Em 27 de junho de 2024, o Estado-Maior General das Forças Armadas Polonesas anunciou a conclusão da entrega de 116 tanques M1A1 Abrams, finalizada um ano e meio após a assinatura do contrato pela Agencja Uzbrojenia (Agência de Armamento Polonesa).

A 1ª Brigada Blindada de Varsóvia, celebrando o seu 30º aniversário no mesmo dia, juntamente com a 18ª Divisão Mecanizada localizada em Siedlce, leste da Polônia, são os principais destinatários deste lote final, composto por 47 tanques M1A1 Abrams e 26 M1152A1B2 montados em chassis HMMWV.

Esta aquisição fez parte de uma Venda Militar Estrangeira (FMS) aprovada pelo Departamento de Estado dos EUA em 6 de dezembro de 2022, que se seguiu à invasão russa da Ucrânia em 24 de fevereiro de 2022. O negócio, avaliado em aproximadamente US$ 3,75 bilhões, incluiu uma variedade de veículos e equipamentos militares.

Junto com os 116 tanques de batalha principais M1A1 Abrams, a venda incluiu 12 veículos de recuperação de combate Hercules M88A2, 8 pontes de assalto conjuntas M1110, 6 veículos de comando M577A3, 26 veículos multifuncionais com rodas de alta mobilidade M1152A1 (HMMWV) e 26 veículos táticos leves conjuntos M1279A1 (JLTV).

Subscribe
Notify of
guest

24 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gabriel BR
Gabriel BR
23 dias atrás

Temos apenas 4 anos até a cadeia de suprimentos para nossos Leopard cessar.
Ao andar da carruagem ficaremos sem MBTs…

Willber Rodrigues
Willber Rodrigues
Reply to  Gabriel BR
23 dias atrás

Já tenho sérias dúvidas sobre a disponibilidade dos Leo’s do EB hoje, imagina quando acabar esse contrato…

General de Sofá
General de Sofá
Reply to  Gabriel BR
22 dias atrás

4 opções:
Abrams (usados ou novos) se chavecar direitinho e a Ucrania não tiver rapado tudo, com sorte os EUA doam alguma coisa.
Leopard 2 novos (os usados a Ucrania vai ter rapado o tacho)
Um programa de aquisição de novos MBTs idealmente de prateleira (colocar ToT no meio a essa altura é insanidade, mas não improvável e a cara do EB)
Opção Kamikaze: modernizar Leo 1 ou m60, e fazer cara de surpresa quando começar a ter problemas de peças e obsolência daqui a 10 – 15 anos

Boitatá
Boitatá
Reply to  General de Sofá
20 dias atrás

Turquia e India não são opções?

A6MZero
A6MZero
Reply to  Boitatá
20 dias atrás

Turquia tem o Altay (que é um K2 produzido localmente) ele ainda está em testes então deve demorar um pouco pra chegar ao mercado.

A Índia está ainda mais atrás o FRCV só deve começar testes por volta de 2030, tem também a opção do Zorowar porém esse é um tanque leve de 25t e ainda está em testes.

O Arjun também indiano é um projeto mais antigo e o Mk1a1 é bastante é pesado e tem as mesmas deficiências da versão anterior por ser um projeto antigo de 3 geração com algumas atualizações.

Rosi
Rosi
23 dias atrás

A polia deu uma elevada em todas as áreas das suas forças armadas, as forças terrestres adquiram da Coreia do Sul 180 tanques K2 e 672 obuseiros K9
Vai se transformando em uma potência militar….

Luiz Fernando Gaboardi
Luiz Fernando Gaboardi
Reply to  Rosi
23 dias atrás

A Rússia destruiu em uma semana kkkkkkk

Rosi
Rosi
Reply to  Luiz Fernando Gaboardi
23 dias atrás

Até então a Rússia continua sem avanços significativos; ok.
Parece que não consegue chegar a Capital da Ucrânia, como chegaria até a Polônia?
É uma distância considerável; acho que não tem perna para isto.

Last edited 23 dias atrás by Rosi
Jeferson
Jeferson
Reply to  Luiz Fernando Gaboardi
22 dias atrás

Se os russos não conseguiram tomar Kiev no início da invasão na Ucrânia, como iriam derrotar os poloneses, que tem logística e treinamento superior ao que os russos tem, que vem se armando até os dentes, e sendo membro pleno da OTAN? Mais provável acontecer um repeteco de 1920, de forma ainda mais embaraçosa.

A6MZero
A6MZero
Reply to  Rosi
23 dias atrás

Não são apenas 180 K2 há também a previsão de 820 K2pls produzidos localmente começando em 2026 e carta de intenção de participar do programa K3 next-generetion.

Rosi
Rosi
Reply to  A6MZero
23 dias atrás

Sim …
Não sei a quantidade de k9 e K2 que a Polônia já recebeu

A6MZero
A6MZero
Reply to  Rosi
23 dias atrás

Em março foram entregues mais 18 K2, totalizando 46 já recebidos pela Polônia e devem ocorrer mais entregas em 2024.

Rodrigo G C Frizoni
Rodrigo G C Frizoni
23 dias atrás

Lembrando que os Poloneses vão fabricar 1000 tanques K2 black panther

deadeye
deadeye
Reply to  Rodrigo G C Frizoni
23 dias atrás

E os M1A1 que foram comprados, e os Leopard em serviço Polonês serão modernizados. Polônia, criou uma força blindada de respeito.

fjuliano
fjuliano
Reply to  deadeye
23 dias atrás

Isso, e não ter Lviv, e arredores, de volta para seu território. A não ser que aproveitem a situação e digam “fod…se” para os líderes da otan. O que não vai acontecer então….blindados empoeirados.

marcos.poorman
marcos.poorman
23 dias atrás

Sabendo do histórico de problemas enfrentados pelos Abrams no conflito na Ucrânia, os poloneses vão implementar mudanças nesses M1A1?

A6MZero
A6MZero
Reply to  marcos.poorman
23 dias atrás

Os Poloneses parecem bem satisfeitos com os Abrams além dos M1A1 já possuem encomendas para 250 M1A2, além dos K2 mencionados…

Mas sim o objetivo e que eles posteriormente passam por uprade para o SEPv3 deixando no mesmo patamar que os novos M1A2 encomendados.

Iran
Iran
23 dias atrás

Polônia nesse ritmo terá a força blindada mais capaz da Europa junto com a Rússia.

C G
C G
Reply to  Iran
22 dias atrás

Em uma analise piramente empírica, se a Russia for a força blindada mais capaz da europa então a europa é incapaz!

Iran
Iran
Reply to  C G
17 dias atrás

Discordo.

A6MZero
A6MZero
Reply to  Iran
22 dias atrás

Tecnicamente hoje a Polônia é a única força europeia que já tem tanques de quarta geração em operação de forma significativa que são os K2, a Rússia em tese teria o armata mais esse nunca passou do prototipo e foi abandonado…

Iran
Iran
Reply to  A6MZero
17 dias atrás

Vi uma matéria no Bulgarian Military que o Armata não foi abandonado, mas apenas ficou de molho, lá eles dizem que a Rússia continua atualizando ele, inclusive.

Creio que nos próximos anos o Armata deixará de ser só um protótipo, isso se a Rússia não perder a guerra.

rfeng
rfeng
Reply to  Iran
21 dias atrás

A Polônia nesse ritmo logo logo será o país mais pobre da Europa. Com centenas de equipamentos sem funcionar por falta de manutenção.

A6MZero
A6MZero
Reply to  rfeng
21 dias atrás

No primeiro trimestre desse ano o PIB polonês expandiu mais de 4% a Polônia hoje tem o parque industrial que mais cresce na Europa, e deve se tornar o motor industrial da Europa nas próximas décadas, isso sem contar o setor de mineração, e agricultura que são bem consolidados.

E com um orçamento de 31 bilhões de dólares na defesa acho que não tem muitas preocupações no momento…