Imagens disponíveis nas redes sociais mostram o que seria um míssil anti-carro Javelin destruindo um BMP russo. Este míssil de origem norte-americana tem feito vítimas desde o início do conflito em fevereiro de 2022.

 

Subscribe
Notify of
guest

84 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
eliton
eliton
1 ano atrás

E o que mais?

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  eliton
1 ano atrás

Uns mil T-72 tá bom eu acho.

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

O cara nãoa credita né.
Aleijar a cavalaria mecanizada da russinha ao ponto de levar t55 pro T.O é pouco? kkkkkkkkk

Last edited 1 ano atrás by Infantaria_leve_BiABR
MFB
MFB
1 ano atrás

Coisa boa. Força aos defensores da Ucrânia.

Jose
Jose
Reply to  MFB
1 ano atrás

E coloca boa nisso.

E teve gente falando que não os Javelins não faziam mais nada…como esses seres “russos” são bizarros.

Ademir
Ademir
Reply to  Jose
1 ano atrás

É, de vez em quando aparece um Javelin por lá. Agora dezenas de Bradley e Leopard destruido e filmados por Ataka e Vikhr e nenhuma reportagem aqui no blog. Reportagens estão bem seletivas (não pode desmoralizar os ucranianos)

deadeye
deadeye
Reply to  Ademir
1 ano atrás

Só de Bradley. Os EUA têm mais de 2.000 estocados em boas condições. 16 não vão fazer falta – e já estão sendo reparados.

Profyler
Profyler
Reply to  Ademir
1 ano atrás

Teve artigo aqui no blog sim, basta você procurar. Aliás o que mais teve é russos explorando esse ataque contra os leos e bradley até não dar mais. Parece ser o único trunfo dos Orcs…

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Ademir
1 ano atrás

O mesmo ataque filmado de 5 ângulos diferentes e que a propaganda do Putinstão faz a impressão de serem muitos?

Heinz
Heinz
1 ano atrás

Nossos spikers já chegaram?

Jagdv#44
Jagdv#44
1 ano atrás

Pelo menos era um BMP, seria um desperdício com um T55!

Arthur
Arthur
1 ano atrás

Enfim a Santa Javelin voltou à cena. E pensar que já havia sido canonizada! Como a Rússia repassou dezenas destes mísseis ao Irã, logo teremos a versão muçulmana. Allahu Akbar!

Guilherme Leite
Guilherme Leite
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Já chegaram em mãos muçulmanas desde a invasão do Iraque meu Caro.

A Rússia tbm possui algo similar, só não sabem usar com a mesma expertise.

Questão de doutrina!

Ademir
Ademir
Reply to  Guilherme Leite
1 ano atrás

Usam todo dia, só não ganha atenção da midia.

Arthur
Arthur
Reply to  Guilherme Leite
1 ano atrás

Algo similar não meu, o 9M133 Kornet é tão bom quanto… e provado em combate na Síria e Líbano. E do jeito que Zelensky está implorando mais tanques ao Ocidente (Alemanha que o diga), já se percebe que os russos aprenderam a usar… É tudo uma questão de jeito…

deadeye
deadeye
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Engraçado. Quando aparecia blindado ocidental, destruídos na Síria e Libano, vocês ficavam zoando que eram sistemas mais antigos como o Konkurs, e que os blindados ocidentais, eram ruins. Agora já mudaram para o Kornet?

Arthur
Arthur
Reply to  deadeye
1 ano atrás

A Síria, o EI e os russos utilizavam blindado ocidental????? Desde quando “Technical” e carro-bomba são blindados do ocidente? Só se está se referindo aos que estão em uso pela US Army! E no Líbano, quais eram os blindados?

deadeye
deadeye
Reply to  Arthur
1 ano atrás

A IDF não opera sempre no Libano? Os Turcos não operaram Leopard 2A4 na Síria, os EUA não operaram M1A2 na Síria? Incrível como a memória de vocês é seletiva.

Arthur
Arthur
Reply to  deadeye
1 ano atrás

Quando foi que a IDF adentrou recentemente no Líbano? Não foi em 2006? E depois? Os Leo turcos tomaram mecha dos curdos, via ATGM. Sim, os EUA operam na Síria, roubando petróleo…

deadeye
deadeye
Reply to  Arthur
1 ano atrás

IDF entra constantemente no Sul do Líbano. Vire e mecha tem conflitos lá, em um deles blindados Franceses tiveram que intervir. Como disse, memória seletiva.

Bosco
Bosco
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Os russos não têm nada similar ao Javelin. O Kornet é similar ao TOW. O míssil americano TOW mais recente (wire less) tem um alcance de 4,5 km contando com um sistema optrônico de aquisição de alvos imenso e de última geração. Já os russos alegam que o míssil deles (Kornet) tem alcance de 10 km com um sistema de aquisição de alvos quase do tamanho de um binóculo que eu tenho. Tecnologia Klingon é outro nível. Vale salientar que eu não acredito nesse alcance todo do Kornet contra blindados. Pode até ser que o míssil atinja um prédio a… Read more »

Arthur
Arthur
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Meu, agora entrou no plano do “eu gosto mais deste, do que daquele”. Outra: não existe nada mais “cool” que um cruzador de batalha Klingon.

Bosco
Bosco
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Não é questão de gostar desse ou daquele e sim de serem sistemas diferentes, que operam de forma diferente. Os alvos de ambos são os mesmos mas são mísseis completamente diferentes no modo de operar.
É o mesmo que achar que é questão de gosto ter um Harpoon ou um LRASM ou um Brahmos ou um Zircon.

Bosco
Bosco
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Mísseis antitanques são classificados em gerações. Primeira, segunda , terceira… Fosse questão de “gosto” e não de “eficácia” a tecnologia teria parado na primeira geração. Os russos pararam na segunda e meia. Alguns países já estão na 5ª. A saber: 1ª G: MCLOS: SS-10, Vigilant… 2ª G: SACLOS (por fio ou RF): TOW, Milan, Bill… 2,5ª G: guiados por laser (semi-ativo e beam rider): Kornet, Hellfire… 3ª G: fire and forget (IIR e radar ativo MM): Javelin, Hellfire Longbow, Maverick D… 3,5ª G: 3ª G com capacidade de atualização no meio curso 4ª G: sistema de seeker duplo ou triplo:… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Talvez eu tenha exagerado na comparação , apesar de você não saber o tamanho do meu binóculo. rsss
Mas o sistema atual de mira do TOW II é bem maior e pelo jeito , muito pior. Ponto para a tecnologia Klingon. rrssss

comment image?auto=format,compress&w=1050&h=590&fit=clip

Quanto ao míssil chinês de 3ª G eu o citei em um comentário acima.
Em relação ao custo, tudo bem que o Javelin é mais caro que um Kornet, mas já foram produzidos cerca de 50.000 Javelins enquanto que o Kornet foram 35.000.

Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Correção: eu citei o míssil chinês de 3ª G aqui embaixo.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Só esqueceu de mencionar que em 2014 o APS Trophy neutralizou o Kornet em Gaza

LUIZ
LUIZ
Reply to  Guilherme Leite
1 ano atrás

Tu deve ter um informante lá no campo de batalha pra saber disso.

Bosco
Bosco
Reply to  Arthur
1 ano atrás

Cumê??? A grande Rússia que faz míssil hipersônico igual pãozinho de padaria não dá conta de fazer engenharia reversa do Javelin e tem que passar para os iranianos? Rssss Quem diria… Só pra te deixar mais tranquilo, a tecnologia do Javelin não tem nada demais. Muito provavelmente os russos se quisessem teriam um míssil como o Javelin. Vários países já os têm: Japão, França, Índia, Coreia do Sul, China, Turquia e Israel. O motivo dos russos não terem um Javelin (ou um Hellfire Longbow) muito provavelmente é por questões doutrinárias. Tudo indica que eles prefiram sistemas antitanques do tipo telecomandado… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Bosco Jr
Pedro
Pedro
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Verdade Bosco, mas a Doutrina dos USA nas guerras mais recentes, foi justamente o domínio aéreo para posterior avanço das tropas. Talvez por isso a atitude russa em fazer uma boa defesa AA. E realmente em termos de quantidade de blindados, a Russa o possui aos milhares, desde da guerra fria.

sergio
sergio
1 ano atrás

Bom correndo o risco de ser banido aqui, mais eu preciso perguntar, porque eu só vejo aqui noticias pro ucrânia em gigantesca maioria ???? nas ultimas 24 horas as redes sociais estão cheias de imagens da rendição e ou captura de soldados Ucranianos por forças Russas, uma das primeiras aldeias a serem ” libertadas pelos Ucranianos foi recapturada pelos Russos, a varias imagens Tb mostrando o assalto Russo a essa aldeia , mais eu não vejo nada aqui, só noticias favoráveis a ucrânia. Como diria Alexandre Garcia O trabalho do Repórter ou meio de comunicação e dar a noticia, dizer… Read more »

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  sergio
1 ano atrás

É porque apoiar o país que invadiu o outro é imoral e antiético.

Bosco
Bosco
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

Onde assino?

sergio
sergio
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

Eu não considero imoral e antiético um pais invadir outro, depende dos motivos envolvidos.
e por cauda disso eu não tenho direito a saber o que esta acontecendo.
por causa disso o meio de comunicação tem o direito de omitir ou esconder noticias sobre o outro lado ?
onde o seu direito e maior que o meu ?
ate onde eu sei ainda somos uma democracia.

Bosco
Bosco
Reply to  sergio
1 ano atrás

Ainda que a alegação russa da invasão seja justa (expansionismo da OTAN e a remoção de um governo nazista que promovia um genocídio) você considera justa a forma deles atacarem civis indiscriminadamente ou você acha que as cidades destruídas são obra dos próprios ucranianos e falsificação da imprensa mundial para culpar o Putin?
E por que, após quase 1 ano e meio de ocupação russa, o Putin não mostrou nenhuma prova de que estava havendo um genocídio promovido pelos “nazistas” ucranianos?

sergio
sergio
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Qual guerra não ataca civis indiscriminadamente?????
só me responda isso.

Bosco
Bosco
Reply to  sergio
1 ano atrás

Civis são vítimas em todas as guerras mas não são alvos deliberados e não são utilizados como moeda de troca como faz o czar.

sergio
sergio
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Alvos deliberados ????? como o czar faz !!!! vamos la : segunda guerra: bombardeio com bombas incendiarias contra população civil sem objetivo militar, Dresden, toquio, Hiroshima, nagasaki Vietnam: napalm, agente laranja contra aldeias e assentamentos civis. guerra do libano israel ataca os assentamentos civis, para ” inundar beirut com uma onda de refugiados”. primeira guerra do golfo. infraestrutura elétrica, abastecimento, pontes, etc. todos destruídos por ataques aéreos. Afeganistão : uso da bomba “MOAB” para destruir Tuneis do taliban em uma montanha, detalhe a entrada do túnel bombardeada ficava nos arredores de uma vila, tem vídeo no youtube da explosão e… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  sergio
1 ano atrás

Bom dia, Sergio. Vamos deixar a SGM e o Vietnã de fora. Naquela época não tinha armas guiadas. Na SGM ainda não tinha a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Se formos nos referir à SGM agora mesmo estaremos falando de Gengis Kan e de Átila. Vamos deixar também de fora Israel porque os seus inimigos igualmente não respeitam a população civil de Israel. Vamos nos ater às operações americanas após a década de 80. Em todos esses eventos os americanos tiveram como política reduzir os danos colaterais (vítimas civis) , mesmo porque a fiscalização de uma imprensa livre, da liberdade… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Bosco Jr
deadeye
deadeye
Reply to  sergio
1 ano atrás

Deixa-me adivinhar. Vai jogar a carta do “Mas e o Iraque?” e tentar argumentar que um erro, compensa o outro?

LUIZ
LUIZ
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

“É porque apoiar o país que invadiu o outro é imoral e antiético”

É os EUA que patrocina a Ucrânia muito antes de 2014. A Rússia so se antecipou as futuras pretensões dos norte americanos de instalar bases no país. Ética tá em falta no ocidente.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  LUIZ
1 ano atrás

Quer dizer que é justo a Rússia atacar alguém pq acha que um outro país no futuro vai ter base(achismo) yue por sua vez não incomoda em nada ela, pois Ucrânia é soberana e se alia a quem quiser.
E como desculpa usa desnazificar, e destrói toda infraestrutura civil, mate civis, etc…por.base de achismo?????

sergio
sergio
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

O Brasil invadiu o Paraguai mesmo depois que esse já tinha se retirado do nosso território, e manteve a guerra mesmo quando argentina e Uruguai desejavam encerra o conflito, para ” impedir futuras agressões do paraguaí” Não foi justo isso ?

EduardoSP
EduardoSP
Reply to  sergio
1 ano atrás

Paraguai, como Alemanha iniciaram guerras de conquista, para incorporar territórios de outros países.
Alemanha e Paraguai perderam no campo de batalha e foram ocupados pelos vencedores. Depois foram recriados como países independentes.
Os governos que iniciaram essas guerras foram derrubados. Para isso é que os países foram ocupados.
Se tivessem deixado Solano Lopez ou Hitler nos governos, a guerra teria saído barato para os agressores.

Bosco
Bosco
Reply to  LUIZ
1 ano atrás

Mas o Diego não citou os EUA.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  LUIZ
1 ano atrás

A Suécia e Finlândia entraram para a Otan, não vi a Rússia reclamar até agora.

Bosco
Bosco
Reply to  LUIZ
1 ano atrás

Será por que os ucranianos preferem ser patrocinados pelos EUA do que pela Rússia?
Será que tem a ver com o fato de que na década de 30 os russos assassinaram 10 milhões de ucranianos de fome?
Os justiceiros sociais anti Ocidente não cansam de lembrar do ódio que a China tem do Japão por conta do Massacre de Nanquim que produziu 300 mil vítimas mas acham que os ucranianos devem amar os russos apesar do Holodomor.

Glasquis7
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

Dar a notícia não é apoiar, apenas informar corretamente.

sergio
sergio
Reply to  Glasquis7
1 ano atrás

Exato !!!!!!

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Glasquis7
1 ano atrás

É que ele não está reclamando da informação pró-Ucrânia, está reclamando de não haver algo pró-Rússia.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

É imoral e antiético?

Engraçado os EUA invadiram quantos países após a 2° Guerra Mundial, ninguém questionou se era ou não imoral.

Maurício.
Maurício.
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

“Engraçado os EUA invadiram quantos países após a 2° Guerra Mundial, ninguém questionou se era ou não imoral.”

Ué, mas tu não sabe que os EUA só invadem por causas “justas” e “humanitárias”? Ah, tem também a causa “familiar”, onde o papai não matou o ditador e 13 anos depois o filhinho mimado teve que ir lá terminar o serviço, para limpar a “honra” da família, essa causa também é válida.

Bosco
Bosco
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Mas vocês sempre se posicionaram como justiceiros sociais e moralmente superiores à escória lambe botas ianque e se consideram uma crueldade os EUA ter invadido vários países depois da SGM deviam igualmente achar uma crueldade, uma injustiça, um crime a Rússia fazer o mesmo com a Ucrânia, assim como a China anexar o Tibet ou o Iraque ter invadido o Kuwait em 90. Em se posicionando a favor da invasão do Putin nesse caso vê-se nitidamente que a posição crítica que vocês adotavam não era de cunho humanitário mas ideológico. Isso os colocam na mesma vala comum junto com aqueles… Read more »

Last edited 1 ano atrás by Bosco Jr
Maurício.
Maurício.
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Bosco, alguém que tenta defender as invasões americanas, não tem o mínimo de moral para falar dos russos, simples assim. Eu sempre critiquei a invasão russa e disse que era errado, aliás, eu achava que nem invasão teria! Vocês criticam tanto a anexação de terras ucrânianas pelos russos mas se calam diante do roubo do petróleo sírio que está acontecendo nesse exato momento, onde tiver tropas americanas, o solo por baixo das botas se torna americano, ou seja, também estão ocupando terras que não lhes pertencem! Eu sempre disse que EUA, Rússia e China eram farinha do mesmo saco, e… Read more »

Bosco
Bosco
Reply to  Maurício.
1 ano atrás

Sim, Sim! Mas eu sou da turma dos “lambe botas”, lembra? Eu nunca me posicionei como justiceiro social a favor das causas mais nobres em favor dos oprimidos pelo sistema capitalista opressor. Como diz a Bíblia: “Muito será cobrado a quem muito foi dado”. Cabiam a vocês manterem a coerência do argumento caso não fossem só o outro lado de uma mesma moeda. Quanto aos EUA terem invadido mais terras alheias, não se engane, os países totalitários só não o fizeram porque estavam na coleira. Quando se virem em condições de fazê-lo, o farão. E aí teremos saudades dos opressores… Read more »

Maurício.
Maurício.
Reply to  Bosco
1 ano atrás

Ok, Bosco, eu e você temos pensamentos muito diferentes, eu e você poderíamos ficar nessa ladainha o dia todo, mas andaríamos em círculos, eu não convenceria você das minhas idéias e você não me convenceria das suas, ou seja, só estaríamos perdendo tempo, mais do que já estamos.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Não importa, o que importa é que a Rússia atacou a Ucrânia, ponto.

Leonardo
Leonardo
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

“Não importa, o que importa é que a Rússia atacou a Ucrânia, ponto.” Resposta infantil, parece criança que quando perde jogo, e diz o brinquedo é meu e o jogo acabou, é isso mesmo? Quantos ´países os EUA invadiram após a 2° GM? Os EUA tem salvo conduto e podem invadir qualquer país sob alegação que quiserem? Tipo um certo país que a alguns anos invadiu outro alegando que iria capturar “armas de destruição em massa” que nunca foram encontradas? Ai não tem problema, certo? Eles podem expandir a OTAN até a fronteira russa, mesmo depois de ter garantido aos… Read more »

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Os países invadidos pelos EUA depois da II guerra em nenhum momento justificam a invasão da Ucrânia pelo Putinstão, invasão esta que se deu por pretextos falsos tais como “desnazificação” e ” para conter a expansão da OTAN”

E por falar em expansão da OTAN, você pode me dizer quantos países do Leste Europeu foram invadidos para ingressar na aliança?

Diego
Diego
Reply to  Diego Tarses Cardoso
1 ano atrás

Imagino que você não seja tão inocente pra acreditar que esse apoio todo e só pra ajudar um país invadido, EUA e Otan achou uma oportunidade e vão aproveitar o máximo,Se China fizer o mesmo, outra oportunidade, assim vão eliminando concorrência sem perder mão de obra e investindo na indústria bélica, doido e quem faz o que a Rússia fez pra perder mão de obra.

Diego Tarses Cardoso
Diego Tarses Cardoso
Reply to  Diego
1 ano atrás

Não importam os motivos da Otan, o que importa é que a Rússia invadiu a Ucrânia.

Rodrigo
Rodrigo
Reply to  sergio
1 ano atrás

Tinha que faz uma matéria dos ka52 e sua ineficiência em combate o que tem de material dele caindo.. é preocupante para os russos

sergio
sergio
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Preocupante e ucraniano se rendendo a rodo, isso e preocupante.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  sergio
1 ano atrás

Não é o que estamos vendo Qings….

LUIZ
LUIZ
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

E muitos videos dele destruindo brindados da OTAN. Então ele tá cumprindo o seu propósito. Questões de falhas todos os equipamentos não está livre disso.

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  LUIZ
1 ano atrás

Aquele vídeo repetido “n” vezes pela propaganda do Putinstão?

Leonardo
Leonardo
Reply to  Rodrigo
1 ano atrás

Sim, as mesmas fontes que dizem que a Ucrânia está vencendo, que está próximo a Moscou, que o Putin está fugindo para os Montes Urais.

Dos Game Changers como Javelin, Storm Shadow, Leopard, Himars, daqui a pouco F-16

Hank Voight
Hank Voight
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Não! é a mesma fonte que também disse que hoje em Mi-35 russo foi igualmente para o saco

Nei
Nei
Reply to  sergio
1 ano atrás

A informação de que a Rússia recapturou a aldeia que a Ucrânia tinha capturada, já nos diz a quem você serve e a quem você admira.

sergio
sergio
Reply to  Nei
1 ano atrás

Eu passo a vc a informação de que segundo o governo ucranianos diz que a ofensiva esta indo tudo bem, e divulgo imagens e videos.
Passo a informação que o governo russo diz que os ucranianos estão se rendendo, e retomou as aldeias ocupadas pelo inimigo, divulgo imagens e videos.
E ai cabe a vc leitor, formar sua opinião , como deve ser, mais pela resposta que vc deu para mim e claro que opinião própria e algo que vc e incapaz de formular, então vai pela cabeça dos outros, se pra vc esta bom assim, para mim não.

LUIZ
LUIZ
Reply to  sergio
1 ano atrás

Até no HMM eles já tão postando algo dos ganhos russos. Esses caras que não aceita que a Ucrânia tá indo no modo suicídio nessa contra ofensiva. A sorte dos ucranianos é os EUA ainda enviando ajuda.

sergio
sergio
Reply to  Nei
1 ano atrás

A informação de que vc se recusa a saber noticias do outro lado do conflito , já nos diz a quem você serve e a quem você admira.

Profyler
Profyler
Reply to  sergio
1 ano atrás

Caro Sergio, você pode sempre explorar outros sites de sua preferência e deixar de visitar aqui. Um abraço!

sergio
sergio
Reply to  Profyler
1 ano atrás

_________

COMENTÁRIO APAGADO. MANTENHA O RESPEITO. LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

sergio
sergio
Reply to  sergio
1 ano atrás

Porque apagou minha resposta? eu só concordei com o que o meu líder falou!!!!!!
Vou reformular.
Sim meu líder vc esta certo, vou procurar outro site de minha preferencia e não volto mais aqui saudações !!!!! kkkkkkkk
quem e o mais autoritario aqui ??????

Leonardo
Leonardo
Reply to  sergio
1 ano atrás

Sérgio

Porque infelizmente esse site Forças de Defesa é parcial, até mesmo pelos patrocínios que recebe, já reparou, Saab, Rafael, Leonardo entre vários outros, vc acredita que irá colocar matérias mostrando a visão russa do conflito.

Esse é o mais puro retrato da mídia ocidental, a qual a brasileira segue ordens!!!!!

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Leonardo
1 ano atrás

Leonardo,

Seu comentário não condiz com a realidade.

A Guerra na Ucrânia já tem quase um ano e meio, e mais de 1000 matérias a respeito desse conflito já foram publicadas na Trilogia Forças de Defesa (Forças Terrestres, Poder Naval e Poder Aéreo).

Centenas (isso mesmo, centenas) dessas mais de 1000 matérias trazem a visão russa sobre o conflito.

Se você duvida disso, é só usar as ferramentas de busca dos três sites.

sergio
sergio
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
1 ano atrás

Permita-me discordar em um ponto.
quando vc diz “Centenas (isso mesmo, centenas) dessas mais de 1000 matérias trazem a visão russa sobre o conflito.”
a grande maioria e de analistas ocidentais que trazem a avaliação deles da situação Russa, Muito poucas prazem a visão de analistas russos sobra a situação Russa. tem uma diferença ai !!!!!!!
De qualuer forma Grato pelo esclarecimento.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  sergio
1 ano atrás

“a grande maioria e de analistas ocidentais que trazem a avaliação deles da situação Russa” Não. Estou me referindo a fontes russas mesmo. São centenas de matérias com fontes russas. Basta procurar. As ferramentas de busca dos blogs, que incluem o calendário que dá acesso a tudo que foi publicado em cada um dos mais de 480 dias de conflito (frequentemente com meia dúzia de matérias por dia sobre o assunto da guerra, nos três blogs) estão à sua disposição para comprovar. PS – devo acrescentar errei numa conta: são mais de 1000 matérias sobre a Guerra na Ucrânia só… Read more »

sergio
sergio
Reply to  Fernando "Nunão" De Martini
1 ano atrás

Ok, Grato pela correção.

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  sergio
1 ano atrás

A porta da rua é serventia da casa. Não tá satisfeito com o site, vaza.
E outra, quer notícias do exercíto russo, tem intel slva z, sputnik. Lá só tem flores e pôneis saltitantes sobre a FR. Quem sabe até você se anima e se alista na “Operação Especial”

sergio
sergio
Reply to  Infantaria_leve_BiABR
1 ano atrás

Eu não sei como muitos aqui chamam o Putin de czar, ditador, etc. e são tao ditadores quanto ele !!!!!!!!!! hipocrisia e pouco aqui kkkkkkk
olha ai o ditador da internet querendo ditar regas.
Sim meu líder vou pensar no teu caso viu !!!!!!!

Nativo
Nativo
1 ano atrás

O sinistro é que a China já copiou e vendeu pra Argélia,mas será que são tão eficientes?

Francisco Vieira
Francisco Vieira
1 ano atrás

O Javelin é mesmo muito bom. Mas até bomba artesanal feita com parafusos continuam a fazer vítimas na Ucrania.