Papperger: Rheinmetall defenderá fábrica a ser instalada na Ucrânia com seus próprios sistemas de defesa aérea

24

Em entrevista ao jornal alemão Bild o CEO da Rheinmetall, Armin Papperger, disse que não abandonaria seus planos de montar uma fábrica na Ucrânia e que planejava protegê-la de ataques com sistemas de defesa aérea de fabricação própria. Esta foi a resposta que ele deu às autoridades russas que disseram que a futura fábrica da empresa na Ucrânia seria um “alvo legítimo” da Federação Russa.

“Para nós da Rheinmetall, a principal tarefa é apoiar nossos parceiros ucranianos na luta pela liberdade e pela democracia e atender às suas necessidades urgentes o mais rápido possível.”, completou Papperger.

Em 20 de julho, a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, Maria Zakharova, disse em um briefing que a fábrica de Rheinmetall para a produção de veículos blindados na Ucrânia seria, se construída, um “alvo legítimo” para os militares russos.

A Rheinmetall está estabelecendo uma instalação de produção na Ucrânia em conjunto com a empresa de defesa estatal ucraniana Ukroboronprom e deterá a participação majoritária. Munições, veículos blindados e tanques de batalha Panther devem sair da linha de produção ucraniana. Acredita-se que a fábrica produza até 400 tanques de batalha por ano e conserte veículos blindados.

Subscribe
Notify of
guest

24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Bosco
Bosco
11 meses atrás

Sem dúvida o melhor canhão AA que existe.
Combinando um canhão do tipo revólver de 35 mm de alta cadência com um controle de tiro extremamente avançado e a munição tipo AHEAD e tem-se uma arma fantástica.

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  Bosco
11 meses atrás

Via ser um fiasco para a empresa, quando instalarem as baterias e a Russia acabar com todas. péssimo marketing.

Rafael Gustavo de Oliveira
Rafael Gustavo de Oliveira
Reply to  Bosco
11 meses atrás

melhor canhão sem dúvidas, os alemães bem que podiam fazer uma torre mais leve que desse para colocar no Guarani, talvez uma bateria mista com Guaranis MSHorad Saab (RBS-70) e outros com Oerlikon 35 desse uma boa flexibilidade, o que acha caro Bosco?

Marcos
Marcos
11 meses atrás

Não precisa ser especialista pra saber que construir uma fábrica que pode e será alvo do início ao fim de sua construção é coisa de maluco.

Construa na Alemanha, na Polônia, em outros países e depois transfira tudo para a Ucrânia.

E também não precisa ser especialista pra saber que a Rússia vai atacar essa base por questões estratégicas e políticas. Vai ser perfeito para aumentar o moral das tropas e vai ser perfeito para mandar um belo recado para a OTAN.

Marcos
Marcos
Reply to  Marcos
11 meses atrás

Isso me lembra aquela cena do filme Tropa de Elite na qual o Papa decidiu dormir no morro do Turano.

Tenho 2 ou 3 substantivos pra descrever isso, mas não vale a pena.

IvanF
IvanF
Reply to  Marcos
11 meses atrás

Acho que primeiro eles colocariam as defesas antiaéreas, depois construiriam a fábrica.

Ou não, pq se eu fosse os russos, deixaria construírem TUDO e depois tentaria colocar abaixo.

Mas com certeza uma jogada muito arriscada. Se funcionar, um tremendo marketing pra empresa, se não… e lembrando que essa fábrica deve ser localizada no extremo oeste do país, então o ataque teria que passar por vários sistemas de defesa pra chegar lá.

Questionador
Questionador
11 meses atrás

Meu saudoso avô sempre falou. Em suposições, o tempo é a razão de quem está certo.
Em uma guerra com está intensidade, acredito que seja praticamente impossível proteger um alvo fixo tão crítico (e com o agravante do desafio apresentado nas entrelinhas destes anúncios).
Provavelmente é só uma ação de marketing.
Não creio na construção deste centro antes do fim da guerra.
E se for criado, com certeza será destruído.
Independente da minha opinião, o tempo vai mostrar se estou certo ou errado.

Last edited 11 meses atrás by Questionador
Henrique
Henrique
Reply to  Questionador
11 meses atrás

Não creio na construção deste centro antes do fim da guerra.
E se for criado, com certeza será destruído.

com base em que vc afirma isso? até pq do inicio até agora a Rússia se limita a atacar mais os avos civis na Ucrânia do que os militares…

do jeito que o russo escolhe os alvo uma padaria tem mais chance de recebe um Kinzhal do que a Rheinmetall

Felipe
Felipe
Reply to  Henrique
11 meses atrás

Pede pros ucranianos pararem de esconder equipamento militar nas padarias, que isso acaba.

José
José
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Conta mais piada….

Nei
Nei
Reply to  Felipe
11 meses atrás

Eles estão no país deles, terras deles, os invasores que se retirem.

Sendo uma operação especial, atacar áreas civis longe do front, demonstra a total incapacidade russa nesta “guerra”.

Nei
Nei
Reply to  Felipe
11 meses atrás

E outra, não acredito que irão construir esta fábrica na Ucrânia. É um risco financeiro aos acionistas.

Henrique
Henrique
Reply to  Felipe
11 meses atrás

ou a Rússia pode se render e sair da Ucrânia né…

Questionador
Questionador
Reply to  Henrique
11 meses atrás

Bases americanas e russas ja foram atingidas por adversários de “sandálias” com recursos muito limitados.
Precisa muita “base” para acreditar que uma fábrica tão importante, com alto valor estratégico e anunciada de forma provocativa não vai ser atacada.
Ainda mais com os meios que o adversário dispõe, desde grande variedade de mísseis e drones, além de capacidade de saturação contra defesa antiaérea local.
Posso estar errado, mas é muito racional meu comentário, vamos aguardar, como disse antes, o juiz vai ser o tempo.

Tiago
Tiago
Reply to  Henrique
11 meses atrás

“até pq do inicio até agora a Rússia se limita a atacar mais os avos civis na Ucrânia do que os militares…” – Esta errado.

Sem querer entrar em discussão da fabrica, mas isso esta incorreto. No inicio os alvos eram militares, tanto que nenhuma estrutura civil foi atacada de forma direta na primeira semana de guerra, nem Kiev foi bombardeada como vários vídeos da no Youtube de jornais cobrindo o conflito mostram. Com sabemos, o objetivo era vencer rapidamente… era….

Dai sim, depois passaram atacar infraestrutura civil.

Henrique
Henrique
Reply to  Tiago
11 meses atrás

“até pq do inicio até agora a Rússia se limita a atacar mais os avos civis na Ucrânia do que os militares…”

” – Esta errado.”

to certo pra _________ e todos os alvos civis que Rússia atacou confirma isso

E vc mesmo confirma no final “passaram atacar infraestrutura civil.”

EDITADO. MODERE O LINGUAJAR E NÃO TENTE “DISFARÇAR” AS PALAVRAS DE BAIXO CALÃO. RESPEITE A LEITURA DOS DEMAIS E MANTENHA O BLOG LIMPO.

https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Francisco Vieira
Francisco Vieira
11 meses atrás

Empresário não rasga dinheiro. A fábrica só será iniciada depois da guerra.

Heinz
Heinz
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Ou, pode ser construída na Alemanha, ou Polônia. Fabricar os tanques e enviar para Ucrânia e no fim da guerra, realocar para a Ucrânia

Questionador
Questionador
Reply to  Heinz
11 meses atrás

Também acredito nesta possibilidade. Facilitaria a logística e proteção sob o guarda chuva da OTAN, o centro provavelmente ficaria próximo da fronteira entre Polônia e Ucrânia.

SGT MAX WOLF FILHO
SGT MAX WOLF FILHO
Reply to  Francisco Vieira
11 meses atrás

Mas se a intenção deles for lavar dinheiro?

Oráculo
Oráculo
11 meses atrás

As chances do conselho de acionistas da Rheinmetall aprovar a construção de uma fábrica de tanques na Ucrânia é a mesma de eu jantar hoje a noite com a Débora Seco.

É apenas uma jogada de marketing da Rheinmetall, tentando chamar atenção para o Panther. E está funcionando.

Gabriel BR
Gabriel BR
11 meses atrás

O Sistema Mantis alemão é top ! Custo beneficio imbatível
Essa fabrica eu penso ser interessante como ponto de reparo de viaturas , mas como fabrica acho que não vira o jogo não…

Rodrigo
Rodrigo
11 meses atrás

Imagina na quadro de RH o cara é promovido a gerente de produção
…na Ucrânia hehehr

Htovip
Htovip
11 meses atrás

Também serve como uma forma de propaganda já que vai mostra na prática se são bons mesmo kkkkk