segunda-feira, agosto 2, 2021

Saab RBS 70NG

Abrams australianos em C-17 australianos

Destaques

Alexandre Galante
Jornalista, designer, fotógrafo e piloto virtual - alexgalante@fordefesa.com.br

Uma seqüência mostrando um M-1A1 AIM SA do 1º Regimento Blindado do Exército Real Australiano embarcando em um dos C-17 Globemaster III do N. º 36 Esquadrão da Real Força Aérea Australiana (RAAF), da Base Aérea de Amberley (Queensland). O C-17 proporciona capacidade de deslocamento estratégico para os M-1 Abrams australianos, que podem ser desdobrados para regiões tão distantes como o Oriente Médio ou a Ásia Central.

A Austrália possui 59 unidades do M-1A1, que foram adquiridos em 2006 e recebidos entre 2006/7, iniciando a substituição dos Leopards AS1 que serviram ao Corpo Blindado desde de 1976.

- Advertisement -

33 COMMENTS

Subscribe
Notify of
guest
33 Comentários
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
ViniciusModolo
ViniciusModolo
12 anos atrás

mas só pode carregar um por vez…

Raphael
Raphael
12 anos atrás

O tamanho destes avioes eh impressionante!

Aluisio
Aluisio
12 anos atrás

Quem tem RPG nao tem medo de M-1 =p Seria melhor embarcar uns lança-granadas anti-tanques,caberia bem mais… hehehe

DaGuerra
DaGuerra
12 anos atrás

Porque o Brasil quer aviões desta categoria? Teremos uma Força de Reação Rápida dotada de CC pesados operando em escala mundial? Acho que não, infelizmente.

JACUBÃO
12 anos atrás

É f… Só o Brasil não pode ter aeronaves, navios e tanques modernos como os da Austrália e outros países, com a desculpa de que nunca tem dinheiro. Ora bolas, com uma economia muito maior que a Australiana, poderíamos ter três vezes mais e ainda teríamos um caça no mínimo de 4º geração para suprir as necessidades da FAB, pois a Suécia que tem um pib bem menor que o nosso desenvolveu o Draken, Viggen e Gripen. O problema de se investir em defesa no Brasil, é que os políticos safados e ladrões, não teriam acesso a verba para desviarem.… Read more »

Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

Não sei se foi a intenção, mas a matéria mostra um Abrams(americano), sendo embarcado num C-17(americano)… Ambos projetos americanos. Se conseguíssemos chegar ao binômio C-390 mais Urutu 3 com canhão 30mm, teríamos um fato histórico, ao meu ver. Claro que, um grande cargueiro é desejável mas, o Saito, em entrevista recente, disse que não está nos planos da FAB, por enquanto, a aquisição de tais aeronaves.

Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

Antes que comecem a me “malhar”, digo que também acho que poderíamos ser tal qual como a Austrália, em poderio bélico mas, acho que, apesar de tudo, as coisas estão andando, ao contrário de anos anteriores.

Hornet
Hornet
12 anos atrás

Flamenguista, em certo sentido, até estamos melhor que a Austrália. A Austrália é uma grande importadora de equipamentos…e nossa intenção é de sermos produtores, e condições para isso já temos até certo ponto e estamos criando ainda mais. Se o END for levado adiante (e esperamos que seja), nossa situação muda rapidamente…se não rapidamente, ao menos em médio prazo. A intenção do Brasil é ganhar projeção internacional e peso político no mundo. E o END tem um aspecto voltado para isso. Não sei se vc concorda… abraços ps. Eu li um artigo, que saiu em janeiro deste ano, que achei… Read more »

Julio
Julio
12 anos atrás

JACUBÃO, sds. Vc esqueceu que enquanto esses paises que vc mencionou que possuem PIB menor que o Brasil, compram e mantem equipamentos militares novos e modernos, equipam hospitais, escolas e dão condições dignas para o povo. O Brasil tem que se preocupar com o PAC. bolsa familia, sustentar mais de 600 parlamentares que estão querendo aumento em seus vencimentos, pois estão dizendo que o salário deles esta defazado, sustentar mais de 20 mil apadrinhados do PT no Governo Federal, 37 ministerios.Dar dinheiro e entregar os bens do Brasil e de nossas empresas para a Bolívia, empreiteiros…gastar com encontro com prefeitos…esqueci… Read more »

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Hornet

Interessante está análise e acho que é assim mesmo que as coisas tem de ir.

Ficam babando a Austrália,um monte de turistas ficam machucados lá por causa dos cangurus hehehe.

O poderio militar da Austrália não é lá estas coisas não.59 Abrams?
e eu optasse por 59 Abrams ou 220 Leopards 1A5 eu escolheria a 2° opção.

4 C-17,os EUA tem mais de 160 se não me engano,a Grã Bretanha tem 16.

E vocês já viram o tamanho daquele país? também é grande e só o que eles tem é o bastante?

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Jacubão e Julio. Então vamos falar disto. Austrália pode até investir mais em saúde,educação e etc.Mas e nós? O PAC ao meu ver só trás benefícios a nação e concordo plenamente com o projeto,uma prova disto é que já estamos revitalizando nossa malha ferroviária. Educação é um ponto de destaque,já vi muitos falarem”neste país não se investe em educação”.Isto é mentira,pois em 2006 nós investíamos 3,9%do PIB,pouco não?Pois o ideal é 6%,porém em 2008 se investiu 4,4%,ou seja,0,5% a mais.Em curto ou médio prazo logo alcançaremos nosso 6%.Claro que existe o desafio do desvio de dinheiro público algo que tem… Read more »

AJS
AJS
12 anos atrás

Certos paises, até bem menores que o Brasil em território e população, com um PIB menor, são habitados e tem uma sociedade muito mais desenvolvida e tem um pais totalmente construido, nós temos muito menos tempo de vida que eles, nossa necessidade de “construções”, engloba escolas, moradia, transporte, assistência médica, tudo isso, de qualidade, o que infelizmente, eles tem e nós não.
Basta ver todos os dias, a necessidade de pessoal qualificado para ocupar diversos postos de trabalho, em que remanescem as vagas, justamente por falta de capacitação, temos muito mesmo em que investir, lógicamente que também nas Forças Armadas.

Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

Hornet. Faço minhas, as suas palavras e obrigado pela matéria, realmente muito boa… recomendo. AJS Talvez o fator “tempo de vida” seja um importante diferencial, mas não no caso da Austrália que, se não me engano, deve ser uns 200 anos mais “nova” que nós. O fato é que, se o cidadão tem acesso a ensino de boa qualidade, qualifica-se para um bom trabalho, não se torna “massa de manobra” de políticas populistas, exerce a plena cidadania e escolhe seus representantes com clareza. E, como sabemos, apesar da economia australiana ser menor que a brasileira, eles tem um nível cultural… Read more »

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Chile?

Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

Ulisses.
Isso mesmo… infelizmente estamos há “anos-luz” do nível cultural do Chile. Estudos recentes mostram que, se dobrarmos os gastos em educação, em 10 (Dez) anos, teríamos o nível educacional do Chile, a única nação sulamericana que pode ser comparada às nações européias, no quesito nível educacional.

Obs. não sou chileno não!!!

JACUBÃO
12 anos atrás

Se um dia o Brasil alcançar este patamar, os políticos estão f… Diante dessa possibilidade deles se f…, com certeza não deixarão que o povo fique inteligente ao ponto de entenderem que também tem o poder de criar leis que acabem com a pouca vergonha dos nossos parlamentares que só pensam em encher o rabo de dinheiro público, e coloquem todos no chilindró, que é o lugar que eles deveriam estar a muito tempo. Agora uma perguntinha. Será que o tal Deputado que construiu um castelinho em MG vai devolver o dinheiro, assim que comfirmarem os desvios (se é que… Read more »

André
André
12 anos atrás

Isso mesmo, meu caro Ulisses.
Estamos anos-luz atrás do Chile no que diz respeito ao nível cultural da população.
Sds a todos!

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Esta bem.Mas pensem no que eu disse.

DaGuerra
DaGuerra
12 anos atrás

Senhores especialista, não se dignificaram em responder a questão. Para que o Brasil precisa de aviões da categoria do C-17? Outro esclarecimento por favor: porque blindados sobre rodas precisariam, em nosso caso, ser aerotransportados? As forças mecanizadas já não possuem mobilidade estratégica própria?

Flamenguista
Flamenguista
12 anos atrás

DaGerra. Éssa não é uma premissa exclusiva das forças armadas brasileiras. Recentemente, Portugal recebeu seus 8×8 Pandur que foi projetado para ser aerotransportável, mesmo com uma torreta de canhão 30mm, em um C-130. O Boxer alemão sofreu críticas ao projeto, uma vez que, armado com um canhão 30mm ele simplesmente não cabe nos Hércules. Existe uma mentalidade expedicionária em muitas FAs hoje em dia e, mesmo não sendo um fator determinante num projeto, é desejável que um veículo, mesmo sobre rodas, seja aerotransportável. Quanto ao Brasil precisar de um grande cargueiro como o C-17, talvez porque ele possa transportar o… Read more »

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
12 anos atrás

Somente 59 Abrams?????????????????? imaginava que o número fosse maior.

Tb pensava ter lido no Poder Aéreo que a FAB pretendia adquirir aeronaves da mesma categoria do C-17, com a intenção de criar o Transporte Estratégico por aqui. E o C-17 GlobeMaster era um dos candidatos plausíveis. Agora, alguém cita que o Brigadeiro Saito diz simplesmente o contrário.

Que coisa, não???????????????????

abraços.

Roberto CR
Roberto CR
12 anos atrás

Alguém aí sabe o significado daquele símbolo na lateral do Abrams, como se fosse um V de cabeça para baixo, que já vi em blindados israelenses também só que “deitado” de lado?

Marine
Marine
12 anos atrás

Vassily,

E isso mesmo pois com esse numero eles podem formar um batalhao blindado. Ha de se lembrar tambem que e um exercito muito pequeno com menos de 30.000 homens.

Aqui esta uma boa pagina pra vc ver o Organograma da organizacao:

http://en.wikipedia.org/wiki/Australian_army

VirtualXi
VirtualXi
12 anos atrás

Quem pode, pode.
Quem não pode, faz novelas e carnaval sem graça.

JACUBÃO
12 anos atrás

É incrível como tem sempre alguém querendo jogar areia no nosso churrasquinho e também no das FA Brasileiras.

Sai pra lá coisa ruim.

Vassili Zaitsev
Vassili Zaitsev
12 anos atrás

Marine,

O Real Exército Australiano usa o Steyer AUG como fuzil padrão da infantaria??????????????? , pois neste site recomendado por vc, um soldado australiano está operando o mesmo. Imaginava que usassem o M-16 + M-4.

Como meu inglês é ruim para chuchu, fiquei só catando milho, mas realmente é o que vc disse mesmo: menos de 30000 soldados regulares (profissionais) + 15000 conscritos anualmente.

abraços.

Marine
Marine
12 anos atrás

Vassily,

As unidades regulares usam o AUG enquanto algumas das de Op.Especiais utilizam outros como os da familia M16.

Esse site nao tem nada de especial, e apenas a wikipedia em ingles mas o bom dela e que possui o organograma da maioria dos exercitos europeus e de lingua inglesa sendo muito interessante dar uma olhada nisso.

Sds!

Super tucano
Super tucano
12 anos atrás

Aonde britânico toca da uma civilização poderosa em todos os sentidos com algumas execoes é claro.

Julio
Julio
12 anos atrás

Ulisses, sds. Particularmente, entendo que se investe pouco e mal na educãção e saude. Investir 6% para um pais que precisa de educação e cultura é um percentual ideal, mas, vc acredita que se investe o que se divulga? ou se o dinheiro liberado chega ao destino? tenho dúvidas. Mas ainda acredito que possamos chegar lá.Pelo menos debatendo podemos ver que muitos também acreditam num futuro para nosso país. Quanto ao PAC, pode trazer benefícios sim, mas, até hoje não consegui entender um motivo jusitficavel da sua existencia, a não ser dar votos, dinheiro para empreteiros e fazer o caixa… Read more »

Ulisses
Ulisses
12 anos atrás

Julio,vc tem razão por isso eu também falei da questão do desvio de dinheiro,agora sobre o PAC ao meu ver ele ainda está bem no início e como eu disse revitalizar a malha ferroviária e criar mais hidrovias é ótimo e há muito o que se fazer.Isto pode ser apenas interesse político mas pelo menos são benefícios,coisa que nem isto tinhamos.Se a Índia tivesse um PAC…

Sds.

paulo s
paulo s
12 anos atrás

vejo muitas pessoas metendo o pau nos politicos,mas se esquecem que eles nao vieram de marte,nos votamos neles.eles sao a nossa cara como povo e como naçao,como vamos querer policos ,policiais,juizes etc honestos se nos na media como povo nao somos honestos.posso dizer sem pensar muito pelo menos 20 policos que foram reeleitos mas que sao no minimo suspeitos.eu nunca votei porque sou contra a essa coisa ridicula ,anti democratica e absurda chamada voto obrigatorio, mas isso nao me issenta da responsabilidade ,ja que faço parte do povo.para terminar muitos gostariam de uma boquinha em alguma estatal,ministerio (37) etc boa… Read more »

paulo s
paulo s
12 anos atrás

correçao onde se le policos leia se politicos.
obrigado

ALISON
ALISON
12 anos atrás

Gostei muito das opiniões, mas gostaria de fazer uma pergunta.
Qual a unidade blindada mais poderosa da América Latina?

Últimas Notícias

Rússia e China realizarão treinamento conjunto no exercício Zapad/Interaction 2021

A Rússia deve se juntar a um exercício militar no noroeste da China em agosto com o tema de...
- Advertisement -
- Advertisement -