Saab apresenta novos sistemas de camuflagem ao Exército dos EUA

Saab apresenta novos sistemas de camuflagem ao Exército dos EUA

4926
16

sotacs1-2340

A Saab, empresa da área de defesa e segurança, apresentou a sua próxima geração de soluções para gerenciamento de assinaturas na feira da Associação do Exército dos Estados Unidos (AUSA), que aconteceu, na última semana, em Washington, DC. A empresa está desenvolvendo os seus já avançados sistemas de camuflagem para levar às tropas terrestres e veículos blindados do Exército dos Estados Unidos (EUA) capacidades verdadeiramente furtivas.

Os sistemas de camuflagem inteligentes são o futuro do gerenciamento de assinaturas. Com essa finalidade, a Saab está conduzindo pesquisas e avanços significativos para desenvolver em seus produtos capacidades verdadeiramente furtivas, que irão camuflar meios militares, ajudando combatentes embarcados ou não a permanecerem seguros e ocultos, em qualquer ambiente. Esses recursos incluem novas maneiras de detectar a aproximação de ameaças a laser, bem como o sistema de identificação friend-or-foe (amigo ou inimigo) para viaturas.

A Saab iniciou o desenvolvimento de produtos de ponta para o gerenciamento de assinaturas em 1957 e continua sendo a única empresa do mundo que detém todo o conhecimento da solução internamente.

Mobile Camouflage System (MCS)
Mobile Camouflage System (MCS)

“A Saab é líder do setor de produção e recursos de gerenciamento de assinatura”, conta Brian Keller, chefe da unidade de gerenciamento de assinaturas Barracuda da Saab EUA. “Estamos totalmente empenhados em tornar os nossos produtos, que já são de ponta, ainda mais avançados, implementando recursos adicionais para atender às futuras necessidades do Exército dos EUA”.

A Saab EUA tem um longo e bem sucedido histórico de atendimento das necessidades de gerenciamento de assinaturas do Exército dos EUA. Desde 1999, a empresa fornece ao Exército dos EUA o que continua sendo o mais avançado sistema de camuflagem estática do mundo em uso atualmente: o ULCANS (Sistema de Rede de Camuflagem Ultraleve). O ULCANS oferece supressão de assinaturas nas faixas de frequência visíveis, de infravermelho próximo e infravermelho térmico, e contra as ameaças de radar.

ULCANS (Sistema de Rede de Camuflagem Ultraleve)
ULCANS (Sistema de Rede de Camuflagem Ultraleve)

Disponível em versões para regiões florestais e desérticas, o sistema de rede também reduz significativamente a radiação ultravioleta e o calor proveniente da radiação solar. Foi desenvolvida ainda uma variante reversível do ULCANS, assim como um sistema ULCANS aprimorado para regiões florestais, com recursos de defesa de Infravermelho de Ondas Curtas (SWIR).

Até agora, a Saab EUA produziu mais de 750 mil ULCANS para o Exército dos EUA, em suas instalações da Barracuda, em Lillington, na Carolina do Norte.

“Nosso sistema ULCANS é testado e aprovado no campo, superando as especificações de design do governo dos EUA”, aponta Keller. “Planejamos dar continuidade a essa tradição com a nossa próxima geração de soluções para gerenciamento de assinaturas”.

A Saab Barracuda é uma unidade de negócios dentro da área de negócios da Saab Dynamics.

DIVULGAÇÃO: MSLGROUP / Publicis Consultants

  Comentários no Facebook

  Comentários de assinantes

16 COMMENTS

  1. Os caras pensam fora da caixa sem necessariamente reinventar a roda.
    Isso é fácil de falar, mas é quase impossível de realizar sem uma cultura de mais de 50 anos construindo esse “imaginário”.

  2. Lhes digo que os “post-its” tem um motivo real de ser… alguém se arrisca dizer qual é?
    Dica: tem haver com a errônea afirmação do colega Batito sobre o “photoshop”.

  3. OFF – Os serviços de inteligência dos órgãos de segurança pública do Rio de Janeiro estão em estado de alerta desde sexta-feira. Segundo informações obtidas pelo site de VEJA, quase uma centena de criminosos da maior facção criminosa do país, o Primeiro Comando da Capital (PCC), foram transferidos das unidades nas quais estavam presos. O motivo é o fim de uma aliança de quase duas décadas com a principal quadrilha carioca, o Comando Vermelho. A preocupação da polícia agora é que o racha cause futuras guerras pelo controle das rotas de abastecimento de drogas e armas e, claro, de favelas.
    .
    http://veja.abril.com.br/brasil/pcc-cria-clima-de-tensao-na-seguranca-do-rio-de-janeiro/

  4. Li(faz um tempo ja) aqui na trilogia, ou em outro site afins de que(se eu nao me engano) uma empresa do sul estava desenvolvendo juntamente com o Exercito uma camuflagem/fardamento que era praticamente “imune” a visores/miras térmicas…
    alguém sabe como anda o projeto/estudo ??

  5. O pau está cantando nos presídios do Brasil.
    A guerra entre o PCC e o CV está tomando conta nos presídios do norte do país.
    RO, RR e PA relataram ocorrências.

LEAVE A REPLY