quarta-feira, setembro 28, 2022

Saab RBS 70NG

Rússia inicia jogos de guerra massivos com a China e outros estados aliados

Destaques

Redação Forças de Defesa
Redação Forças de Defesa
redacao@fordefesa.com.br

O exercício Vostok 2022 durará até 7 de setembro, mostrando o fortalecimento dos laços e a cooperação em defesa entre Rússia e China

A Rússia lançou exercícios militares de uma semana envolvendo forças da China e de outras nações, um exercício que mostra a crescente cooperação de defesa entre Moscou e Pequim, pois ambos enfrentam tensões com os Estados Unidos.

As manobras em larga escala também parecem ter como objetivo demonstrar que a Rússia tem poder militar suficiente para enormes exercícios, mesmo quando suas tropas estão engajadas em ação na Ucrânia.

O Ministério da Defesa russo disse que o exercício Vostok 2022 (Leste 2022) será realizado até 7 de setembro em sete campos de tiro no Extremo Oriente da Rússia e no Mar do Japão, e que envolve mais de 50.000 soldados e 5.000 unidades de armas, incluindo 140 aeronaves e 60 navios de guerra.

O chefe do Estado-Maior russo, general Valery Gerasimov, supervisionará pessoalmente os exercícios, que envolverão tropas de várias nações ex-soviéticas, China, Índia, Laos, Mongólia, Nicarágua e Síria.

O Ministério da Defesa observou que as Marinhas russa e chinesa “praticarão ações conjuntas para proteger as comunicações marítimas, áreas de atividade econômica marinha e apoio a tropas terrestres em áreas litorâneas” no Mar do Japão.

Cooperação crescente com a China

Putin e o presidente chinês Xi Jinping desenvolveram fortes laços pessoais para reforçar uma “parceria estratégica” entre os ex-rivais comunistas, pois ambos estão presos em uma rivalidade com os Estados Unidos.

A China se recusou a criticar a invasão da Ucrânia pela Rússia, dizendo que os Estados Unidos são o “principal instigador” do conflito ao apoiar a expansão da Otan e impor sanções a Moscou.

Em troca, a Rússia apoiou fortemente a China em meio a tensões com os EUA causadas pela recente visita de sua presidente da Câmara, Nancy Pelosi, a Taiwan.

O presidente russo, Vladimir Putin, comparou o apoio dos EUA à Ucrânia e Taiwan, dizendo que ambos fazem parte de supostos esforços americanos para fomentar a instabilidade global.

O analista político Alexander Gabuyev observou: “É muito importante que Pequim mostre aos EUA que tem mecanismos para pressionar a América e seus interesses globais.

“As manobras conjuntas com Moscou, incluindo os exercícios navais, pretendem sinalizar que, se a pressão sobre Pequim continuar, não terá outra escolha a não ser fortalecer a parceria militar com a Rússia”, disse Gabuyev. “Isso terá um impacto direto nos interesses dos EUA e seus aliados, incluindo o Japão.”

Ele disse à Associated Press que o Kremlin, por sua vez, quer mostrar que as forças armadas do país são poderosas o suficiente para flexionar seus músculos em outros lugares, apesar da campanha opressiva na Ucrânia.

“A liderança russa demonstra que tudo corre conforme o planejado e que o país e seus militares têm recursos para conduzir as manobras junto com a operação militar especial”, disse Gabuyev.

A participação da China nos exercícios “visa aprofundar a cooperação pragmática e amigável entre os militares dos países participantes, aumentar o nível de cooperação estratégica entre todas as partes participantes e aumentar a capacidade de responder conjuntamente a várias ameaças à segurança”, o porta-voz do Ministério da Defesa chinês, coronel Tan Kefei disse na semana passada.

O exercício continua uma série de jogos de guerra conjuntos da Rússia e da China nos últimos anos, incluindo exercícios navais e patrulhas de bombardeiros de longo alcance sobre o Mar do Japão e o Mar da China Oriental. No ano passado, tropas russas foram enviadas ao território chinês para exercícios conjuntos pela primeira vez.

Embora Moscou e Pequim tenham rejeitado no passado a possibilidade de forjar uma aliança militar, Putin disse que tal perspectiva não pode ser descartada. Ele também observou que a Rússia tem compartilhado tecnologias militares altamente sensíveis com a China que ajudaram a reforçar significativamente sua capacidade de defesa.

FONTE: Al Jazeera / Agências Internacionais

- Advertisement -

179 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest

179 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bardini
Bardini
26 dias atrás

Foto deste ano, demonstrando quão massivo se tornou o exercício:
https://pbs.twimg.com/media/Fbjwx7NWAAMkb4Y?format=jpg&name=medium
.
Nossas forças já fizeram uma penca de exercicios mais “massivos” que isso aí, só neste ano.

Léo Neves
Léo Neves
Reply to  Bardini
26 dias atrás

Sério que tu acredita que aí nessa foto está todo efetivo envolvido? Kkk 50000 militares virou só isso ?
Mas agora sério, esse exercício era bem maior quando a Rússia não estava em guerra, provavelmente mais de 100 mil militares. Agora é só 50 mil.

Heinz
Heinz
Reply to  Léo Neves
26 dias atrás

Os russos estão desesperados por novas buchas de canhão, digo, soldados voluntários para ir para a frente de combate na Ucrânia.
As perdas são elevadíssimas e o moral das tropas está baixando, muito diferente dos ucranianos que apesar de baixas pesadas, estão defendendo suas terras contra os invasores.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Explique melhor sua afirmação. Cite fontes e aponte resultados da frente de batalha que corroboram tal afirmação.

Patrício
Patrício
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Confia!

Patrício
Patrício
Reply to  Heinz
25 dias atrás

M-113 ucraniano (esse era holandês) capturado intacto.
As perdas ucranianas nesta ofensiva em Kherson foram catastróficas.
Tanto em homens quanto em material.
A Ucrânia e a OTAN estão jogando dinheiro fora.
A causa está perdida desde o início e só estão agravando a situação do povo ucraniano .

https://t.me/intelslava/36349

Heinz
Heinz
Reply to  Léo Neves
26 dias atrás

Eu não acredito nesse número de 50 mil militares.
Olha a comparação da foto abaixo de 2018. Para a da matéria.

IMG_20220901_232412_814.jpg
Patrício
Patrício
Reply to  Heinz
25 dias atrás

O que tem o c. com as calças?
Pegar fotos de uma solenidade de um ano com outra de outro ano.
Aquiete-se.
Conforme-se.

mago
mago
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Ahahah…..isso….não acredite mesmo! Hitler, antes do início da operação Barbarossa também não acreditou em seus próprios serviços de informações que lhe informavam do risco da operação pois o exército vermelho possuía mais de 500 divisões prontas para combate, só na Rússia europeia, sem contar as gigantescas forças no extremo oriente russo. O final, aqueles que estudam história de forma séria e baseada em fatos verdadeiros já sabem! Os soviéticos tratoraram os nazistas todos e acabaram dentro do reischtag, no coração do reich nazista, aquele império que duraria “mil anos” conforme o velho Adolf havia prometido às suas falanges.

Anderson
Anderson
Reply to  mago
22 dias atrás

Meu amigo duas coisas mudaram desse tempo para hoje, as famílias russas diminuíram os russos têm muito menos filhos hoje,a perda de um filho destroi uma familia de filho único, e os EUA estavam apoiando a Russia agora eles estão do outro lado, ta mais perigoso os Ucranianos terminarem no Kremlin.Foi o pior erro do Putin e a Rússia vai amargar as consequências por alguns anos.

Anderson
Anderson
Reply to  Léo Neves
26 dias atrás

Não tem 50k tropas ali nunca, a Russia está sem tropas até para cobrir as necessidades das frentes na Ucrânia, nunca que eles iriam tiram 50K tropas para fazer um exercício, concordo com o Bardini.
Essa fotos da matéria são do ano passado.

Last edited 26 dias atrás by Anderson
Patrício
Patrício
Reply to  Anderson
26 dias atrás

Que desespero!
Pegar uma foto de uma solenidade para hasteamento de bandeiras com alguns pelotões e comparar com um exercício militar com dezenas de milhares de militares.
Mas, o importante é que vejo bandeiras da Índia e do Cazaquistão.
Formou-se a espinha dorsal de uma mega-alianca de países asiáticos.
Eles vão dominar o Mundo.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Caro Xings, não confunda o treinamento com o fornecedor de armas com pacto de sangue. Índia tá indo contra a Xina, na guerra e na paz econômica. Já a Rússia só tem uma grande fronteira.

Augusto
Augusto
Reply to  Anderson
25 dias atrás

Tolice da parte dos russos fazer tal exercício com tantos militares envolvidos enquanto precisam de mais soldados pra combater sua “operação militar especial”.

Evair
Evair
Reply to  Augusto
25 dias atrás

Precisam não.
Hoje aconteceu o esperado.
O avanço que os ucranianos fizeram em Kherson foi cercado pelos russos em um bolsão.
Os pontões ucranianos foram destruídos e eles foram cercados.
Alguns analistas estranharam o fato dos russos não terem destruído os pontões logo no início da operação e especularam que os russos já sabiam dos planos ucranianos e deixaram avançar para atacá-los pelos flancos e retaguarda.
Funcionou.
Brilhante.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Anderson
25 dias atrás

Acreditar é subjetivo.

Patrício
Patrício
Reply to  Bardini
26 dias atrás

Estou vendo a presença de indianos junto a russos e chineses.
Pedra cantada aqui.
Os EUA são considerados intrusos e inimigos das grandes nações asiáticas que estão moldando o Novo Mundo.
E estão chegando aliados de diversas partes, como Irã, Turquia, Indonésia, Egito, Vietnã e outros.
Acho que não vai dar mais pé para os EUA e Europa Ocidental.
Sinto muito.
Em tempo: Putin é um gênio.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Os indianos fazem exercicios com os EUA com mais frequência do que com os russos. Em agosto houve um exercicio de operações especiais e em outubro haverá outro – este claramente tendo a China como objetivo – que sera realizado a 95km da fronteira disputada entre China e India e pretende treinar combates em altas altitudes.

WSilva
WSilva
Reply to  Jacinto
25 dias atrás

A relação EUA-India não é verdadeira, os indianos apoiam os EUA apenas pelo poder tecnológico/investimentos e por fazer frente a China, mas não existe confiança entre eles, especialmente da parte dos EUA.

Você jamais verá os EUA compartilhar informações sensiveis com a Índia assim como faz com Inglaterra, Japão e Australia porque existe um receio de que a Índia transfira a informação para a Rússia e consequentemente para a China.

Diferente da relação Russia-India, que é inclusive sentimental demais por parte da Índia.

Jacinto
Jacinto
Reply to  WSilva
25 dias atrás

O problema é que a aproximação da China com a Rússia deixa claro que, numa guerra entre Índia e China, a Índia não poderá contar com o apoio russo. A consequência disso é que a última aquisição de armas russas pelos indianos de peso foi em 2017 (S-400). O gráfico abaixo mostra que no começo dos anos 2010, quase tudo o que a Índia importava em termos de armamento, era de origem russa. A Rússia era, como dizem meus amigos cearenses, “primeiro sem segundo“. Mas isso começou a mudar nos últimos anos e no ano passado, a França passou a… Read more »

imagem_2022-09-02_171200389.png
WSilva
WSilva
Reply to  Jacinto
23 dias atrás

Esse gráfico é enganoso. Os indianos estão comprando armas russas há mais de 50 anos, não se troca um fornecedor desse calibre do dia para a noite assim como seus equipamentos, o equipamento russo não conversa com o equipamento dos EUA/OTAN, sem contar que Índia nunca contará com tecnologia sensível do ocidente, repito, há um receio do ocidente que isso caia em mãos russas e consequentemente chinesas. O que a Índia está fazendo se chama diversificar suas fontes e assim ganhar algum poder de barganha com a Rússia no futuro, talvez com intuito de conseguir mais transferência de tecnologia. O… Read more »

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Você é propagandista e fanfarrão demais!

Estamos falando da Turquia que atacou a Síria e apoiou publicamente a Ucrânia ?

Egito com a compra massiva de armas ocidentais ?

Os únicos países que se aliam a Rússia são ditaduras como Venezuela, Cuba, Nicarágua, Coreia do Norte e de forma exploratória, a China.

O Putin é um gênio kkkk

Evair
Evair
Reply to  Guilherme Leite
26 dias atrás

Verdade verdadeira.

389838.jpg
Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Evair
25 dias atrás

Esquecemos da India, a mesma que está fazendo exercícios com a OTAN no pacífico e nacionalizando e ocidentalizando suas forças armadas ?

O país que começou a fabricar munições padrão NATO.

Você já viu a Índia no mapa ?

Ela que não se cuide com a China kkkkk

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Guilherme Leite
25 dias atrás

A amazônia inteira tem o tamanho de duas índias.

Pedro
Pedro
Reply to  Patrício
26 dias atrás

É um gênio…. empurrou mais dois países para OTAN com a presepada na Ucrania.

Slow
Slow
Reply to  Pedro
26 dias atrás

Uaaaal , agora que Finlândia e Suécia entrou pra OTAN ele recua em confia !

Pedro
Pedro
Reply to  Slow
25 dias atrás

Verdade…acho que nem da pra se preocupar com esses países quando nem do atoleiro da Ucrânia ele consegue sair.

Slow
Slow
Reply to  Pedro
25 dias atrás

Ucrânia = EUA e Europa bancando ..

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Pedro
25 dias atrás

Pingo pong de abas abertas no navegador kkkk

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Slow
25 dias atrás

Não é questão de ele recuar, ele está é cada vez mais CERCADO. Não consegue dar de conta nem da Ucrânia que dirá da aliança inteira e com caças e armas bem mais modernos que a Ucrânia

Slow
Slow
Reply to  Lúcio Sátiro
25 dias atrás

“ Cada vez mais cercado “

Kk só que a hora que ele não tiver saída as 7 mil armas nucleares resolvem .. e ai ?

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Novo mundo? É só comparar a qualidade de vida de um cidadão médio numa cidade americana para a de uma cidade chinesa, indiana ou russa.
Vá vender o “novo mundo” deles a outro, comigo não cola.

Alois
Alois
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Impressionante como você conhece política internacional, entre Estados não existem amigos, mas interesses, China e Índia não morrem de amores um pelo outro, aliás as fronteiras do Nepal que o digam, mas são pragmáticos. Em relação a este treinamento, pode ter certeza de que os russos devem estar fazendo um incrível esforço para demonstrar capacidades que não tem. Se tivessem tanta condição militar, por que estão aceitando tantos “voluntários ” de outros países? Por quê estão “empacados” e até sendo contra atacados? ” algo de errado, não está certo” . Em relação a quantidade de tropas no exercício, dos 50k,… Read more »

Magaren
Magaren
Reply to  Patrício
24 dias atrás

Confia!

Boitatá
Boitatá
Reply to  Bardini
25 dias atrás

Se você aproximar a imagem vai conseguir contar os 50 mil pontinhos.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Boitatá
25 dias atrás

Estão usando a farda brasileira, perfeita para todo tipo de terreno. Lembro que passavam meses falando de uma bendita camuflagem ou pintura de veículos e asas.

Nativo
Nativo
Reply to  Bardini
25 dias atrás

Agora conta aquela do papagaio

Ivanmc
Ivanmc
26 dias atrás

Certas independências causam desconforto para os incautos. Depois do fiasco do Nazi Zélenski, Eua/Otan tentarem retomar a região de Kherson e outros territórios fracassaram. Mais de 500 bilhões de dólares investidos, sem retorno evidentemente. Além de dezenas de tanques destruídos, houve mortes e rendições. A Rússia revigorada, organizada, autopoiética e dotada da faculdade de determinar as próprias normas de conduta, sem imposições de outrem, mostra a que veio nesse Exercício Vostock 2022. Uma nação que não aceita a vassalagem, talhada em guerras vide a dos Czares, não se curvam ao neonazifascismo. Na contramão, certas sociedades eivadas pelo Toque de Charcot… Read more »

Patrício
Patrício
Reply to  Ivanmc
26 dias atrás

‘A montanha pariu um rato’.
Desastre total para os ucranianos.
Muitas perdas e nenhum ganho.
E pior, vai abrir o caminho para a Ofensiva russa em Nikolaev e Kherson.
Sempre disse aqui que os russos torcem para essas ‘contra-ofensivas’ ucranianas.
Viram um campo de matança para os artilheiros russos.

Patrício
Patrício
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Em tempo.
Os EUA e OTAN devem estar de cabelo em pé com o poder da artilharia russa.
Ao melhor estilo soviético.
Pulveriza tudo.
E olha que isso é apenas uma pequena parte de seu arsenal.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Cara, a CUT deveria te contratar para você elaborar esses panfletos poéticos para as manifestações dela.
A tal artilharia russa não chegou sequer na metade do território da Ucrânia por que à essa altura ?
Estilo soviético? Sim, os assassinos comunistas varriam tudo, crianças, mulheres, civis, enfermos.
É por isso que não se deve ter respeito com comunista.
Quando são os EUA aí é imperialismo. Quando é a Rússia não é.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Prezado, é isso mesmo.

Patrício
Patrício
Reply to  Ivanmc
26 dias atrás

Saudações!

leandro
leandro
Reply to  Patrício
26 dias atrás

olha os perfis fakes se saudando agora…

Maurício.
Maurício.
Reply to  leandro
25 dias atrás

Leandro, o Patrício todo mundo sabe quem é, ele e seus adversários usam das mesmas técnicas de vários nicks…Mas o Ivanmc não é fake, ele é um usuário antigo já dá trilogia.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Maurício.
25 dias atrás

Saudações, nobre Maurício.
Obrigado pela lembrança. Eu comento há mais de 9 anos aqui na Trilogia.
Até em algumas edições da Expoaer aqui na Baco (Ala3), já conversei com alguns debatedores, eu peço alimentos não perecíveis para as instituições de caridade quando tem Expoaer em Canoas.
Saudações.

Last edited 25 dias atrás by Ivanmc
Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Maurício.
25 dias atrás

Saudações, Nobre Maurício.
Há mais de 9 anos.

Last edited 25 dias atrás by Ivanmc
Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Maurício.
25 dias atrás

Ivan é pai do Xings?

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  leandro
25 dias atrás

Imagine as cores das abas… viva o Chrome.

mago ll
mago ll
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Eu já tinha falado que essa “contra- ofensiva” ucraniana, planejada e comandada por generais dos eua/inglaterra, numa associação onde eles (a otan), entram com chumbo, pólvora e aço e os ucranianos entram com carne, osso e sangue, acabaria em fracasso total. Para os russos, essa contra-ofensiva serviu para eles moerem o que resta das melhores tropas ucranianas, juntamente com vários equipamentos recentemente recebidos da otan. É provável que assim que essa tal contra ofensiva fracasse em definitivo, os russos iniciem a sua contra-contra ofensiva e acabem içando seu pavilhão em Odessa e além. Não sei porquê mas lembrei-me do gigantesco… Read more »

Evair
Evair
Reply to  mago ll
25 dias atrás

Exato.
Foi um ataque planejado pela OTAN e com soldados armados e treinados pelos britânicos na própria Inglaterra.
Desta forma, é melhor a OTAN repensar seus métodos, porque, como visto, não deram resultado contra uma força bem armada e treinada como, os russos.
Estima-se que esse ataque contou com 36.000 homens, sendo que cerca de 10.000 treinados na Ucrânia.
Ontem, 128º Brigada de Montanha ucraniana, cuja sede fica na Transcarpátia, foi dizimada pelos russos

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  mago ll
25 dias atrás

Prezado, é por aí mesmo.
Quem procurar um pouquinho sobre a história da Rússia não iria estranhar. Mas, os inebriados não conseguem ter muita noção da realidade a qual lhes permeiam.
Saudações.

Last edited 25 dias atrás by Ivanmc
mago
mago
Reply to  Ivanmc
25 dias atrás

👍

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  mago
25 dias atrás

👍👍👍

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Toda essa enrolação sua só para justificar quase 7 meses de guerra sem que a segunda maior potência militar do mundo tenha tomado sequer a metade do território de um país fraco como a Ucrânia ?
Isso é que é auto ilusão.

Last edited 25 dias atrás by Lúcio Sátiro
Alexandre
Alexandre
Reply to  Lúcio Sátiro
25 dias atrás

Esse conflito tem objetivos que estão para além do território ucraniano. Como já é sabido, a guerra é um meio de se alcançar objetivos políticos. Nesse momento o que vemos é o processo de ruptura entre Ocidente e Oriente. Esse litígio envolve fatores que determinam o ritmo dos eventos. Nesse sentido o tempo e o ritmo esta a favor da Rússia.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Alexandre
25 dias atrás

Vão rejeitar metade do mercado global? Índia vai vender pra china? Rússia tem mercado e mercadorias além do petróleo embargado.

Last edited 25 dias atrás by Vitorio S
Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Lúcio Sátiro
25 dias atrás

Tem que chamar os chineses para por medo na Ucrânia e na Turquia. Foi até ao Irã, está é a supremacia de Putin

Heinz
Heinz
Reply to  Ivanmc
26 dias atrás

Os russos estão pagando 10 mil doletas por mês para voluntários, fique a vontade pra ir.
Ah, o salário só recebe depois do fim do contrato.

Slow
Slow
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Já na Ucrânia, você é obrigado a ir pra guerra com molotv queira ou não ..

Marcelo
Marcelo
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Morto não recebe salário. Os soldados russos sabem bem o que os espera no campo de batalha. Welcome to Ukraine.

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Ivanmc
26 dias atrás

Quanta groselha em um comentário só kkkkkkk

Um país emergente e com um ditador no poder.

A sua sorte é de estar nas graças da democracia, que lhe permite a prerrogativa de escrever essas groselhas avulso.

Lúcio Sátiro
Lúcio Sátiro
Reply to  Ivanmc
25 dias atrás

Toda essa enrolação sua só para justificar quase 7 meses de guerra sem que a segunda maior potência militar do mundo tenha tomado sequer a metade do território da Ucrânia ainda ?
Isso é que é auto ilusão.

Last edited 25 dias atrás by Lúcio Sátiro
Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Lúcio Sátiro
25 dias atrás

Duplicou a resposta. Acho que deu problema no Bot.

J.Leo
J.Leo
Reply to  Ivanmc
25 dias atrás

A grande maioria das pessoas não tem discernimento historiográfico. Se conhecessem, por completo, a história daquela região não escreveriam tantas besteiras, como se lê nos comentários por aqui. O “nazi-fascismo” sempre esteve à espreita por todo o Leste Europeu, desde os primórdios, tanto é que a Finlândia se juntou às tropas nazistas para combater os russos na 2ª G. Guerra, enquanto a Polônia nada fez ou pouco fez para conter o avanço deles em seu país, basta comprovar que os maiores campos de concentração nazistas foram construídos naquele país, o maior gueto também, a maior mortandade de judeus, maior mortandade de… Read more »

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  J.Leo
24 dias atrás

Com certeza, prezado J.Leo.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Ivanmc
25 dias atrás

A luta do velho contra uma nação de jovens. Viva Ucrânia!

Patrício
Patrício
26 dias atrás

É uma dupla invencível.
Talvez o eixo militar mais poderoso da História.
Ih!
Esqueci que a Suécia e a Finlândia entraram para a OTAN.
Kkkkkkk

Heinz
Heinz
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Os Chineses têm muito o que aprender ainda.
Exército Chinês é tipo aquele gordinho que tem dinheiro filhinho de papai, tem carrão, compra o que quer. Mas ainda é Virgem.

Evair
Evair
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Ôxe!
Pensei que esse fosse justamente o esteriótipo dos americanos.

Slow
Slow
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Tem um tal de exército ai mais poderoso/experiente do mundo, que não deu conta dos criadores de cabra e nunca conseguiram ganhar um guerra contra um país que era apoiado pelo exército “ virgem “ ..

Jacinto
Jacinto
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Uma grande alianca… os chineses vão parar de fornecer motores para a Kamaz, que fabrica os veículos militares da Russia. Sociedade caracu: Um entra com a cara e outro…

Evair
Evair
Reply to  Jacinto
25 dias atrás

Junte o País mais populoso do Mundo, com a maior economia e com as maiores forças convencionais do Planeta ao País com a segunda ou terceira maior força militar convencional, mas que é a maior potência nuclear e vc terá esse resultado.
Sei não.
Tempos ‘sombrios’ se aproximam.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Evair
24 dias atrás

E se esta grande aliança existe, porque os russos estão comprando drones do Irã e não da China? É porque a China parou de colaborar com a Kamaz russa?

Mensageiro
Mensageiro
Reply to  Patrício
26 dias atrás

Quer morar na Rússia, Síria, Venezuela, China? Alguém da Abin te cata e joga num desses pra vc viver o sonho comunista.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Mensageiro
25 dias atrás

Esse tipo de pensamento só explicita as razões pelas quais o Ocidente tem decaido através de suas próprias pernas. Uma visão obtusa , incapaz de enxergar a realidade para além do espelho. O problema é que tal visão doentia tende a optar por se agarrar em si mesma e não perceber a tragédia que ela mesma contruiu.

Joe
Joe
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Os seus comentários demonstram desespero com fiasco militar russo na Ucrânia. Até criou vários nomes, né tonho?

Last edited 25 dias atrás by Joe
mago
mago
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Ahahahah….só para comparação da disparidade:
População:
Suécia = 10.5 milhões
Finlândia = 5,351 milhões

China= 1.41260 bilhão
India= 1.3554 bilhão

Gastos militares:
Suecia= 11,6 bilhões usd
Finlan3dia= 3,986 usd
China= 215,7 bilhões usd
Índia= 76,6 bilhões usd

PIB:
Suecia= 540 bilhões usd
Finlândia= 272,2 bilhões usd
China= 12 trilhões usd
India= 3,41 usd

Número de militares:
Finlândia= 237.000
Suécia= 38.000
China= 2.3 milhões
India= 1.3 milhões.

Patrício
Patrício
Reply to  mago
25 dias atrás

Não é?
Segundo alguns celerados aqui no site, a Índia vai se unir ao Vietnã para, junto com os EUA, combater a China.
Agora imagine Índia e Vietnã aliados dos americanos.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Patrício
25 dias atrás

O engraçado é que o último pais a invadir e ser repelido pelos vietnamitas foi a China – e não os EUA. A mesma China que também conseguiu, literalmente no braço, nos últimos 3 anos, melhorar substancialmente suas posições táticas contra os indianos em Ladakh.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Vietna tem intercâmbio com EUA, vide laços econômicos. Veja o que a china fez com os laranjais de lá, carvao. Quando a China atacar taiwan a índia entra na terra do Dalai Lama

Last edited 25 dias atrás by Vitorio S
WSilva
WSilva
Reply to  Vitorio S
22 dias atrás

Vietnã anda de mãos dadas com a China, a relação econômica, inclusive cultural é muito grande. A China invadiu e colonizou o Vietnã por mais de mil anos. Em caso de ataque chinês a Taiwan, a Índia não poderá avançar suas linhas em Ladakh porque o problema da Índia mora ao lado, o Paquistão com suas 165 ogivas nucleares apontadas para Nova Déli só esperando o momento para anexar toda a Caxemira. rs A situação da China é muito confortável nas fronteiras, o maior problema seria a Russia, mas a relação entre eles nunca foi tão boa, tanto que a… Read more »

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  mago
25 dias atrás

Os chineses vão a pé até a Suécia. Como alimentar uma tropa assim?. Estão todos em serviço? População da china é taoísta, não quer saber de guerra, até lá o governo cai. Quem controlar os portos de Ucrânia, Argentina e Brasil controlará a China.

Last edited 25 dias atrás by Vitorio S
Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
26 dias atrás

Tres países envolvidos que possuem juntos metade da população do planeta.

ORIVALDO
ORIVALDO
Reply to  Red Pill - 红色药丸
25 dias atrás

Sugiro vc usar uma calculadora, é barata e de fácil acesso

Hcosta
Hcosta
Reply to  Red Pill - 红色药丸
25 dias atrás

Índia e China são cerca de 2,6 mil milhões. População Mundial 8 mil milhões.

Rússia não conta para este campeonato…

WSilva
WSilva
Reply to  Hcosta
24 dias atrás

Se adicionar a população russa + africana(que certamente é contra o imperialismo ocidental), então o número final é bem maior.

Hcosta
Hcosta
Reply to  WSilva
24 dias atrás

A Rússia faz parte do imperialismo Ocidental…

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Hcosta
24 dias atrás

Ela quis fazer, não é mais. Agora, ela é parte integrante e importante da China. Chora bastante. Chora muito.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Hcosta
23 dias atrás

Aliás, você já deve estar sentindo a conta de energia aí em Portugal aumentar bastante. Não minta, confesse! mas não se preocupe, só vai piorar daqui para frente. Espera chegar o inverno.

WSilva
WSilva
Reply to  Hcosta
23 dias atrás

E ainda esqueci de mencionar o mundo muçulmano, que também é contra o imperialismo ocidental.

Red Pill - 红色药丸
Red Pill - 红色药丸
Reply to  Hcosta
24 dias atrás

“mil milhões”… é bilhões aqui ! 1,4 + 1.45 = 2.85 Bi + 145 milhões da Rússia = 3 BILHÕES arredondado pra cima. Pop mundial = 7.75 Bilhões, então é quase metade mesmo. Aceite que o atlanticismo está em declínio e fim de papo.

100nick-Elã
100nick-Elã
Reply to  Red Pill - 红色药丸
23 dias atrás

Deixe-o acreditar que a grama é azul. Deixe-o ser feliz. O problema deles acreditarem nas mentiras da imprensa mainstream e do Ocidente – o Império das Mentiras – é somente acontecer o que está acontecendo na Ucrânia. Como no Brasil por enquanto essa realidade está distante, então deixem-nos acreditar no seu sonho cor-de-rosa. Cedo ou tarde, a realidade vai estar tão evidente que até eles vão parar de acreditar nos unicórnios.

Last edited 23 dias atrás by 100nick-Elã
WSilva
WSilva
Reply to  Red Pill - 红色药丸
23 dias atrás

Esse número é bem maior, basta adicionar as populações africana e muçulmana, ambas contrárias o imperialismo ocidental.

rafa
rafa
26 dias atrás

Exemplo prático do velho ditado: “O inimigo do meu inimigo é meu amigo.”

PACRF
PACRF
26 dias atrás

Gastar o pouco dinheiro que tem com manobras para “demonstrar que a Rússia tem poder militar suficiente para enormes exercícios” parece um contra-senso, pois está faltando conquistar Kiev e derrubar o Zelensky na guerra contra a Ucrânia, que são os objetivos do Putin, um ex-espião da KGB que fez carreira no Partido Comunista. O problema é que a guerra contra a Ucrânia é de verdade, ou seja, pessoas morrem e equipamentos militares/cidades são destruídos. Afinal, guerra não é parada nem exercício militar.

Evair
Evair
Reply to  PACRF
25 dias atrás

Esse não é o problema.
Os EUA gastam o que não têm para fazer exercício militar na Coreia.
Afinal, porque vc acha que a dívida deles está chegando US$ 32 trilhões?

Mensageiro
Mensageiro
26 dias atrás

O Eixo está sendo formado novamente contra os aliados. Será ditaduras contra democracias.
Escravidão contra liberdade.

Slow
Slow
Reply to  Mensageiro
25 dias atrás

Ditaduras contra falsas democracia que se intromete em países alheios e acham que são polícias do mundo ..

Patrício
Patrício
Reply to  Mensageiro
25 dias atrás

Provavelmente escravos de barriga cheio contra livres famintos.
Vai dar certo.
Podes crer.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Boa definição, prezado Patrício.

Patrício
Patrício
Reply to  Ivanmc
25 dias atrás

Saudações.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Mensageiro
25 dias atrás

E onde vai entrar todas as ditaduras aliadas dos americanos como uma Arábia Saudita? Tu vai contar elas como ditaduras ou democracias? 🤔

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Maurício.
25 dias atrás

A pois é…

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Maurício.
25 dias atrás

🤔x🤔

Alexandre
Alexandre
Reply to  Mensageiro
25 dias atrás

O maniqueísmo é a única opção para aqueles que possuem extrema limitação cognitiva.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
26 dias atrás
Heinz
Heinz
Reply to  Nilton L Junior
26 dias atrás

Curioso é que tem tropas da Armênia e do Azerbaijão, inclusive até tiraram fotos com as as mãos juntas, mesmo estando em conflito.

Jacinto
Jacinto
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Se foto significasse boas relações…

imagem_2022-09-02_111326231.png
Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Heinz
25 dias atrás

Pois então, isso mostra que não existe contradição na geopolítica e sim o pragmatismo de estado, Paquistão, Índia e China é outro exemplo, a novidade ai é Síria e Nicarágua.

Patrício
Patrício
Reply to  Nilton L Junior
25 dias atrás

A China mandou vários Y-20 com ajuda humanitária para o Paquistão, que enfrenta as maiores enchentes de sua História.
E os americanos e a Europa preocupadis com a Ucrânia.
Depois não sabem porque a China está dominando tudo

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Patrício
25 dias atrás

Exatamente Patrício, a China não deixa de ajudar efetivamente seus parceiros estratégicos.

João Adaime
João Adaime
26 dias atrás

Impressionante o hovercraft da primeira foto. Parece uma nave de Guerra nas Estrelas.
Trata-se da classe Zubr, a maior do mundo. Tem capacidade para levar 150 toneladas de carga. Tem espaço para acomodar 500 soldados. E isso a 116 km/h.
Desliza sem problemas sobre qualquer superfície, seja água, terra, neve ou areia movediça. É capaz de atravessar valas, trincheiras e campos minados.
Como pontos negativos, é barulhento e gastador.

Patrício
Patrício
Reply to  João Adaime
26 dias atrás

E comparar com as barcaças que os ucranianos usaram para tentar tomar a usina nuclear de Zaporizhizhia e fazer os inspetores da AiEA como reféns.
Foram bombardeadas no meio do Rio Dniepr e levaram à morte de 200 a 300 soldados.
Estão comentando que os russos já sabiam dessa tentativa tresloucada do Governo de Kiev de atacar a usina nuclear e estavam esperando os comandos inimigos, bem como da ‘contra-ofensiva’ de Kherson.

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  João Adaime
25 dias atrás

E é um excelente alvo…. bem fácil de mirar…

João Adaime
João Adaime
Reply to  Leonardo Cardeal
25 dias atrás

Caro Leonardo
E o que dizer de um porta aviões então? Tudo é alvo. Desde que se tenha as armas adequadas.
A propósito. Eu preferiria desembarcar num desses que navega a mais de 100 km/h do que numa barcaça ou blindado anfíbio que se desloca na água a uns 5 a 10 km/h.
Abraço

Marco Antonio Oliveira
Marco Antonio Oliveira
Reply to  Leonardo Cardeal
25 dias atrás

Desembarcar nisso é morte certa, só serve para quando a praia já estiver dominada.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Marco Antonio Oliveira
25 dias atrás

Um desembarque é uma operação complexa e constituída por diversos elementos e vetores. Esse ” nisso” ao qual você se refere quando usado significa que muita coisa já foi feita e com certeza sera a ultima coisa que alguém do lado adversário vai querer ver, mesmo estando sob sua mira.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Alexandre
25 dias atrás

correto

Marco Antonio Oliveira
Marco Antonio Oliveira
Reply to  Alexandre
24 dias atrás

É mesmo, cara pálida?

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Marco Antonio Oliveira
25 dias atrás

e o amigo acha que o Clanf vai na primeira vaga?

sabia que a antiga doutrina pregava 30 km de distância para desembarque
?? que is americanos já na década de 2000 subiram para 70 km e agora migrando de novo para 100-150km? Já parou para ver a conta?pega e faz a conta do tempo de desembarque de um Clanf….uma eternidade….inviável na guerra moderna….ele só vem depois de tudo dominado e limpo…do contrário levaria horas e horas a chegar a praia e nem tem autonomia para isto…e tudo limpo quer dizer…limpo para o navio chegar perto e desembarcar o clanf…

Marco Antonio Oliveira
Marco Antonio Oliveira
Reply to  Carvalho2008
24 dias atrás

Nossa! Ia morrer sem saber disso.

É cada gênio que não sabe ler que eu encontro…

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  Marco Antonio Oliveira
23 dias atrás

Na medida da relevancia da declaração…desembarcar num Hovercraft ou sua Alternativa Clanf tem a mesma relevancia e num todo, um pretende superar a distancia segura necessaria impondo a velocidade que o outro nao tem…e hovercraft, tambem é equipamento dos mariners paa buscar atender os mesmos requisitos….

Se algo já do conhecimento, irrelevante fica a afirmativa…um leitor mais desavisado poderá falsamente interpretar que a alternativa de blidado anfibio seja mais eficaz…

Em tese hoje, não há a previsão nas doutrinas atuais o desembarque com resistencia forte ou moderada…..

Marco Antonio Oliveira
Marco Antonio Oliveira
Reply to  carvalho2008
12 dias atrás

Nossa! Você escreve bastante para quem não consegue entender uma simples frase…

Jacinto
Jacinto
Reply to  João Adaime
25 dias atrás

E um alvo enorme. Este tipo de embarcação não sobrevive no ambiente moderno. Se o Moskva, que era um cruzador, blindado, com defesa aérea em camadas (2 sistemas de misses AA, CIWS) não suportou o impacto de 2 misseis de cruzeiro, como isso sobreviveria em um combate real?

João Adaime
João Adaime
Reply to  Jacinto
24 dias atrás

Caro Jacinto O Alexandre e o Carvalho2008 já explicaram mais acima como se dá um desembarque anfíbio. Antes do desembarque a área é “amaciada” com tiros de canhão, bombas e mísseis. Só depois começa a movimentação de meios em direção à terra. E quanto mais rápido estes meios forem desembarcados, menos tempo o inimigo terá para trazer reforços. Todos chegarão intactos? Não. Muitos ficarão pelo caminho. Na Segunda Guerra os manuais indicavam que num desembarque anfíbio o invasor deveria ter três vezes mais tropas do que quem se defende. Como seria esta relação hoje? Não faço ideia. Mas como comentei… Read more »

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  João Adaime
23 dias atrás

Não ha na atualidade a previsão desembarque sob forte ou moderada resistencia. A cabeça de praia deve ser amaciada antes e muitissimo, extremamente, rapidamente, urgentemente, fulminantemente amaciada antes qu reforços de defesas costeiras do invadido sejam reforçados e realocados. Primeiro: comandos de infiltração e reconhecimento da area segundo: marcação dos pontos de defesa prioritarios a serem destruidos antes do desembarque Terceiro: diversionismo, simulação e posicionamento de pontos dubios para forçar dispersão de defesas ou indenição para o invadido sobre qual o ponto será atacado ( atenção, este é o ponto mais importante da operação). As doutrinas mais modernas aumentaram as… Read more »

carvalho2008
carvalho2008
Reply to  carvalho2008
23 dias atrás
João Adaime
João Adaime
Reply to  carvalho2008
23 dias atrás

Prezado Carvalho2008
Bom domingo a você.
Eu pensei no assalto aeromóvel, porém preferi não me alongar no comentário. Mas já que você tocou no assunto, vejamos nossa realidade.
Os Sabres que a FAB está se desfazendo, seriam muito úteis para nossos fuzileiros navais. Esses helicópteros, como você sabe, possuem a dupla função de ataque e transporte de tropas. Ficariam muito bem no Porta Helicópteros de Assalto Anfíbio Atlântico. E não gastaríamos um centavo para adquiri-los. Eles já estão aqui.
Abraço

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  João Adaime
23 dias atrás

seriam bons, mas possuem um problema técnico para operação embarcada, precisam recolher as pás dos rotores e parece que ele não faz isto….

Velho Alfredo
Velho Alfredo
Reply to  João Adaime
23 dias atrás

João Boa noite Ou ataca, dando proteção ao Escalão de Assalto ou faz parte do Escalão de Assalto transportando tropa. A ideia do Sabre transportar tropa é uma antiga ideia soviética de que um grande número de transporte de tropas seriam abatidos, então, pelo menos, alguma tropa chegaria embarcada nos He Atq mesmo. Bom…. Não dá certo. Não deu certo no Afeganistão e eles devem ter aprendido as contra medidas ocidentais, pois abandonaram a ideia pra investirem em He “estilo Apache”, como o Havoc e o Alligator. He, como o Sabre, ficaram pra “dar volume”. Acredito q a MB e/ou… Read more »

João Adaime
João Adaime
Reply to  Velho Alfredo
23 dias atrás

Boa noite Velho Alfredo
Realmente, a guerra moderna está muito dinâmica. A moda agora são os drones.
Mas sonhando um pouco, as guerras poderiam sair do âmbito da ONU e irem para o âmbito da FIFA. O mundo seria muito melhor.
É um absurdo que em pleno século XXI estejamos aqui discutindo como matar mais e melhor. Mas como alcançar a paz se numa simples eleição de um simples país os candidatos ficam insuflando seus seguidores a se odiar.
Isso é triste, muito triste.
Tenha uma excelente semana.

Carvalho2008
Carvalho2008
Reply to  Velho Alfredo
22 dias atrás

Mestre Velho Alfredo, Eu particularmente, acho o design do Mi24 interessante e útil para determinadas forças, em especial a Brasileira, sem entrar no viés sobre boa ou má manutençãoRussa. É um helicóptero de ataque muito potente com capacidade secundaria de transporte de tropas, embora limitado a 8ou 9 combatentes. Ou seja, contingencialmente, pode absorver determinadas missões que um segundo modelo teria obrigatoriamente presente. Isto em nada que dizer que não seria melhor um Mi35 na cobertura +um H225 com quase o triplo de capa idade de tropa, ou ainda aos russos um MI-17….é apenas uma conveniência quer seja no resgate… Read more »

Fabricio Lustosa
Fabricio Lustosa
26 dias atrás

Acerca da contraofensiva ucraniana vejamos o que reportam as mídias ocidentais: “Kyiv claims breakthrough in major new Kherson offensive – (…) Euronews cannot independently verify any of these claims. (…)” Euronews não consegue, de forma independente, verificar a veracidade das afirmações de Kiev ou Moscou https://www.euronews.com/2022/08/29/ukraine-launches-counter-offensive-to-retake-kherson-say-authorities; “Ukraine announced a counter-offensive on the occupied region of Kherson on Monday. – (…) In an intelligence note, Britain’s defense ministry said although it was “not yet possible to confirm the extent of Ukrainian advances” Em nota o Ministro da Defesa britânico disse que não é possível confirmar a extensão do avanço ucraniano  https://www.lemonde.fr/en/international/article/2022/08/30/heavy-fighting-reported-around-kherson-as-ukraine-counter-attacks_5995226_4.html… Read more »

Heinz
Heinz
Reply to  Fabricio Lustosa
25 dias atrás

O Governo ucraniano não afirmou que lançou uma ofensiva em Kherson, pelo contrário, está tentando ao máximo não expor tais informações. Muito do “burburinho” é feito por terceiros e canais no telegram dos dois lados. Isso é guerra, obvio que uma hora ou outra os ucranianos atacam em alguns pontos, mas acho que eles ainda não possuem força o suficiente para empurrar os russos ou retomar a cidade principal de Kherson, creio que o objetivo ucraniano é ir desgastando os russos, e procurar brechas, pontos mais fracos russos para poder então realizar ataques mais extensos. Obviamente que os ucranianos pagam… Read more »

Heinz
Heinz
Reply to  Fabricio Lustosa
25 dias atrás

Complementando o outro comentário…
A Força aérea russa tem feito a balança pender em favor do russos muitas vezes, o apoio maciço de Helis de ataque, SU-25 em apoio aproximado e seus Sukhois com misseis de longo alcance tem ajudado mt.
Em contrapartida, parece que os misseis antirradiação fornecido para a Ucrânia trouxeram resultados, o TB2 voltou a realizar ataques, o que demonstra que as defesas AA russas na região não estão tão fortes assim, o que leva a crer que algum número delas pode ter sido destruída pelo míssil fornecido pelo EUA

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Fabricio Lustosa
25 dias atrás

Bem lúcido o seu comentário.
Com isso, se as mídias ocidentais publicarem algo de encontro aos interesses Nazi/otan, essas mídias fecham as portas. A situação é Fisiológica.
Saudações.

Last edited 25 dias atrás by Ivanmc
Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
26 dias atrás

Antes eu até me importava com a decadência do Ocidente e da Europa, com esta genuflexão da raça ocidental em face de pessoas e deuses vindos da Galileia e redondezas. Hoje eu simplesmente acho que o melhor é que a coisa se acelere e tudo por aqui seja destruído de uma vez por todas. . Que reste apenas os eslavos e talvez os húngaros, como legatários do que um dia foi o ocidente. É justo, sobreviver exige seriedade e força, nada que acredite que a vida é um direito e não uma capacidade que precisa ser duramente aprimorada e defendida… Read more »

Last edited 26 dias atrás by Z Renato Vilhena Z
Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Z Renato Vilhena Z
25 dias atrás

Arre égua.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Nilton L Junior
25 dias atrás

Sao perfis cara, mais de vinte de uma mesma dupla.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Z Renato Vilhena Z
25 dias atrás

Camarada. Nem os eslavos pensam assim. Você nunca ouvira tais palavras saindo das bocas daqules que estão promovendo o multilateralismo. Peço que você reflita melhor e não de razões para propagar a já enorme e equivocada demonização do Oriente.

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
25 dias atrás

Aposto que a língua utilizada vai ser o inglês… kkkkk

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Leonardo Cardeal
25 dias atrás

Sim a nazotan enviou os interpretes para la.

WSilva
WSilva
Reply to  Leonardo Cardeal
25 dias atrás

Acho que sim, mas o idioma inglês veio da Inglaterra, não dos EUA. E que por sinal usa o Alfabeto romano, que por sua vez foi influenciado pelo alfabeto grego e fenício.

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  WSilva
25 dias atrás

Boa!👍👍👍

Heinz
Heinz
Reply to  WSilva
25 dias atrás

Ingleses nunca se deram bem com russos

Leonardo Cardeal
Leonardo Cardeal
Reply to  WSilva
23 dias atrás

Sim, tem toda a razão. Mas o amigo parece que não entendeu a ironia do meu comentário. Mas tudo bem, grande abraço.

Last edited 23 dias atrás by Leonardo Cardeal
Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Leonardo Cardeal
25 dias atrás

E o servidor está no ocidente americano do sul, ou na Amazon, kkk

Scudafax
Scudafax
25 dias atrás

A verdadeira arma é a capacidade tecnológica orgânica, acesso ao espaço e produção nacional de semicondutores avançados. Aqui nossa “liderança “ política e econômica fechou a única instituição nacional de pesquisa de semicondutores, nos EUA o Science and Chips Act vai injetar subsídios de quase 60 bilhões de dólares na produção nacional de semicondutores avançados, a China faz o mesmo. Mas conseguimos sempre planejar a próxima motociata. Ridículo.

Patrício
Patrício
Reply to  Scudafax
25 dias atrás

Só um adendo.
A China está investindo 1,5 trilhão de dólares.

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Scudafax
25 dias atrás

Comparar uma produção de chip para passaporte com uma produção chinesa ou taiwnesa é brincadeira.

Scudafax
Scudafax
25 dias atrás
Marcelo
Marcelo
25 dias atrás

A China é a segunda potência economica e militar global, não a Rússia. A China adota uma doutrina militar convencional muito mais parecida com a ďos EUA do que com a da Rússia. As forças armadas chinesas parecem investir em tecnologia e em meios de guerra modernos. A Rússia está militarmente e economicamente desmoralizada. Os exercícios Vostok 2022 são apenas uma propaganda cuja finalidade é demonstrar força para o mundo. Só isso e mais nada.

Alexandre
Alexandre
Reply to  Marcelo
25 dias atrás

“Rússia está militarmente e economicamente desmoralizada” ?
Explique melhor isso. De forma objetiva. Desmoralizada por quem? Pra quem?

Ivanmc
Ivanmc
Reply to  Alexandre
25 dias atrás

Acho que para a Cnn, Rede globolos…
O transe é grande.
Sds.

Marcelo
Marcelo
25 dias atrás

A inteligência militar britânica informa que apenas 15.000 militares nos exercícios Vostok 2022. Muito menos do que os 50.000 soldados propagandeados pelos russos. E que o exercício é fortemente roteirizado. Mais um sinal de que “Operação Militar Especial” na Ucrânia, que já dura 191 dias, está se complicando e reduzindo o efetivo militar russo.
https://www.19fortyfive.com/2022/09/50000-dead-putins-losses-in-ukraine-keep-stacking-up/

Patrício
Patrício
Reply to  Marcelo
25 dias atrás

A inteligência militar britânica (e americana) planejou, treinou e armou os militares ucranianos nos recentes fracassos em Kherson e na Usina Nuclear de Zaporizhizhia.
Melhor se concentrar nas fofocas da Família Real.

Nickless
Nickless
Reply to  Patrício
24 dias atrás

Fonte: fozes da sua cabeça certo?, pois todo dia tem vídeos e vídeos dos confrontos em kherson. essa ofensiva vai durar semanas ou meses, isso dito pelos próprios ucranianos. mas o quem sabe mesmo é o zé dos fakes aqui no blog. hahahaha

Alexandre
Alexandre
Reply to  Marcelo
25 dias atrás

Então tá. Tomara que os ucranianos parem de acreditar nessa “inteligência ” . Melhor eles deixarem aqueles cujas vidas não dependem de tais informações continuem dando crédito a elas.

Elisandro
Elisandro
Reply to  Marcelo
25 dias atrás

A inteligência militar britânica é considerada propagandista por analistas sérios. Este é o maior problema nesta guerra. Quase tudo é mentira.

Marcelo
Marcelo
25 dias atrás

Enquanto a Rússia faz propaganda de um exercício militar inflado nos números e teatralizado nas ações, a Ucrânia vai mostrando como sua artilharia está acabando com a consciência do campo de batalha russo ao destruir mais um radar de contra bateria. Detalhe, o radar Zoopark-1 foi concebido para detectar disparos de artilharia e revidar o fogo. O link tem um vídeo de excelente qualidade para comprovar a destruição do alvo. Mais uma prova da desmoralização militar da Rússia na Ucrânia.
https://www.google.com/amp/s/defence-blog.com/ukrainian-soldiers-blow-up-russian-counter-battery-radar-system/%3famp

Vitorio S
Vitorio S
Reply to  Marcelo
25 dias atrás

E a inteligência da Ucrânia ecientistas voluntários, fazem tecnologia sem fábrica de Chips, apenas investiram em universidades desde 2014.

Nickless
Nickless
Reply to  Marcelo
24 dias atrás

Pior também é Pantsir S1 destruído por AGM-88, hahaha ainda bem que não compramos esse embuste.

ORIVALDO
ORIVALDO
25 dias atrás

Que piada, estão em guerra e fazendo joguinhos. Por que não demonstram isso na Ucrânia. Pois faz 2 meses que não avançam nem 1 metro, a Rússia é uma piada

Wilson França
Wilson França
25 dias atrás

O fato de o exercício ir até o 7 de setembro não pode ser mera coincidência. É prova cabal do agradecimento pelo apoio brasileiro!