Ataque russo a porto ucraniano destruiu 60 mil toneladas de grãos que seriam entregues à China

80

O ataque com mísseis realizado pela Rússia contra a costa ucraniana na noite de 18 para 19 de julho destruiu 60.000 toneladas de produtos agrícolas que deveriam ser entregues à China. Os produtos estavam armazenados no porto de Chornomorsk.

Essa informação foi dada pelo presidente ucraniano, Volodymyr Zelenskyy, em seu discurso noturno. Segundo ele, “o terminal portuário que mais sofreu com o terror russo na noite passada tinha 60 mil toneladas de produtos agrícolas armazenados, que deveriam ser embarcados para a China.”

Subscribe
Notify of
guest

80 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Joanderson
Joanderson
11 meses atrás

E Rússia ou vc repõe esses produtos e manda para china ou vc vai perder um aliado de peso.
A china não brinca quando se trata da segurança alimentar dos seus mais de 1 bilhão de habitantes.

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
Reply to  Joanderson
11 meses atrás

E vc acredita mesmo nisso! É mais do mesmo por parte da Ucrânia pra tentar jogar China contra Rússia, ou seja, mais só mesmo,

Allan
Allan
Reply to  Joanderson
11 meses atrás

É a Russia é uma grande produtora do que mesmo?

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Allan
11 meses atrás

Precisamente de trigo mas não sei a quantas andam as colheitas na Rússia devido a própria guerra

Nilo
Nilo
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

O estoque de trigo da Rússia é Record, com a bomba jogada na ponte da Criméia, Rússia destrói instalações portuárias de Odessa, fechado porto. A conta é simples a Ucrânia volta a exportar pela Criméia se as exportações da Rússia de grãos não sofrerem embargos limitantes.
A entrega aos países pobres gratuitamente já foi garantido pela Rússia a não ser que também impeçam.
O Brasil não reclama se as comodites subirem de preço, milho por exemplo.

Last edited 11 meses atrás by Nilo
PACRF
PACRF
Reply to  Allan
11 meses atrás

Bombas atômicas.

Tuacha
Tuacha
Reply to  Joanderson
11 meses atrás

A China não pode se ter ao luxo de criar mais um inimigo. Os chineses estão criando coragem para invadir uma ilha e já tem inimigos de mais.

leonidas
leonidas
Reply to  Joanderson
11 meses atrás

Colega a China não pode se dar ao luxo de permitir que Moscou capitule nesta guerra. Pois a intenção do Ocidente é exatamente desmontar a Rússia como nação minimamente poderosa para privar Pequim de contar com um eventual aliado do porte da nação Russa. Ao resguardar Moscou Pequim não o faz por amar os russos (pois são potencialmente fadados a ser grandes inimigos geopolíticos) e sim porque sabe estar cerceada na sua costa pelas marinhas da Austrália, Japão, Coreia do Sul, dos EUA e até mesmo no médio alcance pela marinha Indiana. E tem ciência que o objetivo de Washington… Read more »

Bosco
Bosco
11 meses atrás

O que será que vai acontecer com a mente de alguns amigos da Trilogia caso a China fique contra a Rússia nessa guerra?
Sinceramente, temo pela saúde mental dos amigos caso isso aconteça.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Contra em qual sentido? Ao mesmo tempo que não vejo a China se envolver diretamente a favor fornecendo armas ou munições, também não vislumbro como seria contra sem apoiar sanções ou armar o adversário. Aliás, a China parece bem satisfeita caladinha no canto dela enquanto ambos os lados confrontam-se.

C G
C G
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Excetuando a própria Ucrânia quem mais lucra com uma derrota Russa é a China, contas estão sendo feitas friamente!

leonidas
leonidas
Reply to  C G
11 meses atrás

Meudeusdocéu… kkkkkk

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Bosco
11 meses atrás

A Rússia e a China não são nações amigas. Estão amigas. Entretanto, não tem lógica a China se aliar a quem irá lhe comer o fígado no futuro: A OTAN.

WSilva
WSilva
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

”A Rússia e a China não são nações amigas. Estão amigas.”

Ué, e existe nações amigas? rs

Eu sei que você ou alguém vai mencionar nações ”amigas” dos EUA, mas essas na verdade são nações submissas aos EUA o que é BEM diferente.

PACRF
PACRF
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Os países da OTAN, principalmente os EUA, são os maiores parceiros comerciais da China. A China não se tornou a segunda maior potência econômica do mundo porque é “amiga” da Rússia. Aliás, o que une países na economia, não é amizade, e sim interesses.

leonidas
leonidas
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Não são amigas, são aliadas…

Miguel
Miguel
Reply to  Bosco
11 meses atrás

EDITADO

RESPEITE OS DEMAIS COMENTARISTAS

Last edited 11 meses atrás by Guilherme Poggio
Rodolfo
Rodolfo
Reply to  Bosco
11 meses atrás

A China não vai ficar contra a Rússia nem explicitamente a favor. Para a China, o respeito a soberania e fronteiras é algo importante, por isso jamais seriam contra a Ucrânia abertamente. Mas hoje, depois da destruição do Nord Stream, está comprando energia da Rússia com desconto, fora que quanto mais os EUA dão atenção a Europa, menos dão ao Pacífico e sobretudo Taiwan. 60 mil toneladas de produtos agrícolas seriam um barco e meio o que é irrisório para a China, faria mais falta se destinado a outros países na África por exemplo. Por isso a China vai seguir… Read more »

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Bosco
11 meses atrás

60.000 toneladas de grãos jamais iriam abalar uma parceria tão proveitosa como tem sido a relação Rússia/China ao longo das décadas, ainda mais agora que a China cada vez mais abraça o mercado consumidor russo com a fuga de empresas ocidentais. Acho que sua saúde mental é que não vai bem, cogitando tamanha bobagem.

Last edited 11 meses atrás by Inimigo público
Slowz
Slowz
Reply to  Bosco
11 meses atrás

A saúde _____ de vocês que acham que _____

EDITADO

RESPEITE OS DEMAIS COMENTARISTAS

Last edited 11 meses atrás by Guilherme Poggio
Slowz
Slowz
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Cade as defesas aérea que a Ucrânia recebeu e você adora falar delas ?

Não funcionou dnv ?

Nei
Nei
Reply to  Slowz
11 meses atrás

Deve ter sido o jammer, pois na Criméia também não funciona né?.

Francisco Vieira
Francisco Vieira
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Bosco, o que significa esta matéria abaixo e qual a implicância desta “detecção”? Abraços. “A aeronave russa detectou o impacto do sistema de orientação dos caças norte-americanos F-16 em território sírio, disse o vice-chefe do Centro de Reconciliação Síria do Ministério de Defesa da Rússia. Foi detectado o uso de sistemas de orientação de caças F-16 da coalizão internacional liderada pelos EUA em uma aeronave militar russa na Síria, disse o contra-almirante Oleg Gurinov, vice-chefe do Centro de Reconciliação Síria do Ministério de Defesa da Rússia, nesta quinta-feira (20). “Ao mesmo tempo, o impacto dos sistemas de orientação dos caças… Read more »

leonidas
leonidas
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Eu temo pela saúde chinesa caso isso aconteça.
O mundo anda mesmo de ponta cabeça e derrepente vai que isso ocorra, mas voltando a realidade (caso ela seja acatada, claro), não precisa ter mais que 15 anos e conhecimento geopolítico básico para saber que não interessa a China e tão pouco ao Brasil a derrota russa…

Underground
Underground
11 meses atrás

É o que sempre falo: a Rússia virou um Estado terrorista. Não consegue destruir o exército ucraniano, então ataca, velhos, mulheres, crianças, hospitais, comida.

Satyricon
Satyricon
Reply to  Underground
11 meses atrás

Engraçado é o malabarismo retórico dos defensores do Putinismo.
Após o ataque ucraniano à ponte de Kersch, classificaram-no de “terrorismo do bem”.
Bem, à não ser que a Ucrânia tenha desenvolvido um explosivo baseado em grãos, este não seria um alvo militar, não é mesmo?
Tenho curiosidade em saber como esses mesmos incautos classificariam agora esse ataque.
Benevolência de Putin?

KKce
KKce
11 meses atrás

Vai tomar esporro do patrão chinês kk

Fabio Jeffer
Fabio Jeffer
11 meses atrás

Mentira! Mais uma mentira Ucraniana, desta feita pra jogar a China contra a Rússia. É mais do mesmo, e incrível é que quando sai essas “notícias” todos correm pra reposta-las

Nei
Nei
Reply to  Fabio Jeffer
11 meses atrás

O que é mentira?

A própria Rússia disse que atacou o porto, então qual seria a mentira?

Mentira, vocês apoiadores de ditadores, fazem querer a transformar em verdade tudo dia aqui na Trilogia.
Antes que venha com fakes do Ocidente, sim, também tem.

Felipe
Felipe
11 meses atrás

Não se preocupe que serão entregues à China pela Rússia agora.

Felipe
Felipe
11 meses atrás

Se o Zelensky disse, é verdade.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Quando essa guerra acabar aposto que a netflix vai fazer um filme sobre o “Fantasma de Kiev” com Will Smith no papel do piloto ucraniano. E eu estou falando sério mesmo, vcs vão ver só… rs

Magaren
Magaren
11 meses atrás

Putin já deve ter corrido para o esconderijo e mandado o Lukashenko conversar com o Xi Jinping que deve ter dado aquela bronca.

Last edited 11 meses atrás by Magaren
Miguel
Miguel
11 meses atrás

Se foi trigo, a mais nova aliada da China, a Argentina, repõe.
E ainda recebe em yuan.
Perde a Ucrânia de qualquer jeito.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
11 meses atrás

Vendo pelo lado “tem quem chore, tem quem venda lenços…”

Quem vai se dar bem com isso será a Argentina e outros grandes exportadores de trigo. Talvez até o Brasil ganhe com isso…

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Willber Rodrigues
11 meses atrás

Naaah a nossa produção mal atende o mercado interno, que dirá sobrar pra exportar. Isso só no médio-longo prazo. E tratando-se de trigo, ainda somos dependentes de importação justamente da Argentina, em que pese o aumento progressivo da produção -transgênica- de trigo nacional.

Vitor
Vitor
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Falta conhecimento o Brasil a médio prazo vai ser autosuficiente com o projeto da Emprapa do serrado.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Vitor
11 meses atrás

Com certeza falta muito conhecimento de causa a você, porque hoje não produzimos sequer 50% da nossa demanda anual é de 11 milhões de toneladas. Importamos da Argentina, Uruguai e Canadá para suprir o consumo interno. Quanto ao trigo transgénico do tipo HB4 ao qual me referi, justamente o desenvolvido pela Embrapa, informo ao senhor arrongante que participei dos estudos pedológicos do CTNBio em 2021 e 2022 para a viabilidade de plantio em Goiás e Bahia. A propósito, senhor cheio de conhecimento, o correto é cerrado. Não tente crescer pra cima de mim fingindo um pretenso conhecimento que não tem.… Read more »

Miguel
Miguel
11 meses atrás

Mas cadê as defesas ucranianas?
Um ataque dessa magnitude não deveria ser evitado?
Parece que a campanha russa de destruição das defesas ucranianas foi eficiente.

Agressor's
Agressor's
Reply to  Miguel
11 meses atrás

Os sistemas de defesas patriots então falharam mais uma vez, como ocorreu na Arábia Saudita…

Last edited 11 meses atrás by Agressor's
Nei
Nei
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

É muita piada numa frase só! Acha que tem quantos Patriot na Ucrânia?

Queria saber também, porque a Rússia segue sendo atingida por Storn Shadow e o S400 e S300 não evita isso?

Agora a Ucrânia vacilou em não ter um sistema desse próximo ao porto.

pampapoker
pampapoker
Reply to  Agressor's
11 meses atrás

Vcs sabem dizer se há AAA no porto???

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Miguel
11 meses atrás

Acho meio difícil e algo sem sentido alguém em sã consciência colocar defesas antiáereas pra proteger silos com perecíveis. Os produtores ucranianos perderiam esse trigo seja pela mão dos russos ou pelas semanas que passaria encalhado e apodreceria. Escolheram o menor dos prejuízos.

Miguel
Miguel
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Não foram só os silos que foram destruídos.
Várias instalações militares, inclusive uma base aérea perto de Odessa, além de depósitos de munição e petróleo.
E mesmo assim, é a única fonte de renda dos ucranianos.
Deveriam cuidar melhor dela.
Só não sei o porquê dos russos não terem feito isso antes
Deve ser porque ainda não consideram como uba guerra total, nas uma operação especial.

nereu
nereu
11 meses atrás

nesse exato momento chove em Odessa, Sumy e Kherson

nereu
nereu
11 meses atrás

avisem o Zé que ele vai ficar sem portos agora

Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  nereu
11 meses atrás

Também não é o fim do mundo se ficarem, afinal, agora a Ucrânia transporta boa parte de suas exportações pelo Báltico, via ferrovias que passam pela Polônia e Lituânia. O que seguia para o restante da UE continuará sendo via terrestre mesmo.

Nilo
Nilo
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Tudo isso tem custos, demanda mais tempo, os lucros do produtor cai.
Zé Lascado, a conta não está fechando ganha um ponto e leva uma cesta de três pontos rsrsr

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

-Por falar em ataque russo, nunca mais ouvi falar dos misseis hipersonicos! Será que eles voltaram para a linha de montagem para trocar os motores, será que estão sendo usados em segredo ou será que nunca foram, realmente, hipersonicos?

Magaren
Magaren
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Acabaram as maquinas de lavar na ucrania, a linha de produção militar da russia parou.

KKce
KKce
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Mísseis hipersônicos de Taubaté.

Bento
Bento
Reply to  KKce
11 meses atrás

Porque sempre colocam Taubaté no meio?
Já não chegam os nossos infortúnios locais?

Kkce
Kkce
Reply to  Bento
11 meses atrás

Esse termo surgiu por causa daquela falsa grávida q ficou famosa na TV. Ai surgiu esse termo.

Inimigo público
Inimigo público
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

São tão rápidos que a Ucrânia não consegue nem detectar. Não tem como noticiar algo que não se detecta.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Inimigo público
11 meses atrás

Seis mísseis hipersônicos derrubados pelos mísseis do sistema Patriot fizeram a Rússia pensar duas dúzias de vezes antes de lançá-los novamente contra a Ucrânia.

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

“Os principais destinatários dos produtos agrícolas ucranianos têm sido os países da União Europeia. No total, a União Europeia recebeu 12,4 milhões de toneladas dos produtos, ou seja 38% de todos os suprimentos no âmbito do acordo de grãos, indica a análise da Sputnik baseada nos dados da ONU. China está no topo da lista dos países que receberam a maior parte dos produtos agrícolas, com 7,96 milhões de toneladas, quase uma quarta parte de todo o abastecimento. Em segundo lugar está a Espanha, que recebeu 5,98 milhões de toneladas, ou 18,2%. Turquia ocupa o terceiro lugar, com 3,23 milhões… Read more »

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

“Os principais destinatários dos produtos agrícolas ucranianos têm sido os países da União Europeia. No total, a União Europeia recebeu 12,4 milhões de toneladas dos produtos, ou seja 38% de todos os suprimentos no âmbito do acordo de grãos, indica a análise da Sputnik baseada nos dados da ONU. China está no topo da lista dos países que receberam a maior parte dos produtos agrícolas, com 7,96 milhões de toneladas, quase uma quarta parte de todo o abastecimento. Em segundo lugar está a Espanha, que recebeu 5,98 milhões de toneladas, ou 18,2%. Turquia ocupa o terceiro lugar, com 3,23 milhões… Read more »

Nuno Taboca
Nuno Taboca
11 meses atrás

Terrorismo do bem. Mísseis de amor.
Afinal, terrorismo é só quando ataca a ponte. Quero ver a retórica dos adoradores do imperador putin

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Nuno Taboca
11 meses atrás

Eu ia postar justamente isso.

Nilo
Nilo
Reply to  Nuno Taboca
11 meses atrás

No momento lê-se a sua retorica glacê.

Last edited 11 meses atrás by Nilo
Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Nilo
11 meses atrás

Não falei? Olha um dos Nicks aqui….kkkkk e aí , esse terrorismo do amor vale né ? Afinal, depósito de grãos e um alvo militar importante.

José
José
Reply to  Nuno Taboca
11 meses atrás

Nuno, não adianta. Ele, ou eles, só entendem o que querem e o que vem lá do paisinho ditador. Já reparou que em todos os postos eles “isolam” aquele país e todas as forças são voltadas contra a Ucrânia ? Como se ela fosse a culpada de tudo que acontece hoje. Zero paciência pra esse povinho pro Putin.

Filipe Prestes
Filipe Prestes
11 meses atrás

A China e metade do mundo ajudam não aderindo as sanções e facilitando pagamentos de terceiros e para Moscou via seu próprio sistema financeiro. Não se viu até o momento nenhum armamento de origem chinesa usado pelos russos – até o momento -. Enquanto metade do mundo, especialmente o sul global e os grandes emergentes ignorarem as sanções contra os russos o possível efeito negativo delas sobre a economia da Rússia pode ser mitigado em maior ou menor medida. No mais, não espere que a China se envolva diretamente nessa guerra, não é do interesse de Pequim.

Last edited 11 meses atrás by Filipe Prestes
Filipe Prestes
Filipe Prestes
Reply to  Filipe Prestes
11 meses atrás

Olha, até que algum sistema de arma de origem chinesa seja avistado sendo empregado pelos russos, não passa de mera especulação e propaganda americana. Como disse acima, nada foi visto até o momento. E mesmo considerando o fato de que a China possa repassar munição para os russos, seria uma ajuda consideravelmente menor e menos impactante no resultado da guerra daquela que a OTAN dá a Ucrânia. Sem que sistemas mais sofisticados sejam vistos empregados pelas forças russas a tal ajuda pode ser considerada como menor ou até mesmo irrelevante, se houver de fato.

Dagor Dagorath
Dagor Dagorath
11 meses atrás

Tenho certeza de que os chineses adorariam uma desculpa para retomar a região de Amur…

Maurício.
Maurício.
11 meses atrás

Acho engraçado essa narrativa de Rússia e China que alguns usam aqui na trilogia. O mesmo pessoal que diz que a Rússia virou um capacho da China é o mesmo pessoal que diz que a China não é uma aliada da Rússia, a narrativa muda de acordo com a matéria…😂 Aliás, ano passado a China fez um exercício na fronteira com a Rússia e esse mesmo pessoal dizia que a China estava se preparando para retomar Vladivostok, pois seria a oportunidade perfeita…🤷🏻‍♂️

Mirão
Reply to  Maurício.
11 meses atrás

Deixa eles.

Espera o efeito dos entorpecentes passar dai nós descarregamos fatos na cara deles.

AVISO DOS EDITORES: MANTENHA O RESPEITO.

ESTE É UM ESPAÇO DE DEBATES, NÃO PARA “DESCARREGAR” NA CARA DE NINGUÉM.

SE A SUA POSTURA AQUI CONTINUAR APENAS DE BRIGA, VOCÊ SERÁ BLOQUEADO, POIS JÁ RECEBEU DIVERSOS AVISOS.

LEIA AS REGRAS DO BLOG:

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

sub urbano
sub urbano
11 meses atrás

Sonho dos minions: o dragão atomico fica revoltado e ajuda a Ucrania +EUA +50 países no seu esforço de guerra contra a Russia.

Realidade: mentirinha do Zelensky kkk

Last edited 11 meses atrás by sub urbano
Sergio
Sergio
11 meses atrás

Olha as exigências que o Pudin esta pedindo, para um novo acordo de grãos. E depois o pessoal aqui diz que as sanções não fez efeito…..kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

https://www.instagram.com/reel/Cu5VEmPs9xQ/?utm_source=ig_web_button_share_sheet&igshid=MzRlODBiNWFlZA==

paulof
paulof
11 meses atrás

Dados de 2022 da UNCTAD (têm conta do twitter dessa agência caso alguém queira conferir), dão que em termos de commodities agrícolas a Ucrânia representava 17,4% e a Rússia 5,6% para China e no caso da Índia 9,8% de Kiev e 3,2% de Moscou, por isso não é estranho um ataque a Odessa destruir uma remessa de alimentos para Pequim.

Sergio
Sergio
Reply to  paulof
11 meses atrás

Uma coisa é certo, são ( – ) 60 mil toneladas para a china, e agora eles terão que correr em outro lugar para conseguir essa quantidade. Duvido que consigam encontrar facilmente, rapidamente e principalmente no mesmo valor.

Last edited 11 meses atrás by Sergio
deadeye
deadeye
11 meses atrás

geopolitica 4d do Putin em ação

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

“De acordo com investigação dos hackers, dois navios mercantes, o Beks Loyal e o Khudayar Yusifzade, podem ter estado envolvidos na operação que lançou pequenas lanchas não tripuladas para atacar a ponte. Um dos navios esteve à deriva alguns dias antes do ataque em frente à costa russa no mar Negro, a 100 quilômetros de Novorossiysk. O outro estava mais a sul e, mais tarde, os navios se encontraram no mar. Os hackers acreditam que os drones foram carregados de um navio para outro. O controle das lanchas não tripuladas por ter sido efetuado a partir de outro navio, parado… Read more »

Emmanuel
Emmanuel
11 meses atrás

Nenhum navio da OTAN fará escolta de um único navio ucraniano que seja. Fazer isso é escalar mais ainda o conflito e isso ninguém quer. Bloqueio naval se fura à força. Fazer isso no Mar Negro seria, no mínimo, querer que a guerra passe para outro nível. Alguém dentro da Europa, ou mesmo, nos Estados Unidos, está disposto a entrar abertamente nesse conflito ao lado da Ucrânia? Acredito que não. Putin apostou alto para ter alguma coisa em troca. Se terá ou não, só o tempo dirá. A segurança alimentar da África e Oriente Médio nunca foram coisas importantes para… Read more »

Arthur
Arthur
11 meses atrás

Putz! Agora bilhões e bilhões de chineses passarão fome, numa escala muito maior que foi a da década de sessenta…

Sergio
Sergio
Reply to  Arthur
11 meses atrás

Putz! Agora bilhões e bilhões de chineses passarão fome, numa escala muito maior que foi a da década de sessenta… ”

Passar fome não….mas se bilhões de boquinhas na china precisar pagar mais caro, por falta de grãos, vai ficar feio para o ursinho pooh. Vai ficar feio para o ursinho pooh se alinhar com alguém que queima seus grãos e ainda cria problemas na exportação…..

Rick
Rick
11 meses atrás

Tem momentos na história que tudo que se faz da em erro grosseiro. Os russos cometeram dois com os chineses. Não vão dar em nada, ainda. Se os erros continuarem nesse nível Pequim e Nova Deli talvez tenham que rever suas posições,

Humilde Brasileiro
Humilde Brasileiro
11 meses atrás

Destruir alimentos sobre qualquer pretexto deveria ser crime de guerra. Já o é do ponto de vista ético.

Andromeda1016
Andromeda1016
11 meses atrás

Se foi o Zelensky quem disse acredito 😆😆😆

Tiago
Tiago
11 meses atrás

Claro que sim, a China. Logo o aliados do russos foram os afetados pelo ataque, conveniente né? kkk