Home Noticiário Internacional Hand in Hand 2008

Hand in Hand 2008

507
0

Hand in Hand

Índia e China estão conduzindo treinamento anti-terrorismo conjunto, na Operação denominada “Hand in Hand 2008”, no distrito de Belgaum, na Índia.
O treinamento, que começou no dia 6 de dezembro e vai até o dia 14, permitirá o aumento na troca de informações e cooperação no combate ao terrorismo.

China

Operação soldados

operação militar

soldados china

Hand in Hand 2008

soldados índiaíndia

exército china

china soldado

NOTA DO BLOG: De muito bom gosto o novo uniforme chinês, com camuflagem digital. Na primeira foto aparecem também em destaque os novos fuzis QBZ-95, com calibre 5,8mm, ligeiramente diferente do 5,5mm usado no Ocidente. O QBZ-95 tem design Bullpup e o cartucho leva 30 projéteis. Ele pesa 3,77kg carregado.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of
Invincible
Visitante
Invincible

É… Enquanto isso no país das maravilhas…

RL
Visitante
RL

É…

Paguei um pau na camuflagem do uniforme tb.

gaspar
Visitante
gaspar

Galante,

quanto ao uniforme nao vejo problemas do EB utilizar o mesmo modelo, ainda mais que os nossos uniformes SAO FABRICADOS NA CHINA…
e so trocar o modelo do proximo lote a ser recebido…

uma pergunta, na oitava foto(cima baixo) o indiano esta olhando uma metralhadora ???

Corsario-DF
Visitante
Corsario-DF

Sinceramente não sou muito fã de fuzis com sistema “Bullpup”, acredito que quando se está em uma situação real, perderá muito tempo para recarregá-lo, além de correr o risco de “agarrar” no uniforme o carregador… Mais um excelente post.

Sds.

DaGuerra
Visitante
DaGuerra

Um pouco sem jeito!

Mauro Lima
Visitante
Mauro Lima

Acho que seria legal um post comentando os equipamentos das fotos…

Thanos
Visitante
Thanos

Novo fuzil, hein…
Fora o calibre, é uma cópia descarada do FAMAS francês…
na China nada se cria, tudo se copia…

RT
Visitante
RT

Ta parecendo mais uma feira onde os Chineses apresentam um monde de armas para os Indianos comprarem.

Almeida
Visitante
Almeida

Uniformes pixelados, fuzis modernos, formaçao impecavel… pra quem nao acreditava na modernizaçao do People’s Army, basta comparar com seus colegas indianos!

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Os Chineses estão em melhor forma que os Indianos. Muita melhor forma. O fuzil de assalto novo dos caras é bem interessante, mas tudo, tudo mesmo me parece cópia de equipamento, uniforme, helmet, americano. Lembro do Humvee que os caras copiaram. Devemos observar se funciona adequadamente também ou vai travar no primeiro pipoco.

Wolfpack
Visitante
Wolfpack

Não interessa o equipamento, os caras têm quantidade pra queimar, e um número grande de gente eim…

Fernando Gonzales
Visitante
Fernando Gonzales

O Wolfpack tem razão, pra meter com a China atual tem que ter coragem. Alem do grande numero de guerreiros, ela ta bem equipada. Não da pra falar de cópias, pois o Brasil é um dos países onde mais se falsificam tecnologias alheias, e é uma grande pena que não se esta fazendo isso na area militar, pois é sabido que todos, os países desenvolvidos se especializam em roubar tecnologias. Pobres somos nós que dependemos de parcerias sérias(sérias de nosso lado, pra não falar TROUXA), todos os outros desenvolveram uma capacidade enorme de investigação empresarial, milhares de 007 com a… Read more »

Fernando Gonzales
Visitante
Fernando Gonzales

O uniforme Chines, me parece que foi feito pra florestas geladas, não me parece que teria utilidade no Brasil.

Marine
Visitante
Marine

Corsario-DF,

Concordo com vc, tambem nao sou fa dos designs “bullpup” por razoes que tem haver com recarregamento rapido em CQB.

Sds!

Bosco
Visitante
Bosco

Gaspar,
na oitava foto é mostrado um lançador automático de granadas QLZ87 de 30 mm, carregada em geral com um carregador tipo caracol (lata de goiabada). Como não podia deixar de ser é uma cópia do lançador russo AGS17.
Um abraço

Bosco
Visitante
Bosco

Digitei errado: o QLZ87 lança granadas de 35 mm e não 30 mm.

Bosco
Visitante
Bosco

É interessante que esses lançadores de granadas são muito mais leves e compactos que seus congêneres ocidentais (Mk 19, etc) e podem ser usados sem o tripé, com apoio no ombro, bipé e carregador com menor capacidade, fazendo-se de “lançador de granadas antimaterial”. Tabmém a versão com tripé pode ter a altura regulada e permitir o tiro deitado, o que creio não ser possível com os lançadores ocidentais.
http://image2.sina.com.cn/jc/2003-07-24/3_27-1-3-667_20030724152146.jpe
Também tem uma versão estilizada do “lançador de granada antimaterial” desenvolvido a partir do QLZ87:http://www.centurychina.com/plaboard/uploads/30mm.JPG

Fernando Gonzales
Visitante
Fernando Gonzales

Enquanto os tupiniquins, morrem de inveja da capacidade dos outros copiarem, as nossas forças armadas continuam depauperadas.

Tikuna
Visitante
Tikuna

Adorei a última foto, se aquela mulher apertar o gatilho com o braço esticado daquele jeito… pode ter certeza que vai parar uns 2 metros pra trás. rsrsrsrs

D.O.G.
Visitante
D.O.G.

pode ter sido ilusão de ótica, mas pelo que eu estou vendo na penúltima foto os soldados estão enfileirados? isso não facilitaria para um inimigo atacar eles de frente? e os que estão atrás como vão atirar através de seus amigos? // obs: concordo com o comentário do Tikuna