A Rússia tem bem mais de 200.000 soldados estacionados nas partes ocupadas da Ucrânia, disse o Chefe do Estado-Maior Conjunto dos EUA, Mark Milley , numa entrevista à CNN em 18 de setembro.

Embora reconhecendo que a contraofensiva da Ucrânia avançou a um ritmo relativamente lento, o general sublinhou que os militares ucranianos “não são uma força esgotada” e estão a obter ganhos constantes.

De acordo com Milley, a campanha militar em curso de Kiev não pode ser descrita como um fracasso, uma vez que a Ucrânia rompeu vários cinturões defensivos russos e ainda tem tempo para alcançar mais resultados.

O general, que deverá seguir para a reserva até o final do mês, disse anteriormente, em 10 de setembro, que a Ucrânia tem cerca de 30 a 45 dias restantes para a ofensiva antes que o tempo piore.

Subscribe
Notify of
guest

53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
1neeo
1neeo
10 meses atrás

E qual seria a média de soldados ucranianos na ativa nesse momento ?

Macgaren
Macgaren
10 meses atrás

Depois daquela matéria mostrando o “centro de comando” não duvido dessa precisão.

JHF
JHF
Reply to  Macgaren
10 meses atrás

Ele vai para a reserva e está aparecendo tá tô que parece que vai encampar algum posto na politicagem das próximas eleições. Tá mostrando a cara toda semana. Ahi vem campanha explícita.

Guacamole
Guacamole
Reply to  JHF
10 meses atrás

Não
Geralmente generais nos Estados Unidos não vão para a política ( há excessões, lógico) e sim para empresas no setor de defesa.
Eles usam seus contatos que ainda estão na ativa para vender produtos da empresa que os contrata garantindo contratos.

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Guacamole
10 meses atrás

Uma das vertentes do Lobby institucionalizado nos EUA. São fortíssimos. E antigos membros do Estado são uma ferramenta para isso.

Quirino
Quirino
10 meses atrás

Levaram 2 meses para reconquistar a vila de robotine, 3 meses para reconquistar a vila klishchiivka e tem 30 a 45 dias para realizar os objetivos da ofensiva, que são reconquistar tokmak, melitopol e mariupol, humm será que da tempo? eu acho que não hein kkk..

Monarquista
Monarquista
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Melhor que tentar conquistar Kiev há um ano e meio e ainda nada…

Felipe
Felipe
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

EUA ficaram 12 anos no Afeganistão e não conquistaram nada e depois abandonaram com rabinho no meio das pernas

Fernando Botelho
Fernando Botelho
Reply to  Felipe
10 meses atrás

Igual a URSS.

JHF
JHF
Reply to  Felipe
10 meses atrás

Dahi que o déficit de 10 bilhões de dinheiro gasto com armamentos todo ano no Afeganistão para “promover a democracia” ficou no vácuo e promoveu uma choradeira dos amigos dos amigos no Capitólio e no governo Biden. Ahi surge o conflito na Ukrania para resolver os problemas da indústria armamentista nos States…. Quanta coincidência não?

Nei
Nei
Reply to  Felipe
10 meses atrás

Porque EUA não quiseram conquistar nada (não foram roubar terras).

Isso foi devido ao 11 de setembro “terrorismo”.

Sua desculpa é pífia como sempre.

Jose
Jose
Reply to  Nei
10 meses atrás

O cidadão igualar essa invasão russa praticada de forma criminosa com a presença dos EUA no Afeganistão é algo que beira o lunatismo…

AMX
AMX
Reply to  Felipe
10 meses atrás

Como na guerra do Vietnã: para o bem e para o mal, política ditando os rumos das operações militares.

Scudafax
Scudafax
Reply to  Felipe
10 meses atrás

Na verdade foram 20 anos para trocar o Taliban pelo Taliban.

deadeye
deadeye
Reply to  Monarquista
10 meses atrás

E o quê a Rússia tomou em 2 meses?

Heinz
Heinz
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Porque 45 dias? O mundo vai acabar? Tem cara que luta lá desde ,2014, tu acha que o inverno vai fazer parar? Eu sei que fica mais difícil avançar, mas não vão parar. Print e me cobre.

Fábio CDC
Fábio CDC
Reply to  Heinz
10 meses atrás

Senhor Heinz, ninguém “acha” que o inverno os farão parar, todos tem Certeza que SIM, a rasputizia freará o avanço ucraniano porque a neve derrete e torna tudo em lama. Os ucranianos e russos sabem disso, daí a pressa dos ucras em conseguir o máximo de sucesso o quanto antes.

Jose
Jose
Reply to  Fábio CDC
10 meses atrás

Pelas palavras já saba-se que é um “ixpessialista russo”…falar em “ucras” só pode vir desse povo.

Underground
Underground
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Os russos deslocaram três dos quatro baralhoes aerotransportados que estão da Ucrânia para aquela região. Na verdade foi um grande feito para os ucranianos. E um desgaste gigantesco para os russos.

Leandro Costa
Leandro Costa
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Só no seu post aí tem quase seis meses. Quanto tempo os Russos levaram para tomar Bakhmut mesmo? Nove?

RPiletti
RPiletti
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Qtos dias para foram necessários para os russos tomarem Kiev agora na atual operação especial?

A C
A C
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Quirino, esta serah uma guerra de atrito que durarah por muito tempo. Chegarah um momento onde nenhum dos lados farah progressos significativos mas a Ucrania continuarah se valendo de drones por um bom tempo. Esse desgaste drenarah cada vez mais recursos financeiros e materias da Russia, enquando a Ucrania recebe equipamentos e recursos da OTAN. O que poderia alterar o cenario acima: a introducao de algum novo equipamento que faca a diferenca de fato (hah excessivas expectativas sobre o reequipamento da forca aerea ucraniana) introducao efetiva de diplomacia por meio de negociacoes efetivas onde a Russia entrega todos os territorios… Read more »

igor luis
igor luis
Reply to  Quirino
10 meses atrás

Esqueceu do wagner em bakmhut kkkk até diminiu os presidiários na russia.

Welington S.
Welington S.
10 meses atrás

“Operação Especial” com mais de 200 mil homens… de fato, é uma guerra, mas não declarada, ainda. Não sei qual será ou seria o estopim para ser declarado uma guerra entre Rússia-Ucrânia (OTAN).

Guacamole
Guacamole
Reply to  Welington S.
10 meses atrás

Bem, a guerra do Afeganistão também não foi declarada.
Por isso o pessoal da cúpula dia Estados Unidos chamavam de “conflito militar” uma vez que não tinha passado pelo senado.
Quem chamava de guerra era a mídia e o povo.

José Marinho
José Marinho
Reply to  Welington S.
10 meses atrás

Eu sei que gostam de meter a OTAN nessa parada, mas ela não está na guerra. O que temos é paises da OTAN a apoiar com parte do armamento a Ucrania e apoiar a Russia ao atrasar a entrega de armamento.
Pondo de outra forma, apoiam a Ucrania com uma mão dando equipamento mas nao tudo o que eles precisam e apoiam com 2 dedos a Russia atrasando a entrega de equipamento como por exemplo caças F16 e misseis.
Há quem chame a isto diplomacia…

Carlos Mendes
Carlos Mendes
Reply to  José Marinho
10 meses atrás

Bem, só poloneses tem aproximadamente 50k de “voluntários” fora os inúmeros outros estrangeiros, não é bem SÓ ucranianos. Como NÃO colocar a OTAN se o equipamento, bombas, blindados, tanques, misseis, munição, armas leves, artilharia, drones, ração, fardamento, meias, cuecas, aviões, inteligência, satélites, doutrina e treinamento são da OTAN??? Só um questionamento não me leva a mal cara!

Welington S.
Welington S.
Reply to  José Marinho
10 meses atrás

Como é possível a OTAN não estar metida nessa situação toda tendo em vista o envio de armamentos para os ucranianos?

Heinz
Heinz
10 meses atrás

Eu chuto quase 500 mil soldados russos.

Oráculo
Oráculo
Reply to  Heinz
10 meses atrás

Os próprios Ucranianos falaram em torno de 400 mil.

Lembrando que só na Criméia já tinha praticamente um Exército inteiro, além da base da Frota do Mar Negro, antes mesmo da invasão.

Somando tudo deve dar mais de 40O mil mesmo.

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Oráculo
10 meses atrás

Eu chuto 600mil. 200mil na linha de frente, e o dobro, 400mil na logística, comunicação, inteligência, drones. Sem contar com os que estao estacionados no interior da Crimeia.

Adriano RA
Adriano RA
10 meses atrás

A Ucrânia será a vencedora moral, por resistir e inflingir pesadas baixas aos russos, mas essa não será uma guerra com vencedor, no sentido literal da palavra. Não será possível expulsar os invasores e, por fim, um acordo amargo, ao estilo península coreana, deverá acontecer.

JHF
JHF
Reply to  Adriano RA
10 meses atrás

Alguém escute o antes possível…

JHF
JHF
Reply to  Adriano RA
10 meses atrás

Vc deveria se acalmar. Muita agressividade e imaginação no mesmo posto. Seria bom dar um relax e voltar depois e pensar de novo

fjuliano
fjuliano
Reply to  Adriano RA
10 meses atrás

Seu comentário expõe de forma clara o que acaba por ser o produto final na cabeça de uma pessoa sem senso crítico e que acredita em tudo que a grande mídia ocidental vende através das notícias enlatadas completamente enviesadas. Quem mostrou que não tem medo são os russos meu caro, avisaram várias vezes que a Ucrânia seria a linha vermelha e agiram. Quem montou e mantém uma ampla aliança militar contra a Rússia o fez porque “não tem medo”? Sério mesmo? Quem expande desde sempre plataformas militares a cercar a Rússia o faz “porque não tem medo”? Nem o próprio… Read more »

Bispo
Bispo
10 meses atrás

So nessa contra ofensiva Ucrânia já perdeu 75-100 mil homens (mortos, feridos,inválidos).

A fala desse general semi aposentado mais parece propaganda diversionista.

Se tem 200k.. 500k ou mais , irrelevante , o que importa é qual a estratégia para avançar e não culpar a quantidade de “inimigos entrincheirados” pela letárgico avanço.

Werner
Werner
10 meses atrás

Esse general tem que se decidir,os russos perderam 200 mil ou têm?

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
Reply to  Werner
10 meses atrás

Perderam e repuseram, difícil entender?

Felipe
Felipe
10 meses atrás

Ué, depois do fracasso da contra-ofensiva, falaram que eram 450 mil russos. Agora é 200?

Infantaria_leve_BiABR
Infantaria_leve_BiABR
Reply to  Felipe
10 meses atrás

Foram liquidados. Aí repõem com mais detentos. rs

Arthur
Arthur
10 meses atrás

Duzentos mil, trezentos mil, quatrocentos mil… que diferença faz? Brilhante análise. Muito perspicaz…

Pedro
Pedro
10 meses atrás

Nada de novo no front. Um general americano abrindo a boca. Dá sono

JHF
JHF
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Ele está colhendo espaço na mídia enquanto tem o que mostrar. Agora virou total RP se mostrando para as câmeras antes da cortina fechar.

Nuno Taboca
Nuno Taboca
Reply to  Pedro
10 meses atrás

Você que é phoda!!!
Qual é sua patente mesmo?

Jose
Jose
Reply to  Nuno Taboca
10 meses atrás

Russo tupiniquim capitão de Super Trunfo usado..kkkkkkk

JHF
JHF
Reply to  Nuno Taboca
10 meses atrás

Agora precisa d empate te para opinar aqui? Conhece a sociedade civil? Sabe como funciona ou do real? Acredita na vida fora das forças armadas?

Sergio Machado
Sergio Machado
10 meses atrás

Desde Napoleão a Rússia trava guerra de atrito, desgastando o oponente no tempo. Foi assim com a Turquia, Alemanha e afins. Os turcos tiveram que comer seus próprios cavalos e o franceses retornaram com uma fração do Exercito. Agora os gênios ocidentais dizem que Moscou deu uma guinada de 180º e passou a lutar como ocidentais. Comemoram perder equipamento e 50…60 mil homens em troca de vilarejos de 400m de comprimento. Zelensky vai aniquilar a Ucrânia indo nessa onda. Em tempo, Kiev contabilizou 49 baterias Inskander’s apenas ao longo da fronteira, totalizando 98 mísseis para pronto emprego contra alvos de… Read more »

Vinicio Nagel
Vinicio Nagel
Reply to  Sergio Machado
10 meses atrás

A diferença nesses conflitos que a Rússia sempre esteve na defesa e não atacando. Quando atacou aconteceu como na guerra de inverno, até conquistou uma parte da Finlândia, mas a um custo altíssimo, uma vitória de pirro.

Sanchez
Sanchez
Reply to  Vinicio Nagel
10 meses atrás

EDITADO:
COMENTÁRIO BLOQUEADO DEVIDO AO USO DE MÚLTIPLOS NOMES DE USUÁRIO.

Antonio Cançado
10 meses atrás

E ainda assim não consegue vencer, muito pelo contrário…
Já vai pro segundo inverno, e isso me lembra algo, uns 80 anos atrás, lá mesmo…

Tuacha
Tuacha
10 meses atrás

As sansões foram um tiro no pé, e o prolongamento do conflito só aumenta os gastos que não é apenas com ajuda militar e financeira, mais também as custas do contribuintes, principalmente os europeus que viram seus custos de vida subirem muito.
Muitos políticos vão se arrepender por ter colocado os interesses do seu povo em segundo plano.
E o Putin sabe disso! Prolongar a guerra é suicídio econômico e político.

Marcelo
Marcelo
Reply to  Tuacha
10 meses atrás

Esperando sentado a Ucrânia congelar, o Ocidente entrar em profunda crise econômica e a Rússia chegar em Kiev … mas parece que só os ucranianos avançam nesse conflito militar … e mais ajuda está a caminho.

Destro
Destro
10 meses atrás

A realidade é dura.