Ações da fábrica de munições de Klimovsky foram transferidas para propriedade estatal por decisão judicial.

De acordo com a decisão do tribunal, as ações da CJSC Klimovsky Specialized Cartridge Plant (KSPZ) passarão a ser propriedade do Estado russo. Os réus no julgamento foram os proprietários das ações – Jorge Portilla-Sumin, Mikhail Gimbatov, Svetlana Kosorukova, Igor Pivovarov, Marina Sakharova, Maxim Chernykh, Elena Prudis e a empresa Hammond Directors LTD.

Como esperado, os acionistas não concordaram com a decisão do tribunal. Eles já entraram com recurso numa estância superior. Segundo reportagens da imprensa, a estatal Rostec, que detém 36 por cento das ações da empresa, está satisfeita com a decisão judicial. Os acionistas não investiam no desenvolvimento do empreendimento industrial E concentravam-se apenas no recebimento dos rendimentos de suas atividades.

Na atual situação política, é muito mais sensato que o Estado assuma o controle das ações da empresa de defesa nas suas próprias mãos. Além disso, os titulares de ações não estão interessados ​​no desenvolvimento da produção e se preocupam exclusivamente com o seu próprio bem-estar financeiro.

É possível que no futuro próximo o Estado continue o processo de nacionalização das empresas da indústria de defesa, bem como das instalações produtivas de grande importância estratégica para garantir a segurança do país. No contexto das sanções econômicas impostas contra a Rússia, tal política parece ser a mais racional e vai ao encontro dos genuínos interesses nacionais do Estado russo.

FONTE: TopWar.ru

NOTA DO EDITOR: A fábrica de Klimovsky foi fundada na década de 1930 e produziu milhares de cartuchos calibre 7,62mm para armas como o fuzil Mosin-Nagant e a metralhadora DShK. Posteriormente, durante a Guerra Fria, a produção concentrou-se no cartucho 7,62mm para fuzis AK-47 e derivados.

Subscribe
Notify of
guest

82 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Donald
Donald
1 mês atrás

Depois dizem que esse país é capitalista.

DanielJr
DanielJr
Reply to  Donald
1 mês atrás

Mas nunca. Imagine só, alguém tocar seu próprio empreendimento, querendo atender seus interesses, que coisa maligna, não?

O Estado Russo, como praticamente todo Estado, não consegue construir e manter nada que precisa, só fazem valer o poder bélico que possuem para arrancar as coisas de terceiros para si.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  DanielJr
1 mês atrás

Daniel… a Russia está em guerra. A fábrica produz munição…. parece que a decisão tem a ver com isso.

Sensato
Sensato
Reply to  Camargoer.
28 dias atrás

Está em guerra porque o Estado decidiu entrar em guerra.

Rui Chapéu
Rui Chapéu
Reply to  Donald
1 mês atrás

Putin tá querendo fazer a urss 2.0 na velocidade do créu.

IvanF
IvanF
Reply to  Donald
1 mês atrás

Farinha pouca, meu pirão primeiro… isso vale pra qualquer país, ingênuo quem acredita nessa história de “livre comércio”, só é “livre” enquanto convêm.

PACRF
PACRF
Reply to  IvanF
1 mês atrás

O Estado assumindo a economia: princípio básico do comunismo.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Então…. quando um país está em guerra, é comum que ocorra uma intervenção na economia sem que isso signifique uma bolcheviquezação da economia…

O mais óbvio exemplo foi a Alemanha nazista, mas a economia dos EUA durante a II Guerra também esteve sob intervenção do Estado.

Durante o peŕíodo Geisel, no Brasil, o Estado foi o principal agente econômico.

Bigliazzi
Bigliazzi
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Concordo, típica ação fascista ou comunista… No fundo são a mesma coisa… Como costumo dizer… São “Democracias Militares” onde quem vence a “eleição” é quem tem o poder das armas na mão… Rússia, China, Venezuela, Cuba, Coreia do Norte e por aí vai o bonde que leva ao inferno.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Bigliazzi
1 mês atrás

Calma lá… Fascismo e comunismo são coisas totalmente diferentes.

Pessoas e cadeiras têm pernas, sem que as tornem iguais ou que sejam a mesma coisa.

O ponto é que não basta um economia ser estatizada para ser um sistema comunista.

Tenho a impressão que se vice entender meu ponto de vista talvez vá discordar frontalmente.

Eu discordo frontalmente do seu.

Marcos Bishop
Marcos Bishop
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Realmente. Comunismo / Socialismo e Fascismo não são a mesma coisa. O estatismo de ambos pode levar a crer que são o mesmo sistema com nomes diferentes. Mas as semelhanças são muitas. Hitler dizia que não pretendia estatizar os meios de produção porque já tinha estatizado os homens. Talvez a maior diferença entre os sistemas esteja na posse desses meios de produção por uma elite oligárquica ligada ao Estado que controla a sociedade com mãos de ferro e a “pacifica” por meio da força de conflitos entre classes sociais no Fascismo. Enquanto no Socialismo / Comunismo simplesmente acaba-se com as… Read more »

Vitor
Vitor
Reply to  Camargoer.
15 dias atrás

Teoria da Ferradura explica muito bem isso, apesar de terem objetivos diferentes, os comunistas e os fascistas utilizam métodos muitos similares para atingirem seus objetivos.

Radagast, o Castanho
Radagast, o Castanho
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Nos EUA as empresas privadas foram chamadas a colaborar no esforço de guerra, até ai tudo bem.

Um bom exemplo foi a Ford que até bombardeiros B-24 Libarator produziu e, diga-se de passagem, o fez com melhor qualidade e em maior número do que a Consolidated que foi quem projetou o avião.

Mas não tenho notícia de estatização de nenhum meio de produção estadunidense sob o pretexto de esforço de guerra.

A estatização de meios de produção não é uma boa ideia, pois produz ineficiência produtiva, baixa qualidade do produto e corrupção (vira cabide de emprego).

LUIZ
LUIZ
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Indústria estratégica pra qualquer país que se preocupa pela sua segurança.

Bigliazzi
Bigliazzi
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Sim, mas não precisa ser fabricada pelo Estado. A Embraer seria o que é hoje se estivesse na mão dos cabidistas de emprego público???

Bigliazzi
Bigliazzi
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Princípio básico do fim…

Marcos
Marcos
Reply to  PACRF
1 mês atrás

O Estado assumindo a economia: princípio básico do comunismo.” Fonte: Arial 12.

eliton
eliton
Reply to  Donald
1 mês atrás

O que é um país capitalista?

PACRF
PACRF
Reply to  eliton
1 mês atrás

O que é um país comunista?

eliton
eliton
Reply to  PACRF
1 mês atrás

O pouco que eu sei sobre comunismo é que a teoria comunista prega um lugar sem fronteiras onde todos são o mesmo povo, ou seja, no comunismo não existiria países.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Quando não é capitalista….

Bigliazzi
Bigliazzi
Reply to  PACRF
1 mês atrás

O comunismo em sua essência não existe mais, na verdade nunca existiu. Quando Stalin e Mao Tes Tung e os respectivos pulitburros possuíam riquezas e mais riquezas do que o resto da população o comunismo já ia para o ralo. Comunismo e socialismo são impossíveis de serem praticados pois os recursos econômicos são escassos face as necessidades ilimitadas de um ser humano. Pode estudar mais sobre isso… Melhor faça uma reflexão sobre sua vida… Em algum momento você pensou: “estou feliz com o que tenho e não quero ter uma vida melhor… Por isso não vou me esforçar a toa”…… Read more »

Last edited 1 mês atrás by Bigliazzi
Mig25
Mig25
Reply to  Bigliazzi
1 mês atrás

EDITADO

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  eliton
1 mês atrás

É o país onde vc trabalha como um cachorro e os patrões ficam rico com o seu esforço dizendo para vc trabalhar mais que eles querem trocar de Ferrari no ano que vem e vc mau compra um Uno 1994.

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  Mirade1969
1 mês atrás

Antigamente o salário planificado era sinônimo de comunismo, no brasil a maioria pagadora dos salários e de 2 mínimos, mas somos capitalistas, certo?

José Pereira
José Pereira
Reply to  Mirade1969
1 mês atrás

Então vira patrão e compra a sua ferrari

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  eliton
1 mês atrás

Quando não é comunista

Bigliazzi
Bigliazzi
Reply to  eliton
1 mês atrás

Não é a Rússia.

Nilo
Nilo
Reply to  Donald
1 mês atrás

Se um pais quer prosperidade, tem que buscar eficiência e soluções onde lhe proporciona resultados positivos que agregam ao todo da sociedade, no nosso caso Avibras, privada, ou outro exemplo CEITEC, publica, mal gestadas, nas duas o prejuízo é no final para o todo, perde o país. Se Putin busca investimento para desenvolvimento no setor, todas as tentativas de acertos são válidas.
O resto é conversinha pequena.

Sensato
Sensato
Reply to  Nilo
28 dias atrás

Acertado mesmo teria sido não invadir o vizinho.

Vanguard
Vanguard
Reply to  Donald
1 mês atrás

Aqui, no nosso glorioso capitalismo neoliberal de periferia, vendemos empresas nacionais para estrangeiras.

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Vanguard
1 mês atrás

É a mão invisível do mercado passando na b… do povo …kkkkk

PACRF
PACRF
Reply to  Donald
1 mês atrás

É o Estado assumindo a economia. Princípio básico do comunismo. Aliás, o que esperar do Putin? Comunista de carteirinha que fez carreira na “nomenklatura” soviética dentro da KGB.

Nilo
Nilo
Reply to  PACRF
1 mês atrás

É tem de tudo, comunista de carteirinha estatizante aí extremo liberal, com Estado mínimo, a estes em específico do Estado mínimo, que tenham o que deseja, o mínimo, de de atenção do Estado na Saúde, na Segurança, na Justiça, zero de assistencialismo financeiro, empréstimos e taxas subsidiados, tirar todo tipo de proteção jurídica as empresas, nada de zero de tributação ao rentistas.
Deixa o socorro aos ilhados no RGS, desde já para, para a frota de Helicópteros do H……, nada de vacinas gratuitas,…. blá… blá..mi….mi…mi.
..

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  Nilo
1 mês atrás

Estado mínimo só funciona no Brasil assim como só irá funcionar na Argentina com aumento salarial para a população ter condições de sobreviver num país de estado mínimo se bancando. Se implantar estado mínimo sem aumentar o salário, da ruim e os nossos empresários que pedem estado mínimo tem calafrios de aumentar salários.

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  PACRF
1 mês atrás

Quem naquela região não viveu na era comunistas, só quem tem menos de 30 anos.

Charle
Charle
Reply to  Donald
1 mês atrás

E isso para o mundo de hoje importa?

A Guerra Fria há muito terminou. Estamos em outra guerra.

A ideia Ccentral do texto é a de que a reestatização ocorreu porque os acionistas viviam dos dividendos sem investir na modernização dos meios de produção – a fábrica de munições.

Só indo bem Marte para buscar explicação para quem defende capitalista enriquecido e enriquecendo sem nada em troca oferecer à sociedade.

A não ser, é claro, a oportunidade de labutar em troca por mera subsistência.

AMBAR
AMBAR
Reply to  Charle
1 mês atrás

Finalmente alguém deu a letra. Indústria bélica num país em guerra, como é o caso da Rússia, é mais que estratégica: é essencial. Demorou para voltar às mãos do estado. A medida é necessária e urgente. Ou a Rússia deveria importar suas armas da indústria inimiga?

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Donald
1 mês atrás

então… o capitalismo na Russia não é ultraliberal, neoliberal ou narcocapitalista, como Milei gostaria de implemtar na Argentina. Ainda que o Estado tenha uma grande peso na economia, continua sendo capitalista. Países fascistas eram ditaduras com forte presença do Estado na economia, mas eram capitalistas. O regime militar no Brasil também tinha um enorme peso na economia, principalmente durante o período Geisel, sendo capitalista Durante a II Guerra, o governo dos EUA interveio na economia de diversas formas, inclusive com controle de preços e indicando oficiais militares para administrar empresas estratégicas para o esforço de guerra. Na crise de 2008,… Read more »

Mirade1969
Mirade1969
Reply to  Camargoer.
1 mês atrás

Se não fosse o Estado malvadão em 2008 a GM estaria falida, ela foi praticamente estatizada para não ir a falência e afundar o capitalismo ainda mais. Não se engane quem sustenta a economia em tempos de crise é o Estado, quem compra armas é o Estado também. Nada mais justo que ele estatize empresas que são cruciais para a defesa do país.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Mirade1969
1 mês atrás

E a Boeing? O gv federal dos EUA que segurou o baque.

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Todas as empresas de defesa dos EUA são estatais!
Dúvida, me diga qual delas não depende quase que exclusivamente do governo americano.

Gustavo
Gustavo
Reply to  Cristiano aquino
1 mês atrás

95% das compras Lockheed Martin feita pelo governo americano.

Felipe M.
Felipe M.
Reply to  Donald
1 mês atrás

Que miopia hein? Em Estado de Guerra, não há interesse particular que se contraponha ou não convirja com o interesse público. Isso em qualquer lugar do mundo, seja no regime econômico que for. Um exemplo: Na situação atual do RGS. Um grande plano de recuperação da infraestrutura local, incluindo moradias das pessoas. Houvesse na região sul apenas uma empresa que fornecesse vigas de ferro, com a fábrica 0% ociosa, havendo excesso de demanda e falta de oferta. Fora essa empresa, apenas empresas distantes, que tornariam o projeto inviável economicamente. No fim do ano, a empresa tem superávit de R$ 1… Read more »

DanielJr
DanielJr
1 mês atrás

Esperando o pessoal das torcidas nos comentários. O Editor vai ter trabalho para apagar trechos e postar as regras do Blog, vai fazer hora extra.

FERNANDO
FERNANDO
Reply to  DanielJr
1 mês atrás

Verdade

NBS
NBS
1 mês atrás

Aqui reside o cerne da questão, muito comum nas concessões e privatizações de serviços altamente regulados “Além disso, os titulares de ações não estão interessados no desenvolvimento da produção e se preocupam exclusivamente com seu próprio bem-estar financeiro.” A questão é que o investimento em P&D é custoso e incerto, então poucos conglomerados possuem capital para essa empreitada. Assim, o investidor, empresário quer extrair o ciclo de mais-valia de seu investimento de suas fábricas e produtos, produzindo e esticando o máximo do ciclo de vida do produto. Pela economicidade, ele não investe no desenvolvimento e aprimoramento do produto, e isso… Read more »

Rafael Aires
Rafael Aires
1 mês atrás

Por isso que a Rússia produz 3x mais munição de artilharia que toda a OTAN junta, por exemplo.

Last edited 1 mês atrás by Rafael Aires
Macgaren
Macgaren
Reply to  Rafael Aires
1 mês atrás

E ainda sim não vencem a  moribunda Ucrania há 2 anos.

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  Macgaren
1 mês atrás

Se uma coisa que a História mostrou é que os russos nunca tiveram pressa em uma guerra, mesmo morrendo milhões.

LUIZ
LUIZ
Reply to  Macgaren
1 mês atrás

Moribunda Ucrânia com o segundo exército da Europa? O efetivo humano(soldados)da Alemanha,França e Reino Unido é menor que da Ucrânia. Então que moribundo é esse que recebe suporte militar de 32 países?

Manus Ferrum
Manus Ferrum
Reply to  Macgaren
1 mês atrás

Então voce admite que a Ucrânia está derrotada, para ter usado o termo “moribunda”.

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  Macgaren
1 mês atrás

Claro, nos últimos 1 ano e meio eles usaram armas e munições da antiga união soviética que tinham a rodo em estoque, fora o que a Otan não deu das ex República soviéticas.
Agora as armas baratas e em estoque acabaram e o sofrimento começou para a Ucrânia e Otan.

Wagner
Wagner
1 mês atrás

Avibras foi vítima de acionistas.

Guacamole
Guacamole
Reply to  Wagner
1 mês atrás

98% da Avibras pertence ao seu Diretor…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Wagner
1 mês atrás

Não, a Avibrás foi vítima das FA’s BR que não compram dela ( 30% da culpa ) e da diretoria da empresa que é incapaz de buscar eficiência e de diversisifar seus negócios ( os outros 70% da culpa )

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  Willber Rodrigues
1 mês atrás

Que empresa privada, capitalista que se preze só dependendo do que o governo local compra. Tinha e que oferecer o que produz lá fora.

Welington Jaeger
Welington Jaeger
Reply to  Cristiano aquino
1 mês atrás

Exportação de material bélico depende de autorização do governo.
A Iveco, por exemplo, teve negada a autorização de exportar o Guarani à Ucrânia.
Depende também de linhas de crédito.

Bispo
Bispo
1 mês atrás

Vamos estender essa visão de capitalismo / democracia…

Quando os EUA querem proibir o TIKTOK se o mesmo não deixar de ser Chinês (obrigar a venda para uma empresa americana)

Quando os EUA fazem pressão, com ameaça de sanções a empresas ocidentais que venderem máquinas de tecnologia para a China.

Quando o livre mercado é favorável aos EUA … é defendido … já o inverso… viram “melancias” ..rs.

Last edited 1 mês atrás by Bispo
DanielJr
DanielJr
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Não pra mim. Os EUA também possuem uma política bem invasiva em muitos pontos. Um dos únicos pontos a seu favor é que eles deixam as empresas um pouco mais “livres” do que muitos outros países.

LUIZ
LUIZ
Reply to  DanielJr
1 mês atrás

Com os bilhões de dólares gastos todo ano? Será que são livres pra eles vender a quem quiser?

DanielJr
DanielJr
Reply to  LUIZ
1 mês atrás

Estava falando de empresas em geral. As de defesa estão totalmente amarradas, assim como quase todas as de tecnologia.

Cristiano aquino
Cristiano aquino
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Esqueceu que quando uma empresa de defesa produz lá, tem que ter sócios majoritário americanos, quando o inverso e cobrado eles não gostam.

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Bispo
1 mês atrás

Olá Bispo. Para compreender o capitalismo é preciso superar o uso equivocado das palavras “capitalismo” e “democracia” como sinônimos.

Isso é um erro ideológico que surgiu no auge da guerra fria e continua atrapalhando a compreensão de muita coisas.

Rafael Coimbra
Rafael Coimbra
1 mês atrás

Em alguns dias teremos acionistas “tropeçando” em alguma escada de um grande hotel…

LUIZ
LUIZ
Reply to  Rafael Coimbra
1 mês atrás

O estado russo governa 100% aos seus interesses. Quem não concorda pode vazar. Aqui no Brasil uma parte dos seus políticos trabalha em prol dos interesses dos EUA.

Sergio Machado
Sergio Machado
1 mês atrás

Empresa de armamento não fabrica armamento para o civil – que é irrisório – e sim para o Estado, que a mantém através de compras. Em suma, é uma relação de interdependência. É a diferença de China e Rússia em relação aos EUA, é que neste as empresas do complexo industrial praticamente mandam no Estado, impondo seus interesses seja por meio das brechas da democracia, como os congressistas, seja por um intrincado jogo de interesses, que envolvem empregos, política, investimentos, geopolítica e afins. Naqueles, diferentemente o Estado impõe seus interesses na condição de demandante e comprador, tratando a indústria bélica… Read more »

Rafael Aires
Rafael Aires
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

Os maiores financiadores de campanha são as fabricantes de armamento. Por isso que “mandam” nos políticos.

Fábio
Fábio
Reply to  Sergio Machado
1 mês atrás

EDITADO:
COMENTARISTA BLOQUEADO.

Jagderband#44
Jagderband#44
1 mês atrás

Eles já entraram com recurso numa estância superior.”
Hahahahahahaha.

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
1 mês atrás

Rússia com saudade da URSS, só que a URSS não existe mais. Desmoronou na podridão e na falência. O Estado é um péssimo empresário, como nós brasileiros sabemos bem. A propósito, a ofensiva russa em Kharkyv já começou a perder força, como era de se esperar. O Putin continua sem nada para comemorar …

LUIZ
LUIZ
Reply to  Marcelo De Luca Penha
1 mês atrás

Cara não acredito que tu tem um canal militar no YouTube kkkk

Camargoer.
Camargoer.
Reply to  Marcelo De Luca Penha
1 mês atrás

A China que o diga….

Marcelo De Luca Penha
Marcelo De Luca Penha
1 mês atrás

OFF TOPIC – A artilharia ucraniana fez barba, cabelo e bigode na base aérea russa de Balbek, na Criméia. Tem fotografias aéreas de várias aeronaves destruídas e instalações bastante danificadas. Parece que a ajuda ocidental já está nas mãos das forças ucranianas.
https://edition.cnn.com/2024/05/17/europe/ukraine-satellite-images-crimea-belbek-jets-destroyed-intl-hnk/index.html

Fernando "Nunão" De Martini
Reply to  Marcelo De Luca Penha
1 mês atrás

Obrigado pelo link.

Tem matéria no Poder Aéreo desde ontem sobre esse assunto, você pode comentar lá:

https://www.aereo.jor.br/2024/05/16/atacms-disparados-pelos-ucranianos-podem-ter-destruido-diversos-cacas-russos/

rfeng
rfeng
1 mês atrás

Senhores a Rússia esta se preparando para uma guerra total com a OTAN, acha que o estado tem condições de ficar discutindo dividendos com acionistas.
Que sirva de exemplo para o Brasil que esta desmontando a ultima fábrica de ponta que possui (AVIBRAS).

Niemand
Niemand
1 mês atrás

Entraram com recurso numa estância superior?

Nemo
Nemo
Reply to  Niemand
1 mês atrás

Sim, em breve eles estarão frente ao Juiz Supremo só que no Céu.

Bigliazzi
Bigliazzi
1 mês atrás

Quando uma fábrica quebra, ou fecha… Ou o Governo encampa. Esses russos são patéticos… Até quando irão nessa loucura de atacar o Mundo???

Zorann
Zorann
Reply to  Bigliazzi
1 mês atrás

Que viagem! Muita cnn na cabeça

Carlos Silva
Carlos Silva
1 mês atrás

EDITADO:
COMENTARISTA BLOQUEADO.

Frederico
Frederico
1 mês atrás

Acho que não se trata bem de algo tão simples como “Comunismo”, “neo-comunismo”, ou “urss-2.0”. Antes de mais nada: não sou de “esquerda”, ok? Se o que a reportagem diz está 100% certo, então num caso de emergência, como uma guerra, uma empresa que está focada mais no lucro que na produção equilibrada de material precisa ser chamada de volta à responsabilidade de produzir material nas taxas adequadas. Certas empresas estratégicas(defesa, energia, etc…) não funcionam como empresas privadas comuns, onde tais regramentos são mais frouxos. Vou usar um caso específico aqui: a Petrobrás. Quem é acionista dela, apesar das perdas… Read more »