Home Foto O auto-propulsado russo 2S19 MSTA-S de 152mm

O auto-propulsado russo 2S19 MSTA-S de 152mm

892
31

O Auto-Propulsado 2S19 MSTA-S de 152mm foi desenvolvido para ser usado pela Artilharia Divisionária para bater alvos abrigados ou em campo aberto, incluindo lançadores de armas nucleares táticas, baterias de artilharia e morteiros, carros de combate e blindados e qualquer tipo de concentração de tropas ou material. Entrou em serviço no Exército Russo em 1989. É fabricado pela Uraltransmash de Ekaterinberg, na Rússia, que também produz uma versão rebocada, chamada MSTA-B, e desenvolveu duas novas variantes, a 2S19M com um sistema de controle informatizado e a 2S19M1 com tubo de 155 mm no padrão OTAN.

Armamento

O elemento principal do sistema 2S19 MSTA-S é o Obus 2A64 de 152 mm, que é fabricado pela famosa fábrica Barrikady State Production Association, de Volgograd, Rússia, responsável pela fabricação de uma grande variedade de peças de artilharia de grande calibre para o Exercito e a Marinha Russa. O tubo é instalado em uma torre sobre um chassi, baseado no dos Carros de Combate T-72 e T-80, e tem uma elevação que vai de + 68º a – 3º e giro de 360º.

O AP também conta com uma metralhadora antiaérea PZU-5 Utes de 12.7mm, que é controlada remotamente pelo comandante e três lançadores de granadas fumígenas, montadas nas laterais da torre. A bordo são transportados 50 projéteis de munição de 152mm e 300 para metralhadora antiaérea.

Munições

O 2A64 dispara uma variedade de munições que inclui HE-FRAG (alto explosivo-fragmentação), HE-FRAG com Base Bleed, Cluster com submunições de fragmentação e a granada guiada a laser Krasnopol. A arma também pode disparar um projétil com o interferidor 3RB30 concebido para perturbar as comunicações do inimigo. Esta última tem um alcance de 22 km e pode perturbar as comunicações nas freqüências que vão de 1,5 a 120 MHz, em um raio de 700 m.

Já a granada Krasnopol foi desenvolvida pela empresa KRP, de Tula e foi projetada para bater veículos blindados e posições de artilharia, com guiagem inercial de meio curso e a laser na fase final, podendo atingir alvos a uma distancia entre 3 e 20 km.

Operação

O municiamento, recarga, posicionamento e troca de alvos é realizado de forma totalmente automática, permitindo uma cadência máxima de 8 tpm, com os projéteis de pronto uso a bordo do AP e de 6 a 7 tpm com munição no solo, fora da viatura. Uma bateria de 8 AP MSTA-S pode colocar 3 toneladas de projéteis sobre o alvo em um minuto. O sistema de controle trabalha de forma coordenada com o sistema de direção de tiro. Toda a munição a bordo é armazenada na torre e uma bandeja móvel de remuniciamento permite que a arma seja recarregada em todos os ângulos sem a necessidade de retornar a posição de recarga. Esse mecanismo faz também a recarga da carga de projeção. Os projéteis são recarregados de forma automática e as cargas de projeção de forma semi-automática. Tudo que o atirador tem que fazer é manter a arma apontando para os objetivos com o auxilio do Comandante do AP, que também tem controle sobre o disparo e pontaria da arma.

O desenho da prateleira de munição permite que diversos tipos de projéteis fiquem juntos. O mecanismo de municiamento automático seleciona o tipo de munição, controla o carregamento e o número de tiros. Os cartuchos utilizados são ejetados automaticamente para reduzir o acumulo de gases. Na parte traseira da torre existe um carregador separado que permite o carregamento de munição de fora do AP. Antes do AP pôr-se em marcha o carregador é dobrado e fixado na torre e o carregador de cargas de projeção também é dobrado dentro da torre.

A tripulação é de cinco homens, sendo que quando opera de posições fixas, com a munição no solo, são usados sete homens. A automatização da peça não diminuiu a guarnição, mas torna possível manter uma cadência de tiro elevada, que é limitada apenas pela condições de durabilidade do tubo.

Propulsão

O 2S19 MSTA-S é movido por um motor diesel V84A com injeção direta, quatro ciclos, poli-combustível, com refrigeração líquida e potência máxima de 780 a 840 hp. Atinge uma velocidade máxima de até 63 km/h, com autonomia de 500 km.

A suspensão é do tipo barras de torção com amortecedores hidráulicos, que amortecem as oscilações do chassi tando no movimento quanto nos disparos. Entre os acessórios do AP está um snorkel que torna possível à peça fazer a travessia de rios com largura de até 1.000 metros e profundidade máxima de 5 metros. Conta com uma lâmina de terraplanagem que possibilita escavar uma trincheira para seu abrigo em menos de 40 minutos.

(1) Comandante, (2) Carregador de Munição, (3) Carregador de Carga de Projeção, (4) Bandejas móveis de armazenamento de munição, (5) Mecanismo de alimentação de munição no solo, (6) Compartimento do Motor, (7) Absorvente hidraulico de choque, (8) Motorista, (9) Mecanismo de Elevação, (10) Equipamento de Pontaria e (11) Atirador

31
Deixe um comentário

avatar
31 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Василий ЗайцевSgt. YorkRodrigoIvanRicardo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

José da Silva,

Quantos calibres tem o tubo do canhão?? Na matéria não informa, mas acho que tem + – 55.

abraços.

obs: já adicionei como proteção de tela, no lugar do PZH-2000.

Alfredo_Araujo
Visitante
Alfredo_Araujo

Esqueceram só de citar o missil anti-aereo q ele leva ao lado do carregador…

Se nao me engano é um Igla..

LeoPaiva
Visitante
LeoPaiva

Alfredo_Araújo,

Interessante observação, entretanto creio que se trate do Snorkel, tanto é que na foto saindo d’água não está mais na posição, me corrijam os especialistas.

Sds.

Bosco
Visitante
Bosco

Sempre que o eminente cientista russo Professorosvky Pardovsky, ganhador por 4 vezes do cobiçado Prêmio das Organizações Tabajaras de Incentivo à Ciência e Tecnologia, não toma a frente dos projetos russos, sai coisa boa.
Esse é um bom exemplo de um excelente material, com capacidade de rivalizar com o PZH 2000.
O eminente professor está fora da Rússia temporariamente à trabalho, e parece que tomou à frente do projeto do IRST do F-18E lá nos States, onde está mostrando toda a sua criatividade.
Com certeza vai levar o “Prêmio” de novo.

Bosco
Visitante
Bosco

PS:
esqueci de colocar alguns rs.rs.rs.rs.rs……no meu comentário acima. Rs.rs.rs.rs.rs……….

LeoPaiva
Visitante
LeoPaiva

Só espero que esse renomado professor não venha trabalhar aqui no nosso subnuc. Pelo que entendi, além da função primária de peça de artilharia, ele pode também, usando munição guiada inercialmente/ laser contra blindados a 3km, ser considerado também um “super caçador de tanques”. Embora, nas CNTP, ele jamais se aproximaria 3 km de um Abrahans ou Leo 2A para fazer um disparo, inclusive acho até uma impropriedade dizer que a munição guiada a laser atinge 20km, e o designador? Acho difícil um designador laser com um alcance desses, a menos que o alvo seja designado por outro. Devaneios à… Read more »

Bosco
Visitante
Bosco

Leo,
mas é a 20 km mesmo. A designação é remota, feita por uma equipe avançada, UAV ou avião. Mesmo porque o alvo está fora da linha de visão.
E hoje existem designadores lasers aerotransportados com alcance de mais de 20 km, dando inclusive as coordenadas GPS.
Todos os sistemas modernos, inclusive o DONAR, podem disparar munições guiadas. As do ocidente são as Copperhead (laser), Excalibur (INS/GPS), SADARM (IIR-MMW), etc.
Um abraço meu caro.

Bosco
Visitante
Bosco

CNTP foi ótimo.rs.rs.rs…

LeoPaiva
Visitante
LeoPaiva

Obrigado Bosco,

Sobre a designação remota eu entendi,mas o que eu quis salientar é que ele não tem, em caso de necessidade urgente, a capacidade alegada de alvejar um alvo móvel a 3km, utilizando a munição Krasnopol, sem que alguém ilumine para ele. Então esqueçam essa estória de “super caçador de tanques” que falei.

Sds.

Bosco
Visitante
Bosco

Correção:
A SADARM é “inteligente” mas não é “guiada”.
A menos que seja combinada com a Excalibur.

JACUBÃO
Visitante

É, DEPOIS DE TANTAS CRÍTICAS A ESSE VEÍCULO RUSSO, SÓ ME RESTA ACREDITAR QUE VOÇÊS PREFEREM AQUELAS SUCATAS DE TUBO CORTADO QUE O EB COMPROU DE SEGUNDA MÃO DOS EUA, AO INVÉS DE ADQUIRIR UM MODELO NOVO DE GRANDE ALCANCE , COMO OS SUL AFRICANOS, OU DESENVOLVER UM PRÓPRIO USANDO COMO BASE ATÉ MESMO O CHASSI DO FALECIDO OSÓRIO.

Bosco
Visitante
Bosco

Meu caro JACUBÃO, não foi feita nenhuma crítica a esse armamento não.
OH! Rimou!
Mesmo porque o eminente cientista russo não participou do projeto. No máximo deu um palpitezinho no snorkel.rs.rs….

Igor
Visitante
Igor

Que milagre o Bosco ter gostado de um equipamento russo. rs

Jorge
Visitante
Jorge

Para os foristas com experiência na área de blindados:

Seria viável adaptar os MBT M-60 e/ou Leopard A1 do EB para essa torre ou semelhante?

Ou seria melhor desenvolver um chassi pra essa finalidade (artilharia auto-propulsada) e outro tipo de chassi para um futuro MBT brasileiro?

No aguardo.

Bosco
Visitante
Bosco

Igor, não tenho nada contra não. Eles fazem muitas coisa tão boas quanto as ocidentais. Não acredito é na superioridade dos caças russos sobre os F-22 e F-35, não gosto do Mi-35 para a FAB e não acho que o conceito adotado pelos russos para seus mísseis anti-navios seja o mais efetivo. São grande e desajeitados, como um elefante numa loja de cristais.rs.rs.rs… Uma coisa que gostaria que o Brasil usasse dos russos é o avião anfíbio à jato (se não me engano é o A-40). Gosto muito desse conceito para a FAB para missões de busca e salvamento, apagar… Read more »

Ricardo
Visitante

Recentemente vi uma versão nova do “paladino-155mm” em que ele atira uma salva de 5 a 7 tiros em ângulos diferentes mas que consegue fazer com que todos os tiros caiam no mesmo lugar ao mesmo tempo…

Sera que os russos tem esta capacidade tambem ?

Bosco
Visitante
Bosco

Correção:
gosto do conceito do BMD-4.

Ricardo,
provavelmente sim já que para que se consiga “impactos múltiplos simultâneos” (MRSI) é necessário um carregador automático e um sistema de controle que consiga variar o ângulo do tubo e a carga de projeção em rápida seqüência, e isso esse canhão AP russo tem.

Ivan
Visitante
Ivan

Bosco e Leo, Os Russos são, tradicionalmente, excelentes artilheiros. Na Segunda Guerra Mundial o Exército Vermelho usou, e muito, artilharia auto-propulsada, tanto na função de apoio de fogo (exemplo SU-76) como na função de caça tanques (exemplo mortal SU-100). Quanto ao tiro antitanque é para defesa em situação extrema. Não esperem este belo monstrinho caçando LEOs ou ABRAMS. Na verdade, desde a SGM os soviéticos aprenderam que o combate pode (e aconteceu) desdobrar pelo terreno e baterias de obuseiros sendo atacados por carros de combate da ponta de lança inimiga. Por esta razão TODAS as armas da artilharia Soviética, consequentemente… Read more »

JACUBÃO
Visitante

PODERÍAMOS PERTURBAR OS SENHORES POLÍTICOS BRASILEIROS PARA RESSUSCITAREM O NOSSO FALECIDO OSÓRIO E TAMOIO COM O QUE HÁ DE MAIS MODERNO EM SUSPENSÃO, MOTORES, CANHÕES E SISTEMAS DE ARMAS PARA EQUIPAR O NOSSO GRANDIOSO EXÉRCITO COM DOIS MODELOS DE CARROS DE COMBATE CAPAZ DE CHUTAR A BUNDA DE QUALQUER BLINDADO EM OPERAÇÃO ATUALMENTE NA AMÉRICA DO SUL E ATÉ NO MUNDO E COM ISSO O EB PARAVA DE COMPRAR ESSES LEOPARD E M-60 DOS FERROS VELHOS AMERICANOS E EUROPEUS.

O QUE OS MEUS AMIGOS DO BLOG ACHAM?

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Jacubão, tem uma teclinha “caps lock” no seu teclado? Experimente apertar a danada pra ver o que acontece.

[]s 😉

JACUBÃO
Visitante

É isso que voçê quer ver, sabidinho?

Sgt. York
Visitante
Sgt. York

uso muito o MSTA-S no Battlefield POE e posso dizer que, pelo menos lá ele faz um estrago daqueles. Mas é importante ter um FAC para dar as coordenadas.

Rodrigo
Visitante
Rodrigo

Muito melhor assim. Viu como não dói?

[]s

JACUBÃO
Visitante

Mas não dói em mim Rodrigo, pelo visto dói em vç, não é mesmo?

Bosco
Visitante
Bosco

KKKKKKKKKKKKKKk Ops! kkkkkkkkkkkkkkk

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

No understanding o “Caps Lock”. Tô boiando até agora.

Bosco,

Pelo jeito, vç entendeu. Dá uma luz aí.

JACUBÃO
Visitante

VASSILY, o cara tá me criticando porque eu estou escrevendo DESTA MANEIRA, acredito que tem coisas muuuuuuuuuuuuito mais importantes a serem discutidas nesse Blog, do que a tecla “Caps Lock”, mas como estamos no grande país chamado Brasil…

Vassily Zaitsev
Visitante
Vassily Zaitsev

Jacubão,

Agora sim, entendi.

abraços.

JACUBÃO
Visitante

Outro meu camarada e feliz 2009.

Василий Зайцев
Visitante
Василий Зайцев

вводить все крышки значит сказать, что вы кричать на кого-то!
Высокая самоходные гаубицы Ев M105 (катера гаубицы на 11 км) M 109 (запускает гаубицы до 22 км). не являются автоматическими, но использовали эти ударить Израиля в Ливане в 2008 году.
спасибо!