Home História RAH-66 Comanche: o helicóptero stealth que foi ‘abatido’ pelos UAV

RAH-66 Comanche: o helicóptero stealth que foi ‘abatido’ pelos UAV

9616
28

O Boeing/Sikorsky RAH-66 Comanche foi um avançado helicóptero projetado para o US Army, com o objetivo de realizar missões de reconhecimento armado, incorporando tecnologia stealth. Ele também teria como função designar alvos para os helicópteros de ataque AH-64 Apache. Infelizmente o Programa RAH-66 foi cancelado em 2004, pouco antes de começar a produção em série.

O US Army cancelou a aeronave porque precisava alocar recursos para renovar sua frota de aeronaves de ataque, utilitárias e de reconhecimento. Outro fator importante foi o crescimento da popularidade do uso militar das aeronaves não-tripuladas (UAV) nas tarefas de reconhecimento, que já tinham provado sua eficiência no Afeganistão e no Iraque.

Quando o Programa do Comanche foi cancelado, já tinham sido investidos no US$ 6,9 bilhões no projeto da aeronave e ainda seriam necessários US$450-680 milhões adicionais.

O Comanche, diferentemente de outros helicópteros adaptados, foi especialmente projetado para o reconhecimento armado. Era menor e mais leve que o Apache, sua fuselagem era feita de material composto, incorporando características stealth para evitar a detecção, como estações de armas retráteis e canhão escamoteável, superfícies facetadas e emprego de materiais radar-absorventes. A assinatura sonora da aeronave também era consideravelmente mais baixa que a das aeronaves da sua classe.

O Comanche tinha um sistema de detecção e navegação muito sofisticado, projetado para permitir operações noturnas e em mau tempo. Sua célula foi projetada para caber mais facilmente em aeronaves de transporte e navios, facilitando o desdobramento rápido para os “hot spots”. E mesmo que os meios de transporte não estivessem disponíveis, o Comanche tinha um alcance de translado de 2.330km, o que lhe permitiria voar para campos de batalha além mar, por conta própria.

O US Army planejava adquirir cerca de 1.300 Comanches, para cumprir as funções de escolta e ataque leve, com a primeira aeronave entrando em serviço em 2004. O protótipo fez seu primeiro voo em 4 de janeiro de 1996. Os vôos de testes foram conduzidos através de 2003 com dois protótipos. O Programa foi cancelado em fevereiro de 2004.

NOTA do BLOG: O Comanche é mais um caso de aeronave militar genial que tinha tudo para dar certo, como o caça F-20 Tigershark, mas que foi derrubado por fatores externos. Na época em que estava sendo desenvolvido, até simuladores de voo comerciais foram lançados no mercado, e alguns pilotos virtuais (como eu), puderam experimentar um pouco da sensação de voar o ágil Comanche em baixas altitudes e entre vales. Pena que ele só ficou no simulador…

Subscribe
Notify of
guest
28 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
JACUBÃO
11 anos atrás

Não há dúvidas de que eram excelentes e poderosos, mas também são feios para c…

Democracia
Democracia
11 anos atrás

Ele também apareceu no primeiro filme do Hulk junto com o F-22 e o Abrams, na cena de combate no deserto.

Viva a República!!!

Magick One
Magick One
11 anos atrás

Eu acho a aeronave linda demais, pena ser cara para que se propunha.

Em seu lugar continua o Kiowa Warrior: vootatico.com/?p=1130

JACUBÃO
11 anos atrás

Mais feio que ele, só esse F-117 ao lado, que o considero como uma das aeronaves mais horrendas já construídas pelo homem.

Paulo Renato
Paulo Renato
11 anos atrás

Um belo helicoptero uma pena que foi investido muito dinheiro no projeto e não se deu continuidade.
Seria uma boa para o nosso Brasil(que sonho.
Poderia ter mas sobre helis de ataque por aki.

Abs.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

O Comanche foi o menos radical das propostas do programa LHX que visava substituir o AH-1 e o OH-58. Foram apresentadas propostas “monoplaces”, com sistema “Notar”, helicópteros compostos, rotores coaxiais contra-rotativos com hélices impulsionadoras, tilt-rotors como o V-22, etc.
Ganhou (mas não levou) a proposta mais tradicional, dotada de um sistema convencional de rotor principal/fan anti-torque e biplace. O diferencial ficou por conta “apenas” da incorporação da tecnologia stealth no projeto.
Também no mesmo programa foi pedido uma versão utilitária leve que tivesse uns 70% em comum com a versão de reconhecimento para substituir os UH-1.

Rodrigo
Rodrigo
11 anos atrás

Foi uma pena mesmo, já que o programa contava com fornecedores brasileiros, como a EMBRAER e a ELEB.

rodrigo rauta
rodrigo rauta
11 anos atrás

realmente foi uma penao programa não ter seguido….eu tb tive o simulador dele..era um otimo helicoptero, ainda mais com um “segredo” que permitia eu ter inventario de armas inesgotável…ehehehhe..era hellfire pra todo o lado…ahahahah!
abraços!!!

welington
welington
11 anos atrás

Mui poderosso e mui belo!

Wolfpack
Wolfpack
11 anos atrás

Bonito e o Mil Mi 35. O Comanche é a aeronave de asas rotativas mais avançada já desenvolvida neste planeta.
E agora a Bell e a Boeing estão com planos para um quadrirotor AV22 do tipo Osprey e têm gente que acredita que isso sai do papel… Só nas histórias em quadrinho.

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Sem a configuração stealth padrão, apenas com armamentos internos, o Comanche podia levar um suporte externo de cada lado com capacidade para 1 tanque de combustível ou 1 lançador de 19 foguetes Hidra 70 ou 1 lançador para 4 Hellfires ou 8 Stingers (ou combinações dos dois).

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Alguns radares são capazes de reconhecer o tipo de helicóptero pelo padrão de giro dos rotores / número de pás, sendo que as mesmas são as partes mais refletivas de um helicóptero.
Os rotores do Comanche eram de materiais compostos e não refletiam as ondas de radar.
O RCS do Comanche era igual a do míssil Hellfire e mais de 200 x menor que a do AH64.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
11 anos atrás

O Comanche é demais, sem igual no mundo militar.

Mas, mesmo assim, não foi páreo para o “verde de raiva” do HULK.

Fazer o quê…………. se até o F-22 tb foi derrubado aos montes naquele filme.

Ah, e tem outo filme em que o F-22 toma um “sacode geral”: Transformers.

LUCIANO
LUCIANO
11 anos atrás

E uma pena , uma aeronave linda.

Mauro Lima
Mauro Lima
11 anos atrás

Só não concordo com o título do post… ele não foi abatido pelos UAVs, e sim pela crise orçamentária que está assolando o mundo, inclusive os EUA… até o F22 quase sambou nesta história.

Fora isto, é uma máquina e tanto, e apesar de ter ficado para escanteio, serve de modelo para projetos que, eu sonho, o Brasil poderia vir a desenvolver cooperada ou independentemente!

São máquinas formidáveis!

massa
massa
11 anos atrás

Na verdade foi a Guerra do Iraque que acabou com este projeto, o conflito está sugando todo o orçamento militar do Pentagono, além de diminuir a vida útil dos equipamentos que foram alocatos para a região.
Enfim, a era dos projetos militares caro e avançados chegaram ao fim, com essa crise por lá, eles tentarão priorizar projetos militares mais enxutos…

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Os dois projetos contemporâneos do exército cancelados foram o helicóptero Comanche e o canhão auto-propulsado Cruzader.

Flávio
Flávio
11 anos atrás

Máquina super capaz, realmente formidável!

Mas em termos de beleza, como gosto não se discute, eu estou com o colega JACUBÃO, mais feio que ele, só o F-117.

Tudo bem! Para efeitos práticos, como diz o ditado ” Beleza não põe mesa” mesmo. rsrsrs.
sds.

Alfredo_Araujo
Alfredo_Araujo
11 anos atrás

Vassili Zaitsev em 01 fev, 2009 às 21:00

“Ah, e tem outo filme em que o F-22 toma um “sacode geral”: Transformers.”

Vc esqueceu de citar 2 coadjuvantes q deram show!!!
O A-10 e o AC-130… a cena do deserto!!!!
Eu repeti aquela cena umas 1- vezes!!

Almeida
Almeida
11 anos atrás

Tanto o avanço da tecnologia e do emprego dos UAVs quanto os gastos com a “Guerra Global Contra o Terrorismo” foram os responsaveis pela abate desta formidavel obra de engenharia. Ele era muito caro para o tipo de missao. Agora, comparar em questao de genialidade o Comanche ao Tigershark foi infeliz. O Tigershark tinha tecnologia e aerodinamica TOTALMENTE ultrapassadas na epoca em que foi proposto. Seu concorrente e vencedor, o F-16 Fighting Falcon, era duas decadas a frente em avanços tecnologicos, como instabilidade natural controlada por fly-by-wire, leading-edge vortices, canopi totalmente bolha, assento reclinado em 30 graus para aumentar a… Read more »

arthur
arthur
11 anos atrás

Não concordo como “massa”,a guerra no iraque com certeza nessecita de muito dinheiro mas todo o dinheiro do pentágono é exageiro,os EUA investem 500 bilhões em armamento e novas tecnologias militares todos anos,para gastar todo esse diheiro em uma guerra seria necessário utilizar uma força militar muio superior em relaçao a que está sendo utilizada.

amigo
amigo
11 anos atrás

acho esse helicoptero muito bom, alta tecnologia!!!
mas em comparações por ai, vejo q supostamente, o Cobra e o Apache seriam muito mais rápidos que ele, ja em outros sites, dizem q ele é mais rápido, acho q ele deve ser mais rapido, porque é mais moderno, acho q se retomasem o projeto dele, poderiam colocar um sistema de ejeção do piloto/co-piloto, com no KA-50.

Yalan Diego
Yalan Diego
11 anos atrás

ejeção? em helicoptero? quer matar os caras de vez meu filho? hahahahahaha… esses "tarados" por aeronaves eu nao sei viu?!?!?!?!?!

Bosco
Bosco
11 anos atrás

Yalan,
o pior é que tem mesmo.
Quando o sistema de ejeção é acionado as hélices do rotor são desconectadas por um sistema explosivo e devido à força centrífuga elas se afastam velozmente permitindo em seqüência a ejeção do assento dos pilotos sem que eles atinjam as mesmas.
Um abraço.

zacarias
11 anos atrás

este helicóptero ele e muito bonito
espero que eu seja piloto dele…

Madvad
Madvad
11 anos atrás

“este helicóptero ele e muito bonito
espero que eu seja piloto dele…”

UAhuAHuHAuhAuHUAHUAhuA

POde sim, pegue seu Mega Drive no armário e jogue Jungle Strike.

ah…vc não deve ser do tempo do Mega Drive…

Jonas
Jonas
10 anos atrás

Acho o desenho muito bonito, uma mistura de Cobra com Apache. Pena ele ter sido jogado pra escanteio.

Madvad
Madvad
10 anos atrás

haha reli meu post acima e ri sozinho…..fui malvado kkkk