quinta-feira, julho 29, 2021

Saab RBS 70NG

Orçamento de 2009 é aprovado com corte de mais de R$ 8 bi em custeio

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Orçamento

BRASÍLIA – O clima de pessimismo com os rumos da economia mundial e a extensão dos seus efeitos no Brasil nortearam a votação do Orçamento de 2009, aprovado hoje, em sessão do Congresso Nacional. A previsão de arrecadação de impostos para o próximo ano sofreu um corte de R$ 6 bilhões, em relação ao projeto enviado pelo Executivo ao Legislativo, em agosto. A proposta orçamentária original previa um valor total R$ 1,664 trilhão, entre arrecadação de impostos e demais receitas da União e foi reajustada para R$ 1,658 trilhão.

“Não pudemos deixar de ser austeros e conectados com a realidade que iremos vivenciar ao longo de 2009. Nós procuramos preservar as obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), fundamentais para esse momento”, disse o relator-geral do Orçamento, senador Delcídio Amaral (PT-MS).

Os cortes em despesas de custeio da máquina pública ficaram acima dos R$ 8 bilhões, além de mais R$ 400 milhões com despesas de pessoal e encargos. A proposta previa uma despesa com pessoal e encargos de R$ 169,2 bilhões. No orçamento aprovado hoje, esse valor ficou em R$ 168,8 bilhões.

Pastas importantes sofreram cortes de investimentos, como a da Educação, por exemplo, que, na proposta original apresentava um orçamento de R$ 41,6 bilhões e terá no próximo ano R$ 40,5 bilhões. A pasta da Defesa teve sua dotação reduzida de R$ 52,2 bilhões para R$ 51,3 bilhões. Para o Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), a previsão que chegou ao Congresso era de R$ 42,9 bilhões. No orçamento aprovado hoje, o MTE contará com R$ 42,1 bilhões.

Para compensar as perdas e dar uma margem para o governo remanejar recursos, o relator-geral, Delcídio Amaral, aceitou a sugestão, feita pelo Ministério do Planejamento, de incluir mais R$ 2,5 bilhões, que seriam apurados da venda de sucata da extinta Rede Ferroviária Federal (RFFSA) e direcionados para um Fundo de Estabilização Fiscal.

FONTE: Agência Brasil

NOTA DO BLOG: Clique aqui para baixar a apresentação completa do Orçamento de 2009.

- Advertisement -

17 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
17 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
LeoPaiva
LeoPaiva
12 anos atrás

Esses cortes e remanejamentos no plano orçamentário do governo não me chocam mais, já estou acostumado, infelizmente, agora o que me incomoda mesmo é ver uma planilha de custos onde o item OUTROS tem dotação superior ao item REAPARELHAMENTO, isso dói, além de ser uma falta de transparência para com o contribuinte.

claudio/itajai
claudio/itajai
12 anos atrás

qndo tenho q. fazer a minha declaração de imposto de renda não consigo declarar que tive despesas “outros”

Excel
Excel
12 anos atrás

Caracas …51 bilhões para a defesa? Meu deus, e eu que pensei que a defesa brasileira estava mal de dinheiro. Isso é muita coisa. Pra onde vai tudo isso? Agora fiquei curioso.

Lecen
Lecen
12 anos atrás

Como eu disse: o tal do Plano não passa de balela.

Ricardo
Ricardo
12 anos atrás

Lecen na verdade não, o END não está incluido no plano de 2009, na verdade ele é um plano paralelo ao orçamento da união para defesa, e durará mais de 20 anos, ou seja, não espere que tudo mude de um dia para o outro. Isto é impossivel, ainda mais com toda a transferencia de tecnologia e produção nacional mencionada no END. Por fim, é uma redução sim, mas compare o orçamento de 2009 com o de 2008, ainda assim ele é muito maior, claro houve reajuste de salários, mas mesmo assim, haverá sobra de caixa para investimentos ainda maiores… Read more »

Excel
Excel
12 anos atrás

Lecen,
Quer dizer que é como promessa de casamento de malandro? Só promessa?

Lecen
Lecen
12 anos atrás

Excel, O governo Lula está chegando ao fim. As chances da Dilma se tornarem sua sucessora são extremamente remotas. A crise mundial ainda não terminou e ao que parece, irá continuar pelos próximos dois anos. O governo brasileiro quer criar mais 7 mil vagas para vereadores apesar de ninguém ter pedido por tal coisa. Obviamente que 7 mil novos vereadores contribuindo com 30% do seu salário para seus respectivos partidos será um presente digno do Papai Noel. Em suma, por que diabos o Lula irá perder seu tempo se preocupando com a defesa do país? O próprio povo brasileiro não… Read more »

Igor
Igor
12 anos atrás

Amortização da dívida quebra as pernas!

Igor
Igor
12 anos atrás

Depois brasileiro não sabe a razão de tantos impostos.

Igor
Igor
12 anos atrás

Interesssante a aeronáutica estar com o maior orçamento.

Marine
Marine
12 anos atrás

Excel,

Se nao me engano essa quantia parece sim enorme mas o problema e que os beneficios e aposentadoris de militares saem desse orcamento tambem entao os gastos com pessoal sao enormes e nao sobram muito para reaparelhamento. Pelo que sei isso so ocorre no Brasil em que essas aposentadorias saem do orcamento militar fazendo com que esse valor bruto na verdade seja inflado.

Sds.

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
12 anos atrás

Marine e Excel,

Realmente, os benefícios provindos de pensão puxam mais da metade da verba da Defesa. Temos tanta verba quanto a Educação, só que quase tudo com destino obrigatório definido. O que sobra para “modernização” é irrisório, por isso que as FFAA brasileiras vivem essa perrenga danada. Se comparar-mos ao Chile, estamos em clara desvantagem tecnológica; agora, se fizer-mos a mesma comparação com a Argentina, aí a história é outra, bem diferente.

Marine,

E nos EUA, como funciona a aposentadoria dos militares??? o soldo que recebem vem da verba destinada ao MOD ou da previdência social????

abraços.

Marcelo RJ
Marcelo RJ
12 anos atrás

O motivo para falta de R$ na defesa é um só, pensões de 15.000,00 a 20.000,00 de várias viuvas e filhas de oficiais que tem pensões vitalícias….Na pagina da UFJF tem as despesas detalhadas e se não estou enganado gira em torno de 60 a 70 % do orçamento anual das forças!!!
http://www.ecsbdefesa.com.br/defesa/index.php?option=com_frontpage&Itemid=1

Marine
Marine
12 anos atrás

Vassily,

O Department of Defense e a maior burocracia dos EUA e talvez do mundo mas pelo tudo que eu sei o dinheiro para essas aposentadorias nao vem do orcamento militar. Os gastos com o pessoal tambem sao altos aqui embora somente os que servem agora recebam seus salarios e beneficios do orcamento da defesa.

Ja vi varias figuras mas acho que a mais recente era que 30% do orcamento era gasto com pessoal.

Sds!

Marine
Marine
12 anos atrás

E Vassily,

Assim nao sobra nem pro rancho, e triste mas se Deus quiser esse novo plano sera colocado em pratica e veremos mudancas nisso se ainda estivermos vivos!

Sds!

Vassily Zaitsev
Vassily Zaitsev
12 anos atrás

Marine,

Valeu pela informação.

Aqui gira em torno de 70% de tudo que é destinado à Defesa.

Ricardo
Ricardo
12 anos atrás

Lecen

Eu não compreendo, primeiramente, porque a proposta para o aumento de 7 mil novos vereadores não foi aprovada e depois, pois não importa se a presidência dura apenas 4 anos, e muito menos se é a Dilma que vai entrar na presidencia, o que é necessário ser feito, é escolher o politico certo e que tenha peito para encarar esta mudança.

Eu nunca entendi a cabeça do brasileiro.
Cobra cobra, e quando parece que a coisa vai andar nos trilhos, só sabe achar problema e reclamar.
É curioso, isto é muito curioso.

Últimas Notícias

Armamento multifuncional que entende o campo de batalha moderno

Hoje em dia as tropas enfrentam uma gama mais ampla de desafios e, para obter sucesso, é preciso contar...
- Advertisement -
- Advertisement -