passos largos em direção a esfera de influência chinesa, mas a INDIA duvido e muito. Se existe uma aliança, com objetivos e confiança mútua pode funcionar- não há garantia que funcione no longo prazo!- caso contrário é simples loucura . Pesquise… Read more »

Last edited 28 dias atrás by Thiago A.
Pedro Fullback
Pedro Fullback
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
28 dias atrás

Segurança jurídica não existe em nenhum país. Nem a Suíça, que se diz neutra e independente, está bloqueando dinheiro de pessoas e empresas russas.
Então, cai a sua falácia.

Henrique
Henrique
Reply to  Pedro Fullback
28 dias atrás

Cara relativizar a segurança jurídica de uma Suíça é de f*der kkkkkkk
.
entre abri uma empresa na Coreia do Norte, Afeganistão, Angola, Brasil , EUA ou Singapura vai em qualquer um, não “existe segurança jurídica”

Last edited 28 dias atrás by Henrique
Francisco
Reply to  Rodrigo Martins Ferreira
28 dias atrás

Amigo se é que algum dia existiu segurança jurídica hoje ela não se faz presente nesses países tidos como “livres/democráticos”, é só ver o que o tal do Trudeau fez nos protestos que não lhe agradavam e existem muito mais situações como essa, o próprio confisco sobre os russos e de seus cidadãos independente do mérito na questão da guerra a forma como foi feito é completamente ilegal juridicamente.

Marcelo
Marcelo
28 dias atrás

Os EUA e a OTAN estão, gradativamente, treinando as tropas ucranianas e enviando equipamentos bélicos. Começou com os mísseis portáteis Javelin e Stinger. A Turquia esta fornecendo drones Bayraktar. Depois vieram os obuseiros de 155 mm. Também chegaram mísseis Harpoon para defesa naval. Seguiu-se entregas de Himars. Agora vira o NASANS para a defesa antiaérea. O Congresso Americano já cogita treinar pilotos ucranianos nos caças F-16. Isso configura uma estratégia militar de longo prazo e seguindo feedbacks vindos do campo de batalha. A Ucrania está fazendo a lição de casa e o Ocidente está ajudando a aumentar as capacidades das… Read more »

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
28 dias atrás

Interessante, o ministro quer mais 92 himars. Notícia recente: “Ministro da Ucrânia convida fabricantes para testar novas armas na guerra” https://noticias.uol.com.br/internacional/ultimas-noticias/2022/07/20/ministro-da-ucrania-convida-fabricantes-para-testar-novas-armas-na-guerra.htm Já foram bilhões e mais bilhões de empréstimos para a Ucrânia. Fazendo um devaneio bem peculiar, vamos supor que o objetivo da OTAN seja alcançado: a Federação Russa é extinta, várias republiquetas são formadas, Navalny assume o Kremlin em Moscou, as armas nucleares são confiscadas, BINGO Jesus voltou. Ok, depois disso quem vai pagar a dívida ucraniana? A Grécia e outros da UE mandam um salve para quem acha que é só prosperidade fazer parte da UE. Todos os… Read more »

Hcosta
Hcosta
Reply to  Fabricio Lustosa
28 dias atrás

Como referiu, não seria a primeira vez.
E se não fosse a UE a Grécia estaria numa situação muito pior. E fosse como diz como explica que os Gregos não tenham saído ou pedido para sair da UE ou da zona Euro?

Mas certamente que não é a Rússia que terá capacidade financeira para fazer isso. Vai pintar uns monumentos da 2GM e pouco mais, isso porque a propaganda é mais importante do que a qualidade de vida.

E desde quando o objetivo da OTAN é a extinção da Rússia?

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Hcosta
28 dias atrás

E desde quando o objetivo da OTAN é a extinção da Rússia? Resposta: desde sempre. A OTAN queria uma Rússia igual era nos anos 90, vilependiada e roubada pelo Ocidente. A OTAN quer os recursos naturais infinitos da Rússia. Napoleão e Hitler também os cobiçaram. Nunca conseguirão.

Neural
Neural
Reply to  100nick-Elã
26 dias atrás

batalhão “Sparta 300” de Chechenios vão tratorar tudo.

Caerthal
Caerthal
28 dias atrás

Considerando a situação atual entendo que a Ucrânia precisa de um milagre. Talvez dois…

Luis Ferrari
Luis Ferrari
28 dias atrás

Qual armamento do brasil tem pontaria certeira. Tipo lançou acertou no alvo. Não importa o alcance? Eletrônica .

Pedro Fullback
Pedro Fullback
Reply to  Luis Ferrari
28 dias atrás

Acho que com exatidão, só o pagamento dos salários dos militares no dia primeiro. Faça chuva faça sol, terremoto, crises e etc.

DanielJr
DanielJr
Reply to  Luis Ferrari
28 dias atrás

Algumas bombas guiadas na FAB, alguns mísseis IGLA e antinavio exocet/harpoon/penguin. Basicamente é isso.

Oráculo
Oráculo
28 dias atrás

100 M142 HIMARS?!?!

Resumindo ele quer que os Yankees enviem 20% do seu próprio arsenal?

Tá bom. Senta e espera..

Romão
Romão
28 dias atrás

Quem paga por isso é o contribuinte americano ? A casa branca vai continuar pintando papel de verde à revelia, mesmo com Pequim jogando títulos da dívida americana no mercado ? A sociedade americana vai aguentar calada o custo de vida aumentando a cada dia, para que Washington mantenha a hegemonia a nível global ? Os 40 milhões de americanos (equivalente a população da Argentina) que vivem em trailers e mini-vans vão aguentar a pobreza galopante até quando ?

Aguardem os próximos capítulos da novela: Hoje no Mundo Multipolar.

Matheus
Matheus
28 dias atrás

Jaja o Zé lensky vai pedir Abrams, Leopards, Tomahawks, Arleigh Burkes e um classe Ford.

Ivan
Ivan
28 dias atrás

“Nós precisaríamos de pelo menos 100 [HIMARS], eu acho. Isso se tornaria um divisor de águas no campo de batalha”. . Devemos entender essa frase como a manifestação de um desejo do ministro da Defesa da Ucrânia, Oleksii Reznikov. Algo normal, mas que tem que ser sopesado com outras condições. . Os “parceiros” ocidentais possuem veículos lançadores disponíveis para o envio imediato de uma centena? Considerando veículos M-142 (rodas 6×6) e M-270 (esteira) a resposta seria SIM, MAS, olha o cruel “mas” aí. Existem dois problemas básicos: Alguns países não tem veículos lançadores sobrando; e Outros tantos precisam de atualização… Read more »

Arthur
Arthur
28 dias atrás

Não! Está tudo errado! Pedir 100 HIMARS é pensar pequeno! Arredonda a conta logo para 1.000, 2.000, 3.000… Assim fica feliz o pobre fabricante do armamento, o desafortunado político que ganha sua propina honestamente e o coitado do povo ucraniano, que não terá como pagar a dívida impagável. Até agora, a América subiu de DOZE para VINTE HIMARS; desses, OITO já foram recebidos. A julgar pela verborréia do ministro ucraniano, gentilmente transcrita pelo blog, o sistema é tão, tão bom, que acerta sozinho sem mesmo mirar o alvo. Cara, já li muito história militar, mas nunca vi uma guerra com… Read more »

LUIZ
LUIZ
Reply to  Arthur
27 dias atrás

E os russos já destruíram 4 HIMARS.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
28 dias atrás

Deixaram de fazer o papel de Mickey e agora tão competindo com o Goofy.
As forças russas estão se aproximando da segunda maior central energética ucraniana, Vuhlehirska, a noroeste da cidade de Donetsk.
Hora da molecagem começar a crescer.

DanielJr
DanielJr
28 dias atrás

Faltou pedir umas margaritas também, amendoins. O Zelensky está com mais prática em pedir que muita gente que bate ponto em semáforo (infelizmente tem muitos).

Marcelo
Marcelo
28 dias atrás

Os HIMARS não serão a única dor de cabeça da Rússia na Ucrânia. Os A-10 Warthog estão sendo aposentados nos EUA e podem ser doados para as forças ucranianas. Os russos sempre temeram os A-10 Warthog devido a sua resistência em combate e ao poderoso arsenal de 16 mísseis Hellfire e do canhão GAU Avenger. Vamos ver …
https://www.thedrive.com/the-war-zone/giving-a-10-warthogs-to-ukraine-isnt-off-the-table

Bosco
Bosco
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

Marcelo,
Na verdade o A-10 pode levar até 12 Mavericks.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

Não creio que o A-10 mudaria o rumo da Guerra. Fazendo uma comparação tosca, nessa guerra o “similar” russo ao A-10 é o SU-25. Quem vem sendo usado com sucesso pelos dois lados do conflito. Porém, apesar de ser uma caça “bruto” e com blindagem reforçada, já foi abatido as dúzias, tanto do lado russo quanto no ucraniano. O A-10 tem mais poder de fogo, a blindagem é mais forte. Porém ele é mais lento do que o SU-25. Ou seja, ele faria um estrago maior ofensivamente. Mas defensivamente ele seria um alvo “menos difícil” de ser abatido. Tem muito… Read more »

Last edited 27 dias atrás by Oráculo
Marcelo
Marcelo
Reply to  Oráculo
27 dias atrás

O Congresso Americano já autorizou o treinamento de pilotos ucranianos em caças F-16 e, talvez, F-15. Mas vai levar de 6 meses a um ano para que os pilotos ucranianos estejam aptos a voar e, principalmente, usar com eficiência os sistemas de armas ocidentais. É mais fácil e mais rápido treinar os pilotos ucranianos nos A-10 Warthog. Os F-35 não estão na mesa de negociação por conter tecnologia sensível.
https://www.google.com/amp/s/breakingdefense.com/2022/07/the-us-military-now-seems-open-to-gifting-ukraine-new-fighter-jets-but-what-type/amp/

Marcelo
Marcelo
Reply to  Oráculo
27 dias atrás

O A-10 serviria bem fornecendo apoio aéreo próximo às tropas ucranianas nas linhas de frente travando uma batalha de artilharia com a Rússia. O F-16 seria capaz de assumir missões de interdição aérea para as quais o A-10 não é adequado, voando atrás das linhas inimigas e em áreas de bombardeio onde veículos, munições e outros equipamentos russos estão sendo armazenados.
Extraído de https://www.google.com/amp/s/breakingdefense.com/2022/07/the-us-military-now-seems-open-to-gifting-ukraine-new-fighter-jets-but-what-type/amp/

LUIZ
LUIZ
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

E quem vai pilotar?

naval762
naval762
28 dias atrás

Os torcedores de um computador só ficam todos ouriçados. Se acalme tovarisch, se acalme, a Rússia já ganhou a guerra.

FRANCISCO MARCELIO DE ALMEIDA FARIAS
28 dias atrás

Brasil devia mandar uns 30 Astros II, com umas mil munições de tipo foguetes SS-80, já substituía bem os Himars M142 que nunca chegam, kkkk  

Matheus
Matheus
Reply to  FRANCISCO MARCELIO DE ALMEIDA FARIAS
28 dias atrás

Pra que?

Henrique
Henrique
Reply to  Matheus
27 dias atrás

pra vender depois do conflito

Henrique
Henrique
Reply to  FRANCISCO MARCELIO DE ALMEIDA FARIAS
27 dias atrás

Se for pra mandar Astros manda os da Arábia Saudita que está mais perto e mais fácil para os EUA negociar… até pq a cadelinha de recados do Putin no Planalto iria dar piti e não deixaria mandar com desculpa NuTrAlIdAdE

Last edited 27 dias atrás by Henrique
Tomcat4,4
27 dias atrás

Pobres mortais !!!!

Marcelo
Marcelo
27 dias atrás

O HIMARS não é uma arma milagrosa nem o recém-chegado no campo de batalha que acabará por determinar a vitória nesta guerra. Mas, por enquanto, é justo dizer que está mudando a forma como os dois lados veem o que é possível no campo de batalha. E para muitos ucranianos, isso é algo para se cantar. Por Joshua Keating é um repórter de segurança global da Grid.
https://www.grid.news/story/global/2022/07/22/himars-the-new-us-rocket-launchers-in-ukraine-are-making-the-russians-furious-but-can-they-win-the-war/

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

Tá mudando o curso da prosápia aqui no grupo, pois os faxineiros da OTAN andavam meio calados e agora não para de vender fantasias.
Mas crescer não é opção. É imposição da natureza.

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
27 dias atrás

Em toda a história da guerra, nunca havia sido destruído um único HIMARS em batalha. A Rússia já destruiu 4.
A consequência: as acções da Lockheed Martin Corporation estão a baixar, daí a necessidade em rejeitar qualquer perda ucraniana no terreno.
Há muito dinheiro em jogo. Entretanto, a Rússia está perto de tomar a região de Donetsk.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Mateus Gonçalo
27 dias atrás

Cadê a prova de um único Himars destruído? A Rússia diz que destruiu 4 Himars, mas não mostrou nenhum vídeo de drone ou foto de satélite de um único Himars destruído ou destroços do veículo. Só palavras. Enquanto isso os EUA aprovaram o envio de mais 4 Himars. Agora são 20 unidades a caminho do front. E já há pelo menos 1 lançador múltiplo M270 em solo ucraniano.
https://www.google.com/amp/s/gauchazh.clicrbs.com.br/mundo/amp/2022/07/eua-aprova-nova-ajuda-militar-a-ucrania-incluindo-lanca-foguetes-cl5wuwxxp002r01g5hckiqojr.html

Mateus Gonçalo
Mateus Gonçalo
Reply to  Marcelo
27 dias atrás

Cê faz parte do grupo de faxineiros da OTAN que andou vendendo a resistência em Mariupol, como se alguém defendesse uma cidade de dentro de uma fábrica e que persiste em falar como se provar algo para ocês fosse o fim ou princípio do mundo.
Vai sonhando, pois ainda não se cobra para tal.
Tão quebrando HIMARS com o pau e tu vai ver a OTAN sair ainda mais humilhada, por isso, vocês, boys da faxina já nem falam nos javelins e stingers.

Grifon
Grifon
27 dias atrás

kkkkkkkkk a Ucrânia que fique achando que a OTAN irá ajudá-la com tudo isso rsrs..

Adriano Madureira
Adriano Madureira
27 dias atrás

Ele não quer pedir logo 200 HIMARs não?!

Últimas Notícias

Brasil e Coreia do Sul fecham acordo para produção de semicondutores da Samsung no país

O Brasil e a Coreia do Sul estão fechando acordos para a construção de uma fábrica de chips semicondutores...
Parceiro

- Advertisement -
- Advertisement -