A capacidade do Kremlin de guerrear já está limitada, mas o pior ainda está por vir.

Por Agathe Demarais , diretora de previsão global da Economist Intelligence Unit .

Houve debates incessantes sobre a eficácia das sanções contra a Rússia. Políticos de extrema-direita e de extrema-esquerda, que tradicionalmente canalizam as opiniões de Moscou, afirmam que são ineficazes e só prejudicam os europeus. A líder da extrema direita francesa, Marine Le Pen, chamou as sanções de “completamente inúteis, exceto para fazer os europeus sofrerem”. Na Alemanha, suas opiniões são compartilhadas não apenas pela direita Alternativa para a Alemanha, mas também por proeminentes políticos do Partido de Esquerda, como Sahra Wagenknecht. “As sanções não prejudicam a Rússia – apenas a nós”, disse ela recentemente. Para essas vozes amigas do Kremlin, as sanções praticamente não causaram danos à economia russa, que, na opinião deles, está prosperando em meio aos preços altíssimos da energia. Outros, que não necessariamente compartilham das opiniões de Moscou, argumentam, no entanto, que as sanções foram um fracasso porque não impediram o presidente russo, Vladimir Putin, de intensificar seus ataques à Ucrânia.

Esta narrativa serve aos interesses do Kremlin. Com o inverno se aproximando rapidamente, Putin está apostando que o cansaço das sanções logo se instalará. Em 24 de fevereiro, eles já estão avaliando a capacidade de Moscou de travar uma guerra. E este é apenas o começo. As sanções à Rússia são mais uma maratona do que um sprint, e a eficácia das sanções aumentará com o tempo.

A confusão em torno da eficácia das sanções decorre da falta de clareza sobre seus objetivos. Os países ocidentais nunca pretenderam usar sanções para forçar Putin a recuar e sair da Ucrânia; eles sabem que Putin acredita estar travando uma guerra pela sobrevivência da Rússia contra um Ocidente decadente. Provocar uma mudança de regime em Moscou também não é o objetivo: as sanções contra Cuba, Coréia do Norte e Síria mostram que isso nunca funciona, e não há razão para acreditar que o hipotético sucessor de Putin mudaria de rumo na Ucrânia. Provocar um colapso da economia russa no estilo venezuelano também não é o objetivo: isso é impossível quando o alvo é a 11ª maior economia do mundo. Além disso, o colapso da Rússia provavelmente levaria a economia global a uma recessão ao interromper abruptamente as exportações russas de muitas commodities, incluindo grãos, fertilizantes,

Quais são os objetivos das sanções ocidentais à Rússia, então? Eles nunca foram declarados explicitamente, mas uma análise mais detalhada dos pacotes de sanções implementados pelos Estados Unidos, União Européia e seus aliados indica que eles têm três objetivos. Primeiro, os países ocidentais estão tentando enviar um forte sinal de determinação e unidade ao Kremlin. Em segundo lugar, os estados sancionadores visam degradar a capacidade da Rússia de travar a guerra. Em terceiro lugar, as democracias ocidentais apostam que as sanções asfixiarão lentamente a economia russa e, em particular, o setor energético do país. Quando julgadas com base nesses critérios, as sanções estão claramente funcionando.

Os países ocidentais estão usando sanções para enviar uma mensagem ao Kremlin: a Europa e os Estados Unidos estão do lado da Ucrânia. Nessa perspectiva, missão cumprida. A colaboração transatlântica em sanções provou ser forte nos últimos nove meses, com apenas alguns desentendimentos entre Washington e as capitais europeias. Isso confundiu a provável expectativa de Putin de que o Ocidente permaneceria fraco e dividido, e também há todas as chances de que ele tenha se surpreendido com a velocidade e a escala dessas medidas. Os Estados Unidos e a UE levaram apenas algumas semanas para impor sanções a milhares de indivíduos e empresas russas, desconectar vários bancos russos do sistema SWIFT para transferências internacionais de dinheiro e congelar metade das reservas do banco central russo.

Enviar uma mensagem diplomática é um bom começo, mas o principal objetivo das sanções é degradar a capacidade da Rússia de guerrear. Aqui, também, as medidas estão funcionando. Apesar das afirmações do Kremlin em contrário, as sanções levaram a economia russa a uma profunda recessão. Esse impacto é notável porque as sanções ainda não atingiram as exportações de energia do país; na verdade, as receitas do petróleo da Rússia aumentaram este ano devido aos preços mais altos do petróleo como resultado da guerra. As coisas seriam muito piores para o Kremlin se os preços da energia estivessem em sua média histórica.

Para piorar a situação para Putin, os países ocidentais não esgotaram todas as opções de seu arsenal de sanções.

Presumivelmente para negar ao Ocidente a transparência sobre o sucesso das sanções, o Kremlin reduziu a divulgação de estatísticas econômicas. No entanto, os dados que temos pintam um quadro sombrio. Em outubro, o PIB da Rússia foi 4,4% menor do que no mesmo mês de 2021. A produção industrial, incluindo extração de petróleo e gás, foi quase 3% menor do que em 2021. O comércio varejista caiu quase 10% ano a ano, destacando o pedágio de alta inflação. Os dados do setor automotivo – um indicador da saúde da economia na Rússia e em muitos outros países – são absolutamente alarmantes: as montadoras russas reduziram a produção em 64% em comparação com 2021 devido à falta de demanda e escassez de componentes importados. Outubro não foi um caso atípico: os dados têm sido péssimos em todos os meses desde abril. As coisas não estão melhorando.

Diante de uma situação econômica tão difícil, o Kremlin sabe que a estabilidade social está em jogo. Putin vê o descontentamento público como uma ameaça à sua sobrevivência – e pode estar certo. No entanto, o mau estado da economia significa que o orçamento da Rússia está firmemente no vermelho. Isso é incomum para um exportador de energia quando os preços das commodities estão em níveis recordes. Isso também sinaliza que o problema está se formando: nos próximos meses, Moscou precisará resolver uma equação impossível para financiar a guerra na Ucrânia, mantendo os subsídios sociais altos o suficiente para evitar distúrbios. (Isso não será pouca coisa se uma segunda mobilização acontecer.) O Kremlin ainda tem reservas, principalmente de seu fundo soberano. Sem reabastecimento, no entanto, eles secarão em algum momento. O governo russo já está vivendo de reservas.

O alcance das sanções ocidentais se estende além da esfera econômica para o setor tecnológico. Aqui, os Estados Unidos têm um ás na manga: quase todos os semicondutores avançados usados ​​em equipamentos eletrônicos e militares são fabricados com o know-how de empresas americanas. Desde a invasão, Washington vem impondo controles de exportação que restringem o acesso russo aos microchips. Para Moscou, esse é um problema urgente, até porque os mísseis russos estão cheios de semicondutores que o país não pode fabricar sozinho. Diante de uma queda de 90% nas importações de microchips, o Kremlin está tentando freneticamente estabelecer redes de contrabando de semicondutores. As sanções quase nunca são estanques – mas qualquer vazamento provavelmente não será suficiente para a Rússia reabastecer seus estoques de mísseis, especialmente se a guerra continuar inabalável nos próximos meses.

O terceiro e último objetivo das sanções é a asfixia lenta e duradoura da economia russa. Washington e Bruxelas procuram atingir esse objetivo privando as empresas russas de petróleo e gás do financiamento e da tecnologia ocidentais. Para Moscou, esta é outra ameaça existencial: os campos de petróleo e gás russos estão sendo esgotados e novas reservas a serem exploradas estão localizadas no Mar Ártico. O desenvolvimento desses campos exigirá tecnologia ocidental sofisticada (que não será fornecida) e enormes quantias de dinheiro (que são escassas). As sanções à produção de energia russa datam de 2014, quando a Rússia anexou ilegalmente a Crimeia, e podem levar décadas para funcionar. Quando o fizerem, serão as mais dolorosas de todas as sanções para a Rússia, porque tanto a economia quanto as receitas fiscais dependem da extração de petróleo e gás.

É seguro presumir que as coisas só vão piorar para Moscou. Os preços da energia têm caído, com os preços do petróleo agora abaixo de onde estavam no início da guerra. Novas quedas são prováveis ​​em 2023, à medida que a economia global desacelera. A partir do próximo ano, a UE deixará de importar petróleo russo. Além disso, a Rússia deu um tiro no próprio pé ao fechar a maior parte da torneira de gás para a Europa, cortando a linha de vida financeira do Kremlin. A reorientação das exportações de gás para a China levará muitos anos e enormes investimentos em nova infraestrutura, já que a maioria dos gasodutos da Rússia são direcionados para servir a Europa. A construção de novos oleodutos para a China resolveria esse problema, mas Pequim não tem pressa. O tempo está do lado da China; o país sabe que poderá extrair mais concessões financeiras de um Kremlin cada vez mais desesperado.

Para piorar a situação para Putin, os países ocidentais não esgotaram todas as opções de seu arsenal de sanções. Ainda à sua disposição estão três medidas do manual de sanções ao Irã. Washington e Bruxelas poderiam cortar todos os bancos russos da SWIFT, o que levaria o país ao isolamento financeiro. Os Estados Unidos também podem proibir a Rússia de usar o dólar americano, complicando muito as exportações de energia. E a opção mais poderosa, as sanções secundárias dos EUA, forçariam todas as empresas, estrangeiras ou domésticas, a escolher entre os mercados russo e americano. A compra de petróleo ou gás russo seria proibida em todo o mundo, prejudicando seriamente as finanças do Kremlin. Não apenas as sanções contra a Rússia estão funcionando, mas o pior para o Kremlin provavelmente ainda está por vir.

FONTE: Foreign Policy

Subscribe
Notify of
guest

122 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JuggerBR
JuggerBR
1 mês atrás

Acho que o tom é mais otimista do que a realidade da guerra está mostrando. Putin não vai recuar, mesmo que suas forças armadas estejam esfarelando na Ucrânia. As sanções tem efeito de médio/longo prazo, e esse conflito vai acabar antes, seja pra qual lado for. Diplomacia até agora foi inútil. Talvez alimentar a revolta interna na Rússia seja uma opção..

Henrique
Henrique
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Mas quem garante que terminada a guerra as sanções serão canceladas? E outra: quem diz que o término da guerra será vitorioso para o Kremlin? Há a possibilidade dos russos terem de capitular; a verdade é que Putin meteu a Rússia numa sinuca de bico, ela não é a antiga URSS, eles não podiam ter desafiado os ocidentais assim.

Last edited 1 mês atrás by Henrique
Slowz
Slowz
Reply to  Henrique
1 mês atrás

“ Ain ele não podia ter desafiado os ocidentais assim “

Qm disse que ele quer acabar com a guerra ?

Quem tá querendo isso é o Biden que falou que só aceitar conversar com Putin se ele terminar a operação ..

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Slowz
1 mês atrás

Sim, quanto mais cedo acabar maiores serão os negócios com a economias ocidentais trabalhando na recuperação econômica da Ucrânia… ou você acha que os pobretões dos Russos vão dar alguma esmola para Kiev???… negócios meu amigo… guerra é grana… durante e depois… o Biden quer partir para a parte mais fácil… “o depois”… serão anos a mais anos a fazer negócios por lá. Muita gente fica romantizando esse conflito… no fundo… no fundo… é só grana… e pelo andar da carruagem os russos já perderam.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Sblogniev
1 mês atrás

O mundo inteiro tem nojo da Rússia ,só fazem negócios de ocasião .

Fabrício
Fabrício
Reply to  Alan Santos
1 mês atrás

Você diz isso baseado no seu umbigo, pois não?

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

Talvez alimentar a revolta interna na Rússia seja uma opção..” mas já deve estar acontecendo….é que a informação não chega ao ocidente
Acho que o Putin vem enfrentando 3 guerras nesse momento…uma contra a Ucrânia, uma interna com sua população e outra no próprio ego dele.

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Para mim o Putin irá adoecer e morrer “derrepentemente”… daquela forma bem “russa”… vira um herói… mas morto e enterrado… pronto… fica bom para todo mundo.

Neural
Neural
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Revolta interna, hehehe, Putin tem 80% de aprovação. Russo não é um povo facilmente manipulável igual Brasileiro, eles tem raízes sólidas e um nível educacional médio melhor

A Ucrânia já perdeu essa guerra. Concordo somente que a Russia não conquistou tudo o que queria, mas 20% de um país enorme, as melhores terras, saída pro mar de Azov não está ruim assim.

Maior perdedor foi a própria Ucrânia, o país esfarelou

Satyricon
Satyricon
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

A dimensão do erro russo nessa guerra não tem paralelo na história mundial recente. Ela subestimou a mudança da Geopolítica mundial, e virou a bola da vez. Erro crasso.

Será transportada à idade da pedra lascada, ao final dessa guerra.

Cassini
Cassini
Reply to  Satyricon
1 mês atrás

Kkkkkk menos, meu caro, bem menos.

Se o povo russo conseguiu sobreviver e passar pela catastrófica década de 1990 e todos os males que nela aconteceram, então as sanções ocidentais são incômodos a serem superados.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Cassini
1 mês atrás

Na década de 90 todo mundo queria ser amigos da Rússia, hoje não , ela vai ter que pagar pelos crimes ..uma GRANDE diferença .

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
Reply to  Alan Santos
1 mês atrás

Assim como pagou pelos crimes no Afeganistão ou como os EUA pagaram pelos crimes no Vietnam, Iraque, Afeganistão e por aí vai?

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Cristiano de Aquino Campos
1 mês atrás

Iraque, Afeganistão, Vietnã… nenhum desses países fica na Europa.

George
George
Reply to  Cassini
1 mês atrás

Na década de 1990 não houve um decréscimo da população russa masculina de forma tão dramática como nesse ano. Isso não tem volta.

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Satyricon
1 mês atrás

Desde o Guerra contra o Iraque dois lados não guerreavam com exércitos regulares como agora na Ucrânia… esses russos fazem os russófilos no mundo inteiro passar vergonha diariamente. Um bando de amadores enviando garotos para morrer… que vergonha… que fracasso retumbante

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Sblogniev
1 mês atrás

O Tratado de Brest-Litoviski a Guerra de Inverno contra a Finlândia e a Guerra contra o Japão já provaram isso faz tempo .

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  JuggerBR
1 mês atrás

A Rússia não vai recuar e não duvidem do uso de arma nuclear.

Teófilo
Teófilo
1 mês atrás

Coloquei essa texto no Google Tradutor e saiu:

Mimimi, mimimi mimi
Mimimi

Agathe Demarais
Economist Inteligente Unit.

Tiago
Tiago
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

kkkkkk

Hcosta
Hcosta
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

Pois, colocou os números do crescimento da China, que não eram grande coisa, mas agora quando a mesma fonte coloca os números da Rússia é tudo mimimi…

Slowz
Slowz
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

China fechando tudo por conta do covid cresceu quase 4% no 3 trimestre ..

A Rússia sofrendo sanções de vários países qual espanto o PIB dela cair ?

Hcosta
Hcosta
Reply to  Slowz
1 mês atrás

Sim, qual é o espanto da Rússia numa crise económica…
Mas para alguns parece que está tudo bem na Rússia, até melhor do que na Europa…

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Hcosta
1 mês atrás

A Rússia é um imenso posto de gasolina e uma fábrica de atrizes porno …só isso

Mcruel
Mcruel
Reply to  Alan Santos
1 mês atrás

só as ultimas me interessam… hahahha

Minsc
Minsc
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

Procura no google tb falta de argumento.

Sensato
Sensato
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

Aproveita que tá fazendo pesquisas e dá uma olhada sobre tratamento de distúrbios mentais. Pode ser benéfico.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
1 mês atrás

As sanções contra Rússia esta dando certo desde 2009.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

sim, e a China praticamente tomará o mercado Russo exclusivamente para ela.

pense em um país que entende de capitalismo mais que os próprios capitalistas…rs

Slowz
Slowz
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Se acha mesmo que a China vai deixar o a Rússia cair e ela ficar sozinha ? 😂😂😂

H.Saito
H.Saito
Reply to  Slowz
1 mês atrás

Com 1,4 bilhões de habitantes a China praticamente não precisa da Rússia.
Só está ao lado dela devido a dependência dos motores de aviões que o país ainda não domina.
Para a China, a Rússia somente serve como isca para desgastar os EUA e Europa e tirar a atenção deles das atividades chinesas.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  H.Saito
1 mês atrás

Pois os mongois bombaram por 300 anos lá …imagina oque os chineses pensam sobre Vladivostok .. é só uma questão de oportunidade .rsrsrsr.

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Slowz
1 mês atrás

Dá para ver que isso nunca vai acontecer… vemos todos os dias dezenas de milhares de caminhões, milhares de tanques, centenas de caças, dezenas de milhares de misseis antitanque, centenas de milhares de projeteis de artilharia e tudo o mais que a China vem ajudando para os Russo… Só que não… os Russos pedindo penico para Iranianos… conhece aquela frase: “Negócio da China”??? Explico: “negócio da China” só existe para Chinês. Sem a Rússia na parada melhoram os negócios para os Chineses… ou você acha que os Chineses querem guerrear ao invés de ganhar mais e mais dinheiro?????? Sem romantização… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Rafael China e Rússia tem parceria estratégicas e nessa parceria não esta incluída abrir mão de seus mercados, aliás China, Russia e Iran e posteriormente Índia.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Kkkkk, vai acreditando. Parece sapo na panela. Quando perceber já estará assado.

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Vejo diariamente com o apoio material ilimitado que a China vem entregando para os Russos… ops… só que não… Nilton, “negocio da China”… é só para Chinês. Os Chinas estão loucos para que essa bagunça acabe logo… eles querem ganhar DINHEIRO e não se meter em confusão junto com um incompetente alucinado como o Putin. Faça tudo, mas não menospreze a inteligência do Governo Chinês.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Isso que a Índia é “amiguinha ” da China e faz parte da Comowealth…rsrsrsr estude mais.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Entre os 56 países que compõem a Commonwealth, estão Índia, Austrália, Canadá, Quênia, Malásia, Nova Zelândia, Nigéria, África do Sul e Bahamas.24 de set. de 2022
https://noticias.uol.com.br › o-que-e…

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Chega da dó…

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Rafael Gustavo de Oliveira
1 mês atrás

Se Eu fosse Chinês avançava na Sibéria e tomava os campos de gás e óleo dos Russos… para que pagar por isso se dá para arrancar na mão grande desses incompetentes…

Nilo
Nilo
Reply to  Nilton L Junior
1 mês atrás

Estou rindo até agora, das justificativas tardias, principalmente quando Biden pede reunião de paz desde que Rússia abandone a Ucrânia e a aceite na Otan.
Esse inverno vai ser doloroso principalmente para a população Ucraniana, a esposa do Zelensky está quentinha, passeando pela Europa e EUA, enquanto Zelensky se esquece com muito pó e amantes.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Também vai fazer muito frio nas trincheiras russas….

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Nilo, eles estão em Guerra… vai nessa que o inverno vai quebrar a resistência de 40.000.000 de Ucranianos. Muita romantização para pouca razão… e digo mais… acho que vai ter muito russo passando frio dentro da Ucrânia… ou melhor “Vão passar um calor danado em muitas noites mal dormidas”.

Nilo
Nilo
Reply to  Sblogniev
1 mês atrás

“Esse inverno vai ser doloroso principalmente para a população Ucraniana, a esposa do Zelensky está quentinha, passeando pela Europa e EUA, enquanto Zelensky se esquece com muito pó e amantes.”
Caros Sblognievo e Alceu bom dia, já quebrou só não na mídia e torcida organizada pro Otan. O apagão não é só de luz e não é na Rússia rsrsrs

Last edited 1 mês atrás by Nilo
George
George
Reply to  Nilo
1 mês atrás

O apagão também é no exército do Putin. Falta homens, tanques e fuzis. Vai ganhar a guerra como?

Joelson
Joelson
1 mês atrás

Texto do universo socialista, tudo funciona na teoria, na prática…
Vamos esperar uma estação do ano, o tempo diz muita coisa.. e essa estação pode definir ou não o fim da guerra.

Peter Pan
Peter Pan
1 mês atrás

Conversa para boi dormir.
As sanções estão a causar danos a economia russa, a economia europeia e americana.
A guerra está a matar muita gente na Rússia, Ucrânia, UE e EUA.
O mesmo com os meios económicos e militares.
O jogo não é de soma nula, porque Moscovo conquistou 20% de território ucraniano. E aí Zelensky tem razão. Se negociar, nestas condições, perdeu e nada recebeu porque queria entrar para a NATO.

Sequim
Sequim
Reply to  Peter Pan
1 mês atrás

E o inverno europeu ainda nem começou. Deixa o general inverno bater à porta dos alemães e veremos contra quem as sanções estão funcionando.

Jhenison Fernandez
Jhenison Fernandez
Reply to  Sequim
1 mês atrás

corpos mortos devido a hipotermia que estao aparecendo, são de russos ate o momento

Sequim
Sequim
Reply to  Jhenison Fernandez
1 mês atrás

Esses russos moravam na Alemanha?

Nei
Nei
Reply to  Sequim
1 mês atrás

No campo de batalha, porque enviar soldados pouco treinados, sem vestimentas adequadas, já traduz o que Putin é.

Felipe
Felipe
Reply to  Nei
1 mês atrás

fonte?

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Pravda criticando a ineficiência logística da operação.

Nei
Nei
Reply to  Felipe
1 mês atrás

Seu próprio Telegram russo, com os soldados chorando.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Sequim
1 mês atrás

Não, estavam nas trincheiras russas

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Sequim
1 mês atrás

https://valor.globo.com/mundo/noticia/2022/11/29/alemanha-fecha-acordo-para-comprar-gs-do-catar-por-15-anos.ghtml

Acho que deve ter algum oligarca Russo meio puto da vida com esse acordo fechado nos ultimos dias de novembro de 2022. Já ouviu falar sobre navios gaseiros??? O Catar tem a maior frota do Mundo… bem como as maiores reservas de gas do mundo.

Alecs
Alecs
Reply to  Sequim
1 mês atrás

Quando o inverno passar eu quero ver qual sandice vai inventar! kkkkkkkkkkkkkkkk

Carlos
Reply to  Sequim
1 mês atrás

Estás equivocado porque a Alemanha já tem reservas de gás e com o fechar do gás como chantagem ao ocidente, Putin ajudou a mudar a matriz energética do ocidente, procura informação sobre a cidade alemã de Feldheim ou a ilha dinamarquesa de Samso, além disso já existem muitos ónibus e carros movidos a hidrogénio que será a próxima fonte energética no mundo, o combustível fóssil tem data de termino.

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Sequim
1 mês atrás

Os preços do GNL estão caindo no mercado internacional. Os europeus está com seus estoques 90% preenchidos. É cada vez menor o risco da falta de gás. Ele estará mais caro, mas não faltará.
E nunca mais a Rússia venderá um BTU de gás para a Europa.

Neural
Neural
Reply to  EduardoSP
1 mês atrás

Obras do gasoduto Power of Siberia estão evoluindo rápido, e já vão lançar o power of siberia 2. China vai comprar todo o gás Russo num preço camarada. Energia barata, China imbatível maior potência mundial. O óleo a Rússia tá vendendo até pro Brasil para que não tá sabendo, estamos recebendo carregamentos de diesel Russo. Não falta comprador para nada que a Rússia produz, se a Europa não quer comprar tem quem quer.

Carlos Alceu Gonzaga
Carlos Alceu Gonzaga
Reply to  Sequim
1 mês atrás

E nas trincheiras russas. Como ficará? Quer apostar onde será pior?

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Sequim
1 mês atrás

Não menospreze a competência alemã. A ultima vez que vi alguém menosprezar a competência do outro centenas de torres de tanque saíram voando nas planícies Ucranianas.

Além do mais basta procurar na internet sobre o tema “navios gaseiros”… até o Brasil lança mão deles… a maior frota esta no Qatar… tenho certeza que esses navios visitaram a Europa muitas e muitas vezes nessa terrível inferno… ops… inverno Europeu. Os alemães irão gastar uns trocados a mais… mas não passarão frio… pode apostar.

Alan Santos
Alan Santos
Reply to  Sequim
1 mês atrás

A Alemanha já não depende do gás russo , você não lê jornais ?

É só colocar essa frase no Google .

“Guerra na Ucrânia: como Alemanha deixou de depender de gás russo em poucos meses”

Andre
Andre
Reply to  Peter Pan
1 mês atrás

E de tudo que a Russia conquistou desde fevereiro de 2022, já perdeu metade…

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
1 mês atrás

O Pogio é engraçado. Em fevereiro a Europa sanciona a Russia e impõe a diminuição do volume de gás russo a ser comprado pelo bloco. Resultado: A Europa aumenta a importação de gás russo em 49% desde fevereiro deste ano. Acho que o que estes atlantistas falam não deve nem ser mais escutado, tornou-se no mundo atual apenas um ruido de fundo chato, mas que é totalmente ignorado. A Europa critica a Índia por manter os laços com a Russia ao mesmo tempo que compra petróleo e gás russo através da Índia pagando mais caro que antes. Apenas para manter… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Z Renato Vilhena Z
Teófilo
Teófilo
Reply to  Z Renato Vilhena Z
1 mês atrás

Aditando seu comentário, a Índia está assumindo a Presidência do G-20 e disse que vai chamar a Rússia para participar, rejeitando o boicote do Ocidente.
E mais.
A importação de gás do Catar pela Alemanha é praticamente simbólica.
A Alemanha importa 55 bilhões de m3 de gás natural da Rússia e vai comprar 2,7 bi de GNL do Catar.
Ou seja, um gás bem mais caro e em quantidades mínimas.

Teófilo
Teófilo
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

Em resumo.

IMG-20221201-WA0010.jpg
Luis
Luis
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Teófilo
1 mês atrás

kkkkkk, farto memo.

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  Teófilo
1 mês atrás
Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Z Renato Vilhena Z
1 mês atrás

“O Poggio é engraçado.”….”Acho que o que estes atlantistas falam não deve nem ser mais escutado”…..exatamente, mas jornalismo é publicação….kkkkk…já pensou se jornalismo fosse na base do…”eu não vou publicar isso porque não concordo!”…o Poggio está certo em libertar o senso crítico de vocês…rs.

Analisem os fatos e terão uma percepção melhor do mundo.

Alberto
Alberto
1 mês atrás

A Rússia no momento ainda está em uma boa situação econômica, a UE é que já está colapsando, em algumas semanas a Rússia quebra a Ucrânia de vez e terá incorporado a parte mais rica da Ucrânia com uma população etnicamente russa e ficará mais fortalecida que antes da guerra.

Nostra
Nostra
Reply to  Alberto
1 mês atrás

Eu ri.

Nei
Nei
Reply to  Alberto
1 mês atrás

Em algumas semanas? Posso registrar isso?
De novo em semanas?
kkkkkk

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  Nei
1 mês atrás

Ele está igual aos patriotários, que há um mês estão nas ruas esperando 72 horas para alguma coisa acontecer.

George
George
Reply to  Nei
1 mês atrás

Não liga não. O sobrenome do Alberto é McGregor.

Teófilo
Teófilo
Reply to  Alberto
1 mês atrás

Só discordo do ‘em algumas semanas ‘.
Zelensky, ontem, pediu 1 trilhão de dólares para a reconstrução da Ucrânia.
E isso que ele nem sabe qual a parte que restará para ele e nem se ele sobreviverá como Presidente.
Além de piadista é louco.

Teófilo
Teófilo
Reply to  Alberto
1 mês atrás

Ou seja, a Ucrânia já quebrou.

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Alberto
1 mês atrás

É verdade… e o Papai Noel passa de verdade na noite de natal…

George
George
Reply to  Alberto
1 mês atrás

Eu alto aqui. Tem gente que está vendo uma guerra que não existe.

Maurício Oliveira
1 mês atrás

Abobrinha…

Slowz
Slowz
1 mês atrás

Tão nessa de sanções ainda ?

A Rússia foi avisada antes da invasão se tivesse com medo de sanções nem teria invadido ..

Não conseguiram nem tirar o maduro do poder quem dirá o Putin 🤣🤣🤣

Nei
Nei
Reply to  Slowz
1 mês atrás

Nem aviões ocidentais e da UE, que são a maioria na Rússia, conseguem peças.
Deve estar bom né.

Mauricio
Mauricio
1 mês atrás

Materia para alimentar pessoal chapéu de alumínio, até aqui isso acontece…

LUIZ
LUIZ
Reply to  Mauricio
1 mês atrás

Rapaz o governo ucraniano divulgou o número de baixas do seu lado em torno de 10 a 13 mil soldados mortos desde o início da guerra. E quem vai acreditar nisso?

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

“EU Chief ‘admits’ Putin’s win; Says 100,000 Ukrainians killed in war, then edits speech”

https://www.youtube.com/watch?v=EB8GQnRJHWg

Z Renato Vilhena Z
Z Renato Vilhena Z
Reply to  LUIZ
1 mês atrás
Felipe
Felipe
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

E os EUA confirmaram mais de 200 mil há alguns meses atras: https://www.forte.jor.br/2022/06/14/perdas-das-forcas-armadas-da-ucrania-200-mil-em-100-dias/

Maurício.
Maurício.
1 mês atrás

“Os países ocidentais nunca pretenderam usar sanções para forçar Putin a recuar e sair da Ucrânia.”

Sei…Confia…🤭

Victor Filipe
Victor Filipe
1 mês atrás

Não sei como funciona a cabeça do pessoal aqui nos comentários pra conseguir fazer certos raciocínios, mas, se a Europa para de receber gás a Russia vai parar de receber o dinheiro que era pago pra ela em troca do gás ou alguém acha que a Europa vai ficar fazendo “doações” pra Russia? “Ah mas a Russia vai vender pra china” Beleza. mas a infraestrutura para substituir o mercado europeu vendendo para a china não existe. Esses são os gasodutos que existem na Russia indo para a China. até 2025 eles esperam ter a capacidade de 38 bilhões de metros… Read more »

paulof
paulof
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Esse mercado já foi para Rússia, os reservatórios europeus estão cheios, provavelmente saem com a maior quantidade estocada no inverno, se os russos não conseguem nem pressionar no mercado de gás o suficiente, no de petróleo a opec + só esse ano indicou o corte de 2,7 milhões barris dia para tentar impedir a queda dos preços.

Alois
Alois
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Digo mais, se a guerra terminar amanhã a relação da Rússia com ocidente vai demorar muito tempo pra regularizar, e mesmo após isso, os países Europeus não irão mais ficar nas mãos russas em termos energéticos, já existem muitos planos e tecnologias para buscar novas fontes de energia, fotovoltaica, hidrogénio, ventos, mares, lixo e até a volta dos reatores nucleares de nova geração, então a situação só piora pra Rússia, Recentemente os Russos + Bielorrússia tentaram criar uma coalisão com outros países que eram repúblicas Soviéticas e na mesa de negociação com Putin o presidente de um desses países disse… Read more »

George
George
Reply to  Victor Filipe
1 mês atrás

Viajar de avião na Rússia hoje em dia é praticamente uma roleta russa.

Henrique
Henrique
1 mês atrás

russetes se as sanções não funcionam pq a Rússia pede pra remover elas em todas as negociações?

Nei
Nei
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Deve ser somente porque ele tá putin. kkk

Só para ver, a maioria dos aviões comerciais da Russia são Airbus e Boeing. Que peças eles terão?
Os russetes deveriam falar menos besteira. Putin, cavou um buraco enorme e corre o risco de cair nele.

Realista
Realista
Reply to  Nei
1 mês atrás
George
George
Reply to  Realista
1 mês atrás

Imagina uma peça de segunda linha feita na China para substituir as peças da Boeing? Meu filho, voar não é como comprar uma TV.

Nei
Nei
Reply to  Realista
1 mês atrás

Vai ajudar como?
Peças de Boeing e Airbus?
Se enviar, será sancionada também, não viaja.

paulof
paulof
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Uma nota saiu hoje dá para ver como os russos são párias depois das sanções, os bancos comerciais no Quirguistão recusam-se a compensar cartões do pagamento do Mir, sistema russo de pagamento de cartão russo para fundo eletrônico transferências estabelecidas pelo Banco Central da Rússia de 2017.

Realista
Realista
Reply to  Henrique
1 mês atrás

Se as sanções funcionam porque Cuba continua lá , Maduro , Assad , Kim e alguns outros ?

E o Putin continua lá e inclusive rejeitou negociar com Biden fim da operação ?

Sanções só serve pra ferrar o cidadão .

Sblogniev
Sblogniev
Reply to  Realista
1 mês atrás

Como diria um grande Estadista: “Nunca antes na historia do Mundo as sanções são tão severas quando as aplicadas na Russia”… na boa todo dia espero abrir a internet e ver que o Putin morreu “repentinamente” de uma doença na Mae Russia…

Ademir
Ademir
1 mês atrás

A máquina de guerra de Zelensky está a ficar sem combustível Há um certo pânico no interior da cabala de Zelensky que o está a tornar cada vez mais caprichoso, ao ponto de estar fora de controlo  Quando as luzes se apagarem, a água já não chegar e não houver sequer um pedaço de madeira para manter os ucranianos quentes, Zelensky precisará do Óscar de Sean Penn para obter ajuda. Quanto tempo é que o presidente Zelensky conseguiu, antes que o seu apoio político ganhe, dado que então é do conhecimento geral que ele é frequentemente intimidado pelas elites… Read more »

George
George
Reply to  Ademir
1 mês atrás

Viajou na maionese. Antes disso vai sobrar russo congelado na trincheira.

Raça Negra
Raça Negra
1 mês atrás

A negação da realidade pelas Putinzetes é nada menos que absolutamente risível! Tentam inutilmente negar os fatos, e os posicionamentos abalizados de especialistas que mostram dados, com fake news oriundas das fábricas de mentiras do Kremlin….

Qualquer semelhança com os “patriotas” que estão acampados na frente dos quartéis e esperam por “intervenção militar” não é mera coincidência.

Enquanto isso no mundo real a Rússia já perdeu quase metade das suas forças convencionais sem possibilidade de reposição….

Maurício.
Maurício.
Reply to  Raça Negra
1 mês atrás

Tu esqueceu de mencionar algumas coisas que também estão acontecendo no mundo real. Qual é o país que já perdeu parte de seu território lá em 2014 e ninguém fez absolutamente nada? Qual país está tendo sua infraestrutura atacada e destruída, deixando o país praticamente nas escuras, a Ucrânia está ficando devastada, mas, de acordo com vocês, ela está bem, não está sofrendo nada. Essa guerra vai cobrar um preço alto para a Rússia, imagina para a Ucrânia.

George
George
Reply to  Maurício.
1 mês atrás

Tem gente com dinheiro disposta a recuperar a Ucrânia. Quem vai recuperar a Rússia?

Maurício.
Maurício.
Reply to  George
1 mês atrás

“Tem gente com dinheiro disposta a recuperar a Ucrânia.”

Claro que tem, pode apostar, confia…

Eromaster
Eromaster
1 mês atrás

Sanções atingem todo mundo ,não somente a Rússia, mas também principalmente os EUA , UE e o mundo em geral.
Na Europa a qualidade de vida caiu bastante,poder compra diminuiu , crises e cortes de de energia são constante da UE. As grande empresas na UE estão fechando e perdendo competividade no mundo, pois o custo de energia para manter essas empresas funcionando é insustentável.
Fora isso, a Europa enfrenta uma inflação gigante e desemprego.
Tá acontecendo muitos protestos em vários países da UE, mas as grandes mídias ocidentais estão abafando tudo. No Telegram mostra tudo.

Last edited 1 mês atrás by Eromaster
Hcosta
Hcosta
Reply to  Eromaster
1 mês atrás

Nem posso sair à rua com tantos protestos…

Mas temos outro que está sempre a repetir a mesma coisa. Algum dia deve acertar…

Sblogniev
Sblogniev
1 mês atrás

Quando vejo os Russos “pedindo penico” para os Iranianos (e suas hiper armas) da ver que o negócio esta pegando fogo em pleno inverno Russo.

Pergunta do milhão: Porque a China ainda não cedeu para a Rússia milhares de tanques, centenas de caças e outras dezenas de milhares de transportes? Cadê a amizade eterna entre esses dois países que a cada ano faziam hiper manobras (tai duas nações que são insuperáveis em desfiles militares) em conjunto jurando juras de amor e uma coalizão capaz de acabar com o Mundo???

Cristiano de Aquino Campos
Cristiano de Aquino Campos
1 mês atrás

Engraçado que o Ocidente quer que as sanções que nunca funcionam, funcionem com a Rússia! O mais provável é acontecer o quê sempre acontece, os Russos se adaptarem à viver com as sanções, capacidade eles tem mais até do quê todos os países sancionados até agora. Coreia do Norte e Iran, não tem a mesma capacidade técnica da Rússia. Com o tempo, eles podem recuperar a capacidade de produzir seus próprios sistemas eletrônicos que não precisam ser ultra rápidos e sofisticados, se atenderem naquilo que eles precisam. Um tomarroc dos anos 90 atingia um prédio a milhares de quilômetros, então… Read more »

Mirão
1 mês atrás

Tá funcionando sim confia kkkkkkkkkkk

A Europa inveja os efeitos colaterais que a Rússia está sofrendo pois os efeitos que estão sobre ela estão fazendo o equivalente a um “assalto sexual” nela kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Grifon
Grifon
1 mês atrás

Essa foi a piada para encerrar o ano rsrs… Se as sanções contra a Rússia estivessem funcionando, a sua economia já teria colapsado faz tempo. A verdade é que a Rússia vem resistindo bravamente às sanções da OTAN.

Mensageiro
Mensageiro
1 mês atrás

É bonito ver países se unindo contra a invasão de um estado nacional soberano. Devemos apoiar com força e perpetuar essa idéia. Nunca poderão invadir a Amazônia.

Mirão
Reply to  Mensageiro
1 mês atrás

A sim né? Todos os paises do mundo se uniram para condenar aquele estupro coletivo que foi a invasão do Iraque em 2003 né?

Fun fact: Quem participou daquele estupro e quem fez vista grossa estão ambos já questionando a soberania do Brasil sobre a Amazônia há anos mas parece que você vive em uma caverna.

Arthur
Arthur
1 mês atrás

A Rússia irá sucumbir… As sanções serão vitoriosas… Esse papo vem desde março! Deram uma requentada pro inverno que se aproxima. Falaram baseados em especulações, sem provas. Tudo na base do “eu acho”, “eu quero”, “eu acredito”, “eu espero”. Esse tópico já está ficando entediante. Enquanto a Rússia continuar fornecendo urânio e metais raros, o Swift continua. Impor teto no petroleo russo? Só funciona se os russos aceitarem, e se cortarem a produção, o preço irá disparar (lei da oferta e da procura). Até mesmo a lorota de que “a Rússia só tem munição para dez dias já não cola… Read more »

Mirão
Reply to  Arthur
1 mês atrás

[Hopiun user detected!]

Rafael
Rafael
1 mês atrás

Estão funcionando? A Europa continua a comprar petróleo russo de forma direta e indireta, de quais sansões estamos falando e que estão funcionando?