Quem é o general Oleksandr Syrskyi, novo comandante-em-chefe das forças armadas da Ucrânia

53

O coronel-general Oleksandr Syrskyi, que lidera as forças terrestres da Ucrânia desde 2019, foi promovido a comandante das forças armadas na quinta-feira, quando a guerra com a Rússia se aproxima de seu terceiro ano. Ele substitui Valeriy Zaluzhnyi.

Aqui estão alguns fatos sobre Syrskyi, já uma figura-chave ucraniana durante a invasão em grande escala da Rússia.

PRIMEIROS ANOS
Syrskyi nasceu em julho de 1965 na região de Vladimir, na Rússia, que era então parte da União Soviética. Ele mora na Ucrânia desde a década de 1980. Como muitas pessoas de sua idade nas forças armadas da Ucrânia, ele estudou em Moscou – na Escola Superior de Comando Militar – entre colegas que desde então se tornaram comandantes russos, graduando-se em 1986 e servindo por cinco anos no Corpo de Artilharia Soviética. Alguns analistas militares acreditam que suas táticas de campo de batalha refletem seu treinamento soviético hierárquico.

O LEOPARDO DA NEVE
Syrskyi tornou-se chefe das forças terrestres da Ucrânia em 2019. Ele já havia comandado tropas ucranianas lutando contra uma insurgência apoiada por Moscou nas regiões orientais de Donetsk e Luhansk, que começou em 2014, e recebeu o sinal de chamada “Leopardo da neve”.

MAIORES VITÓRIAS
Algumas das maiores vitórias da Ucrânia na invasão em larga escala da Rússia foram supervisionadas por Syrskyi. Ele liderou a defesa bem-sucedida da capital Kiev nos primeiros meses e foi nomeado Herói da Ucrânia, a maior honra do país, em abril de 2022. Em julho de 2022, Syrskyi planejou e executou uma contra-ofensiva que afastou as tropas russas da cidade de Kharkiv e retomou áreas de terra para o leste e sudeste.

BAKHMUT
No início do ano passado, Syrskyi liderou a defesa da Ucrânia da cidade de Bakhmut, onde milhares de soldados de ambos os lados foram mortos em uma das batalhas mais sangrentas da guerra até agora. Alguns analistas militares questionaram se lutar por uma cidade em ruínas valia a pena tantos mortos e feridos. Syrskyi disse que a defesa obstinada da Ucrânia contra Bakhmut prejudicou o esforço geral de guerra da Rússia ao amarrar o grupo mercenário Wagner.

MORAL DAS TROPAS
Syrskyi diz que sua prioridade é o moral de suas tropas, a quem ele é regularmente retratado visitando na frente. Ele disse à mídia ocidental que dorme quatro horas e meia por noite e relaxa indo ao ginásio. Syrskyi é casado e tem dois filhos.

FONTE: Reuters

Subscribe
Notify of
guest

53 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ricardo
Ricardo
17 dias atrás

Que as M’aes Russas chorem bastante…

Jack
Jack
Reply to  Ricardo
17 dias atrás

Para os mais íntimos, ele é chamado de pai do putin. A humilhação imposta às tropas russas na região de Kiev nunca será esquecida.

Neural
Neural
Reply to  Jack
16 dias atrás

Humilhação pra quem domina 20% do país invadido e aumentando a cada dia?

Henrique
Henrique
Reply to  Neural
16 dias atrás

famoso aumento reverso dos russos

comment image

Lord-M
Lord-M
Reply to  Henrique
16 dias atrás

No mundo real a Ucrânia está na defensiva em todas as frentes.

E a Rússia dita nos seus tempo e termos a dinâmica das frentes.

Com a disseminação em massa de UAVs, sobretudo FPVs, é estupidez operações com grande concentração de meios blindados e tropas. Estupidez que os russo não cometem.

A Rússia determinará no seus termos o fim dessa guerra.

Mas sempre há a opção de se apegar a narrativa ocidental.

Henrique
Henrique
Reply to  Lord-M
15 dias atrás

“Com a disseminação em massa de UAVs, sobretudo FPVs, é estupidez operações com grande concentração de meios blindados e tropas. Estupidez que os russo não cometem.”

lol… não tem nem uma semana a monte FPV destruiu vários blindados russos numa tentativa de avanço ali perto de Avdiivka 

“A Rússia determinará no seus termos o fim dessa guerra.”

uuuuuu a Russia termina quando quiser… pq faz todo sentido se enrolar numa guerra por mais 700 dias sendo que se pode terminar antes… deve ser o Xadrez 8000d em jogo

não é narrativa, pode chora, o mapa não mente

Last edited 15 dias atrás by Henrique
Pedro
Pedro
Reply to  Neural
16 dias atrás

aumenta??

Lord-M
Lord-M
Reply to  Neural
16 dias atrás

Oleksandr Syrskyi é o responsável pelo desastre de Bakmuth; sob seu comando as FAs Ucranianas perderam 70.000 homens nessa frente.
Sob Kiev vemos apenas a repetição de sempre (nunca foi objetivo tomá-la); assim como a a retomada de algumas áreas que vemos hoje o resultado a longo prazo (a Rússia estão na ofensiva em Kharkov).

A substituição de Zaluzhny é apenas resultado da luta fraticida dentro do regime como já comentado antes.

Syrskyi é extremamente impopular entre as tropas depois de seu comando desastroso em Bakmuth.
Mas para quem ainda crê nos EUA, OTAN e Kiev…

Underground
Underground
Reply to  Jack
16 dias atrás

Um General russo combatendo Putin.
A mensagem é essa mesmo.

Heinz
Heinz
Reply to  Jack
16 dias atrás

As ________ vão ao banheiro chorar, de Kiev em 3 dias, para um conflito de 2 anos e sem fim a vista. Só a não capitulação da capital e a queda do governo Ucraniano, já é uma derrota desastrosa para os russos. Agora vão ficar só com cidades em Ruínas do leste

EDITADO. NÃO ROTULE OS OUTROS PARA NÃO SER ROTULADO. MANTENHA O RESPEITO.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Macgaren
Macgaren
Reply to  Heinz
16 dias atrás

Essa guerra já não vai para lugar nenhum, só está servindo para desgastar a rússia e a ucrania lutar até o ultimo homem em pé.

A disputa agora é para ver que desiste primeiro.

Lord-M
Lord-M
Reply to  Macgaren
16 dias atrás

A Ucrânia estará liquidada no fim dessa guerra; a Europa cometeu suicídio econômico; tudo em nome dos interesses dos EUA.

Já a “desgastada” Rússia está em plena capacidade e expansão industrial.

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Lord-M
16 dias atrás

Isso. Repete mais 365 vezes na frente do espelho. Vai que vira verdade.

Quirino
Quirino
17 dias atrás

Em outra palavras, ele perdeu a batalha de Bakhmut.
Duas grandes vitorias (Kiev e Kharkiv), uma grande derrota (Bakhmut, ops, nome errado, nome agora é Artemovsky).
Uma coisa interessante de se notar é as reações negativas dos ucranianos nas redes sociais sobre essa mudança.
Agora é aguarda e ver que mudanças ele fara no exercito ucraniano.

Last edited 17 dias atrás by Quirino
Mafix
Mafix
Reply to  Quirino
17 dias atrás

Ele não perdeu Bakmut a idéia nunca foi defender a cidade a todo custo e sim causar baixas ao inimigo , não sei se voce lembra das ondas de carne de presidarios do Wagner?

Henrique
Henrique
Reply to  Mafix
17 dias atrás

esse pessoal não conhece defesa em profundidade, não adianta explicar isso

não da pra esperar muito de quem da suporte pra força armada que tem u esquadrão especifico pra matar quem recua, mesmo que seja um recuo pra fazer armadilha….

Quirino
Quirino
Reply to  Henrique
17 dias atrás

Defesa em profundida foi aquela estratégia que os russos usaram para massacra a super duper uber ofensiva Ucrânia que devia ter chegado na Crimeia mas na pratica não conseguiu chegar nem em tokmak ao custo dezenas bilhões de dólares ocidentais, milhares de vidas de soldados ucranianos e centenas de equipamentos ocidentais acertei? kkkk..

Henrique
Henrique
Reply to  Quirino
16 dias atrás

oi?

Cara tu falou nada com nada… a Russia não usa defesa em profundidade… todo mundo que recua é morto pelos russos


detalhe quem nem terra arrasada eles tão usando… sendo que é o russo que tem fama de usar issokkkkkk

Last edited 16 dias atrás by Henrique
Lord-M
Lord-M
Reply to  Henrique
16 dias atrás

Que constrangedor…

Henrique
Henrique
Reply to  Lord-M
15 dias atrás

autocritica?

Lord-M
Lord-M
Reply to  Henrique
16 dias atrás

Fonte?

Quem defende até agora a narrativa dos EUA-OTAN-Kiev conhece “defesa em profundidade”?

Tá bom então…

Henrique
Henrique
Reply to  Lord-M
15 dias atrás

fonte do que?

ta vendo a Russia fazer algum recuou estratégico.. Rusisa só ta mostrando relatos de russo sendo jogados pra moedor e se recuar ele morto pelos próprios russos…

Lord-M
Lord-M
Reply to  Henrique
15 dias atrás

“todo mundo que recua é morto pelos russos”.

Não preciso fazer qualquer análise sobre o perfil dos teus comentários. Quem lê está ciente.

Fábio Jeffer
Fábio Jeffer
Reply to  Mafix
16 dias atrás

Vc não se recorda das perdas Ucranianas em Bakhmut? Foram bem menores que as Russas

Lord-M
Lord-M
Reply to  Mafix
16 dias atrás

Não?

Com 70.000 mortos?

“Ondas de carne” foi termo definido pelos russos para as ondas de “contra-ofensiva” ucranianasem várias frentes.

Henrique
Henrique
Reply to  Quirino
17 dias atrás

uma grande derrota (Bakhmut

kkkkkk imagina tu considerar a perda de uma cidade irrelevante como grande derrota… se fosse Avdiivka pelo menos kkkk

Uma coisa interessante de se notar é as reações negativas dos ucranianos nas redes sociais sobre essa mudança.

estranho pq que eu to vendo nas redes esta cheio de gente dado suporte pra ele e agradecendo o Zaluzhnyi… deve ta vendo no VK

Quirino
Quirino
Reply to  Henrique
17 dias atrás

Avdiivka vai cair em breve e ai vc vai vir aqui dizer que ela não tinha importância tb, que foi tudo uma grande estratégia ucraniana no tabuleiro de xadrez 10D deles, quer apostar comigo?

Last edited 17 dias atrás by Quirino
Henrique
Henrique
Reply to  Quirino
16 dias atrás

_____________ na matéria do lado eu falo que a cidade é importante… esse voltar na época de Bakhmut e tb vo ta falando que Avdiivka é importante e o Prigozhin tava perdendo tempo lá kkkkk

EDITADO. MANTENHA O RESPEITO.
LEIA AS REGRAS DO BLOG:
https://www.forte.jor.br/home/regras-de-conduta-para-comentarios/

Last edited 16 dias atrás by Henrique
Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Quirino
16 dias atrás

Xadrez tantos D, é do outro lado. Você está confuso. Está tudo bem?

Fábio Jeffer
Fábio Jeffer
Reply to  Henrique
16 dias atrás

Avdiivka vai cair já ja

Henrique
Henrique
Reply to  Fábio Jeffer
16 dias atrás

ah va… só levo 715 dias…

até o ano 3000 a Rússia pega tudo, a tempo de descongelarem o Fry 

Lord-M
Lord-M
Reply to  Henrique
16 dias atrás

É; os ucranianos perderam 70.000 homens tentando manter essa cidade “irrelevante”… Sob comando do cidadão acima.

Outras dezenas de milhares em Maryinka e agora mais outras em Avdiivka.

Realmente é curioso que depois de conquistadas pelos russos sejam cidades “irrelevantes”…

Henrique
Henrique
Reply to  Lord-M
15 dias atrás

Russia/RFA perdeu mais de 100.000 por uma cidade que não tem valor estratégico

só do wager foi 20k. (Wagner praticamente foi exterminado depois disso)

e sim a cidade era irrelevante… não igual a Avdiivka

Lord-M
Lord-M
Reply to  Henrique
15 dias atrás

Fonte?

Por favor.

Está muito claro qual o teu papel no espaço.

Maurício.
Maurício.
17 dias atrás

“quando a guerra com a Rússia se aproxima de seu terceiro ano.”

Na verdade, se aproxima do segundo ano, afinal, a invasão aconteceu em 2022.

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Maurício.
17 dias atrás

Se aproxima do fim do segundo ano e começo do terceiro.

Jack
Jack
Reply to  Maurício.
17 dias atrás

” se aproxima de seu terceiro ano”. Não diz que completaria 3 anos.

Ficou bem clara a informação, mas….

Enfim.

Last edited 17 dias atrás by Jack
Maurício.
Maurício.
Reply to  Jack
16 dias atrás

Jack, calma, eu errei, foi um erro de interpretação de texto.

Nilo
Nilo
17 dias atrás

Zelensky troca por um comandante subalterno, portanto é de se esperar que adote em Avdiivka a mesma estratégia aplicada em Bakhmut, em período de eleição para presidente na Rússia irá querer dar ao Putin uma derrota e não uma vitória. É de se compreender porque a tropa, que não as especiais não gostam dele, dizem aplicar o mesmo tipo de comando dos Rússia, quando justamente são treinados por europeus e americanos (salada mista).
É bom lembrar que o comandante anterior era contrário a estratégia adotada em Bakhmut.

Last edited 17 dias atrás by Nilo
Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Nilo
16 dias atrás

Ninguém está planejando nada com base em eleição russa, pois todos sabem que é uma grande farsa. Aliás, acaba de sair matéria aqui mesmo na trilogia sobre a “eliminação de adversários”. Quando não eliminam por farsas político jurídicas, prendem na Sibéria ou derrubam da escada. Ninguem em sã consciência planejaria algo com a finalidade de atingir esse processo eleitoral blindado para a manutenção do status quo. Até espanta você aventar essa tese.

Quirino
Quirino
17 dias atrás

“Syrskyi nasceu em julho de 1965 na região de Vladimir, na Rússia”

Então um orc (como os soldados ucranianos chama os russos) nascido na Russia, com o pai aposentado como coronel pelo exercito russo e com parentes morando na Russia é o novo comandante do exercito ucraniano? kkkkk..
Então ta né.

Last edited 17 dias atrás by Quirino
Henrique
Henrique
Reply to  Quirino
17 dias atrás

agora ta equilibrado.. tem o ativo da OTAN no kremlin e tem o da Rússia lá na Ucrânia, oda genio

Vitor
Vitor
Reply to  Quirino
17 dias atrás

Circula nos canais ucranianos que esse novo comando mandou seu filho para Austrália para não participar do ataque de carne no conflito com os russos.

Carlos
Carlos
Reply to  Quirino
16 dias atrás

Também os pais de Zelensky nasceram na Rússia e como engenheiros de minas que eram foram viver e trabalhar na Ucrânia e Zelensky só aprendeu a falar ucraniano aos 17 anos, porque até então só falava russo. Por aqui se vê o quão mentiroso é Putin que deu como motivo da invasão a defesa dos russos e são os russófonos da Ucrânia que põem os cabelos de Putin em pé e só não se veem porque Putin é careca.

Lord-M
Lord-M
Reply to  Quirino
16 dias atrás

Alguns talvez não “lembrem” mas a Ucrânia e Rússia faziam parte da URSS…

E, obviamente, havia muitos ucranianos na Rússia e russos de nascença com essa ascendência.

Assim como todo o leste e Sul da Ucrânia são historicamente, há séculos, habitados por russos étnicos.

Henrique
Henrique
Reply to  Lord-M
15 dias atrás

Alguns talvez não “lembrem”, mas a Rússia reconheceu a independência da Ucrânia da URSS sem questionar fronteiras e nem nada

ou seja o argumento de historicidade é irrelevante e inútil ja que o reclamante deu por encerrado a disputa

essa fanfic russa ai não tem sentido

Last edited 15 dias atrás by Henrique
Paulo Sollo
Paulo Sollo
16 dias atrás

O cara é russo, nasceu na Rússia na região de “Vladimir”…
Serviu no Corpo de Artilharia russo e depois tornou-se um traidor pela cobiça de aceitar o cargo de chefe das forças terrestres da Ucrânia. Algo que jamais alcançaria na Rússia.

E demonstrou sua capacidade estratégica sacrificando de 75 mil a 125 mil insubstituíveis soldados em Bakhmut numa batalha perdida.

E sobre a resistência de Kiev, isto se deu mais pelas forma desastrosa com que os russos lançaram aquela ofensiva, não estabelecendo sequer uma linha logística básica para sustentar o avanço.

Nilo
Nilo
Reply to  Paulo Sollo
16 dias atrás

rsrsrsrsrsrsr O quinta coluna rsrsrsrsrsr
Quando um povo acredita em um Zé Lascado, só dor e sofrimento.

Last edited 16 dias atrás by Nilo
Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Paulo Sollo
16 dias atrás

O bom que as teses do(s) comentarista(s) é sempre a mesma. rsrs

Só não pode comentar com o nome do Kings, pq esse foi banido…

“Algo que jamais alcançaria na Rússia”.

Como se diz na internet…é fã ou Hater?

Parece um elogio, visto o péssimo trabalho dos oficiais russos até o momento.

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
16 dias atrás

Esse general foi escolhido a dedo pelo Zé, portanto, sua imagem está atrelada a esse general.
Ou esse general tira um milagre da cartola e dá uma grande vitória pra Ucrânia, o que dará ao Zé uma popularidade meteórica, transformando o Zé num novo santo da Igreja Ortodoxa;

Ou a vaca vai pro brejo, e vai ser impossível pro Zé dissociar sua imagem desse fracasso, já que quem escolheu o general foi ELE.

Ou vai dá imensamente certo, ou dá imensamento errado, não existe meio-termo.

Diego
Diego
16 dias atrás

Agora vai, a proxima ofensiva de verao nao falha

Heinz
Heinz
16 dias atrás

Nada melhor que um Russo para combater russos.

Coronel Bakala
Coronel Bakala
14 dias atrás

A Ucrânia acaba de trocar o número dois do exército.
Parece que haverá uma remodelação total na estrutura da defesa.
É a maior derrota para a OTAN. Juntando a paralisia do Congresso americano e tentativas de Biden entregar a responsabilidade da guerra aos europeus.
Quem abandona o Afeganistão, quem abandona Saigão, abandona o Ucrâinistáo.

Nota; Henriques, a sua linguagem emotiva é só mais uma prova da vitória russa e derrota da OTAN

Last edited 14 dias atrás by Coronel Bakala