Os Estados Unidos alertaram a Coreia do Norte de que qualquer ataque nuclear contra a nação ou seus aliados “é inaceitável e resultará no fim do regime (Kim Jong) Un”, afirmou neste sábado um comunicado conjunto dos EUA com a Coreia do Sul.

“O lado norte-americano reiterou que qualquer ataque da Coreia do Norte contra a Coreia do Sul será retaliado com uma resposta rápida, esmagadora e final”, disse o comunicado.

O segundo grupo consultivo nuclear entre EUA e Coreia do Sul se reuniu em Washington na sexta-feira, para conversas sobre dissuasão nuclear, como parte de um compromisso entre as duas nações de compartilhar mais informações sobre o planejamento caso haja um conflito com a Coreia do Norte. Pyongyang desenvolveu e testou uma série de mísseis balísticos que podem atingir alvos na Coreia do Sul, no Japão e nos EUA continental.

Kim Tae-hyo, vice-conselheiro nacional de segurança da Coreia do Sul, afirmou na sexta-feira que a Coreia do Norte pode testar um míssil balístico intercontinental neste mês, algo que tem sido considerado uma ameaça nuclear a despeito de seu alcance, pois ele pode carregar uma ogiva.

O terceiro encontro do grupo ocorrerá em solo sul-coreano, em 2024.

FONTE: Terra

Subscribe
Notify of
guest

61 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Antonio Cançado
2 meses atrás

A Coréia do Norte deveria ser transformada numa grande cratera.

adriano Madureira
adriano Madureira
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

nossa, sua opinião foi muito sábia… Certamente antes do fim, CS e japão iriam juntos virar um grande bagaço.

Vitor
Vitor
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

Porta voz da polícia do mundo a doutrinação é tal que sai esses furos.

Carlos
Carlos
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

O que está te impedido de ir para lá e começar os trabalhos?

Tutor
Tutor
Reply to  Carlos
2 meses atrás

Ele disse que ele que tem poder para fazer isso??

Carlos
Carlos
Reply to  Tutor
2 meses atrás

Ele sugeriu algo e eu fiz uma pergunta. “Tutor”

Mig25
Mig25
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

Cançado, vc não se cansa de falar besteira nesse blog?

Mario Aruda
Mario Aruda
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

Se depender da elite Globohomo, Japão e Coreia do Sul vão virar shithole primeiro, até importar africanos eles estão propondo para resolver o “problema” da baixa natalidade, que é um problema essencialmente causado pela mulheres e pela inflação de ativos.

Tobyaps
Tobyaps
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

Acho que está passando a hora dos EUA dar uma “voadora missilistica” na cabeça de um desses ditadorzinhos kkkk.
.
No geral o regine mais fraco tem mais chances de levar e o Podre ops Maduro está dando as deixas, más parece que se ligou no último instante.

Bispo
Bispo
Reply to  Antonio Cançado
2 meses atrás

🤔 então e o vento e a chuva radiativos ficariam só nessa cratera 🙃

Um Simples Brasileiro
Um Simples Brasileiro
2 meses atrás

O caminhão lançador coreano é chinês ou russo?

Bosco
Bosco
2 meses atrás

Esse “veículo” (na ponta do míssil) parece ser um “MaRV”, que é um veículo de reentrada manobrável, dotado de aletas direcionais. A função da utilização de um MaRV em um míssil balístico é só uma: aumentar o precisão. Por que os norte-coreanos estariam utilizando um MaRV num míssil nuclear? Será que eles já chegaram ao ponto de terem ogivas nucleares miniaturizadas de baixo rendimento e estariam preocupados em reduzir o danos colaterais? Ou será que é um míssil balístico convencional? – Outra opção é que seja um BGM (míssil impulso/planeio) dotado de um HGV (veículo planador hipersônico). Há 3 razões… Read more »

Last edited 2 meses atrás by Bosco Jr
Bosco
Bosco
Reply to  Bosco
2 meses atrás

O mais provável no caso da foto é que seja uma ogiva MaRV convencional, o que a torna muito precisa. Se antes os mísseis balísticos eram naturalmente imprecisos , combinados com tecnologias avançadas a precisão deles rivaliza com a dos mísseis de cruzeiro. Antes os mísseis balísticos convencionais só serviam para causar terror sendo lançados em grandes centros urbanos com grande ogivas HE ou carregando submunições. Também eram adequados para a entrega de agentes químicos letais. De qualquer forma sua função militar era muito restrita devido à precisão reduzida. Atualmente países como a China e ditaduras parceiras ( Irã, CN,… Read more »

adriano Madureira
adriano Madureira
2 meses atrás

“O lado norte-americano reiterou que qualquer ataque da Coreia do Norte contra a Coreia do Sul será retaliado com uma resposta rápida, esmagadora e final”.

Legal, mas antes do regime morrer, a Coréia do norte levará os sul-coreanos e possivelmente os japoneses juntos para o saco…

Belo modo de ajudar os vassalos…

Hcosta
Hcosta
Reply to  adriano Madureira
2 meses atrás

Então para si o inverso seria o ideal?
Pode atacar à vontade a Coreia do Sul e o Japão???

Realista
Realista
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Quem atacou Coreia do Sul e Japão ?

Zero77
Zero77
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Quem faz todo ano manobras hostis, incluindo bombardeiros estratégicos, são os EUA e Coreia do Sul.

Mas claro, os 30.000 soldados yankees (esses asiáticos da América do Norte…) na Península são pacificadores…

EUA, esse país Latino Americano, Africano, Europeu e Asiático… Que países em todos esses continentes tentam “hostilizar”…

Last edited 2 meses atrás by Zero77
Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Mas quem faz teste de mísseis ICBMs e faz eles passarem sobre o Japão é a Coréia do Norte. Aí pode?

Zero77
Zero77
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Quando fizeram esse tipo de teste de ICBM? Todos foram em alto ângulo parabólico.

O dia que os EUA tirarem sua tropas que ocupam a Coreia do Sul e o Japão voltar a ser um país soberano e deixar de ser um vassalo e bucha de canhão dos EUA cessam os testes da Coreia popular.

Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Não! A CN por pelo menos duas vezes (2017 e 2022) lançou misseis balísticos que passaram sobre o Japão, ainda que no espaço.

Zero77
Zero77
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Negativo.

E espaço não é espaço aéreo.

Se fosse satélites de baixa órbita estariam invadindo espaços aéreos.

Cada uma dos “especialistas” ocidentais…

Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Não use de perfídia colocando palavras na minha boca. Não disse “espaço aéreo” em nenhum momento.

Corbari
Corbari
Reply to  Bosco
2 meses atrás

o sol passa sobre o japão e nunca vi reclamarem

Bosco
Bosco
Reply to  Corbari
2 meses atrás

Um míssil balístico não entra em órbita ainda que saia para o espaço (convencionalmente considerado a partir de 100 km de altitude). Há grande diferença em corpos orbitais (Terra e Sol) e corpos lançados balisticamente que se elevam além da linha Kármán. Um hipotético defeito no sistema propulsor tem potencial de fazer o míssil cair sobre uma região habitada do Japão, e pior, deflagrar um curso defensivo por parte do Japão com consequências potencialmente desastrosas. Uma coisa é utilizar o “espaço” para evoluir satélites (que estão em órbita), aliás, tal ocorrência é regulada por tratados internacionais, outra coisa é fazer… Read more »

Nilton L Junior
Nilton L Junior
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Bem bem sua resposta é do tipo simples para questões complexas então vou no mesmo linha, hora se porque CS e Japão não faz a mesma coisa.

Bosco
Bosco
Reply to  Nilton L Junior
2 meses atrás

Por que atrás da CN tem um outro país que é a China e não é usual se fazer testes de mísseis em países alheios.
Os israelenses desenvolvem seus mísseis nos EUA que tem espaço de sobra para o míssil cair no mar sem passar por cima de país nenhum.
Não fosse isso os israelenses não poderiam testar seus mísseis de longo alcance . Questão de geografia.

Corbari
Corbari
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

Não são ataques, é liberdade de expressão.

adriano Madureira
adriano Madureira
Reply to  Hcosta
2 meses atrás

eu não disse isso, mas ameaçar tirar do mapa um regime que poderá varrer a península coreana e varrer seus aliados, sem esquecer dos mais de 28.500 soldados na Coréia do sul e 53.700 no japão, não seria sensato… Como bom cowboys, eles tem o estilo de atirar primeiro e perguntarem depois, isso funciona em países desdentados, mas com a Coréia do norte seria burrice. E não podemos esquecer de um lugar bastante estratégico, um dos porta-aviões americanos no pacífico: A ilha de Guam e seus 21.700 militares e suas famílias, sem esquecer dos 153.836 residentes inocentes que terão um… Read more »

Joao
Joao
Reply to  adriano Madureira
2 meses atrás

E qual a sua sugestão?
Deixar a CN destruir quem quiser sem consequências?

Parabéns….

Corbari
Corbari
Reply to  Joao
2 meses atrás

Que dia foi isso?

Bosco
Bosco
Reply to  adriano Madureira
2 meses atrás

Na verdade a CN pode ser arrasada nuclearmente pelos EUA e nem se daria conta. A CN ainda não tem capacidade de fazer sobreviver uma parcela de sua força nuclear no caso de um primeiro ataque preventivo dos EUA. Ela não possui SLBMs em quantidade e por ser muito pequena não consegue esconder os lançadores móveis. Os EUA utilizariam num ataque os bombardeiros B-2 e o B-52 (estes, lançando mísseis cruise AGM-86B). Cada B-2 pode levar até 16 bombas nucleares (B61-7/11/12 e B83) e cada B-52 pode levar 20 mísseis AGM-86B (2500 km / ogiva de 150 Kt). Mísseis balísticos… Read more »

Vinicius Momesso
Vinicius Momesso
Reply to  Bosco
2 meses atrás

“Mísseis balísticos não seriam utilizados para não alertar as defesas russas e chinesas que poderiam passar o alerta aos norte-coreanos ou poderiam pensar que eles seriam os alvos…”
Com certeza esse cenário já foi aventado e medidas para se defender de tal já foram tomadas. As mesmas consequências que cairão sobre a Rússia no caso de uso dessas armas contra a Ucrânia, serão sobre os EUA em caso de uso frente a CN.

Last edited 2 meses atrás by Vinicius Momesso
Srs
Srs
Reply to  Bosco
2 meses atrás

É só perguntar se à China deixaria isso acontecer, CN não quer atacar o Japão nem CS ele quer mostrar que pode se defender,estranho o Japão oprimia esses países agora sente a sanção de como é.

Bosco
Bosco
Reply to  Srs
2 meses atrás

Eu não disse que não haveria reações internacionais a essa ação americana. Eu apenas a descrevi como ela se transcorreria.

JapaSp Jantador
JapaSp Jantador
2 meses atrás

Coréia do Sul tem de pensar num plano de contenção de resíduos, contaminação nuclear caso os EUA ataque a CN.
Creio que com informações de espiões americanos seria Um ataque de decapitação atingindo o gordinho, os generais/cientistas que entendem de ataque nuclear

Last edited 2 meses atrás by JapaSp Jantador
Zero77
Zero77
2 meses atrás

A Coreia Popular tem um regime nacionalista e armas nucleares.

Quem se importa com os alertas dos EUA?

EUA que não respeitam nenhum tratado que assinam…

Sua palavra então… Não vale * nenhuma.

Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Zero,
Regime nacionalista pelo seu entendimento é que não orbita os EUA, né?
Porque a CN é vassalo da China. E aí, como fica esse “nacionalismo”?

paulop
paulop
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Bosco. Bom dia. Prazer em lhe falar. Nacionalismo é um conceito amplo. No que tange à CN, o Nacionalismo é baseado em uma perspectiva de unificação da península coreana sob um regime de inspiração socialista(importante frisar que a CN, nem a China, não é comunista… CN está mais para uma monarquia absolutista…)… o Nacionalismo norte-coreano lembra o nacionalismo irlandês( de uma Irlanda unificada, sob controle do sul). No âmbito dos EUA, o nacionalismo estadounidense(e não americano, pois não se refere à toda a América) se baseia na visão de superioridade da cultura estadounidense sob as outras( quando nós sabemos que… Read more »

Zero77
Zero77
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Negativo. A Coreia Popular teu sua própria Política de Estado.

E falaste o óbvio: não existe soberania nacional sendo “aliado” (pseudo) dos EUA.

EUA não tem aliados, apenas vassalos. Assim determina o regime excepcionalista e hegemonia de Washington.

Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Sim! A Política de Estado da CN determina que ela sirva de tampão para a China no seu flanco leste.

Zero77
Zero77
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Só em cabeças feitas pelo Departamento de estado dos EUA…

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Muitos murmuram contra a América do norte como muitos criticam as forças policiais, todos eles como toda sociedade tem grandes defeitos, deiuu
xem a supremacia russa ,chinesa ou qualquer outro regime autoritário comunista tomar conta do mundo e vocês terão saudades e verão que éramos felizes e não sabíamos.

Zero77
Zero77
Reply to  Paulo Roberto
2 meses atrás

Óh… Comonestas do mau…

Enquanto isso o “mundo livre” apoia mais um genocídio (em Gaza)…

Last edited 2 meses atrás by Zero77
Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

A maior referência que o “mundo livre” é realmente livre é você que apoia explicitamente regimes autoritários ter aversão por ele.
O dia que você começar a gostar do “mundo livre” eu vou começar a duvidar dessa tal “liberdade”.

Last edited 2 meses atrás by Bosco Jr
Zero77
Zero77
Reply to  Bosco
2 meses atrás

Só repetindo a cantilena de Washington…

Que ninguém mais no Sul Global com um o mínimo de informação verossímil cai.

O genocídio em Gaza apoiado diretamente pelos EUA em Gaza, já de ampla folha corrida em Crimes de Guerra e Contra a Humanidade, apenas expôs para muita gente que ainda estava em coma em relação ao EUA o que é seu regime.

Democracia, de fato, e Direitos Humanos nunca valeram nada para os EUA. Apenas dinheiro para sua oligarquia.

Idem a abissal hipocrisia de seus apoiadores.

Last edited 2 meses atrás by Zero77
Bosco
Bosco
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Apesar da sua competente e desinteressada apologia e proselitismo a ditaduras e ditadores perfeitos eu ainda prefiro as democracias imperfeitas.

Corbari
Corbari
Reply to  Zero77
2 meses atrás

Válido!

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
2 meses atrás

As defesas antimíssil estão evoluindo depressa no Ocidente … seŕá que os mísseis balísticos norte coreanos conseguem suplantar essas defesas para atingir a Coréia do Sul e o Japão?

Last edited 2 meses atrás by Marcelo De Luca Penha
Corbari
Corbari
Reply to  Marcelo De Luca Penha
2 meses atrás

O uso massivo de mísseis convencionais para saturar essas defesas deve ser o suficiente para o êxito de qualquer ataque.

Bosco
Bosco
Reply to  Marcelo De Luca Penha
2 meses atrás

Muito provavelmente o Japão e a Coréia do Sul teriam como, se não uma defesa plena, mitigar muito um hipotético ataque nuclear proveniente da CN.
Em que pese as defesa contra ICBMs ainda estarem evoluindo a defesa contra TBMs, SRBMs e MRBM está muito bem equacionada.
O Japão e a Coréia do Sul possuem uma consistente defesa antimíssil (balístico e de cruzeiro).

Zorann
Zorann
2 meses atrás

Quanto papo furado!

Duvido os EUA lançarem armas nucleares na Coreia do Norte, mesmo se esta usar….

Corbari
Corbari
Reply to  Zorann
2 meses atrás

desse modelo kkkkk

SUTERMINATOR
SUTERMINATOR
2 meses atrás

Os EUA lançariam um ataque massivo nuclear ao lado da China, Rússia, Coreia do Sul, Japão e próximos ao militares norte americanos que estão alí?

Paulo Roberto
Paulo Roberto
Reply to  SUTERMINATOR
2 meses atrás

O EUA deixaram bem claro que apenas o ditador e seu exército fanático do regime seriam destruídos. Min

Corbari
Corbari
Reply to  Paulo Roberto
2 meses atrás

Lembro do Trump com essa conversa furada para agradar o cego eleitorado e depois apertando a mão do KIN.

americanos tem medo de lideres corajosos e destroem lideres covardes, vide Irã, CN, Rússia, Venezuela que fazem o que querem dentro de suas capacidades e o riquíssimo Iraque destruído após a permissividade do Sadan.

Zero77
Zero77
Reply to  Corbari
2 meses atrás

Os EUA só submetem covardes e vassalos.

Todo vez que enfrentaram resistência Soberana quebraram a cara.

Mas para muitos no Sul Global é natural ser subserviente e neocolônia dos EUA e da OTAN (= Washington também).

Nunca ganhamos nada com isso, além de coação, chantagem, embargos, vetos e no máximo servir cafezinho em G7/Davos…

Tutor
Tutor
Reply to  SUTERMINATOR
2 meses atrás

Sim, lançariam. Mas, alguma dúvida?

Corbari
Corbari
2 meses atrás

Precisamos comprar defesas antiaéreas modernas… fato

Tutor
Tutor
2 meses atrás

Eu acho que dão muito palco para essa criaturinha caricata que é esse Kim sei lá o que.
EUA, Coréia do Sul e Japão tinham que chamar para 6 essas trucadas desse ditadorizinho de m…
Falar literalmente: “Recolha-se à sua insignificância, seu Lixo. Tente a sorte que o azar é certo…”
E ver o comédia se espernear.

Nilton L Junior
Nilton L Junior
2 meses atrás

Resposta do camarada Kin, e ai véinho vai fazer o que?

Bruno Vinícius
Bruno Vinícius
2 meses atrás

Você realmente acredita que a Rússia iniciaria uma guerra nuclear que veria o país ser completamente destruído para vingar a CN? Faz me rir.

Uma coisa é os EUA retaliarem um ataque nuclear da CN, que não possuí capacidade de montar um ataque bem sucedido aos EUA. Outra completamente diferente é iniciar uma guerra nuclear entre as grandes potências.