A Mauritânia adquiriu uma variedade de veículos blindados fabricados na China, notavelmente o WMA-301. O Presidente da República da Mauritânia, Sr. Mohamed Ould Sheikh Al-Ghazouani, realizou uma visita de inspeção em 9 de junho de 2024, para revisar o equipamento militar recém-adquirido como parte de uma iniciativa para modernizar as forças terrestres, aéreas e navais.

Entre os vários veículos apresentados estava o WMA-301, um veículo blindado projetado pela NORINCO China North Industries Corp. Está armado com um canhão de 100 ou 105 mm, uma metralhadora coaxial de calibre 7.62 mm e uma metralhadora antiaérea de 12.7 mm.

Yitian-L antiaéreos e ao fundo os WMA-301
Modelo em 3D do Norinco WMA-301 – https://www.turbosquid.com/3d-models/3d-norinco-ptl02-model-2065714

Utilizado por países como China, Senegal, Chade, Camarões e Djibuti, este veículo está equipado com um sistema de proteção nuclear, biológica e química (NBC), um sistema de controle de tiro, visão noturna, sistema de GPS e ar-condicionado. Pode transportar uma tripulação de quatro pessoas mais um soldado adicional.

O WMA-301 é protegido contra projéteis de calibre 12.7 mm e estilhaços de granadas no campo de batalha. Pesa 19.000 kg, pode alcançar uma velocidade de 85 km/h na estrada e tem um alcance de 600 km. Suas dimensões, com o canhão, são de 8,3 metros de comprimento, 2,86 metros de largura e 3,15 metros de altura.

Burkina Faso

Para Burkina Faso foram vendidos 50 Norinco CS/VP14 e 40 Norinco VP11, vistos nas fotos abaixo.

FONTE: Army Recognition / @NepCorres

Subscribe
Notify of
guest

44 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
SteelWing
SteelWing
1 mês atrás

Boa opção, mais baratos e difíceis de serem embargados (sofrerem chatangem). Quanto a durabilidade, a guerra na Ucrânia mostrou que apesar do marketing e filmes de Hollywood, quando atingindos, ficam inutilizados do mesmo jeito.

DanielJr
DanielJr
Reply to  SteelWing
1 mês atrás

Entre em conflito com a China e você verá se é difícil sofrer embargos. Não tem saída, sempre que vc compra de alguém, poderá sofrer embargos, por isso a Índia compra um mix exótico de produtos.

SteelWing
SteelWing
Reply to  DanielJr
1 mês atrás

Historicamente, a China não embarga ou cria “dificuldades” econômicas, etc… com outros, nunca ouvi falar da China embargar algum país ( a não ser em caso de retaliação, como quando os EUA que primeiramente embargou). Em conflitos ao redor do mundo, até mesmo entre Ucrânia e Rússia, não houve embargos a nenhum da China a nenhum dos dois lados, mesmo que apoiasse um. Do mesmo jeito nunca a vi embargar Irã, Brasil, Argentina, Síria, Japão, Coreia do Sul, Índia… Nem mesmo Taiwan! seja o país aliado ou não,tendo interesses em comum ou não. Essa sua afirmação, então se mostra fantasiosa,… Read more »

deadeye
deadeye
Reply to  SteelWing
1 mês atrás

Não embarga e cria dificuldades?? sério?? a China está negociando soja com os EUA em detrimento do Brasil, apenas por uma possivel questão fiscal

SteelWing
SteelWing
Reply to  deadeye
1 mês atrás

Prezado, escolher melhores preços ou vantagens econômicas não é nada
de embargo, é normal e óbvio em absolutamente toda relação comercial. Ja embargos são, resumidamente, proibições ou dificuldades, o que claramente não é o caso. A China não taxou a mais ou proibiu soja brasileira, o que seriam “embargos ou sanções”, apenas conseguiu negociar melhores condições com os EUA.

Last edited 1 mês atrás by SteelWing
Yuri
Yuri
Reply to  SteelWing
1 mês atrás

A China é igual os EUA. A diferença é que os podres da china são sempre feitos na surdina.

Fernando Vidal
Fernando Vidal
Reply to  DanielJr
1 mês atrás

A diferença da China para as potências ocidentais é que está não tem as pretensões e arroubos colonialistas de Europeus e Norte Americanos. O nível de intromissão dos chineses em assuntos internos é bem menor. Não pisando nos seus calos ficam na deles. O objetivo deles é vender os seus produtos, comprarem o que precisa e alimentar e manter a sua população gigante satisfeita com o regime.

Yuri
Yuri
Reply to  Fernando Vidal
1 mês atrás

Errado, a China não é nada diferente do ocidente, a única diferença é que eles fazem as coisas na surdina.

Gerson Carvalho
Gerson Carvalho
Reply to  SteelWing
1 mês atrás

Esta semana o comandante do exercito em entrevista ao Estadão falou sobre parceria militar com a China.

Joanderson
Joanderson
1 mês atrás

A China já tomando os potenciais mercados russos.

Realista
Realista
Reply to  Joanderson
1 mês atrás

Que mercado russo ? a Rússia precisa é deles pra guerra ..

Rodrigo G C Frizoni
Rodrigo G C Frizoni
1 mês atrás

Sera que futuramente vamos ver se essas armas chinesas batem d efrente com o do ocidente ?

Gustavo T
Gustavo T
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
1 mês atrás

Em breve eu diria pois Burkina Faso é um dos que esta a colocar a frança para correr do seu território

Neural
Neural
Reply to  Gustavo T
1 mês atrás

Aqui preferem pagar 5x vezes mais no Guarani bombado Centauro.

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Gustavo T
1 mês atrás

E a França está a sair, agora colocar a França para correr, ou uso de armas, essa é para rir?? A França faz o que fez no Sahel, querem que saia, a França respeita um país soberano e sai, só que diz que precisa de tanto tempo, para retirar, e avisa que até lá, qualquer ataque às suas tropas, terá resposta dura. Agora essa do uso de armas, contra a França, é hilariante, a França com as suas fragatas Fremm e os submarinos Suffren, atacava com mísseis de cruzeiro scalp/naval a mais de 1000km alcance, ao mesmo tempo que Rafale,… Read more »

Fernando Vidal
Fernando Vidal
Reply to  Rui Mendes
1 mês atrás

A França anda num mato sem cachorro tentando controlar a sua política doméstica e sua crise financeira… Se atacar um país africano agora teria que enfrentar forte oposição interna e compraria uma briga com a união africana em peso. Já não sei se eles têm cacife para tanto. A África diferentemente da América do Sul já acordou para a necessidade de se unir contra as pretensões coloniais americanas e européias por isso estão migrando em peso, salvo raras excessões, para a esfera de influência Russo-Chinesa.

Yuri
Yuri
Reply to  Fernando Vidal
1 mês atrás

E continuam paupérrimos. Como se a China fosse diferente…

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Yuri
28 dias atrás

Dissestes bem, paupérrimos. Sempre roubados pelos europeus “riquissimos”

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Fernando Vidal
1 mês atrás

Isso é conversa para adormecer meninos, crise financeira, crise doméstica, todos tem, para lá, que a França é UE, que está a crescer, pouco, mas a crescer. Eu falei, que a França atacaria, se fosse atacada, para sair mais rápido União Africana? Se União Africana, entrasse, então a França também teria a UE do seu lado, essa sim, tem moeda própria, bandeira, parlamento, agências de fronteiras própria, um banco central, existe, não é só para reunir de vez em quando, consertar interesses e emitir opinião. Tirando isso tudo, a França é uma potência nuclear, é uma potência financeira e pertence… Read more »

Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Rui Mendes
28 dias atrás

A França tem histórico de colonizar e surrupiar as riquezas dos africanos. Está sendo colocada para correr por causa disso.

Fernando Vidal
Fernando Vidal
Reply to  Gustavo T
1 mês atrás

Nesses países no caso de conflito veríamos esses veículos chineses combatendo apoiadas por aeronaves brasileiras AT-29 Super Tucanos.

Gabriel BR
Gabriel BR
1 mês atrás

Eu admiro genuinamente o presidente Traoré de Burkina Fasso

Marcos Bishop
Marcos Bishop
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Porquê?

Last edited 1 mês atrás by Marcos Bishop
Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Marcos Bishop
1 mês atrás

Ele viu uns vídeos no tiktok e youtube

Eromaster
Eromaster
Reply to  Marcos Bishop
1 mês atrás

Porque Traoré está livrando o país dele da colonização Francesa.
Todos os recursos naturais e o dinheiro do país eram controlados pela França. Inclusive, era a França que indicava e financiava quem seria o presidente do país.

Vitor
Vitor
Reply to  Eromaster
1 mês atrás

Pilharam várias colônias e como soberba se recusam a reconhecer as atrocidades do passado.

Yuri
Yuri
Reply to  Eromaster
1 mês atrás

Como se a China não odiasse a África…

Rui Mendes
Rui Mendes
Reply to  Eromaster
1 mês atrás

Se era assim, que não era, imagina agora, com China e Rússia lá.
Os ditadores, vão se aproveitar ao máximo, dos povos que foram colonizados, pelas potências Europeias no passado, e vão sugar tudo que puderem, claro, e sem problemas, de direitos humanos ou democracia, que para muitos não presta para nada, mas porque a tem em casa.

max
max
Reply to  Marcos Bishop
1 mês atrás
Antonio Palhares
Antonio Palhares
Reply to  Marcos Bishop
28 dias atrás

Seria porque ele não é um lambe botas ? E é um patriota corajoso ?

Arufo
Arufo
Reply to  Gabriel BR
1 mês atrás

Como não admirar. Jovem, inteligente, presença, pujança, enfim…. tem tudo de um LIDER.
Eu sou fã desse jovem.

Heinz
Heinz
1 mês atrás

Agora as tropas desses países terão algum proteção blindada minimamente descente.
Acredito que deveríamos ter mais colaboração militar com os chineses (isso não anula nossa colaboração com os EUA e a OTAN) lá tem equipamentos que poderiam ser utilizados por aqui, por exemplo o MBT VT$. Inclusive já foi demonstrado para oficiais do EB. Vejo com bons olhos. Outros sistemas seriam na área da defesa AA e dos drones.

Gabriel BR
Gabriel BR
Reply to  Heinz
1 mês atrás

Seria mais que o suficiente no cenário latino americano … e para completar eu padronizaria a cavalaria com viatura sob rodas gerando economia de escala considerável a modelo do México.

Jonathan Pôrto
Jonathan Pôrto
1 mês atrás

Lembra a cena do filme Senhor das Armas: _Oh Burkina Faso

Regis
Regis
1 mês atrás

Olhando o WMA – 301 da Norinco com as dimensões apresentadas…não pude deixar de pensar no Engesa Sucuri II, um projeto dos anos 1980 com características semelhantes. Mais uma oportunidade jogada fora pelo (des)governo brasileiro.

MMerlin
MMerlin
1 mês atrás

O WMA-301 não é anfíbio.
A versão real não tem as hélices de impulsão.

Mustafah
Mustafah
1 mês atrás

Comprar armas chinesas, nossos Generais adoram pagar pau para franceses e alemães e comprarem porcarias usadas desses 2 paises

Eromaster
Eromaster
Reply to  Mustafah
1 mês atrás

São doutrinados a fazerem isso…$$$

Orivaldo
Orivaldo
Reply to  Mustafah
1 mês atrás

Poderia nos citar que tipo de porcarias usados que as FA compraram dos Franceses e Alemães ?

Carlos Campos
Carlos Campos
Reply to  Orivaldo
1 mês atrás

Olha eu lembro do NAE SP

Felipe
Felipe
Reply to  Orivaldo
1 mês atrás

Leopard 1, Gepard, Mirage 2000, Foch, etc.

paulop
paulop
1 mês atrás

Muito interessante esse sistema AAe, Yitian-L. Esse sistema é originalmente baseado na plataforma WZ-551 e utiliza o missil ar-ar TY-90(especialmente desenvolvido para engajar helicopteros). A versão da Mauritânia é montada sobre um veiculo tático 4×4 Dongfeng (o Hummve chinês).

A versão original:
comment image

A versão mauritana:
https://armyrecognition.com/templates/yootheme/cache/ae/Mauritanian_Army_Acquires_Chinese-Made_Yitian-L_Air_Defense_Systems_with_TY-90_Missiles_925_001-aedb1144.webp

Informações sobre o míssil:
https://en.missilery.info/missile/ty-90

Abraço.

max
max
1 mês atrás

Relatórios chineses sobre os detalhes da remessa de armas

Tradução para o português (não ilustrada)
Versão original em chinês (com fotos)

Last edited 1 mês atrás by max
Antonio Palhares
Antonio Palhares
28 dias atrás

Equipamento novo e de boa qualidade. Compatíveis com as necessidades e capacidades financeiras destes países.