Home Noticiário Nacional Jobim: EB participará de libertação de reféns das Farc

Jobim: EB participará de libertação de reféns das Farc

73
13

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, confirmou neste domingo que o Exército Brasileiro está em entendimentos com o Comitê Internacional da Cruz Vermelha para participar da libertação de seis reféns das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia), anunciada em dezembro.

“O Brasil prestará auxílio à Cruz Vermelha Internacional, que é quem está gerenciando esse projeto. Nós já colocamos o Exército Brasileiro ao auxílio disso tudo, aos entendimentos necessários para que a o Brasil possa colaborar”, afirmou o ministro.

Segundo Jobim, a data da operação não será anunciada, por motivos de segurança. “Vocês só ficarão sabendo depois das operações terem sido realizadas.”

O Brasil deve participar com o envio de helicópteros e pilotos. Vários países foram consultados pela Cruz Vermelha, e o Brasil foi escolhido por sua proximidade geográfica e pelas facilidades logísticas. A participação também foi aprovada pelo governo da Colômbia.

Serão soltos um soldado, três policiais, o ex-governador do departamento de Meta Alan Jara, capturado em 2001, e o ex-deputado Sigifredo López. Se concretizada a soltura dos seis reféns, as Farc terão ainda em seu poder 22 militares “trocáveis” por rebeldes, e mais centenas de reféns civis.

Projeto Rondon

O ministro da Defesa participou hoje da cerimônia de abertura da operação Centro-Norte do Projeto Rondon, em Brasília. Ao todo, quase 1.000 estudantes e professores universitários participarão de projetos vinculados a cidadania, bem-estar, desenvolvimento local sustentável e gestão pública.

Neste ano, as operações do Projeto Rondon terão a participação de 2.000 pessoas, selecionadas de um total de 11 mil inscritos. Para 2010, o governo quer ampliar esse número para pelo menos 3.000 voluntários.

“Seria uma ampliação em 40%, para 3.000 pessoas. Tudo depende da infraestrutura do ministério e da disposição que possam ter os municípios em participar dessa integração”, afirmou Jobim.

FONTE: Folha online

13
Deixe um comentário

avatar
13 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
gabrielCinquinifuzileiroAJSRLobo Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
João-Curitiba
Visitante
João-Curitiba

Vários países poderiam ser escolhidos, fora o Brasil, pelo critério geográfico: Equador, Panamá, Peru ou Venezuela. Acredito que o Chávez estava louquinho pra ser ele o escolhido. Mas acho que Equador e Venezuela teriam restrições do governo colombiano. Embora possa parecer uma missão secundária, revela que o Brasil possui excelente conceito internacional, como País confiável e capaz. Vide o comando das forças internacionais de paz no Haiti. E sempre começa assim: um trabalho aqui, outro ali. Já estivemos no Timor, Angola, Suez e outros. Ao lado da Seleção de Futebol, nossas FAs podem se tornar mais um fator de divulgação… Read more »

Almeida
Visitante
Almeida

Mais uma bela iniciativa do MD, parabéns.

BVR
Visitante
BVR

Amigos,

O canal GloboNews (40) está apresentando debate sobre o Plano Estratégico Brasileiro. Assistam.
Começou ainda agora.

Acho q tem tudo haver com o tópico.
Abraços.

Hornet
Visitante
Hornet

João-Curitiba,

concordo com seu pensamento. Acho que é por aí mesmo.

abraços

Flavio Santana
Visitante
Flavio Santana

Acabei de ver isso no Terra:

http://noticias.terra.com.br/mundo/interna/0,,OI3471828-EI8140,00-Logistica+brasileira+atrasa+libertacao+de+refens+das+Farc.html

Se for verdade é uma vergonha pras nossas forças armadas. Será que não temos 2 helis maiores em condições de voar até lá?

Algo assim é uma tremenda propaganda da disponibilidade e eficiência de nossas forças, e fazemos isso?

A notícia não cita a fonte, mas se for verdade, estou muito decepcionado!

Abs a todos
Flavio

F-15
Visitante
F-15

Eita, que vergonha.. ainda bem que nao tamos precisando deles em algum conflito e sim pra busca uns reféns ali…..

Quando aparece esses fatos vergonhos eu torço que sirvam pra pelo menos nossos governantes verem a situação de nossas Forças armadas e tomem vergonha na cara e liberem mais grana :~~

Patriota
Visitante
Patriota

Flavio

Infelizmente ja era de se esperar os nossos governantes so aprovam
compra de material belico e novos vetores para as forças armadas
quando estes não tem mais como sair do chão,esta é a razão de estarmos vendo a compra destes 50 helicopteros franceses.
a situação em que se encontram nossas forças armadas é realmente
preocupante especialmente o exercito que ainda opera vetores da década de 60.

RLobo
Visitante
RLobo

Flávio Santana,

Parece que é verdade. O problema todo está na logistica… falta tudo inclusive os Helicopteros.
Eita gonvernosinho mediocre!
Agora pra fazer propaganda… é com ele mesmo!!

AJS
Visitante
AJS

Tem que planejar direito sim, não há porque fazer as coisas de forma brusca, afinal, será uma operação de ajuda humanitária, e é necessário que tudo transcorra bem.
Não é rotineira uma missão à Colômbia.

fuzileiro
Visitante
fuzileiro

Essa notícia é de quem ouviu o galo cantar e não sabe aonde, e restramite de maneira baseada em achismos.Ou seja um belo trabalho de contra informação, pois o Jobim já salientou que os detalhes da operação só serão divulgados quando ela já tiver sido realizada.

Cinquini
Visitante
Cinquini

Meus amigos, não é uma simples missão humanitária.
Você não manda seus homens, desarmados, irem trocar reféns sem que tenha alguém para dar “suporte” se algo der errado.

O Fuzileiro falou bem, esse tipo de ação ocorrer na surdina e ninguem aqui pode prever quando.

Um grande abraço

AJS
Visitante
AJS

Caros colegas, desculpem-me se não me expressei corretamente, ao classificar a missão como humanitária, o fiz por não considerá-la
uma ação de interesse direto do Brasil, nem com finalidade ofensiva do ponto de vista militar.
Eu falei em planejamento correto da missão, não podemos nos arriscar a doar 2 helis e principalmente mais reféns às farc.

gabriel
Visitante
gabriel

bela iniciatica do MD,mais aqui gente,tem brasileiros reféns das FARC?